Вы находитесь на странице: 1из 3

Resumo Era Vargas e Dutra

Era Vargas (1930 até Intentona)

 Final da década de 20, café representava 70% das exportações


Política do Café-com-Leite
 Washington Luís rompe com a política do café-com-leite
 PRM (Partido Republicano Mineiro) se une a oligarquia gaúcha ( forma a Aliança Liberal) tem
apoio da classe média e de fazendeiros paulistas
 A Aliança Liberal lança Getúlio Vargas como candidato e João Pessoa como vice Júlio Prestes
vence as eleições ( clima de agitação )
 Antonio Carlos Andrada (PRM) dizia “vamos à revolução antes que o povo a faça”
 O assassinato de João Pessoa precipita as coisas (começa a Revolução)
 O setor industrial passa a ser encarado com mais seriedade

Governo Provisório (1930-1934)


 Vargas fecha o Congresso, destituiu os governadores e nomeia interventores
 As leis eram feitas pelo presidente (decretos)
 Os sindicatos deveriam ser leais ao governo ( pelego)

Reação

 PRP (Partido Republicano Paulista) queria recuperar o poder e inicia a campanha


constitucionalista
 Estoura em SP a Revolução Constitucionalista de 1932 – (MMDC)
 São Paulo perde, mas consegue a Constituição é elaborada em 1934

O Período Liberal

 foi feita uma Assembléia Constituinte ( Constituição de 1934)


 Conquistas: 3 poderes, eleições diretas e secretas para presidente, voto feminino, Criação de
Tribunais Eleitorais, Autonomia dos Estados e Leis Trabalhistas.

Fascista e Comunistas
 AIB – AÇÃO INTEGRALISTA BRASILEIRA – líder : Plínio Salgado – fascistas – Direita – defendia uma
ditadura
ANL – ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA – líder : Luís Carlos Prestes - Esquerda – defendia a
reforma Agrária e desenvolvimento industrial.

Em 1935, a ANL tentou dar um golpe comunista (Intentona Comunista), mas o resultado foi
frustrado. Vários líderes foram presos, entre eles, Prestes e sua esposa Olga (que foi mandada
para a Alemanha Nazista, onde morreu)

Vargas - ESTADO NOVO até 1945

 Mandato de Vargas iria até 1938. Para permanecer no poder Vargas “descobre ” um plano
comunista (PLANO COHEN), que tinha por objetivo transformar o Brasil em um país comunista.
Esse plano foi tramado pelos Integralistas e por Vargas
Em 10/11/1937, Vargas fecha o Congresso e outorga a nova Constituição (polaca), dando início
ao ESTADO NOVO.

Medidas:
 nomeia interventores
 partidos foram extintos
 greves estavam proibidas
 polícia poderia prender sem nenhum processo
 criação do DIP ( DEPARTAMENTO DE IMPRENSA E PROPAGANDA)
 Ministério da Educação
Estado Novo e a Segunda Guerra

 EIXO: Alemanha, Itália e Japão


 ALIADOS: Inglaterra, França, URSS, EUA...
-Vargas tenta tirar proveito da situação e consegue a construção da Usina Siderúrgica de Volta
Redonda. -O Brasil entra ao lado dos ALIADOS.
-Brasil é atacado por submarinos alemães.
-O Brasil declara guerra ao EIXO.
-É criada a FEB – Força Expedicionária Brasileira
-Em 1944, a FEB parte para Itália para lutar contra o EIXO.
-Contradição: como pode um ditador lutar ao lado de países democráticos?

01. (FUVEST) O Brasil recuperou-se de forma relativamente rápida dos efeitos da Crise de 1929 porque:
a) o governo de Getúlio Vargas promoveu medidas de incentivo econômico, com empréstimos obtidos
no Exterior;
b) o País, não tendo uma economia capitalista desenvolvida, ficou menos sujeito aos efeitos da crise;
c) houve redução do consumo de bens e, com isso foi possível equilibrar as finanças públicas;
d) acordos internacionais, fixando um preço mínimo para o café, facilitaram a retomada da economia;
e) um efeito combinado positivo resultou da diversificação das exportações e do crescimento industrial.

02. (FUVEST) A política cultural do Estado Novo com relação aos intelectuais caracterizou-se:
a) pela repressão indiscriminada, por serem os intelectuais considerados adversários de regimes ditatoriais;
b) por um clima de ampla liberdade pois o governo cortejava os intelectuais para obter apoio ao seu
projetonacional;
c) pela indiferença, pois os intelectuais não tinham expressão e o governo se baseava nas forças militares;
d) pelo desinteresse com relação aos intelectuais, pois o governo se apoiava nos trabalhadores
sindicalizados;
e ) por uma política seletiva através da qual só os adversários frontais do regime foram reprimidos.

03. A Era Vargas (1930 - 1945) apresentou:


a) O abandono definitivo da política de proteção ao café.
b) A crescente centralização político-administrativa.
c) Um respeito aos princípios democráticos, em toda sua duração.
d) Um leve "surto industrial", resultante da conjuntura da Grande Guerra (1914 - 1918).
e) Um caráter extremamente ditatorial, em todas as suas três fases.

04. A Europa dos anos 30 conheceu os extremismos resultantes do confronto ideológico entre os totalitarismos
de esquerda e de direita. Eram representantes de direita (nazi-fascismo), no Brasil:
a) os aliancistas, reunidos em torno da Aliança Nacional Libertadora;
b) os "camisas-verdes" liderados por Luís Carlos Prestes;
c) os tenentes, que após a Revolução de 1930, tornaram-se defensores do Estado Fascista;
d) os integralistas, sob a liderança de Plínio Salgado, sonhavam com um Estado Totalitário;
e) os getulistas, adeptos de um Estado Forte, sob a liderança de Vargas.

05. Recuperação da autonomia, reconstitucionalização do País e nomeação de um interventor civil e paulista


foram reivindicações que marcaram:
a) o movimento tenentista da década de 1920;
b) a reação da oligarquia paulista na Revolução de 1932;
c) as manifestações integralistas nos anos 30;
d) as intentonas comunistas de 1935;
e) as rebeliões promovidas pela ANL entre 1934 e 1937.

http://www.youtube.com/user/profadani#p/a/u/2/1RUF5dXFQQY
http://www.youtube.com/user/profadani#p/a/u/0/mMynAiFQNFI
http://www.youtube.com/user/profadani#p/a/u/1/MhP9gW3zajY
E,e, b,d,b