Вы находитесь на странице: 1из 7

EDUCACIONAL

Física
Eletrodinâmica
MEDIDORES ELÉTRICOS
01. (PUC) No circuito da figura, E é uma fonte de tensão de Resolução:
resistência interna desprezível e A é um amperímetro
suposto ideal que assinala uma corrente de 0,2 A. A tensão Redesenhando:
– 180 Ω
E 60 Ω
da fonte, em volts, é de: +
A
180 Ω
a) 6
b) 9 Como os componentes do circuito estão em paralelo, a ddp no resis-
60 Ω A
c) 12 tor de 180 Ω é igual a E.
d) 36 E = R . i = 180 . 0,2 ⇒ E = 36 V
e) 48 E
Alternativa D

02. (FUVEST) Um voltímetro, quando submetido a uma Resolução:


tensão de 100 volts, é percorrido por uma corrente de 1mA.
Esse voltímetro, quando ligado no circuito da figura, acusa U 100
a) R = = Ω
= 100 x 103 Ω = 100 kΩ
uma diferença de potencial UAB igual a 50 volts. i 1 x 10 −3
100 Ω Ω
R = 100 kΩ
A

200 V
R b) No resistor de 100 Ω:
V
U = 200 – 50 = 150 V
U 150
B i= =
R 100
a) Qual a resistência interna do voltímetro?
i = 1,5 A
b) Qual o valor da corrente que atravessa o gerador do
circuito?

03. (FUVEST) Cinco resistores iguais, cada um com Resolução:


resistência R = 100 Ω, são ligados a um gerador G de i
→ R
tensão constante VG = 250 volts, conforme o circuito Redesenhando:
abaixo. A é um amperímetro de resistência interna + ↓i'
G
desprezível. Qual a corrente indicada por este – R R R R
instrumento? R A

R 5R
Req = R + =
4 4
R R
G R R i
VG V . 4 250 . 4
i= = G = = 2A i' = ⇒ i' = 0,5 A
R eq 5R 5 . 100 4
A

FISEXT2203-R 1
2 FÍSICA ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

04. (FUVEST) No circuito da figura, o amperímetro e o Resolução:


voltímetro são ideais. O voltímetro marca 1,5 V quando a
chave K está aberta. Fechando-se a chave K, o Redesenhando o circuito com a chave aberta: –
U↓
amperímetro marcará: +
1,5 = E – 2U. Mas U = 0, pois não há
100 Ω +
V corrente no circuito, já que o voltímetro V ↑E
a) 0 mA –
E ideal tem resistência infinita. –
b) 7,5 mA
100 Ω U↓
c) 15 mA ∴ E = 1,5 V +
K
d) 100 mA
e) 200 mA A Redesenhando o circuito com a chave fechada:
100 Ω
E 1,5
V
∴i= =
1,5 V R 100
100 Ω i = 15 mA
A
curto circuito Alternativa C

05. (FUVEST) No circuito abaixo, as resistências são idênticas Resolução:


e, conseqüentemente, é nula a diferença de potencial en-
tre B e C. Qual a resistência equivalente entre A e D? Com as informações do enunciado, concluímos que a resistência
entre os pontos B e C não é percorrida por corrente.
B

a) R Redesenhando o circuito:
R R R R
2 2R A D
b) R Req = =
2
R R R
c) 5R A D Req = R
2
R R Alternativa B
d) 4R
e) 5R C

06. (MACK) Na associação da figura, a ddp entre os terminais Resolução:


A e B é 78 V. As intensidades de corrente nos resistores
de 5,0 Ω, 6,0 Ω e 24 Ω são, respectivamente: Como 15 . 8 = 5 . 24 = 120, concluímos que o resistor de 6Ω não é
percorrido por corrente (i3 = 0). i1
8,0 Ω B Redesenhando: 5Ω 8Ω ←
a) zero, zero e zero iT
b) 2,0 A, 2,0 A e 2,0 A U 78 A ← B
i1 = = = 6A
c) 2,0 A, zero e 6,0 A 5,0 Ω 6,0 Ω R eq1 13 15 Ω 24 Ω
24 Ω
d) 6,0 A, 6,0 A e 6,0 A ←
U 78 i2
e) 6,0 A, zero e 2,0 A A i2 = = = 2A 78 V
15 Ω R eq 2 39
Assim, i1 = 6A, i2 = 2A e i3 = 0 (no resistor de 6Ω).
Alternativa E

07. (VUNESP) No circuito abaixo, as correntes i 1, i2 e i3 Resolução:


valem, respectivamente:
4Ω 1Ω Como 1 . 8 = 2 . 4 = 8, concluímos que i3 = 0
i3
a) 4 A; 2 A; 1 A i1 U 20 U 20
10 Ω i1 = = i2 = =
b) 2 A; 4 A; 0 A i2 R eq1 5 R eq 2 10
c) 4 A; 2 A; 2 A 8Ω 2Ω
i1 = 4A i2 = 2A
d) 4 A; 2 A; 0 A
e) 2 A; 2 A; 2 A
20 V Alternativa D

FISEXT2203-R
EDUCACIONAL
ELETRODINÂMICA FÍSICA
3
08. Um eletricista possui um amperímetro cuja resistência Resolução:
interna é de 1Ω, que pode ler até 50A. Ao realizar um serviço
Aguarde Resolução
em uma fábrica de pequeno porte, ele sabe que as correntes
podem atingir valores de até 150A. O que o eletricista pode Alternativa D
fazer para medir as correntes, sem ter que adquirir outro
aparelho ?

a) Colocar em série com o amperímetro uma resistência de


valor maior que 1Ω.
b) Colocar em série com o amperímetro uma resistência de
valor menor que 1Ω.
c) Colocar em paralelo com o amperímetro uma resistência
de valor maior que 1Ω.
d) Colocar em paralelo com o amperímetro uma resistência
de valor menor que 1Ω.
e) Não é possível utilizar o amperímetro do eletricista.

09. (UNIFESP/2002) Dispondo de um voltímetro em condições Resolução:


ideais, um estudante mede a diferença de potencial nos
terminais de uma pilha em aberto, ou seja, fora de um circuito
elétrico, e obtém 1,5 volts. Em seguida, insere essa pilha
num circuito elétrico e refaz essa medida, obtendo 1,2 volts. 1,5 V
Essa diferença na medida da diferença de potencial nos R 1,2 V
terminais da pilha se deve à energia dissipada no r

a) interior da pilha, equivalente a 20% da energia total que


essa pilha poderia fornecer.
b) circuito externo, equivalente a 20% da energia total que
essa pilha poderia fornecer. 1, 2
c) interior da pilha, equivalente a 30% da energia total que Rendimento do gerador: η = 1,5 = 80%.
essa pilha poderia fornecer.
d) circuito externo, equivalente a 30% da energia total que Isto significa que 20% da energia é perdida (dissipada
essa pilha poderia fornecer. dentro da própria pilha).
e) interior da pilha e no circuito externo, equivalente a
12% da energia total que essa pilha poderia fornecer.
Alternativa A

FISEXT2203-R
4 FÍSICA ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

10. (PUC/2002) Um determinado circuito elétrico contém3 lâmpadas L1, L2 e L3, uma bateria de força eletromotriz E e resistência
interna desprezível, um amperímetro (A) e um voltímetro (V) ideais. As lâmpadas L2 e L3 estão ligadas em paralelo entre si e em
série com a lâmpada L1 e a bateria.O voltímetro e o amperímetro estão conectados no circuito de forma a indicar, respectivamente,
a tensão elétrica e a corrente elétrica na lâmpada L1.

O esquema que representa corretamente a situação apresentada é:

V L2
a) X Resolução:
X
L1 X Aguarde Resolução
L3
Alternativa A

E
A
L2
X
V X
b) L1 X
L3

E
A

V
A X
L2 X
L1
c) X
L3

L1
X A
L2
X

d) X
L3
V

X A L1
L3
X
e) X
V
L2

FISEXT2203-R
EDUCACIONAL
ELETRODINÂMICA FÍSICA
5
11. (FUVEST) Você dispõe de um voltímetro e de um Resolução:
amperímetro ideais. Para determinar experimentalmente o
valor da resistência R, você escolheria a montagem: Amperímetro em série e voltímetro em paralelo.
A
V Alternativa A
a) V d) A

R R
A
b) A e)
R
R
V
V
A
c) V

12. (PUC) Dois voltímetros A e B têm resistências internas Resolução:


iguais a RA = 100 kΩ e RB = 400 kΩ. Tais voltímetros são
Req = 100 + 400 = 500 kΩ
ligados em série e aos terminais desta associação aplica-se
U 150
a ddp de 150 V. As leituras de A e B serão, respectivamente: i= = = 0,3 mA
R eq 500

a) 30 V e 120 V
VA = RA . i = 100 x 103 . 0,3 x 10–3 ⇒ VA = 30 V
b) 50 V e 100 V
c) 60 V e 90 V VB = RB . i = 400 x 103 . 0,3 x 10–3 ⇒ VB = 120 V
d) 75 V e 75 V + A
150 V Alternativa A
e) 100 V e 50 V –
B

13. (MACK) Considere a figura. O potencial elétrico do ponto Resolução:


A é mantido 400 V acima do potencial elétrico da Terra. A A
V A = 400
1 x 106 . 3 x 106
tensão elétrica, no resistor de 1MΩ, medida por um V Req = 250 x 103 +
U' 250 kΩΩ 1 x 106 + 3 x 106
voltímetro de resistência interna igual a 3 MΩ é de:
Req = 1 x 106 Ω

U" 1 mΩ Ω
3 mΩ U 400
a) 320 V A iT = = = 0,4 x 10–3 A
R eq 1 x 106
b) 300 V VTerra = 0
c) 160 V Ω
250 kΩ
d) 133 V U' = 250 x 103 . 0,4 x 10–3 = 100V ⇒ U" = 300V
e) 40 V
Alternativa B

1 MΩ

FISEXT2203-R
6 FÍSICA ELETRODINÂMICA
EDUCACIONAL

14. (FUVEST) O amperímetro A e o voltímetro V do circuito Resolução:


abaixo são ideais. Com a chave k ligada, o amperímetro
marca 1 mA e o voltímetro, 3 V. Desprezando-se a resistência Como as resistências são iguais, a corrente total do circuito é 2 mA.
interna da bateria, quais os valores de R e E? i1 = 1 mA
R R i = 2 mA
R R
A
R R R
U
i i2 = 1 mA
V
R + –
E

U = R . i ⇒ 3 = R . 2 x 10–3
R = 1500 Ω
+ – K Req = R + R/2 + R
E
Req = 3750 Ω
a) R = 1.500 Ω; E = 7,5 V
b) R = 3.000 Ω; E = 15 V E = Req . i
c) R = 500 Ω; E = 3 V E = 3750 . 2 x 10–3 ⇒ E = 7,5 V
d) R = 1,5 Ω; E = 5 V
e) R = 3,0 Ω; E = 15 V Alternativa A

15. (FUVEST) No circuito indicado, dispõem-se dos seguintes Resolução:


elementos: um amperímetro e um voltímetro ideais, que
indicam 300 mA e 1,5 V, e uma lâmpada. O elemento I tem que ser voltímetro, pois está em paralelo com a
fonte.
II
I Os elementos II e III podem ser o amperímetro e a lâmpada, em
III qualquer ordem.

Alternativa B
Os elementos simbolizados no circuito pelos números I,
II e III podem corresponder, respectivamente, a:
a) amperímetro, lâmpada e voltímetro
b) voltímetro, lâmpada e amperímetro
c) lâmpada, voltímetro e amperímetro
d) lâmpada, amperímetro e voltímetro
e) amperímetro, voltímetro e lâmpada

16. (MACK) O amperímetro ideal da figura acusa 2,0 A. Resolução:


A fem do gerador ideal E vale:
E
+ – U=R.i
a) 6,0 V i U = 3 . i1 = 3 . 2 = 6 V
b) 12 V E
U' 4 Ω Mas
c) 15 V 6 Ω i2
d) 18 V 4 Ω 6
U U = 6 . i2 ⇒ i2 = =1A
e) 24 V 6 Ω 6
3 Ω
∴ i = i1 + i2 = 3 A
i1 = 2 A
3 Ω U U' = 4 . i = 12 V
A
Logo: E = U + U' ⇒ E = 18 V

Alternativa D

FISEXT2203-R
EDUCACIONAL
ELETRODINÂMICA FÍSICA
7
17. (PUC) A figura abaixo mostra o esquema de uma ponte de Resolução:
Wheatstone. Sabe-se que U = 3 V; R2 = R3 = 5 ohms e o 2.5
galvanômetro é de zero central. A ponte entra em equilíbrio R1 . R3 = R2 . Rx ⇒ Rx = =2Ω
5
quando a resistência R1 = 2 ohms.
As correntes i1 e i2 (em ampères) valem, respectivamente: U 3 U 3
i1 = = i2 = =
a) zero e zero R1 Rx R1 + R x 4 R 2 + R 3 10
b) 2e2 i1
G
c) 0,75 e 0,30 i1 = 0,75 A i2 = 0,3 A
i2
d) 0,30 e 0,75
R2 R3
e) 0,43 e 0,43

U Alternativa C

18. (UNISA) Dado o esquema, a corrente no resistor de Resolução:


6,0 Ω é:
16,0 Ω 8,0 Ω
Como 4 . 16 = 64 e 8 . 8 = 64, a corrente no resistor de 6 Ω é 0.
a) 50 A 6,0 Ω
b) 10 A
c) 2,0 A Alternativa E
8,0 Ω 4,0 Ω
d) 5,0 A
e) zero
50 V 2,0 Ω

19. (FUVEST) Considere o circuito da figura onde E é 10 V e R Resolução:


é 100 Ω. R 3R E 10
R 2R a) Req = + = 2R i= = = 0,05 ⇒ A = 50 mA
2 2 2R 200
V
a) Qual a leitura do b) queda de tensão em R A
amperímetro A? R
2R R
U1 = R . i1 = 100 . 25 x 10–3 = 2,5 V mA
b) Qual a leitura do A 25 U1
voltímetro V? queda de tensão em 2R V
E 25 2R
U2 = 2R . i2 = 200 . 25 x 10–3 = 5 V mA
R/2 ∴ VAB = U2 – U1 ⇒ VAB = 2,5 V U2 B

20. (MACK) No circuito, a ddp entre os terminais A e B é de 60 Resolução:


V e o galvanômetro G acusa uma intensidade de corrente
elétrica zero. Se a ddp entre os terminais A e B for duplicada
e o galvanômetro continuar acusando zero, poderemos 5 . (20 + R) = 15 . (10 + 5)
afirmar que: 5 Ω 10 Ω 5 Ω
100 + 5R = 225

5R = 125
G
R = 25 Ω
15 Ω 20 Ω R

A B Alternativa A
a) a resistência R permanecerá constante e igual a 25 Ω
b) a resistência R permanecerá constante e igual a 15 Ω
c) a resistência R permanecerá constante e igual a 10 Ω
d) a resistência R, que era de 25 Ω, será alterada para
50 Ω
e) a resistência R, que era de 50 Ω, será alterada para
12,5 Ω

FISEXT2203-R