You are on page 1of 6

STC7- Saberes Fundamentais

Durante a sessão do núcleo gerador STC7, com a formadora Sónia, aprendi


sobre a nossa constituição e a do Universo.

Universo

Sobre o Universo esclarecemos umas dúvidas sobre como surgiu Universo,


muito acreditam que surgiu de uma tremenda explosão, o Big Bang. O Big
Bang, ou, grande expansão, também conhecido como modelo da grande
explosão térmica, parte do princípio de Friedmann, segundo o qual enquanto o
Universo se expande, a radiação contida e a matéria arrefecem. Acredita-se
que a matéria primordial - muitos acredita ser o hidrogénio - ao aglomerar-se
gravitacionalmente deu origem às primeiras galáxias, onde surgiram
posteriormente estrelas e planetas, num processo de expansão que ainda está
em marcha, desde há cerca de 13.7 bilhões de anos.

Durante as sessões ao abordar esta temática realizamos um trabalho sobre o


Universo que nos esclarece o que é o Universo, do que é constituído, como
surgiu e desde quando?

Em relação ADN vimos que é um composto orgânico cujas moléculas contêm


as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de
todos os seres vivos e alguns vírus.

ADN

No decorrer das sessões ao abordar esta temática adquirimos muitos


conhecimentos sobre o assunto. Como por exemplo, a importância do avanço
que se conseguiu através de muita investigação, as mais-valias que isto traz a
humanidade.

Através de investigações estas proporcionam meios de se erradicar as


doenças; testes de paternidade; ajuda na resolução de crimes. Mais uma vez
nos mostra o ser humano é capaz de evoluir.

Realizamos um trabalho sobre o ADN que nos elucidou mais sobre esta
temática.

Com as sessões sobre a co-incineração podemos entender o que é este


processo que muitas vezes foi tão polémico. A co-incineração é um acto de
reduzir a cinzas todo tipo de material em simultâneo. No decorrer da
abordagem deste tema esclarecemos através de pesquisas na internet e com a
formadora Sónia várias dúvidas relacionadas com a co-incineração, por
exemplo, quais os métodos utilizados, quais os benefícios e os malefícios desta
prática, as consequências que este processo pode causar no meio ambiente, e
ainda onde estão localizados as co-incineradoras. Realizei um trabalho onde
expus todo o resultado da minha pesquisa.

Concluindo achei que estes fundamentos são extremamente importantes a


todos nós, porque são assuntos relacionados com a nossa existência e nosso
espaço no mundo.

Fiquei ainda mais esclarecida sobre a capacidade humana de evoluir.

STC6- Urbanismo e Mobilidade

Em relação a temática sobre o transgénico e agricultura biológica a formadora


no início explicou a matéria sobre os dois temas e foi pedido por ela a
elaboração de uma trabalho, onde pudéssemos abordar o que é são os
alimentos transgénicos e a agricultura biológica, porque a introdução destas
novas formas de agricultura. As vantagens e desvantagens destas.

Agricultura

Ficamos esclarecidos sobre estes “novos” tipos de agricultura.

A Agricultura Biológica é um modo de produção agrícola que respeita o meio


ambiente e a biodiversidade, recorrendo a técnicas de produção menos
agressivas e mais preventivas do que as utilizadas na agricultura convencional.
Este tipo de agricultura utiliza somente químicos naturais, contribuindo assim
para alimentos mais saudáveis que podemos encontrar em alguns pontos de
venda: frutos, legumes, hortícolas, vinhos, cereais, pão, azeite, etc.

Enquanto consumidores, devemos exigir o melhor para a nossa saúde e para o


ambiente.

Ao optarmos por alimentos provenientes da agricultura biológica estamos a


contribuir para a redução da quantidade de agros químicos tóxicos na nossa
alimentação e, simultaneamente, para o desenvolvimento de um modo de
produção agrícola mais sustentável. Os princípios da agricultura biológica
foram criados como princípios éticos com o objectivo de inspirar a acção,
devendo ser aplicados em seu conjunto. Os alimentos biológicos são mais
saudáveis, embora sendo mais caros e por isso são mais raros.

Com a formadora Sónia estivemos a abordar o tema da migração, realizamos


um debate nas sessões sobre os tipos de migração, a imigração e emigração.
Vimos porque desde sempre o homem e o animal tem a tendência a migrar.

Vimos um filme sobre a migração animal, que nos mostrou que os animais
migram em busca de alimento e água, no fundo vão em busca da
sobrevivência. Podemos dizer que o Homem também sempre migrou tendo por
objectivo a sobrevivência e uma vida melhor.

Vimos que nos dias actuais muitos ainda vão em busca de um modo de vida
melhor arriscando as suas próprias vidas em meios de transportes nada
seguros como por exemplo em jangadas que por vezes naufragam, outro que é
esconder-se por baixo de camiões para se atravessar fronteiras. Vimos
também através de pesquisas na internet e partilha de informações com os
colegas que hoje já existem diversos meios disponibilizados para o combate a
imigração ilegal. Sou imigrante e passo a descrever a minha situação como tal,
passo a descreves as razões pelas quais decidi imigrar.

Minha irmã mais velha decidiu vir para Portugal em 1993 convidada para
trabalhar como enfermeira (profissão que já exercia no Brasil), foi uma
oportunidade para ela, desde muito nova dizia que o sonho dela era conhecer
outros países, principalmente os europeus. Sentimos muito a ausência dela, é
uma pessoa muito especial.
Após 5 anos, ela convidou-me a vir para Portugal, em princípio de férias, daí se
gostasse ficava a trabalhar para ela. Ela juntamente com o marido criaram uma
empresa de distribuição de medicamentos e apoio domiciliar a doentes.

Me senti muito confusa devido ao facto de nunca ter saído da minha terra a não
ser para passear. Mas mesmo assim resolvi aceitar, se não me adaptasse
podia voltar e ainda ter o meu trabalho de volta, os meus ex-patrões deixaram
as portas abertas para o caso de voltar.

O factor de maior peso na minha decisão foi a segurança e estabilidade


financeira que Portugal proporcionava e que no Brasil não existia. Também
tinha vontade conhecer a terra dos meus avós paternos que eram portugueses.

Durante a formação base sobre Urbanismo e Mobilidade realizamos um


trabalho de grupo que consistiu em um projecto de arquitectura de uma
empresa que “criamos”, Fizermos um desenho (planta), calculamos todas as
medidas para ser possível calcular o custo da obra, com a ajuda da formadora
Patrícia conseguimos concluir tal trabalho com êxito. Na minha opinião as
bases que nos foram dadas são fundamentais em qualquer actividade que
venhamos a exercer no futuro. STC-5 Redes de Informação e Comunicação
onde adquirimos saberes essenciais sobre as Ondas Magnéticas
indispensáveis à compreensão da sua importância e utilidade no nosso dia-a-
dia.

Neste contexto elaboramos trabalhos sobre o uso dos telemóveis e


computadores, seus componentes, internet, vantagens e desvantagens.
Fizemos também trabalhos sobre as ondas electromagnéticas e comunicações
rádio, micro e macro electrónica.

Com a realização e apresentação destes trabalhos pude compreender o


funcionamento das ondas electromagnéticas, como se propagam e a
importância que têm na nossa vida.

Fizemos em sala trabalhos de estatística que nos demonstraram a versatilidade


no tratamento de dados e a sua utilidade na elaboração de estudos mais ou
menos complexos. Compreendi que este método nos permite fazer análises e
chegar facilmente a conclusões que de outra forma seriam muito mais morosas
e difíceis de realizar.

Todos os conhecimentos adquiridos no decorrer desta formação de extrema


importância e utilidade porque contribuem de forma positiva para o nosso
crescimento cultural, e principalmente o profissional.

Meus sinceros agradecimentos à Sónia e Patrícia por ter-nos transmitido


conhecimentos de uma forma aprazível e objectiva.

Azambuja, 03 de Fevereiro de 2010.