Вы находитесь на странице: 1из 7

APLICABILIDADE ERGONOMICA

A influência da ergonomia, hoje em dia, não se restringe apenas à indústria. Através dela, torna-se
possível melhorar a desenvoltura das crianças em idade escolar, a qualidade de vida de idosos,
deficientes físicos, das pessoas em suas residências e da circulação de pedestres em vias

públicas.

Existe um ramo da ergonomia responsável por testes de qualidade de produtos. Em geral, esse
serviço está ligado a órgãos de defesa do consumidor. Além de por à prova a resistência,
segurança e desempenho de produtos, esses órgãos divulgam os resultados à população. Quando
se trata de produtos aeronáuticos, faz-se necessário a homologação antecipada, que uma
instituição de pesquisa credenciada fornece ao fabricante. Só a partir daí, a empresa pode fabricar
e comercializar o produto. Esse procedimento é comum quando se trata de produtos de segurança
e saúde = CONTROLE DE QUALIDADE.

(1990) Definiu-se condições de trabalho como tudo o que caracteriza uma situação de trabalho e
permite ou impede a atividade dos trabalhadores. Deste modo, distinguiram-se as
seguintescondições:

• Físicas: características dos instrumentos, máquinas, ambiente do posto de trabalho (ruído,


calor, poeiras, perigos diversos);
• Temporais: em especial os horários de trabalho;
• Organizacionais: procedimentos prescritos, ritmos impostos, de um modo geral, "conteúdo"
do trabalho;
• As condições subjetivas características do operador: saúde, idade, formação;
• As condições sociais: remuneração, qualificação, vantagens sociais, segurança de
emprego, em certos casos condições de alojamento e de transporte, relações com a
hierarquia, etc.

(1994) O conceito de condições de trabalho inclui tudo que influencia o próprio trabalho, como
ambiente, tarefa, posto, meios de produção, organização do trabalho, as relações entre produção e
salário.

As boas condições de trabalho significam, em termos práticos:


• Meios de produção adequados às pessoas - o que pressupõe o projeto ergonômico das
máquinas, dos equipamentos, dos veículos, das ferramentas, dos dispositivos auxiliares,
usados no sistema de trabalho;
• Objetos de trabalho, materiais e insumos inócuos às pessoas que com elas entram em
contato;
• Postos de trabalho ergonomicamente projetados, o que inclui bancadas, assentos, mesas,
a disposição e a alocação de comandos, controles, dispositivos de informação e
ferramentas fixas em bancadas;
• Controle sobre os fatores ambientais adversos, como por exemplo, iluminação, ruídos,
vibrações, temperaturas altas ou baixas, partículas tóxicas, poeiras, gases, etc. reduzindo-
se o efeito destes sobre as pessoas no sistema de trabalho;
• Postos de trabalho, meios de produção, objetos de trabalho sem perigos mecânicos,
físicos, químicos ou outros que representem riscos para as pessoas, isto é, sem partes
móveis expostas, sem ferramentas cortantes acessíveis ao trabalhador, sem emissão de
gases, vapores, poeiras nocivas, etc.
• Organização do trabalho que garanta a cada pessoa uma tarefa com conteúdo adequado
as suas capacidades físicas, psíquicas, mentais e emocionais, que seja interessante e
motivante;
• Organização temporal do trabalho (regime de turnos) que permita ao trabalhador levar uma
vida com ritmo sincronizado com seu ritmo circadiano, comprometendo ao mínimo a sua
saúde, bem como o seu convívio familiar e social;
• Quando necessário, um regime de pausas que possibilitem a recuperação das funções
fisiológicas do trabalhador, para, a longo prazo, não comprometer a sua saúde;
• Sistema de remuneração de acordo com a solicitação do trabalhador no seu sistema de
trabalho, considerando-se também sua qualificação profissional;
• “Clima social sem atritos, bom relacionamento com colegas, superiores e subalternos”.

Aplicações da Ergonomia

A ergonomia pode ser aplicada em diversos setores da atividade produtiva. Em princípio, sua maior
aplicação se deu na agricultura, mineração e, sobretudo, na indústria. Recentemente, a ergonomia
tem sido aplicada no setor de serviços e, também, na vida cotidiana das pessoas, nas atividades
domésticas e de lazer.

1. Ergonomia na Agricultura e mineração

 Estudos sobre os efeitos dos agro-tóxicos;


 Melhoria do projeto de máquinas agrícolas e de mineração;
 Melhoria das tarefas de colheita, transporte e armazenagem.

2. Ergonomia na Indústria

 Melhoria das interfaces dos sistemas ser humanos-tarefas;


 Melhoria das condições organizacionais de trabalho.
 Melhoria das condições ambientais de trabalho;

3. Ergonomia no Setor de Serviços


 Melhoria do projeto de sistemas complexos de controle (salas de controle);
 Desenvolvimento de sistemas inteligentes de apoio à decisão;
 Estudos diversos sobre: hospitais, bancos, supermercados;
 Melhoria do projeto de sistemas de informação (ergonomia da informática).

4. Ergonomia na Vida Diária

 Adequações dos objetos utilizados nas atividades domésticas:


 Postura Adequada nas atividades

BIOMECANICA OCUPACIONAL

Atualmente os problemas posturais têm sido considerados um sério problema de saúde


pública, pois atingem uma alta incidência na população economicamente ativa, incapacitando-a
temporária ou definitivamente para atividades profissionais.

Considerando as alterações posturais na infância como um dos fatores que predispõem a


condições degenerativas da coluna no adulto, manifestada geralmente por um quadro doloroso,
torna-se necessário estabelecer mecanismos de intervenção como meio profilático.

Aos fatores que interferem na postura corporal da criança e do adolescente necessita-se de


orientações sobre educação postural, baseando-se nas bases biológicas, ergonômicas e
pedagógicas para a elaboração de programas de prevenção de problemas posturais.

A Biomecânica Ocupacional contribui diretamente nas medidas de prevenção posturais. Estuda as


interações entre o trabalho e o ser humano sob os pontos de vista dos movimentos músculos-
esqueléticos envolvidos, além de suas conseqüências;

Analisa basicamente a questão das posturas corporais no trabalho e a aplicação de forças.

BIO = estudo dos organismos vivos

MECANICA = estuda os movimentos e o efeito das forças sobre um objeto

BIOMECANICA = avalia os movimentos de um organismo vivo e o efeito da força, seja o empurrar


ou tracionar sobre este organismo
Recomendações ergonômicas

. Levantamento e transporte de cargas

Transporte manual de cargas

 Manter a carga próxima do corpo, na altura da cintura conservando os membros superiores


estendidos (esta posição exige menor esforço);
 Usar cargas simétricas - Sempre que possível, deve ser mantida uma simetria de cargas,
com os dois braços carregando aproximadamente o mesmo peso;
 Trabalhar em equipe - O trabalho em equipe deve ser usado
quando a carga for excessiva para uma só pessoa. Assim se evitam lesões no trabalhador
ou danos à carga. Para casos mais complexos, envolvendo o trabalho de diversas
pessoas, deverá haver um deles apenas para orientar e coordenar os esforços dos
demais, principalmente quando há obstáculos na trajetória da carga.
. Equipamentos