Вы находитесь на странице: 1из 6

14/01/2008

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

1. Recepção
2. Preparo
3. Posicionamento
4. Registro do paciente
5. Programação
6. Protocolos
7. Garantia da Qualidade
Coordenador Cursos de Qualificação em TC e RM – Faculdade Novo Rumo
8. Pós processamento
9. Imagens
Aplication em TC e RM – Siemens Medical Brasil 10. Questionário
Consultor em Qualidade – SIAS 11. Links

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

O paciente é recebido, cadastrados seus dados na recepção No exame o importante é:


como: nome, data de nascimento, endereço...
• Orientar o paciente quanto a retirada de todos os metais
É importante para o estudo que na recepção os recepcionistas • Trocar a roupa por camisola
leiam o pedido médico e cadastrem o exame de acordo com a • Verificar através de questionário questões referentes a
justificativa do médico, pois esta ação pode evitar problemas contra indicações para o exame.
para o pagamento do exame e na própria realização técnica do • Verificar a ocorrência de próteses metálicas orais móveis
mesmo. • Puncionar o acesso venoso antes da realização do exame.

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

Paciente em decúbito dorsal


O objetivo é colocar a região de estudo
(lombar) no centro do campo magnético.

Pés entrando primeiro ou para a esquerda


em relação ao centro do campo magnético.
Luz de posicionamento sagital
acompanhando a linha média sagital
Luz de posicionamento axial acompanhando
o centro da bobina.

1
14/01/2008

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

SAGITAL
COL LOMBAR

COLLOMBAR

Cortes orientados paralelos ao eixo medular varrendo corpos


medulares, forames de conjugação e medula.

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

AXIAL 6.2 SEQÜÊNCIA UTILIZADAS

T2 TSE SAG

Utilizado para verificar lesões


com o preenchimento de líquido.
apresentando bom contraste
com contraste entre o tecido
Muscular.
Gordura fica branca fornecendo
Cortes localizados nos espaços discais de interesse, orientados contraste para tendão e músculo.
paralelos aos discos e em perpendicular à linha média

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

6.2 SEQÜÊNCIA UTILIZADAS 6.2 SEQÜÊNCIA UTILIZADAS

T1 TSE SAG T2 TSE TRA

Utilizado para verificar Utilizado para verificar lesões


a anatomia muscular, óssea e com o preenchimento de líquido.
principalmente os meniscos. apresentando bom contraste
Gordura fica branca com contraste entre o tecido
fornecendo contraste para Muscular.
tendão e músculo Gordura fica branca fornecendo
contraste para tendão e músculo.

2
14/01/2008

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

6.2 SEQÜÊNCIA UTILIZADAS 6.1 INDICAÇÕES

T1 TSE TRA Normalmente as principais indicações para o exame são:

Utilizado para verificar • Hérnia de disco


a anatomia muscular, óssea e • Patologias disco-vertebrais
principalmente os meniscos. • Traumas
Gordura fica branca • Tumores
fornecendo contraste para
tendão e músculo

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

No exame, observa-se a ocorrência de artefatos de


movimento, metálicos e de inconsistência, sendo o último ROTINA
grupo referente á máquina.
AXIAL T2 T1 T1 FS
Ainda sobre qualidade observa-se que o posicionamento
CORONAL
correto, o uso adequado de: campo de visualização e
resolução são os principais fatores de qualidade para o SAGITAL T2 T1 TIRM T1 FS
estudo.
Seqüências após o uso de contraste
Seqüências opcionais

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

8.1 FILME
São fotografados normalmente todas as sequências adquiridas,
observando a importância específica para cada uma.

São realizadas aquisições com cortes finos (de 3 a 5mm) não


sendo possível a realização de recontruções 3d como MPR e 3d
porém as sequências 2d atendem bem o diagnóstico para a
região. Sagital
12 imagens por filme

Ordem:
Da direita para esquerda

3
14/01/2008

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

8.1 FILME COMPOSIÇÃO

Axial
24 imagens por filme

Ordem:
De baixo para cima

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

ESCOLIOSE ESCOLIOSE

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

ESCOLIOSE HÉRNIA DE DISCO

4
14/01/2008

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

ARTRITE REUMATÓIDE JUVENIL HÉRNIA DE DISCO

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

HÉRNIA DE DISCO HÉRNIA ESTRUSA

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

HÉRNIA ESTRUSA MIELO

5
14/01/2008

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

DISCITE
1. Descreva a recepção e o preparo realizado no exame.
2. Quais são os itens que constam no questionário de contra indicações para o exame.
3. Como é realizado o posicionamento ?
4. Quais sãos os itens mais importantes no registro?
5. Como são programados os exames? Desenhe.
6. Cite as cinco principais indicações para o exame.
7. Quais as seqüências de pulso e planos de visualização utilizados? Descreva.
8. Quais são os itens que representam falta de qualidade no exame?
9. Descreva como é documentado o exame.
10. Quais as reconstruções e pós processamentos mais empregados no exame?

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

www.medical.siemens.com

CURSO DE QUALIFICAÇÃO EM TOMOGRAFIA E RESSONÂNCIA

hsavione@yahoo.com.br