Вы находитесь на странице: 1из 13

HISTÓRIA BÍBLICA

FILHOS DE ADÃO E EVA

HISTÓRIA BÍBLICA FILHOS DE ADÃO E EVA VOL. 03 PEDRO CÉSAR ALVES

VOL. 03

PEDRO CÉSAR ALVES

HISTÓRIA BÍBLICA

FILHOS DE ADÃO E EVA

Vol. 3

2001

PEDRO CÉSAR ALVES

BIRIGÜI – SP

Copyright, by Pedro César Alves

HISTÓRIA BÍBLICA

JARDIM DO ÉDEN

Birigüi, SP 2001

Capa e ilustrações de

ROSE FÁVERO

Obra registrada na Biblioteca Nacional sob n.º 220.568, Lv. 386 fla. 228

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO AUTOR Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização por escrito

Editora XXXXX

PEDRO CÉSAR ALVES

HISTÓRIA BÍBLICA

CRIAÇÃO

“SONHOS DE CRIANÇAS”

DEDICAÇÃO: ESPECIALMENTE AOS MEUS FILHOS JÚLIO CÉSAR E FERNANDA CAROLINE, A MINHA ESPOSA SUELI, MEUS PAIS E PARA TODAS AS CRIANÇAS QUE LEREM ESTE LIVRO.

FILHOS DE ADÃO E EVA

Adão e Eva, depois que saíram do Paraíso tiveram três filhos: Caim, Abel e, depois de algum tempo, nasceu Sete.

Quando a professora acabou de contar esta história, Júlio não via a hora de correr para casa e contar a Caroline – sua irmã –, que havia pedido para Júlio não esquecer de prestar muita atenção no que a professora falaria para depois lhe contar.

Como das outras vezes, Júlio foi direto para o fundo do quintal e procurou por Caroline.

- Carol! Caroline!

- Estou aqui, Júlio, no meu quarto.

- O que aconteceu com você para estar aqui?

- A mamãe colocou eu aqui porque fiz arte, desobedeci-a.

- Xi! Outra vez?

- É, outra vez.

com você para estar aqui? - A mamãe colocou eu aqui porque fiz arte, desobedeci-a. -

- Então eu vou contar primeiro a história dos filhos de Adão e Eva e depois vou almoçar

- Não, Júlio, almoce primeiro e depois você me conta a história.

- Mas

por quê?

- Hoje eu não vou poder sair daqui, e você passa a tarde aqui comigo.

- Só você mesmo, não é Caroline?

Júlio

almoçou

e

voltou

para

o

quarto

de

Caroline.

Assim

que

entrou

na

porta,

Caroline

perguntou:

- O que a professora tua contou hoje?

- Ela contou sobre os filhos de Adão e Eva.

- Quantos filhos?

- Quando Deus tirou Adão e Eva do Jardim do

Éden, não disse que Adão teria que trabalhar para comer e Eva teria os filhos com muitas dores?

- Falou.

- Então Adão começou a cultivar a terra, a cuidar

dos animais, a caçar os animais que queria comer e Eva

teve o seu primeiro filho com muitas dores.

a terra, a cuidar dos animais, a caçar os animais que queria comer e Eva teve

- Como chamou o primeiro filho de Adão e Eva?

- Adão colocou o nome de Caim, dizendo:

“Alcancei de Deus um varão”.

- Que nome estranho!

- Muito estranho porque não é usado nos dias de

hoje.

- Eu nunca vi alguém com esse nome.

- Eu também não. Sabe o que Caim quando cresceu fazia?

- Não.

- Caim foi lavrador, cuidava das plantações.

- Adão e Eva só tiveram Caim?

- Não, depois de algum tempo nasceu Abel.

- O que Abel, quando cresceu, fazia?

- Abel foi criador de bois, vacas e ovelhas.

- Nossa! Devia ser muito rico!

- Neste tempo, Caroline, havia muito espaço na

terra. Muita fartura: por isso todos eram bem de vida.

ser muito rico! - Neste tempo, Caroline, havia muito espaço na terra. Muita fartura: por isso

- Adão e Eva tiveram mais filhos, Júlio?

- Tiveram, mas aconteceu uma coisa terrível

antes de nascer o próximo filho de Adão e Eva.

- O que foi que aconteceu, Júlio?

- Foi uma coisa tão terrível, que tenho até medo de falar!.

-

Xi! Então foi muito feio. Mas conte assim

mesmo.

-

Você não vai ficar com medo?

-

Prometo que não vou ficar com medo.

-

E se você ficar com medo?

-

Não fico e pronto. Você está me deixando

muito curiosa.

-

Está bem, vou contar. Sabe o que aconteceu?

-

Claro que não, Júlio.

-

Caim matou o seu irmão Abel.

-

Xi! É feio mesmo.

-

Não falei pra você, não falei!?!?

-

Falou, mas por que Caim matou Abel?

-

A professora disse que foi por causa das

ofertas.

-

Ofertas? O que é isso?

- Antigamente, tudo o que se produzia era dado uma parte a Deus.

- Como assim?

- Caim não plantava a terra?

- Plantava.

- Então, tudo que nascia da terra era dado uma parte a Deus.

- Entendeu, Caroline?

- Entendi. E Abel?

- Do mesmo jeito. Tudo que nascia das vacas e

das ovelhas do rebanho de Abel era dado uma parte a Deus. Entendeu o que é oferta?

- Entendi. Só não entendi o porquê de Caim matar Abel por causa da oferta.

- Vou explicar.

- Então explique.

- Quando chegou o dia de oferecerem as suas ofertas a Deus, Caim e Abel trouxeram tudo que era de bom perante Deus. Mas Deus só aceitou a de Abel.

- Mas então por que Caim matou Abel?

- Por causa das ofertas.

- Das ofertas? Como assim?

- Por causa de Deus ter aceito somente a oferta de Abel e a dele não.

- Por causa das ofertas. - Das ofertas? Como assim? - Por causa de Deus ter

- Mas o que tem a ver uma coisa com a outra?

- Caroline, Caim pensou que matando a Abel

ficaria livre para Deus aceitar a sua oferta.

- E por isso matou a Abel?

- É, por isso. Mas Deus não gostou de nada do

que acontecera e nem aceitou mais a oferta de Caim. - Também, não pode matar as outras pessoas só para se ver livre.

- Claro que não. Deus só gosta das coisas do

bem. E por isso Deus até hoje cobra de Caim a vida de Abel.

- Foi tão feio o que Caim fez, não foi Júlio?

- Claro que foi. Caim foi o primeiro homem a

matar outro homem. Foi o primeiro homicídio na terra.

- Sempre tem que ter o primeiro. Depois disto o que aconteceu a Caim?

- Deus amaldiçoou a Caim desde a terra.

- Então deve ser por isso que não conheço

ninguém com o nome de Caim.

- Deve ser por isso mesmo.

- E Caim não buscou perdão de Deus?

- Procurou, mas já havia matado a seu irmão.

Mas Deus ainda deixou Caim viver mais um pouco.

- E Adão e Eva, o que fizeram?

- Não gostaram da atitude de Caim.

- O que Caim falou para seus pais?

- Não falou nada, apenas pegou as suas coisas e foi viver bem longe de Adão e Eva.

- Adão e Eva devem ter ficado muito tristes.

- Ficaram, mas Deus deu outro filho a Adão e

Eva.

- Outro filho? No lugar de Abel?

- Não no lugar de Abel, porque filho não pode

ser substituído, mas para alegrar Adão e Eva.

- Como Adão e Eva colocaram o nome neste

último filho?

- Colocaram o nome de Sete porque Eva disse

“Deus me deu outra semente em lugar de Abel,

porquanto Caim o matou”.

- Colocaram o nome de Sete porque Eva disse “Deus me deu outra semente em lugar

- Que legal, Júlio.

- É legal mesmo, Caroline, mas não é melhor

esta história por razão de Caim matar Abel.

- É mesmo, Júlio, e sempre está acontecendo essas coisas.

- É, mas Deus não gosta disto.

- A sua professora contou mais o quê?

- Ela contou até aí e disse que na próxima

semana contará sobre a Arca de Noé e sobre a Torre de

Babel.

- Arca de Noé? Torre de Babel? O que será isto?

- Torre de Babel eu nunca ouvi falar, mas sobre a Arca de Noé eu já ouvi falar.

- O que é então?

- Não sei tudo, mas dizem que é sobre um monte de água.

- Como assim?

- Não sei certo, mas na próxima semana contarei certinho para você. Pode ser?

- Pode, mas vamos brincar um pouco agora?

- Vamos, mas primeiro vou tomar um pouqinho

de água, que a minha garganta está pedindo água.

- Mas não demora, certo?

- Certo.

E Júlio caminhou até a cozinha pensando como seria a aula da próxima semana, sobre a tal Torre de Babel e sobre a Arca de Noé.

SOBRE O AUTOR

Pedro César Alves é natural de Araçatuba–SP, nascido a 07 de dezembro de 1970. Reside atualmente na vizinha cidade de Birigüi onde ocupa o cargo de Professor de Português na Rede Estadual de Ensino. “CRIAÇÃO” é o primeiro livro da Série Histórias Bíblicas. Este texto marca mais uma vez a interação do autor com o público infanto-juvenil, de onde exerce a amabilidade de ensinar. Além desta Série, Pedro César é autor de ‘Os momentos marcantes dos pequenos aventureiros’, - história de quatro crianças que vivem num “Mundo de Contos de Fadas” – também possui vários contos, crônicas, poesias e artigos publicados em Jornais da Região Noroeste do Estado de São Paulo, além de ter alguns textos on-line.

QUEM É ROSE FÁVERO

Rose Fávero é natural de Birigüi/SP, professora de desenho artístico e óleo sobre tela – restauradora de esculturas e telas. Artista plástica há 15 anos, especializada em Arte Sacra.