Вы находитесь на странице: 1из 2

DECLARAÇÃO DE ESCOPO

Título do Projeto:

SOLUÇÕES PARA REDUÇÃO DE PERDAS DE ARGAMASSA NAS OBRAS.

1. Objetivos do projeto
1.1 - Apresentar soluções práticas que possam reduzir as perdas de argamassa nos processos
produtivos nas obras de construção civil;
1.2 - Promover a conscientização dos envolvidos no processo para a importância da redução de
perdas de materiais na construção civil;
1.3 – Reduzir os custos das obras através da redução do consumo de material;
1.4 – Melhoria do meio-ambiente através da redução de geração de resíduos lançados no
mesmo.
2. Características do produto
Os produtos do projeto serão processos produtivos que promovam a redução das perdas de
argamassa nos serviços que utilizem este tipo de material. Estes processos devem ser: práticos,
busquem utilizar os recursos disponíveis na empresa, seja de fácil entendimento por todos os
níveis da organização, devem ser documentados, divulgados para todos os envolvidos nos
processos e definir claramente quais os índices de perdas aceitáveis pela empresa em cada tipo
de serviço.
3. Critérios de aceitação do produto
Os processos serão considerados aceitos quando houver registro redução de perdas, para os
níveis definidos pela empresa, em cada serviço que utilize a argamassa como material.
4. Limites do projeto
O projeto não contemplará serviços que não utilizem argamassa como material;
As obras onde serão desenvolvidos os trabalhos serão àquelas que estão em andamento e que
estejam realizando serviços que utilizem argamassa como material;
5. Premissas
Não há na empresa um diagnóstico de perdas de argamassa;
Não há na empresa parâmetros para a definição das perdas;
A empresa possui um corpo técnico capaz de desenvolver os trabalhos para o projeto;
A empresa possui procedimentos de serviços definidos e tem mecanismos de verificação dos
serviços;
A diretoria da empresa concorda em disponibilizar recursos para o projeto.
6. Restrições
O projeto deve estar concluído no final de novembro/2009, pois é quando se finaliza os serviços
com argamassas nas obras em andamento;
Cada equipe trabalhará na obra em que está alocada;
A dedicação dos componentes das equipes operacionais ao projeto deverá se desenvolver de
maneira que não interfira no cronograma da obra.
7. Cronograma de marcos
Definição do padrão e índice de perdas – 31/01/2009;
Diagnóstico de perdas atual – 30/05/2009;
Apresentação das soluções para redução das perdas – 31/06/2009;
Implantação das soluções nos canteiros de obras – 31/07/2009;
Finalização do projeto com a apresentação dos resultados – 30/11/2009.
8. Estimativa de custos
Os custos do projeto estarão relacionados à quantidade de horas que cada profissional dedicará
ao projeto e fará parte do plano de gerenciamento de custos que será apresentado
posteriormente.
9. Organização inicial do projeto
O projeto tem os seguintes stakeholders:
1- Diretores;
2- Engenheiros;
3- Mestres;
4-Pedreiros;
5-Ajudantes;
6-Técnicos;
7- Almoxarife;
8- Gesseiros;
9-Estagiários;
10-Empreiteiro.

As equipes do projeto são:


Spazio di Milano: Ricardo Alexandre e Adna Pires;
Spazio di Leone: Francisco Xavier e Ibraim;
Spazio di Firenze: Joeldo Guedes e Mychelle;
Spazio di Bergamo: Márcio Ryan e Adriano Caxias.

Gerente do Projeto: José Herbert


10. Riscos iniciais definidos
1-Conflito entre as equipes de obras;
2-Dificuldade para envolver as equipes;
3-Melhoria nos processos produtivos da empresa;
4-Evidências de falhas nos processos produtivos;
5-Divulgação de informações não desejadas;
6-Necessidade de intensificação de treinamentos;
7-Melhoria da imagem da empresa no ambiente empresarial;
11. Entregas do projeto
1-Definição do padrão para o cálculo da perda;
2-Definição dos índices de perdas, aceitáveis pela empresa, para cada serviço;
3-Modelos de relatórios para coleta de dados;
4-Diagnóstico atual de perdas de cada obra;
5-Estudo das causas de perdas em cada processo produtivo, em cada obra;
6-Sugestões para redução das perdas;
7-Relatório de sugestões aprovadas;
8-Modelos de relatórios para monitoramento das perdas;
9-Relatório de acompanhamento das perdas de argamassa.
12. Definição dos requisitos
1-A aprovação do padrão para o cálculo da perda e definição dos índices de perdas se dará pela
assinatura dos diretores de planejamento e obras em documento que os defina e justifique;
2-Os modelos dos relatórios devem ser aprovados pelo gerente do projeto;
3-Os diagnósticos de perdas de cada obra e o relatório de estudos das causas das perdas serão
assinados pelo engenheiro da obra e pelo gerente do projeto;
4-As sugestões para redução das perdas serão selecionadas levando-se em consideração os
processos produtivos atuais da empresa e a melhor relação custo/benefício de implantação e
monitoramento;
5-O relatório de sugestões aprovadas será assinado pelos diretores de planejamento e obras da
empresa;
6-Os modelos de relatórios para monitoramento das perdas serão aprovados pelo gerente do
projeto;
7-Relatório de acompanhamento das perdas de argamassa será assinado pelo gerente do projeto.