You are on page 1of 4

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ

ASSEMBLEIA GERAL

Acta nº 7/2010

Aos 27 de Novembro de 2010, pelas 19h00, reuniram-se os delegados


nomeados e eleitos à Assembleia Geral (AG) da Federação Portuguesa de
Xadrez (FPX) no auditório da Junta de Freguesia de Verderena, sito na
Avenida da Liberdade, 19, Barreiro, com a seguinte

Ordem de Trabalhos:
Ponto 1 – Apreciação e deliberação sobre o “Regulamento de
Filiações e Inscrições”, aprovado em reunião de Direcção
em 14 de Outubro de 2010.
Ponto 2 – Apreciação e deliberação sobre o “Regulamento Regras de
Filiação e Inscrição para a época 2010/11”, também com
data de 14 de Outubro de 2010.

A reunião iniciou-se pelas 19h com a presença dos mesmos delegados da


reunião anterior:

Amadeu Solha Santos Clubes A


Ariana Pintor Praticantes B
Francisco Castro AX Aveiro
Harry Martins AX Setúbal
Joaquim Brandão Pinho Árbitros
José Palma Fernandes Clubes A
Ludovina Barbosa AX Beja
Luís Maninha Clubes B
Manuel Pintor Clubes B
Mário Marques Clubes B
Paulo Afonso Clubes A
Rogério Oliveira Clubes B
Rui Teives Henriques Clubes B
Vitor Carlos Mira Clubes B
Vitor Guerra Clubes A

Nesta sessão da AG não esteve presente o Presidente nem nenhum


membro da Direcção da FPX.

A Mesa teve a mesma constituição da sessão anterior: delegados Manuel


Pintor (presidente), Rogério Oliveira (vice-presidente) e José Palma
Fernandes (secretário).

Pediu a palavra o delegado Mário Marques, que começou por dizer que o
regulamento das filiações e inscrições tinha sido aprovado pela Direcção
sem trazer à AG o valor das quotizações, para apreciação e eventual

1
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ

ASSEMBLEIA GERAL

Acta nº 7/2010

aprovação pela AG. Independentemente de um juízo sobre os valores das


quotas de filiação, a Direcção da FPX não respeitou uma competência
exclusiva da AG, exarada no artigo 21º, alínea i), e não mostrou
disponibilidade ou vontade de corrigir essa falha. Mas o próprio regulamento
e as respectivas regras têm disposições controversas ou pouco adequadas,
e passou a citar algumas delas, socorrendo-se de um documento elaborado
por si e pelos delegados Rogério Oliveira e José Palma Fernandes.

Seguiu-se um debate sobre o regulamento das filiações e as


correspondentes regras. Para além das disposições que foram alvo de
críticas, ficou patente que a questão de fundo subjacente era a Direcção da
FPX não ter respeitado a disposição dos estatutos acima referida. Nesse
sentido pronunciou-se a delegada Ariana Pintor, afirmando que as taxas
aprovadas pela Direcção não estão em vigor, o que foi corroborado pelo
delegado Solha Santos, que afirmou que o regulamento como um todo está
em vigor, excepto as taxas.
Foi então apresentada à Mesa pelos delegados Mário Marques e Joaquim
Brandão de Pinho uma primeira proposta, e, como complemento desta, uma
segunda proposta, apresentada pelo delegado Mário Marques (as propostas
figuram em anexo à acta). Postas à votação, a primeira foi aprovada por 14
votos a favor, 1 abstenção e 0 votos contra e a segunda por unanimidade (15
votos a favor).
E nada mais havendo a tratar, foi dada por encerrada já passava das 20h
esta reunião da AG, de que se lavrou a presente Acta, que vai ser assinada
pelos membros da Mesa.

Barreiro, 27 de Novembro de 2010

_____________________________________
Manuel Abranches Pintor
Presidente da Mesa da Assembleia-Geral

____________________________________
Rogério Augusto Gomes Oliveira
Vice-Presidente da Mesa da Assembleia-Geral

_____________________________________
José Palma Fernandes
Secretário da Mesa da Assembleia-Geral

2
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ

ASSEMBLEIA GERAL

Acta nº 7/2010

PROPOSTA

Considerando que:
a) em 14-10-2010 a Direcção da FPX publicou o Regulamento de Filiações e
Inscrições e o Regulamento Regras de Filiação e Inscrição para a época
2010/2011, e neste último se encontram estabelecidas as taxas de filiação;
b) os Estatutos da FPX, na alínea i do nº 1 do artigo 21º, estabelecem como
competência exclusiva da Assembleia Geral a aprovação das propostas da
Direcção relativas ao valor das quotizações;
c) com a publicação atrás referida a Direcção da FPX desrespeitou os
Estatutos e a competência exclusiva da AG, referida na alínea anterior.

Propõe-se:
1) que a Assembleia Geral de delegados da FPX, reunida em AG
extraordinária em 27-11-2010, com base nas competências atribuídas
pelo nº 2 do artigo 21º dos Estatutos da FPX delibere a cessação de
vigência dos Regulamentos acima referidos;
2) que se recomende à Direcção que, de futuro, aja em conformidade com
os Estatutos, respeitando as competências específicas atribuídas aos
vários órgãos que compõem a FPX, nomeadamente as que se
encontram atribuídas à Assembleia Geral.

Obs: Esta proposta foi apresentada pelos delegados Mário Marques e Joaquim
Brandão de Pinho, e foi aprovada por 14 votos a favor, 1 abstenção e 0 votos
contra.

3
FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE XADREZ

ASSEMBLEIA GERAL

Acta nº 7/2010

PROPOSTA

A AG entende que as taxas de quotizações publicadas no Regulamento Regras


de Filiação e Inscrição para a época 2010/2011, aprovadas pela Direcção em
14/10, são nulas por não terem sido submetidas à AG, como é da sua exclusiva
competência (artigo 21º, nº 1, alínea i dos Estatutos da FPX) .
Solicita também ao Conselho de Justiça que se pronuncie formalmente sobre
esta questão.

Obs: Esta proposta foi apresentada pelo delegado Mário Marques e foi
aprovada por 15 votos a favor, 0 abstenções e 0 votos contra.

Related Interests