Вы находитесь на странице: 1из 24

CAPITULO V

PROGRAMAÇÃO NA FRESADORA BOXFORD

1 - INTERPOLAÇÃO LINEAR

No centro de maquinagem BOXFORD o código G00 é assumido por defeito, e por isso não
necessita de ser programado.
O código G01, bem como a velocidade de avanço F, devem ser programados sempre que
se verifique corte. O código G01 é modal. Se for aplicado num bloco manter-se-á activo até que
surja um novo código que o anule (G00, G02 e G03).

Formato:

N… G00 X… Y… Z… - Deslocamento em marcha rápida para o ponto de coordenadas


X…, Y…, e Z….

N… G01 X… Y… Z… F…- Deslocamento em linha recta até ao ponto de coordenadas


X, Y e Z, com a velocidade de avanço F, em mm/ min.

OBS. – O magazine de ferramentas da Boxford dispõe das seguintes ferramentas:

- Ferramenta n.º 1 (posição 1) - Fresa de topo com 4 mm de diâmetro;.


- Ferramenta n.º 2 (posição 2) – Fresa de topo com 5 mm de diâmetro;
- Ferramenta n.º 3 (posição 3) – Fresa de topo com 6 mm de diâmetro;
- Ferramenta n.º 4 (posição 4) – Fresa de topo com 10 mm de diâmetro;
- Ferramenta n.º 5 (posição 5) – Fresa com dentes postiços com 25 mm de
diâmetro

Assim, se num programa utilizarmos uma fresa de 10 mm, esta deverá ser indicada no programa
da seguinte forma:

N… M06 T04
Em que:
N… - N.º do bloco
M06 - Função que designa mudança de ferramenta
T04 – Ferramenta 4, com 10mm de diâmetro.

Exemplo1 - Elabore o programa em coordenadas absolutas, da peça representada na

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 1


figura.

- Material …………. Poliacetal


- Ferramenta T02…. Fresa de 5mm de diâmetro
- Z de movimento … 25 mm
- Penetramento …… 5 mm
- F ………………… 500 mm/min

Y
50

80
X
15

15

Programação Absoluta Programação Incremental

N10 G90 N10 G90


N20 G21 N20 G21
N25 M06 T02 N25 M06 T02
N30 G00 X-15 Y-15 Z25 N30 G00 X-15 Y-15 Z25
N40 M03 S2000 N40 M03 S2000
N50 G01 Z-5 F500 N50 G01 Z-5 F500
N60 X0 Y0 N60 X0 Y0
N70 X80 Y0 N70 G91
N80 X80 Y50 N80 G01 X80 Y0 F500
N90 X0 N90 X0 Y50
N100 Y0 N100 X-80 Y0
N110 G00 M05 X-10 Y-10 Z25 N110 X0 Y-50
N120 M30 N120 G90
N130 G00 X-15 Y-15 Z25
N140 M30

Exemplo2 - Elabore o programa em coordenadas absolutas, e coordenadas incrementais


da peça representada na figura.
O contorno exterior tem 5 mm de profundidade
E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 2
- Material ………… Poliacetal
- Ferramenta T02…. Fresa de 5mm de diâmetro
- Z de movimento … 25 mm
- Penetramento …… 3 mm
- F ………………… 500 mm/min

Y 45
20
50

15

15 20 30
X
80

Programação Absoluta Programação incremental

N10 G90 N10 G90


N20 G21 N20 G21
N25 M06 T02 N25 M06 T02
N30 G00 X-10 Y-10 Z5 N30 G00 X-10 Y-10 Z5
N40 M03 S2000 N40 M03 S2000
N50 G01 Z-5 F500 N50 G01 Z-5 F500
N60 X-10 Y0 N60 X0 Y0
N70 X80 N70 G91
N80 Y50 N80
N90 X0 N90
N100 Y-10 N100
N110 G00 Z25 N110
N120 X15 Y15 Z5 N120
N130 G01 Z-3 F500 N130
N140 X15 Y35 N140
N150 X45 Y35 N150
N160 G00 Z25 N160
N170 X35 Y15 N170
N180 Z0 N180
N190 G01 Z-3 F500 N190
N200 X65 Y15 N200
N210 X65 Y35 N210
N220 G00 Z25 N220
N230 M05 X0 Y0 N230
N240 M30 N240
Exercício N.º 1

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 3


- Elabore o programa em coordenadas absolutas, da peça pré-formada representada na figura,
atendo a que:
O contorno exterior tem 10 mm de profundidade e será efectuado com uma só passagem

- Material …………. Poliacetal


- Ferramenta N.º2 ... Fresa de 5 mm de diâmetro
- Z de movimento … 20 mm
- F ………………… 500 mm/min

80
22.5 37.5
22.5

22.5
60

50
22.5
22.5

70
5

10
3

2 - INTERPOLAÇÃO CIRCULAR

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 4


Assim, se tivermos uma interpolação de 180º, por exemplo, deveremos fazer duas interpolações
com a amplitude de 90º cada uma.

Formato:

N30 G02 X… Y… I… J… F…ou X …Y…R…F…

N30 G03 X… Y… I… J… F… ou X …Y…R…F…

Em que: N30 – N.º do bloco


G02 – Interpolação circular no sentido horário (CW)
G03 – Interpolação circular no sentido anti-horário (CCW)
X e Y – Coordenadas do ponto onde termina o arco
I – Distância incremental desde o ponto onde se inicia o arco até ao centro deste,
medida no eixo dos XX no plano X/Y ou X/Z, ou no eixo dos YY no plano Y/Z
J – Distância incremental desde o ponto onde se inicia o arco até ao centro deste,
medida no eixo dos YY no plano X/Y, ou no eixo dos ZZ no plano X/Z ou Y/Z
R- Raio em mm cujo arco terá de ser inferior a 360º

Exemplo 1 – Elabore o programa em coordenadas absolutas, da peça representada na figura.


- Ferramenta T03…. Fresa de 6 mm de diâmetro
- Z mov.………..20 mm
- Penetramento .. 5mm
- Vel. avanço …. 300 mm/min

Exercício para aplicação da interpolação circular com vectores de posição I e J.


N10 G90 Y
N20 G21
N30 G00 X-10 Y-10 Z20
D
N35 M06 T03
N40 M03 S2000
N50 G01 Z-10 F500 C E
N60 X0 Y0 F
N70 X80 B
50

N80 Y50
N90 X0 A R10 G
N100 Y-10
N110 G00 Z5
10

N120 X10 Y10 10


N130 G01 Z-5 F300 80
N140 G02 X20 Y20 I10 J0 F500
N150 G03 X30 Y30 I0 J10
N160 G02 X40 Y40 I10 J0
N170 X50 Y30 I0 J-10
N180 G03 X60 Y20 I10 J0
N190 G02 X70 Y10 I0 J-10
N200 G00 Z25
N210 X0 Y0
N220 M30

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 5


3 – FRESAMENTO DE CAIXAS RECTANGULARES

Formato:

N… G65 (ou G66-modal) X… Y… Z…I… J…K… F… P1088 Q…R…


Em que:

G65 – Função para fresamento de caixas rectangulares


G66 – Função para fresamento de caixas rectangulares modal, permitindo programar mais que uma
caixa.
X e Y – Coordenadas absolutas do centro da caixa
Z - Profundidade da caixa em coordenadas absolutas
I - Comprimento da caixa
J- Largura da caixa
K- Factor que sendo K=0 executa uma caixa; com K=1 executa apenas a linha de contorno da caixa
F- Velocidade de avanço em mm/min
P1088 – Função Macro para caixas rectangulares
Q – Número de passagens de corte
R – Distância de retracção

Exemplo: Elabore o programa em coordenadas absolutas da peça representada na figura.


- Ferramenta T01…………. Fresa de 4 mm de diâmetro
- Z mov.…………………..20 mm
- Profundidade da caixa … 6 mm
- N.º de passagens .……… 6
- Vel. avanço …………… 300 mm/min

N10 G90 Y
N20 G21
N30 M06 T01
N40 G00 X-5 Y-5 Z20
N50 M03 S2000
N60 Z2
50
25

N70 G65 X35 Y25 Z-6 I40 J25


K0 F300 Q6 R1 P1088
N80 M05
N90 G00 X-5 Y-5 Z20
N100 M30 40
X
70

Exercício n.º 1

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 6


Elabore o programa em coordenadas absolutas do contorno da peça e das respectivas caixas
atendendo a que:

- Ferramenta T02…. Fresa 5mm de diâmetro


- Z mov.………………….. 20 mm
- Profundidade do contorno 5 mm
- Profundidade da caixa … 5 mm
- N.º de passagens .……… 2
- Vel. avanço …………… 300 mm/min
- Material ………………….. Poliuretano mecanizavel com 85 x 55 x 15

Y 66

50
30

10

36
22

R7 14

35
73 X
80

N10
N20
N30
N40
N50
N60
N70
N80
N90
N100
N110
N120
N130
N140
N150
N160
N170
N180
N190

Exercício n.º 2

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 7


Elabore o programa para a execução das caixas e do rasgo da peça representada na figura,
atendendo a que:
- Ferramenta T03…… Fresa de 6 mm de diâmetro
- Z mov.………………20 mm
- Vel. avanço …………400 mm/min
- Material Poliuretano mecanizável com 110 x 70 x 25
-

5
8
12

Corte AB
30

50

R20
70

58
38

A B

36 30
70
110

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 8


4 – FRESAMENTO DE CAIXAS CIRCULARES

Formato:

N… G65 (ou G66-modal) X… Y… Z…I… J… F… P1089 Q…R…

Em que:

X,Y = Coordenadas do centro da caixa


Z = Profundidade da caixa
I = Diâmetro da caixa
J = É um factor em que permitirá executar uma caixa completa se J=0 ou executará uma coroa
circular em que J será o valor do diâmetro da ilha
F = Velocidade de avanço
P1089 – Função Macro para caixas circulares.
Q = Numero de passagens em Z.
R = Retracção.
A ferramenta retorna ao ponto inicial depois de terminar a macro

Exemplo: Elabore o programa em coordenadas absolutas da peça representada na figura.


- Ferramenta ……T02 …. Fresa de 5 mm de diâmetro
- Z mov.…………………..20 mm
- Profundidade da caixa … 6 mm
- N.º de passagens .……… 3
- Vel. avanço …………… 300 mm/min

Ø30
48

N10 G90
N20 G21
24

N30 M06 TO2


N40 G00 X0 Y0 Z20
N50 M03 S2000
N60 G00 Z2 40
N70 G65 X40 Y24 Z-6 I30 J0 F300 80
P1089 Q3 R1
N80 M05 X0 Y0 Z20
N90 M30

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 9


Exercício n.º 1
Elabore o programa para a execução do contorno das caixas circulares e do rasgo, em coordenadas
absolutas da peça representada na figura, atendendo a que:

- Ferramenta …T03…Fresa de 6 mm de diâmetro


- Z mov.……………..20 mm
- Vel. avanço ……… 300 mm/min
- Material: Poliuretano mecanizável (85x54x20)
-

5
8

12
Corte AB

A R18 R12 B
54

40
27

R8

28 26 8
48
85

N10 G90 G21 N130 G01 Y8


N20 M06 T03 N140 G03 X8 Y0 R8
N30 G00 X0 Y0 Z20 N150 G00 Z20
N40 M03 S2000 N160 G66 Z-8 I36 J0 F300 P1089 Q4 R1
N50 G00 Z2 N170 X28 Y27
N60 G01 Z-5 F300 N180 X48 Y27 Z-12 I24 J0
N70 X77 N190 G00 X51 Y48
N80 G03 X85 Y8 R8 N200 G01 Z-5 F300
N90 G01 Y46 N210 X77 Y27
N100 G03 X77 Y54 R8 N220 X51 Y8
N110 G01 X8 N230 G00 Z20
N120 G03 X0 Y46 R8 N240 M30

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 10


Exercício n.º 2
Elabore o programa em coordenadas absolutas das caixas e rasgos representados na figura,
atendendo a que:

- Ferramenta ……T03…. Fresa de 6 mm de diâmetro


- Z mov.………………….15 mm
- Vel. avanço …………… 350 mm/min
- Material Poliuretano mecanizável (90x60x20)

4
4
6

10
Corte AB

R15
6

A R20 60 B
16

R15
6

R15

60
90

N10 N180
N20 N190
N30 N200
N40 N210
N50 N220
N60 N230
N70 N240
N80 N250
N90 N260
N100 N270
N110 N280
N120 N290
N130 N300
N140 N310
N150 N320
N160 N330
N170 N340

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 11


5 – CIRCULO DE FUROS
Formato:

N… G65 (ou G66-modal) X… Y… Z…I… J… F… P1086 Q…R…

Em que:

X,Y = Coordenadas do centro da circunferência


Z = Profundidade dos furos
I = Distância incremental em x do primeiro furo
J = Distância incremental em y do primeiro furo
F = Velocidade de avanço
P1086 – Função Macro para circulo de furos.
Q = Número de furos
R = Retracção.
A ferramenta retorna ao ponto inicial depois de terminar a macro

Exemplo: Elabora o programa para a execução de um circulo de furos sabendo que:


- Ferramenta T01
- Diâmetro dos furos = 4 mm
- Diâmetro do circulo de furos = 40mm
- Profundidade dois furos = 5 mm
- Velocidade de avanço 300 mm/min
- Material: Poliuretano mecanizável (80x50x15)

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 12


Folha de programação MATERIAL: POLIURETANO
Circulo de furos
Fun. Fun. Vel. Vel Nº da
Coordenadas
Descrição Prep. Aux Avanç rotaç ferram.
N G M X Y Z I J K F S P Q R T
Coord Absolutas 10 90
Sist. Metrico 21
Chamar
20 06 01
Ferramenta 1
Posição inicial 30 00 0 0 25
Sentido de
rotação e 40 03 2000
velocidade
Macro 50 65 50 25 -5 0 20 300 1086 8
Posição Inicial 90 00 05 0 0 25
Fim do programa 100 30

6 – CRIAÇÃO DE SUB-ROTINAS

Formato:

N.. M98 P….


M98 – função para criar subrotina

P… - Nº da Subrotina

M99 – voltar ao programa principal (fim da subrotina)

EXERCÍCIO N.º 1 - Elabore o programa para a execução dos rasgos representados na figura.
Material - Poliuretano
Profundidade dos rasgos - 3mm
Ferramenta - T02 (fresa de topo com 5 mm de diâmetro)
15

20
50

20
20
15

25
10

10
50
80

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 13


N10 G90
N20 G21
N30 M06 T02
N40 G00 X0 Y0 Z20
N50 M03 S2000
N60 G00 X10 Y10 Z2
N70 M98 P0001
N80 G00 X50 Y 25
N90 M98 P0001
N100 M05 X0 Y0 Z20
N110 M30

0001

N10 G01 Z-3 F300


N20 G91
N30 G01 Y15 F500
N40 X20
N50 Y-15
N60 X-20
N70 G90
N80 G00 Z3
N90 M99

EXERCÍCIO N.º 2 - Elabore o programa para produzir a peça representada na figura


Material - Poliuretano
Profundidade do contorno exterior - 9 mm
Profundidade dos rasgos - 3mm
Ferramenta - T02 com 5 mm de diâmetro
N10 G90
20
9
N20 G21
N30 M06 T02
N40 G00 X0 Y-10 Z20 120
115
N50 M03 S2500
N60 G01 Z0 F400
N70 M98 P0001 25
N80 M98 P0001
N90 M98 P0001
N100 G00 Z20
65

N110 X12,5 Y35 Z2


70

N120 G01 Z-3 F400


N130 M98 P0002
N140 G00 X47,5 Y35 2
N150 G01 Z-3 F400
N160 M98 P0002 25
N170 G00 X82,5 Y35 Z2 60
N180 G01 Z-3 F400
95
N190 M98 P0002
N200 G00 X0 Y0 Z20
N210 M30

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 14


0001 0002
N10 G91 N10 G91
N20 G01 Z-3 F300 N20 G02 I12,5 J0 F500
N30 G90 N30 G01 X25 Y0
N40 G01 X2.5 Y67,5 F600 N40 G90
N50 X117.5 N50 G00 Z2
N60 Y2,5 N60 M99
N70 X2.5
N80 G00 Y-10
N90 M99

EXERCÍCIO N.º 3 - Elabore o programa para a peça representada na figura


Material - Poliuretano
Profundidade do contorno exterior - 9 mm
Profundidade contorno interior - 8 mm
Ferramenta - Tipo 2 com 5 mm de diâmetro
As caixas têm uma profundidade de 6 mm
Os furos têm um diâmetro de 5 mm

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 15


7– FUNÇÃO ESPELHO

Formato:

N… G51 X… I… J…
Em que:

X,Y = Eixos de reflexão


I = Valor entre -1000 e 1000
J = Valor entre -1000 e 1000

Espelho em X

Mudam as coordenadas nos eixos do YY logo I = 1000 e J= - 1000

Espelho em Y

Mudam as coordenadas nos eixos do XX logo I = -1000 e J= 1000

Espelho em X e Y

Mudam as coordenadas nos dois eixos logo I = -1000 e J= - 1000

Exemplo: Elabora o programa para a execução dos rasgos apresentados na figura usando a função
espelho

- Ferramenta T01
- Profundidade dos rasgos = 5 mm
- Velocidade de avanço 200 mm/min
- Material: Alumínio (80x50x15)

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 16


FOLHA DE PROGRAMAÇÃO MATERIAL: Alumínio
Titulo Folha nº
Fu
Fun. n. Eixos Vel. Vel. Ferram.
Descrição Prep Au Coord Avan Rot. Nº
x
N G M X Y Z I J K F S P QR T
Coord Absolutas 10 90
Unidades Métricas 21
1ª Ferramenta 20 06 01
Posição inicial 30 00 0 0 25
Ligar arvore 40 03 2000

Inicio ponto A 50 30 20 2

Chamar Subrotina 60 98 0001


Inicio do B 70 50 20
Espelho em torno de Y 80 51 50 20 -1000 1000
Chamar Subrotina 90 98 0001
Cancel. função Espelho 100 50
Inicio de C 110 00 30 30
Espelho em torno de X 120 51 30 30 1000 -1000
Chamar Subrotina 130 98 0001
Cancel. função Espelho 140 50
Inicio do D 150 00 50 30
Espelho em torno de X e Y 160 51 50 30 -1000 -1000
Chamar Subrotina 170 98 0001
Cancel. função Espelho 180 50
Posição inicial 100 00 05 0 0 25
Fim de Programa 110 30

Subrotina 0001
Coord Relativas 10 91
Profundidade corte 20 01 -5 200
Passo 1 30 -10 2000
Passo 2 40 -10
Passo 3 50 10 -5
Passo 4 60 15
Saída 70 00 5
Coorden Absolutas 80 90
Chamar programa principal
99

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 17


Exercício
Elabora o programa para a execução dos rasgos representados na figura usando a função espelho,
sabendo que:

• Ferramenta utilizada T02 Fresa de topo com 5 mm de


• Material a utilizar: Poliuretano mecanizável (80 x 50 x 15)
• Profundidade dos rasgos: 3 mm

6 - CICLO DE FURAÇÃO (BOXFORD)

CICLO DE FURAÇÃO CONTÍNUA

Formato: N… G81 X… Y… Z…K… F…R…

Em que:
N… - N.º do bloco
G81 - Código de furação contínua em que a ferramenta no final do corte volta a Z inicial
X e Y … - Coordenadas do centro do furo
Z … - Profundidade do furo
K - Nº de Furos a executar
F … - Velocidade de avanço em mm/ min.
E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 18
R…. – Distância de retracção

CICLO DE FURAÇÃO INTERMITENTE (com passo constante)

Formato: N… G83 X… Y… Z…K… F…Q…R…

Em que:
N… - N.º do bloco
G83 - Código de furação intermitente em que a ferramenta no final do corte volta a Z inicial
X … e Y … - Coordenadas do centro do furo
Z … - Profundidade do furo
K - Nº de Furos a executar
F … - Velocidade de avanço em mm/ min.
Q …- Distância percorrida em cada passo
R…. – Distância de retracção
Exemplo 1 – Elabora o programa para a obtenção dos furos representados na figura sendo que nos
furos A e B deverá ser usado o ciclo de furacão contínua e nos furos D e C, o ciclo de furacão
intermitente.

Dados:
Material: Poliuretano mecanizável (80 x 50 x 15)
Ferramenta a utilizar T02

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 19


PROGRAMMING SHEET MATERIAL: PLASTIC
Drg No.
TITLE: WRITTEN BY SHEET No. 1 OF 1
Prep Misc Axis Co- Feed Spindle Tool
Description Code Code ordinates Rate Speed No.
N G M X Y Z I J K F S P Q R T
Abs Cords 10 90
Metric Units 21
1st Tool 20 06 02
Park Position 30 00 0 0 25
Spindle on 40 03 2000
Start Position 50 20 -5 10
Inc Cords 60 91
20 -18 2 200 -8
Drill Hole A & B 81
Cancel Cycle 70 80
Abs Cords 80 90
60 35 -8 200 5 2
Drill Hole C 83
Drill Hole D 90 15
Cancel Cycle 100 80
Park Position 110 00 05 0 0 25
End of Program 120 30

Exercício 2 - Pretende-se executar os furos A e B com 5 mm de diâmetro e os furos C e D


com 10 mm de diâmetro.
Elabore o programa respectivo utilizando para os furos A e B o ciclo de furacão
contínua e para os furos C e D o ciclo de furacão intermitente. Os furos tem uma
profundidade de
12 mm.
15

A C
20

D B
15

20 40 20

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 20


12
Exercício 3 - Elabore o programa para a produção da peça representada partindo do material em
bruto com as seguintes dimensões: (90 x 60 x 40)
.
Material - Poliuretano
Furos tipo A - 5 mm de diâmetro
Furos tipo B - 6 mm de diâmetro
Furos tipo C - 10 mm de diâmetro

15
12
B
15

A C
20

B C
A
15

10 40 15
20 20

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 21


Exercício 4 - Elabore o programa da peça, não pré-formada, representada em baixo, utilizando o
ciclo de caixas e ciclos de furacão.
Material - Poliuretano
Furos tipo A - 6 mm de diâmetro
Furos tipo B - 10 mm de diâmetro
10 20 10
5

15
35 20
20

A
a
35

35
25
20

50
B B

20
70
100

N10 N230
N20 N240
N30 N250
N40 N260
N50 N270
N60 N280
N70 N290
N80 N300
N90 N310
N100 N320
N110 N330
N120 N340
N130 N350
N140 N360
N150 N370
N160 N380
N170 N390
E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 22
N180 N400
N190 N410
N200 N420
N210 N430
N220 N440

FUNÇÕES PREPARATÓRIAS (G) BOXFORD

Group Function Address Codes Used


G00 Movimento rápido em vazio XYZ
G01 Interpolação linear XYZF
1
G02 Interpolação circular (sentido dos ponteiros do relógio) XYZIKFR
G03 Interpolação circular (sentido contrario ao mov. dos ponteiros do relógio) X Y Z I K F R
G04 0 Introdução de tempo de espera P
G17 Selecção do plano X - Y
G18 2 Selecção do plano X - Z
G19 Selecção do plano Y - Z
G20 Unidades Inglesas
6
G21 Unidades Métricas
G40 Cancelar compensação do raio da ferramenta
G41 7 Compensação do raio da ferramenta à esquerda
G42 Compensação do raio da ferramenta à direita
G50 Cancelar função “imagem espelho”
11
G51 Função espelho XYIJ
G53 0 Cancela dados do zero peça
G61 Exact Positioning Machine Feed Mode
15
G64 Cutting Machine Feed Mode (Exact Positioning Off)
G65 0 Chamar função macro P
G66 Chamar função macro (modal) P
12
G67 Cancelar função macro (modal)
G80 Cancelar ciclos de furacão
G81 Ciclo de furacão contínua XYZKFR
G82 Ciclo de furacão contínua com temporização XYZ KFPR
G83 9 Ciclo de furacão intermitente XYZKFQR
G85 Ciclo de mandrilagem XYZKFR
G86 Ciclo de mandrilagem com paragem da arvore XYZKFR
G89 Ciclo de mandrilagem com temporização XYZKFPR
G90 Coordenadas absolutas
3
G91 Coordenadas relativas
G92 0 Pré selecção de cotas XY

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 23


FUNÇÕES AUXILIARES (M) BOXFORD

Código Função Endereço


M00 Paragem Intermédia do programa
M01 Paragem opcional do programa
M02 Fim do programa para uma só unidade
M03 Rotação no sentido horário S
M04 Rotação no sentido anti horário S
M05 Paragem da árvore
M06 Chamar a ferramenta T
M08 Ligar a refrigeração
M09 Cancelar a refrigeração
M30 Fim do programa (permitindo
repetição)
M39 Fecho automático do dispositivo de
aperto da ferramenta
M40 Abertura automática do dispositivo de
aperto da ferramenta
M98 Chamar Subrotina P
M99 Fim de Subrotina

E.S.R.P. 9ºD - Cap. V IV MARVIM FERNANDES / ÁLVARO SILVA Pág. N.º 24