Вы находитесь на странице: 1из 68
www.teleculinaria.pt | - FEVEREIRO 2015/01/26, colecsionavel a BS = _t 2306 gle CUI ELS PAVE de chocolate ‘com nozes . ¥ = =e u “> Vecceia ey tcic mee > Sobremesa: yy “nye Insc piram eo oes PESCANOVA, N° 1868 FEVERERO 2015/01/26 ‘SABORES DO MES 4 5 5 6 Salada de Massa no Forno Raviolis de Came Pugim de Aletria Bananas Caramelizadas com Sementes de Sésamo e Gelado Bolo de Banana com Améndoa ¢ Gila Tiile de Banana com Frutos, \Vermelhos @ Chocolate Fothado de Kiwis Pugins de Kiwi Bolo de Kiwis CLAssicos DA ‘As Nossas Origens 12 12 14 14 16 16 Rissdis de Came ‘Agorda de Camaro Bacalnau & Gomes de S4 com Maionese Estufado de Came com Feo @ Enchidos Pica no Chao Sid6nios de Viana MENU DE EPOCA Camaval Gastronémico 20 20 a 22 22 23 23 24 24 25 Cogumelos Salteados com Linguiga Picante P30 de Alneira Cozido & Portuguesa Pebxe Assado com Crocante de Broa Bacalnau Mascarado Frtada de Porco oom Arroz de Feil Poncha de Fruta Cubos de Camaval Farturinhas de Entrudo Sonhos de Cenoura RECEBA EM CASA ESPECIAL SAO VALENTIM Jantar Romantico 26 Gambas Exéticas Sumdéuia Rolinhos de Linguado com Espargos e Cuscuz Fondue de Frutas com Chocolate © Gengibre Pebxe-Galo com Risotto de Camarao ‘Sopa de Beterraba e Abdbora ‘com Canela Mousse de Chocolate com Menta Magret com Molho de Laranja @ Puré de Abébora Quejo Brie Panado ‘Sopa de Lichias, Sementes de Papoila © Gelado Espetada de Morangos @ Mozzarella Peitos de Frango com Figos @ Arroz Selvagem Maracuja Fothado. ACOMPANHAMENTOS: ‘Siga em Frente 86 Pudim de Legumes com Molho Branco 38 Arroz de Fejoca com Couve Lombarda 37. Ninhos no Forno com Molho de Tomate: @ Ovos Soutfié de Batata com Quejo de Cabra ‘SOBROU... APROVETOU! A Cozinha Econdmica 38 Tarte de Abobora e Milho 39. Legumes Salteados com Qualjo de Cabra 40. Estaladigos de Frango com Manga e Carll 40. Pao Frito com Merengue no Foro ‘SOBREMESAS DE CHOCOLATE Inspiram Paes 42. Bolo de Chocolate com Larania 43. Pavé de Chocolate com Nozes 44 Tarte Brigadeiro 44 Choosecake de Chocolate com Lima 48 Brownies de Noz 4T Bolo de Bolacha e Chocolate € 88 #2 88 BB § 8 37 ‘Adergos gentimente cedos por: RECEITA TECNICA 48 Ganache 45. Creme de Chocolate CAKE DESIGN ita Bolla ‘Maggiolly’s Pastry & Bar Concept 48 Bombons de Framboasa e Vinagre Balstmico AVOLTA DO MUNDO ‘Senegal ‘51 Thiebousienne 52 Masfe 82 Thiacry ‘AMESA COM... Mafalda Pinto Leite 54 Trufas Energéticas RECHTAS HISTORIA John Lennon ‘Obcecado por Comida 56 Tarte Inglesa 57 Bolo Inglés CHEFE POR UM DIA 59 Cappellaccio de Agatrao Recheado com Doce de Abdbora @ Requeliéo de Cabra ROTHIRO - REGIAO DE PORTALEGRE Restaurante A Gruta 63. Bolinhas de Farinheira com Molho de Mostarda e Me! ‘Sopa de Tomate Camponesa Febrinhas de Veado com Alno, Piripiri e Arroz Tinto 63 ‘SHOPPING - Fevereiro 84 Compras de Estacdo EAINDA... 10 Bolo de Nozes com Béchame! 17. Medainoes de Pescada com Camarao 41 Cavalas Confitadas 53. Carapaus Grelhados com Aromas Mediterréneos A METALOROICA bakowere production, - hp: ww ametakgiea pI Zara Home - Corto Comarca Colombo» Cascalshopping | larpos ‘Ceaicas na Lira - Fue Dr. oss 62 Cura 20-8 2780-187 Caras Tel. 214 875 920 Espana Cac - alo Muusce Ort, Bloc 82, bj 08 1885-085 Moscavdo Tel 967422530, Lue Machado Chee residonto da TaleCulnéria, paseea ‘caaha 6 um fespago de permanente crated, Os nossos Chefes Chole Anténio Amorim ‘Acozinha éuma fisdo de sabores @ inubroias cas suas agers. ef (Chole Padro Sommer Preparadas a base de cereais, em especial sémola de trigo duro, as massas alimenticias existe nas mais diversas formas e cores, do macarréo ao esparguete, passando pelas variedades cortadas e por outros tipos mais exéticos. A escolha 6 muita! Salada de massa no foro —— 1 Foi na China que seriou o processo tradicional NGREDENTES PREPARAGIO de confecionar massas,tenica que ter sido trazida 250 gue manea Tk Lave acaara niesentnaiare para a Europa por Marco Polo. macarronete nate em agua temperada com sal 1 Iulia adotou desde logo as mass como um alimento 100 g de ervihas juntamente com as ervihas, depois de cleigio, a0 ponto de ser uma das bases da cozinha 100 9 de quaijoralado _escorra e reserva, Retire a gordura tradicional dest pas. 2atias grossas ® corte o fiambre em cubinhos. 1 Comercializam-se dois tipos principas de massa: de quale (aprox. 200 g) Corte também o queljo em cubos as secas eas freseas. “fata grossa equencs. de farrbre (aprox. 150 g) 2. Dat, numa igola, amassa, as cia oquena’ erihas, ofambre, oqueljo, iho a - . fanaa lavado e escorrdo eo molho be- 1 E aquele tipo de ingrediente que combina com Ghamel torpor comed eplnerta : 5 didemolho 4 ‘quase tudo: peixs, eames e legumes Saiese tan f= As massas seeasapresentam-se numa imensidio de formas: bechamel decompra Nn tabulio do louga ou ‘compridas (esparguete, fettuccine, etc.),cortadas (macarréo, _Sa/@Pimentaq.b. pirex, polvihe com o queijo ralado ‘macarronet,et.); pequenas (estrelas, letras, ete.) € com @ leve ao forno pré-aquecido a ‘outras formas especais (Fusilli, conchas, laos, et.) 180°C até flear douradinho. Retire = Pode ainda encontrar no mercado outras massas com do forno e sirva. sabores, por exemplo massa com eagumelos, com espinales, ‘com azeitonas, et. Hi igualmente massas coloridas, étimas para prepararprats para eriangase massas integra 1 Fundamentalmente constitudas por hidratos de earbono, proteinas vegetas, vitaminas, sais mineras ¢fibras, 1 As massas ifm baixo ter de gordura e cerca de 160 caloras Gears pronie 1 yan Escohacutra massa para esta recota!cotovels, tual, 4 Teaculnana Raviolis de came ‘ Pudim de aletria 200 g de farinha tovo 1 dlde agua 1 pitada de sal Farinha para polvihar PARA O RECHED: 400 g de carne de vaca Picada 1 cebola 2dentes de alho Sale pimenta q.b. ‘lata grande de tomate pelado 1 cebola 2.dentes de alho ‘3 colheres (sopa) de azeite Manjericdo a.b. Sale pimentaq.b. PREPARAGAO 1. Amassa: dite afariha noliqui- ificadorjunte ovo, adguae apita- da de sale triture bem. Deite numa tigela polvihada com frinha. 2. Orechelo: descasque e pique t- namente a cebola 0 08 alhos, rmisture com a carne picada, tem- pporo com sale pimenta e forme bo- linhas. Estenda a massa sobre um ‘Pano polilado com frinhaecorte ‘em dois quadrados grandes, Colo ue as bolinnas de came sobre um uadrado, bem separadas umas das outras, pincele a volta com ‘qua, cubra com o outro quadraco de massa, corte om quadradinhos € pressione para colar as massas. 3. O molho: descasque e corte Ggrosseiramente a cebola 0 0s alhos © refogue-os 1 minuto no azeite. Adicione o tomate pelado, tempere com sale pimenta edeixe cozinhar 10 minutos. Reduza a puré 4, Coza os ravidlis em agua tem- perada com sal, escorra e sirva com 0 molho de tomate e polviha- do com manjericao picado. INGREDIENTES 200 9 de aletria 200 g de acicar 2Ldeleite 6 gemas 2 casquinhas de limao 1 pau de canela, 1 pitada de sal Canela em po para polvilhar PREPARAGAO 1, Leve ao lume um tacho com 1 L de agua ¢ a pitada de sal e deixe ferver. Junte a aletria partida e deixe cozinhar durante 7 minu- tos, mexendo de vez em quando. Depois escorra e reserve, 2. Num tacho largo, leve 0 leite ‘a0 lume com 0 pau de canela e as cascas de limo, deixe comegar a ferver adicione a aletriae deixe coz- ‘nhar, em lume brando, até que fique bastante cremoso, Junte o agucar e deixe corinhar mals um pouco até ficar novamente cremoso. 3, Bata as gemas numa tigela e adicione um pouco do preparado do tacho, aos poucos e mexendo sempre. Verta para o tacho, des- ligue o lume e mexa bem. Deite numa travessa ou forma e deixe arrefecer e solidificar. Depois siva polvilhado com canela. ‘Adicione umas sultanas éaletia depois de desigar 0 lume, envolva € dite na forma ou travessa, ‘ebouinsna 5 Fruta de consumo simples (no tem sementes @ basta descascar) e agradavel sabor, a banana um sucesso mundial. Sao cultivadas em mais de 130 paises, um deles Portugal, nesta caso na Madeira. INA bananeira tem origens no sudeste da Asia mas ee eee eee eae — Se ee ee eee eaciontnaraa ‘= Erica em vitaminas A, C e do complexo B. ‘= Possui também bastante fibras, potissio ¢ magnésio. = Tem cerca de 90 ealorias por cada 100 gramas. Uma banana média, com cerca de 125 g, tem assim perto de 135 calorias. ‘=O truque é comprar bananas ainda com a casca ligeiramente verde e deixar amadurecer & temperatura ambiente, Em 2 ou 3 dias ficam étimas para consumir, 1 Se estiverem muito maduras, pode conservé-las no frigorifico. Separe-as uma a uma e embrulhe-as em ‘papel de jornal. Conservam-se melhor e nilo escurecem. = Utilize bananas em batidos, gelados, pudins, bolos, tartes, mousses ¢ sobremesas de colher, Pode também cozinhé-las em caramelo e até usé-las em pratos: acompanham muito bem peixe, por exemplo enroladas cm filetes para cozinhar a vapor ou no forno. 6 Teculnana Bananas caramelizadas com sementes de sésamo e gelado 6 bananas Leve uma figideira larga e antia- 180 g de agicar derente ao lume com 0 agticar,re- 0,5 dl de égua gue com ofio de agua e deixe ferver, +41 fio de agua sem mexer, até obter um caramelo Gelado denatas qb, _ a7. Junte endo 0 0,5 ide Agua e ‘Sementes ‘mexa bem até que fique liquido. de sésamo qb. Descasqueas bananas, corte-as ‘em pedagos médio, adicione-os & frigideira e deixe saltear bem até a banana ficar douradinha. Mexa de vez em quando e delicadamente para nao destazer as bananas. Retire do lume, deixe amornar e sirva polvilhado com sementes: de sésamo @ acompanhado com gelado de natas. Decore a gosto. ‘Sugere quem sabe ‘= Utize bananas maduras mas firmes. 1 Polvilhe com nozes picadas em vez das sementes de sésamo, se prefer Bolo de banana com améndoa e gila 250 9 defarinha Sbananas 200 g de doce de gita 1 colher (cha) de fermento 100 g de agicar em pé 1209 de améndoapalitada _ Margarina para untar 100 g de margarina Agicar em pé para polvilhar 6ovos Papel vegetal ‘Unte uma forma retangular com margin, fore-a com papel vegetal e unte novamente. Numa tigela, bata bem a margarina i} com oaciicar até que fique cremoso, Junte depois os ovos, uma Ns ; um ebatendo sempre muito ber. Adicione o fermento misturado : com a farinha, aos poucos batendo muito bem. Verta na forma. Descasque as bananas, corte-as em rodelasfinas ou em fatias ecoloque-as por cima. Espalhe também o doce de gla ea amén- doa palitada por cima da massa e leve ao foro pré-aquecido a 180°C durante cerca de 40 minutos ou até que fique cozido. Retire do forno, desenforme, deixe arreecere sirva polviha- do com agiicar em pé. ‘Sugere quem sabe Trifle de banana com frutos vermelnos e chocolate 200 gde agticar Deite os frutos vermelhos num 200 g de frutos vermelhos acho, junte metade do agicar, congelados. misture, eve a0 lume, mexendo até 40 gde tarinhamaisena _obter um doce, retire e reserve, 8 gemas ‘Aquega o leite com a esséncia Bdldeleite de baunilha @ o restante agdcar. bananas ‘Numa tigela, bata as gemas com a. {coher (sobremesa) _ferinha maisena e adicione o lete, ‘de esséncia de baunitha & flo e batendo. Verta no tacho, Chocolate granuiado q.b,_'S¥@a0lume, mexendo até engros- sar, retire e deixe arrefecer. Distri- bua o doce @ o creme por tacas +100 g de chas @ coloque as bananas em rodelas, ppor cima, reservando algumas para ener decora. Love 20 to até solicificar. oceae Amousse: derreta 0 chocolate 50gdemargarna ado comamagarnaem banho- maria, retire, junte as gemase bata bem. Bata as claras em castelo com 0 acticar,junte 20 preparado ¢ envolva. Deite nas tacinhas e sirva decorado com a banana que reservaue chocolate granulado. i Kit Exético e diferente de qualquer outro fruto, com casca fibrosa mas uma polpa verde brilhante com pequenas sementes comestiveis, 0 kiwi é macio, sumarento € com um sabor muito particular. Um prazer para o paladar e para a vista. ‘Com tamanho préximo de um ovo de galinh, o kiwi 6 origindrio do Sul da China fTomou-sefamoso quando a sua cultura foi introduzida nna Nova Zelindia no infcio do sé. XX e dal chegou 0s Estados Unidos e mais tarde & Europa. 190 primeiro nome que teve foi “groselha chines, sendo rebatizado com o nome de uma ave nativa da Nova Zelinda, pais que iniciou a sua produgto e comercializagfo em grande scala. E por isso que 6 conhecido como “kiwi” em todo mundo, 190 seu aroma e paladar so muito caractersticos, especialmente quando no nivel ideal de maturaso onal 10 Kiwi ¢ um prodigio de vitaminas. & uma das frtas mais ricas em vitamina C e possui também vitaminas A, Ee B. 1 Tem capacidades antioxidantes natura e muitasfibras sotives. 12 igualmente rico em magnésio, potassio, cilcioe ferro, 1100 gramas de kiwi possuem cerca de 60 caloras rer eer epee Seis eee See eee ee Sa are ae ee feo 18 Teeculnna — Folhado de kiwis INGREDIENTES 400 g de massa folhada 150 gde agticar 50 g de ferinha 6 gemas Sdldeleite kiwis 1 colher (cha) de esséncia de baunilha Farinha para polvilhar PREPARAGAO 4. Estendaamassa fohhada polviha- ‘dacom ferinhaaté obter um retangulo ‘com cerca de 0,5 cm de espessura @ corte-o em pequenos retangulos. Disponha-os num tabuisro potilhado ‘com farinha, pique-os com um garfo eleve 20 forno pré-aquecido a 180°C. {até ficarem bem cozidos efothados. 2. Entretanto, eve um tacho ao lume ‘com oleite, a esséncia de baunitha e metade do agiicar e deixe aquecer. Numa tigela, misture o restante agd- ‘car com a farinha, junte as gemas & bata bem. Adicione amistura dei, ‘em fio © mexendo, verta no tacho & leve novamente ao lume, mexendo até engrossar. Retiree dee arefecer 8, Retire os folhados do forno, deixe arrefecer e distribua o creme Por cima utilizando um saco de Pasteleiro com boquilha frisada. Descasque os kiwis, corte-os em rodelas finas, disponha-as por cima ‘como vé na fotoe sirva. Pudins de kiwi Bolo de kiwis iNGREDEN PREPARAGKO INGREDIEN PREPARAGKO 200. ade acticar |. Demoine as folhas de gelatina 250 g de farinha 1. Ligue 0 forno a 180°C, unte um 6 kiwis ‘em aqua fra. Descasque e lave cs 180g de accar tabuleio retangular com margarina, 6dldenatas kiwis, corte-os em pedagos, deite- 100 gdemargarina_ _—_‘ferme com papel vegetal untenova- Odldelicordementa -osnumtacho,|unteo lcordemen- 6 ovos mente. Descasque ¢ lave os kiwis @ 1 dide égua ta, o agdoare a égue, leve ao lume | 6 kiwia corte-os em gomos ou pedagos. 12tolhas de gelatina _@ deixe cozinhar até que os kiwis 1 coher (cha) 2, Numa tigela, bata a margarina leo para untar fiquem macios. Retire do lume, _defermentoem ps om a esséncia de bauniiha e 0 triture muito bem com a varinha, 1 colher (cha) de ‘agdcar até ficer um creme bem fofo. para © MOLHO: adicione as folhas de gelatina bem —essénciadebaunilha __Junte depois os ovos, um a um © 2 kiwis escorridas, mexeatédissolvereme Margarinaparauntar _Datendo sempre. Porfim, adcione a Agicar qb. deixe arrefecer. Aguicar em pé ets Coie eevee ooo 2. Numa tigela, bata as natasem _parapolvilhar a Sao imulio bem Chantilly @ envolva no preparado Papel vegetal ene nears aes ee leiro e espalhe os pedagos de ki, anterior. Distribua por forminhas Raion oaecee aes vise Leve a0 forno durante aproximada~ ‘mente 40 minutos ou até que fique aan ccozido, retire do foro, desenforme 3. Faca o molho: descasque e delve aretecer, Pole com age lave os kiwis, corte-os em peda~ car em pé, corte em cubos e sia 408, junte um pouco de agiicar @ reduza a puré, Desenforme os pu- ding, reque-os com o malhoesiva Cspavainetes decorados agosto ou como véna_ OMe com um pouco de améndoa nada antes de ver foto. ‘ebouinsna 9 10 Teleculnéna Bolo de nozes INGREDIENTES Para 0 8010: 180g de acucar 100g de farinha 100 g de miolo de noz Govos Nozes qb. Margarina para untar Farinha para polvihar Coco ralado torrado para polvihar Pana o CREME: 1 embalagem de Béchamel Parmalat 500 mi 1 lata de leite condensado 150 g de coco ralado PREPARACAO Q igus tom a 180%, untourator ma com margarina e polvilhe-a com ‘arinha. Triture a farinha juntamente com asnozes. @ siuma igi, vataos ove, accio- nando 0 agieer soe poucos ebatndo Sempre as Neaum creme af evoke rose, © arts depois a mitra ca tainna com as nozss eomota suaverarte, Q vers para tora otve 20 forno durante 40 minutos ou até que fique bem Cozido. Retire, desentorme e deixe arre- tecer. com béchamel © aca. crome: dite 0 Bécharel Parmalat num tacho, adicione o leite condensado, misture e leve ao lume, ‘mexendo sempre até comegar a engros- ‘sar. Junte depois 0 coco ralado, mexa e 4 4 Oregionalismo'e uma Vertente importante na culinaria através de pratosye dogarias muito tipicos, por exemplo 0 sifigilaypica no chao ous sidonios de Viana. Para cozinhhage prover em sua casa. Pica no chao aaa RERABAO + frango do campo 1. Arran © frango, corte-o ‘como sangue em pedagos e tempere-os 460 g de aroz ‘com 0 vinho branco, a folha 1 cebola grande de louro, sal e pimenta. Des 3 dentes de ano ccasque e pique a cebola e OSdide azeite (08 dentes de alho. Aquega 0 2.dlde inno branco azeite num tacho, unte ace- 4 colheres (sone) bola 8s ahos ¢ dks refogr, atasel mmexendo de vez em quando, 1 folha de louro ‘sth floar douradinho. Sale pimentaq.b. 16 Teleculnéna 2. Adicione depois o frango ‘coma marinadae 1 Le agua, retifique os temperos e deixe ‘cozinhar durante 30 minutos ou até que ofrango comece aficar macio. Junte depois 0 arroz e deixe cozinhar durante mais 15 minutos. Retfique os tem- eros e acrescente mais um ppouco de agua se necessério. 3. Delite o sangue eo vinagre numa tigela, misture, adicione lum pouce do arroz, mexendo ‘sempre, verta para 0 tacho, decorado a gosto. Sid6nios de Viana INGREDINTES 500 g de massa folhada 500 g de acucar 125 g de améndoa moida 25g de farinha Bovos 2,5 dl de agua ‘'easquinha de limo ‘Agiioar em pé para polvithar Farinha para polvilhar ‘Sugere quem sabe © ponto pérola atinge quando a calda de ac forma uma pequena bola ou gota (pérola) na ponta do fio 0 escorrer de uma calher Deve deixar ferver apenas entre 2 3 minutos ou até atingiros 108°C. PREPARAGKO 1. Leve ao lume um tacho ‘com a dgua, 0 agiicar e a cas- ca de limao, deixe ferver até atingiro ponto pérola, retire do lume erejeite a casca de limao. Numatigeta, bata os ovos com afarinna ea améndoa moida e junte depois 0 preparado an- terior, em fio e mexendo sem- pre. Verta parao tacho e lave novamente ao lume, mexendo ccontinuamente até engrossar. Ratire do lume e reserve, 2. Estenda a massa folhada numa bancada polilhada com farinha até obter um retangulo, pincele com aqua @enrole com a parte pincelada virada para dentro. Depois corte em ro- elas, cistribua por forminhas. @ estenda um pouco com 03 dacios de modo a forrar bem. 8. Divida o preparado dos ‘vos pelas forminhas e love ‘a0 fomo pré-aquecido a 180°C ‘durante 40 minutos. Retire do forno, deixe amornar, desen- {forme @ sirva polihaddos com ‘agdear em pé. ‘ocho PESCANOV, Medalhées de pescada com camarao O bom sai bem INGREDINTES 1 embalagem de 1 kg de 1 embalagem de 250 g de 1 lata pequena de tomate pelado Sdentes de alho 1 dl de vinho branco 0,5 dide azeite Descongele os Me Descasque e pique fina- Adicione o e ‘Sumo de limao q.b. es de mente os dentes de alho, Leve es e Coentros ab. nova, coloque-os num uma frigideira ao lume como deixe saltear mais 2 ou 3 mi- Sale pimenta q.b. tabuleiro e tempere-os com azelteeosalhosedeixeaque-nutos. Junte o vinho branco sumo de limo, sale pimenta. cer. Junte os s de deixe ferver mais 2 minutos. edebxe saltear até ficarem dou- radinhos de ambos os lados. Pique o tomate pelado e adicione a frigideira. Junte ‘também um pouco de coen- tros picados e deixe cozinhar até apurar. Retire do lume e sirva com legumes cozidos. : ) Carnaval tem também a8 Suas t 6es gastronémicas, entre elas 0 cozido = _* a portuguesa € os fritos. E como 0 Entrudo nao se faz apenas de folia ¢ brincadei a= do devem faltar os bons paladares a juntar as restantes alegorias proprias ; o- eo lage ponent = = mesa festiva que propomos tem de tudo; do bacalhau mascarado ast a ame SR as farturas- Divi 3dentes de alho 0,8 dl de azeite Tomilho fresco @.b. Sale pimenta q.b. 1 lata grande de cogumelos laminados 200 g de linguigas picantes, 100 g de pimentos morrones Escorra os cogumelos laminados, lave-os @ deixe-os escor- rer Retire a pele as inguigas e corte-as em rodelas. Descasque ¢ lave os dentes de alho e pique-os finamente. Arranje os pimen- tos morrones e corte-os em tras. Love uma frigideiraac lume com o azeite, deixe aquecer,junte (8 alhos e a linguiga e deixe retogar, mexendo de vez em quando, ‘até que comece aficar douradinho. Adicione depois os cogumelos © 08 pimentos, tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar, me- xxendo de vez em quando, até os cogumelos ficarem douradinhos. 2. Retifique os temperos, retire do lume e sirva com tomilho fresco. Acompanhe com fatias de plo torradas. Sugere quem sabe 20 Telecine 500 g de farinha 1 pitada de sal 2alheiras ‘Azeite para pincelar 0,5 dl de azeite Farinha para polvilhar 3ddl de 4gua 1 saqueta de fermento seco de padeiro 1. Dissolva o fermento num pouco da agua morna. Coloque «a farinha misturada com a pitada de sal na bancada, abra uma ccavidade 20 meio, junte o fermento dissolvido, a restante 4gua ‘20 azeite eamasse bem até ficar uma massa bastante homogé- nea e muito bem batida, Enrole a massa, coloque-a numa tigela polvilhada com farinha, faga-Ihe um corte em cruz por cima, ‘tape com um pano de cozinha himido e deixe levedar em local morno até ficar com 0 dobro do volume. Rejeite a pele as alhelras. Retire a massa da tigela, deite-a na bancada, amasse novamente, estenda-a até obter um retangulo «@ pincele as margens com agua. Disponha 2s alheiras por cima, ‘enrole de modo a obter um po, coloque num tabuleio polvihado ‘com farinha, cubra com um pano e deixe levedar mais 30 minutos. Pincele por cima com um pouco de azeite ¢ leve ao foro pré-aquecido a 180°C durante cerca de 35 minutos ou até que fique cozido. Retire do forno, deixe amornar e sirva. 600 g de chambao de vaca 600 g de entrecosto 600 g de entremeada 2orelhas de porco 1/2 frango 1 chourico de carne 1 chourigo de sangue 1 morcela pequena 1 farinheira 1 lata grande de feijao vermelho 400 g de arroz 6 peras 6 batatas pequenas .cenouras 1 couve lombarda pequena 1 couve portuguesa pequena 1 cebola 2dentes de alho 0,5 dide azeite 2 folhas de louro Sale pimentaem gro ab. ‘Arranje as carnes, tempere as carnes de pporco com sal e deixe repousar no fro de umn dia para o outro. No dia, passe-as por égua & leve-as a cozer comas restantes carnes, 0 tran- oem pedacos, o chourigo de came, amorcela a farinheira em dqua temperada com sal, as folhas de louro e grdos de pimenta. Retire & reserve a medida que forem ficando cozidas. 2. Arranje e ave as couves, descasque lave as cenouras, as batatas @ as paras, corte-2s a0 meio, leve a cazer todos estes ingredientes na qua de cozer as cares eretre. Aprovelte depois 8.1d0 caldo, retfique os temperos, coza ochou- rigo de sangue erate, Adicione ofeio vermalho a0 mesmo caido, deixe aquecer ert. Descasque e pique a cebola 205 alhos, det tenumtacho,junte oazete leve ao lume ed x@ refogar um pouco. Adicione oarroz, envolva bbem, regue com 0 caldo de cozer 0 chourigo de sangue, mexa, tape e deixe cozinhar, em lume muito brando, durante 16 minutos. Siva as cares e os enchidos cortados em pedagos com os legumes, as peras, 0 arroz @o fli. ‘Sugere quem sabe Reserva 2011 Deuses UD= Teloculnana 21 t 700 g de bacalhiau 05 dlde azeite 1 peixe agosto Acolheres (sopa) deazeite 920 9 debatatafritapalha 1 folhade louro para assar no forno Sumo de mao qb. 409 de farinha Queio ralado a.b. com aprox. 1,200 kg Coentros 4b. 2 cebolas grandes Salsa qb, es ieee 2 dentes de alho Noz-moscadaq. Vaasa Sovos Gris de pimenta 4. Saentes ce Sdldelete Sale pimenta qb. era ‘Arranjeo pete, coloque-o num tabuleio de fornoe tempere- -ocom metade dos dentes de aho picados, sumo de imo, sal. Descongele o bacalhau,leve-o a cozer em agua com uns @ pimenta. Deixe marinar durante 20 minutos. grdos de pimenta ea folna de lou, escorra, dee amornar, rejeite a pele e as espinhas e lasque. Descasque as cebolas ‘os dentes de alho, corte as cebolas em meias luas finas, pique 108 alhos @ deite tudo num tacho. Junte o azeite, leve ao lume, detxe refogar até ficar macio e retire do lume. Ferva metade do leite. Dissolva a farinha no restante leite, adicione o leite quente, em fio e mexendo sempre, verta no tacho @ lave ao lume, mexendo até engrossar, Retire do lume @ tempere com sal, pimenta e noz-moscada. Bata os oves e junte 20 preparado, em fio e mexendo. e ‘Numa tigela, misture a cebolada com o bacalhau, a batata 7 ppalha e salsa picada a gosto, regue depois com omolho anterior @ envolva, Deite num tabuleiro de louca ou pirex, polvlhe com {queijo ralado e leve 20 forno pré-aquecido a 180°C até que fique ; douradinho. Retire e sirva decorado a gosto. Depois regue com o azeite «@ leve ao forno pré-aquecido 1 180°C durante 40 minutos, regando aos poucos com um pouco de dgua se necessério para que nao fique seco. Corte a broa em pedagos, deite-os para uma picadora, junte coentros a gosto ¢ os restantes dentes de alhos descascados e ligue até ficar bem picado. Espalhe por cima do peixe e deixe no forno mais 10 minutos ou até que fique douradinho. Retire dofornoe ser sirva acompanhado com le- 3 ‘gumes cozidos, por exemplo ‘Sugere quem sabe i 7-dlde vinho tinto 2 taranjas 500 ge entrecosto Salsa qb. 5 dlde gasosa 2magas 500.gde figado deporco —‘Sallepimenta q.b. 5 di de sumo de laranja 2kiwis 250 g de febras da porco natural 2paus de canela 250 g de entremeada ARON 100gdeagicaramarelo 1 ramo de hortela 40 g de pickles 350 g de arroz 3 dentes de alho 1 lata pequena de foo vermelho PREPARACAO 4 colheres (sop) de azeita 1 cabola 1. Descasque os kiwis e corte-os em rodelas. Lave as laranjas © 2,8 dlde vinho branco 2 dentes de alho as maga, retre-Ihes as sementes, corte as laranjas em rodelas. Scolheres (sopa) de massa 1 di de polpa de tomate €@as macs em cubos. Deite todas as frutas num jaro. de pimentao OSdlde azeite 2, Junte os paus de canela, o ramo de hortela, 0 agiicar ama~ 1 folha de louro Salqb. relo, 0 vinho tinto, o sumo de laranja @ a gasosa e mexa delica- PREPARAGRO Arrarj.0figado, oentrecosto, as febras e a entremeada, core tudo em pedagos reguarese dete numa igela. Tempere com os ahs picados, a massa de pimentio, 0 Vinho brane, o lure par dom pedagos, sal epimenta, envolvae deixe mariner 15 minutos. 2. Entretarto, fagao aroz:leve.um tach ao lume com 0 zeit, dee aquecerjunte a cebola e os alhos picadose deixerefogar até que fique douradinho. Adicione a polpa de tomate, mexa, deixecozinhar mais 1 minuto, acrescente 8 dl de agua, tempere com sal e deixe comegar aferver. Junteo arroz, mexa e deixe cozinhar durante aproximadamente 18 minutos. Adicioneo feo fescorido, mexa, dei ferver 1 minuto e retire do lume. S. Aquaca o azeite num tacho ao lume, junte as carnes escor- Fidas @ delxe friar at fcarem douradinnas de ambos os lados. Adicione a marinada e deixe cozinhar até as carnes ficarem ‘macias. Retire do lume e siva decorado com salsa eos pickles picados e acompanhe com 0 arroz de feljac damente. 3. Leveao frie depois siva fresco. Pode juntar pedras de gelo. Teleculnana 23 250 g de farinha 180 gdeacicar 125 g de fios de ovos 6 ovos de compra Raspade casca 100 g de acucar de limao q.b. 6 gomas Margarina para untar 1dlde agua Papel vegetal ‘Améndoa granulada q.b. Miolo de noz ab. Unte um tabulero retangular com margarina, forre com papel vegetal e unte novamente, Numa tigela, bata os ovos, adicio- nando 0 agiicar aos poucos, até ficar um creme fofo e bastante volumoso. Junte um pouco de raspa de limao ¢ bata durante ‘mais 2 minutos. Adicione depois a farinha peneirada e envolva. 2. \Verta 0 preparado anterior para o tabulero ¢ leve ao forno pré- -aquecido a 180°C durante 25 minutos ou até que fique bem cozido. Retire do foro, desenforme, deixe arefecer e corte em cubos. Faca a cobertura: deite a 4gua num tacho, junte o agicar, rmisture,leve a0 lume, deixe ferver retire do lume. Numa tigela, bata as gemas e adicione a calda do aciicar, em foe mexendo ‘sempre. Verta para o tacho e leve novamente ao lume, mexendo ccontinuamente até engrossar. Regue os cubos de bolo, distrbua 15 fos de ovos ¢ sirva decorados com améndoa granulada e nozes picadas grosselramente. 24 Telecine 500 g de farinha leo para fritar ‘com fermento ‘Acuicar para passar 5 dlde agua moma Canela em po 1 pitada de sal para passar 1. Deite a farina numa tigela,junte a pitada de sal, mexa bem e abra uma cavidade no centro, Adicione depois a agua morna, fem fio © mexendo sempre muito bem até ficar uma massa lisa sem grumos. Tape com um pano hiémido e deixe repousar durante 20 minutos, Love uma frigideira larga ao lume com bastante dieo e deixe ‘aquecer. Coloque a massa num saco de pasteleiro com boquilha frisada larga, deite a massa no dleo fazendo uma espiral e dele fritar, virando a meio com cuidado, até ficar bem douradinha. Retire, deixe escorrer bem sobre papel absorvente e repita a operacao se necessirio até acabar a massa. Depois corte as farturas com uma tesoura, passe-as por uma mistura de aguicar ecanelae siva momas. ‘Sugere quem sabe kg de cenouras 350 9 de farinna 80 g de margarina Bovos grandes Side égua Salqo. leo para fritar Agiicar em pé para polvithar Canela em pé para polvihar Descasque ¢ lave as cenouras, corte-as ‘a0 melo e leve-as a cozer em agua temperada com uma pitada de sal. Escorra-as, triture-as bem e escorra-as sobre um pano fino, fechan- do 0 pano e espremendo se necessério. Deite a 4gua num tacho, junte a margarina uma pitada de sal, love ao lume @ deixe forver. ‘Adicione a farinha em forma de “chuva’, mexendo ‘sempre até obter uma bola homogénea, retire do lumee deixe arefecer Deite depois amassanuma ‘igola,junte 0 puré de cenoura eos ovos, um aum ‘eamassando sempre muito bem com as mos. 3, Leve uma frigideira funda ao lume com bastante dleo, deixe aquecer mas nao di masiado, adicione colheradas da mistura anterior, poucas de cada vez, e deixe fritar lentamente até ficarem douradinhas de am- bos 0s lados. Pique de vez em quando com um espeto de madeira para que fritem melhor no interior, Coloque os sonhos 2 escorrer sobre pa- pel absorvente, polvilhe-os depois com uma mistura de agiicar em pé e canela e sir- va Teloculnana 25 Receka em Casa - Especial Sao Valentim fantar romantico Prepare uma refeigao inesquecivel neste Dia dos Namorados. Receba a sua “cara- -metade” com um menu especial, cheio de paladares arrebatadores para um jantar romantico. Temos propostas sugestivas como gambas exéticas, peitos de frango com figos e arroz selvagem e ainda mousse de chocolate com menta. E caso para dizer que o amor sabe bem... Gambas exdticas INGREDIENTES 500 g de gambas 11 colher (sobremesa) 1/2 manga madura de agiicar 1 dente de alho 1/2 malagueta 1 dl de leite de coco fresca 2colheres (sopa) de azeite Sumo de 1/21ima 1 colher (sopa) de coentros Sale pimentaq.b. picados PREP? 1, Descasque as gambas deixando-hes apenas a ponta da cauda. Leve uma frigideira ao lume com o azeite, junte 0 dente de alho picado ‘eas gambas e deixe cozinhar, feet : mexendo de vezem quando, $4.1; joe aié alourarRetireas gambas -- Deuses ereserve-as. ‘=Periquita Rosé 2, Descasque e corte aman- ga em cubos, junte-os a fri gideira, adicione também a malagueta picada e deixe ccozinhar até a manga se des- fazer. 3. Junte o leite de coco, o aciicar eo sumo de lima, det xe ferver @ tempere com sale pimenta. Adicione novamente as gambas, envolva, polilhe ‘com os cosntras picados, re tire do lume e sivva decorado agosto. Os vithos Rosé mutas vares ‘40 gnarados & masa ‘mas averdade é que ‘exist vinhos deste tipo que se do muito ‘bam cam pratos ppaciads © cond ‘mertados, Produzido| apart das castas CCastetio, Aragonés fe Trncacara, esto ‘kissin da Peninsula de Sotibal saré um cpio para a nossa recat ns suger eo Cogve do Wine & Food Actvst wip) 2 Teloculnena Rolinhos de linguado com espargos 6 cuscuz INGREDIENTES 4iletes de linguado 1 dldenatas sem pele e espinhas 1dlde agua 4espargos verdes frescos Sumo delimaoq.b. 80 g de cuscuz Sal e pimenta q.b. 2colheres (sopa) de azeite —_—Palitos. 1 colher (sobremesa) de mistura de especiarias BREPARAQKO 1. Cozaligeiramente os espargos em agua temperada com sal, escorra-os, passe-0s por agua fria e deixe-os arrefecer. Corte depois os espargos ao meio, enrole duas metades em cada filete, prenda com um palo e tempere com sal e pimenta. 2. Leve um tacho ao lume com a agua e a mistura de espe- ciarias, tempere com sal e deixe ferver. Deite o cuscuz numa tigela de louga ou pirex, regue com o caldo das especiarias, tape, deixe repousar um pouco e depois mexa bem até soltar 0 cuscuz. 8. Leve uma frigideira ao lume com 0 azeite, deixe aquecer, junte 0s rolos de peixe e deixe-os fritar até ficarem douradinhos: ‘em toda a volta. Retire 0 peixe, adicione as natas e umas gostas de sumo limo & mesma frigideira e deixe engrossar um pouco. Rejeite os palitos aos rolos e sirva regados com 0 molho de nnatas e acompanhados com 0 cuscuz. = Fondue de frutas com chocolate e gengibre seam: 300 g de chocolate ‘8 morangos em barra ‘Bsuspiros de compra 150 g de abacaxi 1 colher (cha) de manteiga 100 g de manga 1 colher (ché) de gengibre 1 maga em pé BREPARAG 1. Layee escorra os morangos. Lave a maga, retre-Ihe as se- ‘mentes e corte-a em cubos médios com a casca. Descasque a ‘manga ¢ 0 abacaxi e corte-os também em cubos. Distribua as frutas por pratos. 2. Parta 0 chocolate em padagos ¢ lave a derreter em banho- maria juntamente com a manteiga e o gengibre em pé. Deite ‘numa taga de louga e mantenha morno com uma lamparina acesa. 8. Coloque a fruta em espetos, merguihe no chocolate e sitva ‘acompanhado com os suspiros. ‘Sugere quem sabe Pode adicionar outrasfrutas a gosto, por exemplo banana e pera Teleculnana 27 Recelaem Cade, - Cipoctal Sie Valentin Peixe-galo com risotto de camaraéo INGREDIENTES: 4 filetes de peixe-galo 3 colheres (sopa) (aprox. 100g cada um) de manteiga 100g demiolodecamarao 2 colheres (sopa) de queljo 100g dearroz pararisotto _parmesao em po 1/4 de cebola Caldo de legumes ou 1 dente de alho de marisco a,b. 1 dlde azeite Sumo de limao q.b. 1 di de vinho branco: Sale pimenta q.b. PREPARAGRO 1. Leve um tacho ao lume com matade do azeite, deixe ‘aquecer, junte a cebola e 0 alho picados e deixe alourar um ouco. Adicione o arroz, mexa bem, junte o vinho branco e deixe cozinhar até evaporar. Adicione depois caldo de legu- mes ou de marisco aos poucos e deixe cozinhar até 0 arroz ficar macio eo gro com quase o dobro do tamanho. 2. Leve uma frigideira ao lume com o restante azeite, junte ‘05 camar6es, tempere com sal e pimenta e deixe saltear até ficarem douradinhos. Adicione os camardes ao tacho do arroz, envolva e retifique os temperos. 8. Adicione de seguida o queljo em pé e 1 colher (sopa) da manteiga, envolva novamente e retire do lume. 4, Leve uma frigideira ao lume com o resto da manteiga e deixe derreter. Tempere os filetes com sal, pimenta e sumo de limo, junte-os & frigideira © deixe-os cozinhar durante 8 minutos de cada lado. Retire e sirva com 0 risotto e deco- rado a gosto. 28 Tleculnéna Néctar dos Deuses 1s Marqués de Borba Branco 2013 "Nasci no coragto do lena, este vino tomou'se um leone da regiéo. Com aromas muito frescos, a mao ‘eamoia branca, tam uma esta e acdez que 0 tomam mut agracivel de beber@com boa apticéo Vinh peices pal nbgus ol Wine 8 Food Aste fol 250g de chocolateem barra 2bombons recheados 100 g de agicar ‘com creme de menta 100g de manteiga 1 colher (cha) de licor de menta 4 claras +2 gemas Frutos vermelhos frescos q.b. 1. Parta 0 chocolate em pedagos, deite-os numa tigel, unte ‘a manteiga e os bombons @ leve a derreter em banho-maria. ‘outa tigela, bata o agdicar com as gemas, adicione a mis- tura do chocolate derretido eo licor de menta e envolva. Aparte, bata as claras em castolo bom firme e envolva-as no preparado. site em tagas individais ¢leve ao fo até ficar firme. Depo’s sitva decorado com trutos verrieinos a gosto e mais bombons, como véna foto. 1 beterraba cozida de compra 1 colher (sopa) de manteiga 4/2alho-francés 1 pau de canola 450 g de abdbora Aguaa. descascada Sale pimentaq.b. Corte a beterraba e a abébora em pedagos. Arranje 0 alho- francis, lave-o e corte-o em rodelas. Deite todos estes legumes ‘numa panela, adicione a manteiga, lave ao lume e deixe refogar ‘durante 10 minutos, mexendo regularmente. Cubra com agua e delxe cazinhar, em lume brando e mexendo, até tudo ficar macio. 2. Tempore com sal e pimenta, junte o pau de canela e deixe ‘cozinhar mais um pouco em lume brando. Retire do lume, rejelte o pau de canola e reduza a puré com varinha. Retifique os temperos e sirva. ‘Sugere quem sabe Regue com um pouco den Receha em Casa - Especial Saa Valentio Magret com molho de laranja e puré de abdbora INGREDIENTES 2magret de pato 2 colheres (sopa) de azelte (peitos do pato) 50 g de manteiga 500 g de absbora Sumo de? laranias doscascada 2 paus de canela 1 motho de espargos 2 cravinhos. verdes frescos 1 raminho de tomithio 4-dentes de alho Sal e pimenta g.b. PREPARAGAO 1, Faga uns cortes na pele dos peitos de pato em forma de “xadrez” e tempere-os com sal e pimenta. Corte a abdbora ‘em pedacos, deite num tabulelro,junte 2 alnos picados @ 0 tomilho, tempere com sal e pimenta, regue com metade do azeiteeleve 20 foro pré-aquecido a 160°C durante cerca de 40 minutos. 2. Entretanto, deite o sumo de laranja num tacho, adicione os ppaus de canela e os cravinhos, leve ao lume brando e deixe reduzir a 1/3, Retire a abdbora do forno e reduza-a a pur. ‘Coza.os espargos em aqua temperada com sal, debxando-os “al dente", passe-os por agua fa ereserve-os. 3, Leve uma frigideira ao lume com o resto do azeite, deixe ‘aquecer,junte os peitos de pato com o lado da pele vada para baixo e deixe alourar bem, 4. Vire do outro lado, adicione os restantes alhos laminados_ a manteiga e deixe cozinhar, em lume brando, durante 4 minutos. Retire do lume, deixe repousar 3 minutos e corte em atia nas. Siva regados com omolho de laranja eacom- panhados com os espargos e o puré de abdbora 90 Teleculnéna Néctar dos Deuses Dory Tinto 2012 Um vinho produzico na regio de Torres Vedas, com as castas Syrah e Araganez, de estio ‘modem, com a barrica bem interac num Conjunto macio, convtivo e fii de beber. Tipico, simples e com uma * decoracéo bem caracteristica dos restaurantes que servem pratos tradicionais portugueses, assim é A Gruta. Um local 100% alentejano gerido por uma familia, a Florentino, hd mais de 25 anos. Tradicao alentejana P=: do pai para a filha Tania que, juntamente com os trés irmaos, ‘vai gerindo este espaco de restauragio, com afinco e preciso, quer nos temperos, quer na mestria com que serve os pratos de cariz alentejano. Figis és suas raizes ¢ aos ensinamentos patemais, os irmios procuram oferecer no seu menu, a substincia e a esséncia da terra com respeito as suas origens ¢ sem preciosismos. ‘A decoragao & simples € o conceito similar ao do menu. Assim como 0s pratos conservam os paladares, ingredientes ¢ temperos da regio, assim so os objetos que vio compondo as paredes e os recanitos da Gruta. Pratos de barro e artefuctos rurais da regio combinam com a cor oere da tijoleira, bem como as toalhas vermelhas e brancas, as mesas ¢ cadeiras de madeira simples, A sua gastronomia é uma ode a0 que de melhor se faz por terras alentejanas. Pratos tipicos e risticos com muito sabor que convidam a uma refeigdo animada ¢ familiar, sempre regada pela excelente carta de vinhos com énfase na regio do Alentejo. Uma porta aberta, com a ‘habitual simpatia c acolhimento caracteristico da zona, (2 TeleCulnéna C arinns mi 1 farinheira=1 ovo»2 colheres (sopa) de mostarda=1 colher (copa) de mel» Horteld g.b. « Pimenta q.b. « Pao ralado para pasar Farinha para passar* Oleo para fritar C Tire a pele farinheira, coloque-a numa tigela @ amasse bem. Deixe repousar para que sea facil de moidar. Prepare o molho: numa tigela, deite a mostarda, o mel e ‘uma pitada de pimenta e envolva muito bem. Coloque farinha ‘numa tigela, pao ralado numa outra tigela eo ovo ligeiramente batido numa terce'ra tigela, aca bolinhas com a farinheira, passe-as por farinha, depois pelo ovo e por fim por pao ralado. Depois coloque-as no fri- D-Cacarola 3! baixa 4,51 179.006 . ‘ F- I li G- Figider te oa ‘abe Participe ainda no nosso passatempo, partilhe uma receita e descubra resultados superiores, quando a Arte e a Ciéncia se encontram numa cozinha AEG. MAEG (Gaeleerepreemnincs ira cs . % Ree RAR SonraE Oh ces rca ts ee PEA perfekt in form und funktion

Оценить