You are on page 1of 2

OS ESCRITOS HISTRICOS, LITERRIOS E ETNOGRFICOS E O CONCEITO DE HIBRIDISMO CULTURAL NA TEORIA PS-COLONIAL.

PINHO, Carlos Ronald Oliveira (UNILAB) opensar@hotmail.com GRAA, Dr. Rodrigo Ordine (UNILAB) ordine@unilab.edu.br

Neste trabalho pretende-se discutir as questes concernentes temtica dos escritos no mbito da Literatura, da Histria, da Antropologia e das Cincias Sociais, o esforo aqui colocado tem o objetivo de entender tanto a histria como fonte oral como as contribuies que as narrativas exercem sobre a construo historiogrfica e etnogrfica. Partimos do pressuposto que o processo histrico construdo a partir das memrias individuais e coletivas e que a fico mais bem compreendida como manufatura (fingere) do real, ou seja, a construo dos acontecimentos atravs de um rejunte de memrias apanhadas no somente no consciente, mas, sobretudo, a partir de dimenses que provm do inconsciente. Esse debate, a bem da verdade, surge desde os primrdios do pensamento humano no sendo uma questo nova na histria do conhecimento, quando Plato expe na sua Repblica que os poetas deveriam ser expulsos da Grcia era porque segundo o pensador eles falseavam a realidade por mostrar, digamos, outro tipo de linguagem, a linguagem do mito e da oralidade. Todo esse constructo do imaginrio coletivo e individual perpassa pelo que chamamos de acontecimento e o que ento a histria se no um amontoado de produes quer sejam escritas ou orais destes acontecimentos? a partir dos estudos ps-coloniais, em especial atravs da problemtica criada em torno da autoridade do texto etnogrfico, balizada por James Clifford, antroplogo estadunidense, em sua obra A Experincia Etnogrfica Antropologia e literatura no sc. XX e fundamentado no pensamento crtico de Homi K. Bhabha, que desenvolveremos nos entremeios de uma escrita hbrida a possibilidade de compreendermos a diversidade cultural planetria. Palavras-chave: etnogrfica. Hibridismo cultural; Ps-colonialismo; Literatura; Experincia