Вы находитесь на странице: 1из 4

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA

Curso De Relações Internacionais

PROCESSOS DE INTEGRAÇÃO REGIONAL

Augusto W. Menezes Teixeira Jr.

CARGA HORÁRIA: 80 H.A.

EMENTA

Configuração Político-Econômica do século XX que favoreceu ao processo de


regionalização e integração. Globalização ou Mundialização Financeira e Econômica. O
papel dos Estados nacionais na criação desse novo regionalismo. As razões para a
coalizão política tanto doméstica quanto internacional a partir dos anos 80. Perda de
poder, limitação de soberania. Integração e Cooperação. Estabilidade Regional.
Mercados Comuns, Uniões Comerciais.

OBJETIVO

O objetivo geral do curso é discutir as principais teorias e abordagens sobre a integração


regional e as suas principais expressões nas relações internacionais.

N Data Assunto
1 10/08 Apresentação do programa, critérios de avaliação e atividades do semestre

UNIDADE TEMÁTICA 1

2 12/08 O Estado Westphaliano e os impactos dos processos de integração regional


(SEM TEXTO)

3 17/08 HERZ, Mônica; HOFFMAN, Andrea R. Integração Regional. In: Organizações


Internacionais: história e práticas. Rio de Janeiro, Ed. Elsevier. 2004.

4 19/08 Continuação

5 24/08 WIESENBRON, Marianne. Introdução: a aceleração dos processos de integração e


tratados de livre comércio desde 1989. In: Processos de integração regional e
cooperação intercontinental desde 1989. Marianne Wiesenbron e Richard Griffiths
(Org.), Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008. P.13-35.

6 26/08 Continuação

7 31/08 ALMEIDA, Paulo Roberto de. A integração econômica na Europa: etapas. In: O
Mercosul no contexto global. In: Mercosul: Fundamentos e Perspectivas, São Paulo,
LTr, 1998.

8 02/09 Pesquisa e Exercício em sala: A integração européia hoje


9 07/09 Feriado

10 09/09 LAFER, Celso. O contexto da vizinhança: o Brasil na América do Sul – sua


importância na construção da identidade internacional brasileira. In: A Identidade
Internacional do Brasil e a Política Externa Brasileira. 2ª ed. São Paulo:
Perspectiva, 2004.

( + 1 AULA DE REPOSIÇÃO, SEXTA-FEIRA)

11 14/09 CERVO, Amado Luiz. O Brasil e a Formação de Blocos. In: Inserção


Internacional: formação dos conceitos brasileiros. São Paulo: Saraiva, 2008.

12 16/09 Continuação

13 21/09 ALMEIDA, Paulo Roberto de. Estrutura institucional do Mercosul. In: O Mercosul
no contexto global. In: Mercosul: Fundamentos e Perspectivas, São Paulo, LTr,
1998.

Exercício: Estrutura Institucional do Mercosul Contemporânea

( + 1 AULA DE REPOSIÇÃO, SEXTA-FEIRA)

14 23/09 PEÑA, Félix. (2008), “ A Integração do Espaço Sul-Americano. A Unasul e o


Mercosul podem se complementar?”. Nueva Sociedad, edição especial em português.

( + 1 AULA DE REPOSIÇÃO, SEXTA-FEIRA)

15 28/09 1 SENESPRI

16 30/09 1 SENESPRI

17 05/10 Revisão

18 07/10 Avaliação da I UT

19 12/10 Debate: A Venezuela no Mercosul: crise do bloco?

20 14/10 Debate: O Conselho de Defesa Sul-Americano da Unasul


UNIDADE TEMÁTICA 2
21 19/10 MATTLI, Walter. A review of theoretical approaches to integration. In: The logic of
regional integration: Europe and Beyond. Cambridge, Cambridge University Press.
2003.

22 21/10 Continuação
23 26/10 HURRELL, Andrew. The Regional Dimension in International Relations Theory. In:
Global Politics of Regionalism: theory and practice. Farrell, Mary; Hettne, Bjorn and
Van Langen Luck (Orgs.). London: Pluto Press, 2005.

24 28/10 Continuação

25 02/11 Feriado

26 04/11 Exercício em sala: O desenvolvimento do mercosul a partir de distintas perspectivas


teóricas (elaboração em grupo)

27 09/11 Exercício em sala: apresentação estilo seminário do exercício anterior

28 11/11 Seminário 1: BRUNELLE, Dorval. Os Estados Unidos, seus satélites relutantes e a


questão da integração profunda das Américas. In: WIESENBRON, Marianne;
GRIFFITHS, Richard. Processos de Integração Regional e Cooperação
Intercontinental desde 1989. Porto Alegre: Ed. Ufrgs, 2008.

29 16/11 VI Seminário de Ciência Política e Relações Internacionais da UFPE

30 18/11 VI Seminário de Ciência Política e Relações Internacionais da UFPE

31 23/11 Seminário 2: RADTKE, Kurt W.. A visão chinesa para o regionalismo no sudeste
asiático e na Ásia central. In: WIESENBRON, Marianne; GRIFFITHS, Richard.
Processos de Integração Regional e Cooperação Intercontinental desde 1989.
Porto Alegre: Ed. Ufrgs, 2008

32 25/11 Seminário 3: LINDBERG, Lena. A evolução da integração na ASEAN:


aprofundamento e ampliação. In: WIESENBRON, Marianne; GRIFFITHS, Richard.
Processos de Integração Regional e Cooperação Intercontinental desde 1989.
Porto Alegre: Ed. Ufrgs, 2008.

33 30/11 Seminário 4: SIDDHARTHAN, N. S.. SAARC e a Comunidade Econômica Asiática:


problemas e perspectivas. In: WIESENBRON, Marianne; GRIFFITHS, Richard.
Processos de Integração Regional e Cooperação Intercontinental desde 1989.
Porto Alegre: Ed. Ufrgs, 2008. p. 213-225.

34 02/12 Seminário 5: ALVSTAM, Claes G.. APEC: espremida entre o multilateralismo e o


regionalismo. In: WIESENBRON, Marianne; GRIFFITHS, Richard. Processos de
Integração Regional e Cooperação Intercontinental desde 1989. Porto Alegre:
Ed. Ufrgs, 2008.

35 07/12 Debate

36 09/12 Entrega do Trabalho Final


37 14/12 Avaliação da disciplina

38 16/12 Prova Final

39 21/12 Inicio do Período destinado à digitação de notas da II Unidade e Exames Finais.

40 23/12 Final da disciplina

AVALIAÇÃO

- Prova escrita na I UT
- Seminário na II UT
- Entrega de Trabalho Final da disciplina
- Esta prevista a entrega de resenhas e exercícios em classe
- A participação em sala de aula fará parte da nota, corresponderá à avaliação das
leituras dos textos.