Вы находитесь на странице: 1из 6

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas.

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas. Transporte D 18/08/14 16:44 Internaciona Estados Uni Europa - Afri
SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas. Transporte D 18/08/14 16:44 Internaciona Estados Uni Europa - Afri

Transporte D

18/08/14 16:44

Internaciona Estados Uni Europa - Afri

A IMO- Organização Marítima Internacional é um órgão pertencente às Nações Unidas,

competente para lidar com assuntos técnicos relativos ao transporte marítimo.

A IMO lida com duas áreas principais: promoção de segurança marítima e prevenção de

poluição por navios. Para tal, desenvolveu um conjunto de códigos que funcionam como um guia de normas para se lidar com certo tipo de carga.

O mais importante destes códigos é o IMDG Code (International Maritime Dangerous Goods

Code-ou Código Marítimo Internacional de Produtos Perigosos). O IMDG é voltado para o transporte marítimo em viagens internacionais nos moldes estabelecidos pela SOLAS(Convenção

Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar). Para viagens de cabotagem e para harmonização intermodal são aplicáveis outras normas.

Este código é revisto a cada dois anos, gerando um conjunto de emendas que entram em vigor dois anos após a sua adoção. É um guia padrão internacional para transporte por mar de cargas perigosas.

É considerada perigosa, qualquer substância que sob condições normais tenha alguma

instabilidade inerente, que sozinha ou combinada com outras cargas possa causar incêndio ou explosão, corrosão de outros materiais, ou que seja suficientemente tóxica para ameaçar a vida ou a saúde pública se não for adequadamente controlada.

Cargas perigosas requerem sempre cuidados e medidas específicas, pessoas devidamente capacitadas e equipadas com conhecimento prévio dos riscos e das caracteríticas específicas dos produtos.

As cargas perigosas estão divididas em nove classes, conforme classificação da ONU

Classe 1: Explosivos Classe 2: Gases comprimidos, liquefeitos, dissolvidos sob pressão ou altamente refrigerados; Classe 3: Líquidos inflamáveis; Classe 4: Sólidos inflamáveis Classe 5: Substâncias oxidantes, peróxidos orgânicos Classe 6: Substâncias tóxicas venenosas, substancias infectantes Classe 7: Materiais radioativos Classe 8: Corrosivos Classe 9: Substâncias perigosas diversas.

Pode haver reações químicas entre os diversos tipos de produtos perigosos, então há a necessidade de se segregar (separar) as diversas substâncias, para evitar que elas adquiram condições de reagir entre si.

O IMDG Code da IMO estabelece normas para a segregação a bordo dos navios, mas em geral,

esta tabela é aplicada também nas áreas portuárias, já que isso oferece uma segurança ainda

maior na movimentação destas cargas.

A Marinha do Brasil chefia a Representação do Brasil junto à IMO. A Representação Permanente

do Brasil Junto a IMO (RPBIMO) é uma organização diplomática com sede em Londres, que representa os interesses do Brasil perante à Organização Marítima Internacional (IMO).

Além de temas como a salvaguarda da vida humana no mar, a segurança da navegação, a proteção das atividades marítimas e a formação, o treinamento e as condições de trabalho dos marítimos, a RPBIMO também se preocupa com a proteção do meio ambiente marinho, cuja convenção mais importante é a Marpol (Prevention of Pollution from Ship).

Arquivo do blog

2012 (3)

2010 (10)

2009 (46)

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas.

​​

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas. ​​ As mercadorias perigosas são transportadas em três grupos de
SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas. ​​ As mercadorias perigosas são transportadas em três grupos de

As mercadorias perigosas são transportadas em três grupos de embalagens:

I - alta periculosidade

II - média periculosidade

III - baixa periculosidade

Esses grupos de embalagem constam do Código IMDG, bem como os requisitos para os testes a serem aplicados nos diversos tipos de embalagens.

Para o adequado e seguro transporte das mercadorias perigosas é obrigatório que as embalagens tenham sido submetidas aos testes previstos no Código IMDG e, em sendo aprovadas, venham a receber o Certificado de Homologação emitido pela Diretoria de Portos e Costas (DPC), Representante da Autoridade Marítima Brasileira. Este certificado tem validade internacional.

Quando se trata de substâcia explosiva (classe 1), observa-se a regulação das Nações Unidas “Recommendation on the Transport of Dangerous Goods – Model Regulation”. (Recomendações para Transporte de Mercadorias Perigosas)

Este documento apresenta uma tabela com os diferentes enquadramentos de cada explosivo nos grupos de compatibilidade (A,B,C,D,F,G,H,K,L,N,S) e nas divisões de 1.1 a 1.6, isto é, desde as substâncias e artigos que acarretam explosão em massa, passando pelas várias gradações de risco, até aos artigos extremamente insensíveis.

Quando a substância explosiva é excessivamente sensível ou tão reativa que é sujeita a uma reação espontânea, seu transporte é proibido. Assim sendo, uma substância que possui ou suspeita-se possuir características explosivas, deve ser criteriosamente classificada e exige-se que sejam prestadas todas as informações concernentes às suas características e que seja submetida aos testes previstos no volume II da publicação das Nações Unidas.

A DPC tem uma participação importante na autorização do transporte das mercadorias perigosas

pelo modal marítimo, e pela elaboração do Certificado de Homologação, que atesta se uma determinada mercadoria poderá ser transportada com segurança.

Um texto mais aprofundado sobre o assunto:

Postado por Rosilda

Postado por Rosilda 12 comentários: Parabéns pela matéria!!! Procurei muito e

12 comentários:

Parabéns pela matéria!!! Procurei muito e encontrei. Essa explicação concisa, e simples do que envolve as nomas da IMO pra cargas perigosas. Muito Obrigada! Anie VidalPostado por Rosilda 12 comentários: Anônimo 02/04/09 04:54 Responder Anie, obrigada também.

Anônimo 02/04/09 04:54

Anie, obrigada também. Espero que vc tenha encontrado todas as informações desejadas sobre o assunto e que tenha sucesso nos seus objetivos. RosildaObrigada! Anie Vidal Anônimo 02/04/09 04:54 Responder Rosilda 02/04/09 11:57 Responder Atividade P Legislaç

18/08/14 16:44

2008 (31)

2007 (10) 2007 (10)

►

Quem sou eu

18/08/1 4 16:44 2008 (31) 2007 (10) ► Quem sou eu Visualizar meu p Visitas desde

Visitas desde 01.

(10) ► Quem sou eu Visualizar meu p Visitas desde 01. Seguidores

Seguidores

Anônimo 22/06/12 09:54 SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas. Existe algum local onde eu consiga

Anônimo 22/06/12 09:54

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas.

Existe algum local onde eu consiga consultar se uma determinada NCM é considerada carga IMO

e qual seria a classe IMO dela? Atenciosamente.

Claudio

Claudio,no site da IMO tem a classificação das Cargas, mas, dá uma olhada neste link. Tem muitas informações e tem tabela de segregação etc.seria a classe IMO dela? Atenciosamente. Claudio Responder Rosilda 22/06/12 15:55

http://www.gopp.cbmerj.rj.gov.br/docs_concurso/Documentos/IMDG_1a5_0.pdf

Anônimo 28/06/12 11:51 Anônimo

excelente o conteudo assim mostrado,estou plenamente satisfeito. valeu!!

Anônimo 09/07/12 13:17 Anônimo

Adorei a matéria!

Anônimo 20/02/13 11:42 Anônimo

tem carga UN 1950 - imo class: 2.1 - estao solicitando OUTER PACKAGING / INNER PACKAGING - como faço

Embalagens internas (inner packagings) significa embalagens para as quais é exigida uma embalagem externa para o transporte. Embalagem externa (Outer packaging) significa a proteção externa de uma embalagem composta ou combinada, juntamente com quaisquer materiais absorventes, de acolchoamento e quaisquer outros componentes necessários para conter e proteger os recipientes internos ou as embalagens internas.PACKAGING / INNER PACKAGING - como faço Responder Respostas Rosilda 20/02/13 14:43 Rosilda Dá uma olhada

internos ou as embalagens internas. Rosilda 20/02/13 14:43 Rosilda Dá uma olhada neste link sobre outer

Dá uma olhada neste link sobre outer packaging e Inner packaging:

http://www.deadiversion.usdoj.gov/images/arcos/section5/exhibit5_12.gif

Anônimo 14/11/13 10:59 Anônimo

muito bom

18/08/14 16:44

Contrat Anúncio vaga
Contrat
Anúncio vaga

Cadastre se Currículo Gr o Número d na Ambev.

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas.

Notícias

18/08/14 16:44

Científicos descubren asteroide en ruta de colisión con la Tierra 24 Horas Según cálculos de los científicos, esta sería la fecha en que la Tierra sería nuevamente impactada -con consecuencias fatales- por un objeto celeste. De acuerdo a lo que detalla infobae.com, un grupo de investigadores de la Universidad de Tennesee, en Related Articles »

La 'Ultra Pirineu' 2014 se disputará por la ciencia Radio Intereconomía Redacción deportes, 18 ago.- La 'Ultra Pirineu', carrera de montaña denominada así por primera vez en sustitución de la Cavalls del Vent, tendrá este año una finalidad científica, puesto que los atletas podrán participar durante la competición en tres Related Articles »

"Somos más imprevisibles y libres de lo que creemos" El Mundo Cerebro y corazón. La ciencia lleva siglos intentando descifrar su funcionamiento para entender cómo los seres humanos percibimos lo que ocurre alrededor, tomamos decisiones o nos relacionamos con los demás. El estudio de nuestras emociones ha

Cartografía: Así fue la evolución de esta ciencia con estos mapas Perú.com Aquí te presentamos la evolución de esta ciencia según estos mapas: -Mapa de Abauntz (13.660 años):

Es el más antiguo. Fue encontrado en 1993 en una cueva de Navarra, España. La tableta de piedra de apenas 20 centímetros de largo representa el

powered by

de apenas 20 centímetros de largo representa el powered by Meus Links http://www.orecado.cjb.net/

Meus Links

20 centímetros de largo representa el powered by Meus Links http://www.orecado.cjb.net/

Modelo Simple. Tecnologia do Blogger.

Modelo Simple. Tecnologia do Blogger .

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas.

18/08/14 16:44

SAPERE: Normatização IMO – cargas perigosas.

18/08/14 16:44