Вы находитесь на странице: 1из 7

Simao Pedro Morais Baptista 16 anos, nasci em Tras-Os-Montes, Bragança em

Março dia 15 em 1994, o meu pai chama-se Fernando Branco Baptista 47 anos,
nasceu em Vila Mea terra onde nasceu tambem a minha avo paterna, a minha
mae chama-se Carolina Emilia Morais Baptista 46 anos, nasceu em Soutelo
Mourisco uma aldeia pequena que pertence a Macedo de Cavaleiros. Tenho dois
irmaos mais velhos, Carlos Tiago Morais Baptista 24 anos, natural de Bragança, e
professor de Espanhol e Ingles, licenciado em Linguas e Relaçoes Internacionais,
outro irmao chama-se Daniel Alexandre Morais Baptista 20 anos, nasceu em
Bragança tambem.
Sou estudante na escola Secundaria Emidio Garcia, escola que ambos os meus
irmaos frequentaram, estou a fazer um curso profissional de Tecnico de Design
Grafico,1º ano de escolariedade foi feio na escola da Mae D´Agua, o 2º, 3º e 4º
ano frequentei a escola do Toural, do 5º ao 9º ano andei na escola E.B 1,2,3
Augusto Moreno.
Sou Tapona de alcunha, nao sabendo o porque da alcunha, herdei-a dos meus
irmaos, quando o meu irmao mais velho Tiago foi para o Liceu começaram-lhe a
chamar Tapona e assim ficou a sua alcunha, quando o meu irmao Daniel foi
estudar para a mesma começou a ser chamado de Tapona, alcunha da qual
herdou do meu irmao mais velho, agora que eu estudo no Liceu herdei essa
alcunha pela qual amigos dos meus irmaos e alguns amigos meus ja me tratam.
O Tiago sempre foi mais estudioso que eu e que o Daniel destacando-se sempre
nas turmas em que teve por isso agora e professor, profissao que nunca admirei
muito, o Daniel era mais baldas, so completou o 9º ano e começou a trabalhar
com os meus pais, agora e ele o dono de parte da empresa dos meus pais, sempre
me admirei com o meu irmao Daniel, pois so concluiu o 9º ano e ja esta melhor
na vida que o meu irmao Tiago que e licenciado que so da aulas fora de Bragança,
mas acredito nas capacidades dele e espero que um dia seja efectivo numa escola
de Bragança para estar mais perto da familia, pois andamos sempre as turras mas
isso e normal dos irmaos.
Os meus pais antes de se casarem, mas ja namoravam, estiveram na Suiça a
trabalhar durante tres anos e meio em hotelaria, no cantao Italiano mais
precisamente em Silvaplane-Sao Mauritz, vindo para Portugal quando a minha
mae estava gravida do meu irmao Tiago, porque queriam que nasce-se em
Portugal, refazendo a vida ca. Casaram-se em 24 de Janeiro de 1986 sendo o meu
irmao mais velho ja nascido, e em 1989 nasceu o Daniel no mes de Novembro no
dia 15.
O Tiago sempre quiz ser Bombeiro e o meu pai ate lhe comprou um carrinho de
bombeiro, mas daqueles a pedais, quando num triste dia teve um acidente na
casa da minha avo, quando pensava que ia apagar um fogo esbarrou-se contra o
chao de cimento onde se feriu na testa ficando com uma cicatriz ate hoje, nunca
mais quiz ser bombeiro, escolhendo ser entao jornalista, que tambem nao teve
muito resultado porque foi para Viseu para tirar o curso de Comunicaçao socialm
e no final do ano voltou para Bragança porque nao aguentava estar fora tanto
tempo, pois tambem era novo e tinha saudades da familia.
O meu sonho sempre foi ser guitarrista, pois sempre gostei de guitarras e de bons
solos de guitarra de John Mayer, Eric Clapton, Kirk Hammet, BB King, Stevie
Ray Vaughn, Jimi Hendrix e entre outros, e decidi aprender a tocar guitarra.
Entao eu tinha medo de pedir ao meu pai para me inscrever numa escola de
musica, nao sei o porque desse medo ja que o meu pai foi sempre compreensivo e
me apoiou no que eu gostava, mas um dia em que regressava-mos a Bragança
depois de uma viagem pela frente decidi falar ao meu pai sobre o meu interesse
em aprender a tocar guitarra e ele logo me disse que tinha um amigo que dava
aulas de guitarra e que se eu quize-se mesmo aprender que me inscrevia nessa
escola do amigo dele, entao um dia foi-me inscrever na escola e eu queria
começar logo mas so podia para a seguinte semana, entao esperei mas valeu a
pena essa espera porque nao me desiludi nem um bocado ao aprender a tocar,
havia partes teoricas que eram ditas mais secantes mas eu ate que gostava, tive
aulas durante um ano e depois sai da escola porque eu achava que tinha de
aprender mais mas aquele professor dava mais atençao aos garotos de nove e dez
anos do que ja aos de catorze, que foi a idade em que eu fui aprender a tocar. Eu
tinha uma guitarra semi-acustica mas o que eu queria mesmo era uma eletrica
como a do John Mayer, entao passado algum tempo o meu pai acabou por me
comprar a tal guitarra e ate agora e das coisas que eu mais estimo.
Outra das minhas fantasias sao os carros, sempre gostei de carros velozes, e
bonitos, e gosto de apreciar um carro como quem aprecia um quadro de Van
Gogh.
Tambem gosto de motas, nao tanto como carros mas tambem gosto, e a pouco
tempo o meu irmao Daniel comprou uma moto quatro, andava muito e era muito
bonita, mas uma vez em que eu lhe fui abrir o portao da garagem para ele a
estacionar fui com ele ate a nossa garagem na mota e a meio do caminho a mota
ficou sem travoes e batemos com a mota contra a parede da garagem, o meu
irmao foi projectado contra a parede e bateu com a cabeça nela, e eu so cai no
chao, foi tao rapido que nao me aprecebi de nada, quando me levantei, zonzo,
olhei para o meu irmao que estava no chao todo torto e estava desmaiado,
quando acordou sentou-se nas escadas ao pe do elevador e passado algum tempo
ele sentiu-se melhor e fomos arrumar a mota, o meu irmao chega a casa e vai-se
deitar no sofa da sala enquanto eu vou desinfectar as feridas que tinha e depois
fui para o quarto a pensar no que dizer aos meus pais. A noite o meu irmao vai
tomar cafe e sente-se mal e vai para o Hospital e eu em casa na cama a espera
dele, nao sai da cama para nao dizer nada aos meus pais e para que eles nao
notassem, mas a uma da manha o meu irmao telefona a minha mae a dizer que
estava internado, entao a minha mae foi ate ao Hospital e eu quiz ir com ela para
ver se o meu irmao estava bem, entao disse-lhe tudo a minha mae pelo caminho e
quando chegou ao Hospital o meu irmao disse-lhe que tinha sido a jogar a bola
mas a minha mae ja sabia de tudo entao zangou-se conosco por nao lhe termos
dito nada, mas aquilo no momento foi tao assustador que nao queria que os meus
pais soubessem, agora da para rir mas no momento tinha mais nervos que risos e
depois o meu irmao acabou por vender a mota.
Ainda tenho muitos sonhos como viajar pelo mundo inteiro, ser guitarrista
profissional, ter bons carros, ter muitas guitarras e muitos mais e espero que
alguns se concretizem.
Sou uma pessoa positiva, tranquila e ansiosa por isso espero que estes sonhos se
realizem o mais rapido possivel.