Вы находитесь на странице: 1из 5

PADRÕES DO FÍGADO (GAN)

ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN)

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
• SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO SE
MANIFESTA PRINCIPALMENTE NESTA REGIÃO, EM AMBOS OS LADOS. O MERIDIANO DO FÍGADO TERMINA
ENTRE A 6ª E 7ª VÉRTEBRA TORÁCICA, JUSTAMENTE NA REGIÃO CITADA E PORTANTO, UMA ESTAGNAÇÃO
NO SISTEMA FÍGADO, REFLETE COMO DISTENSÃO E DOR NESTAS REGIÕES.

• SENSAÇÃO DE PLENITUDE TORÁCICA - POR VEZES A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO (GAN) ATINGE O TÓRAX, OU
SEJA, MADEIRA (FÍGADO) CONTRA-DOMINANDO METAL (PULMÃO), NOS 5 ELEMENTOS.

• SUSPIROS - OS SUSPIROS É UMA MANEIRA ESPONTANEA DO ORGANISMO TENTAR LIBERAR A ESTAGNAÇÃO


NO TÓRAX. MUITO COMUM EM PESSOAS ANGUSTIADAS COM UM “APERTO NO PEITO”.

• SOLUÇOS - O SOLUÇO É UMA ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO NO DIAFRAGMA, QUE CONTRAI-SE


ESPASTICAMENTE NA INTENÇÃO DE SE LIBERTAR DA PLENITUDE TEMPORARIA.

• MELANCOLIA, DEPRESSÃO, ESTADO MENTAL INSTÁVEL E TEMPERAMENTAL - GRUPO DE EMOÇÕES LIGADAS


AO PADRÃO DE FÍGADO (GAN) EM ESTADO DE ESTAGNAÇÃO. ESTAGNAÇÃO EMOCIONAL.

• NÁUSEA, VÔMITO, DOR NO EPIGÁSTRICO, ANOREXIA, REGURGITAÇÃO ÁCIDA, ARROTOS, SENSAÇÃO DE


PULSAÇÃO NO EPIGÁSTRICO, SENSAÇÃO DE QUEIMAÇÃO NO ESTÔMAGO (WEI) - ESSE GRUPO DE
SINTOMAS É DECORRENTE DA ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO (GAN) INVADINDO HORIZONTALMENTE, PELO
TRIPLO AQUECEDOR MÉDIO, O ESTÔMAGO (WEI), PROVOCANDO UMA ESTAGNAÇÃO DO QI DO ESTÔMAGO
(WEI) E IMPEDINDO ESSE QI DE CUMPRIR SUA FUNÇÃO NORMAL, OU SEJA, DESCENDER. ESSE QI ESTAGNA,
GERA CALOR E ASCENDE DE FORMA REBELDE OCASIONANDO OS SINTOMAS DESCRITOS.

• DISTENSÃO ABDOMINAL, BORBORIGMOS INTESTINAIS E DIARRÉIA - A DISTENSÃO ABDOMINAL E OS


BORBORIGMOS INTESTINAIS SÃO O RESULTADO DO QI DO FÍGADO (GAN) ESTAGNADO INVADINDO OS
INTESTINOS, IMPEDINDO A SUA FUNÇÃO DE TRANSPORTE. A DIARRÉIA É O PRODUTO FINAL DA
ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO (GAN), INVADINDO O ESTÔMAGO (WEI), QUE PREJUDICA AS FUNÇÕES DE BAÇO
(PI) DE TRANSFORMAR E TRANSPORTAR, OCASIONANDO A DIARRÉIA. NESTE CASO TRATA-SE BAÇO (PI) E
ESTÔMAGO (WEI) COMO MANIFESTAÇÃO DA PLENITUDE E DEPOIS FÍGADO (GAN), COMO RAIZ.

• TRISTEZA, SENSAÇÃO DE AGITAÇÃO, SENSAÇÃO DE CAROÇO NA GARGANTA COM DIFICULDADE PARA


ENGOLIR - O MERIDIANO DO FÍGADO (GAN) TEM UM RAMO INTERNO QUE PASSA PELA GARGANTA E UMA
ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN), PODE PROVOCAR UMA SENSAÇÃO DE OBSTRUÇÃO NESTE LOCAL.
QUANTO MAIOR A TRISTEZA E A SENSAÇÃO DE AGITAÇÃO, MAIOR SERÁ ESTA MANIFESTAÇÃO DE
APARENTE OBSTRUÇÃO NA GARGANTA.

• MENSTRUAÇÃO IRREGULAR, DISMENORRÉIA (NESTE CASO DOR ANTES DO PERÍODO MENSTRUAL),


INCHAÇO E DOR NOS SElOS PRÉ-MENSTRUAIS, T.P.M. - O QI DO FÍGADO (GAN) ESTAGNADO PODE
DIFICULTAR O MOVIMENTO DO SANGUE (XUE), FALHANDO ASSIM NO ABASTECIMENTO DOS VASOS CHONG
MAI (QUE NUTRE O ÚTERO) E REN MAI (QUE MOVIMENTA O SANGUE (XUE) NO ÚTERO), RESULTANDO EM
UMA MENSTRUAÇÃO IRREGULAR E DOLOROSA. O INCHAÇO E A DOR NOS SEIOS SÃO PRODUTO DA
ESTAGNAÇÃO DO QI NO MERIDIANO DO FÍGADO (GAN) QUE PASSA POR ESTA REGIÃO. A T.P.M. INCLUI
ESTADOS DE IRRITAÇÃO, MELANCOLIA, AGITAÇÃO ANSIOSA E ESTADO EXTREMAMENTE TEMPERAMENTAL;
EMOÇÕES ESSAS DIRETAMENTE LIGADAS AO SISTEMA FÍGADO (GAN) QUANDO ESTAGNADO.

LÍNGUA - GERALMENTE COLORAÇÃO NORMAL


PULSO - LEVEMENTE EM CORDA. PODE SER APENAS NA POSIÇÃO MÉDIA ESQUERDA.

ETIOLOGIA:
• A PRINCIPAL CAUSA DA ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) ESTÁ NAS ALTERAÇÕES NA VIDA EMOCIONAL
DAS PESSOAS. A FÚRIA REPRIMIDA GERADA POR FRUSTAÇÃO, INDIGNAÇÃO, RESSENTIMENTO, MÁGOA,
ETC., POR UM LONGO PERÍODO, PROMOVE UM PADRÃO DE EXCESSO NO FÍGADO (GAN) QUE DRENA YIN E
SANGUE (XUE), PROMOVENDO A ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN). ISSO OCORRE PORQUE É PAPEL
DO YIN E/OU DO SANGUE (XUE) NUTRIR O QI. OUTRAS CAUSAS INCLUEM A DEFICIÊNCIA DE YIN OU SANGUE
(XUE), FALHANDO EM NUTRIR O QI DO FÍGADO (GAN), QUE ESTAGNARÁ.

TRATAMENTO:
DESFAZER A ESTAGNAÇÃO E MOVIMENTAR DO QI DO FÍGADO.

OS PONTOS DEVEM SER ESCOLHIDOS DE ACORDO COM OS SINTOMAS:

VB34 HO – MAR E PONTO MESTRE DOS TENDÕES


F13 ALARME DE BP E MESTRE DOS ÓRGÃOS
F14 COALESCENTE (F – BP – YINWEI) E ALARME DE FÍGADO (NOS HIPOCÔNDRIOS E ESTÔMAGO)
TA6 PONTO KING E É LIGADO AO MERIDIANO DA VB – SHAO YANG
CS6 LUO E CONFLUENTE (YINWEI) DE CS

USAR MÉTODO DE SEDAÇÃO. MOXA É CONTRA-INDICADA.

ASCENDÊNCIA DO YANG DO FÍGADO (GAN)

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
• CEFALÉIA, NORMALMENTE SOBRE AS TÊMPORAS, OLHOS OU LATERAL DA CABEÇA, TONTURA, ZUMBIDO,
SURDEZ, BOCA E GARGANTA SECAS, INSÔNIA, IRRITABILIDADE, SENSAÇÃO DE EXALTAÇÃO E GRITOS DE
FÚRIA.
• ESSE PADRÃO É GERADO PELA DEFICIÊNCIA DO YIN DO FÍGADO (GAN) E/OU DEFICIÊNCIA DO YIN DO RIM
(SHEN), CAUSANDO A ASCENÇÃO DO YANG DO FÍGADO (GAN). NOS 5 ELEMENTOS É ÁGUA DEFICIENTE
FALHANDO EM NUTRIR MADEIRA, QUE RESSECA E PROMOVE A ASCENSÃO DO YANG DE FÍGADO (GAN). HÁ
UMA DIFERENÇA ENTRE FOGO DE FÍGADO QUE RESSECA FLUIDOS DEPOIS DE INSTALADO, GERANDO UM
PADRÃO DE SECURA MAIS SEVERO E ASCENSÃO DO YANG DO FÍGADO QUE É DERIVADO DE UM PADRÃO
DE SECURA PRÉ-EXISTENTE. É IMPORTANTE RESSALTAR QUE NA PRÁTICA NÃO EXISTE A ASCENSÃO DO
YANG DO FÍGADO (GAN), POSTO QUE ELE É O ASPECTO YIN DO ELEMENTO MADEIRA. O YIN DO ELEMENTO
MADEIRA (FÍGADO) FICA DEFICIENTE E O YANG DO ELEMENTO MADEIRA (VESÍCULA BILIAR) É QUE SE
TORNA ASCENDENTE. CONTUDO, TERMOLÓGICAMENTE, A SÍNDROME É CHAMADA DE YANG DO FÍGADO
(GAN) ASCENDENTE.

• A GARGANTA E BOCA SECAS REFLETEM A RAIZ DA DEFICIÊNCIA DO YIN QUE GEROU O YANG ASCENDENTE.

• OS DEMAIS SINTOMAS REFLETEM A ASCENSÃO DO YANG DO FÍGADO (GAN), TENDO COMO PRINCIPAL
ELEMENTO A CEFALÉIA TEMPORAL, NOS OLHOS OU NOS LADOS DA CABEÇA, ACOMPANHADA DE
IRRITABILIDADE.

• ESPECIFICAMENTE A INSÔNIA É GERADA PELA DEFICIÊNCIA DO YIN. A NOITE ESSA DEFICIÊNCIA AUMENTA
DEVIDO AO FATO DO YIN SER MAIS REQUISITADO NO PERÍODO NOTURNO, PROJETANDO O YANG DO
FÍGADO (GAN) AINDA MAIS ASCENDENTEMENTE, IMPEDINDO ASSIM QUE A PESSOA ADORMEÇA.

LÍNGUA - VERMELHA, ESPECIALMENTE NAS LATERAIS


PULSO - EM CORDA, MAIS FORTE QUE NA ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN)

ETIOLOGIA:
A PRINCIPAL CAUSA DA ASCENSÃO DO YANG DO FÍGADO (GAN) ESTÁ NAS ALTERAÇÕES NA VIDA EMOCIONAL
DAS PESSOAS. A FÚRIA REPRIMIDA GERADA POR FRUSTAÇÃO, INDIGNAÇÃO, RESSENTIMENTO, MÁGOA, ETC.,
POR UM LONGO PERÍODO, PROMOVE UM PADRÃO DE EXCESSO NO FÍGADO (GAN) QUE DRENA O YIN E
PROMOVE ASCENSÃO DO YANG DO FÍGADO (GAN). OUTRAS CAUSAS INCLUEM A DEFICIÊNCIA DE YIN DE FÍGADO
(GAN) E/OU DE RIM (SHEN) COMO JÁ EXPLICADO ANTERIORMENTE.

TRATAMENTO:
CONTER O YANG DO FÍGADO E TONIFICAR O YIN DEFICIENTE.

OS PONTOS DEVEM SER ESCOLHIDOS DE ACORDO COM OS SINTOMAS:

F3 IU E FONTE DO FÍGADO – CRÔNICO


BP6 COALESCENTE (BP – F – R)
R3 IU E FONTE DE RIM – TONIFICA JING E YIN
F8 HO E TONIFICAÇÃO DE FÍGADO
VB38 KING E SEDAÇÃO DE VB

USAR MÉTODO DE SEDAÇÃO EM PONTOS PARA CONTER O YANG E TONIFICAÇÃO EM PONTOS PARA NUTRIR O
YIN.

PADRÕES DO PULMÃO (FEI)

DEFICIÊNCIA DO QI DO PULMÃO (FEI)

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
• DISPNÉIA COM DIFICULDADE PRINCIPALMENTE EXPIRATÓRIA - O PULMÃO (FEI) CONTROLA A EXPIRAÇÃO,
POSTO QUE A INSPIRAÇÃO É CONTROLADA PELO RIM (SHEN). QUANDO INSPIRAMOS, O QI DO PULMÃO (FEI)
DESCENDE PARA O RIM (SHEN) QUE O MANTÊM EMBAIXO. SE O QI DO RIM FOR FRACO, NÃO SEGURA O QI
DO PULMÃO (FEI) QUE ESTAGNA NO TÓRAX CAUSANDO DIFICULDADE NA INSPIRAÇÃO. NO CASO DO QI DO
PULMÃO (FEI) SER DEFICIENTE, O QI FRACO TAMBÉM NÃO DESCENDE ADEQUADAMENTE NA INSPIRAÇÃO,
CAUSANDO UMA CERTA DEFICIÊNCIA INSPIRATÓRIA, PORÉM, A EXPIRAÇÃO É MAIS AFETADA PELO FATO DO
QI DEFICIENTE TORNAR-SE FALHO AO NUTRIR OS MÚSCULOS INTERCOSTAIS EXTERNOS E DIAFRAGMA,
QUE PERDEM TÔNUS E ELASTICIDADE, DIFICULTANDO A EXPIRAÇÃO PASSIVA DO PULMÃO (FEI).

• TOSSE - O PULMÃO (FEI) CONTROLA A EXPIRAÇÃO, E SE ESTIVER FRACO ELA SERÁ AFETADA PELO FATO DO
QI DEFICIENTE TORNAR-SE FALHO AO NUTRIR OS MÚSCULOS INTERCOSTAIS EXTERNOS E DIAFRAGMA,
QUE PERDEM TÔNUS E ELASTICIDADE, DIFICULTANDO A EXPIRAÇÃO PASSIVA DO PULMÃO (FEI). A TOSSE É
O MECANISMO PELO QUAL O CORPO TENTA SOLUCIONAR TEMPORARIAMENTE O PROBLEMA, OU SEJA,
EXPULSAR O AR RESIDUAL DOS PULMÕES.

• EXPECTORAÇÃO AQUOSA - O PULMÃO (FEI) RECEBE OS FLUÍDOS CORPÓREOS TRANSFORMADOS E


ENVIADOS PELO BAÇO (PI). DEPOIS DE RECEBÊ-LOS DEVE PROMOVER A TRANSFORMAÇÃO E O
TRANSPORTE DESSES FLUIDOS NO ORGANISMO. SE O QI DO PULMÃO (FEI) ESTIVER DEFICIENTE ESSA
TRANSFORMAÇÃO FICA COMPROMETIDA E HÁ EXPECTORAÇÃO PROFUSA E AQUOSA NA TENTATIVA DE
ELIMINAR A ESTAGNAÇÃO DE FLUIDOS NO PULMÃO (FEI).

• VOZ DEBILITADA - O TIMBRE E A FORÇA DA VOZ DEPENDE DA FORÇA DO QI TORACICO (ZONG QI), QUE POR
SUA VEZ DEPENDE DIRETAMENTE DA METABOLIZAÇÃO DO QI DO PULMÃO (FEI). NESSE PADRÃO DE
DEFICIÊNCIA A VOZ FICA DEBILITADA E HÁ INDISPOSIÇÃO PARA FALAR.

• SUDORESE DIURNA - O QI DO PULMÃO (FEI) INFLUENCIA A PELE E CONTROLA O QI DEFENSIVO (WEI QI),
QUE POR SUA VEZ CONTROLA A ABERTURA E FECHAMENTO DOS POROS. COM O QI DO PULMÃO (FEI) EM
ESTADO DE DEFICIÊNCIA, O QI DEFENSIVO (WEI QI) SERÁ DÉBIL NAS CAMADAS DA PELE E OS POROS SE

2
TORNARÃO “FLÁCIDOS” DEIXANDO ESCAPAR O SUOR. A SUDORESE É DIURNA PELO FATO DA WEI QI SER
NUTRIDA PELO ASPECTO YANG, QUE E REQUISITADO DURANTE O DIA.

• COMPLEIÇÃO BRANCA BRILHANTE - O QI DO PULMÃO (FEI) É DE CARACTERÍSTICA YANG, COMPARADO AOS


FLUÍDOS DE PULMÃO, QUE SÃO DE CARACTERÍSTICA YIN. PORTANTO, QUANDO FALAMOS NO QI DE
PULMÃO (FEI) DEFICIENTE, FALAMOS TAMBÉM NO YANG DEFICIENTE. A COMPLEIÇÃO É BRANCA PELA
PRESENÇA DA FALTA DE AQUECIMENTO QUE GERA FRIO, PORÉM É BRILHANTE POIS NÃO HÁ UMA
DEFICIÊNCIA DE SANGUE (XUE).

• PROPENSÃO A GRIPES E CANSAÇO - COMO JÁ DITO, COM O QI DO PULMÃO (FEI) DEFICIENTE, A WEI QI
TAMBÉM SERÁ DEFICIENTE E SE TORNARÁ INÁBIL PARA PROTEGER O CORPO CONTRA OS FATORES
PATOGÊNICOS EXTERNOS. ASSIM, HAVERÁ UMA TENDÊNCIA A INVASÃO PRINCIPALMENTE DE VENTO-FRIO,
QUE PODE PROVOCAR GRIPES, GERANDO CANSAÇO.

PULSO - VAZIO, ESPECIALMENTE NA POSIÇÃO DISTAL, NO LADO DIREITO.


LÍNGUA - TENDÊNCIA A PALIDEZ OU COLORAÇÃO NORMAL.

ETIOLOGIA:
• ESTE PADRÃO PODE SER DERIVADO DE UMA DEFICIÊNCIA CONSTITUCIONAL (HEREDITARIA) DE PULMÃO
(FEI).

• A DEFICIÊNCIA DO QI DO PULMÃO (FEI) PODE SER PROVOCADA PELA INCLINAÇÃO PROLONGADA SOBRE UMA
ESCRIVANINHA, DURANTE MUITAS HORAS SEGUIDAS, POR MUITOS ANOS. ESSA POSTURA PREDISPÕE À
UMA RESPIRAÇÃO CONTIDA QUE IRÁ GERAR UMA ESTAGNAÇÃO NO TÓRAX. ESSA ESTAGNAÇÃO TENDE A
CONSUMIR O QI DO PULMÃO (FEI), QUE SE TORNA DEFICIENTE. PESSOAS COM PRE-DISPOSIÇÃO À
AFECÇÕES DESTE SISTEMA SÃO AS MAIS AFETADAS POR ESSE PADRÃO ETIOLÓGICO.

• UM ATAQUE DE VENTO-FRIO OU VENTO-CALOR, QUANDO NÃO TRATADO ADEQUADAMENTE, PODE DEIXAR


“RESÍDUOS” DESSES FATORES PATOGÊNICOS NO ORGANISMO, PRINCIPALMENTE QUANDO ANTIBIÓTICOS
SÃO ADMINISTRADOS PARA TRATAR UM RESFRIADO OU GRIPE, POIS EM ALGUNS CASOS, TENDEM A
“TRANCAFIAR” O FATOR PATOGÊNICO NO TÓRAX. ESSE PADRÃO PODE SER OBSERVADO QUANDO UMA
PESSOA DESENVOLVE UMA TOSSE CRÔNICA APÓS UMA INVASÃO DE VENTO-FRIO OU VENTO-CALOR. A
PRESENÇA DESSE “RESÍDUO” PATOGÊNICO DEBILITADO QI DO PULMÃO (FEI), INTERFERINDO EM SUAS
FUNÇÕES DE DESCENDÊNCIA E DISPERSÃO. NESSE CASOS PODE HAVER UMA SABURRA FINA AMARELADA
SOBRE A LÍNGUA.

• O QI DO PULMÃO (FEI) NORMALMENTE SE TORNA DEFICIENTE POR CAUSA DA DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO


(PI) QUE É O RESPONSÁVEL POR FORNECER A MATRIZ (GU QI) PARA O METABOLISMO DO QI NO TÓRAX.

TRATAMENTO - TONIFICAR O QI DO PULMÃO (FEI) E AQUECER O YANG.

OS PONTOS DEVEM SER ESCOLHIDOS DE ACORDO COM OS SINTOMAS:

P9 IU, FONTE E MESTRE DA CIRCULAÇÃO E TONIFICAÇÃO DE PULMÃO


P7 LUO E CONFLUENTE (REN - VC)
B13 ASSENTIMENTO DO PULMÃO
VC6 MAR DO YUAN QI
E36 HO- MAR DE ESTÔMAGO

USAR MÉTODO DE TONIFICAÇÃO - MOXA É INDICADA.

NO CASO DE UMA TOSSE CRÔNICA POR FATORES PATOGÊNICOS RESIDUAIS, É NECESSÁRIO PRIMEIRO
INTERAGIR COM ESSE PADRÃO DE EXCESSO (CARACTERIZADO PELA SABURRA FINA ENCIMA DA LÍNGUA),
PARA DEPOIS PROMOVER A TONIFICAÇÃO DE PULMÃO (FEI).

P5 SEDAÇÃO DE PULMÃO
B13 ASSENTIMENTO DO PULMÃO

USAR MÉTODO DE SEDAÇÃO.

DEFICIÊNCIA DO YIN DO PULMÃO (FEI)

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
• TOSSE SECA OU COM POUCA EXPECTORAÇÃO PEGAJOSA, EXPECTORAÇÃO COM SANGUE, BOCA E
GARGANTA SECAS, PRURIDO (COCEIRA) NA GARGANTA E VOZ ROUCA - ESSES SINTOMAS SÃO DEVIDO A
FALTA DOS FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) E QUE TEM COMO RESULTADO A SECURA DO PULMÃO (FEI). AS
VEZES A TOSSE PODE SER ACOMPANHADA POR POUCA SECREÇÃO PEGAJOSA, QUANDO O PULMÃO (FEI)
NÃO ESTIVER TOTALMENTE RESSECADO. O SANGUE (XUE) NA EXPECTORAÇÃO É DEVIDO AO QUADRO DE
SECURA QUE NÃO PERMITE A NUTRIÇÃO ADEQUADA E FAZ COM QUE OS CAPILARES SE ROMPAM NA
TOSSE.

• FEBRE BAIXA, SENSAÇÃO DE CALOR A TARDE OU AO ANOITECER, RUBOR MALAR, CALOR NOS CINCO
CENTROS (PALMAS DAS MÃO, SOLA DOS PÉS E REGIÃO DO TÓRAX), SUDORESE NOTURNA - TODOS ESSES
FATORES DECORREM DA DEFICIÊNCIA DE YIN GERANDO CALOR VAZIO. O MAIOR REFERENCIAL DE CALOR
VAZIO NO SISTEMA É A PRESENÇA DE RUBOR MALAR E O CALOR NOS 5 CENTROS. A TRANSPIRAÇÃO
NOTURNA PODE NÃO EXISTIR EM CASOS MAIS LEVES, PORÉM QUANDO ELA OCORRE É PORQUE A NOITE O
YIN É MAIS REQUISITADO, AUMENTANDO A DEFICIÊNCIA E GERANDO O CALOR VAZIO. A SENSAÇÃO DE
CALOR À TARDE OU AO ANOITECER É DEVIDO AO HORÁRIO DE PICO ENERGÉTICO DO RIM (SHEN) QUE É
ENTRE 17 E 19 HORAS, ONDE A ENERGIA YIN É MAIS REQUISITADA (RIM (SHEN) GOVERNA YIN).

3
• INSÔNIA - COMO A NOITE PEDE MAIS ENERGIA YIN PARA REGULAR O METABOLISMO, O YIN JÁ DEFICIENTE
VAI FICAR AINDA MAIS, PROJETANDO O YANG ASCENDENTEMENTE, IMPEDINDO A PESSOA DE ADORMECER.

LÍNGUA - VERMELHA, DESCASCADA, RACHADA NA ÁREA DO PULMÃO (FEI) E SECA.


PULSO - FLUTUANTE- VAZIO E RÁPIDO.

ETIOLOGIA:
• A DEFICIÊNCIA DO YIN DO PULMÃO (FEI) É FREQUENTEMENTE ASSOCIADA A DEFICIÊNCIA DO YIN DO
ESTÔMAGO (WEI) QUE É A RAIZ DOS FLUIDOS CORPÓREOS, E DO RIM (SHEN) QUE É O RESPONSÁVEL POR
ASCENDER OS FLUIDOS QUE UMEDECEM O PULMÃO (FEI).

• UMA CONDIÇÃO LEVE DE DEFICIÊNCIA DE YIN DO PULMÃO PODE SER AGRAVADA PELA PRESENÇA DE UM
CLIMA MUITO SECO, POR UM LONGO PERÍODO, OU POR CERTOS AQUECEDORES QUE RETIRAM A UMIDADE
DO AR.

TRATAMENTO:
TONIFICAR O YIN DO PULMÃO, NUTRIR FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) E ELIMINAR CALOR VAZIO.

OS PONTOS DEVEM SER ESCOLHIDOS DE ACORDO COM OS SINTOMAS:

P9 IU, FONTE E MESTRE DA CIRCULAÇÃO E TONIFICAÇÃO DE PULMÃO


VC17 MESTRE DO QI E DA RESPIRAÇÃO (TONIFICA ZHONG QI) E ALARME DE CS
B13 ASSENTIMENTO DO PULMÃO
VC4 COALESCENTE (VC – BP – F – R) E ALARME DE ID
R6 CONFLUENTE (YINQIAO)
VC12 ALARME DE ESTÔMAGO E MESTRE DAS VÍSCERAS
P10 YONG

USAR MÉTODO DE TONIFICAÇÃO, MENOS P 10, QUE DEVE SER SEDADO.

PADRÕES DO BAÇO (PI)

DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO (PI)

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
• ANOREXIA - ESSE SINTOMA VEM DA INCAPACIDADE DO BAÇO (PI) DE TRANFORMAR OS ALIMENTOS,
IMPEDINDO DESSA FORMA A “INGESTÃO” DE NOVAS COTAS ALIMENTARES, OU SEJA, O APETITE SOME.

• DISTENSÃO ABDOMINAL APÓS A INGESTAO DE ALIMENTOS E DIARRÉIA - O BAÇO (PI) É O RESPONSÁVEL,


COMO JÁ MENCIONADO, PELA TRANSFORMAÇÃO DOS ALIMENTOS E UMA VEZ QUE ISSO NÃO OCORRE, OS
INTESTINOS (DACHANG E XIAOCHANG) FICAM IMPEDIDOS DE CUMPRIR O SEU PAPEL, POSTO QUE O BAÇO
(PI) CONTROLA O QI NO TUBO GASTROINTESTINAL.

• CANSAÇO, LASSITUDE E DEBILIDADE DOS MEMBROS - O BAÇO (PI) É O RESPONSÁVEL POR FORNECER A
MATRIZ DO QI (GU QI) PARA O METABOLISMO DO QI NO TÓRAX, DANDO ORIGEM A TODO O QI DO
ORGANISMO. UMA VEZ QUE ESSA FUNÇÃO É PREJUDICADA, A NUTRIÇÃO FICARÁ PREJUDICADA,
ESPECIALMENTE DOS QUATRO MEMBROS, QUE NUMA BAIXA DE ENERGIA, SERÁ A REGIÃO MENOS
PRIORITÁRIA PARA O ABASTECIMENTO ADEQUADO (A PRIORIDADE É O TRONCO E A CABEÇA). O CANSAÇO
PODE SER PRINCIPALMENTE DE MANHÃ, POIS O ESTÔMAGO (WEI) TEM SEU PICO ENERGÉTICO ENTRE 7 E 9
HORAS, AUMENTANDO A DEFICIÊNCIA DO QI.

SE A DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO (PI), DER ORIGEM À UMIDADE, OS SINTOMAS SERÃO:


• SENSAÇÃO DE PLENITUDE NO TÓRAX E NO EPIGÁSTRICO - A UMIDADE GERADA PELO BAÇO (PI), DEVIDO A
NÃO TRANSFORMAÇÃO DO JIN YE, ACUMULARÁ NO ESTÔMAGO E ESÔFAGO, CAUSANDO A PLENITUDE.

• SENSAÇÃO DE PESO NA CABEÇA E/OU NOS MEMBROS, NÁUSEA E HEMATÔMAS FÁCEIS - A UMIDADE É
DIFÍCIL DE ELIMINAR. SUA TENDÊNCIA É DE ACUMULAR NOS MEMBROS, TORNANDO-OS PESADOS, MAS
TAMBÉM PODE ASCENDER PARA A CABEÇA, PROVOCANDO ATORDOAMENTO, PESO E ATÉ DOR DE CABEÇA.
A UMIDADE “TRANSBORDA” PARA O INTERSTÍCIO, GERANDO HEMATÔMAS AO MENOS SINAL DE PRESSÃO.
LÍNGUA - PÁLIDA OU DE COR NORMAL - SE HOUVER UMIDADE, AS LATERAIS SERÃO EDEMACIADAS E COM
MARCAS DE DENTES E AS VEZES COM RACHADURAS TRANSVERSAIS.
PULSO - VAZIO

ETIOLOGIA:
• O CONSUMO EXCESSIVO DE ALIMENTOS FRIOS E CRUS PODE IMPEDIR A FUNÇÃO DO BAÇO (PI) DE
TRANSFORMAR E TRANSPORTAR, GERANDO O QUADRO DE DEFICIÊNCIA. ALIMENTAR-SE EM PERÍODOS
IRREGULARES OU EM EXCESSO TAMBÉM PREJUDICA AS FUNÇÕES DE BAÇO (PI). ALIMENTAR-SE POUCO OU
TER UMA DIETA MUITO POBRE EM PROTEÍNAS NORMALMENTE GERA A DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO (PI).

• O EXCESSO DE PENSAMENTO E CONCENTRAÇÃO, ALIADOS A TENSÃO EMOCIONAL POR MUITO TEMPO


PODEM CAUSAR A DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO (PI), MUITO COMUM EM ESTUDANTES E EXECUTIVOS. ISSO
PIORA SE A PESSOA TRABALHAR COM ESSES ASPECTOS LOGO APÓS AS REFEÇÕES, E O QUE É PIOR,
COMER TRABALHANDO.

• UMA EXPOSIÇÃO PROLONGADA A FATORES CLIMÁTICOS COM CARACTERÍSTICAS DE UMIDADE, A LONGO


PRAZO, PODE INDUZIR À UMA DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO (PI).

TRATAMENTO:
TONIFICAR O QI DO BAÇO (PI). SE HOUVER UMIDADE OBSTRUTIVA, PRIMEIRO ELIMINAR A PLENITUDE PARA
DEPOIS TONICAR O QI DO BAÇO.
4
PARA DEFICIÊNCIA DO QI DO BAÇO (PI) SEM UMIDADE:

VC12 ALARME DE ESTÔMAGO E MESTRE DAS VÍSCERAS


E36 HO- MAR DE ESTÔMAGO
BP3 IU E FONTE DE BAÇO
BP6 COALESCENTE (BP – F – R)
B20 ASSENTIMENTO DE BP
B21 ASSENTIMENTO DE ESTÔMAGO

USAR MÉTODO DE TONIFICAÇÃO

SE HOUVER A PRESENÇA DE UMIDADE OBSTRUTIVA:


BP6 COALESCENTE (BP – F – R)
BP9 HO – MAR DE BAÇO
E8 COALESCENTE (E – VB E YANGWEIMAI)
B20 ASSENTIMENTO DE BP

USAR MÉTODO DE SEDAÇÃO,

PADRÕES DO RIM (SHEN)

DEFICIÊNCIA DO YIN DO RIM (SHEN)

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS:
• TONTURA, VERTIGEM, ZUMBIDO E MEMÓRIA FRACA PARA FATOS RECENTES - ESSA É UMA
CARACTERÍSTICA DA ESSÊNCIA (JING - QUE É DE NATUREZA YIN) DE RIM (SHEN), FALHANDO EM PRODUZIR
A *MEDULA, QUE SE TORNA INSUFICIENTE PARA NUTRIR O CÉREBRO (MAR DA MEDULA). A TONTURA É LEVE
E O ZUMBIDO É DE INÍCIO GRADUAL, COM RUÍDO SEMELHANTE AO SOM DE ÁGUA CORRENDO.

• GARGANTA E BOCA SECA A NOITE, SEDE COM DESEJO DE INGERIR ÁGUA EM PEQUENOS GOLES,
CONSTIPAÇÃO E URINA ESCASSA E ESCURA - SINTOMAS PROVOCADOS PELA ESCASSEZ DE FLUIDOS
CORPÓREOS (JIN YE), QUE CONDUZ À SECURA. ESSA SECURA É AGRAVADA A NOITE POR HAVER UM MAIOR
CONSUMO DE YIN NESTE PERÍODO.

• CALOR NOS 5 CENTROS (PALMA DAS MÃOS, SOLA DOS PÉS E REGIÃO DO TÓRAX), SUDORESE NOTURNA –
A DEFICIÊNCIA DE YIN DO RIM (SHEN) NORMALMENTE PROVOCA A ASCENSÃO DO CALOR VAZIO. DE DIA, O
YANG CIRCULA E NUTRE O QI DEFENSIVO (WEI QI) E DE NOITE, O YIN NUTRE O QI DEFENSIVO (WEI QI). POR
ISSO, A TRANSPIRAÇÃO DIURNA É DEVIDO A DEFICIÊNCIA DO YANG (QI) E A TRANSPIRAÇÃO NOTURNA É
DEVIDO A DEFICIÊNCIA DO YIN FALHANDO EM NUTRIR WEI QI, QUE DEIXA OS LÍQUIDOS “ESCAPAREM”.

• EJACULAÇÃO NOTURNA - COMO A ESSÊNCIA (JING - YIN) DE RIM (SHEN) É QUEM PRODUZ E CONTROLA O
ESPERMA, UMA DEFICIÊNCIA PODE OCASIONAR PERDA DE ESPERMA A NOITE, JÁ QUE NESTE PERÍODO O
YIN É MAIS REQUISITADO.

• LOMBALGIA E DOR NOS OSSOS - ESSES SINTOMAS ESTÃO LIGADOS À DEFICIÊNCIA DA ESSÊNCIA (JING -
YIN) DE RIM (SHEN), FALHANDO EM NUTRIR OS OSSOS.

LÍNGUA - VERMELHA, AUSÊNCIA DE SABURRA E RACHADURAS.


PULSO - FLUTUANTE-VAZIO E RÁPIDO.

ETIOLOGIA:
• EXCESSO DE TRABALHO DURANTE MUITOS ANOS.

• EXCESSO DE ATIVIDADE SEXUAL, ESPECIALMENTE DURANTE A ADOLESCÊNCIA, O QUE DEPAUPERA A


ESSÊNCIA (JING - YIN) DE RIM (SHEN).

• REDUÇÃO DO JIN YE APÓS DOENÇA CRÔNICA QUE GERE MUITO CALOR.

• UMA HEMORRAGIA SEVERA PODE CAUSAR DEFICIÊNCIA DE SANGUE (XUE) DE FÍGADO (GAN), QUE POR SUA
VEZ, PODE INDUZIR A UMA DEFICIÊNCIA DE YIN DO RIM (SHEN). O FÍGADO (GAN) E O RIM (SHEN), DIVIDEM A
MESMA RAIZ.

• CONSUMO EXCESSIVO OU INADEQUADO DE MEDICAMENTOS TÔNICOS PODE INDUZIR A EXCESSOS, QUE POR
SUA VEZ, DEPAUPERAM O YIN CORPÓREO.

TRATAMENTO:
NUTRIR O YIN DO RIM (SHEN). SE HOUVER, CONTER CALOR VAZIO.

OS PONTOS DEVEM SER ESCOLHIDOS DE ACORDO COM OS SINTOMAS:

VC4 COALESCENTE (VC – BP – F – R) E ALARME DE ID


R3 IU E FONTE DE RIM
R6 CONFLUENTE (YINQIAO)
R10 HO – MAR DE RIM
R9 COALESCENTE (R – YINWEI MAI)
BP6 COALESCENTE (BP – F – R)

USAR MÉTODO DE TONIFICAÇÃO.