You are on page 1of 2

Art 39 do CDC ao de indenizao por danos morais cumulada com declaratria de inexistncia de dbito

extra

EXTRA MACEIO AV.COMENDADOR GUSTAVO PAIVA N 3159 MACEIO

CONSUMIDOR. CARTO DE CRDITO. ENVIO SEM SOLICITAO E COBRANA DE FATURA SEM DESBLOQUEIO. COBRANA INDEVIDA. DESCONSTITUIO DO DBITO. DANO MORAL CONFIGURADO. VALOR DA INDENIZAO REDUZIDO. DERAM PARCIAL PROVIMENTO AO RECURSO. (Recurso Cvel N 71001976687, Primeira Turma Recursal Cvel, Turmas Recursais, Relator: Heleno Tregnago Saraiva, Julgado em 08/10/2009)

RECURSO ESPECIAL. RESPONSABILIDADE CIVIL. AO DE INDENIZAO POR DANOS MORAIS. ENVIO DE CARTO DE CRDITO NO SOLICITADO E DE FATURAS COBRANDO ANUIDADE. DANO MORAL CONFIGURADO. I - Para se presumir o dano moral pela simples comprovao do ato ilcito, esse ato deve ser objetivamente capaz de acarretar a dor, o sofrimento, a leso aos sentimentos ntimos juridicamente protegidos. II - O envio de carto de crdito no solicitado, conduta considerada pelo Cdigo de Defesa do Consumidor como prtica abusiva (art. 39, III), adicionado aos incmodos decorrentes das providncias notoriamente dificultosas para o cancelamento carto causam dano moral ao consumidor, mormente em se tratando de pessoa de idade avanada, prxima dos cem anos de idade poca dos fatos, circunstncia que agrava o sofrimento moral. Recurso Especial no conhecido.

AO INDENIZATRIA. REMESSA DE CARTO DE CRDITO SEM SOLICITAO PRVIA. COBRANA DE ANUIDADE SEM QUE O CARTO TIVESSE SIDO UTILIZADO. CONDUTA ABUSIVA. DANOS MORAIS COM FUNO PUNITIVA. I. O envio de carto de crdito sem a solicitao do consumidor vedado pelo Cdigo de Defesa do Consumidor em seu art. 39, inc. III. A cobrana de anuidade referente ao carto que sequer foi utilizado pela parte autora , portanto, indevida. II. A simples cobrana indevida de anuidade ou qualquer outro encargo pelo produto remetido ilicitamente (em violao frontal ao disposto no art. 39, inc. III, do CDC ), consoante jurisprudncia local expressiva, j suficiente aplicao da funo punitiva do dano moral, a fim

de exortar a fornecedora, pelo aspecto econmico, ao cumprimento do mandamento legal. III. Quantum arbitrado (R$ 3.000,00) que merece reduo, dada a finalidade punitiva da indenizao. Recurso parcialmente provido. (Recurso Cvel N 71002142669, Primeira Turma Recursal Cvel, Turmas Recursais, Relator: Lus Francisco Franco, Julgado em 24/09/2009)