Вы находитесь на странице: 1из 5

Identidade da RCC

Revisão

Nós vimos no primeiro encontro que a RCC tem por características básicas:
Batismo no Espírito Santo
Praticas dos Carismas e
Comunidades

Mas o nosso estudo ficou em cima do Batismo no Espírito Santo:


Vimos o conceito, os fundamentos bíblicos e doutrinários, e a finalidade do
Batismo no Espírito Santo.

Só pra relembrar:

O Batismo no Espírito Santo:


é concedido a quem crê em Jesus
não é a repetição do Batismo Sacramental
é a graça de sermos colocados no coração do Espírito Santo pela ação de Jesus.

Batismo = mergulho Espírito Santo = Rio de Água Viva

E que a finalidade é estarmos cheios, plenos no Espírito Santo


Não um cheio estático parado, mas um cheio dinâmico continuo “cheio
derramando”.
Vimos também que Jesus é quem batiza

Para completar o estudo sobre o Batismo no Espírito Santo

Quem pode ser Batizado no Espírito Santo?

A nossa mentalidade nos leva a pensar que devemos merecer as coisas que
recebemos, se colocarmos na balança os nossos pecados e nossos acertos fica difícil .
Mas Deus é Amor, e Ele nos ama porque somos seus filhos, e se nós que somos
limitados damos coisas boas a nossos filhos quanto mais Deus nos dará suas graças e o
Batismo no Espírito Santo é uma graça que Deus quer nos dar pois ele gera muitos
frutos.

Tem alguma condição?

Sim, é necessário crer em Jesus, converter-se, batizar-se e receber Jesus ou melhor


O que se pede é que se creia em Jesus, que se volte para Ele e não para o mundo e
que se aceite a remissão dos pecados.

Qual é a chave?

A chave do Batismo no Espírito Santo é o pedido que se faz


“O Pai do Céu dará o Espírito Santo aos que lho pedirem” (Lc 11, 13).

Hoje nós iremos estudar a segunda característica do Movimento da


Renovação Carismática Católica que é a Pratica dos Carismas.

Os Carisma, assim como o Batismo no Espírito Santo, eram comuns no inicio da


Igreja.
Por isso eles não são novidades trazidas pela RCC.
Isso a gente pode confirmar lendo o At. e as cartas paulinas
Por algum tempo ficou restrito aos grandes santos.

Mais hoje são vividos nos GO onde se percebe sua qualidade de “dom” para todos
que crerem, e eles são conseqüência do Batismo no Espírito Santo

Os Carismas estão amparados na doutrina da Igreja, além de serem


fundamentados biblicamente. Assim, é necessário afirmar a atualidade dos Carismas e
usar-los como realidades necessárias para a evangelização e para o crescimento pessoal
de cada cristão.
Existem dois grupos de carismas do Espírito Santo que são:
Dons infusos;
Dons efusos.

Dons infusos;
São dons para o crescimento pessoal, para aprimorar, reforçar as virtudes:
Temor a Deus, fortaleza, piedade, conselho, conhecimento, sabedoria e
discernimento.(Is 11, 1-3)

Dons efusos
São dons para o serviço e o bem comum e de acordo com a vontade de Deus, são
concedidos como manifestações atuais:
Línguas, profecia, interpretação, ciência, sabedoria, discernimento dos espíritos,
cura, fé e milagres.(1cor 12, 8-10)
E são estes que nós vamos estudar

Conceito de carismas

Os Carismas são dons, graças, presentes, dados pelo Espírito Santo,


“mas um e o mesmo Espírito distribui todos esses dons, repartindo a cada um
como lhe apraz”(1cor 12, 11).

A palavra carisma vem do grego e significa dom gratuito.

Eles são manifestações extraordinárias do Espírito Santo para proveito comum.

E por serem dons, eles não vem da santidade, qualquer pessoa pode receber os
presentes de Deus.(At 10, 34)
Porém, quem não tem vida de oração e intenção de agradar a Deus, vai usar mal
os carismas, porque não tem união com Jesus para saber o que Deus quer.
Quando utilizar os carismas

É difícil dizer o momento exato de utilizar os carismas do Espírito Santo. Devem


ser utilizados sempre que a situação exigir.
É o Espírito que opera tudo em todos (1cor 12, 6-7)
Por isso não podemos dizer que tal pessoa possui determinado dom, cada
manifestação é única, mesmo que aconteça com freqüência em algumas pessoas.
Também não se pode cair no engano de se reduzir os carismas a algumas ocasiões
especiais. Eles foram dados em superabundância nos tempos atuais.
A missão de RCC é evangelizar a partir do Batismo no Espírito Santo, formando o
povo de Deus em santidade e serviço. Para evangelizar o povo de Deus com unção e
poder são necessários os carismas.
Quando utilizados de forma livre, consciente, na hora necessária, levam as
pessoas a terem uma experiência da presença real de Deus, que manifesta o seu infinito
amor.

O uso dos carismas não é só um direito, é um dever de todos os fiéis. Para o bem
dos homens e a edificação da Igreja.

Pode-se perceber que a evangelização esta acompanhada dos carismas, quando se


colhem os frutos abundantes.
Mas os carismas fazem a diferença e são eficazes na evangelização, quando
exercidos no amor (praticados por amor aos irmãos).

Os dons efusos e a caridade

Jesus deu o mandamento do amor: “amai-vos uns aos outros como eu vos
amo”(Jo 15, 12)
O uso dos dons efusos é garantido pelo amor, que é o dom por excelência e que
atribui sentido aos outros dons. Porque se os carismas devem ser usados para o serviço
e para o bem comum, não há como não ser por amor.
Ler ap. pag. 12 citação do catecismo.
Os carismas devem ser pedidos com fé e exercidos na humildade

É pelo amor aos irmãos que devemos desejar os dons efusos. Por isso os carismas
devem ser pedidos com fé e sem medo.
Mas para a pratica dos dons efusos não se pode esquecer de três coisa
fundamentais:
Humildade, Harmonia e ordem

Humildade,
Precisamos vigiar para não cair na tentação de achar que os dons são méritos
alcançados. Exercer os carismas sem exibicionismo, sem buscar prestigio, honra,
poder.... Necessitamos da ajuda dos irmãos para confirmar ou discernir a vontade de
Deus para o seu povo.

Harmonia
Na harmonia o que se pede é que não se exagere na ora de se manifestar, nada de
estrondoso, exaltação demais. Os carismas devem ser inseridos na vida cristã sem
escândalos. Em 1Cor 14, 33, Paulo nos diz: “portanto, Deus não é de confusão, mas de
paz”. Temos que exercer-los com equilíbrio e responsabilidade.

Ordem
A ordem é uma extensão da harmonia, pelo que esta escrito em 1 Cor 14, 29-31.
Isso faz com que uma manifestação individual seja confirmada por outros,
tornando-se uma realidade conjunta.

Palavra da Igreja

O Magistério da Igreja diz o seguinte: ler pag. 13 resumos


As palavras da Igreja tiram o medo e as duvidas sobre o uso e a necessidade de se
utilizar os carismas, assim como o direito que os fieis leigos têm de usá-los para o bem
comum
Conclusão
Temos que toma consciência de que tudo acontece sob a ação do Espírito Santo
Nunca será possível haver evangelização sem a ação do Espírito Santo!

Похожие интересы