Вы находитесь на странице: 1из 44

Rede Massa / TV Cidade

A valorização da “cor local”


A valorização da “cor local”

Responsáveis

Projeto:
Acácio Costa e Simone Bork.

Coordenação:
Simone Bork

Texto:
Paulo Vítola

Revisão Geral:
Mariana Cesar Dalledone

Revisão Ortográfica:
Mariana Siqueira

Dados de Pesquisa:
Silvio Bueno

Projeto Gráfico:
Fabiano Carvalho
Joezer Pinheiro Xavier

02
03
* retrato paranaense
Respeito ao público regional como
estratégia de reposicionamento.

A
o assumir o controle das emissoras de televisão do Grupo

Paulo Pimentel, a Rede Massa encontrou uma das suas

unidades, a TV Cidade/Londrina, presa a um círculo vicioso:

1. Imagem negativa junto ao público telespectador;

2. Baixa audiência e

3. Faturamento em queda.

A Rede Massa conseguiu reverter esse quadro, graças à estratégia

desenhada por um decisivo plano de marketing, que soube interpretar e

atender, com exatidão, a preferência da população regional.

05
* lago Igapó
Eram muitos os problemas:
telespectadores e anunciantes fugiam da TV Cidade.

A
TV Cidade/Londrina é a emissora que leva a

programação do SBT a 54 municípios do norte

do Paraná, região que concentra quase 1 milhão e 400 mil

habitantes - um dos maiores, mais ricos e influentes mercados

do Estado.

TV Cidade
T.M. 54
População 1.389.645
I.P.C. 0,821
DTV 397.229

* T.M.: Total de municípios, IPC: Índice de potencial de consumo, DTV: Domicílios com
televisores.
TV Cidade
07
T.M. 54
População 1.389.645
I.P.C. 0,821
S
ediada em Londrina, a Rede Massa / TV Cidade busca

estabelecer uma identidade própria na programação

regional, um tom regional que a identifique com o seu público,

predominantemente classe C, - mercado popular - como parte

da meta de aproximar-se mais estreitamente desse público e

com ele melhor interagir.

N
esse processo é vital falar a linguagem regional, fato

que foi-se evidenciando gradual e decididamente, no

decorrer de todo o trabalho de reposicionamento desenvolvido

pelo marketing.

A
Rede Massa constatou que a TV Cidade não apenas

apresentava um share de audiência muito abaixo do

obtido pela líder regional, emissora da RPC, mas também vinha

perdendo terreno em relação às demais concorrentes.

A
nalisando os diversos indicadores e cruzando os seus

dados, ficou demonstrado que este fraco desempenho

não era um fenômeno pontual, mas uma tendência de queda

generalizada, persistente em qualquer horário da grade de

programação.

C
omparados aos índices de audiência das demais

afiliadas do SBT, os índices da Rede Massa / TV Cidade

08
estavam entre os mais baixos, mostrando que a situação dessa

afiliada era particular, não se devia a um fenômeno nacional de

rejeição ao SBT.

E
sse fraco desempenho desencadeava uma cascata de

resultados economicamente frustrantes, e comprometia

toda a estrutura comercial da empresa.

A
o mesmo tempo em que desestimulava a entrada

de patrocínios e inserções comerciais nos intervalos,

achatava a margem de lucro e a capacidade de reinvestimento

da empresa.

A
Rede Massa / TV Cidade apresentava um dos mais

baixos índices de audiência do SBT, no Paraná e no

Brasil, como se pode constatar:

E
m 2009 a média de audiência domiciliar, da abertura

ao encerramento, indicava magros 6,3 pontos, com

14.689 telespectadores/minuto. Esse desempenho, embora

desse à Rede Massa / TV Cidade a vice-liderança de audiência,

estava muito aquém das potencialidades do mercado e das

projeções ideais da Rede Massa.

09
25
Índice Domiciliar - Da abertura ao encerramento

20
19

15

10

6
5 4
5

0
Globo sbt Record Band

* Fonte: Ibope Londrina 1º semestre/2009 - Da abertura ao encerramento.

A
pós criteriosa análise dos vários fatores incidentes,

concluiu-se pela necessidade de uma intervenção

radical na grade de programação da emissora, um esforço

capaz de mudar o cenário de baixa audiência, antes que essa

tendência se consolidasse, tornando ainda mais árdua a sua

reversão.

O
s objetivos mais imediatos consistiam em elevar os

pilares de audiência da Rede Massa / TV Cidade,

inserir a emissora no mercado da comunicação televisiva como

vice-líder convincente, melhorar seu desempenho comercial,

010
elevando o faturamento a um patamar de lucratividade

operacional, atingindo finalmente um desempenho à altura do

padrão da empresa Rede Massa.

E
ncarando esse desafio a Rede Massa / TV Cidade

adotou diversificadas ferramentas de marketing que,

em conjunto, transformaram uma empresa de desempenho

fraco num absoluto sucesso de audiência e, por consequência,

num total e esperado sucesso comercial.

011
* fachada Rede Massa / TV Cidade
A solução feita por quem vive
e entende Londrina e região.
1. Precisão de diagnóstico

R
eformular, urgentemente e com precisão, era a

palavra de ordem. Pois, se a meta era a conquista

da preferência e da fidelidade do telespectador, descartava-

se a ideia de testar a grade de programação com diferentes

possibilidades aleatórias, às expensas da paciência do público.

P
ara saber exatamente onde, por quê e como interferir,

o primeiro movimento da Rede Massa / TV Cidade

foi encomendar pesquisas de mercado que orientassem, de

modo inequívoco, todo o processo de mudança.

2. Os sintomas

A
nálise criteriosa dos dados comparativos demonstrou

que parte do problema estava exatamente na

programação local, produzida pela própria TV Cidade e veiculada

na faixa de horário entre 11 e 14h.

013
U
ma das constatações mais críticas foi que a baixa

audiência dessa faixa horária acabava por contaminar

a média de audiência geral na programação do SBT, transmitida

pela TV Cidade.

A
o mesmo tempo, sua programação local era pouco

reconhecida e, mesmo os telespectadores que

costumavam acompanhá-la nesse horário, não viam a Rede

Massa / TV Cidade como opção de qualidade, credibilidade, boa

informação e prestação de serviço.

E
mbora claro esse sintoma, a empresa percebeu a

necessidade de conhecer mais detalhadamente os

anseios da audiência para, em face dessa informação, corrigir e

pautar sua grade de programas.

3. O público quer se ver na TV

A
s consultas de marketing deixaram claro que, para

obter sucesso em Londrina e região era necessário

investir com vontade na programação local.

E
ssa valorização do produto regional foi confirmada

em diversos levantamentos, entre os quais o Estudo

Ímpar de Mídia, que apresentou os seguintes números:

014
- 64,6% da população londrinense que assiste a
TV aberta prefere programas de produção local;

- O público de Londrina e cidades sob sua influência


dão preferência a programas que valorizem seus modos
e costumes, a partir dos quais a comunidade discute os
fatos cotidianos, busca soluções e participa dos problemas
regionais.

A
s consultas de marketing deixaram claro também

que os programas de produção local da Rede Massa /

TV Cidade, exibidos no horário das 11 às 14h, estavam longe de

satisfazer essas exigências do público. Era necessário modificar

drasticamente os moldes de produção.

4. Na descendente

T
omemos como exemplo o Programa “Tribuna da Massa”,

que ia ao ar na mencionada faixa horária. Segundo

o Ibope do primeiro semestre de 2009, o programa alcançava

apenas seis pontos de audiência domiciliar, com média de 13.600

espectadores/minuto. Nada mudaria esses números, senão

uma remodelação total.

O
programa, produzido pela Rede Massa / TV Cidade, obtinha

índice médio três vezes menor que o seu concorrente

Tempo Quente, exibido no mesmo horário pela TV Tarobá, que atingia

015
17,6 pontos e 34.600 telespectadores, em média.

E
ssa tendência de declínio não era um fenômeno

recente, iniciou-se por volta de 2000 e acentuou-se a

partir de 2005, ano em que a concorrência, mais notadamente

a filiada da Band - TV Tarobá, consolidava sua primazia no

mercado com conteúdos nitidamente regionais.

A
inda maior era a distância da TV Cidade para a RPC,

repetidora regional da Rede Globo, que liderava o

horário com o telejornal Paraná TV Primeira Edição, detentor

de 20,7 pontos de audiência domiciliar e média de 45.480

telespectadores/minuto.

25
Audiência 2009 - Índice Domiciliar
21
20
18

15

10

6
5
5

0
Tribuna da Massa - Paraná TV 1ª ed - Tempo Quente - Balanço Geral -
SBT Globo Band Record

* Fonte: Ibope Londrina 1º semestre/2009 - Programa “Tribuna da Massa” x


concorrentes.

016
O
utras produções domésticas foram então analisadas,

entre elas a inclusão na grade de um programa

esportivo, o “Show de Bola”, e a reformulação do programa

de variedades dirigido ao público feminino, o “Destaque”.

N
o programa “Destaque” não havia problema

com a figura da apresentadora, que era muito

bem recebida pelo público regional, mas havia uma fraca

aceitação em relação ao conteúdo, que pouco atraía o

público, e sua forma de apresentação. De novo, era

preciso investigar o ingrediente que faltava à receita.

5. Por onde começar a mudança

C
omo revelaram os números, as exigências do

telespectador de Londrina e região não se restringiam

à escolha dos temas, ao texto, à produção, a detalhes cenográficos

ou à qualidade de som e imagem. Havia mais a se observar.

S
egundo os indicadores, numa ampla perspectiva

mercadológica realizada pelo instituto Paraná

Pesquisa, revelou-se que para o público de Londrina e região,

o valor mais importante numa produção era a personalidade do

apresentador do programa.

017
A
questão estava na linguagem do apresentador, na sua

postura, na forma de o mesmo se colocar diante dos

acontecimentos comentados, enfim, no grau, de credibilidade

envolvida nessa apresentação.

O
norte do Paraná é uma região estratégica, comercial

e culturalmente importantíssima, portanto a Rede

Massa / TV Cidade não podia marcar passo no erro, postergando

a solução do caso.

S
e a baixa audiência e o baixo faturamento eram o

problema e a total reestruturação da produção local

era a solução, esta pedia definitividade e rapidez na ação.

A
partir do diagnóstico obtido em 2010, a Rede Massa

/ TV Cidade colocou em prática uma série de ações.

Entre as providências necessárias, o marketing identificou como

de maior prioridade a reformulação da linguagem dos programas

locais.

E
ra preciso buscar uma linguagem que fosse

popular, genuína, porém, distante de exagero e

sensacionalismo na apresentação de assuntos envolvendo,

por exemplo, a miséria e a violência. O público não queria a

extenuação de sua capacidade de se sensibilizar.

018
Além disso, reafirmaram-se duas prioridades:

N
ecessidade de um novo approach, que revelasse, em

todos os programas de produção doméstica, modos e

intenções nitidamente regionais.

U
rgência na revisão dos apresentadores de tais

programas.

O
Programa “Tribuna da Massa” pedia um apresentador

com maior índice de empatia e mais credibilidade

jornalística.

P
ara o novo programa esportivo “Show de Bola” seria

necessário apresentadores mais atentos ao tipo de

informação esperado pelo público da região, principalmente

em relação ao futebol, uma vez que a região é inegavelmente

influenciada pelo futebol paulista.

O
programa de variedades “Destaque”, ancorado por

uma apresentadora fortemente relacionada com o

público feminino regional, estava perfeito nesse quesito, mas

precisava de uma repaginação que favorecesse o tom regional.

H
avia ainda a necessidade de incrementar os investimentos na

divulgação desses e demais programas locais, promovendo

019
a sensibilização do público para as mudanças efetuadas.

E
nfim, para fechar o pacote de medidas transformadoras,

era preciso desenvolver um contato mais interativo

com a comunidade, com os anunciantes, com o mercado

publicitário.

6. Primeiras providências

C
onhecer, compreender e respeitar a opinião do

telespectador, claramente expressa na pesquisa, foi

apenas o começo.

A
Rede Massa / TV Cidade passou então para o seu

plano de reversão do quadro negativo audiência/

faturamento, através da reformulação de seus programas

locais, com a meta de tornar a emissora a vice-líder absoluta

no mercado norte-paranaense.

7. Mão na massa


Tribuna da Massa”, o primeiro programa local a ser

reformulado, teve a linguagem adaptada ao gosto

local, o cenário totalmente redesenhado e recebeu um exclusivo

020
e bem cuidado pacote gráfico.

P
ara satisfazer a exigência mais premente foi

contratado o apresentador Carlos Camargo,

jornalista reconhecido e prestigiado pelo público, cujo perfil se

ajustava perfeitamente ao procurado.

A
lém do novo apresentador, que estreou frente ao

programa no dia 07 de junho de 2010, houve também

uma reformulação geral da equipe de produção, com ajustes e

adequação da linguagem, abordagem e narrativas que deram um

novo enfoque às notícias, permitindo um produto final de mais

qualidade.

D
essa forma, o Programa “Tribuna da Massa”

voltou-se para o jornalismo comunitário,

focalizando as necessidades dos bairros, a atuação

policial na região, fatos diários de interesse do

cidadão, desempenho dos órgãos públicos em face das

preocupações da comunidade com saúde, educação,

lazer, segurança, consumo, emprego, entre outros.

O
programa passou a funcionar como um fórum

popular durante o horário de almoço, quando o

público estava mais reunido, daí o seu enorme sucesso.

021
8. Show de acertos

C
ontinuando a reformulação dessa faixa horária das

11h às 14h com o preenchimento das expectativas do

público, a Rede Massa / TV Cidade estreou, o “Show de Bola”,

programa cuja concepção veio surfando a onda do interesse

despertado pela Copa do Mundo de Futebol da África do Sul e

na efervecência de várias modalidades locais.

P
rovado que o londrinense valoriza em primeiro

lugar a credibilidade dos apresentadores e logo a

seguir a relevância do conteúdo para o seu gosto específico,

foram contratados para o “Show de Bola” os três melhores

comentaristas de futebol da cidade: Gelson Negrão, Fiori Luiz

e Márcio Alcântara - fiéis ao posicionamento proposto:

“Quem conhece o esporte por dentro”.

D
edicando sua experiência e talento à nova empreitada,

os três novos contratados conseguiram realizar um

programa ágil e movimentado, apresentando notícias diárias

de interesse geral sobre o futebol, a completa cobertura do

Campeonato Brasileiro, não se afastando, também, do dia a dia

dos eventos esportivos locais.

022
O
programa trouxe ainda, como característica

definida e muito acertada, o esporte tratado

por quem vive em Londrina e região.

É
preciso ressaltar que essa região, abrangida pela

Rede Massa / TV Cidade, sofre grande influência

do Estado de São Paulo, de quem fica muito próxima, o que

forçosamente puxa, para qualquer programação desse gênero,

um viés bastante expressivo do futebol paulista, característica

não evidenciada em outras regiões do Paraná.

T
odos esses detalhes aferidos e atendidos tornaram

possível ao programa Show de  Bola, que estreou em

maio de 2010 alcançar, já no Ibope do mês de agosto/2010, a

respeitável pontuação de 5,7 na audiência domiciliar de segunda

a sexta, e 10,1 pontos de média aos sábados.

E
sse bom resultado para o pouco tempo de veiculação do

novo programa provou, uma vez mais, bem sucedido

o esforço empregado para alavancar os níveis de audiência da

TV Cidade.

023
A solução feita por quem vive
e entende Londrina e região.
* Cloara Pinheiro * Fiori Luiz * Gelson Negrão * Márcio Alcântara * Carlos Camargo

024
025
9. Receita para o sucesso: se quer falar com o mercado
popular, fale com as mulheres.

M
as nessa ação de reposicionamento da emissora

havia ainda que se consolidar a conquista do público

feminino. Assim sendo, este foi o próximo alvo de igualmente

forte ação de marketing da Rede Massa / TV Cidade.


Destaque”, programa de variedades direcionado a

mulheres, na sua maior parte donas de casa da classe

C, foi redesenhado para se constituir num verdadeiro canal

de comunicação da comunidade feminina. Isso foi conseguido

desenvolvendo-se o conceito “um programa de dicas de

saúde, atualidades, moda, economia doméstica, beleza e

culinária, mais tudo o que acontece na cidade”.

A
adequação de seu conteúdo com uma característica

sócio-interativa mais acentuada transformou o programa

num ponto de encontro da audiência feminina, angariando a

atenção não só para as atividades práticas apresentadas como

atrações diárias, mas também para uma maior interação da

comunidade, priorizando interesses regionais, e promovendo o

intercâmbio de opiniões.

026
O
comando do programa continuou com a apresentadora

Cloara Pinheiro que, segundo as pesquisas realizadas,

apresentava a liderança necessária e satisfatória para atender

às exigências do público.

A
ssim, o que podia ter-se mantido como mais um programa

de receitas culinárias, tornou-se a receita para outro

grande sucesso de audiência, superando todas as expectativas.

Perfil do programa - Destaque

Classe C 25 e + anos

79%

57%
50%

32%

2008 2010

* Fonte: Ibope Londrina 2008 e 2010 - Programa Destaque.

027
10. Divulgação eficiente e criativa

P
ara transformar esta série de mudanças em efetivos e

duradouros ganhos de audiência para a Rede Massa /

TV Cidade, foi desenhada uma grande campanha de propaganda

em Londrina e região.

I
ntegrado aos demais esforços, o departamento de

marketing realizou notável mobilização de divulgação

das mudanças, de modo a torná-las imediatamente perceptíveis

aos telespectadores e aos anunciantes.

028
029
11. Na telinha, na rua, na vida, a TV Cidade - sempre
presente

A
o reformular sua programação local, a Rede Massa

/ TV Cidade aproveitou o grande impulso criativo

para acelerar e firmar o seu reposicionamento no mercado da

comunicação no norte do Paraná, desafio da empresa para o ano

de 2010.

D
esde então, como forma de dar maior visibilidade à

emissora e aumentar sua representatividade junto ao

público telespectador, ao mercado e à comunidade em geral, a

Rede Massa / TV Cidade leva adiante um forte projeto de ações

e eventos institucionais de reconhecida relevância.

O
projeto Londrina Competitiva, gerido pela ONG

Movimento Brasil Competitivo. Esse projeto é

presidido pelo empresário Jorge Gerdau Johannpeter,

conhecido patrocinador do movimento da sociedade civil, pela

recuperação da capacidade administrativa de Estados e Municípios

em parceria com o Instituto Nacional para o Desenvolvimento

Gerencial, o INDG.

O
Projeto Boa Notícia, com a veiculação de boletins

curtos que valorizam e divulgam empreendimentos

030
importantes para a cidade e ações meritórias realizadas pela

comunidade.

H
ouve também a liderança e mobilização de toda

a comunidade com a criação do Projeto Nova

Sergipe, para revitalização do mais antigo e tradicional polo

comercial de Londrina e região. A ação mobilizou e sensibilizou

a Associação Comerical e Industrial de Londrina, a ACIL, o

Sindicato do Comércio Varejista de Londrina, o SINCOVAL, a

Associaçãos dos Profissionais de Propaganda, a APP e outras 20

entidades comunitárias de reconhecida representatividade.

031
* retrato paranaense
Os resultados aparecem
Rede Massa / TV Cidade.

A
s metas estabelecidas pela Rede Massa para o

reposicionamento da TV Cidade foram atingidas

e ultrapassadas, graças a um conjunto de fatores que

começou com a leitura correta da dinâmica do mercado

regional de televisão aberta, a partir de dados, análises,

pesquisas, levantamentos, testes e bom aproveitamento

da experiência de seus profissionais.

N
esse processo foi de extrema importância a flexibilidade

e rápida capacidade de reação, que permitiram uma

transição suave e perceptível para uma nova linguagem, mais

adequada às exigências do público telespectador e uma maior

sintonia com as comunidades envolvidas.

E
ssa eficiente performance permitiu à Rede Massa /

TV Cidade colher rapidamente os bons e esperados

resultados.

E
xemplo claro desse fato é que no primeiro mês após as

mudanças, o volume de faturamento da programação

033
já apresentava crescimento expressivo. Na continuação, o

processo trouxe ainda mais resultados altamente satisfatórios,

tais como:

1. O faturamento de setembro de 2010, maior que


o de janeiro a maio do mesmo ano, foi de expressivos
547%.

2. Comparando os faturamentos de junho a setembro


de 2010, com o mesmo período de 2009, o faturamento
cresceu admiravelmente em 352%.

3. A média de anunciantes do programa “Tribuna


da Massa”, que de janeiro a maio de 2010 era em
número médio de 8, saltou para o animador número
de 28 em setembro, REPRESENTANDO 250% DE
CRESCIMENTO.

Crescimento do número de anunciantes + 250%


N° de anunciantes

28

jan/mai 2010 set/10

* Fonte: Rede Massa

034
D
ois meses após a reformulação da programação local

da Rede Massa / TV Cidade, pesquisas registraram

um sensível fortalecimento da emissora no cenário de audiência

na região.

O
Ibope do segundo semestre de 2010, relativo ao

período entre 7 e 13 de agosto, mostrou que,

apesar do pouco tempo no ar, a faixa de programação local,

especialmente o programa “Tribuna da Massa”, havia alcançado

16 pontos de audiência e média de 36.370 telespectadores/

minuto.

Audiência 2010 - Índice Domiciliar


Tribuna da Massa - SBT Paraná TV 1ª ed - Globo
Tempo Quente - Band Balanço Geral - Record

21
18
16 16

6 7
5
3

2009 2010

* Fonte: Ibope Londrina 2º semestre de 2010 - Programa “Tribuna da Massa” x


concorrentes.

035
A
Rede Massa / TV Cidade apresentou crescimento

SUPERIOR A 150% de audiência em apenas 60

dias. Sendo a única emissora a apresentar tal performance.

S
imultaneamente, a Globo, emissora líder, perdeu 22%

de audiência neste horário e teve a sua liderança

absoluta ameaçada pela Rede Massa / TV Cidade, atingindo os

mesmos 16 pontos com o programa Paraná TV Primeira Edição.

I
sso significa que a Rede Massa conseguiu empatar

com a Globo no segundo horário mais disputado

do dia: a hora do almoço.

A
Band/Tarobá apresentou queda de 60% e caiu para

7 pontos e 13 mil telespectadores na mesma faixa

horária.

C
om a Record não foi diferente: ela também caiu 35%

e o seu índice bateu nos 3 pontos de audiência, com

8 mil telespectadores.

I
mportante notar que, tão entusiasmante e compensador

quanto obter-se o sucesso popular e comercial é

saber que ele ocorreu a partir de um bem estruturado plano

estratégico.

036
Audiência 2009x2010 - Índice Domiciliar

200% Tribuna da
Massa - SBT
151%
150%

100%

50%

0%

Paraná TV 1ª
-50% ed - Globo Balanço Geral
-22% Tempo - Record
Quente - Band -35%
-100%
-60%

* Fonte: Ibope Londrina 1º semestre de 2009 e 1º semestre de 2010 - Programa


“Tribuna da Massa” x concorrentes.

N
esse contexto, um detalhe merece ser especialmente

apontado: a percepção dos telespectadores em

relação à programação mudou exatamente de acordo com a

estratégia estabelecida.

P
esquisas confirmam que os programas estão sendo

satisfatoriamente vistos como mais humanos, dignos

de credibilidade e apontados como principal fonte de informação

da população local, notadamente da classe C, público visado

desde o início.

037
Precisão de movimentos para resultados exatos:
o bom resultado local potencializando o nacional.

C
omo previsto em seu planejamento, o elenco de

ações adotadas pela Rede Massa / TV Cidade

contribuiu diretamente para elevar a média geral de audiência

da programação da emissora.

E
m 2009, a Rede Massa / TV Cidade alcançava, da

abertura ao encerramento, a média de 6,3 pontos

de audiência domiciliar, com 14.680 telespectadores. Já na

pesquisa Ibope do segundo semestre de 2010, na mesma faixa

horária, a emissora atingia 9,1 pontos de audiência domiciliar e

21.750 telespectadores.

U
m salto de 44,4% na audiência em apenas dois

meses e um aumento no faturamento médio

mensal de 45% em relação a 2009.

Audiência 2009/2010 - Índice Domiciliar + 44%


Da abertura ao encerramento.
10,0 9,1
8,0 6,3
6,0
4,0
2,0
0,0
2009 2010

* Fonte: Ibope Londrina 1º semestre de 2009 e 1º semestre de 2010 - Da abertura ao


encerramento.
039
* acervo digital
Resumindo
Rede Massa / TV Cidade.

C
onforme demonstram todos os indicadores, a Rede Massa

/ TV Cidade conseguiu, em poucos meses, por meio de

uma eficiente reestruturação, dirigida por uma acertada estratégia

de enfrentamento, inverter a curva descendente negativa que vinha

desenhando-se teimosamente desde o final da década de 1990 na

Rede Massa / TV Cidade.

C
om isso, conquistou uma posição importante no

mercado regional de Londrina, multiplicando seu

faturamento e se qualificando definitivamente como uma

empresa de resultados, forte e competitiva, preparada para, a

partir deste novo cenário, projetar novas e cada vez maiores

e mais acertadas conquistas - verdadeiramente comprometida

com a comunidade de atuação.

041
240
043