You are on page 1of 1

O Financiamento Privado de Campanhas Eleitorais

Diz a Lei das Eleies (9.50!9"#$ em se% arti&o '0$ (%e o indiv)d%o
pleiteante a car&o eletivo$ deve realizar a administra*o +inanceira da s%a campanha.
Para isso$ poder, o mesmo +azer %so de rec%rsos pr-prios$ de rec%rsos repassados pelo
se% comit. (incl%indo a(%eles re+erentes / cota do F%ndo Partid,rio#$ 0em como de
rec%rsos o0tidos atrav1s de doaes de pessoas +)sicas o% 2%r)dicas. Partic%larmente$ este
3ltimo m1todo de o0ten*o de rec%rsos tem estado no centro de in3meras disc%sses
acerca da s%a le&alidade$ e$ em 3ltimo caso$ da s%a moralidade.
Para a(%eles (%e se posicionam contra o +inanciamento privado de
campanhas$ as distores pass)veis de acontecer so0 a in+l%.ncia demasiada do poderio
econ4mico$ 0em como as (%estion,veis li&aes (%e s%r&em entre os candidatos e os
doadores de campanha$ s*o motivos mais (%e s%+icientes para se +rear este tipo de
arrecada*o de rec%rsos.
De todo modo$ a (%est*o est, prestes a ter %m des+echo.
Em Dezem0ro 3ltimo teve in)cio o 2%l&amento da 5*o Direta de
6nconstit%cionalidade (5D6# 750$ proposta pela Ordem dos 5dvo&ados do 8rasil$ na
(%al o 9%premo :ri0%nal Federal decidir, a validade de determinados dispositivos
normativos (%e tratam de doaes privadas para +inanciamento de campanhas.
5pesar de o 2%l&amento ter sido s%spenso no 3ltimo dia 0' de a0ril$ em
virt%de de %m pedido de vista do ;inistro <ilmar ;endes$ at1 o momento$ 07 (seis#
dentre os == (onze# ministros (%e compe o -r&*o m,>imo do ?%dici,rio 0rasileiro 2,
decidiram pelo +im das doaes por pessoas 2%r)dicas para o +inanciamento de
campanhas.
Certo 1 (%e$ en(%anto o 9:F n*o pe %m ponto +inal / (%est*o$ as doaes
para +inanciamento de campanhas devem o0edecer ao (%anto esta0elecido na le&isla*o
eleitoral em vi&or. 5t%almente$ as doaes realizadas por pessoas 2%r)dicas +icam
limitadas a no m,>imo '@ (dois por cento# do +at%ramento 0r%to rece0ido pelas
mesmas no anoAcalend,rio anterior / elei*o. Para pessoas +)sicas$ o limite para doaes
em dinheiro 1 de at1 =0@ (dez por cento# dos rendimentos 0r%tos a%+eridos$ tam01m
relativos ao anoAcalend,rio anterior / elei*o.