Вы находитесь на странице: 1из 18

Ensino Médio Integrado

Séries: 2º e 3º
Disciplina: Química
Professor: Maron Stanley Silva Oliveira Gomes
Assunto: Cinética Química

Lista Fundamental
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO
(Ufpe) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a letra (V) se a afirmativa for verdadeira ou
(F) se for falsa.
1. Um determinado defensivo agrícola, quando exposto ao meio ambiente, decompõe-se através de
uma reação química. Considerando que a velocidade de decomposição medida em laboratório
apresentou os resultados a seguir:

Analise as afirmativas a seguir:


( ) A decomposição deste defensivo segue uma cinética de segunda ordem.
( ) O tempo para que a concentração do defensivo se reduza a valores desprezíveis independe da sua
concentração inicial.
( ) A constante de decomposição do defensivo é de 0,02mês¢.
( ) O tempo de meia vida do defensivo é de [0,02/ln(2)] mês.
( ) A velocidade inicial de decomposição do defensivo é de 0,006g/l/mês para uma concentração
inicial de 0,3g/l.
2. (Puccamp) Numa das etapas do ciclo de Krebs ocorre a reação

Nessa reação a enzima fumarase atua como


a) oxidante; oxida o ácido fumárico.
b) redutor; reduz o ácido fumárico
c) ácido de Lewis; aceita par eletrônico oferecido pela água.
d) base de Lewis; fornece par eletrônico para a água.
e) catalisador; aumenta a velocidade da reação.
3. (Unicamp) A equação a seguir representa, de maneira simplificada e incompleta, a formação de
aldeídos na oxidação que ocorre em gorduras insaturadas, fenômeno responsável pelo aparecimento de
gosto ruim (ranço), por exemplo na manteiga.
R - C = C - R + O‚ ë R - C - H
a) Escreva a equação química completa.
Para evitar a deterioração dos alimentos, inclusive em função da reação anterior, muitas embalagens
são hermeticamente fechadas sob nitrogênio ou sob uma quantidade de ar muito pequena. Além disso,
nos rótulos de diversos produtos alimentícios embalados desta forma, encontram-se, freqüentemente,
informações como:
- Validade: 6 meses da data de fabricação se não for aberto.
- Após aberto deve ser guardado, de preferência, em geladeira e consumido em até 5 dias.
- Contém antioxidante.
Pode-se dizer que o antioxidante é uma substância, colocada no produto alimentício, que reage
"rapidamente" com oxigênio.
Baseando-se nas informações anteriores responda em termos químicos:
b) Por que este prazo de validade diminui muito após a abertura da embalagem?
c) Por que a recomendação de guardar o alimento em geladeira depois de aberto.
4. (Unesp) O dicromato de amônio, (NH„)‚Cr‚O‡, é um sólido alaranjado, que se mantém estável, quando
exposto ao ar. Sua decomposição térmica necessita de um forte aquecimento para se iniciar, mas uma
vez iniciada, prossegue espontaneamente com grande desprendimento de calor, mesmo depois que o
aquecimento é removido. Os produtos da decomposição são nitrogênio gasoso, vapor de água e óxido
de crômio (III).
a) No processo descrito, qual elemento sofreu redução e qual foi a variação de seu número de
oxidação?
b) Por que a reação de decomposição térmica necessita de um forte aquecimento para se iniciar, mas
prossegue espontaneamente depois que ele é removido?
5. (Ime) Uma mistura gasosa ideal de propano e ar é queimada a pressão constante, gerando 720 litros
de CO‚ por hora, medidos a 20 °C. Sabe-se que o propano e o ar encontram-se em proporção
estequiométrica.
Determine a velocidade média de reação da mistura em relação ao ar, considerando a composição do
ar 21% de O‚ e 79% de N‚, em volume.
Dados: Massas moleculares O = 16,00; N = 14,00; C = 12,00
6. (Cesgranrio) Cinco reservatórios de gás contêm, respectivamente, os seguintes gases:
I - CH„
II - C‚H‚
III - C‚H†
IV - CƒHˆ
V - C„H³
Em quais deles, por segurança, podemos aplicar um aumento de pressão suficiente para diminuir a
velocidade de reação, caso ocorram nos reservatórios, reações de combustão, conforme se vê somente
nas opções.
a) I, II e III
b) I, III e IV
c) II, IV e V
d) III, IV e V
e) II, III e V
7. (Fei) A combustão do butano (C„H³) correspondente à equação:
C„H³ + (13/2)O‚ ë 4CO‚ + 5H‚O + Energia
Se a velocidade da reação for 0,05 mols butano-minuto qual a massa de CO‚ produzida em 01
hora?
a) 880 g
b) 264 g
c) 8,8 g
d) 528 g
e) 132 g
Massas atômicas: C = 12 u; O = 16 u; H = 1 u
8. (Ita) Qual foi a contribuição de ARRHENIUS para o entendimento da cinética das reações químicas?
9. (Ufmg) Três experimentos foram realizados para investigar a velocidade da reação entre HCØ aquoso
diluído e ferro metálico. Para isso, foram contadas, durante 30 segundos, as bolhas de gás formadas
imediatamente após os reagentes serem misturados.
Em cada experimento, usou-se o mesmo volume de uma mesma solução de HCØ e a mesma massa de
ferro, variando-se a forma de apresentação da amostra de ferro e a temperatura.
O quadro indica as condições em que cada experimento foi realizado.

ordem crescente do número de bolhas observado.


a) II, I, III
b) III, II, I
c) I, II, III
d) II, III, I
Assinale a alternativa que apresenta os experimentos na
10. (Puccamp) Os métodos de obtenção da amônia e do etanol:

representam, respectivamente, reações de catálise


a) heterogênea e enzimática.
b) heterogênea e autocatálise.
c) enzimática e homogênea.
d) homogênea e enzimática.
e) homogênea e autocatálise.
11. (Uerj) A reação expressa pela equação
x X +y Y ë z Z + w W
foi realizada em diversas experiências nas quais se manteve constante a temperatura. As velocidades
de reação foram medidas, variando-se a concentração molar de um dos reagentes e mantendo-se a do
outro constante. Os resultados obtidos estão representados no gráfico adiante:

Em função dos dados apresentados,


a) determine a ordem da reação em relação aos reagentes X e Y, respectivamente.
b) calcule o número de vezes em que a velocidade da reação aumenta quando se duplica a
concentração molar de Y e se triplica a concentração molar de X.
12. (Mackenzie) Numa certa experiência, a síntese do cloreto de hidrogênio ocorre com o consumo de
3,0 mols de gás hidrogênio por minuto. A velocidade de formação do cloreto de hidrogênio é igual:
Dado: 1/2 H‚ + 1/2 CØ‚ ë HCØ
a) ao dobro da do consumo de gás cloro.
b) a 3,0 mols/min.
c) a 2,0 mols/min.
d) a 1,0 mol/min.
e) a 1,5 mol/min.
13. (Ufu) Através da oxidação de dióxido de enxofre, é obtido o trióxido de enxofre, um dos principais
componentes da chuva ácida, conforme a reação representada pela equação abaixo.
2SO‚(g) + O‚(g) Ï 2SOƒ(g)
Considerando um recipiente de volume fixo, em que a reação entre SO‚ e O‚ está em equilíbrio,
responda:
a) O que ocorrerá com a velocidade da reação de formação de SOƒ, se for adicionado mais O‚?
Justifique.
b) O que ocorrerá com as energias de ativação nos sentidos direto e inverso, se for adicionado mais O‚?
Justifique.
c) O que ocorrerá com a velocidade de formação de SOƒ se for aumentado o volume do frasco
reacional? Justifique.
14. (Uerj) A amônia é empregada como matéria-prima na fabricação de fertilizantes nitrogenados. É
obtida industrialmente por síntese total, como mostra a reação: N‚(g) + 3H‚(g) ë 2NHƒ(g)
O quadro a seguir mostra a variação do número de mols de nitrogênio durante essa reação.

Considere rendimento de 100% no processo e condições normais de temperatura e pressão. Assim, a


velocidade média da reação em L/min, no intervalo de 2 a 10 minutos, em função do consumo de H‚,
equivale a:
a) 22,4
b) 44,8
c) 67,2
d) 89,6

15. (Ufpe) Óxidos de nitrogênio, NOÖ, são substâncias de interesse ambiental, pois são responsáveis
pela destruição de ozônio na atmosfera, e, portanto, suas reações são amplamente estudadas. Num
dado experimento, em um recipiente fechado, a concentração de NO‚ em função do tempo apresentou
O papel do NO‚ neste sistema reacional é:
a) reagente.
b) intermediário.
c) produto.
d)
o catalisador.
e)seguinte
inerte. comportamento:
16. (Fuvest) NaHSO„+CHƒCOONa ë CHƒCOOH+Na‚SO„
A reação representada pela equação acima é realizada segundo dois procedimentos:
I. Triturando reagentes sólidos.
II. Misturando soluções aquosas concentradas dos reagentes.
Utilizando mesma quantidade de NaHSO„ e mesma quantidade de CHƒCOONa nesses procedimentos, à
mesma temperatura, a formação do ácido acético:
a) é mais rápida em II porque em solução a freqüência de colisões entre os reagentes é maior.
b) é mais rápida em I porque no estado sólido a concentração dos reagentes é maior.
c) ocorre em I e II com igual velocidade porque os reagentes são os mesmos.
d) é mais rápida em I porque o ácido acético é liberado na forma de vapor.
e) é mais rápida em II porque o ácido acético se dissolve na água.
17. (Unicamp) O alumínio é um dos metais que reagem facilmente com íons H®, em solução aquosa,
liberando o gás hidrogênio. Soluções em separado, dos três ácidos a seguir, de concentração 0,1mol L¢,
foram colocadas para reagir com amostras de alumínio, de mesma massa e formato, conforme o
esquema adiante:
ÁCIDOS:
Ácido acético, Ka = 2×10¦
Ácido clorídrico, Ka = muito grande
Ácido monocloro acético, Ka = 1,4×10¤
a) Em qual das soluções a reação é mais rápida? Justifique.
b) Segundo o esquema, como se pode perceber que uma reação é mais rápida do que outra?

18. (Unitau) Na reação de dissociação térmica do HI(g), a velocidade de reação é proporcional ao


quadrado da concentração molar do HI. Se triplicarmos a concentração do HI, a velocidade da reação:
a) aumentará 6 vezes.
b) aumentará 9 vezes.
c) diminuirá 6 vezes.
d) diminuirá 9 vezes.
e) diminuirá 3 vezes
19. (Unicamp) Numa reação que ocorre em solução (reação I), há o desprendimento de oxigênio e a sua
velocidade pode ser medida pelo volume do O‚(g) desprendido. Uma outra reação (reação II) ocorre nas
mesmas condições, porém consumindo O‚(g) e este consumo mede a velocidade desta reação. O
gráfico representa os resultados referentes às duas reações:

Considerando as duas horas iniciais, qual das reações tem velocidade maior? Justifique sua resposta.
20. (Ufes) Para uma reação de 2ò ordem, em que a concentração é dada em mol/L e o tempo é dado em
segundos, a unidade da constante de velocidade será
a) s¢
b) mol . L¢ . s¢
c) mol¢ . L . s¢
d) mol£ . L£ . s¢
e) mol£ . L£ . s¢
21. (Fatec) Magnésio interage com ácidos segundo a equação:
Mg(s) + 2 H®(aq) ë Mg£®(aq) + H‚(g)
Para o estudo dessa reação, duas experiências foram realizadas, tendo-se usado massas iguais de
magnésio e volumes iguais de HCØ 1mol/L e CHƒCOOH 1mol/L. Os volumes de hidrogênio liberado foram
medidos a cada 30 s. Os resultados foram projetados em gráfico, como se mostra a seguir.

Das afirmações feitas sobre esse estudo, todas estão corretas, exceto uma. Assinale-a.
a) A rapidez de liberação de H‚ foi maior na exp. 1 do que na 2.
b) Na solução ácida usada na exp. 1 havia maior concentração de íons H®.
c) O ácido utilizado na exp. 1 foi CHƒCOOH 1 mol/l.
d) Pode-se estimar que na exp. 1 todo o magnésio foi consumido ao fim de 55 s, aproximadamente.
e) Pode-se estimar que, em ambas as experiências, o volume total de H‚ liberado foi 150 cm¤, embora
em tempos diferentes.
22. (Ufpe) O gráfico a seguir representa a variação de concentração das espécies A, B e C com o tempo:
Qual das alternativas a seguir contém a equação química que melhor descreve a reação representada
pelo gráfico?
a) 2A + B ë C
b) A ë 2B + C
c) B + 2C ë A
d) 2B + C ë A
e) B + C ë A
23. (Uel) A decomposição do peróxido de hidrogênio pode ser representada pela equação:
H‚O‚(Ø) ë H‚O(Ø) + 1/2O‚ (g) ÐH < 0
Das seguintes condições:
I. 25°C e ausência de luz
II. 25°C e presença de catalisador
III. 25°C e presença de luz
IV. 35°C e ausência de luz
V. 35°C e presença de catalisador
Aquela que favorece a CONSERVAÇÃO do peróxido de hidrogênio é
a) I
b) II
c) III
d) IV
e) V
24. (Unirio) O gráfico a seguir refere-se ao diagrama energético de uma reação química
(reagentesëprodutos), onde se vêem destacados dois caminhos de reação:
Após uma analise das entalpias dos reagentes, dos produtos e dos valores a, b, c e d, podemos afirmar
que:

a) reação é endotérmica e a presença do catalisador diminuiu o ÐH de a para b.


b) reação é endotérmica e a representa o ÐH com a presença do catalisador.
c) reação é exotérmica e a energia de ativação, sem a presença do catalisador, é representada por c.
d) presença do catalisador diminuiu o ÐH da reação representada por c.
e) presença do catalisador diminuiu a energia de ativação de a para b e mantém constante o ÐH da
reação representada por d.
25. (Unesp) Colocou-se solução concentrada de peróxido de hidrogênio num recipiente de vidro à
temperatura ambiente, sem que nenhuma reação visível fosse observada. Com a adição de pequena
porção de dióxido de manganês sólido à solução, ocorreu a liberação rápida de grande quantidade de
oxigênio gasoso.
a) Que tipo de fenômeno físico-químico o dióxido de manganês promoveu?
b) Que alteração energética o dióxido de manganês sólido produz no sistema?
26. (Unesp) Explique, cientificamente, as seguintes observações experimentais.
a) Uma barra de ferro aquecida em uma chama não altera muito seu aspecto visual. Contudo, se sobre
esta mesma chama se atira limalha de ferro, verifica-se que as partículas de limalha se tornam
incandescentes.
b) A adição de níquel metálico, finalmente dividido, aumenta a velocidade da reação entre C‚H„(g) e
H‚(g) para produzir C‚H†(g).
27. (Ufc) Dado o diagrama de entalpia para os processos de adsorção e dissociação de O‚, em superfície
de platina:

a) Calcule os valores das variações de entalpia, ÐH, para as seguintes etapas:

1) O‚ (g) ë O‚ (adsorvido)
2) O‚ (adsorvido) ë 2 O (adsorvido)
3) O‚ (g) ë 2 O (adsorvido)

b) Calcule o valor da energia de ativação da etapa:


O‚ (adsorvido ) ë 2 O (adsorvido)
28. (Ufpe) A cinética da reação entre o óxido nítrico e o oxigênio,
2NO + O‚ ë 2 NO‚,
é compatível com o seguinte mecanismo:
NO + O‚ Ï OONO (Equilíbrio rápido)
NO + OONO ë 2NO‚ (reação aberta)
A lei de velocidade para esta reação:
( ) É de primeira ordem em relação ao NO
( ) Não depende da concentração do intermediário OONO
( ) É de segunda ordem em relação ao NO‚
( ) É de segunda ordem em relação a ambos os reagentes
( ) Não apresenta constante de velocidade
29. (Ufv) A formação do dióxido de carbono (CO‚) pode ser representada pela equação
C(s) + O‚(g) ë CO‚(g).
Se a velocidade de formação do CO‚ for de 4mol/minuto, o consumo de oxigênio, em mol/minuto, será:
a) 8
b) 16
c) 2
d) 12
e) 4
30. (Ufv) Para a reação
CHƒBr + CØ ë CHƒCØ + Br
as afirmativas a seguir estão corretas, EXCETO:
a) aumentando-se a concentração de CHƒBr, aumenta-se a velocidade da reação.
b) aumentando-se a concentração de CØ, aumenta-se a velocidade da reação.
c) aumentando-se a temperatura, aumenta-se a velocidade da reação.
d) aumentando-se as concentrações de CØ e CHƒBr, diminui-se a velocidade da reação.
e) utilizando-se um catalisador, aumenta-se a velocidade da reação.
31. (Uel) No estudo cinético de uma reação representada por
2A(g) + B‚(g) ë 2AB(g)
colocou-se os seguintes dados:

A velocidade da reação pode ser expressa pela reação


a) v = k 2[A]
b) v = k [B]£
c) v = k [A] [B]
d) v = k [A]£ [B]
e) V = K [A] [B]£
32. (Cesgranrio) A equação X + 2 Y ë XY‚ representa uma reação, cuja equação da velocidade é:
v = k[X] [Y].
Assinale o valor da constante de velocidade, para a reação acima, sabendo que, quando a concentração
de X é 1 M e a concentração de Y é 2 M, a velocidade da reação é de 3mol/Ø.m:
a) 3,0
b) 1,5
c) 1,0
d) 0,75
e) 0,5
33. (Ufpr) Costuma-se representar a velocidade v de um processo químico através de equações que têm
a forma v=k[A]Ñ[B]Ò[C] , onde k é uma constante de proporcionalidade, [A], [B] e [C] são as
concentrações das espécies participantes da reação e x, y e t são números que podem ser inteiros ou
fracionários, positivos, negativos ou zero.
A reação de decomposição de peróxido de hidrogênio em presença de permanganato ocorre em meio
ácido, tendo iodeto como catalisador. A equação não balanceada é mostrada na figura.

Nos experimentos de 1 a 4, a velocidade da reação anterior foi estudada em função da variação das
concentrações do permanganato [MnO„], do peróxido de hidrogênio [H‚O‚] e do catalisador iodeto [I]. O
quadro a seguir mostra os resultados obtidos.Com base nas informações anteriores, é correto afirmar:
(01) A velocidade da reação independe da concentração do catalisador iodeto.
(02) A velocidade da reação é diretamente proporcional à concentração de permanganato.
(04) O peróxido de hidrogênio (H‚O‚) funciona como agente redutor.
(08) Os menores coeficientes estequiométricos inteiros a, b e c são iguais a 2, 5 e 6, respectivamente.
(16) Se a concentração de H‚O‚(aq) fosse triplicada, a velocidade da reação deveria aumentar 15 vezes.
(32) Os valores de x, y e t, que aparecem na equação de velocidade, são determinados
experimentalmente e sempre coincidem com os valores dos coeficientes estequiométricos da reação
em estudo.
Soma ( )
34. (Unb) Em um supermercado, um consumidor leu o seguinte texto no rótulo da embalagem lacrada
de um produto alimentício:
Contém antioxidante EDTA-cálcio dissódico.
Conservar em geladeira depois de aberto.
Embalado a vácuo.
Considerando que o prazo de validade do produto ainda não está vencido, julgue os itens que se
seguem.
(1) O ar puro é um bom conservante desse alimento.
(2) Algumas substâncias componentes desse produto são impedidas de sofrer reações em que
perderiam elétrons.
(3) Se a instrução contida no rótulo for devidamente seguida, haverá o retardamento das reações
endotérmicas de decomposição do alimento.
(4) Se a embalagem estiver estufada, há indícios de que houve reação como formação de gases e que,
nessas condições, o alimento é considerado impróprio para o consumo.
35. (Mackenzie)

A partir do diagrama anterior, é INCORRETO afirmar que:


a) a entalpia das substância simples é igual a zero.
b) a energia fornecida ao carbono e ao gás hidrogênio na formação do complexo ativado é igual a 560kJ.
c) o ÐH de formação de um mol de C‚H‚ é igual a +226kJ.
d) a síntese do C‚H‚ é uma reação exotérmica.
e) na obtenção de dois mols de C‚H‚, o sistema absorve 452kJ.
36. (Ita) A equação de Arrhenius k=AeÑ, sendo o expoente x=-Ea/RT, mostra a relação de dependência
da constante de velocidade (k) de uma reação química com a temperatura (T), em Kelvin (K), a
constante universal dos gases (R), o fator pré-exponencial (A) e a energia de ativação (Ea). A curva a
seguir mostra a variação da constante de velocidade com o inverso da temperatura absoluta, para uma
dada reação química que obedece à equação anterior. A partir da análise deste gráfico, assinale a
opção que apresenta o valor da razão Ea/R para essa reação.
a) 0,42
b) 0,50
c) 2,0
d) 2,4
e) 5,5

37. (Uece) Observe o gráfico. A idéia que se pretende passar é a de que o composto A pode reagir com
o composto B segundo dois caminhos reacionais distintos e optativos, os caminhos I e II, dependendo
das condições reacionais a que a mistura de A+B seja submetida. Em ambos os percursos, o produto
final é o mesmo. Forma-se o composto AB.
Suponha que, após ter sido verificado o comportamento da reação conduzida conforme o percurso I, se
queira observar a velocidade em que é formado o produto AB sob condições que se ajustem ao percurso
II. Para tanto, o químico encarregado da investigação deverá:
a) aumentar a temperatura à qual será submetida a mistura A+B
b) aumentar a pressão sobre a mistura
c) aumentar as concentrações dos reagentes A e B
d) adicionar um catalisador específico

38. (Ufu) O óxido de nitrogênio (NO), um dos poluentes da atmosfera, pode ser formado durante a
combustão dos veículos automotores. No diagrama de energia versus coordenada de reação,
representado abaixo, o intervalo que corresponde ao DH da reação é
a) N
b) M
c) Q
d) O
e) P

39. (Ufu) O aumento da produção de gases, através da queima de combustíveis fósseis, vem
contribuindo para o aquecimento global do planeta. Considerando o diagrama que representa a reação
de combustão,
pode-se afirmar que a energia de ativação
a) é maior quando a reação se processa no sentido da formação de CO‚, sem catalisador.
b) é maior quando a reação se processa no sentido inverso à formação de CO‚, sem catalisador.
c) é maior quando a reação se processa no sentido da formação de CO‚, com catalisador.
d) é maior quando a reação se processa no sentido inverso à formação de CO‚, com catalisador.
e) tem mesmo valor tanto no sentido de formação quanto no sentido inverso da formação de CO‚, com
catalisador.
40. (Ufmg) Quando, num avião voando a grande altitude, ocorre despressurização, máscaras de
oxigênio são disponibilizadas para passageiros e tripulantes. Nessa eventualidade, no interior do
aparelho, a atmosfera torna-se mais rica em oxigênio. É importante, então, que não se produzam
chamas ou faíscas elétricas, devido ao risco de se provocar um incêndio.
Nesse caso, o que cria o risco de incêndio é
a) a liberação de mais energia nas reações de combustão.
b) a natureza inflamável do oxigênio.
c) o aumento da rapidez das reações de combustão.
d) o desprendimento de energia na vaporização do oxigênio líquido.
41. (Puccamp) Um processo para produzir cloreto de vinila (matéria-prima para a fabricação do plástico
PVC) a partir do eteno, ocorre pelas seguintes etapas:

Nesse processo, uma espécie química funciona como catalisador. Ela é:

a) C‚H„CØ‚
b) HCØ
c) CuO . CuCØ‚
d) CuCØ‚
e) Cu‚CØ‚
42. (Unirio) Um dos objetivos do catalisador no sistema de descarga de um automóvel é o de converter
os óxidos de nitrogênio em moléculas menos danosas ao ambiente.

A função do catalisador na reação é a de:


a) fortalecer as ligações no reagente.
b) impedir a formação do produto.
c) diminuir a velocidade de decomposição do NO(g).
d) diminuir a energia cinética da reação.
e) diminuir a energia de ativação da reação.
43. (Ufpe) A produção de trióxido de enxofre durante a combustão de carvão em usinas termoelétricas
(sistema aberto ao ar) causa problemas ambientais relacionados com a chuva ácida. Esta reação para a
produção de trióxido de enxofre, na presença de óxido de nitrogênio, é descrita pelo mecanismo a
seguir:
2 NO(g)+O‚(g) ë 2 NO‚(g)
2 NO‚(g)+2 SO‚(g) ë 2 SOƒ(g)+2 NO(g)
2 SO‚(g)+O‚(g) ë 2 SOƒ(g) (reação global)
Qual dos gráficos abaixo melhor representa a concentração molar (eixo das ordenadas) das principais
espécies envolvidas na produção de trióxido de enxofre em função do tempo (eixo das abcissas)?

44. (Ufrn) Considere a reação de decomposição, em solução, deste diazobenzeno:


C†H…N‚CØ(solução)ëC†H…CØ(solução)+N‚(g)
Essa é uma reação irreversível de primeira ordem e sua velocidade pode ser medida de diferentes
maneiras. O gráfico a seguir que representa corretamente a velocidade da reação é:

45. (Ita) Considere uma reação química representada pela equação: Reagentes ë Produtos. A figura a
seguir mostra esquematicamente como varia a energia potencial (Ep) deste sistema reagente em
função do avanço da reação química. As letras a, b, c, d e e representam diferenças de energia.

Com base nas informações apresentadas na figura é CORRETO afirmar que


a) a energia de ativação da reação direta é a diferença de energia dada por c - a + d.
b) a variação de entalpia da reação é a diferença de energia dada por e - d.
c) a energia de ativação da reação direta é a diferença de energia dada por b + d.
d) a variação de entalpia da reação é a diferença de energia dada por e - (a + b).
e) a variação de entalpia da reação é a diferença de energia dada por e.
46. (Fuvest) O ferro-gusa, produzido pela redução do óxido de ferro em alto-forno, é bastante
quebradiço, tendo baixa resistência a impactos. Sua composição média é a seguinte:
Para transformar o ferro-gusa em aço, é preciso mudar sua composição, eliminando alguns elementos e
adicionando outros. Na primeira etapa desse processo, magnésio pulverizado é adicionado à massa
fundida de ferro-gusa, ocorrendo a redução do enxofre. O produto formado é removido. Em uma
segunda etapa, a massa fundida recebe, durante cerca de 20 minutos, um intenso jato de oxigênio, que
provoca a formação de CO, SiO‚, MnO e P„O³, os quais também são removidos. O gráfico acima mostra
a variação da composição do ferro, nessa segunda etapa, em função do tempo de contato com o
oxigênio.
Para o processo de produção do aço:

a) Qual equação química representa a transformação que ocorre na primeira etapa? Escreva-a.
b) Qual dos três elementos, Si, Mn ou P, reage mais rapidamente na segunda etapa do processo?
Justifique.
c) Qual a velocidade média de consumo de carbono, no intervalo de 8 a 12 minutos?
47. (Fuvest) A oxidação de íons de ferro (II), por peróxido de hidrogênio,
H‚O‚ + 2Fe£® + 2H® ë 2H‚O + 2Fe¤®
foi estudada, a 25°C, com as seguintes concentrações iniciais:
peróxido de hidrogênio - 1,00 × 10¦ mol/L
íons de ferro (II) - 1,00 × 10¦ mol/L
ácido clorídrico - 1,00mol/L
A tabela seguinte traz as concentrações de íons de ferro (III), em função do tempo de reação.

a) Use a área quadriculada para traçar um gráfico da concentração de íons de ferro (III), em função do
tempo de reação.
b) Complete a tabela com os valores da concentração de peróxido de hidrogênio, em função do tempo
de reação.
c) Use a mesma área quadriculada e a mesma origem para traçar a curva da concentração de peróxido
de hidrogênio, em função do tempo de reação.
48. (Pucsp) Uma solução aquosa de peróxido de hidrogênio (H‚O‚), de concentração 0,1 mol/L,
decompõe-se quando em solução alcalina, a 20°C, segundo a equação.
H‚O‚(aq) ë H‚O(Ø) + 1/2 O‚(g)
O acompanhamento da velocidade de decomposição do peróxido de hidrogênio nessas condições é
representado pelo gráfico à esquerda
Em um segundo experimento, o acompanhamento cinético da decomposição do H‚O‚, nas mesmas
condições de pH, resultou no gráfico acima à direita.
Analisando os dois gráficos, pode-se afirmar, a respeito da concentração inicial de H‚O‚ e da
temperatura no segundo experimento que
a) [H‚O‚] inicial = 0,1mol/L e T = 20°C
b) [H‚O‚] inicial = 0,2mol/L e T > 20°C
c) [H‚O‚] inicial = 0,2mol/L e T = 20°C
d) [H‚O‚] inicial = 0,2mol/L e T < 20°C
e) [H‚O‚] inicial = 0,3mol/L e T > 20°C
49. (Ufsc) As velocidades iniciais foram obtidas para a reação elementar 2A + B ë C + D, conforme
representado a seguir:

Com base nos resultados apresentados, é CORRETO afirmar que a


01. lei de velocidade para a reação dada é: V = k [A]£[B].
02. lei de velocidade para a reação dada é: V = k [A] [B]£.
04. constante k de velocidade da reação vale 25 mol£.L£.s¢.
08. constante k de velocidade da reação vale 50 mol£.L£.s¢.
16. velocidade de desaparecimento de A é o dobro da velocidade de desaparecimento de B.
32. velocidade de desaparecimento de A, quando [A] = 0,1M e [B] = 0,1M, é de 0,4 mol.L¢.s¢.
50. (G1) Observe a propaganda desse medicamento:
"O nosso produto é o primeiro analgésico de paracetamol em comprimidos efervescentes no Brasil. É
absorvido duas vezes mais rápido pelo organismo".
Se ele é absorvido duas vezes mais rápido, isso implica que a velocidade da reação do princípio ativo é
maior do que quando se utiliza um comprimido não efervescente. Isso está relacionado a qual fator de
influência da velocidade de reação?
a) Temperatura.
b) Catalisador.
c) Luz.
d) Estado físico dos reagentes.
e) Superfície de contato.
51. (Uel) O ácido nítrico, HNOƒ, é usado como matéria-prima na produção de fertilizantes e explosivos. O
processo patenteado pela primeira vez em 1902 pelo químico Wilhelm Ostwald é o mais importante
processo industrial para a fabricação do ácido nítrico. A tabela e o diagrama simplificado mostram a
produção de ácido nítrico por oxidação catalítica.
Dados:
- Na oxidação da amônia, etapa 1, o calor envolvido na reação mantém o catalisador aquecido.
- O reator 1 é um sistema fechado.
- O NO que sai pelo topo é produzido dentro da coluna de absorção.
- A produção da solução aquosa de ácido nítrico é de 10000 kg/h.
- Massas molares (g/mol) : N = 14; O = 16; H = 1.
São feitas as seguintes afirmativas com relação às reações das etapas 1, 2 e 3 do processo de obtenção
do ácido nítrico:
I. Para a etapa 1, a soma das entalpias dos reagentes é menor que a soma das entalpias dos produtos
da reação.
II. Na etapa 2, o monóxido de nitrogênio é um reagente e, na etapa 3, ele é um produto; portanto, pode
ser reciclado no processo.
III. Nas condições da etapa 1 (850 °C, 5 atm), a razão entre o volume de NO e o volume deNHƒ é igual a
1.
IV. A solução obtida após uma hora do processo contém aproximadamente 6 × 10£¦ íons NOƒ .
Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.
a) I e II.
b) I e III.
c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.
52. (Uel) Em um estudo sobre o tempo de reação entre o CaCOƒ sólido (carbonato de cálcio) e uma
solução aquosa de HCØ (ácido clorídrico), foram feitos três experimentos após as atividades 1 e 2,
conforme segue.
ATIVIDADES
Atividade 1: Separou-se 10 g de mármore (CaCOƒ) em um único pedaço (Amostra A).
Atividade 2: Triturou-se 100 g de mármore (CaCOƒ) em um almofariz. Passou-se a porção de mármore
triturado para uma peneira. Separou-se o mármore que ficou retido na peneira (Amostra B) daquele que
passou pela tela (Amostra C).
Dados: Nos três experimentos o tempo de reação foi medido com o auxílio de um cronômetro, o final da
reação foi identificado pelo término da liberação de gás carbônico (cessar da efervescência) e os
experimentos 1 e 2 foram realizados a temperatura ambiente (25 °C).
EXPERIMENTOS
Experimento 1: Em três béqueres, identificados por A, B e C, foram adicionados 50 mL de ácido
clorídrico de concentração 3 mol/L. Nos béqueres A, B e C foram transferidas 10 g das amostras A, B e
C, respectivamente.
Experimento 2: Dois béqueres foram identificados por X e Y. No béquer X foram adicionados 50 ml de
ácido clorídrico de concentrações 1 mol/L e 10 g da amostra B.
No béquer Y foram adicionados 50 mL de ácido clorídrico de concentrações 3 mol/L e 10 g da amostra
B.
Experimento 3: Dois béqueres foram identificados por W e Z. No béquer W, foram adicionados 50 ml de
ácido clorídrico de concentração 6 mol/L a temperatura ambiente (25 °C) e 10 g da amostra B. No
béquer Z, foram adicionados 50 mL de ácido clorídrico de concentração 6 mol/L à temperatura de 60 °C
e 10 g da amostra B.
Com base nos três experimentos e nos conhecimentos de reação química e cinética química, assinale a
alternativa correta.
a) Como as substâncias adicionadas nos béqueres A, B e C no experimento 1 foram as mesmas, o
tempo necessário para o término da reação foi o mesmo nos três béqueres.
b) O tempo necessário para o término da reação no experimento 2 foi menor no béquer X e no
experimento 3 foi maior no béquer Z.
c) O tempo necessário para o término da reação no experimento 1 foi maior no béquer C e no
experimento 3 foram iguais nos béqueres W e Z.
d) O tempo necessário para o término da reação no experimento 2 foi menor no béquer Y e no
experimento 3 foi maior no béquer W.
e) O tempo necessário para o término da reação no experimento 1 foi menor no béquer A e no
experimento 3 foi menor no béquer Z.
53. (Unb) A tabela seguinte apresenta as substâncias encontradas em um medicamento efervescentes
e suas respectivas funções.
SUBSTÂNCIA FUNÇÃO
ácido acetilsalicílico analgésico
carbonato de sódio antiácido
bicarbonato de sódio antiácido
ácido cítrico acidificante do meio
A efervescência resulta de reações representadas pelas equações abaixo.
I - NaHCOƒ(s) + H®(aq) ë Na®(aq) + H‚O(Ø) + CO‚(g)
II - Na‚COƒ(s)+2H®(aq) ë 2Na®(aq)+H‚O(Ø) + CO ‚(g)
Com base nessas informações, julgue os itens a seguir.
(1) Nesse medicamento, o carbonato de sódio apresentam caráter básico.
(2) Se a água estiver mais quente, a efervescência será mais rápida.
(3) Se o medicamento for adicionado a um suco de limão, a efervescência será mais lenta.
(4) O ácido acetilsalicílico tem como função compensar as eventuais variações térmicas ocorridas
durante a efervescência.
GABARITO
1. F V V F V
2. [E]
3. a) R - CH - CH - R + O‚ ë 2R - CH = O
b) Ao abrir a embalagem todo o antioxidante é consumido pelo oxigênio do ar. Daí em diante o oxigênio passa a reagir com o alimento iniciando o
processo de deterioração. Por isso o prazo de validade diminui.
c) Na geladeira a velocidade da reação entre o oxigênio e o alimento diminui devido à temperatura baixa.
4. a) A variação do número de oxidação é igual a 3.
b) O dicromato de amônio ((NH„)‚¢®(Cr‚O‡)£) é um composto iônico, logo, necessita de alta energia de ativação para sua decomposição. Porém,
como o calor de reação é elevado, libera muita energia para o meio externo (reação exotérmica), fazendo que o processo de decomposição continue
espontaneamente.
5. Quando o propano gasoso (CƒHˆ) é queimado ele reage com o gás oxigênio presente no ar de acordo com a equação a seguir:
CƒHˆ(g) + 5O‚(g) ë 3CO‚(g) + 4H‚O(Ø)
A velocidade média da reação (Vm) é dada por:
Vm = V(CƒHˆ)/1 = V(O‚)/5 = V(CO‚)/3
Logo:
V(O‚)/5 = V(CO‚)/3, como a velocidade de formação do CO‚ é de 720 L/h (medidos a 20 °C), substituindo, teremos:
V(O‚)/5 = 720/3
V(O‚) = 5 × 240 = 1200 L/h
Estes 1200 litros de gás oxigênio são consumidos em uma hora. Como o ar é uma mistura de vários gases e levando em consideração os dados da
questão que consideram a composição do ar como 21% de oxigênio e 79% de nitrogênio em volume teremos a seguinte proporção em uma hora:
1200 L (O‚) ----- 21%
Volume (ar) ----- 100%
Volume (ar) = 5714,29 L
Serão consumidos 5714,29 L de ar em uma hora, então a velocidade média em relação ao volume de ar (Vm(ar)) será de 5714,29 L/h.
6. [D] 7. [D]
8. Em 1889, Svante Arrhenius deduziu uma equação que relaciona a temperatura com a constante de velocidade da reação que é mostrada na
figura adiante:

k = constante de velocidade
A = frequência das colisões
e = base dos logaritmos decimais
Ea = energia de ativação
R = constante universal dos gases =
= 8,31JouleK¢mol¢
T = temperatura em kelvin
A equação mostra que a constante k é diretamente proporcional à frequência das colisões (A) à temperatura (T) e inversamente proporcional à
energia de ativação (Ea).
9. [A] 10. [A]
11. a) Reagente X = reação de 2 ordem
Reagente Y = reação de 1 ordem
b) A velocidade da reação aumenta 18 vezes.
12. [A]
13. a) aumenta - aumento de concentração desloca o equilíbrio no sentido oposto ao adicionado.
b) sentido direto - diminui (aumento da velocidade)
sentido inverso - aumenta (diminuição da velocidade)
c) diminui a velocidade de formação de SOƒ pois, com o aumento do volume ocorre a diminuição da pressão, deslocando o equilíbrio no sentido da
dilatação volumétrica.
14. [C] 15. [A] 16. [A]
17. a) Ácido clorídrico
b) Pela velocidade de diminuição de líquido e pela produção de gás na proveta.
18. [B]
19. A velocidade da reação II é maior do que a velocidade da reação I, porque a velocidade está sendo medida pelo volume de oxigênio nas reações.
20. [D] 21. [C] 22. [C] 23. [A] 24. [E]
25. a) Catálise
b) Diminui a energia de ativação.
26. a) A superfície de contato na limalha de ferro é bem maior que aquelas de barra de ferro.
b) O níquel atua como catalisador. O hidrogênio absorvido na superfície do metal reage com eteno com maior velocidade.
27. a)1) - 37 kJ
2) - 214 kJ
3) - 251 kJ
b) Ea = 20 kJ
28. F V F F F
29. [E] 30. [D] 31. [D] 32. [B] 33. 02 + 04 + 08 = 14 34. F V V V 35. [D] 36. [C] 37. [D] 38. [E] 39. [B] 40. [C] 41. [D] 42. [E] 43. [B] 44. [C] 45. [A]
46. a) Mg(s) + S(s) ë Mg S(s)
b) O silício, como mostra a acentuada inclinação da curva correspondente.
c) 0,5% de C eliminado/min
47. Observe o gráfico e a tabela a seguir:

48. [B] 49. 02 + 04 + 16 = 22 50. [E] 51. [E] 52. [D] 53. V V F F