Вы находитесь на странице: 1из 4

UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP

EMENTA E CONTEÚDO

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO


CURSO: Administração
SÉRIE: 7º Semestre
TURNO: Diurno e Noturno
DISCIPLINA: GIO- Gestão das Informações Organizacionais
CARGA HORÁRIA SEMANAL: 2 h/a semanais.

I- EMENTA

Identificar, selecionar, comunicar e utilizar as informações necessárias ao processo de gestão


empresarial em especial a informação estratégica e o modo como o sistema de informações possa
contribuir para a vantagem competitiva da organização. Quesitos fundamentais relevantes para a
gestão do capital intelectual, destacando-se a gestão das informações pertinentes a marcas e
patentes, da monitoração ambiental e da análise crítica do desempenho global da organização.

II – OBJETIVOS GERAIS

Esta disciplina deve contribuir para o desenvolvimento do processo de planejamento que


acompanha tendências da economia, do mercado, das necessidades do cliente, da atuação da
concorrência, das tecnologias, do mercado de trabalho e do ambiente legal e social, e transforme
as informações levantadas em parâmetros úteis para dirigir os planos. Deve levar também em
conta as exigências da gestão das Informações da organização; da gestão das informações
comparativas e da análise crítica do desempenho dos resultados.

III- OBJETIVOS ESPECÍFICOS

São objetivos específicos, que se constituem um desdobra-mento natural dos objetivos gerais,
capacitar o leitor a: (1) selecionar e utilizar informações necessárias para apoiar os projetos da
organização; (2) selecionar os principais tipos de informação relacionados aos principais
processos e metas da organização; (3) desenvolver sistema de indicadores de desempenho da
organização, levando-se em conta a integração das informações (sistema de informações
executivas considerando conceitos como o Balanced Scorecard); (4) disponibilizar e disseminar a
informação aos usuários para assegurar a consecução das metas da organização; (5) cConhecer
e apreender os princípios da gestão das informações comparativas, com ênfase: na seleção e
utilização de informações comparativas com vistas a promover a melhoria do desempenho global
da organização, contemplando: a existência de um processo estruturado de benchmarking; o
estabelecimento de diretrizes e métodos para a busca de informações comparativas adequadas,
dentro e fora do ramo de atividade e dos mercados da organização; a definição dos principais
tipos de informações comparativas utilizadas e como cada tipo se relaciona com os principais
projetos, processos e metas da organização; existência de referenciais comparativos de
excelência (para apoio à formulação de estratégias); (6) compreender os quesitos de uma análise
crítica do desempenho da organização, em especial da forma como a alta direção participa na
análise crítica do desempenho global e na utilização dessa análise para reforço dos valores e
revalidação das estratégias da organização
IV – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Conteúdo Programático Competências a desenvolver

1 - Cultura da informação 1. a)descrever o papel do


O papel do administrador de sistemas de informação; Cultura da administrador do sistemas de
informação; Primeira regra da cultura da informação; Cultura da informação; b) conceituar
informação adequada à empresa. cultura da informação e suas
principais características;
c)determinar o modo de se
especificar a tipo de cultura da
informação adequada para
uma empresa.
2 - Informação estratégica
Informação e vantagem competitiva; Vantagem competitiva. 2. a) - entender a importância
Tipos de vantagens competitivas. Fontes de vantagens da informação para a vantagem
competitivas. Conceito de sistemas de informação eficientes. competitiva da organização; b)
Informação estratégica como processo. - conceituar o que é um
sistema de informação eficiente
e c) - indicar as etapas
associadas ao processo de
informação competitiva.
3 - Informação estratégica
Conceito ampliado de informação estratégica; Visão de futuro: 3. a) explicitar o conceito de
um perfil organizacional antecipado; A visão e os autores de informação estratégica,
estratégia; A estratégia na visão; Funcionalidade interna; Gestão considerando os vários
sistêmica. aspectos relevantes para a
vantagem competitiva; b) expor
o conceito de visão de futuro,
incluindo a discussão da forma
como este conceito é discutido
na literatura; c) caracterizar
alguns elementos constituintes
da visão de futuro.

4 - Sistema de informações como fonte de VC 4. a) - apontar os tipos de


Informações gerenciais e operacionais; Tipos de sistemas de sistemas de informações
informações gerenciais; A evolução dos sistemas integrados de gerenciais mais comuns e as
gestão; Características de um SIG; Importância do ERP para as características principais de
organizações; ERP como fonte de vantagem competitiva; cada um deles (SIG, SRG,
Desenvolvimento e implantação de sistema de informação. SAD, SAE,); b) - dissertar
Ferramentas CASE. sobre a evolução dos sistemas
integrados de gestão; c) -
indicar as características dos
softwares de gestão
empresarial (ERP) e a sua
importância para as
organizações; d) - enunciar
alguns modos de como o ERP
se constitui em fonte de
vantagem competitiva para a
organização; e) dissertar sobre
as fases de desenvolvimento e
implantação de um sistema de
informação.

5 - Sistema de informações excelente 5. a) expor por que o PNQ


PNQ Como referencial de excelência. Breve revisão dos pode ser considerado como um
Fundamentos de excelência do PNQ; Excelência em Gestão do referencial de excelência; b)
conhecimento e Análise. Gestão das informações. apontar os fundamentos de
excelência do PNQ; c)
descrever a estrutura de
critérios do PNQ e d) citar os
sub-critérios ou itens do critério
Gestão do conhecimento e
Análise.

6 - Gestão do capital intelectual 6. a) - conceituar capital


Capital intelectual. A gestão de marcas e patentes. intelectual, suas características
e importância para a
organização; b) - mencionar a
forma como o capital intelectual
pode ser gerido; c) - situar a
importância da gestão de
marcas e patentes para a
organização.

7 - Monitoração ambiental 7. descrever a importância e


Monitoração ambiental: conceito e importância. Monitoração da as características da
estratégia de posicionamento. Monitoração da estratégia monitoração ambiental.
competitiva. Monitoração da qualidade do negócio. Gestão da
monitoração ambiental.

8 - Análise crítica do desempenho global 8. a) apontar os aspectos mais


Análise crítica do desempenho global da organização. relevantes associados à
Resultados da organização. Sistema de indicadores. análise crítica do desempenho
global da organização; b)
descrever as etapas principais
para a construção de um
sistema de indicadores.

V – ESTRATÉGIAS DE TRABALHO

Estratégicas de Trabalho Competências a desenvolver

 As aulas deverão ser, predominantemente, expositivas, com  visão holística das


apoio de material de leitura previamente organizações
preparado/selecionado para cada aula.  interdisciplinaridade que a
gestão administrativa
 Discussão em classe com relação à vivência dos alunos com requer
relação a cada tópico;  aspectos relevantes da
gestão da administração
 Deverão ser, sempre, sugeridos materiais de leitura envolvendo o fator humano
adicionais, como forma de estimular/orientar o  aspectos relevantes da
desenvolvimento pessoal dos alunos gestão da administração
referentes ao novo
ambiente de negócios
 aspectos relevantes da
gestão da administração
com respeito à cidadania e
responsabilidade social.
V – AVALIAÇÃO

Avaliação Competências a desenvolver


• Serão respeitados os critérios de avaliação/aprovação  Senso crítico e capacidade
definidos pela Universidade. de contextualização
• Todas avaliações deverão ser consideradas como "mais  Trabalho em equipe
uma" oportunidade de aprendizagem, motivo pelo qual  Capacidade de identificar,
serão incentivadas a provas com consulta a materiais analisar e solucionar
escritos, desde que as questões formuladas sejam problemas
instigadoras de pesquisas.  Comunicação e expressão
• Visando estimular os trabalhos em equipe, deverão ser
realizadas provas em duplas, desde que as questões
formuladas sejam apropriadas para discussão e tomada
de decisões em duplas.

VI – BIBLIOGRAFIA

Bibliografia Básica:

MEIRELES, M. Sistemas de Informação: quesitos de excelência dos sistemas de informação


operativos e estratégicos. 2.ed. São Paulo: Arte & Ciência, 2004.

Bibliografia Complementar:

CARVALHO, G. M. R. & TAVARES, M. S.. Informação & Conhecimento: uma abordagem


organizacional. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001.
DAVENPORT, T. H.. Ecologia da Informação. São Paulo: Futura, 1998.
FELICIANO, A.N.; SHIMIZU, T. Sistemas flexíveis de informação. São Paulo: Makron, 1996
FNQ. Planejamento do Sistema de Medição do Desempenho Global. São Paulo: FNQ, 2001.
FNQ. Critérios de excelência. São Paulo: PNQ, 2006
FURLAN, J.D. Modelagem de Negócio. São Paulo: Makron, 1997.
GOMES, E.; BRAGA, F.. Inteligência Competitiva. São Paulo: Campus, 2002.
HRONEC, S. Sinais Vitais. São Paulo: Makron. 1994.
KIM, W. C. ; MAUBORGNE, Renée. Inovação e valor a lógica estratégica do alto crescimento.
In: HBR. Estratégias para o crescimento. Rio de Janeiro: Campus, 2000 (p.31-56)
MARTINS, R.A. Sistemas de medição de desempenho: um modelo para estruturação do uso. São
Paulo,. Tese (doutorado). Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, 1999.
MCGEE, J.;PRUSAK, Laurence. Gerenciamento estratégico da informação. Rio de Janeiro:
Campus, 1994.
MOURA, L.R. Gestão integrada da informação: proposição de um modelo de organização
baseado no uso da informação como recurso de gestão empresarial. São Paulo: USP, 1999
(dissertação de mestrado).
ZACCARELLI, S.B. Estratégia moderna nas empresas. São Paulo: Zarco, 1996.