Вы находитесь на странице: 1из 2

Práticas e Modelos de Auto-Avaliação

das Bibliotecas Escolares

O Modelo de Auto-
Avaliação das
Bibliotecas
Escolares:
Metodologias de
Operacionalização -
Parte II

D. Gestão da BE
D.1. Articulação da BE com a
EScola/Agrupamento. Acesso e serviços
prestados pela BE

Novembro de 2009

Formanda: Ana Filipa Leite


DREC – Turma 4
Acções Futuras

Duas coisas a deixar de fazer Duas coisas para continuar a Duas coisas para começar a
• Actividades inerentes à gestão fazer fazer
da BE, nomeadamente o • Apresentação daos diferentes • Recolher de forma sistemática
atendimento dos utilizadores, na orgãos de gestão e administração todas as evidências relativas ao
requisição de recursos e do agrupamento as propostas de seu funcionamento e utilização,
equipamentos. Este tipo de actividades desenvolvidas pela BE bem como às práticas de gestão
rotinas impedem que me e/ou em articulação com os da própria equipa no sentido de
dedique, de forma contínua e diferentes departamentos. facilitar e viabilizar o processo de
eficaz, à prática de catologação, auto-avaliação da BE.
uma vez que o desenvolvimento
do catálogo colectivo é
prioritário.
• Criar dinâmicas de promoção • Recorrer a diferentes meios
cultural e difundir essas práticas ambientais incluindo aqueles que
formando os nossos utilizadores, faculta a WEB 2.0 para promover
• Tratamento informal de registo promovendo o agrupamento e a os recursos da BE e as actividades
de contactos estabelecidos com BE como pólo cultural. realizadas (criação de um blog,
os diferentes orgãos de direcção, fóruns de discussão, Wiki...)
administração e gestão da
escola/agrupamento.

Похожие интересы