You are on page 1of 9

|  

O   



 
  
       
   

     


 

  

 !"#
!"# $
%  & 
'  


( )*

( 
   
? ?

r   
 

‰  

As grandes ondas da sociedade

V 
# +   ), -. /

V "
# +   $
 - ! /

V 
 +   
$ %  - !0/

V 
 +   | - !!/



 1 23
4 imize as pessoas

Terra - Agricul ura

Capi al - Indús ria

Trabalho - Conhecimen o
r olução das eras

ƥ rra da Produção em Massa (1920)

ƥ rra da riciência (1950)

ƥ rra da Qualidade (1970)

ƥ rra da Compe i i idade (1990)


Oma no a ordem econômica...

V A  1980, não se da a mui a impor ncia para empresas com


menos de 100 uncionários.
V Só nas duas úl imas dcadas do sc XX, quando as grandes
empresas começaram a diminuir seus cus os e o número de
empregos,  que as PMrs começaram a crescer, ornecendo
di ersos produ os e ser iços, inclusi e para as grandes.
V A e olução ecnológica encur ou as dis ncias e acili ou o
acesso à inormação e aumen ou a compe i i idade.
V Na dcada de 90, duran e a aber ura da economia, a en rada
de produ os impor ados ajudou a con rolar os preços, mas
rouxe problemas para alguns se ores que não conseguiram
compe ir com os impor ados.
Oma no a ordem econômica...

V Para ajus ar o passo com o res o do mundo, o BR precisou


mudar; empresas de odos os amanhos e se ores i eram que
se modernizar para compe ir e ol ar a crescer.
V No ano de 2000, surgiram quase um milhão de no os pos os de
rabalho; in es idores brasileiros e de ou ros países
ala ancaram o mercado in erno e expor ações.
V A ualmen e, de cada 100 empresas brasileiras, 98 são PMrs
que jun as empregam quase 40 milhões de rabalhadores, ou
seja, mais da me ade da M4 do país.

V ƠSão mui as PMrs, mas o espaço para crescimen o  ainda


maiorơ .(SrBRAr, 2008)