You are on page 1of 1

COMO DIZER EU TE AMO

Ento, sem saber como aconteceu, Dexter percebe que est apaixonado, e de repente a vida se transforma em um longo intervalo. Sylvie Cope. O nome dela Sylvie Cope, um lindo nome, e, se voc perguntasse com ela , Dexter balanaria a cabea, daria um suspiro e diria que ela formidvel, simplesmente... fantstica! linda, claro, mas de um jeito diferente das outras no extravagante e modelo de capa de revistas juvenis como Suki Meadows, nem tem uma beleza que est na moda como Naomi, Ingrid ou Yoolande, mas uma beleza clssica, serena. Em sua encarnao anterior de apresentador de TV, poderia t-la chamado de classuda. Ou at de absolutamente classuda. Cabelo longo, loito e liso, repartido exatamente no meio, traos bem -feitos e delicados estampados com perfeio no rosto plido em forma de corao, ela o faz lembrar de uma pintura da qual no re corda o nome, uma figura medieval com flores no cabelo. Assim Sylvie Cope: o tipo de mulher que pareceria perfeitamente vontade abraada com um unicrnio. Alta e esguia, um pouco austera, quase sempre severa, com uma expresso que no muda muito a no ser para franzir o cenho ou s vezes revirar os olhos por causa de alguma tolice que Dexter fez ou disse. Sylvie perfeita, e exige perfeio. As orelhas se sobressaem s um pouquinho, brilhando como corais quando iluminadas por trs, e sob essa mesma luz pose-se ver uma delicada penugem na testa e nas bochechas. Em outra poca de sua vida, mais superficial, Dexter poderia ter feito algumas restries a essas caractersticas, as orelhas brilhantes, a penugem na testa. Mas, ao olhar para ela agora, sentada sua frente, mesa, num gramado ingls em pleno vero, o queixo perfeito descansando na mo de dedos longos, com andorinhas voando acima, velas iluminando seu rosto como um daqueles retratos do pintor das velas, Dexter a definiria com totalmente hipntica.