Вы находитесь на странице: 1из 10

MEMORIAL DESCRITIVO - HABITAÇÃO

PROPONENTE: ATHENA CONSTRUÇÕES LTDA. CONSTRUTORA: ATHENA CONSTRUÇÕES LTDA. EMPREENDIMENTO: RESIDENCIAL PARQUE DAS TORRES ENDEREÇO: RUA JÚLIO POZZA ESQ. RUA C/ SD 490 – SÃO JOÃO – MARGEM ESQUERDA – TUBARÃO/SC

INTRODUÇÃO

Este memorial descreve os procedimentos para a execução de um conjunto residencial composto por 8 blocos, cada um com 16 apartamentos, localizado na Rua Júlio Pozza, Bairro São João – Margem Esquerda, no Município de Tubarão/SC. As edificações serão de uso residencial, com estrutura de blocos de concreto, padrão de acabamento popular.

Cada bloco será identificado por letra começando pela “A“ até a letra “H”, cada bloco terá 4 pavimentos com 16 apartamentos identificados por números. Todos os blocos possuirão rampas de acesso para portadores de necessidades especiais, os blocos A, B, C e D possuirão 1 apartamento cada, no pavimento térreo, adaptados para portadores de necessidades especiais, nesses apartamentos todas as portas terão dimensão de 0,80 x 2,10.

O residencial será provido de 1 salão de festas, com 2 ambientes, guarita, 4 bicicletários, playground, espaço

ginástica e 65 vagas de estacionamento sobre terreno, sem cobertura, de uso comum e indeterminado (item 5.7.2.2.3 –

NBR 12.721/2004).

1 SERVIÇOS PRELIMINARES E GERAIS

1.1 Serviços Técnicos

Os serviços deverão obedecer a seguinte documentação técnica:

Estas especificações técnicas;

Normas técnicas da ABNT;

Legislação específica para o caso.

O orçamento será realizado com base nos projetos realizados por profissionais capacitados para tal serviço.

1.2 Instalações provisórias

O canteiro da obra será provido de área de vivência, instalação sanitária (lavatório, vaso sanitário, mictório e

chuveiro) vestiário, local para refeições, todos dimensionados de acordo com as necessidades da obra e com as Normas de Segurança e Medicina do Trabalho.

O canteiro da obra contará também com almoxarifado para armazenamento de equipamentos e materiais e sua

localização atenderá as particularidades do empreendimento.

O canteiro da obra contará com entrada de energia provisória, aérea, trifásica e entrada provisória de água.

1.2.1 Placa da Obra

Será instalada uma placa alusiva ao programa da CAIXA que financiará o empreendimento, o modelo da placa será de acordo com padrão exigido pela CAIXA, conforme manual de placas de obras.

1.3

Sondagem

A sondagem será a percussão de simples reconhecimento de solo com SPT (standard penetration test),

abrangendo o número, a localização e a profundidade dos furos em função de uma referência de nível (RN) bem definida e protegida contra deslocamentos, em conformidade com NBR 6484:2001. Serão realizados 3 furos, que não poderão ser distribuídos ao longo do mesmo alinhamento. O resultado das sondagens será apresentado de acordo com NBR

6484:2001.

1.4 Máquinas e ferramentas

Todas as ferramentas necessárias para o bom desempenho da obra e segurança dos trabalhadores serão adquiridas e fornecidas pela construtora.

1.5 Limpeza da Obra

A obra será mantida permanentemente limpa, garantindo um ambiente mais agradável e seguro para os

trabalhadores, fiscais e visitantes.

1.6 Equipamentos de Segurança

A obra será suprida de todos os materiais e equipamentos necessários para garantir a segurança e higiene dos

operários.

1.7 Controle de Qualidade

A Construtora implantará um Programa de Controle de Qualidade Total, incluindo procedimentos de execução e

inspeção, tanto de serviços como de materiais, em conformidade com o PBQP-H.

2 INFRA ESTRUTURA

2.1 Trabalhos em Terra

A locação da obra será executada somente por profissional habilitado que utilizará instrumentos e métodos

adequados. A locação será global, sobre gabaritos de tábuas corridas, pontaletadas, envolvendo o perímetro todo da obra,

conseqüentemente não haverá reaproveitamento. O gabarito será nivelado, bem fixado para resistir às tensões exercidas pelos fios de demarcação. A precisão estará dentro dos limites aceitáveis pelas normas de construção. Todo o movimento de terra será executado de acordo com os níveis de projeto. Superfícies a serem aterradas serão previamente limpas, sem nenhum tipo de vegetação ou entulho e serão compactadas em camadas com no máximo 20 cm.

2.2 Fundações

O solo é do tipo argiloso muito mole passando a mole, apresentando baixa resistência nos primeiros metros de

profundidade. Assim a fundação dos blocos de apartamentos, que terão cargas maiores serão do tipo profunda – estaca, e do salão de festas, guarita e muro serão do tipo direta - sapata. Blocos de apartamentos: a fundação será do tipo profunda, com estacas. Quantidade, localização, comprimento da estaca, cota de arrasamento e resistência conforme projeto de fundações. A ligação das estacas com as vigas de baldrame serão através de blocos de coroamento, de concreto armado, as dimensões, detalhamento de armaduras dos blocos serão realizadas conforme projeto estrutural de fundações, o concreto utilizado terá resistência a compressão igual a 200 kg/cm² (fck=20MPa).

Salão de festas, guarita e muro: a fundação será do tipo direta, com sapatas de concreto armado, as dimensões, detalhamento de armaduras serão realizadas conforme projeto estrutural de fundações, o concreto utilizado terá resistência a compressão igual a 200 kg/cm² (fck=20MPa).

3 SUPRA ESTRUTURA

Blocos de apartamentos: o sistema estrutural no térreo será o convencional, composto por vigas de baldrame com concreto impermeabilizado e contrapiso sobre leito de brita de concreto armado impermeabilizado, as formas serão de madeira, resistência a compressão do concreto será igual a 200 kg/cm² (fck=20MPa). A partir do pavimento térreo a estrutura será realizada por blocos de concreto estrutural, da família 15x40, fornecidos por empresa especializada, assentados com argamassa pronta, e utilizando grout e armaduras de aço para amarração das paredes e confecção de vergas e contra-vergas. Todo o concreto utilizado na obra será adquirido de empresa especializada, dosado em central e atendendo as definições determinadas no projeto estrutural. O transporte até a obra é realizado por caminhões, o lançamento será por meio de bomba, o adensamento será efetuado durante e após o lançamento por meio de vibrador, a cura será realizada garantindo que o concreto mantenha umidade suficiente garantindo seu processo de endurecimento.

3.1 Laje

As lajes dos pavimentos térreo e tipo, dos blocos de apartamentos, serão do tipo pré-moldadas, com espessura de 12 cm, compostas por vigotas de concreto, preenchimento com tavelas cerâmicas e capa de concreto armado com resistência a compressão igual a 200 kg/cm² (fck=20MPa) armadas conforme projeto estrutural. O escoramento das lajes será realizado com escoras de eucaliptos e réguas de pinus, a desforma será executada conforme as técnicas de construção. As lajes de cobertura serão do tipo pré-moldadas, com espessura de 12 cm, compostas por vigotas de concreto, preenchimento com tavelas cerâmicas e capa de concreto armado com resistência a compressão igual a 200 kg/cm² (fck=20MPa) armadas conforme projeto estrutural.

4. PAREDES E PAINÉIS

4.1 Alvenaria Estrutural

Blocos de concreto

Serão utilizados blocos da família 15x40, sendo está família composta por:

Descrição

Dimensões

Bloco inteiro

14x19x39

Meio bloco

14x19x19

Meia canaleta

14x19x19

Bloco de canto

14x19x34

Bloco de canto 54

14x19x54

Pastilha

14x19x4

Bloco especial 24

14x19x24

Bloco hidráulico

9x19x39

Meio bloco hidráulico

14x19x19

Canaleta Jota 27

14x19x19

Canaleta Jota 31

14x19x19

Os blocos utilizados contemplarão as exigências das Normas da ABNT.

A precisão dimensional dos blocos devem ter tolerâncias de fabricação de + 3mm e - 2mm para qualquer

dimensão (largura, altura ou comprimento).

A argamassa utilizada será a pronta que contemple a NBR 13281:2005. Até a 3ª fiada a argamassa será

preparada com aditivo impermeabilizante.

As vergas e contra-vergas das janelas serão realizadas com transpasse de 40 cm para as laterais das aberturas,

utilizando barra de aço e grout, e o próprio bloco como forma. As contra-vergas das portas serão realizadas com transpasse de 20 cm para as laterais das aberturas, serão de concreto armado. As paredes formadas pelos blocos serão amarradas de acordo com projeto estrutural, com a utilização barras de

aço e grout. A lajes serão apoiadas sobre as paredes utilizando o bloco canaleta jota 31 as paredes estarão engastadas as do andar inferior e as lajes pelas barras de aço.

O traço do grout será 1:0,1:3:2 – cimento, cal hidratada, areia sem peneirar e pedrisco.

4.2 Esquadrias

 

PORTAS

 

AMBIENTE

MATERIAL

TIPO E MODELO

DIMENSÃO

Entrada do bloco de apartamentos

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensado, miolo colméia, detalhe lateral com vidro.

1

0,90 x 2,10

Entrada do apartamento

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensado, encabeçada, miolo colméia.

1

0,80 x 2,10

Dormitórios

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensada, encabeçada, miolo colméia.

1

0,70 x 2,10

Banheiros apartamento e guarita, lavabos salão de festas

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensada, encabeçada, miolo colméia.

1

0,60 x 2,10

Dormitórios de apartamentos p/ portadores de necessidades especiais

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensada, encabeçada, miolo colméia.

1

0,80 x 2,10

Banheiros de apartamentos p/ portadores de necessidades especiais

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensada, encabeçada, miolo colméia.

1

0,80 x 2,10

Guarita

Madeira

folha de abrir, lisa, semi-oca, compensado, encabeçada, miolo colméia.

1

0,80 x 2,10

Salão de festas

Vidro

2 folhas de 1,50 x 2,10 – 1 de abrir e 1 fixa, vidro

3,00 x 2,10

temperado

10

mm.

Os blocos de apartamento A, B, C e D possuirão um apartamento no pavimento térreo para portadores de necessidades especiais.

 

JANELAS E BASCULANTES

AMBIENTE

MATERIAL

 

TIPO E MODELO

DIMENSÃO

MARCA

Sala

Alumínio

2

folhas móveis com vidro 3mm, sem bandeira,

1,20 x 1,20

Vidroform, Alumasa,

linha 25.

Esaf

Dormitórios

Alumínio

2

folhas móveis com vidro 3mm, sem bandeira,

1,20 x 1,20

Vidroform, Alumasa,

linha 25.

Esaf

Área

de

Alumínio

2

folhas móveis com vidro 3mm, sem bandeira,

1,00 x 1,20

Vidroform, Alumasa,

Serviço

linha 25.

Esaf

Banheiro

Alumínio

Basculante c/2 folhas móveis e 1 fixa, linha 25 com vidro comum fantasia, 3mm

0,60 x 0,60

Vidroform, Alumasa,

Esaf

Circulação

Alumínio

2

folhas móveis com vidro 3mm, sem bandeira,

1,20 x 1,20

Vidroform, Alumasa,

comum

linha 25.

Esaf

Guarita

Vidro

2

folhas móveis com vidro 8mm.

1,40 x 1,20

Vidroform,Durant,

temperado

 

Esquadrimed

Salão de festas

Vidro

4

folhas 2 móveis e 2 fixas, com vidro 8mm.

3,00 x 1,50

Vidroform,Durant,

temperado

 

Esquadrimed

4.2.1 Esquadrias especiais, portões, grades, corrimãos, etc.

 

ESQUADRIAS ESPECIAIS, PORTÕES, GRADES E CORRIMÃOS

 

AMBIENTE

MATERIAL

TIPO E MODELO

DIMENSÃO

MARCA

Barriletes

Alumínio

1 folha de abrir, com veneziana.

0,80 x 2,10

Vidroform,

Alumasa

ou Esaf

Entrada

de

pedestres

Alumínio

1 folha de abrir.

1,00 x 2,10

Vidroform,

Alumasa

(residencial)

ou Esaf

Entrada de carros

Aço

1 folha de correr com motor.

3,50 x 1,80

Vidroform,

Alumasa

Galvanizado

ou Esaf

Escada

Madeira

Corrimão em seção retangular, canto boleado, fixado com grapas.

   

4.3

Ferragens

 

PORTAS

 

ESQUADRIA

TIPO E MODELO

Porta de entrada apto

Fechadura de embutir completa, para porta interna, padrão de acabamento popular.

Portas dormitórios

Fechadura de embutir completa, para porta interna, padrão de acabamento popular.

Portas banheiros

Fechadura de embutir completa, para porta de banheiro, padrão de acabamento popular.

Porta de entrada dos blocos de apartamento

Fechadura de embutir completa, para porta externa, padrão de acabamento popular.

Porta de entrada do residencial

Fechadura de embutir completa, para porta externa, padrão de acabamento popular.

5 COBERTURA E PROTEÇÕES

5.1 Telhado

Blocos de apartamentos: os blocos de apartamentos serão cobertos com laje pré-moldada, estrutura de madeira imunizada apoiada em laje e cobertas com telhas de fibrocimento com espessura de 6mm. A cobertura do reservatório superior será realizada com 1/3 de laje pré-moldada para apoio do pára-raio e 2/3 sem laje, com concreto impermeabilizado. O sistema de captação de água será através de calhas moldadas com tijolos e protegidas por impermeabilizante, onde se fizer necessário será utilizado rufo. Como condutores das águas pluviais serão utilizados tubos de PVC. Salão de festas: o salão de festas será coberto com kalhetão 90 ou canalete 90, produtos que podem ser usados em grandes vão livres. E pintados com tinta acrílica, interna e externamente. O sistema de captação de água será através de calhas de alumínio, onde se fizer necessário será utilizado rufo. Como condutores das águas pluviais serão utilizados tubos de PVC. Guarita: a guarita será coberta com laje pré-moldada com concreto impermeabilizado. O sistema de captação de água será através de condutores de águas pluviais com tubos de PVC. Bicicletários: os bicicletários serão cobertos com estrutura de madeira com telhas de fibrocimento. O sistema de captação de água será através de calhas de PVC.

5.2 Impermeabilizações

Vigas de Baldrame: as vigas de baldrame serão executadas com concreto impermeabilizado, e protegidas com impermeabilizante polimérico semi-flexível.

concreto

impermeabilizado e serão protegidas com argamassa polimérica flexível. Calhas: as calhas serão protegidas com argamassa polimérica flexível. Áreas molhadas: as áreas molhadas receberão impermeabilização com argamassa polimérica semi-flexivel.

Lajes

de

cobertura

sem

telhado:

as

lajes

de

cobertura

sem

telhado

serão

executadas

com

6. REVESTIMENTOS, ACABAMENTOS E PINTURA

6.1 Interiores

   

REVESTIMENTOS, ACABAMENTOS E PINTURA

 

AMBIENTE

PISO

PAREDE

TETO

Sala

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante, com rodapé de piso cerâmico esmaltado.

Massa única ou gesso. Pintura látex, em 2 demãos.

Chapisco no traço 1:3. Emboço paulista. Pintura látex, em 2 demãos.

ÁREA PRIVATIVA

Dormitórios

e

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante, com rodapé de piso cerâmico esmaltado.

Massa única ou gesso. Pintura látex, em 2 demãos.

Chapisco no traço 1:3. Emboço paulista. Pintura látex, em 2 demãos.

circulação

Banheiro

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Azulejo 15 x 15cm, padrão popular, até o teto, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Forro de PVC branco.

 

Cozinha/Área

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Azulejo 15 x 15cm, padrão popular, até o teto, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Forro de PVC branco.

Serviço

   

REVESTIMENTOS, ACABAMENTOS E PINTURA

 

AMBIENTE

 

PISO

PAREDE

TETO

Circulação

blocos

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante, com rodapé de piso cerâmico esmaltado.

Massa única ou gesso. Pintura látex, em 2 demãos.

Chapisco no traço 1:3. Emboço paulista. Pintura látex, em 2 demãos.

de apartamentos

ÁREA COMUM

Salão de festas

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante, com rodapé de piso cerâmico esmaltado.

Massa única ou gesso. Pintura látex, em 2 demãos.

Pintura acrílica, em 2 demãos sobre telhas de fibrocimento do tipo kalhetão 90 ou canalete 90, marca Brasilit ou Eternit.

Lavabos

Salão

de

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Azulejo 15 x 15cm, padrão popular, até o teto, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Chapisco no traço 1:3. Emboço paulista. Pintura látex, em 2 demãos.

festas

   

Contrapiso

regularizado

com

 

Chapisco no traço 1:3. Emboço paulista. Pintura látex, em 2 demãos.

Guarita

argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante, com rodapé de piso cerâmico esmaltado.

Massa única ou gesso. Pintura látex, em 2 demãos.

Banheiro guarita

Contrapiso regularizado com argamassa industrializada. Piso cerâmico esmaltado, padrão popular, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Azulejo 15 x 15cm, padrão popular, até o teto, assentado com argamassa pré-fabricada de cimento colante.

Chapisco no traço 1:3. Emboço paulista. Pintura látex, em 2 demãos.

Nos apartamentos e circulação comum dos blocos o contrapiso será regularizado com argamassa industrializada sobre laje pré-moldada.

6.2

Exteriores, Fachadas e Muros

Paredes externas: as paredes externas dos blocos de apartamentos, o muro do residencial, as paredes externas salão de festas, as paredes dos bicicletários e paredes externas da guarita receberão textura a base de resina acrílica e microagregados minerais de quartzo, aplicada diretamente sobre os blocos de concreto. Pisos externos:

As zonas laterais do residencial receberão acabamento em grama, do tipo batatais (nome científico: Paspalum notatum) plantada em placas. As laterias dos blocos e vias principal e secundária, para circulação de veículos e habitantes do residencial, receberão pavimentação com bloco sextavado de concreto, 8cm de espessura sobre colchão de areia compactada com 6cm de espessura. Muro: o muro recebera textura impermeável nas duas faces.

7 SOLEIRAS E PEITORIS

As portas externas de acesso aos blocos de apartamentos receberão soleira de granito com desnível mínimo de 2,5cm do piso externo acabado.

As janelas dos apartamentos e das circulações comuns receberão peitoril pré-moldado de cimento, com caimento

para o exterior.

8 INSTALAÇÕES E APARELHOS

8.1 Instalações Elétricas e Telefônicas

Os eletrodutos serão embutidos nas paredes e suas localizações e dimensões respeitarão projeto elétrico. Os condutores e cabos respeitarão as bitolas e ligações especificadas no projeto elétrico. Caixas, interruptores, tomadas, pontos de telefone, quadros de distribuição geral e secundários obedecerão as localização e dimensões determinadas no projeto elétrico.

O pára-raios será com captor tipo franklin, com descidas externas a edificação e cabos de cobre nu, nos locais e

dimensões determinados no projeto específico.

A iluminação externa será realizada de acordo com projeto elétrico.

 

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS – NÚMERO DE PONTOS

 
 

AMBIENTE

LUZ NO TETO

INTERRUPTOR

TOMADA

ANTENA

TELEFONE

INTERFONE

 

Sala

2

2

4

1

 

1 1

ÁREA

PRIVATIVA

Dormitórios

1

1

4

-

 

- -

Banheiro

1

1

2

-

 

- -

Cozinha

1

1

6

-

 

- -

 

Área de Serviço

1

1

2

-

 

- -

 

Guarita

1

1

1

-

 

- 1

ÁREA DE USO COMUM

Banheiro guarita

1

1

2

-

 

- -

Salão de Festas

12

4

12

-

 

- 2

Lavabo salão de festas

1

1

1

-

 

- -

Circulação dos blocos de apartamentos

3

2

2

-

 

- -

8.2 Instalações Hidráulicas e de Esgoto

As tubulações de água fria respeitarão as dimensões e localizações determinadas no projeto hidro-sanitário, o material utilizado será o PVC para tubos e conexões. Cada apartamento possuirá medição individualizada de água. Os

hidrômetros dos apartamentos serão localizados na cobertura de cada bloco, com acesso pela escada da circulação do último pavimento. As tubulações de esgoto respeitarão as dimensões e localizações determinadas no projeto hidro-sanitário, o material utilizado será o PVC para tubos e conexões. O esgoto das pias de cozinha será transportado por tubulação exclusiva até as caixas de gorduras dos blocos de apartamentos e dessas caixas serão encaminhados para a fossa séptica. Os esgotos de máquinas de lavar, tanques, lavatórios, chuveiros e vasos sanitários serão encaminhados para a fossa séptica. Todo o esgoto do residencial passará pelo sistema de tratamento composto por fossa séptica e filtro anaeróbio e depois serão lançados no coletor público. As tubulações de ventilação respeitarão as dimensões e localizações determinadas no projeto hidro-sanitário, o material utilizado será o PVC para tubos e conexões. As tubulações de águas pluviais respeitarão as dimensões e localizações determinadas no projeto hidro-sanitário, o material utilizado será o PVC para tubos e conexões. As águas pluviais serão encaminhadas para as tubulações de drenagem instaladas na via principal do residencial e depois lançadas no coletor público.

 

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS – NÚMERO DE PONTOS

 

AMBIENTE

 

ÁGUA FRIA

ESGOTO

 

Banheiro

 

ponto para chuveiro, 1 para vaso sanitário com caixa acoplada e 1 para lavatório.

1

ponto para chuveiro, 1 para vaso sanitário com caixa acoplada e 1 para lavatório.

1

 

PRIVATIVA

Cozinha

1

ponto para pia.

1

ponto para pia.

ÁREA

Área de Serviço

 

ponto para tanque e 1 para máquina de lavar roupas.

1

ponto para tanque e 1 para máquina de lavar roupas.

1

ÁREA DE USO COMUM

Banheiro guarita

 

ponto para chuveiro, 1 para vaso sanitário com caixa acoplada e 1 para lavatório.

1

ponto para chuveiro, 1 para vaso sanitário com caixa acoplada e 1 para lavatório.

1

Salão de Festas

 

1

ponto para pia.

1

ponto para pia.

Lavabo

festas

salão

de

para vaso sanitário com caixa acoplada e 1 para lavatório.

1

para vaso sanitário com caixa acoplada e 1 para lavatório.

1

8.3 Instalações de Combate a Incêndios

As instalações de combate a incêndios serão executadas de acordo com projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros.

8.4 Instalações de Gás

Cada bloco de apartamentos será abastecido por uma central de gás, cada central será provida de 2 (dois) tanques estacionários com capacidade de armazenamento igual a 190 kg cada um. Cada apartamento possuirá medição individualizada de gás. As instalações de gás serão executadas de acordo com projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros, utilizando os materiais especificados no projeto.

8.5 Aparelhos Sanitários

 

APARELHOS SANITÁRIOS

 
 

AMBIENTE

 

TIPO

 

PADRÃO

ACABAMENTO

 

Banheiro

vaso

sanitário

com

caixa de

popular

louça branca

descarga acoplada

ÁREA PRIVATIVA

lavatório

 

popular

louça branca sem coluna

torneira lavatório

 

popular

metálica cromada

Cozinha

pia

popular

bancada (1,20x0,55m) com cuba de granilite ou mármore sintético

torneira pia

 

popular

metálica cromada

Área de Serviço

tanque

popular

granilite ou mármore sintético, cap. mín. 18 litros

 

torneira tanque

 

popular

metálica cromada

 

Banheiro guarita

vaso sanitário

com caixa de

popular

louça branca

ÁREA DE USO COMUM

descarga acoplada

 

lavatório

 

popular

louça branca sem coluna

torneira lavatório

 

popular

metálica cromada

Salão de Festas

pia

popular

bancada (1,20x0,55m) com cuba de granilite ou mármore sintético

torneira pia

 

popular

metálica cromada

Lavabo salão de festas

vaso

sanitário

com

caixa de

popular

louça branca

descarga acoplada

 

lavatório

 

popular

louça branca sem coluna

 

torneira lavatório

 

popular

metálica cromada

9 COMPLEMENTAÇÃO

9.1 Benfeitorias

Bicicletários: o residencial será provido de dois bicilétários nas dimensões 3,00 x 3,00 metros e dois nas dimensões 4,00 x 5,30 metros. Playground: com 82,12 m², área central com grama e laterais com blocos sextavados de concreto, o playgraound terá escorregador, balanço e gangorra. Espaço Ginástica: com 107,90 m², área central com grama e laterais com blocos sextavados de concreto, o espaço será destinado a instalação de equipamentos para prática de atividades físicas.

9.1.1 Fechamento Perimetral do Condomínio

Todo o perímetro do residencial será fechado com muro com altura de 1,80 metros, de bloco de concreto com textura acrílica impermeável. A entrada possuíra guarita, com porta metálica para acesso dos habitantes, e portão de ferro acesso para veículos dotado de motor.

9.1.2 Paisagismo

No playground, no espaço ginástica e nas lateriais do residencial será realizado plantio de grama, em placas, do tipo batatais (nome científico: Paspalum notatum). Nas laterais do condomínio serão utilizadas plantas do tipo palmeira- dama (nome científico: rhapis excelsa) está planta apresenta folhagem muito ornamental. E plantas do tipo palmeira de jardim (nome científico: Dypsis lutescens), esta planta é uma palmeira, muito utilizada para decoração de jardins ou interiores diversos.

9.3 Placa de Identificação

A obra será entregue com placas de identificação dos blocos e apartamentos.

9.4 Limpeza Final

Será efetuada a limpeza final de toda o obra.

10 DECLARAÇÕES FINAIS

A obra obedecerá à boa técnica, atendendo às recomendações da ABNT e das Concessionárias locais.

Esta empresa responsabiliza-se pela execução e ônus financeiro de eventuais serviços extras, indispensáveis à perfeita habitabilidade das Unidades Habitacionais, mesmo que não constem no projeto, memorial e orçamento. A obra será entregue completamente limpa, com cerâmicas e azulejos totalmente rejuntados e lavados, com aparelhos, vidros, bancadas e peitoris isentos de respingos. As instalações serão ligadas definitivamente à rede pública existente, sendo entregues devidamente testadas e em perfeito estado de funcionamento. A obra oferecerá total condição de habitabilidade, comprovada com a expedição do “ habite-se” pela Prefeitura Municipal. Estará disponibilizada em canteiro a seguinte documentação: todos os projetos (inclusive complementares), orçamento, cronograma, memorial, diário de obra, alvará de construção e documentação do Programa de Qualidade. Em função da diversidade de marcas existentes no mercado, eventuais substituições serão possíveis, desde que apresentadas com antecedência à CAIXA, devendo os produtos apresentarem desempenho técnico equivalente àqueles anteriormente especificados, mediante comprovação através de ensaios desenvolvidos pelos fabricantes, de acordo com as Normas Brasileiras.

Tubarão, 16 de outubro de 2009.

Athena Construções

CAIXA - Visto do Engenheiro