You are on page 1of 1

Caso Concreto 1 Trs amigos acabaram de ler no jornal que Madalena, 19 anos, separada, me de trs filhos, que ganha

um salrio mnimo trabalhando como empregada domstica, foi condenada, pelo Tribunal do Jri, a trs anos de priso por ter cometido aborto. O primeiro amigo afirma que o Tribunal do Jri aplicou corretamente a lei, visto que a conduta de Madalena constitui crime contra a vida (art. 240 do Cdigo Penal). O segundo amigo discorda, sustentando que a condenao foi injustificada, porque a lei sobre o aborto no quase nunca aplicada. O terceiro afirma que o problema de cunho filosfico, envolvendo reflexes sobre o moralmente certo ou errado, e que houve uma injustia, j que o caso foi resolvido segundo a letra da lei e no segundo as exigncias da justia. Examine o caso apresentado procurando aplicar os conhecimentos adquiridos sobre a Teoria Tridimensional do Direito. Considerando os trs aspectos da Teoria Tridimensional do Direito: fato, valor e norma. O primeiro amigo aplicou a norma jurdica, visto que, constituiu crime contra a vida; o segundo amigo, valeu-se pelo fato ocorrido, sustentando que a condenao fora injustificada, j que a lei sobre o aborto no seria quase aplicada; e o terceiro e ltimo, pelo valor filosfico, envolvendo reflexes sobre o moralmente certou ou errado.

Caso Concreto 2 Recentemente o mundo foi surpreendido pela notcia de uma me francesa que, aps anos cuidando de seu filho, que havia ficado tetraplgico, mudo e cego, aps um acidente automobilstico, praticou a eutansia, provocando-lhe, por consequncia, a morte. Marie Humbert, me de Vincent Humbert, ser julgada pelo Poder Judicirio da Frana, cuja legislao probe a prtica da eutansia, podendo vir a ser condenada por tal conduta. O Caso Vincent Humbert, alm de reacender o debate em torno da eutansia, coloca em choque os direitos fundamentais vida e dignidade, desafiando o jurista na busca da soluo mais justa. Pergunta-se: O direito positivo, da forma concebida pela escola kelseniana, ser capaz de oferecer uma soluo adequada questo? O direito positivo concebido pela escola kelseniana no ser capaz de oferecer uma soluo adequada questo, impondo-se a utilizao do processo de ponderao. Mediante ao mencionado no caso, a legislao francesa probe a prtica da eutansia, conduzindo assim necessidade de analisar a questo sob a tica do paradigma da escola positivista.