Вы находитесь на странице: 1из 19

PONTOS

PARA
BORDAR
A PEDRARIA
Existem vários pontos de bordado manual que podem ser
adaptados ao bordado com pedraria.

Para executá-los, utilize linha bem forte, tipo linha


sintética fina utilizada na confecção de calçados (vem em
diversas cores, em carretel grande), ou linha de nylon para
pesca números 0.25 ou 0.30 (porém apesar desta linha ser
resistente, ela não resiste ao ferro de passar e também
poderá incomodar se o acabamento ficar mal feito). Não
utilize linha de costura comum, porque ela fatalmente irá
arrebentar, principalmente na utilização de vidrilhos. Linha
de silicone também poderá ser problema, porque além de não
resistir ao ferro ela resseca com o passar do tempo.

Sempre utilize linha na cor do tecido ou da pedraria, ou


transparente, para que ela não apareça.

Cuidado especial também na escolha das pedrarias. Para um


bordado mais discreto e mais social, utilize sempre pedraria
na mesma cor do tecido.

Lembre-se que Pedraria vai e vem com a moda, portanto nada de


exageros. Borde uma roupa tendo sempre em vista a cor e o
tipo do tecido, e a ocasião em que essa roupa poderá ser
usada e também o estilo da pessoa que a usará. Para roupas de
festas que serão usadas à noite, use brilho sem medo de ser
feliz.
Material Mais Utilizado

Nome T Variações de Tonalidade


Miçanga P,M,G Fosca, Com Brilho, Porcelanizadas e Furtacor

Miçanga e Canutilhos P,M,G


de madeira
Canutilho U Fosco, Com Brilho e Furtacor

Vidrilho U Fosco, Com Brilho e Furtacor

Arroz U Fosco, Com Brilho e Furtacor


Arroz de Madeira U

Gota P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor

Pérola P,M,G
Cristal P,M,G Fosco, Com Brilho e Furtacor (várias formas)
Os melhores cristais são os Cristais
Swarovisks, porque tem um formato uniforme e
um brilho que não se desfaz facilmente.

Muranos P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor(varias formas)


Bambu P,M,G

Coquinho P,M,G

Estrelas P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor

Lantejoulas P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor

Flores P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor

Folhas P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor

Pedras P,M,G Fosca, Com Brilho e Furtacor


Strass P,M,G Com Brilho e Furtacor

Fios Strass

Linha de costura
Linha de costura n.10 Para tecidos grossos
Linha de Nylon n.25 Para bordar jeans, tecidos grossos, chinelos e
calçados
Linha p/bordado Para intercalar bordado manual c/ pedraria

Fio de silicone Para fazer alças para roupas


Fio cabelo de anjo Dourado e Prateado

Tesoura p/ bordado Pequena de ponta fina e inclinada

Agulhas manuais finas P/ vidrilhos e pedrarias com furo fino utilize


agulha para bordado n.9 ou n.12
Ponto Cadeia ou Corrente
Puxe a agulha no alto da linha e mantenha-a presa com o polegar esquerdo. Introduza a agulha no
mesmo lugar de onde saiu a última vez e puxe-a a uma curta distância, mantendo o fio por baixo
da ponta da agulha.

Ponto Cadeia Aberto

Ponto Fios Estendidos


Ponto Haste Simples e Ponto Haste Duplo
muito usado no Bordado a pedraria. Com esse ponto, pode-se fazer o ponto
torçaide simples e duplo.

Trabalhe da esquerda para a direita fazendo pontos levemente inclinados,


regulares, ao longo da linha do desenho. O fio sai sempre à esquerda do ponto
anterior. Esse ponto é usado para hastes de flores, contornos, etc. Pode também
ser usado como uma cobertura; carreiras de Ponto de Haste feitas bem juntas
dentro de um desenho até cobrí-lo completamente.

Dá-se um ponto da esquerda para direita pegando dois oi três fios do tecido e
saindo com a agulha no fim do ponto anterior, segurando a linha sempre virada
para baixo. Para fazer o ponto de haste mais grosso, ou ponto de haste duplo, dá-
se o mesmo ponto acima indicado, pegando, porém, um pouco mais de tecido
(cinco ou seis fios) e saindo com a agulha na metade do ponto anterior. Na figura
abaixo, o primeiro ponto é o simples e o segundo o duplo.
Ponto de Alinhavo ou Salteado
Passe a agulha por cima e por baixo do tecido, fazendo os pontos de cima do mesmo
comprimento. Os pontos de baixo devem ser também do mesmo tamanho, porém metade do
tamanho, ou menos, dos pontos de cima.

Ponto Salpicado
Passe a agulha por cima e por baixo do tecido, fazendo os pontos de cima do mesmo
comprimento. Os pontos de baixo devem ser também do mesmo tamanho, porém metade do
tamanho, ou menos, dos pontos de cima. Os pontos devem ser em várias direções.
Ponto Trançado

Ponto Escama de Peixe

Ponto Matiz
Este ponto que tem a forma do Ponto Cheio é frequentemente usado para encher um desenho
considerado muito grande ou muito irregular para ser coberto com Ponto Cheio. É também usado
para dar o efeito sombreado. Na primeira carreira os pontos são alternadamente longos e curtos e
bem unidos para seguir o contorno do desenho. Os pontos das carreiras seguintes são feitos de
maneira a dar ao trabalho uma superfície uniforme e macia. O diagrama mostra como o efeito de
matiz e sombra pode ser conseguido.
Ponto Margarida
muito usado no Bordado a pedraria. No lugar do pontinho central de cada pétala, substitua
por um arrozinho ou um vidrilho. As pétalas poderão ser bordadas com vidrilho ou
pequenas miçanguinhas.
Execute este ponto como o Ponto de Cadeia (A), mas prenda cada laçada com um pontinho (B).
Este ponto pode ser feito individualmente ou em grupos para formar pétalas de flores

Ponto Meio Ponto Cretense

Ponto Pé-de-Galinha.
muito usado no Bordado a pedraria. Borde com vidrilhos.
Ponto Apanhado
muito usado no Bordado a pedraria. No lugar do pontinho, coloque um vridrilho ou uma
miçanga.

Ponto Apanhado Bockhara


Fica muito bonito quando bordado com cordão ou uma linha mais grossa e no lugar dos
pontinhos centrais, colocado um vidrilho ou uma miçanga.

Ponto Apanhado Brocatelo


Fica muito bonito quando bordado com cordão ou uma linha mais grossa e no lugar dos
pontinhos centrais, colocado um vridrilho ou uma miçanga.
Ponto Cheio ou Ponto Raso
muito usado no Bordado a pedraria. Este ponto é usado geralmente para o bordado em
branco, mas serve também para certos bordados de cor. Utilize miçanguinhas bem
pequenas ou vidrilhos. Acolchoa-se primeiramente todo o contorno e a superfície do
desenho com pontinhos de alinhavo feitos com linha de serzir da mesma cor da linha do
bordado. Todos os pontos deste enchimento devem ser feitos em sentido contrário aos do
bordado:

Terminada esta operação, bordam-se da esquerda


para direita, pontos paralelos e bem regulares,
seguindo exatamente o risco. Quando os motivos para
bordar forem muito largos, assim como folhas ou
pétalas de flores, deve-se fazer o bordado dividido
em duas partes pelo comprimento do motivo. Borda-
se primeiro uma metade e depois a outra. O
enchimento do motivo também deve ser feito
separadamente. O relevo do bordado será maior ou
menor, conforme a espessura do enchimento
anteriormente feito. O ponto raso é feito da mesma
maneira acima explicada, sem fazer, porém,
enchimento algum.
Ponto Feixes
muito usado no Bordado a pedraria. No lugar do ponto central, coloque uma carreira de
miçanguinhas, ou vidrilhos ou um arrozinho ou mesmo uma pedra de cristal Swarovisk.

Ponto Renascença

Ponto Russo
Pode ser bordado com carreira de miçanguinhas ou vidrilhos.
Ponto Reto
muito usado no Bordado a pedraria

Ponto Contorno
Ponto Palestrina

Observar a figura baixo e proceder da seguinte maneira: espetar


a agulha por baixo do tecido saindo em "a", espetar em "b" e sair
em "c"(ver fig. 1). Fazer um duplo ponto de festão, em volta do
ponto anterior, sem pegar no tecido. Apertar bem o ponto (ver a
figura 2). Fazer outro ponto enviesado bem ao lado do primeiro e
repetir os pontos de festão, e assim por diante (fig 3 e 4)

Похожие интересы