Вы находитесь на странице: 1из 206

CÓDIGO DE OBRAS Auriverde

DECRETO N.º 322, DE 03 DE MARÇO DE 1976. para o local onde o seu licenciamento seja requeri-
do. [Ver o Decreto n.º 2.299/79.]
Aprova o Regulamento de Zoneamento do Art. 3.º Neste regulamento são usadas as
Município do Rio de Janeiro. seguintes abreviaturas: [Ver o Decreto n.º
2.299/79.]
O Prefeito da cidade do Rio de Janeiro, no uso AC — área central;
das atribuições que lhe são conferidas pela legisla- ATE — área total de edificação;
ção em vigor, decreta: CB — centro de bairro;
Art. 1.º Fica aprovado o Regulamento de PA — projeto aprovado;
Zoneamento do Município do Rio de Janeiro que PAA — projeto aprovado de alinhamento;
acompanha este decreto. PAL — projeto aprovado de loteamento;
Art. 2.º [Revogado pela Lei n.º 704, de PIV — prisma de iluminação e ventilação;
03/01/1985.] PV — prisma de ventilação;
Art. 3.º [Revogado pela Lei n.º 704, de RA — região administrativa;
03/01/1985.] RCE — Regulamento de Construções e Edi-
Art. 4.º As disposições do Regulamento de ficações;
Zoneamento que permitam edificação residencial RPT — Regulamento de Parcelamento da Terra;
multifamiliar ou alterem condições de uso e ativi- ZE — zona especial;
dades não incidirão sobre áreas de projetos apro- ZI — zona industrial;
vados de loteamentos com restrições urbanísticas ZIC — zona de indústria e comércio;
impostas pelo loteador e que tenham sido objeto ZP — zona portuária;
de averbação no registro de imóveis. ZR — zona residencial;
Art. 5.º O presente decreto entrará em vigor ZT — zona turística.
na data de sua publicação, ficando revogados o
Regulamento de Zoneamento aprovado pelo De- CAPÍTULO II
creto “E” n.º 3.800, de 20 de abril de 1970, e de-
mais disposições em contrário, mantidos o artigo Divisão e delimitação das zonas
6.º do Decreto n.º 51, de 1.º de julho de 1975, e
os artigos 2.º, 3.º, 8.º, 9.º, 10, 12, 13 e 14 do Art. 4.º Para fins deste regulamento o muni-
Decreto n.º 52, de 1.º de julho de 1975. cípio do Rio de Janeiro fica dividido nas seguintes
zonas, com as delimitações adiante referidas:
Rio de Janeiro, 03 de março de 1976. I — área central (AC), com duas subdivisões:
AC-1 e AC-2, delimitadas nos anexos 1 e 2;
MARCOS TAMOIO II — zona industrial (ZI), com duas subdivi-
sões ZI-1 e ZI-2, delimitadas nos anexos 3 e 4;
REGULAMENTO DE ZONEAMENTO DO III — zona portuária (ZP), delimitada no ane-
MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO xo 5;
IV — os centros de bairro (CB), com três subdi-
CAPÍTULO I visões: CB-1, CB-2 e CB-3, compreendendo os lo-
gradouros e as quadras relacionados no anexo 20;
Introdução V — zona de indústria e comércio (ZIC), deli-
mitada no anexo 14;
Art. 1.º Este regulamento estabelece as mo- VI — zona turística (ZT), com duas subdivi-
dalidades, a intensidade e a localização dos usos sões: ZT-1 e ZT-2, delimitadas nos anexos 6 e 7;
do solo e das atividades permitidos no Município do VII — zona residencial (ZR), com seis subdivi-
Rio de Janeiro. sões: ZR-1, ZR-2, ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6, delimi-
Parágrafo único. Aplicam-se também à ma- tadas nos anexos 8, 9, 10, 11, 12 e 13;
téria as normas federais, estaduais e municipais VIII — zonas especiais (ZE), que são:
relativas a: áreas “non altius tolandi”, áreas “non 1 — ZE-1 — zona de reserva florestal —, de
aedificandi”, proteção de faixas de emissão de que trata o artigo 157;
microondas, proteção aos fortes, proteção aos 2 — ZE-2, Ilha de Paquetá —, compreendendo
aeroportos, faixas de marinha e acrescidos de ma- a XXI Região Administrativa;
rinha, parques nacionais, proteção aos monumen- 3 — ZE-3, Santa Teresa —, delimitada no
tos históricos e imóveis tombados, proteção paisa- anexo 15;
gística, e reforma agrária. 4 — ZE-4, Guaratiba —, delimitada no anexo
Art. 2.º Os usos, transformações de usos e 16;
atividades serão adequados, tolerados ou inade- 5 — ZE-5, Barra da Tijuca —, delimitada no
quados, conforme o que tenha sido estabelecido anexo 17;

195
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
6 — ZE-6, Grumari —, delimitada no anexo (D.O.-GB de 26/12/1966):
18; “Estabelece condições relativas a arrua-
7 — ZE-7 — área de administração e governo mentos e loteamentos denominados do tipo
—, compreendendo aquelas sob jurisdição militar; popular, e dá outras providências.”]
8 — ZE-8 — área delimitada no projeto apro-
vado (PA) n.º 9.362/31.591 (Cidade Nova). Art. 10. Nos núcleos industriais aprovados e
9 — ZE-9 [Introduzida neste item pelo Decreto delimitados anteriormente à vigência do Decreto
n.º 1.271, de 27/10/1997. Revogada pelo Decreto “E” n.º 3.800, de 20 de abril de 1970, embora
n.º 13.177, de 26/08/1994.] extintos pelo referido decreto, será mantido o uso
10 — ZE-10 — de recuperação urbana de áreas industrial neles regularmente licenciado, observa-
já consolidadas, constituídas por aglomerações de das as disposições do artigo 13 da Lei n.º 1.574,
habitações subnormais, consideradas de interesse de 11 de dezembro de 1967. [Ver neste livro a
social, delimitada no artigo 21. [Introduzida neste legislação citada.]
item pelo Decreto n.º 3.103, de 16/06/1981, e deli- Parágrafo único. Nos núcleos industriais
mitada no anexo que o acompanha.] ainda não aproveitados com essa finalidade, não é
Art. 5.º É a seguinte a classificação hierárquica permitida qualquer atividade industrial em desa-
das zonas e subzonas em ordem decrescente: AC-2, cordo com as disposições deste regulamento para
AC-1, CB-3, CB-2, CB-1, ZP, ZI-2, ZI-1, ZIC, ZT-1, as zonas em que se situem.
ZT-2, ZR-3, ZR-2, ZR-1, ZR-5, ZR-4 e ZR-6. Art. 11. Os lotes resultantes dos parcelamen-
Parágrafo único. Os logradouros limítrofes tos posteriores à vigência deste regulamento terão
de duas zonas ou subzonas são considerados como seus usos disciplinados segundo a zona em que
pertencentes à zona ou subzona de categoria su- estiverem situados.
perior, salvo indicação em contrário. Parágrafo único. Havendo interesse para o
Art. 6.º Os logradouros e quadras definidos desenvolvimento urbano do município, ato do pre-
como CB-1, CB-2 e CB-3 estão incluídos na delimita- feito poderá permitir que um novo loteamento, ou
ção das ZR, ZT, ZI e ZP, em face do seu relaciona- parte deste, seja incluído em outra zona, ouvida a
mento com as mesmas, inclusive para fixação dos comissão especial de legislação urbanística, criada
usos e atividades e edificações neles permitidos. pelo Decreto n.º 76, de 24 de julho de 1975.
Art. 7.º A delimitação das zonas, exceto os Art. 12. O parcelamento em lotes, de acordo
CB, figura nas plantas do Município do Rio de Ja- com as categorias estabelecidas pelo Regulamento
neiro, em escala 1:10.000, que acompanham e de Parcelamento da Terra, nas diversas zonas
fazem parte integrante deste regulamento. [As compreendidas nas diferentes regiões administra-
plantas aqui mencionadas ainda não foram publi- tivas, obedecerá ao indicado no quadro II, atendi-
cadas no “Diário Oficial”.] das, ainda, as seguintes condições especiais:
I — nas ZE, o parcelamento obedecerá ao que
CAPÍTULO III for estabelecido especificamente para as referidas
zonas;
Dos lotes II — onde houver projeto aprovado de urbani-
zação, anterior a 10 de julho de 1964, estabele-
Art. 8.º A utilização dos lotes existentes na cendo remembramentos ou parcelamentos de lotes
data da entrada em vigor deste regulamento obe- de terreno para formação de novos lotes (relotea-
decerá ao que estabelece o quadro I ou aos crité- mentos de quadras ou de parte de quadras), ha-
rios específicos das ZE, quando for o caso, inde- vendo ou não decreto específico que o aprove ou
pendentemente dos usos fixados nos projetos regulamente, é permitida a formação de lotes con-
aprovados e respectivos decretos específicos de forme nele definidos;
urbanização, incluídos os de remembramento e de III — os lotes de sétima categoria destinam-se,
parcelamento, ressalvado o disposto no artigo 4.º exclusivamente, ao uso residencial, com duas uni-
do decreto que aprova este regulamento. dades residenciais, no máximo, e não são permiti-
Art. 9.º Os lotes populares aprovados de dos em CB;
acordo com o Decreto “N” n.º 721, de 18 de no- IV — em ZR-6, no parcelamento da terra, po-
vembro de 1966, e os lotes internos de vila, em derão ser exigidos lotes de primeira categoria, com
qualquer zona onde estiverem situados, destinar-se-ão as suas dimensões mínimas ou dimensões ainda
exclusivamente ao uso residencial, com utilização superiores, para preservação de grandes áreas
para duas unidades residenciais, no máximo, exce- florestadas ou agrícolas, com base nas disposições
to onde este regulamento exigir apenas uma única do § 2.º do artigo 47 do Regulamento de Parcela-
edificação unifamiliar por lote. mento da Terra;
V — em ZR-1, não é permitido o parcelamento
[Decreto “N” n.º 721, de 18/11/1966 em lotes com testada e áreas inferiores às fixadas

196
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
para os lotes de quarta categoria pelo artigo 46 do pelo loteador, registradas no registro geral de imó-
Regulamento de Parcelamento da Terra. veis, a que se refere o artigo 4.º do decreto que
Art. 13. Aos lotes resultantes de remembra- aprova este regulamento.
mentos aplica-se o disposto nos artigos 8.º a 12. Art. 19. Os usos e atividades permitidos em
CB, ZIC, AC e ZT, e tolerados em ZR, não devem
CAPÍTULO IV causar incômodos à vizinhança, podendo ser exigi-
das, a qualquer tempo, providências necessárias
Usos e atividades para evitá-los.
Art. 20. Em lojas de edificações mistas com
Art. 14. O quadro I relaciona os usos e ativi- unidades residenciais, e em salas comerciais, os
dades de natureza residencial, profissional, comer- usos e atividades permitidos não poderão produzir
cial e industrial permitidos nas diversas zonas, odores, fumaça, calor, poeira, gases, ruídos ou
obedecido o disposto neste capítulo. vibrações capazes de causar incômodo às unidades
§ 1.º Os usos e atividades relacionados no residenciais ou salas vizinhas.
quadro I são inadequados nas zonas e locais em Art. 21. Na ZT os seguintes usos e atividades
que não figurem como adequados ou tolerados. são:
§ 2.º Os usos e atividades não relacionados
no quadro I terão tratamento igual ao daqueles a [O Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981, deu
que mais se assemelhem. ao inciso I do artigo 21 a seguinte redação:]
§ 3.º Aplicam-se às transformações de usos e
às alterações de atividades as normas que regem I — adequados:
os usos e atividades. 1 — em edificação de uso exclusivo;
§ 4.º As ZE não figuram no quadro I; seus — agência de passagens;
usos e atividades são regulados por disposições — agência de turismo;
específicas. — antiguidades, antiquário;
§ 5.º Nas colunas V e XI do quadro I são — artigos de couro;
usadas as seguintes abreviaturas: — artigos regionais;
E — edificação de uso exclusivo; — biblioteca;
C — edificação residencial unifamiliar — casa; — boate;
A — unidade residencial de edificação multi- — “boutique”;
familiar ou mista — apartamento; — “camping”, alpinismo, caça, pesca, praia
L — loja; (venda de material de);
S — sala comercial; — casa de chá;
O — outros locais, ambientes, edificações ou — casa de diversões;
unidades autônomas. — cervejaria;
Art. 15. Nas lojas situadas fora dos logradou- — cinema;
ros e quadras incluídos em CB, AC ou ZIC, que, na — fisioterapia;
data da publicação deste regulamento, já existam, — galeria de arte;
ou estejam aprovadas com a licença em vigor, ou — hidrofisioterapia;
tenham sido licenciadas na forma do artigo 140, — hotel;
são tolerados os usos e atividades permitidos em — instituto de beleza;
CB-1. — joalheria;
Art. 16. Nas salas comerciais situadas fora — motel;
dos logradouros e quadras incluídos em CB-2, CB-3, — museu;
AC ou ZIC, que, na data da publicação deste regu- — objetos de arte;
lamento, já existam ou estejam aprovadas com a — pensão (hospedagem com ou sem refei-
licença em vigor, são tolerados os usos e ativida- ções);
des permitidos em CB-2. — pensionato;
Art. 17. Nos galpões, situados em zonas em — plantas e flores;
que são inadequados, que, na data da entrada em — restaurante;
vigor deste regulamento, já existam ou estejam — salão de beleza;
aprovados com a licença em vigor, são tolerados — salão de cabeleireiro;
os usos e atividades tolerados em ZR-5. — sede administrativa de empresa com ati-
Art. 18. Ficam revogados os usos e ativida- vidades de interesse turístico;
des estabelecidos em projetos aprovados (PA) e — teatro;
em decretos específicos de urbanização, inclusive 2 — hotel-residência, em edificação exclusi-
de parcelamento de terra e de remembramento, vamente destinada a este fim (apenas em zona
ressalvadas as restrições urbanísticas impostas turística (ZT) da IV, V e VI RA);

197
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
II — tolerados: II — tolerado:
1 — em edificação de uso exclusivo: 1 — em CB e AC-1, em unidades residenciais:
— circo, parque de diversões (artigo 43); a) de edificação unifamiliar;
— clube ou associação desportiva ou recreativa; b) de edificação multifamiliar;
— culto religioso; c) de edificação mista;
— ensino até o primeiro grau; 2 — em ZT e ZP, em unidades residenciais:
— ginástica, modelagem física, ioga, judô, ca- a) de edificação unifamiliar;
ratê e luta livre (ensino não-seriado — artigo 48); b) de edificação multifamiliar;
— guarda de veículos sem oficina; 3 — em ZI, em unidades residenciais:
— posto de abastecimento; a) de edificação unifamiliar, permitidas, no
— posto de serviço sem oficina; máximo, duas edificações unifamiliares por lote;
— posto-garagem sem oficina; b) de edificação multifamiliar, permitida ape-
2 — em edificação de uso exclusivo, em edifi- nas uma edificação multifamiliar por lote, com
cação unifamiliar e em unidade residencial de edifi- duas unidades no máximo;
cação multifamiliar, observado o disposto no artigo 4 — em ZIC, em unidades residenciais:
28: a) de edificação unifamiliar, permitidas, no
— artesanato; máximo, duas edificações unifamiliares por lote;
— atividades artísticas; b) de edificação multifamiliar, permitida ape-
3 — em edificação de uso exclusivo e em edifica- nas uma edificação multifamiliar por lote, com
ção unifamiliar, observado o disposto no artigo 29: duas unidades no máximo;
— alfaiate; c) de edificação mista;
— bordadeira; 5 — em ZR-6, em unidade residencial unifami-
— cabeleireiro; liar paralelamente às atividades descritas no artigo
— cerzideira; 23, com uma única numeração no lote.
— costureira; Art. 23. As atividades agropecuária, horticul-
— massagista; tura, floricultura, arboricultura, avicultura, cunicul-
— modista; tura, canicultura, criação de pequenos animais,
4 — em edificação unifamiliar: apicultura, sericicultura, matadouro e abatedouro
— consultório médico e dentário (artigo 47); são toleradas na ZR-6 e nos CB de ZR-6.
— pensão com refeições, sem hospedagem Parágrafo único. Serão permitidas edifica-
(artigo 65); ções necessárias às atividades descritas no “caput”
5 — em edificação unifamiliar e em unidade deste artigo, inclusive aquelas destinadas à habita-
residencial de edificação multifamiliar, como sim- ção. [Redação dada pelo Decreto n.º 4.871, de
ples ponto de referência, vedado o exercício de 10/12/1984.]
profissão ou ofício no local: Art. 24. O cultor religioso é:
— profissional autônomo (artigo 69); I — adequado, em CB, AC e ZIC, em edifica-
— profissional liberal autônomo (artigo 69); ções de uso exclusivo;
6 — em edificação unifamiliar e em unidade de II — tolerado:
edificação multifamiliar, e uso residencial; 1 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6, ZT, ZI-1 e
7 — no local da obra, em caráter temporária: ZP, em edificação de uso exclusivo;
— indústria de construção civil (artigo 75); 2 — em CB, AC e ZIC, em loja, ou em sala
— venda de imóveis (estande de vendas) comercial que disponha de acesso independente da
(artigo 73). parte restante da edificação.
Parágrafo único. Na zona turística ZT-2, Parágrafo único. A prática de culto religioso
balneário, “camping” e colônia de férias também não deve causar incômodos à vizinhança.
são adequados. Art. 25. A atividade de confecção, assim enten-
dida a fabricação de roupas e complementos, é:
[O Decreto n.º 4.871, de 10/12/1984, deu I — adequada:
ao artigo 22 a seguinte redação:] 1 — em ZI, em edificação de uso exclusivo;
2 — em CB, AC e ZI, em edificação de uso ex-
Art. 22. O uso residencial permanente é: clusivo ou em loja;
I — adequado: II — tolerada:
1 — em ZR-1 e ZR-6, em unidade residencial 1 — em ZR-5 e ZP, em edificação de uso ex-
de edificação unifamiliar, única no lote; clusivo;
2 — em ZR-2 ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em unidades 2 — em CB-1, CB-2, CB-3, AC e ZIC, em sala
residenciais: comercial. [Redação dada pelo Decreto n.º 7.051,
a) de edificação unifamiliar; de 29/10/1987.]
b) de edificação multifamiliar; Art. 26. As atividades de venda, com coloca-

198
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ção, de peças e acessórios de automóveis, gráfica, tido pequeno letreiro;
editora (com gráfica), tipografia, fotolitografia, co- 4 — em CB, AC e ZIC, em unidade situada no
mércio de tintas e vernizes, e de conservação ou pavimento térreo de edificação multifamiliar, que
manutenção de elevadores, não são permitidas em disponha de acesso independente da parte restan-
loja de edificação mista (com unidades residenciais). te da edificação, quando exercidas exclusivamente
Art. 27. A atividade de aluguel de artigos, pelos moradores, admitido pequeno letreiro.
mercadorias e equipamentos é permitida nos locais Art. 30. As atividades de instituto de beleza,
em que é permitida a venda dos mesmos. salão de beleza e cabeleireiro são:
§ 1.º A atividade de aluguel de automóveis, I — adequadas:
motonetas, motocicletas e demais veículos automo- 1 — em CB, AC e ZIC, em edificação de uso
tores somente será permitida quando ficar compro- exclusivo e em loja;
vada a existência, no local, de espaço para estacio- 2 — em ZT, em edificação de uso exclusivo;
namento ou guarda dos veículos para alugar, vedada II — toleradas:
a utilização da via pública para esse fim. 1 — em ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em edificação de
§ 2.º A atividade de aluguel de motonetas e uso exclusivo;
motocicletas não é permitida em loja de edificação 2 — em CB-2, CB-3, AC e ZIC, em sala co-
mista (com unidades residenciais), situada em CB-1, mercial até o terceiro pavimento da edificação.
exceto quando se tratar de CB-1 de ZT. Parágrafo único. Quando a atividade de ca-
Art. 28. As atividades artísticas e de artesa- beleireiro for domiciliar e exercida exclusivamente
natos são: pelo morador, ela será também tolerada nas con-
I — adequadas, em CB, AC e ZIC: dições dos itens 3 e 4 do inciso II do artigo 29.
a) em edificação de uso exclusivo; Art. 31. A armazenagem é assim classificada:
b) em loja; I — armazenagem com característica nociva,
c) em sala comercial; perigosa ou incômoda:
II — tolerada: 1 — adequada em ZI-2, em edificação de uso
1 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6, ZI, ZT e ZP: exclusivo;
a) em edificação de uso exclusivo; 2 — tolerada em ZR-6, e em ilhas exclusiva-
b) em edificação unifamiliar e em unidade re- mente destinadas a esse fim, em edificação ou
sidencial de edificação multifamiliar, quando exer- instalação de uso exclusivo, quando se tratar de
cidas exclusivamente pelos moradores; armazenagem de inflamáveis e explosivos;
2 — em CB, AC e ZIC, e quando exercidas ex- II — armazenagem de material não-inflamável e
clusivamente pelos moradores: não-explosivo, que produza ruído, congestionamento
a) em edificação unifamiliar; de tráfego ou risco, mas, por suas dimensões e ca-
b) em unidade residencial de edificação multi- racterísticas, não constitua ameaça e prejuízo às
familiar ou mista. áreas vizinhas, por fogo, calor, poeira, odores, ruído
§ 1.º As atividades artísticas são toleradas e trepidação demasiados:
em ZR-2, em edificação unifamiliar e em unidade 1 — adequada em ZI, CB-1 e CB-2 de ZI, ZIC
residencial de edificação multifamiliar, quando e ZP, em edificação de uso exclusivo;
exercidas exclusivamente pelos moradores. 2 — tolerada em ZR-6, em edificação de uso
§ 2.º Quando exercidas em unidade residen- exclusivo;
cial de edificação multifamiliar ou mista, as ativi- III — armazenagem de material não-inflamável
dades artísticas e de artesanato não se utilizarão e não-explosivo que, por suas dimensões, silêncio
de instalações mecânicas. de operação e pouca geração de tráfego, possa
§ 3.º Em ZR-2, ZR-3, ZR-4 e ZR-6, não é conviver com o uso residencial sem causar incô-
permitida a colocação de letreiros indicativos das modo de qualquer espécie, além de permitidas nas
atividades de que trata este artigo. zonas citadas no inciso anterior, é tolerada em ZR-5,
Art. 29. As atividades de alfaiate, bordadeira, em edificação de uso exclusivo;
cerzideira, costureira, massagista e modista são: IV — armazenagem de material não-inflamável e
I — adequadas em CB, AC e ZIC, em edifica- não-explosivo que, por sua pequena dimensão,
ção de uso exclusivo e em loja; silêncio e pouca geração de tráfego, for compatível
II — toleradas: com as demais atividades permitidas em CB e AC-1
1 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6 e ZT, em edi- e a elas não causar incômodo de qualquer espécie,
ficação de uso exclusivo; além de permitida nas zonas citadas nos incisos II
2 — em CB, AC e ZIC, em sala comercial. [Reda- e III, é adequada em CB-1 de ZP, CB-2 e CB-3 e
ção dada pelo Decreto n.º 913, de 25/03/1977.] AC-1, e tolerada em CB-1 de ZR, em edificação de
3 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6, CB, AC, ZIC, uso exclusivo.
ZT, ZI e ZP, em edificação unifamiliar, quando § 1.º Em ZR-6, a armazenagem de material
exercidas exclusivamente pelos moradores, admi- não-inflamável e não-explosivo fica restrita à ar-

199
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
mazenagem de mercadoria ou material relacionado congestionamento ou riscos delas decorrentes.
com as atividades próprias de áreas rurais. Art. 34. A atividade de assistência médica
§ 2.º A armazenagem de inflamáveis e explo- com aluguel de equipamentos é permitida apenas
sivos obedecerá às normas técnicas oficiais, e às em local em que disponha de área com espaço
normas especiais do Corpo de Bombeiros e de suficiente para a carga e descarga desses equipa-
outros órgãos públicos competentes. mentos e para o parqueamento de ambulâncias.
§ 3.º O estoque de produtos inflamáveis ou Art. 35. A atividade de venda de aves e de
explosivos, necessário ou compatível com o de- animais domésticos vivos, ressalvado o disposto no
sempenho de uma atividade, terá sua capacidade parágrafo único, é permitida em edificação comer-
máxima e condições de localização no lote, isola- cial constituída de uma única loja (com uma só
mento, e proteção fixadas pelos órgãos menciona- numeração).
dos no § 2.º, que também fixarão as condições Parágrafo único. A venda de peixes orna-
especiais de construção, dos equipamentos ou mentais é permitida em loja de edificação comerci-
instalação necessários para prevenir os perigos al ou mista (com unidades residenciais).
decorrentes da permanência dos produtos inflamá- Art. 36. Bar, em loja, e cervejaria, em loja e
veis ou explosivos no local. em edificação de uso exclusivo, atenderão às se-
§ 4.º Deve existir, no lote, local adequado à guintes condições:
carga e descarga do material armazenado. I — em CB-1, não são permitidos em lojas de
§ 5.º A armazenagem pequena de material edificações mistas (com unidades residenciais), e,
não-inflamável ou não-explosivo é também permi- exceto em CB-1 de ZT, devem distar mais de
tida como parte integrante de uma atividade, limi- 100m de estabelecimento congênere, no mesmo
tada a sua capacidade no mínimo necessário ao lado do logradouro;
seu funcionamento. II — em CB-2, exceto em CB-2 de ZT, devem
§ 6.º Quando houver dúvida quanto à classi- distar mais de 50m, de estabelecimento congêne-
ficação da armazenagem como adequada ou tolerada re, no mesmo lado do logradouro;
em determinada zona, diante dos inconvenientes III — devem distar mais de 150m de hospi-
que ela possa apresentar como fonte poluidora do tais, quartéis, templos, escolas, asilos, presídios e
meio ambiente, devem ser consultadas a Fundação capelas mortuárias, medida essa distância entre os
Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (FEEMA), mais próximos limites dos lotes em causa; [Reda-
a Comissão Estadual de Controle Ambiental (CECA) ção dada pelo Decreto n.º 6.970, de 07/07/1987.]
e o Instituto de Pesos e Medidas do Rio de Janeiro, IV — cervejaria, em edificação de uso exclusi-
ou órgão similar. vo, é adequada em ZT;
§ 7.º As empresas de armazéns-gerais pode- V — bar e cervejaria são:
rão ter salas apropriadas para vendas públicas 1 — adequados em CB-1 e CB-2 de ZT, em
voluntárias, por atacado, dos gêneros e mercado- CB-3, AC e ZIC;
rias em depósito, em CB de ZP e de ZI, ZP, ZI e 2 — tolerados em CB-1 e CB-2 (exceto CB-1 e
ZIC. [Parágrafo acrescentado a este artigo pelo CB-2 de ZT, em que são adequados).
Decreto n.º 1.599, de 21/06/1978.] Art. 37. Boate e casa de diversões são per-
Art. 32. As atividades de empresa cinemato- mitidas em ZT, CB-1 e CB-2 de ZT, CB-3 e AC,
gráfica, tipografia, fotolitografia, gráfica, editora obedecidas às seguintes condições:
(com gráfica), dublagem, gravação e estúdio de I — em ZT, serão localizadas em edificação de
som, venda, aluguel e oficina de manutenção e uso exclusivo;
conserto de veículos, com exceção de automóveis, II — em CB-1 e CB-2 de ZT, em CB-3 e AC,
motocicletas e motonetas, em CB-1, são permiti- serão localizadas em edificação de uso exclusivo
das apenas em CB-1 de ZI, ZP e de ZR-5. em loja de edificação em que não houver uso resi-
Art. 33. As atividades de empresa de trans- dencial;
porte de passageiros em veículos de aluguel a III — devem distar mais de 80m de hospitais,
taxímetro, coletivos (empresas de viação) e de quartéis, templos, presídios e capelas mortuárias,
carga (valores, encomendas e cargas em geral) medida essa distância entre os mais próximos limi-
são: tes dos lotes interessados;
I — adequadas em ZI, ZP, ZIC e CB de ZI e IV — boate e casa de diversões são:
ZP, em edificação de uso exclusivo; 1 — adequadas em ZT, em CB de ZT e em AC-2;
II — toleradas em ZR-5 e em CB de ZR-5, em 2 — toleradas em CB-3 (exceto em CB-3 de
edificação de uso exclusivo. ZT, em que são adequadas) e em AC-1;
Parágrafo único. As atividades de que trata V — boate também é tolerada em dependên-
este artigo não são permitidas em logradouro com cia de hotel ou de hotel-residência situado em
menos de 12m de largura, e naqueles em que o zona em que boate for permitida. [Redação dada
fluxo de veículos possa vir a ser prejudicado por pelo Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981.]

200
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Parágrafo único. Não serão considerados ca- que distem mais de 80m de escolas, hospitais,
sa de diversões para aplicação do disposto neste asilos, quartéis, presídios, templos e capelas mor-
artigo os bares e restaurantes que tiverem como tuárias, medida essa distância entre os mais pró-
atração até 4 (quatro) instrumentos musicais, sem ximos limites dos lotes em causa.
percussão, acompanhados de voz, respeitados os
níveis de decibéis permitidos. [Parágrafo acrescen- [O Decreto n.º 2.472, de 25/01/1970, deu
tado pela Lei n.º 2.988, de 13/01/2000.] ao artigo 44 a seguinte redação:]
Art. 38. A atividade de borracheiro, não vin-
culada a posto de serviço e posto-garagem (Decre- Art. 44. Clínica e hospital veterinário e con-
to “E” n.º 6.030, de 12 de fevereiro de 1973), é sultório médico-veterinário:
permitida: I — adequados em CB e ZIC, em edificação de
I — em CB, AC e ZIC: uso exclusivo;
1 — em edificação de uso exclusivo; II — tolerado em ZR-3, ZR-4, ZR-5 e ZR-6,
2 — em loja de edificação não-residencial; em edificações de uso exclusivo.
3 — em loja de edificação mista constituída § 1.º Consultório médico-veterinário é ainda:
por uma única loja e uma só unidade residencial, 1 — adequado em AC, em edificação de uso
quando esta for a moradia do titular do negócio; exclusivo;
II — em ZR-5, ZI e ZP, em edificação de uso 2 — tolerado:
exclusivo. a) em ZT, ZP, ZI e ZIC, em edificação de uso
Parágrafo único. O local deve ter espaço su- exclusivo;
ficiente para o exercício da atividade sem uso da b) em AC, CB e ZIC, em loja que tenha aces-
via pública. so direto por logradouro, em sala com acesso dire-
Art. 39. Lanchonete, pastelaria e estabeleci- to pelo logradouro, independente e privativo.
mento para a venda de caldo de cana, em CB-1, § 2.º Clínica e hospital veterinário devem
são: atender às seguintes condições:
I — adequados em CB-1 de ZT; 1 — confinamentos de animais;
II — tolerados nos demais CB-1, devendo dis- 2 — proteção acústica.
tar mais de 100m de estabelecimento congênere, § 3.º Consultório médico-veterinário deve ser
no mesmo lado do logradouro. dotado de proteção acústica e dispor de locais para
Art. 40. A atividade de aluguel de barcos e recepção, exame clínico dos animais, curativos e
pedalinhos é tolerada em ZT e em CB de ZT, a pequenas cirurgias, vedada a internação.
título precário, quando autorizados pelos órgãos Art. 45. Os clubes e associações esportivas
públicos competentes. ou recreativas são:
Art. 41. As atividades de carpintaria, carvoa- I — adequados em CB, AC e ZIC, em edifica-
ria e serralheria, em edificação de uso exclusivo ção de uso exclusivo;
(inclusive edificação comercial constituída de uma II — tolerados:
única loja, com uma só numeração em CB, AC e 1 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5 e ZT, em edificação
ZIC), são: de uso exclusivo;
I — adequadas em ZI, ZP e ZIC; 2 — em CB-3, AC e ZIC, em parte de edifica-
II — toleradas em ZR-5, em CB-1 (exceto CB-1 ção não-residencial que disponha de acesso inde-
de ZT), em CB-2 e CB-3, de ZI, de ZP e de ZR-5, pendente da parte restante da edificação.
e, com exceção de carvoaria, em AC-1. Art. 46. As padarias e confeitarias com fabri-
Art. 42. As atividades de distribuição de car- co de pão atenderão às seguintes condições:
gas, encomendas, malotes, mercadorias, jornais, I — quando utilizarem forno à lenha, serão to-
revistas, publicações, bebidas e laticínios são: lerados apenas em CB-1, em edificação de uso
I — adequadas, em loja e em edificação de exclusivo (inclusive edificação comercial constituí-
uso exclusivo, em ZI, ZP, CB, AC-1 e ZIC, e, com da por uma única loja, com uma só numeração);
exclusão de bebidas e laticínios, em AC-2;
II — toleradas em ZR-5, em edificação de uso [O Decreto n.º 8.637, de 19/08/1989, deu
exclusivo. ao inciso II do artigo 46 a seguinte redação.]
Parágrafo único. As atividades de que trata
este artigo devem dispor de local adequado a car- II — quando utilizarem forno a óleo, gás ou
ga e descarga no próprio lote e não são permitidas elétrico serão:
em loja de edificação mista (com unidades resi- 1 — adequados em CB, AC e ZIC:
denciais). a) em loja de edificação não residencial;
Art. 43. Os parques de diversões e os circos b) em loja de edificação mista em que o pa-
apenas são permitidos em terreno que possibilite a vimento imediatamente superior àquele em que se
atividade sem incomodar a vizinhança, e desde localizar a padaria tenha utilização não residencial

201
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
(pavimento com lojas ou salas comerciais, pavi- b) ensino técnico industrial e outras modali-
mento-garagem, pavimento de uso comum); dades, como parte integrante da indústria e a ela
c) em loja de edificação mista constituída de vinculado.
lojas e de uma só unidade residencial quando esta § 1.º A atividade de ensino não é permitida
for à moradia do titular do negócio; em ZR-1.
d) em edificação de uso exclusivo; § 2.º O ensino não-seriado (curso livre)
2 — tolerados em ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em edi- abrange dentre outros os cursos preparatórios, as
ficação de uso exclusivo. academias esportivas (ginástica, ioga, modelagem
Art. 47. Consultório médico e consultório física, judô, caratê, luta livre, pugilismo, halterofi-
dentário são: lismo e correlatos), ensino de canto, instrumentos
I — adequados em CB, AC e ZIC: musicais, dança, bailado, dactilografia, estenogra-
1 — em loja; fia, corte e costura, culinária, artes e trabalhos
2 — em sala comercial; manuais, e programação de dados.
3 — em edificação de uso exclusivo; § 3.º O ensino particular de línguas, artes,
II — tolerados, desde que a atividade seja e- canto, instrumentos musicais e outras modalida-
xercida pelo morador: des, é permitido em edificação residencial unifami-
1 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6, ZI, ZP, ZT, liar e em unidade residencial de edificação multi-
CB, AC e ZIC, em edificação unifamiliar; familiar ou mista, desde que ministrado pelo
2 — em CB, AC e ZIC, em apartamento situa- morador, e com o número máximo de cinco alunos
do no pavimento térreo de edificação multifamiliar, por aula, obedecido o disposto no § 1.º
que disponha de acesso independente da parte § 4.º O ensino de judô, caratê, luta livre,
restante da edificação. dança, bailado, canto, instrumentos musicais e
Art. 48. A atividade de ensino é: outras modalidades não deve causar incômodo à
I — adequada em CB (com exceção de CB-1 vizinhança, podendo ser exigidas, a qualquer tem-
de ZT), e em AC: po, providências para eliminar os inconvenientes
1 — ensino até o primeiro grau, em edificação decorridos dessa atividade (tais com o sons altos,
de uso exclusivo; ruídos e trepidações).
2 — ensino de segundo grau e superior, e en- § 5.º A atividade de creche, para crianças sa-
sino não-seriado (curso livre), em edificação de dias, sem internação, poderá ser exercida conco-
uso exclusivo ou em conjunto de salas, com uma mitantemente ou não com a de maternal obedeci-
só numeração, de edificação comercial ou mista, das às condições previstas para este artigo para
que disponha de acesso independente das demais ensino até o primeiro grau. [Redação dada pelo
unidades autônomas da edificação; Decreto n.º 8.638, de 19/08/1989.]
II — tolerada: § 6.º A atividade de ensino não é permitida
1 — em ZR-2 e ZR-6 o ensino até primeiro na Rua Pereira da Silva. [Parágrafo acrescentado
grau, em edificação de uso exclusivo; a este artigo pelo Decreto n.º 2.638, de
2 — em ZR-3, ZR-4 e ZR-5, ensino até primeiro 28/05/1980.]
grau, de segundo grau, superior, e ensino não-seriado § 7.º As atividades de ensino particular de
(curso livre), em edificação de uso exclusivo; 1.º grau, de 2.º grau e superior não são permitidas
3 — em ZT, ensino até primeiro grau, e aca- na Av. Venceslau Brás (lado par), nas Ruas São
demia esportiva (ensino não-seriado), em edifica- Clemente, Humaitá, Voluntários da Pátria, Real
ção de uso exclusivo; Grandeza, Mena Barreto, Visconde de Silva, Pinhei-
4 — em CB-1 de ZT: ro Guimarães, General Polidoro, General Severia-
a) ensino até primeiro grau, em edificação de no, Arnaldo Quintela e Professor Álvaro Rodrigues,
uso exclusivo; na Praia de Botafogo, ... (VETADO) e nos Largos
b) academia esportiva (ensino não-seriado), Almirante Índio do Brasil, dos Leões e do Humaitá.
em edificação de uso exclusivo, e em loja; [Parágrafo acrescentado a este artigo pela Lei n.º
5 — em CB (menos em CB-1 de ZT) e em AC: 434, de 27/07/1983.]
ensino não-seriado (curso livre) em loja e em sala Art. 49. As atividades de comércio e armaze-
comercial até o terceiro pavimento da edificação, nagem de gás liquefeito de petróleo (GLP) obede-
com exceção das atividades de ensino de artes, cerão ao disposto no Decreto “E” n.º 6.027, de 02
corte e costura, e trabalhos manuais, que poderão de fevereiro de 1973, e mais às seguintes condi-
ser exercidas em loja e em sala comercial localiza- ções:
da em qualquer pavimento; [Redação dada pelo I — a armazenagem a granel e o engarrafa-
Decreto n.º 913, de 25/03/1977.] mento são permitidos apenas na zona industrial
6 — em ZI e ZP: ZI-2, e em ilhas exclusivamente destinadas a esse
a) ensino técnico industrial, em edificação de fim, em instalação ou edificação de uso exclusivo;
uso exclusivo; II — os pontos de venda de recipientes de

202
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
GLP são permitidos em CB, em AC e em ZIC, em ZR-5.
loja ou em edificação de uso exclusivo, ficando os Parágrafo único. A atividade de comércio de
recipientes obrigatoriamente no pavimento térreo; ferro-velho é permitida em edificação de uso ex-
III — os depósitos (pontos de distribuição) ti- clusivo (inclusive edificação comercial constituída
pos A, B, C, D e E, de recipientes de GLP, são de uma única loja, em CB-1 e CB-2, de ZR-5).
permitidos em terreno plano e em edificação de Art. 56. As agências funerárias e o comércio
apenas um pavimento, de uso exclusivo ou comer- de artigos funerários são:
cial com uma só loja, e, com exceção do tipo A, I — adequados no interior dos cemitérios;
situada em centro de terreno; II — tolerados em CB-2, CB-3, AC e ZIC, em
IV — os depósitos (pontos de distribuição) são edificação de uso exclusivo, ou em loja de edifica-
permitidos em ZP, ZI, ZR-5 e ZR-6, em edificação de ção onde não haja unidade residencial.
uso exclusivo, observados os seguintes critérios: Parágrafo único. As capelas mortuárias são
1 — tipos A e B, em ZP, ZI, ZR-5 e ZR-6; permitidas apenas no interior de cemitérios, em
2 — tipo C, em ZI, ZR-5 e ZR-6; hospitais ou em dependências de templos, sendo
3 — tipo D, em ZI e ZR-6; vedadas em agências funerárias localizadas fora de
4 — tipo E, em ZI-2 e ZR-6; cemitério.
V — nos CB de ZP, ZI, ZR-5 e ZR-6, os depó- Art. 57. As hospedarias são permitidas em
sitos (pontos de distribuição) de recipientes de GLP CB, AC e em ZIC, obedecidas as seguintes condi-
são permitidos nas mesmas condições do inciso IV, ções:
para as respectivas zonas, permitida a sua locali- I — em CB-2, em edificação de uso exclusivo;
zação também em edificação comercial com uma II — em CB-1 e CB-2 de ZP, CB-3, AC e ZIC,
só loja; em edificação de uso exclusivo ou sobre pavimen-
VI — em ZR-2, ZR-3 e ZR-4, os depósitos tos destinados a lojas, com uma única numeração.
(pontos de distribuição) são permitidos apenas nos Art. 58. As hospedarias-residências (casas de
respectivos CB e observados os seguintes critérios: cômodos) são permitidas apenas em edificação
1 — tipo A, nos CB de ZR-2, ZR-3 e ZR-4; residencial unifamiliar já existente, constituindo
2 — tipo B, nos CB de ZR-3 e ZR-4; uso exclusivo, com uma só numeração.
3 — os demais tipos não são permitidos;
VII — em ZIC, os depósitos (pontos de distri- [O Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981, deu
buição, de recipientes de GLP, tipos A, B, C e D, ao artigo 59 a seguinte redação:]
são permitidos em edificação de uso exclusivo
(inclusive edificação comercial com uma só loja). Art. 59. Hotel e hotel-residência são permiti-
Art. 50. As atividades de embaladoras e dos nas zonas e condições seguintes:
massames e velames, em CB-1 e CB-2, são permi- I — hotel é:
tidas apenas em CB-1 e CB-2 de ZI, ZP e ZR-5. 1 — adequado:
Art. 51. Venda de máquinas e motores e de a) em ZT, em edificação de uso exclusivo;
máquinas e implementos agrícolas é adequada em b) em área central (AC), centro de bairro (CB)
CB-1 de ZP, de ZI, de ZR-5 e de ZR-6, em CB-2, e zona de indústria e comércio (ZIC), em edifica-
CB-3, AC e ZIC, em loja e em edificação de uso ção de uso exclusivo ou em unidade autônoma de
exclusivo. edificação mista que disponha de acesso indepen-
Art. 42. Venda e aluguel de equipamento pa- dente do restante da edificação;
ra construção são permitidos em CB de ZI, de ZP e II — tolerada, em ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em edi-
de ZR-5, e em ZIC, não sendo permitidos em loja ficação de uso exclusivo;
de edificação mista (com unidades residenciais). III — hotel-residência é:
Art. 53. Escritório destinado a qualquer ativi- 1 — adequado:
dade profissional, comercial ou industrial é ade- a) em ZT da IV, da V e da VI RA, em edifica-
quado em loja, sala comercial e edificação de uso ção exclusivamente destinada a esse fim;
exclusivo; quando em sala, não é permitido esto- b) em CB de ZT e de ZR-3 da IV, da V e da VI
que ou entrega de mercadorias no local. RA, em edificação exclusivamente destinada a esse
Art. 54. A atividade de comércio de flores na- fim ou em parte de edificação mista que disponha
turais não é permitida em área situada num círculo de acesso independente do restante da edificação;
de raio de 200m, que tiver por centro mercado de 2 — tolerado em ZR-3 da IV, da V e da VI RA,
flores preexistente. em edificação exclusivamente destinada a esse fim.
Art. 55. A atividade de comércio de ferro- - Art. 60. As instituições filantrópicas, assis-
velho é: tenciais, beneficentes e culturais têm a sua sede
I — adequada em ZI, ZP e em CB-1 e CB-2, administrativa:
de ZI e ZP; I — adequada, em CB, AC e ZIC:
II — tolerada em ZR-5, e em CB-1 e CB-2, de 1 — em edificação de uso exclusivo;

203
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
2 — em loja; necimento de refeições, é tolerada em edificação
3 — em sala comercial; residencial unifamiliar, ou em unidade residencial,
II — tolerada, em ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em edi- quando única, no segundo pavimento de edificação
ficação de uso exclusivo. com dois pavimentos, desde que o primeiro seja
Parágrafo único. As demais atividades des- destinado a comércio.
sas instituições obedecerão ao disposto neste re- Art. 66. Posto de abastecimento, posto de
gulamento. serviço e posto-garagem atenderão às disposições
Art. 61. As marcenarias são: do Decreto “E” n.º 6.030, de 12 de fevereiro de
I — adequadas: 1973, do Decreto “E” n.º 6.633, de 31 de outubro
1 — em ZI e ZP, em edificação de uso exclusivo; de 1973, e do Decreto “E” n.º 6.693, de 28 de
2 — em CB de ZI e de ZP, em AC-1 e em ZIC: novembro de 1973, e ao disposto nos artigos a
a) em edificação de uso exclusivo (inclusive seguir.
edificação comercial constituída de uma única loja, Art. 67. Posto de abastecimento, posto de
com uma só numeração); serviço e posto-garagem, sem oficina de manuten-
b) loja de edificação onde não houver uso re- ção e conserto de veículos, em edificação de uso
sidencial; exclusivo, são:
II — toleradas: I — adequados em CB, AC, ZIC, ZI e ZP;
1 — em ZR-5, em edificação de uso exclusivo; II — tolerados em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6 e
2 — em CB (exceto CB de ZI e de ZP, onde ZT, em vias principais de circulação de veículos.
são adequadas): Art. 68. Posto de serviço e posto-garagem,
a) em edificação de uso exclusivo (inclusive com oficina de manutenção e conserto de veículos,
edificação comercial constituída de uma única loja, em edificação de uso exclusivo, são:
com uma só numeração); I — adequados em CB, AC-1, ZIC, ZI e ZP;
b) em loja de edificação onde não houver uso II — tolerados em ZR-5, em vias principais de
residencial. circulação de veículos.
Art. 62. A atividade de supermercado é ade- § 1.º A oficina de manutenção e conserto de
quada: veículos deve ter condições de autonomia, com
I — em CB-1: acesso independente pelo logradouro, de modo a
1 — em edificação de uso exclusivo (inclusive não haver interferência com o funcionamento das
edificação comercial constituída de uma única loja, demais atividades do posto.
com uma só numeração); § 2.º A parte destinada à guarda de veículos,
2 — em loja de edificação comercial com uma em posto-garagem, deve:
única loja, até dois pavimentos, em edifício-garagem, 1 — ter apenas um pavimento;
nos demais pavimentos; 2 — ter condições de independência tais, que
II — em CB-2, CB-3, AC e ZIC: o seu funcionamento não interfira com o das de-
1 — em edificação de uso exclusivo (inclusive mais atividades do posto.
edificação comercial constituída de uma única loja,
com uma só numeração); [O Decreto n.º 9.448, de 09/07/1990, deu
2 — em loja de edificação comercial ou mista, ao artigo 69 a seguinte redação:]
inclusive loja de edificação comercial com lojas e
edifício-garagem. Art. 69. Os profissionais autônomos, os pro-
§ 1.º A área para venda ao público, por pa- fissionais liberais autônomos, um dos sócios das
vimento, não poderá ser inferior a 500m2. pessoas jurídicas e o titular de firma individual
§ 2.º O sistema de vendas deve ser por auto- poderão utilizar as suas moradias apenas como
serviço. ponto de referência, sendo vedado o exercício da
§ 3.º O pé-direito dos pavimentos destinados profissão ou do ofício no local e a colocação de
à venda ao público terá, no mínimo, 4m. publicidade ou de estoque de mercadorias, ressal-
Art. 63. As atividades de oficina de manuten- vados os casos previstos neste capítulo.
ção e conserto de veículos automotores (tais como Parágrafo único. A comprovação do uso do
automóveis, motonetas e motocicletas), e venda, imóvel deverá ser feita mediante a apresentação
com colocação de peças e acessórios, de veículos, do título de propriedade ou do contrato de locação
e de estofador de veículos, são permitidas apenas residencial, não sendo aceito contrato não-residencial.
em locais cujas dimensões possibilitem o exercício Art. 70. A atividade de restaurante é:
da atividade, sem o uso da via pública. I — adequada em:
Art. 64. Em pensão com hospedagem (com 1 — CB, AC e ZIC:
ou sem refeições), o número de quartos não pode- a) em edificação de uso exclusivo;
rá exceder a dez. b) em loja;
Art. 65. Pensão sem hospedagem, com for- 2 — ZT, em edificação de uso exclusivo;

204
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
II — tolerada em: ceder o das lojas e salas comerciais.
1 — ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em edificação de uso § 5.º A guarda de veículos também será tole-
exclusivo; rada em posto-garagem e posto de serviços, ob-
2 — CB-2, CB-3, AC e ZIC, em sala comercial: servado o disposto no Decreto “E” n.º 6.030, de 12
a) até o terceiro pavimento da edificação; de fevereiro de 1973.
b) acima do terceiro pavimento, desde que Art. 72. As atividades de livraria, editora
disponha de acesso privativo do logradouro ao (sem gráfica), barbearia, fisioterapia, cópias e
pavimento em que se situe. reproduções de imagens visuais para fins comerciais,
Parágrafo único. Em ZR-3, ZR-4 e ZR-5 não aparelhos de som, discos, fitas e instrumentos
é permitido restaurante com atrações musicais ou musicais são permitidas em salas comerciais ape-
artísticas, número de variedade, canto e concertos, nas até o terceiro pavimento das edificações. [Re-
nem com pista de danças. dação dada pelo Decreto n.º 913, de 25/03/1977.]
Art. 71. A atividade de guarda de veículos, Art. 73. A atividade de venda de imóveis (lo-
sem oficina de manutenção e conserto, é: tes, áreas, glebas, edificações, casas, apartamen-
I — adequada: tos, lojas ou salas comerciais), em caráter tempo-
1 — em CB, AC, ZI, ZP e ZIC, em local desco- rário (“stand” de vendas), no próprio local da obra,
berto; é tolerada a título precário, por prazo não superior
2 — em CB, AC, ZIC, ZT, ZP e ZI, em edifício- ao da licença da obra e suas prorrogações, em
-garagem constituindo edificação de uso exclusivo; instalações provisórias.
II — tolerada: Art. 74. Em CB-1 de ZT são permitidos os
1 — em ZR-1 e ZR-6, em local coberto, limita- seguintes usos e atividades:
do a um pavimento, observada a mesma área livre — alfaiataria;
mínima, no lote, exigida para edificação unifami- — alfaiate;
liar; em ZR-1, a altura máxima será de 3m, incluí- — academias esportivas (ensino não-seriado);
dos nesta altura os elementos construtivos da co- — antiguidades, antiquário;
bertura; — armarinho;
2 — em ZR-2, ZR-3, ZR-4 e ZR-5, em edifício- — armas e munições (venda de);
-garagem, constituindo edificação de uso exclusi- — artigos regionais;
vo; — automóveis (aluguel de);
3 — em CB, AC e ZIC, em parte integrante de — automóveis (venda de, sem oficina);
edificação destinada a outros usos, de acordo com — automóveis (venda de peças e acessórios
os tipos de edificações previstos no quadro III, e de, sem colocação);
observado o disposto no artigo 148; — banco;
4 — em todas as zonas (exceto nas zonas re- — bar;
feridas no item I do inciso 1 deste artigo, onde são — barbearia;
adequadas), em local descoberto. — bicicletas (venda de, aluguel de);
§ 1.º Para os efeitos deste artigo, “local des- — boate;
coberto” compreende as áreas para guarda de — bordadeira;
veículos, sem cobertura, e os compartimentos — brinquedos (venda de);
exigidos pelo artigo 57 do Regulamento de Cons- — “boutique”;
truções e Edificações; e “local coberto” compreen- — câmbio (agência de);
de os edifícios-garagens, incluídas as coberturas — cabeleireiro;
simples sem laje de forro, que obedeçam ao dis- — caldo de cana;
posto no artigo 55 do mesmo Regulamento de — “camping”, alpinismo, caça, pesca, praia
Construções e Edificações. [Ver neste livro o Re- (venda de artigos para);
gulamento de Construções e Edificações, anexo ao — casa de chá;
Decreto “E” n.º 3.800, de 20/04/1970.] — casa de diversões;
§ 2.º Em ZR-1, ZR-2, ZR-3 e ZR-4, é permi- — cervejaria;
tida apenas a guarda de veículos particulares, des- — cerzideira;
tinados ao transporte de passageiros, não sendo — charutaria;
permitida a guarda de veículos que se destinem a — cinema;
transporte coletivo de passageiros ou de aluguel a — circo, parque de diversões;
taxímetro, ou de carga. — clube ou associação desportiva ou recreativa;
§ 3.º Os acessos ao edifício-garagem e à par- — confeitaria;
te comercial (lojas e salas) ou residencial da edifi- — costureira;
cação serão independentes. — couro (artigo de);
§ 4.º O “habite-se” do edifício-garagem que — culto religioso;
for parte integrante de uma edificação deverá pre- — decoração (venda de artigos de);

205
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— doces e salgados; 1 — os profissionais autônomos e os profissio-
— editora sem gráfica; nais liberais autônomos poderão utilizar as mora-
— ensino até o primeiro grau; dias como ponto de referência, vedado o exercício
— filatelia, numismática; da profissão ou ofício no local (artigo 69);
— fisioterapia; 2 — consultório médico e consultório dentário,
— fotógrafo, “atelier” fotográfico; desde que a atividade seja exercida pelo morador,
— galeria de arte; são tolerados em edificação unifamiliar e em uni-
— guarda de veículos, sem oficina; dade residencial situada no pavimento térreo de
— hidrofisioterapia; edificação multifamiliar, que disponha de acesso
— hotel; independente da parte restante da edificação (arti-
— hotel-residência (apenas em CB-1 de ZT da go 47).
IV, V e VI RA); § 3.º As atividades de artesanato e atividades
— indústria de construção civil (em caráter artísticas são toleradas em CB-1 de ZT apenas em
temporário); edificação unifamiliar e em unidade residencial de
— instituto de beleza; edificação multifamiliar ou mista, desde que exer-
— joalheria; cida pelos moradores.
— lanchonete; § 4.º Os usos ou atividades constantes do
— leiteria; quadro I, a que não corresponder, nas colunas VI e
— livraria; XII (observações), referência a este artigo, são
— massagista; inadequadas em CB-1 de ZT.
— modista; § 5.º Cinema, teatro e casa de diversões, em
— motel; CB-1, são permitidos apenas em CB-1 de ZT e
— motonetas, motocicletas (vendas de, sem inadequados em CB-1 de ZR, de ZI e de ZP.
oficina, aluguel); Art. 75. O uso industrial é assim classificado:
— museu; I — uso industrial com característica nociva,
— objetos de arte; perigosa ou incômoda, é adequado em ZI-2, em
— óptica; edificação de uso exclusivo;
— papelaria; II — uso industrial que produzir ruído, con-
— passagens (agência de venda de); gestionamento de tráfego ou risco, mas, por suas
— pensão com hospedagem, com ou sem re- dimensões e características, não constituir ameaça
feições; e prejuízo às áreas vizinhas, por fogo, fumaça,
— pensão com refeições, sem hospedagem; fuligem, calor, poeiras, odores, ruídos e trepidação
— pastelaria; demasiados, será adequado em ZI, CB-1 e CB-2 de
— perfumaria; ZI, ZIC e ZP, em edificação de uso exclusivo;
— plantas e flores (venda de); III — uso industrial que, por suas dimensões,
— posto de abastecimento; silêncio de operação e pouca geração de tráfego,
— posto de serviço, sem oficina; puder coexistir com o uso residencial sem causar
— posto-garagem, sem oficina; incômodo de qualquer espécie, além de adequado
— radiocomunicações; nas zonas citadas no inciso anterior, é tolerado em
— rádio, televisão (estúdio, auditório); ZR-5, em edificação de uso exclusivo;
— restaurante; IV — uso industrial que, por suas pequenas
— salão de beleza; dimensões, silêncio de operação, pouca geração de
— sapataria; tráfego e necessidade de pequena armazenagem,
— sede administrativa de empresa com ativi- for compatível com as demais atividades permiti-
dades de interesse turístico; das em CB e AC-1, e a elas não causar incômodo
— som (instrumentos musicais, discos, fitas, de qualquer espécie, além de adequado nas zonas
aparelhos de); citadas no inciso II e tolerado em ZR-5 será ade-
— sorveteria; quado em CB-1 de ZP, CB-2 de ZR, de ZP e de ZT,
— “souvenirs”, presentes; CB-3 de ZI, e em AC-1, e tolerado em CB-1 de ZR,
— teatro; em edificação de uso exclusivo;
— turismo (agência de); V — uso industrial que, por suas pequenas
— venda de imóveis (no local da obra, em ca- dimensões, silêncio de operação, pouca geração de
ráter temporário). tráfego e necessidade de pequena armazenagem,
§ 1.º Além desses usos e atividades serão for compatível com as demais atividades permiti-
permitidos aqueles que forem classificados como das em loja ou sala da mesma edificação comercial
de interesse para o turismo, pelo Conselho Munici- ou mista, e a elas e às unidades residenciais não
pal de Turismo ou órgão similar da municipalidade. causar incômodo de qualquer espécie, além de
§ 2.º Em CB-1, de ZT: permitido em edificação de uso exclusivo nas zo-

206
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
nas citadas nos incisos II, III e IV anteriores, será § 6.º A exploração de matérias-primas pode-
adequado: rá ser considerada inadequada quando desfigurar a
1 — em loja e em sala comercial, até o tercei- paisagem.
ro pavimento das edificações, situadas em CB-2 e § 7.º Fabricação caseira de doces, salgados e
CB-3 de ZR, de ZI, de ZT e de ZP, AC e ZIC; refeições é tolerada:
2 — em loja de CB-1 de ZR, de ZI e de ZP; 1 — em edificação unifamiliar e em unidade
VI — indústria caseira — atividade de uso in- residencial de edificação multifamiliar, em ZR-3,
dustrial que, por sua escala reduzida de produção, ZR-4, ZR-5, ZR-6, ZI, ZT e ZP;
resultante do trabalho exclusivo dos moradores, 2 — em edificação unifamiliar e em unidade
sem o auxílio de empregados, e que, por não cau- residencial de edificação multifamiliar ou mista, em
sar incômodo de qualquer espécie à vizinhança, CB, AC e ZIC.
pode ser exercida em unidade residencial de edifi-
cação unifamiliar, multifamiliar, ou mista, obedeci- CAPÍTULO V
do o que for determinado para o tipo de atividade
em causa por este regulamento e pela convenção Tipos de edificações
de condomínio quando for o caso; incluem-se co-
mo indústria caseira: Art. 76. O quadro III relaciona os tipos de e-
— alfaiate; dificação permitidos nas diversas zonas.
— artesanato; § 1.º As ZE não figuram no quadro III; os ti-
— atividades artísticas; pos de edificações nelas permitidos são regulados
— bordadeira; por disposições específicas.
— cerzideira; § 2.º Na descrição dos tipos de edificações
— costureira; não são mencionados o pavimento de uso comum
— fabricação de doces, salgados e refeições; e os pavimentos-garagens, salvo quando se tratar
— modista. de edifício-garagem integrado.
§ 1.º A indústria de construção civil, de dura- § 3.º Edificação industrial (fábrica e arma-
ção limitada, face à necessidade de se instalar no zém), fora de ZIC, ZI, ZP, e de CB, de ZI e de ZP,
próprio local da obra pelo espaço de tempo de sua é tratada como edificação de uso exclusivo.
duração, é tolerada em qualquer zona. § 4.º Cobertura simples, sem laje ou forro,
§ 2.º Indústria de inflamáveis e explosivos desde que atendido o artigo 55 do Regulamento de
obedecerá às normas técnicas oficiais e às normas Construções e Edificações (RCE), é considerada
especiais emanadas do Corpo de Bombeiros e de edifício-garagem.
outros órgãos competentes. § 5.º A edificação comercial com edifício-garagem
§ 3.º Quando houver dúvida quanto à classi- e lojas será permitida apenas quando o edifício-
ficação de uma indústria como adequada ou tole- -garagem atingir o máximo de utilização do terre-
rada em face dos inconvenientes que possa apre- no fixada, para o local, para edifício-garagem.
sentar como fonte poluidora do meio ambiente,
deve ser solicitado o pronunciamento da Comissão CAPÍTULO VI
Estadual de Controle Ambiental (CECA), da Funda-
ção Estadual de Engenharia do Meio Ambiente Condições das edificações
(FEEMA), do Instituto de Pesos e Medida do Estado
do Rio de Janeiro, ou de outro órgão público com- Art. 77. As condições das edificações, segun-
petente. do os seus tipos, e conforme as zonas em que se
§ 4.º As indústrias extrativas, consideradas co- situem, são disciplinadas pelos artigos a seguir, e
mo tais aquelas que necessitam ser instaladas junto estão indicadas no quadro IV.
ao local de extração de matéria-prima, tais como pe- Art. 78. Para os fins deste regulamento con-
dreiras, areiais, saibreiras, barreiras, caieiras, olarias sideram-se:
e moinhos, são: I — edificação afastada das divisas, aquela
I — adequadas em ZI, com exceção das pe- que tem o afastamento mínimo frontal fixado pelos
dreiras, que em ZI-1 são toleradas; artigos 100 e 101, e os afastamentos mínimos das
II — toleradas em ZR-5 e ZR-6. divisas laterais e de fundos iguais às dimensões
§ 5.º A exploração de p edreiras, saibreiras, dos prismas de iluminação e ventilação exigidos
areiais e outros materiais depende de autorização para a edificação, haja ou não abertura de vãos,
dos órgãos públicos competentes, que, para permi- não podendo ser inferior a 2,5m;
ti-la, poderão exigir a adoção de providências ne- II — edificação não afastada das divisas, não
cessárias à proteção de pessoas, logradouros pú- compreendida na definição do inciso I.
blicos, propriedades vizinhas, cursos de água, e ao Art. 79. As edificações afastadas e não afas-
saneamento da área. tadas das divisas poderão apresentar embasamen-

207
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
to, não afastado das divisas, que exceda a proje- creto n.º 5.519, de 27/11/1985.]
ção dos pavimentos superiores, obedecidas as X — nas quadras do projeto aprovado (PA) n.º
disposições deste regulamento. 9.411/31.911, onde a edificação não poderá ter
Parágrafo único. Os pavimentos desse em- número de pavimentos superior ao indicado para
basamento não serão computados no número de as quadras do projeto aprovado (PA);
pavimentos, para efeito: XI — na Avenida Niemeyer, desde seu início
1 — do cálculo do afastamento frontal mínimo até o encontro com a Avenida Prefeito Mendes de
(exceto os pavimentos com lojas, que serão com- Morais, e daí, somente pelo lado par, até seu final,
putados); no encontro com a Estrada da Gávea, onde a edifi-
2 — do cálculo dos afastamentos das divisas cação terá, no máximo, dois pavimentos, sendo
laterais e de fundos. que, nos lotes situados no lado ímpar dessa aveni-
Art. 80. A altura e o número de pavimentos da, abaixo do nível do logradouro, nenhum ele-
das edificações afastadas das divisas e não afastadas mento construtivo poderá ultrapassar as cotas de
das divisas são limitados: nível do calçamento que corresponde à testada do
I — nos casos especificamente previstos neste lote;
regulamento; XII — na Estrada do Joá, desde o cruzamento
II — quando houver limite fixado por decreto ou com a Rua Jornalista Costa Rego, até o seu final,
projeto aprovado (PA), para defesa de locais e vistas no encontro com a Praça Desembargador Araújo
panorâmicas de interesse paisagístico, histórico, ou Jorge, onde a edificação terá, no máximo, dois
turístico, e de proteção de áreas florestadas; pavimentos, sendo que, nos lotes situados no lado
III — quando houver limite fixado por planos ímpar dessa estrada e abaixo do nível do logradou-
especiais de urbanização; ro, no trecho entre a Rua Iposeira e a Rua Jackson
IV — quando for fixado limite pela legislação de Figueiredo, nenhum elemento construtivo pode-
federal; rá ultrapassar as cotas do calçamento que corres-
V — em logradouro com largura igual ou infe- ponde à testada do lote;
rior a 8m, onde a edificação terá no máximo três XIII — no promontório do Joá, entre a Estra-
pavimentos, incluídos os situados abaixo do nível da do Joá e o mar, onde a edificação terá, no má-
do meio-fio do logradouro; ximo, dois pavimentos;
VI — em logradouro com largura entre 8 e XIV — na área compreendida pela Rua João
9m, excluídos esses limites, onde a edificação terá Luís Alves (incluída), Avenida Portugal (incluída),
no máximo quatro pavimentos, incluídos os situa- Avenida Pasteur (excluída), da Avenida Portugal
dos abaixo do nível do meio-fio do logradouro; até a Rua Ramon Franco, e pelas saias dos morros
VII — na Ilha do Governador, onde a edifica- do Pão de Açúcar e da Urca, onde a edificação não
ção terá, no máximo, três pavimentos, incluídos os poderá ultrapassar a altura definida por um plano
situados abaixo do nível do meio-fio do logradouro, horizontal situado a 25m acima do nível do mar;
qualquer que seja a sua natureza, com exceção do XV — na área do Iate Clube do Rio de Janeiro,
pavimento de uso comum (“pilotis”) ou de apenas ao longo da Avenida Pasteur (lado ímpar), onde a
um pavimento-garagem quando não houver pavi- edificação não poderá ultrapassar as alturas defini-
mento de uso comum, salvo quando a cota de das pelos seguintes planos horizontais, medidas
soleira da edificação for igual ou superior a + 25m, em relação ao nível médio do mar:
em relação ao nível médio do mar, caso em que a 1 — no trecho entre a Avenida Portugal e o ei-
edificação terá, no máximo, dois pavimentos, in- xo da Rua Doutor Xavier Sigaud, 7m;
cluídos os situados abaixo do nível do meio-fio do 2 — no trecho entre o eixo da Rua Doutor Xa-
logradouro e qualquer que seja a sua natureza, vier Sigaud e o alinhamento do lado par da Aveni-
com exceção do pavimento de uso comum (“pilo- da Venceslau Brás, 4m;
tis”) ou de apenas um pavimento-garagem quando 3 — no trecho entre o alinhamento do lado par da
não houver pavimento de uso comum. Aplica-se o Avenida Venceslau Brás e a Praia de Botafogo, 7,5m;
disposto no § 1.º, deste artigo, quando se tratar XVI — quando a cota de soleira da edificação
de edificação residencial unifamiliar. [Redação for superior a + 50m, caso em que a edificação
dada pelo Decreto n.º 2.678, de 08/07/1980.] terá, no máximo, dois pavimentos, com exceção
VIII — no trecho da Estrada da Gávea incluí- do pavimento de uso comum ou de apenas um
do em CB-1, entre 100m antes da Rua Dionéia e a pavimento-garagem limitado à projeção dos pavi-
Avenida Niemeyer, onde a edificação terá, no má- mentos superiores, quando não houver pavimento
ximo, dois pavimentos; de uso comum. Aplica-se o disposto no § 1.º deste
IX — no trecho da Estrada da Gávea incluído artigo, quando se tratar de edificação residencial
em CB-1, lado par, entre a Avenida Niemeyer e a unifamiliar; [Redação dada pelo Decreto n.º
Rua Jaime Silvado, onde a edificação terá, no má- 2.678, de 08/07/1980.]
ximo, três pavimentos; [Redação dada pelo De- XVII — até a cota de + 50m (mais cinqüenta

208
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
metros) em relação ao nível médio do mar, nas aprovado (PA) ou decreto, não podendo, entretan-
áreas da VI Região Administrativa (Lagoa) abran- to, esses limites ser ultrapassados.
gidas pela totalidade da ZR-2, pelo trecho da ZR-3 § 3.º O disposto no inciso XVI aplica-se inclu-
compreendida pela Rua Mário Ribeiro e seu prolon- sive à edificação situada em logradouro para o
gamento até a Rua Visconde de Albuquerque, pela qual haja projeto aprovado (PA) ou decreto, fixan-
Avenida Padre Leonel Franca e seu prolongamento do número de pavimentos superior a dois.
até a Travessa Madre Jacinta, por esta, pela Rua § 4.º O atendimento das condições dos inci-
Marquês de São Vicente, Praça Santos Dumont, sos XIV e XV não dispensa a prévia autorização do
Rua Jardim Botânico, Rua Pacheco Leão, Rua Vis- Instituto Histórico e Artístico Nacional.
conde de Carandaí, Rua Lopes Quintas, Rua Jardim § 5.º Nenhum elemento construtivo das edifi-
Botânico, Rua Humaitá, Rua Fonte da Saudade, cações, inclusive o coroamento com caixas- -
Avenida Epitácio Pessoa e Avenida Borges de Me- d’água e casas de máquina, poderá ultrapassar os
deiros, até a Rua Mário Ribeiro, assim como pela planos horizontais definidos nos incisos XIV e XV
ZT-1 da orla da Lagoa Rodrigo de Freitas e Jardim deste artigo.
de Alá (trecho entre a Rua Prudente de Morais e a § 6.º As condições dos incisos XI, XII, XIII e
Avenida General San Martín e a Lagoa), onde o XVII aplicam-se aos lotes de esquina com testada
número de pavimentos das edificações obedecerá para logradouros pertencentes às áreas neles des-
às seguintes condições: critas, ainda que tenham testada também para
1 — a edificação afastada das divisas poderá logradouros ou trechos de logradouros delas excluídos.
ter até onze pavimentos, quando a cota de soleira Art. 81. O número de pavimentos das edifi-
for menor ou igual a + 10m (mais dez metros) em cações não afastadas das divisas, observado o
relação ao nível médio do mar; quando a cota de disposto no artigo 80, não poderá ser superior:
soleira for superior a + 10m (mais dez metros), o I — a cinco, quando a cota de soleira das edi-
número de pavimentos será reduzida na proporção ficações for menor ou igual a + 40m (mais quaren-
de um pavimento para cada 5m, ou fração, de ta metros), em relação ao nível médio do mar;
diferença de nível entre a cota de soleira e a cota II — a quatro, quando a cota de soleira das
de referência de + 10m (mais dez metros), até a edificações for superior a + 40m (mais quarenta
cota de + 50m (mais cinqüenta metros); metros), até a cota de + 45m (mais quarenta e
2 — a edificação não afastada das divisas po- cinco metros);
derá ter até cinco pavimentos, quando a cota de III — a três, quando a cota de soleira das edi-
soleira for menor ou igual a + 10m (mais dez me- ficações for superior a + 45m (mais quarenta e
tros) em relação ao nível médio do mar; quando a cinco metros), até a cota de + 50m (mais cinqüen-
cota de soleira for superior a + 10m (mais dez ta metros);
metros), o número de pavimentos será reduzido IV — ao número máximo de pavimentos fixa-
na proporção de um pavimento para cada 20m, ou do para o local por projeto aprovado (PA) ou de-
fração, de diferença de nível entre a cota de soleira creto.
e a cota de referência de + 10m (mais dez me- Art. 82. A edificação afastada das divisas,
tros), até a cota de + 50m (mais cinqüenta me- observado o disposto no artigo 80, não poderá ter
tros); mais de dezoito pavimentos, incluídos, quando for
XVIII — nas áreas A e B descritas no artigo o caso, os pavimentos destinados a lojas, das edi-
2.º do Decreto “E” n.º 5.996, de 12 de janeiro de ficações comerciais ou mistas, mesmo que consti-
1973, com a redação dada pelo Decreto “E” n.º tuam embasamento não afastado das divisas,
6.074, de 02 de março de 1973, nos casos e nas quando a cota de soleira da edificação for menor
condições previstas no referido Decreto “E” n.º ou igual a + 10m (mais dez metros), em relação
5.996/73 e no Decreto “E” n.º 6.190, de 29 de ao nível médio do mar; quando a cota de soleira
maio de 1973. for superior a + 10m (mais dez metros), o número
§ 1.º Para os fins deste artigo, na contagem de pavimentos (dezoito) será reduzido na propor-
do número de pavimentos, excluem-se o pavimen- ção de um pavimento para cada 3m, ou fração, de
to do uso comum (“pilotis”), o pavimento de co- diferença de nível entre a cota de soleira e a cota
bertura previsto no artigo 120, e os pavimentos- de referência de + 10m (mais dez metros), até a
-garagens até os limites fixados no § 11 do artigo cota de + 40m (mais quarenta metros).
148, ressalvadas as disposições em contrário.
[Redação dada pelo Decreto n.º 362, de [O Decreto n.º 2.678, de 08/07/1980, deu
09/04/1976.] ao § 1.º a seguinte redação:]
§ 2.º Não se aplica o disposto nos incisos V e
VI à edificação situada em logradouro para o qual § 1.º Para os fins deste artigo, na contagem
haja limite de altura ou número de pavimentos do número de pavimentos, ressalvadas as disposi-
diferentes dos ali referidos que constem do projeto ções em contrário, excluem-se:

209
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
1 — o pavimento de uso comum (“pilotis”), o -garagens, até os limites indicados nos quadros do
pavimento de cobertura previsto no artigo 120 e os item 2 do § 11 do artigo 148;
pavimentos-garagens até os limites no § 11 do 2 — ter tantos pavimentos quantos ficarem
artigo 148, salvo quando se tratar de edificação contidos na altura total prevista no item anterior.
residencial unifamiliar; § 2.º O disposto no “caput” deste artigo e no
2 — no caso de edificação residencial unifami- parágrafo anterior aplica-se ao edifício-garagem
liar, um pavimento que apresente as seguintes integrando edificação comercial com pavimentos
características: de lojas e edifício-garagem (tipos previstos no
a) será parcialmente aberto e limitar-se-á à quadro III), reduzindo-se da altura do edifício-
projeção do pavimento imediatamente superior ou -garagem, neles prevista, a altura dos pavimentos
inferior; com lojas, e acrescendo-se o número de pavimen-
b) a área fechada desse pavimento deverá tos que se destinarem a atender ao número míni-
corresponder, no máximo, a 50% da área do pa- mo de vagas exigido para as lojas.
vimento que serviu como referência para os limites Art. 84. A altura dos pavimentos com lojas,
de sua projeção, conforme previsto na alínea ante- das edificações comerciais ou mistas, não está
rior, e deverá guardar afastamentos mínimos de sujeita a limitação.
3m dos planos das fachadas, inclusive das facha- Parágrafo único. Os mezaninos ou outro
das laterais e posteriores; qualquer tipo de entrepiso serão considerados co-
c) destinar-se-ão acessos, circulações, esta- mo pavimentos, excetuando-se os jiraus, no pri-
cionamento de veículos, recreação, lazer e depen- meiro pavimento da loja, que atendam as disposi-
dências de serviços; ções dos artigos 101 e 102 do Regulamento de
d) apresentará pé-direito máximo de 3,5m. Construções e Edificações (RCE).
§ 2.º Quando a cota de soleira das edificações Art. 85. Galpão (exceto em ZI, ZP, CB de ZI
for superior a + 45m (mais quarenta e cinco metros), e de ZP, e ZIC), posto de abastecimento, posto de
e até a cota de + 50m (mais cinqüenta metros), o serviço, posto-garagem e motel terão a altura má-
número máximo de pavimentos é quatro. xima de 7,5m.
§ 3.º Aplica-se o número máximo de pavi- Art. 86. Telheiro (exceto em ZI, ZP, CB de ZI
mentos constante do projeto aprovado (PA) ou e de ZP, e ZIC) terá a altura máxima de 4,5m.
decreto, quando for superior ao indicado neste Art. 87. Nos casos em que, anteriormente à
artigo e seus parágrafos. vigência do Decreto “E” n.º 3.800, de 20 de abril
§ 4.º Para os fins deste artigo, na contagem de 1970, era permitido um pavimento recuado
do número de pavimentos, excluem-se o pavimen- acima do último pavimento das edificações, esse
to de uso comum (“pilotis”), o pavimento de co- pavimento será acrescido aos gabaritos ainda vi-
bertura previsto no artigo 120, os pavimentos- gentes, estabelecidos por projeto aprovado (PA) ou
-garagens até os limites fixados no § 11 do artigo decreto específico da época, sem qualquer afasta-
148, e um pavimento exclusivamente destinado a mento ou redução da ocupação em relação ao pa-
partes comuns do hotel ou hotel-residência no vimento imediatamente inferior. [Ver neste livro o
embasamento (artigo 89). [Redação dada pelo decreto citado.]
Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981.] Parágrafo único. As referências, neste regu-
lamento, a gabaritos ou número de pavimentos
[O Decreto n.º 2.930, de 15/12/1980, deu fixados por projeto aprovado (PA) ou decreto con-
ao artigo 83 a seguinte redação:] sideram neles incluído o pavimento de que trata
este artigo.
Art. 83. O edifício-garagem pode ter tantos Art. 88. As dimensões da projeção horizontal
pavimentos quantos ficarem contidos na altura das edificações, ressalvados os casos previstos
correspondente ao número máximo de pavimentos neste regulamento, não estão sujeitas a limites.
permitidos pelos artigos 80, 81 e 82. Considera- - § 1.º As dimensões máximas da projeção ho-
se, para efeito de fixação dessa altura, a dimensão rizontal das edificações residenciais multifamiliares, e
de 3,15m, de piso a piso, para os pavimentos. Em da parte destinada a unidades residenciais das
AC, em CB e em ZIC, pode considerar-se a dimen- edificações mistas, que tiverem prismas de ilumi-
são de 4,65m, de piso a piso, para o primeiro pa- nação e ventilação (PIV), ou prismas de ventilação
vimento. (PV) interiores (tipos A e B) definidos no artigo 139
§ 1.º Exceto nos casos dos incisos I a IV, VII do Regulamento de Construções e Edificações,
a IX, XI a XVI e XVIII, do artigo 80, o edifício- excetuados os prismas de iluminação e ventilação
-garagem poderá: (PIV) sob a forma de afastamento em relação a
1 — ter a altura permitida no “caput” deste arti- toda a extensão da divisa de fundos, devem permi-
go, acrescida da altura correspondente a um pavi- tir a sua inscrição em um quadrado de lado igual a
mento de uso comum (“pilotis”) e aos pavimentos- 30m ou em um quadrilátero em que uma das di-

210
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
mensões poderá exceder a 30m, até o máximo de deverá ser respeitado o disposto no artigo 217
40m, quando a outra dimensão for reduzida da deste regulamento;
mesma extensão. III — quando houver limite máximo de pro-
§ 2.º As edificações residenciais multifamilia- fundidade de construção estabelecido por projeto
res afastadas das divisas, e a parte destinada a aprovado (PA) ou decreto, sem previsão de área
unidades residenciais das edificações mistas afas- coletiva, esse limite poderá ser ultrapassado.
tadas das divisas, que não tiverem prismas de Parágrafo único. Em CB, o pavimento térreo
iluminação e ventilação (PIV) e prismas de ventila- com lojas não poderá ter galerias (circulações) que
ção (PV) interiores, deverão permitir a inscrição de apresentem pontos de seu eixo distantes mais de
sua projeção horizontal em um quadrado que te- 50m da sua entrada localizada na fachada voltada
nha, de lado, 40m ou a medida igual a seis vezes o para o logradouro, medida essa distância segundo
menor afastamento que apresentarem em relação o eixo da galeria. Quando houver mais de uma
às divisas ou em relação a outra edificação no lote, entrada pelo mesmo logradouro ou por logradou-
quando essa medida for superior a 40m. ros diferentes, basta que o limite máximo de 50m
§ 3.º As edificações residenciais multifamilia- seja observado em relação a apenas uma das en-
res não afastadas das divisas, e a parte destinada tradas. Quando a extensão necessária para uma gale-
a unidades residenciais das edificações mistas não ria ligar dois logradouros e for superior a 100m, esta
afastadas das divisas, que não apresentarem pris- galeria poderá apresentar pontos do seu eixo distantes
mas de iluminação e ventilação (PIV), ou prismas mais de 50m de qualquer das entradas.
de ventilação (PV) interiores, com exceção dos Art. 90. A área de projeção horizontal de edi-
prismas de iluminação e ventilação (PIV) sob a ficação destinada a posto de abastecimento, posto
forma de afastamento em relação a toda extensão de serviço e posto-garagem deve ficar limitada a
da divisa dos fundos, devem permitir a inscrição de vinte e cinco centésimos da área do lote, observa-
sua projeção horizontal em um quadrado que te- das as disposições do Decreto “E” n.º 6.030, de 12
nha, de lado, 40m ou em um quadrilátero em que de fevereiro de 1973.
uma das dimensões poderá exceder de 40m até a Art. 91. As edificações, nos lotes, respeitarão
medida igual a 4,2 vezes a menor dimensão do as áreas livres mínimas constantes do quadro se-
afastamento em relação à divisa de fundos, quan- guinte, ressalvadas as exceções previstas neste
do essa medida for maior, e desde que a outra regulamento.
dimensão seja reduzida na mesma extensão.
§ 4.º Excluem-se da proibição de que tratam [O Decreto n.º 5.280, de 23/08/1985, deu
os parágrafos anteriores os primas de ventilação ao quadro do artigo 91 a seguinte redação:]
interiores destinados a ventilar exclusivamente
instalações sanitárias (banheiros, WC). Região Zonas Demais
ZR-ZT
Administrativa zonas
[O Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981, deu
ao artigo 89 a seguinte redação:] I, II, III, IV, V, VI, VIII, IX, XXII ..... 30% 30%
VII, X, XI, XII, XIII, XIV, XV ........... 40% 30%
Art. 89. A parte com lojas, até três pavimen-
tos, das edificações comerciais ou mistas e um XVI, XVII, XVIII, XIX, XX, XXII, XXIV,
pavimento constituído exclusivamente por partes XXV, XXVI .................................... 50% 30%
comuns de hotel ou hotel-residência terão as di- § 1.º As edificações que não estão obrigadas
mensões de sua projeção horizontal limitadas de a deixar áreas livres nos lotes são as seguintes:
acordo com as seguintes disposições: 1 — hotel, hotel-residência, cinema, teatro,
I — poderá ocupar toda a área do lote e for- em ZT e em CB de ZT; [Redação dada pelo Decre-
mar um embasamento excedendo a projeção dos to n.º 3.044, de 23/04/1981.]
pavimentos superiores (artigo 79): 2 — edifício-garagem, em qualquer zona;
1 — em AC, ZIC e CB: 3 — edificação industrial (inclusive galpão e
a) a parte com lojas até três pavimentos, de telheiros), em ZI e em CB de ZI;
edificações comerciais ou mistas; 4 — edificação não-residencial em AC;
b) a parte com lojas até dois pavimentos, e 5 — supermercado;
um pavimento constituído exclusivamente por par- 6 — as que forem especialmente referidas
tes comuns de hotel ou hotel-residência, integran- neste regulamento;
te de edificação mista; 7 — edificação em lote situado em quadra que
2 — em zona residencial (ZR), ZT, AC, ZIC e dispõe de área coletiva. [Item acrescentado a este
CB, um pavimento constituído exclusivamente por artigo pelo Decreto n.º 2.939, de 19/12/1980.]
partes comuns de hotel ou hotel-residência; § 2.º Nos lotes com área inferior a 160m2, as
II — quando houver área coletiva na quadra, edificações podem ocupar a área dos terrenos até

211
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
2
80m , quando, da aplicação do quadro constante lote.
deste artigo, resultem valores inferiores para a Art. 96. A área total de edificação (ATE), nos
ocupação dos mesmos, respeitado o limite mínimo casos de posto de abastecimento, posto de serviço
de 20% para a área livre no lote. e posto-garagem é limitada à metade da área do
§ 3.º Estabelecimento hospitalar deverá dei- lote.
xar área livre mínima, no lote, correspondente a Parágrafo único. As áreas destinadas à
40% da área total do terreno, salvo nos casos em guarda de veículos não são computáveis para efei-
que o quadro que integra este artigo indicar área to do limite máximo da área total de edificação
livre mínima maior. (ATE).
§ 4.º Na área do Iate Clube do Rio de Janei- Art. 97. A área total de edificação (ATE), nos
ro, ao longo da Avenida Pasteur, lado ímpar, o casos de edificação residencial, multifamiliar, mis-
terreno deve ficar livre de áreas cobertas, pelo ta, comercial (lojas e/ou salas comerciais), edifica-
menos, em 75% da sua área total. ção industrial (fábrica, armazém, galpão e telhei-
§ 5.º Nas áreas descritas nos incisos XI, XII e ro), exceto em ZI e ZP, edificação de uso
XIII, do artigo 80, as edificações ocuparão em exclusivo (com uma só numeração), hotel, hotel-
projeção, no máximo, 10% da área do lote, exce- residência e supermercado (uso exclusivo, exceto
tuadas as edificações residenciais unifamiliares, em CB-1), será determinada de acordo com as
que poderão deixar área livre, no mínimo, igual a seguintes condições: [Redação dada pelo Decreto
50% da área do lote. n.º 6.461, de 05/02/1987.]
§ 6.º Para efeito de cálculo da área de projeção I — nos locais onde não houver projeto apro-
das edificações com base na taxa de ocupação esta- vado (PA) ou decreto fixando número máximo de
belecida pelo parágrafo anterior, em lote de terreno pavimentos e profundidade máxima de construção,
com área superior a 1.000m2 serão descontadas, da e onde não houver restrições fixadas por este re-
área total, as áreas dos trechos do terreno que apre- gulamento, a área total de edificação (ATE) será
sentarem inclinações superiores a 45º. Quando todo calculada segundo a fórmula
o terreno tiver inclinação superior a 45º, nele apenas ATE = N X 0,7 X S
é permitida edificação cuja área de projeção horizon- onde N é o coeficiente para o local, indicado
tal seja, no máximo, de 80m2. no quadro V,
§ 7.º Na área da XX RA (Ilha do Governador), e S é a área do lote, exceto quando se tratar
as áreas livres mínimas constantes deste artigo de edificação não-residencial em AC
devem ser obedecidas em todos os pavimentos, caso em que ATE será calculada segundo a
qualquer que seja a sua natureza. [Parágrafo fórmula
acrescido a este artigo pelo Decreto n.º 2.108, de ATE = N x S
14/03/1979.]
§ 8.º A área livre mínima dos lotes localiza- II — o disposto no inciso anterior aplica-se
dos no bairro de São Conrado, constante da VI aos locais onde houver projeto aprovado (PA) ou
Região Administrativa — Lagoa, será de 50%. decreto fixando número máximo de pavimentos,
[Parágrafo acrescentado a este artigo pelo Decreto sem limitação de profundidade máxima de cons-
n.º 5.280, de 23/08/1985.] trução ou área coletiva, substituindo-se, nas res-
Art. 92. Nas áreas descritas no artigo 2.º do pectivas fórmulas, N pelo número máximo de pa-
Decreto “E” n.º 5.996, de 12 de janeiro de 1973 vimentos;
(com a redação dada pelo Decreto “E” n.º 6.074,
de 02 de março de 1973), prevalecem as condi- [O Decreto n.º 2.939, de 19/12/1980, deu
ções de edificações estabelecidas nele e no Decre- ao inciso III a seguinte redação:]
to “E” n.º 6.190, de 29 de maio de 1973.
Art. 93. [Revogado pelo Decreto n.º 6.461, III — nos locais onde houver projeto aprova-
de 05/02/1987.] do (PA) ou decreto indicando número máximo de
Art. 94. [Revogado pelo Decreto n.º 6.461, pavimentos e profundidade máxima de construção,
de 05/02/1987.] com ou sem formação de área coletiva, a área
Art. 95. A área total de edificação (ATE), nos total de edificação (ATE) será a fixada pelos mes-
casos de supermercado, em CB-1, e motel, será mos, dispensando-se a dedução das áreas dos
determinada de acordo com as seguintes condi- prismas de iluminação e ventilação ou apenas de
ções: ventilação, observadas, ainda, as seguintes condi-
I — motel, área total de edificação (ATE) limi- ções:
tada à área do lote, reduzida da área livre mínima 1 — para os locais onde não houver formação
exigida para o local; de área coletiva, a área livre resultante no lote não
II — supermercado, em CB-1, área total de poderá ser inferior a 30%; nesses casos o valor da
edificação (ATE) limitada a duas vezes a área do área total de edificação (ATE) será calculado com o

212
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
gabarito fixado, mas com a projeção da edificação como concreto, macadame betuminoso ou asfalto)
reduzida para 70% da área do lote; as edificações observarão afastamento mínimo de
2 — quando se tratar de edificação não-residencial 8m, em relação à linha externa de pavimentação;
em AC e de edificação em lote situado em quadra b) nos logradouros sem pavimentação, as edi-
que dispõe de área coletiva, a aplicação deste inci- ficações observarão a distância de 20m do eixo do
so não estará sujeita às restrições do item anteri- logradouro.
or; § 2.º Além do disposto neste artigo e em seu
3 — no cálculo da ATE não deverão ser com- § 1.º, aplica-se, para as edificações afastadas das
putados os pavimentos situados abaixo do nível do divisas, o que estabelece o artigo seguinte.
meio-fio do logradouro.
Parágrafo único. Os pavimentos constituí- [O Decreto n.º 6.640, de 20/05/1987, deu
dos exclusivamente por partes comuns de hotel ou ao artigo 101 a seguinte redação:]
hotel-residência não são computados para efei-
tos do limite máximo da área total de edificação Art. 101. O afastamento frontal mínimo das
(ATE). [Parágrafo acrescentado a este artigo pelo edificações afastadas das divisas, obedecerá às
Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981.] seguintes condições:
Art. 98. A área total de edificação (ATE), de I — quando a edificação tiver até 5 (cinco)
edificação industrial (fábrica, armazém, galpão e pavimentos, o afastamento será o exigido de
telheiro), em ZI e ZP, será determinada pelo pro- acordo com o artigo 100;
duto do valor de N (coeficiente para o local indica- II — quando a edificação tiver mais do que 5
do pelo quadro V), pela área do lote. [Redação (cinco) pavimentos, o afastamento será calculado
dada pelo Decreto n.º 6.461, de 05/02/1987.] de acordo com uma das seguintes situações:
Art. 99. Os pavimentos em subsolo, enterra- a) se houver PA ou decreto determinando
dos (em cava) e semi-enterrados, quando o piso número de pavimentos superiores a 5 (cinco), será
do pavimento térreo estiver no máximo até a cota acrescido ao afastamento estabelecido no artigo
+ 1,5m (mais um metro e cinqüenta centímetros), 100 1m (um metro) por pavimento acima do nú-
a partir do ponto mais baixo do meio-fio corres- mero de pavimentos fixado para as edificações não
pondente à testada do lote, não são computáveis afastadas das divisas;
para efeito do limite máximo da área total de edifi- b) se houver PA ou decreto determinando pa-
cação (ATE). ra as edificações não afastadas das divisas número
Art. 100. A edificação terá afastamento fron- de pavimentos inferior a 5 (cinco) será acrescido
tal (afastamento em relação ao alinhamento do ao afastamento estabelecido no artigo 100 1m (um
logradouro) mínimo de 3m. metro) por pavimento acima do quinto pavimento;
§ 1.º Excetuam-se os seguintes casos: III — quando a edificação tiver apenas limite
1 — os afastamentos fixados por decreto ou de altura, determinado por PA ou decreto, será
projeto aprovado (PA) que não sejam de parcela- acrescido ao afastamento estabelecido pelo artigo
mento ou de remembramento de áreas de terreno 100 1m (um metro) para cada 3m (três metros)
ou não incluam parcelamento ou remembramento; acima do limite fixado para as edificações não
2 — os afastamentos especiais citados neste afastadas das divisas.
decreto; § 1.º Quando o logradouro tiver largura entre
3 — as edificações em AC e ZP, e na ZR-5 si- 9m (nove metros) e 12m (doze metros) e a edifi-
tuadas na I Região Administrativa, que podem cação mais do que 5 (cinco) pavimentos o afasta-
atingir o alinhamento; mento calculado será acrescido da diferença da
4 — as edificações nas Avenidas Vieira Souto, largura do logradouro para 12m (doze metros) e a
Delfim Moreira, Epitácio Pessoa, Borges de Medei- edificação poderá ter no máximo 10 (dez) pavi-
ros e Visconde de Albuquerque, que terão o afas- mentos ou altura equivalente.
tamento mínimo de 5m; § 2.º O pavimento exclusivamente destinado
5 — as edificações residenciais unifamiliares a partes comuns de hotel ou hotel-residência no
em ZR-1, que terão o afastamento frontal mínimo embasamento (artigo 89) respeitará apenas o
de 5m, quando não for exigido um afastamento afastamento frontal mínimo para o local, de acordo
frontal maior em outro item deste parágrafo; com o artigo 100.
6 — nos terrenos marginais a estradas e ou- § 3.º As condições deste artigo não se apli-
tros logradouros que não tenham projeto aprovado cam a telheiro, posto de abastecimento, posto de
de alinhamento, com exceção dos logradouros serviço, posto-garagem, edificações comerciais
antigos cujo alinhamento estiver definido por mu- apenas com lojas, pavimentos com lojas de edifi-
ros ou edificações (alinhamento existente), serão cações comerciais ou mistas e aos três primeiros
observadas as seguintes condições: pavimentos de edificações comerciais com uma só
a) nos logradouros com pavimentação (tais loja em diversos pavimentos (com uma só nume-

213
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ração). creto n.º 3.044, de 23/04/1981.]
Art. 102. As edificações comerciais apenas II — edificações residenciais em vilas existen-
com lojas, os pavimentos com lojas de edificações tes, até o máximo de dois pavimentos, qualquer
comerciais ou mistas e os três primeiros pavimentos que seja a sua natureza, inclusive pavimento- -
de edificações comerciais com uma só loja em di- garagem e pavimento de uso comum;
versos pavimentos (com uma só numeração) res- III — edificação residencial unifamiliar, única no
peitarão apenas o afastamento frontal mínimo para lote, até dois pavimentos, qualquer que seja a sua
o local, de acordo com o artigo 110 e seu § 1.º natureza, quando a configuração e dimensões do lote
Art. 103. Os postos de abastecimento, pos- não permitirem a construção da edificação até o limi-
tos de serviço e postos-garagens respeitarão o te máximo de profundidade de construção;
afastamento frontal mínimo para o local, de acordo IV — locais cobertos para estacionamento ou
com o artigo 100 e seu § 1.º, observadas as dispo- guarda de veículos, obedecidas as condições esta-
sições do Regulamento de Construções e Edifica- belecidas no capítulo VIII.
ções e do Decreto “E” n.º 6.030, de 12 de feverei- Art. 109. O afastamento mínimo entre duas
ro de 1973. ou mais edificações afastadas das divisas, no
Art. 104. Os telheiros respeitarão o afasta- mesmo lote, atenderá às seguintes condições:
mento frontal mínimo de 10m, salvo quando for I – o afastamento mínimo entre duas edifica-
exigido para o local um afastamento frontal maior, ções será a soma dos afastamentos iguais às di-
na forma do § 1.º do artigo 100. mensões do prisma de iluminação e ventilação
Art. 105. Quando se tratar de lote de esquina, (PIV) exigido para as mesmas, quando houver
o afastamento frontal mínimo de edificação afastada normas às fachadas de uma das edificações encon-
das divisas será calculado para cada logradouro trando as da outra edificação, mesmo que as fa-
levando em conta a sua respectiva largura. chadas que se confrontam não possuam abertura
Art. 106. Os afastamentos mínimos laterais e para o exterior;
de fundos de edificação afastada das divisas serão II – excetuados os casos previstos no inciso I,
iguais às dimensões dos prismas de iluminação e o afastamento mínimo entre duas edificações será
ventilação (PIV) exigidos para as edificações, não igual à dimensão do prisma de iluminação e venti-
podendo ser inferiores a 2,5m, haja ou não abertu- lação (PIV) exigido para a edificação mais alta.
ra de vãos, segundo definição de edificação afas- Parágrafo único. O afastamento entre edifi-
tada das divisas, estabelecida no artigo 78. cações unifamiliares que tenham um ou mais pa-
§ 1.º Os pavimentos dos embasamentos vimentos poderá ser reduzido para três metros.
permitidos por este regulamento não estão sujei- Art. 110. O afastamento mínimo entre duas
tos a afastamentos laterais e de fundos, observado edificações não afastadas das divisas, no mesmo
o disposto no artigo 79. lote, será a soma das dimensões dos prismas de
§ 2.º Os pavimentos dos embasamentos po- iluminação e ventilação (PIV), tipo B, definido pelo
derão ultrapassar o limite máximo de profundidade artigo 139 do Regulamento de Construções e Edifi-
de construção, quando houver, haja ou não área cações, correspondentes aos números de pavimen-
coletiva, respeitadas as disposições específicas tos dessas edificações.
constantes deste regulamento. Parágrafo único. No caso de duas edifica-
§ 3.º O limite máximo de profundidade de ções unifamiliares no lote, com um máximo de dois
construção fixado por projeto aprovado (PA) ou pavimentos, o afastamento poderá ser reduzido
decreto poderá ser ultrapassado pela edificação, para 3m.
exceto quando houver área coletiva. Art. 111. Nos edifícios-garagens afastados
Art. 107. As edificações não afastadas das das divisas, os afastamentos mínimos frontal, das
divisas não estão obrigadas a observar afastamen- divisas laterais, de fundos, e entre edificações,
tos em relação às divisas laterais. serão os exigidos para o número de pavimentos
Art. 108. As edificações não afastadas das divi- que corresponder, em altura, ao número de pavi-
sas não estão obrigadas a observar afastamento em mentos do edifício-garagem, adotando-se para
relação à divisa de fundos, não podendo, porém, aqueles pavimentos as dimensões de piso a piso,
ultrapassar o limite máximo de profundidade de segundo critério do artigo 83, o mesmo ocorrendo
construção, fixado por projeto aprovado (PA) ou com o afastamento mínimo entre edifícios-garagens
decreto, salvo quando se tratar de: não afastados das divisas.
I — pavimentos com lojas, até três pavimen- Parágrafo único. Nos casos em que, de
tos, de edificação comercial ou mista e um pavi- acordo com o § 1.º do artigo 83, for permitido o
mento constituído exclusivamente por partes co- acréscimo de pavimentos aos edifícios-garagens,
muns de hotel ou hotel-residência, observados os do número de pavimentos calculado de acordo com
tipos previstos no quadro III e obedecido o dispos- o “caput” do artigo 83, serão descontados os pa-
to nos artigos 79 e 217; [Redação dada pelo De- vimentos que corresponderem, em altura, a esse

214
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
acréscimo, o mesmo ocorrendo nos casos previstos aplicam-se a logradouros cuja largura for inferior a
no § 2.º do artigo 83. 12m, apenas nos casos de edificação afastada das
Art. 112. As áreas dos afastamentos exigidos divisas, em que o afastamento frontal for, pelo
para as edificações afastadas das divisas são “non menos, o exigido para o local, acrescido da dife-
aedificandi”, não podendo ser usadas para efeito rença da largura dos logradouros para 12m.
de ventilação e iluminação de edificação nos terre- § 6.º É tolerada também a existência de va-
nos vizinhos. randas abertas balanceadas sobre a área de fun-
Art. 113. Na determinação das condições de dos do lote, com profundidade nunca superior a
edificações será considerada a largura do logra- 2m, desde que seja computado o afastamento de
douro, sem levar em conta as sobrelarguras, os fundos a partir do plano vertical que contenha os
alargamentos ou reduções eventuais em pequenos peitoris dessas varandas, e, neste caso, não serão
trechos ou larguras das praças de retorno. computadas no cálculo da área total de edificação
Parágrafo único. Quando houver projeto (ATE). No caso de edificação não afastada das
aprovado de alinhamento (PAA), prevalecerá a divisas, o afastamento deve ser observado em
largura projetada do logradouro. toda a extensão da divisa de fundos, e, no mínimo,
Art. 114. Os afastamentos mínimos frontal, igual à dimensão do prisma de iluminação e venti-
das divisas laterais, de fundos, e entre edificações, lação (PIV) exigido para a edificação.
exigidos por este regulamento serão observados § 7.º No caso de edificação não afastada das
em toda a altura da edificação e na extensão das divisas, as varandas previstas nos parágrafos ante-
respectivas fachadas, havendo ou não abertura de riores distarão, no mínimo, 1,5m das divisas late-
vãos, ressalvadas as disposições dos parágrafos rais dos lotes.
seguintes. § 8.º As saliências e varandas de que tratam
§ 1.º As fachadas poderão apresentar, balan- os parágrafos deste artigo poderão exceder as
ceadas sobre o afastamento frontal mínimo, acima dimensões de projeção horizontal das edificações
do pavimento térreo, saliências destinadas a ele- estabelecidas no artigo 88 deste regulamento.
mentos estruturais, a quebra-sóis, jardineiras, § 9.º As varandas não poderão ser fechadas ou
sacadas e à colocação de aparelhos de ar-condicionado, envidraçadas, mesmo em parte, sob qualquer pre-
desde que as mesmas não ultrapassem a profundi- texto, devendo a convenção do condomínio estipular
dade de 40cm, se contínuas ao longo da fachada, e tal condição, sendo o condomínio solidariamente
de 80cm, se descontínuas. Essas saliências não responsável na obediência a esta exigência.
serão computadas no cálculo da área total de edifi- § 10. As fachadas dos embasamentos das
cação (ATE). edificações afastadas das divisas, que excederem a
§ 2.º As fachadas voltadas para os afasta- projeção dos pavimentos superiores, não poderão
mentos das divisas laterais, de fundos, e entre apresentar balanço sobre o afastamento frontal
edificações, poderão apresentar as mesmas saliên- mínimo exigido para esses embasamentos, por
cias referidas no parágrafo anterior, sem serem este regulamento; o pavimento imediatamente
computadas no cálculo da área total de edificação superior ao embasamento não poderá apresentar
(ATE) e podendo ocupar o espaço aéreo resultante esse mesmo balanço sobre o afastamento frontal
dos afastamentos exigidos acima do pavimento mínimo exigido para a edificação afastada das
térreo. divisas.
§ 3.º As saliências citadas nos parágrafos an- § 11. Nas edificações de esquina, as facha-
teriores não são permitidas, sob qualquer pretexto, das, acima do pavimento térreo, poderão apresen-
nos prismas de iluminação e ventilação (PIV) e tar balanço sobre a linha de concordância dos
prisma de ventilação (PV) projetados no interior da afastamentos frontais mínimos exigidos para os
edificação, salvo quando se tratar de afastamento dois logradouros, com a profundidade máxima de
em toda a extensão das divisas laterais e de fun- 1,5m, mas, neste trecho em balanço, não serão
dos, iguais, no mínimo, à dimensão do prisma de permitidas varandas.
iluminação e ventilação (PIV) exigido para a edifi- § 12. Não é permitido balanço além do ali-
cação. nhamento, sobre o logradouro.
§ 4.º É tolerada a existência de varandas § 13. As saliências, sacadas e varandas, pre-
abertas nas unidades residenciais, balanceadas vistas em balanço, de acordo com os parágrafos
sobre o espaço aéreo correspondente ao afasta- anteriores, deverão respeitar, em qualquer caso, o
mento frontal mínimo, acima do pavimento térreo, afastamento mínimo de 2,5m, das divisas laterais
com a profundidade nunca superior a 2m, em lo- e de fundos. [Parágrafo acrescentado a este arti-
gradouros cuja largura for igual ou maior que 12m, go pelo Decreto n.º 835, de 01/02/1977.]
e, neste caso, não serão computadas no cálculo da § 14. O disposto nos §§ 4.º ao 9.º deste artigo
área total de edificação (ATE). aplica-se às unidades habitacionais de hotel-residência.
§ 5.º As disposições do parágrafo anterior [Parágrafo acrescentado a este artigo pelo Decreto

215
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
n.º 3.044, de 23/04/1981.] edificação (ATE), salvo quando para o local constar
especificamente que o número do pavimento inclui
[O Decreto n.º 4.682, de 06/09/1984, deu pavimentos de qualquer natureza.
ao artigo 115 a seguinte redação:] Parágrafo único. O pavimento de uso co-
mum, para efeito de cálculo dos afastamentos das
Art. 115. Nos lotes com testada para logra- divisas laterais e de fundos, será ou não computa-
douro que constitua limite de zona, estando os 2 do de acordo com o disposto no Regulamento de
lados do logradouro incluído na mesma zona, serão Construções de Edificações específico.
aplicadas as disposições pertinentes à respectiva Art. 120. Acima do último pavimento das edifi-
zona numa faixa até 33m (trinta e três metros) de cações afastadas das divisas, com mais de quatro
profundidade a partir do alinhamento ou na meta- e menos de dezoito pavimentos, inclusive, quando
de da largura da quadra, quando esta largura for for o caso, os pavimentos destinados a lojas de
menor do que 66m (sessenta e seis metros). edificações comerciais ou mistas, mesmo que
Parágrafo único. Na área restante dos lotes constituam embasamento não afastado das divi-
a que se refere o “caput” deste artigo serão esta- sas, além das caixas-d’água, casas de máquinas e
belecidos os aproveitamentos que observem as o respectivo acesso, são tolerados:
disposições comuns às zonas limítrofes. I — terraços descobertos para qualquer uso
Art. 116. Pavimentos com lojas são permiti- (tais como piscina, belvedere e mirante), não sen-
dos, apenas, em edificação com frente para logra- do considerada essa utilização no cálculo dos pris-
douro público. mas de iluminação e ventilação (PIV) e prismas de
§ 1.º As lojas poderão ser projetadas em ventilação (PV) e dos afastamentos;
subsolo apenas em CB-3, AC e ZIC. Em CB-1 e CB-2 II — dependências de unidades residenciais
é tolerado o uso de subsolo para depósito, como situadas no último pavimento ou unidades residen-
dependência privativa de cada loja, comuni- ciais de cobertura (uma por prumada de acesso),
cando-se internamente com a mesma. nas edificações residenciais multifamiliares ou mis-
§ 2.º A área dos pavimentos em subsolo des- tas, assim como compartimentos destinados a
tinados ao uso comercial com lojas ou dependên- atividades sociais dos condomínios (salas de recrea-
cias de lojas não é computada para efeito do limite ção ou festas), desde que:
máximo da área total de edificação (ATE), calcula- 1 — a ocupação, incluindo também as partes
da de acordo com este regulamento. comuns, não ultrapasse a 50% da área do último
Art. 117. O pavimento de uso comum desti- pavimento;
nado às dependências de uso comum das edifica- 2 — nenhum elemento construtivo do pavi-
ções, obedecidas as condições do § 1.º do artigo mento de cobertura diste menos de 0,6m (sessen-
132 do Regulamento de Construções e Edificações, ta centímetros) dos limites de construção da edifi-
é obrigatório em edificação multifamiliar e mista, cação, sendo que todo e qualquer elemento que
com mais de quatro pavimentos residenciais, inclu- estiver a menos de 1,5m (um metro e cinqüenta
sive os situados abaixo do nível do meio-fio. centímetros) desses limites obriga a que os pris-
Art. 118. O pavimento de uso comum, em mas, reentrâncias ou afastamentos sejam calcula-
edificação residencial multifamiliar, ficará situado dos com a inclusão deste pavimento; [Redação
ao nível do meio-fio ou do terreno; quando houver dada pelo Decreto n.º 7.569, de 15/04/1988.]
pavimentos destinados a estacionamento, o pavi- 3 — as disposições do artigo 134 do Regula-
mento de uso comum ficará sobre eles. Em edifica- mento de Construções e Edificações sejam obede-
ção mista, o pavimento de uso comum ficará situ- cidas, considerando-se, como último teto das edifi-
ado sobre a parte da edificação destinada ao uso cações aquele correspondente às dependências ou
comercial ou a estacionamento. unidades permitidas, de acordo com este item;
Parágrafo único. Admite-se o estaciona- 4 — seja obedecido o afastamento mínimo de
mento acima do pavimento de uso comum de edi- 5m, em relação ao plano da fachada voltada para a
ficação multifamiliar ou mista, apenas nos casos testada do lote.
previstos no § 8.º do artigo 148 deste regulamento. § 1.º Nos casos de ocupação previstos no in-
ciso II deste artigo, a estrutura de pergulados e
[O Decreto n.º 7.569, de 15/04/1988, deu avarandados, inclusive vigas de testa e colunas,
ao artigo 149 a seguinte redação:] poderá integrar-se arquitetonicamente aos parâ-
metros das fachadas em todo o seu perímetro.
Art. 119. O pavimento de uso comum (ape- § 2.º [Revogado pelo Decreto n.º 7.001, de
nas um), obrigatório ou não, não será computado 07/10/1987.]
no número máximo de pavimentos e no dimensio- § 2.º [Revogado pelo Decreto n.º 7.001, de
namento do afastamento frontal, nem será compu- 07/10/1987.]
tado para efeito do limite máximo da área total de

216
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
[O Decreto n.º 4.682, de 06/09/1984, deu II — é permitida uma edificação de qualquer
ao artigo 121 a seguinte redação:] tipo, exceto unifamiliar, quando não houver limite
máximo de profundidade de construção estabeleci-
Art. 121. Nos lotes com testada para logra- do por projeto aprovado (PA) ou decreto, para
douros que pertençam a zonas diversas ou para qualquer dos logradouros;
logradouros que permitam condições diferentes de III — quando, em relação a um ou mais lo-
aproveitamento, as disposições pertinentes a cada gradouros, houver limite máximo de profundidade
logradouro serão aplicadas a uma faixa de 33m de construção, fixado por projeto aprovado (PA) ou
(trinta e três metros) de profundidade, contados a decreto, é permitida uma edificação com frente
partir do alinhamento, ou: para cada um desses logradouros, e, na parte do
I — com a metade da profundidade do lote lote que tiver frente para os demais logradouros,
quando esta profundidade for menor do que 66m apenas mais uma edificação.
(sessenta e seis metros) nos lotes não situados em Art. 125. As áreas mínimas úteis das unida-
esquina; des residenciais, conforme zonas e regiões admi-
II — com a metade da largura da quadra nistrativas, são as indicadas no quadro X.
quando esta largura for menor do que 66m (ses-
senta e seis metros) nos lotes de esquina. CAPÍTULO VII
§ 1.º É facultado o aproveitamento que ob-
serve, para todo o lote, as disposições comuns aos Grupamentos de edificações
logradouros para os quais apresentar testadas,
dispensando-se, neste caso, o atendimento dos Art. 126. O grupamento de edificações obe-
requisitos precedentemente mencionados. decerá ao disposto no quadro VI e neste capítulo.
§ 2.º Nos casos em que a legislação específica Parágrafo único. Na área da XX RA, a área
estabelecer limite máximo de profundidade de livre mínima no lote, para três ou mais edificações,
construção inferior à metragem da faixa a que se qualquer que seja a sua natureza, será de 65%.
refere o “caput” deste artigo e o artigo 115, tais [Parágrafo acrescido a este artigo pelo Decreto n.º
dispositivos não terão aplicação, devendo ser ob- 2.108, de 14/03/1979.]
servados os critérios previstos na legislação espe- Art. 127. No grupamento em que houver edi-
cífica. ficação residencial ou mista não é permitida edifi-
Art. 122. O número de edificações afastadas cação destinada a qualquer outro uso, ressalvadas
das divisas no mesmo lote, constituindo grupa- as que constituam dependências de uso comum do
mento de edificações, nos casos de edificações grupamento.
residenciais unifamiliares e multifamiliares, edifica- Art. 128. Quando, em um lote, houver edifi-
ções mistas, edifícios-garagens e edifícios comerciais cação não afastadas das divisas, todas as demais
(lojas e/ou salas comerciais), não está sujeito a naquele lote, qualquer que seja a situação em que
limitação, exceto nos casos previstos neste regu- se encontrem com relação às divisas, serão consi-
lamento. deradas como não afastadas das divisas.
Parágrafo único. As edificações comerciais
terão sempre frente para logradouro público. [Os seguintes §§ 1.º e 2.º foram aditados
Art. 123. O número de edificações não afas- a este artigo pelo Decreto n.º 835, de
tadas das divisas, no mesmo lote, nos casos de 01/02/1977.]
edificações unifamiliares, multifamiliares, mistas,
comerciais (lojas e/ou salas comerciais) e edifícios- § 1.º Como exceção ao disposto neste artigo,
garagens, ressalvado o disposto no artigo seguinte admitir-se-á a coexistência de uma edificação afasta-
e excetuados os casos previstos neste regulamen- da das divisas e um edifício-garagem não afastado
to, observará as seguintes condições: das divisas.
1 — duas edificações unifamiliares; § 2.º No caso previsto no § 1.º:
2 — uma edificação multifamiliar, mista, co- 1 — o edifício-garagem constituirá dependên-
mercial ou edifício-garagem. cia da edificação afastada das divisas;
Art. 124. Nos lotes com testadas para dois 2 — as duas edificações apresentarão fachada
ou mais logradouros, que não forem de esquina, para logradouro público;
excetuados os casos previstos neste regulamento, 3 — o edifício-garagem terá acesso direto pelo
serão observados os seguintes critérios quanto ao logradouro público;
número máximo de edificações não afastadas das 4 — o afastamento entre as edificações será,
divisas, nos casos de edificações unifamiliares, pelo menos, a soma dos afastamentos iguais às
multifamiliares, mistas, comerciais (lojas e/ou sa- dimensões dos prismas de iluminação e ventilação
las comerciais) e edifícios-garagens: (PIV), tipo C, para a edificação afastada das divi-
I — são permitidas duas edificações unifamiliares; sas, e tipo B, para o edifício-garagem.

217
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Art. 129. Quando o grupamento for de duas c) o terreno não ter área superior a 30.000m2;
edificações residenciais unifamiliares, e uma delas d) não ter mais de cem unidades residenciais;
estiver situada nos fundos, será permitido o acesso e) as edificações não terem mais de três pa-
de pedestres a esta última por passagem coberta vimentos;
ou descoberta, com largura mínima de 1,5m, atra- 2 — quando todas as edificações do grupa-
vés da edificação situada na frente, assegurado o mento tiverem frente para logradouros públicos,
número mínimo de vagas exigido por este regula- distarem destes até 20m, e possuírem acesso dire-
mento. to pelos mesmos.
Art. 130. A edificação mista de qualquer gru- § 4.º No caso em que for permitida a pavi-
pamento obedecerá às seguintes condições: mentação a saibro nos logradouros com declivida-
I — ter frente para logradouro público incluído de até 6% (artigo 13 do Regulamento de Parcela-
em CB ou AC-1, ressalvado o disposto no parágra- mento da Terra), fica dispensada a declaração de
fo único do artigo 139; pavimentação (X a XIX, XXI e XVII, XXV e XXVI
II — as lojas ou galerias com lojas terão Regiões Administrativas). [Redação dada pelo
acesso direito pelo logradouro público. Decreto n.º 5.280, de 23/08/1985.]
Art. 131. Quando o grupamento for de mais § 5.º O grupamento poderá ser executado
de duas edificações, o projeto será acompanhado parceladamente, mas de forma a não haver solu-
do plano geral do grupamento, que constará do ção de continuidade no andamento das obras (antes
esquema de urbanização, em planta baixa, na es- de concluída uma edificação deverá ser iniciada
cala de 1:1.000, com a indicação das vias interiores outra), devendo ser apresentados requerimento e
para acesso de pedestres e veículos, e das decla- cronograma esclarecedores; neste caso, as taxas
rações fornecidas pelos órgãos competentes, quan- de obras serão cobradas para as edificações à me-
to aos seguintes requisitos: dida que forem sendo construídas, obedecido o
I — possibilidade e condições de abastecimen- cronograma apresentado.
to de água ao grupamento;
II — possibilidade e condições de esgotamen- [O Decreto n.º 4.691, de 19/09/1984, deu
to sanitário do grupamento, inclusive por fossas, aos artigos 132, 133 e 134 a seguinte reda-
quando o sistema for unitário; ção:]
III — possibilidade e condições do esgota-
mento pluvial da área; Art. 132. A licença para construção de gru-
IV — natureza e tipo de pavimentação das vias pamento de edificações com menos de 500 (qui-
interiores para acesso de veículos; nhentas) unidades residenciais, em terrenos com
V — possibilidade e condições de remoção do mais de 10.000m² (dez mil metros quadrados),
lixo domiciliar; depende de cessão gratuita ao Município de um
VI — situação da área do grupamento, quanto lote destinado a equipamento urbano comunitário
ao disposto no § 1.º do artigo 132. público, que atenda ao seguinte:
§ 1.º As declarações referidas nos incisos I a I — ter frente para logradouro público;
V deste artigo serão exigidas apenas quando a via II — ter forma retangular;
interior do grupamento atender a mais de uma III — ter áreas superiores a:
edificação, excluídas as que, tendo frente para 1 — 5% (cinco por cento) da área total do ter-
logradouro público, distem até 20m deste e te- reno quando esta for superior a 30.000m2 (trinta
nham acesso direto pelo mesmo, e poderão ser mil metros quadrados);
obtidas simultaneamente nos diversos órgãos IV — ter testada mínima de:
competentes, bastando a apresentação de ante- 1 — 15m (quinze metros) quando sua área for
projeto suficientemente detalhado para cada fim. inferior a 1.000m2 (mil metros quadrados);
§ 2.º A planta de situação do projeto indicará os 2 — 20m (vinte metros) quando sua área for
detalhes da urbanização, figurando as vias interiores e igual ou superior a 1.000m2 (mil metros quadrados)
as curvas de nível, de metro em metro, do terreno. e inferior a 2.000m2 (dois mil metros quadrados);
§ 3.º É dispensável a apresentação do es- 3 — 25m (vinte e cinco metros) quando a área
quema de urbanização: for igual ou superior a 2.000m2 (dois mil metros
1 — quando o grupamento de edificações atender quadrados);
simultaneamente às seguintes condições: V — ter aclividade ou declividade inferior a
a) possuir via interior servindo apenas a uma 10% (dez por cento) em pelo menos 50% (cin-
única edificação, excluídas as que, tendo frente qüenta por cento) da área total do lote;
para logradouro público, distem até 20m deste e VI — não ser atravessado por cursos de água,
tenham acesso direto pelo mesmo; valas, córregos e riachos.
b) todos os logradouros confrontantes com o § 1.º O lote poderá ser desmembrado da
terreno serem públicos; área do terreno do grupamento ou estar localizado

218
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
até a distância máxima de 500m (quinhentos me- número total de unidades residenciais do respecti-
tros) dessa área, medida segundo o percurso do vo conjunto integrado, obedecidas as condições
logradouro público. dos incisos I e II deste artigo, e poderá ser cons-
§ 2.º Quando o lote estiver situado fora da truída, se for o caso, na área de terreno destinada
área do terreno do grupamento deverá ficar com- para esse fim no loteamento.
provado pelos proprietários, antes do licenciamen- § 3.º A obrigação de que trata este artigo
to da construção do grupamento, que dito lote lhes constará do visto no projeto e do alvará de licença
pertence. para a construção do grupamento.
§ 3.º O lote deverá ficar, em qualquer caso, § 4.º O projeto de construção da escola po-
perfeitamente caracterizado na planta de situação derá ser apresentado após a concessão de licença
que integrar o projeto do grupamento. do grupamento residencial.
§ 4.º Para os efeitos do disposto no “caput” § 5.º O “habite-se” parcial de grupamento re-
deste artigo e no artigo 135 são considerados sidencial fica limitado ao máximo de 50% (cin-
equipamentos urbanos comunitários públicos, além qüenta por cento) das unidades, antes do cumpri-
daqueles destinados à educação e cultura, os que mento da obrigação da construção e cessão
se destinam à saúde, à recreação, ao lazer e aos gratuita da escola, da aprovação do desmembra-
esportes, à administração, ao abastecimento, à mento do respectivo lote e da sua cessão.
ação social e à segurança pública. Art. 134. A construção e cessão gratuita de
escolas, conforme o disposto no artigo anterior,
[O Decreto “N” n.º 18.437, de 03/03/2000, poderá ser dispensada, total ou parcialmente, me-
regulamentou os artigos 133 e 134 deste decre- diante a construção e cessão gratuita de outro
to.] equipamento urbano comunitário público, por deci-
são do prefeito e de acordo com as prioridades
Art. 133. A licença para construção de gru- estabelecidas pela administração municipal, com
pamentos de edificações com 500 (quinhentas) ou custo equivalente ao das referidas escolas e aten-
mais unidades residenciais dependerá da cessão didos os padrões recomendados pelo órgão público
gratuita ao município de lote e de escola a ser nele competente.
construída, atendendo ao seguinte: Parágrafo único. A obrigação de construção
I — grupamento de edificações com 500 (qui- e de cessão gratuita de escola ou outro equipa-
nhentas) ou mais unidade residenciais e menos de mento urbano comunitário público poderá, excep-
1.000 (um mil) unidades residenciais; uma escola cionalmente, por decisão do prefeito e de acordo
de acordo com os padrões estabelecidos pela Se- com as prioridades estabelecidas pela administra-
cretaria Municipal de Educação e Cultura relacio- ção municipal, ser cumprida em outro local (pró-
nados com o número de unidades residenciais des- prio municipal), mantida, entretanto, a obrigatori-
se grupamento; edade da cessão do lote prevista no artigo 133.
II — grupamento de edificações com Art. 135. O grupamento de edificações
1.000 (um mil) ou mais unidades residenciais: terá vias interiores descobertas, para pedes-
uma escola, conforme o disposto no inciso I, tres e veículos, com largura suficiente para
mais uma escola nos padrões da primeira, para atender ao número total das edificações, ex-
cada 1.000 (um mil) unidades residenciais ou cluídas as que, possuindo frente para logra-
fração que exceder a 1.000 (um mil) unidades douro público, distem até 20m deste, e te-
iniciais; nham acesso direto pelo mesmo.
III — a cada escola corresponderá um lote § 1.º A largura das vias interiores para veícu-
obedecendo às disposições dos incisos I, II, V los, quando servirem de acesso a duas ou mais
e VI e dos parágrafos do artigo anterior e ten- edificações, atenderá ao disposto no quadro VI.
do área superior a 2% (dois por cento) da área § 2.º O grupamento de duas edificações em
total do terreno, com um mínimo de 2.000m 2 que pelo menos uma delas tenha frente para lo-
(dois mil metros quadrados) e testada mínima gradouro público, diste até 20m deste, e tenha
de 25m (vinte e cinco metros). acesso direto pelo mesmo, não precisa de via inte-
§ 1.º A obrigação de cessão gratuita de área rior.
e de construção e cessão gratuita de escola, de § 3.º A extensão máxima de uma via interior
que trata este artigo, se estende aos conjuntos para veículos, sempre considerado o seu início no
integrados de grupamentos de edificações projeta- alinhamento do logradouro, não poderá exceder a
dos em áreas de terrenos isoladamente apresen- 100m; deverá ser levado em conta o percurso
tem menos de 500 (quinhentas) unidades residen- mais desfavorável, quando o grupamento possuir
ciais, na sua totalidade ultrapassem esse limite. vias interiores se interligando.
§ 2.º Nos casos referidos no parágrafo ante- § 4.º As vias interiores respeitarão a proi-
rior, a escola terá capacidade correspondente ao bição imposta pelo parágrafo único do artigo 1.º

219
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
do Decreto “E” n.º 6.168, de 15 de maio de cional ao número de compartimentos habitáveis de
1973. todas as unidades residenciais do grupamento,
§ 5.º As vias interiores para pedestres devem obedecidas as condições da alínea “f” do artigo 10
ser faixas contínuas com largura mínima de 1,5m, do Regulamento de Construções e Edificações.
dispostas de cada lado e em toda a extensão das Parágrafo único. A área de recreação poderá
vias interiores para veículos, desde o logradouro ser centralizada ou distribuída em áreas destinadas a
público, e prolongando-se até a entrada de cada atender a uma ou mais edificações, não podendo
edificação. essas áreas parciais ser inferiores a 40m2.
§ 6.º A edificação não poderá distar mais de
20m da via interior para veículos pela qual tiver [O Decreto n.º 2.595, de 12/05/1980, deu
acesso. ao artigo 138 a seguinte redação:]
§ 7.º As áreas das vias interiores para veícu-
los não são consideradas, para qualquer efeito, Art. 138. Nos grupamentos de edificações com
como locais de estacionamento. mais de sete unidades residenciais ou área total de
Art. 136. As vias interiores para veículos, edificação (ATE) superior a 800m2, para o atendi-
quando as condições topográficas ou do projeto do mento das disposições da alínea “c” do artigo 10 do
grupamento exigirem a sua terminação sem cone- Regulamento de Construções e Edificações, poderão
xão direta com outros logradouros, poderão adotar existir: [Ver neste livro o Regulamento de Constru-
qualquer dos seguintes tipos de terminação, onde ções e Edificações, anexo ao Decreto “E” n.º 3.800,
A é a largura da caixa de rolamento e B, C, D, E, de 20/04/1970.]
R1 e R2 assumirão os valores indicados na tabela I — um local para administração de todo o
que integra este artigo: grupamento, em edificação própria ou numa das
edificações;
II — um local para administração em cada
edificação com número de unidades residenciais ou
área superior aos limites indicados neste artigo, e
um local para administração para as demais edifi-
cações, em edificação própria ou numa delas,
quando não adotada a solução prevista no inciso
anterior.
Art. 139. Nos grupamentos de edificações
afastadas das divisas são permitidas edificações
constituídas apenas por dependências de uso co-
mum e exclusivo dos grupamentos, nas seguintes
condições:
I — as dependências poderão destinar-se a
recreação, creche, garagem e administração, para
atender ao grupamento, não sendo permitida
qualquer outra utilização;
II — essas edificações não são autônomas, e
não receberão qualquer numeração;
III — essas edificações não serão incluídas no
número total das edificações para efeito do que
dispõem o artigo 135 e seus parágrafos e o qua-
A B C D E R1 R2 dro VI. [Redação dada pelo Decreto n.º 2.595, de
> 6m A 3A 1,5A 2,5A A 3m 12/05/1980.]
= 6m 6m 18m 9m 15m 6m 3m Art. 140. Quando o grupamento de edifica-
< 6m 6m 12m + A 9m 9m + A 6m 3m ções tiver trezentos ou mais unidades residenciais
§ 1.º Todo o perímetro do viradouro deverá e se localizar em terreno que não tiver testada
ser contornado por vias de pedestres, com a largu- para logradouro público, incluído em CB ou AC-1,
ra mínima de 1,5m. desde que não haja comércio a distância menor de
§ 2.º A concordância dos meios-fios das vias 500m do grupamento, medida segundo os percur-
interiores, com os meios-fios existentes dos logra- sos possíveis por logradouro público, será obriga-
douros existentes, será feita por curva de raio tória a existência de lojas:
mínimo de 5m. I — em edificações mistas, integrando o gru-
Art. 137. Nos grupamentos de edificações pamento e obedecendo às mesmas condições do
com mais de sete unidades residenciais, será obri- artigo 130;
gatória a existência de área de recreação propor- II — em edificação comercial, obedecendo os

220
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
tipos adequados em CB-1, pelo quadro III, em lote de licenciamento todas as declarações hábeis for-
fora da área do terreno do grupamento, localizado necidas pelos órgãos estaduais e municipais com-
até a distância máxima de 500m dessa área, me- petentes.
dida segundo o percurso por logradouro público. Art. 144. Para ser concedido o “habite-se” de
§ 1.º Para trezentas unidades residenciais uma das edificações do grupamento é necessário que
deverá existir área de construção de uso comercial o órgão municipal competente forneça a declaração
de 250m2 a 300m2, e, para cada sessenta unida- de aceitação (parcial) das obras de urbanização das
des residenciais acima de trezentas, deverá existir vias interiores que interessem a essa edificação,
mais de 50m2 de área de construção de uso co- dando-lhe plena e total utilização. Para o “habite-se”
mercial. total do grupamento, o órgão público competente
§ 2.º Os usos das lojas serão os permitidos fornecerá a declaração de aceitação das obras de
em CB-1 pelo quadro I deste regulamento, mas a urbanização de todas as vias interiores.
existência das lojas não implica na inclusão do
logradouro ou parte do logradouro em CB-1. CAPÍTULO VIII
§ 3.º O “habite-se” parcial do grupamento fi-
ca limitado no máximo a 50% das unidades resi- Estacionamento e guarda de veículos
denciais antes do cumprimento da obrigação da
construção das lojas e do seu “habite-se”. Art. 145. Os locais para estacionamento ou
§ 4.º A edificação comercial em lote fora da guarda de veículos poderão ser cobertos ou desco-
área do terreno do grupamento só poderá ser bertos, conforme disposto no Regulamento de
acrescida ou alterada, desde que permaneçam Construções e Edificações. [Ver neste livro o regu-
atendidas as condições do § 1.º deste artigo. lamento aqui citado, anexo ao Decreto “E” n.º
Art. 141. As condições técnicas dos diversos 3.800, de 20/04/1970.]
projetos de “grade”, galerias de águas pluviais, § 1.º Os locais para estacionamento ou guar-
água potável e esgotamento sanitário (quando o da de veículos não poderão ocupar as áreas de
sistema for separador absoluto) serão as mesmas afastamento frontal mínimo exigido para o local
exigidas para os loteamentos, inclusive no que se pelo artigo 100, ou seu § 1.º, exceto nos seguintes
referir à especificação da pavimentação, de acordo casos:
com as regiões administrativas e limites de declivi- 1 — quando se tratar de lote de sétima cate-
dade do “grade”. goria ou de antigos lotes populares aprovados de
Parágrafo único. Nas regiões em que o sis- acordo com o Decreto “N” n.º 721, de 18 de no-
tema de esgotamento sanitário for unitário será vembro de 1966, com local descoberto.
exigida, além das fossas sépticas, a execução, pelo
interessado, de rede de esgoto sanitário pelos pas- [Decreto “N” n.º 721, de 18/11/1966 (D.O.-
seios, de acordo com projeto a ser aprovado pelo GB de 26/12/1966):
órgão público competente. “Estabelece condições relativas a arruamen-
Art. 142. Ressalvada a possibilidade de des- tos e loteamentos denominados do tipo popu-
membramento, na forma da lei, cada grupamento, lar, e dá outras providências.”]
em relação ao lote, será sempre um condomínio
indivisível, ao qual estarão definitiva e obrigatoriamente [O Decreto n.º 2.678, de 08/07/1980, deu
afetos o beneficiamento, a conservação e a manu- ao item 2 a seguinte redação:]
tenção das partes comuns, sendo as vias interiores
consideradas sempre vias particulares. 2 — quando a linha de maior declive do terre-
Parágrafo único. Nos grupamentos não são no natural, na área de afastamento junto ao ali-
permitidos elementos construtivos divisórios internos nhamento, fizer, com o nível do meio-fio do logra-
(muros e muretas), limitando áreas suscetíveis de douro, ângulo igual ou superior a 45º, como local
utilização exclusiva por edificação ou por unidade au- descoberto, ou, apenas quando se tratar de terre-
tônoma de edificação dos grupamentos, salvo quando no em aclive em relação ao nível do meio-fio do
se tratar de grupamentos de duas edificações. logradouro, como local coberto, observado o dis-
Art. 143. As obras de urbanização das vias posto no parágrafo seguinte, com a capacidade
interiores serão licenciadas mediante a apresenta- máxima de até:
ção de uma cópia da planta de situação visada pelo a) dois veículos;
órgão municipal competente que licenciou a cons- b) o número mínimo de vagas exigido para edi-
trução do grupamento e de cópia do alvará de ficação residencial unifamiliar, quando for ocaso.
licença da referida construção. § 2.º Nos casos de ocupação do afastamento
Parágrafo único. A aceitação das obras de frontal com local coberto previsto no item 2 do
urbanização das vias interiores será concedida parágrafo anterior, o pé-direito não poderá ser
desde que sejam anexadas ao respectivo processo superior a 3m, em relação ao nível do meio-fio do

221
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
logradouro. cebeu do Decreto n.º 362, de 09/04/1976.]
Art. 146. As áreas dos lotes, livres de cons-
truções ou edificações, podem ser utilizadas como § 4.º Nas edificações afastadas e não afasta-
locais descobertos, para estacionamento ou guarda das das divisas é permitido um embasamento não
de veículos, observado o disposto no § 1.º do arti- afastado das divisas com pavimentos exclusiva-
go anterior, no § 1.º deste artigo e no artigo 149. mente destinados a estacionamento ou guarda de
§ 1.º Áreas descobertas necessárias à circu- veículos, que poderá ocupar toda a área do lote,
lação de veículos e pedestres não são computáveis inclusive ultrapassando o limite máximo de pro-
nas áreas de estacionamento. fundidade de construção, observado o disposto nos
§ 2.º Os terraços descobertos de edificações parágrafos do artigo 145 e nos artigos 149 e 150.
residenciais multifamiliares e mistas, qualquer que Esse embasamento respeitará, ainda, os limites
seja o seu nível, não poderão ser utilizados como máximos fixados nos quadros seguintes, em que A
local para estacionamento ou guarda de veículos. representa o número de pavimentos da edificação
Art. 147. Os locais cobertos para estaciona- (excluídos o pavimento de uso comum, o pavimen-
mento ou guarda de veículos, quando em subsolo, to de cobertura previsto no artigo 120 e os pavi-
constituindo um ou mais pavimentos enterrados, mentos-garagens até o limite fixado no respectivo
poderão ocupar toda a área do terreno (inclusive o quadro do item 2 do § 11 deste artigo) e B repre-
subsolo da área coletiva), com exclusão das áreas senta o número máximo de pavimentos- -garagens
de afastamento mínimo frontal exigido para o lo- permitidos no embasamento.
cal, de acordo com o artigo 100 e seu § 1.º
Parágrafo único. O primeiro pavimento em Pavimentos-garagens no embasamento
subsolo poderá ser apenas semi-enterrado, desde Edificações não afastadas das divisas
que o piso do pavimento imediatamente superior A B
(térreo) não fique acima da cota + 1,5m (mais um até 4 1
metro e cinqüenta centímetros) em relação ao de 5 até 8 2
ponto mais baixo do meio-fio do logradouro, cor- de 9 até 12 3 (com altura máxima de 10,6m)
respondente à testada do lote. a partir de 13 4 (com altura máxima de 10,6m)
Art. 148. Os locais cobertos para estaciona-
mento ou guarda de veículos poderão ocupar total ou Pavimentos-garagens no embasamento
parcialmente pavimentos das edificações, observado Edificações afastadas das divisas
o disposto nos parágrafos deste artigo, nos parágra- A B
até 3 1
fos do artigo 145 e nos artigos 149 e 150.
de 4 até 6 2
§ 1.º No pavimento térreo, ressalvados os
de 7 até 10 3 (com altura máxima de 10,6m)
casos previstos neste regulamento, toda a área do a partir de 11 4 (com altura máxima de 10,6m)
lote poderá ser ocupada pelo local para estaciona-
mento ou guarda de veículos, podendo ultrapassar
§ 5.º Em CB, AC, e ZIC, obedecidos os tipos de
o limite máximo de profundidade de construção,
edificações previstos no quadro III, os locais cobertos
observado o disposto no artigo 150.
para estacionamento ou guarda de veículos poderão
§ 2.º No pavimento térreo que não for exclu-
substituir total ou parcialmente as lojas.
sivamente destinado a estacionamento ou guarda
§ 6.º Quando, da aplicação do disposto no §
de veículos, desde que não se trate de pavimento
5.º deste artigo e no artigo 89, resultar embasa-
de lojas, os locais cobertos para estacionamento
mento com número de pavimentos ou altura infe-
ou guarda de veículos limitar-se-ão à projeção dos
rior ao previsto no respectivo quadro do § 4.º
pavimentos superiores.
(sempre em função do número de pavimentos da
§ 3.º Nos casos previstos no parágrafo ante-
edificação), dito embasamento poderá ser com-
rior, desde que respeitada uma faixa junto à edifi-
plementado com pavimentos-garagens até o limite
cação, com a largura correspondente à dimensão
fixado no referido quadro, computados neste limite
mínima do prisma de iluminação e ventilação
os pavimentos de lojas e/ou o pavimento constituído
(PIV), exigido para o número de pavimentos da
exclusivamente por partes comuns de hotel ou
edificação pelo Regulamento de Construções e
hotel-residência, conforme o caso, e os pavimen-
Edificações, o local coberto poderá ocupar a área
tos-garagens. [Redação dada pelo Decreto n.º
que ficar livre de construção ou edificação nos
3.044, de 23/04/1981.]
fundos do lote, com a altura máxima de 3m, po-
§ 7.º Além dos pavimentos referidos nos pa-
dendo inclusive ultrapassar o limite máximo de
rágrafos anteriores, outros pavimentos das edifica-
profundidade de construção e ocupar a área coleti-
ções podem ser destinados total ou parcialmente a
va, quando houver.
estacionamento ou guarda de veículos, desde que
fiquem limitados à projeção dos pavimentos supe-
[O § 4.º figura aqui com a redação que re-

222
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
riores, e observado o disposto no parágrafo se- De 7 até 10 3 (contidos na altura máxima de 10,6m)
guinte. De 11 a te 14 4 (contidos na altura máxima de 10,6m)
§ 8.º Na edificação residencial multifamiliar a partir de 15 4 (contidos na altura máxima de 13,25m)
ou mista, os locais cobertos para estacionamento § 12. O disposto no parágrafo anterior não se
ou guarda de veículos só poderão ocupar pavimen- aplica aos pavimentos-garagens que se destinarem
tos situados acima do pavimento de uso comum, a vagas excedentes ao mínimo exigido para a edi-
quando: ficação. [Redação dada pelo Decreto n.º 835, de
1 — for prevista a instalação de elevadores 01/02/1977; vigorava antes a que fora aprovada
para transporte dos veículos; pelo Decreto n.º 362, de 09/04/1976.]
2 — o local coberto em cada pavimento acima
do pavimento de uso comum destinar-se apenas a [O Decreto n.º 7.569, de 15/04/1988, deu
atender a uma só unidade residencial, com capaci- ao artigo 149 a seguinte redação:]
dade limitada ao número mínimo de vagas de veí-
culos exigidos para essa unidade residencial. Art. 149. Os estacionamentos de veículos po-
§ 9.º Os acessos verticais (rampas ou eleva- derão estar situados no mesmo nível do pavimento
dores, inclusive suas casas de máquinas) não po- de uso comum, obedecendo às seguintes condições:
dem exceder os limites definidos nos parágrafos 1 — quando o pavimento de uso comum estiver
anteriores. situado em nível superior ao nível do solo, somente
§ 10. Quando o terreno for em declive, o dis- será tolerado estacionamento a descoberto que de-
posto no § 1.º deste artigo aplica-se ao pavimento verá estar separado das demais áreas por mureta
em nível mais baixo, e, para efeito do disposto no com 1m (um metro) de altura, garantida a circulação
§ 4.º, os pavimentos abaixo do nível do logradouro de pedestres junto à mureta e com 1,5m (um metro
integram o embasamento permitido. e cinqüenta centímetros) de largura;
2 — quando o pavimento de uso comum esti-
[Transcreve-se o § 11 com a redação a- ver situado ao nível do solo, o estacionamento a
provada pelo Decreto n.º 362, de descoberto obedecerá ao disposto no item anterior.
09/04/1976.] O estacionamento coberto deverá respeitar uma
faixa, junto à edificação, correspondente às dimen-
§ 11. Não serão incluídos no número de pa- sões mínimas do prisma de ventilação e iluminação
vimentos das edificações, para efeito do número exigível para a edificação, não podendo ter mais de
máximo de pavimentos e dos afastamentos fron- 2 (dois) pavimentos, com uma altura total máxima
tais, das divisas laterais e de fundos, os pavimen- de 5,3m (cinco metros e trinta centímetros) e po-
tos destinados exclusivamente a estacionamento dendo ocupar a área coletiva.
ou guarda de veículos que: Art. 150. Nos casos dos §§ 1.º, 4.º, 5.º e 6.º
1 — substituírem totalmente pavimentos de do artigo 148, poderá haver a ocupação da área
lojas, observados os tipos previstos no quadro III; coletiva, desde que não seja ultrapassada a altura
2 — respeitarem os limites fixados nos qua- máxima fixada pelo artigo 217.
dros seguintes, em que A representa o número de Art. 151. Quando o pavimento destinado a
pavimentos da edificação (excluídos o pavimento estacionamento ou guarda de veículos for também
de uso comum, o pavimento de cobertura previsto o pavimento de acesso da edificação, nele serão
no artigo 120 e os pavimentos-garagens até o permitidos elementos de circulação (tais como
limite fixado no respectivo quadro) e B representa “halls”, escadas e elevadores), portaria, locais para
o número máximo de pavimentos-garagens não medidores de força, luz e gás, local centralizado
incluídos no número de pavimentos da edificação: para coleta de lixo, e local para bombas.
§ 1.º Quando o pavimento térreo de uma edifi-
Pavimentos-garagens não-computáveis cação multifamiliar que possuir no máximo três
Edificações não afastadas das divisas pavimentos residenciais for o pavimento de acesso
A B e o único pavimento da edificação destinado a
até 4 1 estacionamento ou guarda de veículos, nele pode-
de 5 até 8 2 rão ser localizados, além dos elementos citados no
de 9 até 12 3 (contidos na altura máxima de 10,6m) “caput” deste artigo, o compartimento destinado à
a partir de 13 4 (contidos na altura máxima de 10,6m) administração, o “playground”, e as dependências
do zelador, desde que:
Pavimentos-garagens não-computáveis 1 — o “playground” fique completamente isolado
Edificações afastadas das divisas da área de estacionamento ou guarda de veículos;
A B 2 — o pavimento térreo fique limitado à proje-
Até 3 1 ção dos pavimentos superiores.
De 4 até 6 2 § 2.º O pavimento destinado a estaciona-

223
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
mento ou guarda de veículos, nas condições deste 06 de fevereiro de 1970.
artigo e seu § 1.º, não será incluído no número de
pavimentos da edificação, para os mesmos efeitos [Decreto “E” n.º 3.707, de 06/02/1970
previstos no § 11 do artigo 148. (D.O.-GB, supl. de 11/02/1970):
Art. 152. O dimensionamento de áreas para
estacionamento ou guarda de veículos será feito de “Art. 12. Todo cemitério deverá possuir:
acordo com o disposto neste capítulo e no quadro ..........................................................
VII, onde as áreas A, B, C e D são as seguintes:
— área A: I e II Regiões Administrativas; X — local para estacionamento de veículos:
— área B: III, IV, V, VI, VII, VIII, IX, XXIII e ..........................................................
XXIV Regiões Administrativas;
— área C: X, XI, XII, XIII, XIV, XV, XVI e XX § 1.º As áreas de estacionamento serão
Regiões Administrativas; independentes das destinadas à passagem de
— área D: XVII, XVIII, XIX, XXII, XXV e XXVI pedestres e terão acessos próprios, devendo
Regiões Administrativas. [Redação dada pelo De- haver a previsão de uma vaga para cada qui-
creto n.º 5.280, de 23/08/1985.] nhentos metros quadrados de área de terreno
§ 1.º O número de vagas de veículos é sem- ocupado por sepulturas, atribuindo-se a cada
pre definido em limites mínimos. vaga a área de vinte metros quadrados.
No caso de cemitério vertical, a previsão
[O Decreto n.º 2.367, de 08/11/1979, deu será de uma vaga para cada trezentos metros
aos §§ 2.º e 3.º a seguinte redação:] quadrados de área construída e ocupada por
sepulturas.”]
§ 2.º A fração do parâmetro não é computa-
da, isto é, quando o valor encontrado para o nú- Art. 154. No caso de edificações destinadas
mero de vagas apresentar parte fracionária esta ao funcionamento de estabelecimentos hospitala-
não será computada como vaga. res (tais como hospital, ambulatório e clínica), é
§ 3.º O disposto no parágrafo anterior não se exigido número de vagas na proporção de uma
aplica à primeira vaga, de modo que é exigida uma vaga para cada 140m2 de área bruta de constru-
vaga quando o valor encontrado para o número de ção, não podendo entretanto ser inferior a 25% do
vagas for inferior a uma unidade, ressalvados os número de leitos, quando houver internação.
casos previstos no parágrafo seguinte. Art. 155. Nos casos de edificação industrial e
§ 4.º Nos casos de lojas, salas comerciais, edificação para armazenagem, é exigido um núme-
sedes administrativas, escolas, asilos, pensionatos, ro de vagas na proporção de uma vaga para cada
internatos, templos e locais de culto religioso, a 200m2 de área bruta de construção.
fração do parâmetro não será computada quando Parágrafo único. Além do número de vagas
se tratar da primeira vaga. determinado por este artigo, haverá uma vaga
§ 5.º Nos casos de lojas e salas comerciais, será adicional, à qual corresponderá, no local para esta-
considerado o somatório das áreas úteis das unidades. cionamento ou guarda de veículos, uma área com
§ 6.º Para as edificações de interesse social as dimensões mínimas de 5m x 7m.
da Companhia Estadual de Habitação Popular e das Art. 156. Os locais para estacionamento ou
cooperativas habitacionais assessoradas pelo Insti- guarda de veículos serão dimensionados de modo
tuto de Orientação às Cooperativas Habitacionais a corresponder a cada veículos, no mínimo, 25m2
do Estado do Rio de Janeiro (INOCOOP-RJ), em da sua área útil.
áreas situadas em XIV, XVI, XVII, XVIII, XIX e § 1.º Os locais para estacionamento ou guar-
XXII Regiões Administrativas, prevalecem, para o da de veículos compreenderão as áreas efetiva-
cálculo do número mínimo de vagas de veículos mente ocupadas pelos veículos estacionados (va-
exigidos para as unidades residenciais de edifica- gas) e aquelas destinadas a manobras e circulação
ções residenciais multifamiliares ou mistas, as horizontais internas.
condições indicadas no seguintes quadro: § 2.º As áreas de circulações horizontais ou
Unidades residenciais Vaga por verticais cobertas ou descobertas para o ingresso
com área útil unidade no local de estacionamento ou guarda de veículos
Até 50m2 1:4 não são computadas.
Maior que 50m2, até 70m2 1:3 § 3.º As plantas baixas dos locais para esta-
Maior que 70m2, até 120m2 1:2 cionamento ou guarda de veículos indicarão os
Maior que 120m2 1:1
elementos construtivos (colunas, paredes, etc.)
Art. 153. No caso de cemitério, as áreas de que possam impedir, prejudicar ou condicionar o
estacionamento de veículos atenderão ao disposto estacionamento e a circulação dos veículos. Esses
no § 1.º do artigo 12 do Decreto “E” n.º 3.707, de elementos, bem como as áreas que não poderão

224
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ser utilizadas em virtude dos mesmos, não são para atender à diferença apurada.
computáveis. § 2.º Em hipótese alguma as vagas existen-
§ 4.º Quando o acesso às vagas for feito por tes poderão ser eliminadas.
elevador dotado de carreta automática, fica dis- Art. 158. Quando houver mais de um uso, re-
pensada para essas vagas a proporcionalidade de sidencial ou não-residencial, aplicam-se os números
25m2 de área útil por veículo. relativos a cada uso, conforme o quadro VII.
Art. 159. As áreas de estacionamento serão
[Os seguintes §§ 5.º, 6.º e 7.º foram adi- atendidas nos limites do lote ou na forma prevista
tados a este artigo pelo Decreto n.º 562, de no artigo 52 do Regulamento de Construções e
06/09/1976.] Edificações.
Art. 160. Os usos ou atividades não relacio-
§ 5.º Nas edificações residenciais unifamiliares nadas no quadro VII terão tratamento igual ao
o dimensionamento dos locais para estacionamen- daqueles a que mais se assemelhem.
to ou guarda de veículos poderá ser dispensado do Art. 161. As áreas dos locais para estacio-
atendimento do “caput” deste artigo, desde que namento ou guarda de veículos e as áreas de seus
observadas as seguintes condições: acessos não são computadas para efeito do limite
I — o espaço reservado efetivamente a cada máximo da área total de edificação (ATE).
veículo tenha no mínimo 2,5m de largura e 6m de Art. 162. As isenções ao previsto neste capí-
comprimento; tulo constam do Regulamento de Construções e
II — a possibilidade de ocupação nos locais pa- Edificações.
ra estacionamento ou guarda de veículos seja de-
monstrada em planta integrante do projeto a ser CAPÍTULO IX
visado, sem prejuízo do disposto no item anterior.
§ 6.º Na transformação de uso de edificações Características das zonas especiais
residenciais unifamiliares existentes, para edifica-
ções de uso exclusivo, aplica-se ao dimensiona- Seção 1
mento dos locais para estacionamento ou guarda
de veículos o mesmo critério do parágrafo anterior. Zona Especial ZE-1
§ 7.º Nas hipóteses dos §§ 5.º e 6.º será tolera-
do o acesso aos locais para estacionamento ou guarda Art. 163. A ZE-1 compreende as áreas acima
de veículos por circulação com largura livre não inferi- da curva de nível de 60m, nos morros do Pão de
or a 2m. Esta circulação não poderá ser considerada Açúcar, Urca, Telégrafo, e serra do Engenho Novo,
como local para estacionamento ou guarda de veículos e as que estão acima da curva de nível de 100m,
quando a sua largura livre for inferior a 2,5m. nos demais morros e serras do Município, conside-
§ 8.º O dimensionamento dos locais para es- radas áreas de reserva florestal, obedecida a com-
tacionamento ou guarda de veículos poderá ser petência federal.
dispensado do atendimento ao “caput” deste artigo § 1.º Fazem parte da zona especial — 1 (ZE-1)
quando cada vaga, de no mínimo 2,5m de largura as áreas acima da curva de nível de 100m (cem
e 5m de comprimento, tiver acesso direto por lo- metros) delimitadas no anexo 15-C e incluídas na
gradouro público, servidão pública ou particular, ou zona especial — 3 (ZE-3). [Redação dada pelo
por via interior, que tenham largura mínima de 5m Decreto n.º 5.050, de 23/04/1985.]
e permitam o trânsito de veículos. [Parágrafo a- § 2.º A conservação e manutenção da cober-
crescentado a este artigo pelo Decreto n.º 2.367, tura florestal existente nas áreas definidas neste
de 08/11/1979.] artigo constituem obrigação dos respectivos pro-
prietários.
[O Decreto n.º 2.367, de 08/11/1979, deu Art. 164. Nas área da ZE-1 não é permitido
ao artigo 157 a seguinte redação:] loteamento ou arruamento de iniciativa particular,
tolerando-se apenas desmembramento em lotes
Art. 157. Nas transformações de uso de edi- com testada para logradouro público reconhecido,
ficações, inclusive para sedes administrativas, com testada e área mínima correspondentes a lote
além das vagas existentes, será exigido o atendi- de segunda categoria.
mento ao número de vagas de veículos correspon- Art. 165. As áreas situadas em ZE-1, ressal-
dentes à diferença entre os números mínimos de vado o disposto nos artigos 166, 167 e 168, são
vagas fixados pelo quadro VII para o uso pretendi- “non aedificandi”.
do e para o uso existente. Parágrafo único. Estando apenas parte de
§ 1.º As vagas existentes que excedam o um lote situado em ZE-1, toda esta parte será
número mínimo de vagas fixado pelo quadro VII considerada “non aedificandi”, aplicando-se a ela o
para o uso existente poderão ser aproveitadas disposto nos artigos 166, 167 e 168, apenas quan-

225
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
do ficar comprovado que a parte do lote fora de to n.º 5.050, de 23/04/1985.]
ZE-1 não se presta para edificação.
Art. 166. Nos lotes integrantes de projetos Seção 2
aprovados de loteamento com testada para logra-
douro público reconhecido, é permitida edificação Zona Especial ZE-2
sob as seguintes condições:
I — uso residencial unifamiliar; Art. 171. A ZE-2 é constituída pela Ilha de
II — uma única edificação unifamiliar por lote; Paquetá e demais ilhas situadas na XXI Região
III — gabarito máximo: dois pavimentos Administrativa e dela também fazendo parte a
(qualquer que seja sua natureza); zona turística especial, ZT-E, criada pela Lei n.º
IV — área livre mínima: 2.259, de 10 de outubro de 1973.
1 — lotes existentes com área até 1.000m2 —
80% da área do lote; [A Lei n.º 2.259, de 10/10/1973 (D.O.-GB
2 — lotes existentes com área superior a de 11/10/1973):
1.000m2 — variável nos lotes com área entre “Considera zona turística logradouros da
1.000m2 e 2.000m2, de forma a permitir, no má- Ilha de Paquetá, e dá outras providências.”]
ximo, a ocupação até 200m2, com edificação, e
90% da área do lote, quando esta área for igual ou Art. 172. Na Ilha de Paquetá, com exceção
superior a 2.000m2; da ZT-E e das áreas de interesse paisagístico, o
V — afastamento frontal mínimo: 5m. uso adequado é o residencial, sendo tolerados o
Parágrafo único. É tolerada a construção de uso comercial e o uso turístico, de acordo com as
edículas, limitada sua área em 10% da área de disposições dos artigos a seguir.
projeção da edificação, atendidos, porém, para o Art. 173. O uso comercial é tolerado nos se-
conjunto, os incisos III, IV e V, deste artigo. guintes logradouros: Rua Furquim Werneck, Rua
Art. 167. Nos lotes existentes à data deste Pinheiro Freire, Rua Comendador Laje, Rua Doutor
regulamento, com suas dimensões transcritas no Lacerda, Rua Feliciana Borges e Praça Bom Jesus.
registro geral de imóveis, que tenham testada para Parágrafo único. Nesses locais, o uso co-
logradouro público reconhecido, e naqueles prove- mercial será o fixado para CB-1 no quadro I, com
nientes de desmembramentos efetuados de acordo exceção de edifício-garagem, posto de abasteci-
com o artigo 164, é permitida a edificação de mento, posto de serviço e posto-garagem, que não
acordo com as condições estabelecidas no artigo são permitidos.
166, ressalvado o disposto no artigo seguinte. Art. 174. Na ZT-E e nas áreas de interesse
Art. 168. Nos lotes existentes na data deste paisagístico de que trata o inciso II do artigo 176,
Regulamento, com suas dimensões transcritas no são adequados o uso turístico e o uso comercial
Registro Geral de Imóveis, e naqueles provenien- ligado ao turismo, sendo tolerados o uso residenci-
tes de desmembramento efetuados de acordo com al, o uso para culto religioso e o uso para ensino, e
o artigo 164, com testada para a Rua Boavista inadequados todos os demais usos, de acordo com
(lado ímpar), Estrada das Furnas (entre a Estrada o quadro seguinte: [O Decreto n.º 3.044, de
do Maracaí e a Estrada do Itapicuru), Estrada do 23/04/1981, acrescentou a este artigo, no quadro
Itapicuru e Estrada do Maracaí é permitida apenas anexo, a seguinte atividade: hotel-residência.]
uma edificação residencial unifamiliar nas condi- Zona Adequado Tolerado
ções do artigo 166 ou uma edificação comercial ou ZTE Hotel1 Residencial unifamiliar
mista de acordo com o estabelecido para centro de Cinema1 Residencial multifamiliar
bairro — 1 (CB-1), atendidos os incisos III, IV e V Teatro1 Culto religioso1
1
do artigo 166. [Redação dada pelo Decreto n.º “Boutique” Ensino1
5.050, de 23/04/1985.] Florista 1 Atividade domiciliar artística
Joalheria1
Parágrafo único. No caso de edificação mis-
Galeria de arte1
ta, o primeiro pavimento será destinado a lojas e o
Artesanato1
segundo a uma única unidade residencial. Balneário1
Art. 169. [Revogado pelo Decreto n.º 5.050, Colônia de férias1
de 23/04/1985.] Clube1
Art. 170. Em qualquer das hipóteses citadas Hotel-residência2
nos artigos 166, 167 e 168, o licenciamento da cons- 1 — Em edificação de uso exclusivo.
trução da edificação será precedido de consulta ao 2 — Em edificação exclusivamente destinada a este fim.
Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal, em Art. 175. Nos logradouros e áreas não referi-
função de suas atribuições, que estabelecerão as dos no artigo 174, o uso permitido é o de ZR-3,
condições para manutenção da cobertura florestal ou com exceção de edifício-garagem, posto de abas-
reflorestamento do local. [Redação dada pelo Decre- tecimento, posto de serviço e posto-garagem, que

226
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
não são permitidos. II — aterrados de qualquer espécie, que alte-
Art. 176. Para a proteção da paisagem da rem os contornos das ilhas;
ZE-2, são consideradas: III — derrubada de árvores, sem a prévia au-
I — áreas de defesa paisagística, “non aedifi- torização do órgão municipal competente;
candi”: IV — pavimentação de mais de 20% da área
1 — as áreas delimitadas pela cota de nível de livre dos lotes;
20m, e acima, nos morros do Veloso, das Painei- V — trânsito de veículos motorizados de qual-
ras, do Costallat, da Covanca, de São Roque, das quer espécie, e para qualquer fim, com exceção
Pedreiras, e do Vigário; daqueles indispensáveis ao serviço público (ambu-
2 — as faixas de terra ao longo do litoral da lância, caminhões para recolhimento de lixo e para
ilha, com largura de 20m, a partir da linha de outras tarefas), e daqueles de utilização transitó-
preamar, média de 1831; essas faixas poderão, ria, destinados a transporte de mercadorias e de
entretanto, ser ocupadas com embarcadouros des- materiais de construção e mudanças;
cobertos; VI — circulação ou tráfego de mais de cinco
3 — áreas que se situem em aclividades supe- veículos de utilização transitória por dia;
riores a 45º; VII — colocação de postes para qualquer fim,
II — áreas de interesse paisagístico, aquelas excetuados os que suportem luminárias para ilu-
localizadas na orla marítima, voltadas parcial ou minação de logradouros públicos, os quais serão
totalmente para o mar, não incluídas na ZT-E. alimentados por linhas subterrâneas e dotados de
Art. 177. Não é permitido o parcelamento dispositivos antiofuscantes, sendo que o órgão
das áreas de defesa paisagística, bem como das público competente programará a remoção gradual
áreas de interesse paisagístico, definidas nos inci- dos postes já instalados que não se destinarem à
sos I e II do artigo 176. iluminação dos logradouros públicos;
Art. 178. Na ZT-E, os lotes projetados devem VIII — qualquer tipo de iluminação pública
ser de primeira a quarta categoria, e nas demais áreas que não seja incandescente;
os lotes projetados poderão ser de quinta categoria. IX — colocação de anúncios e letreiros em lo-
Art. 179. A ocupação dos lotes pelas edifica- tes baldios, praias, encostas dos morros, muros e
ções obedecerá ao seguinte: tapumes, e coberturas das edificações.
I — nas áreas de interesse paisagístico descri- Art. 181. A aprovação de projetos de cons-
tas no inciso II do artigo 176: trução, de modificações, com ou sem acréscimos
1 — afastamento frontal mínimo: 8m; de áreas, nos locais situados em ZT-E e nas áreas
2 — afastamento das divisas: 5m; de interesse paisagístico, fica condicionada ao exame
3 — número máximo de pavimentos: dois; de uma comissão especial a ser designada pelo
4 — área livre mínima do lote: 80%; prefeito, quanto à harmonia do projeto com a ar-
5 — número máximo de unidades residenciais quitetura e o meio ambiente.
no lote: dois;
II — nas áreas da ZT-E: Seção 3
1 — afastamento frontal mínimo: 5m;
2 — afastamento mínimo das divisas: 3m; Zona especial ZE-3
3 — número máximo de pavimentos: dois;
4 — área livre mínima do lote: 40%; [O Decreto n.º 5.050, de 23/04/1985, deu
5 — número máximo de unidades residenciais à seção III — zona especial ZE-3 a seguinte
no lote: quatro; redação:]
III — nas demais áreas, excluídas a ZT-E e as
áreas de interesse paisagístico: Art. 182. A zona especial — 3 (ZE-3), delimi-
1 — afastamento frontal mínimo: 5m; tada no anexo 15, compreende a Área de Proteção
2 — número máximo de pavimentos, qualquer Ambiental (APA), criada pela Lei n.º 495, de 09 de
que seja a sua natureza: dois; janeiro de 1984, e corresponde ao bairro de Santa
3 — área livre mínima no lote: 60%; Teresa, dentro dos limites da XXIII Região Admi-
4 — número máximo de unidades residenciais nistrativa, sujeitando-se seus usos, atividades,
no lote: quatro; ocupações, edificações, construções, parcelamento
5 — afastamento mínimo entre as edificações: do solo às condições estabelecidas nesta seção.
5m; Art. 183. A zona especial — 3 (ZE-3), para
6 — área útil mínima da unidade residencial: fins de zoneamento, fica dividida em 3 (três) áreas
50m2. A, B e C, delimitadas nos anexos 15-A, 15-B e 15-C
Art. 180. Não são permitidos em ZE-2: e classificadas respectivamente como ZR-1, ZR-3 e
I — abertura de novos logradouros ou de vias ZE-1.
interiores de grupamento de edificações; § 1.º Na área A, classificada como zona resi-

227
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
dencial — 1 (ZR-1), o uso adequado é o residencial — livraria;
permanente unifamiliar. — loteria;
§ 2.º Na área B, classificada como zona resi- — mercearia;
dencial — 3 (ZR-3), o uso adequado é o residen- — numismática;
cial permanente (uni e multifamiliar) não sendo — objeto de arte;
permitido hotel-residência. — óptica;
§ 3.º Na área B, classificada como zona resi- — papelaria;
dencial — 3 (ZR-3) não serão permitidos grupa- — peixaria;
mentos de edificações, exceto quando se tratar de 2 — perfumaria;
(duas) unidades residenciais unifamiliares. — plantas e flores;
§ 4.º Na área B, classificada como zona resi- — presentes;
dencial — 3 (ZR-3), situada acima da curva de — quitanda;
nível de 100m (cem metros) somente serão permi- — regionais (artigos);
tidas 2 (duas) unidades residenciais por lote. — religiosos (artigos);
§ 5.º Na área C, classificada como zona es- — relojoaria;
pecial — 1 (ZE-1) serão obedecidos os artigos 163 — revistas;
a 167 e 170 deste Regulamento. — roupas;
§ 6.º Nas edificações de uso residencial unifa- — sapataria;
miliar situadas nas áreas A e B, classificadas respec- — tecidos;
tivamente como Zona Residencial — 1 (ZR-1) e Zona — vidros e espelhos.
Residencial — 3 (ZR-3), será permitida a constru- § 2.º Nos logradouros relacionados no “ca-
ção de edícula destinada a dependência de serviço put” deste artigo são tolerados apenas os seguin-
das edificações, com até 2 (dois) pavimentos, a tes usos e atividades de serviço:
ser computada no cálculo da taxa de ocupação e — pessoais:
da área total da edificação (ATE). estética pessoal:
Art. 184. Os usos comerciais e de serviços barbearia, cabeleireiro, salão de beleza;
serão tolerados apenas em lojas e salas comerciais — vestuário:
em 1 (um) ou 2 (dois) pavimentos e edificações de alfaiataria, aluguel de roupa;
uso exclusivo e de uso misto e nos seguintes lo- cerzideira/bordadeira;
gradouros: — técnico: fotos sob encomenda;
Rua Almirante Alexandrino (Entre a Rua Santa — conservação e reparação:
Cristina e a Rua Carlos Brandt), Rua André Caval- aparelhos de precisão
canti (da Rua Riachuelo até o seu final), Rua Pas- bombeiro/gasista/eletricista
coal Carlos Magno (da Rua Felício dos Santos até o brinquedos
seu final), Rua Progresso, Largo do Guimarães e chaveiro
Largo das Neves. engraxataria
§ 1.º Nos logradouros relacionados no “ca- facas/tesouras
put” deste artigo são tolerados somente os seguin- instrumentos musicais
tes usos e atividades comerciais: jóias/relógios
— açougue; máquinas, aparelhos e objetos de uso pessoal
— antiquário; sapateiro
— acrílico (artigos); taxidermista
— armarinho; tinturaria/lavanderia;
— artesanato; — saúde: laboratório de análises clínicas;
— aves e ovos; — financeiros: banco (agências)
— bar; caderneta de poupança (agência);
— bazar; — hospedagem: hospedaria
— belchior; pensão (com ou sem hospedagem)
— bijuteria; pensionato
— botequim; pousada;
— drogaria; — comunitários e sociais: asilo e recolhimento
— elétricos (artigos); associação comunitária
— ervanário; centro social urbano
— farmácia; creche
— filatelia; instituição beneficente;
— jardim (artigos); — auxiliares e negócios:
— joalheria; organização e promoção de eventos
— lanchonete; pesquisa de mercado;

228
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— cultura: — Rua Hermenegildo de Barros;
aluguel de filmes e teipes — Rua Joaquim Murtinho (da Rua Francisco
biblioteca/arquivo Muratori até o seu final);
cinemateca — Rua José Alencar;
galeria de arte — Rua Laurinda Santos Lobo;
museu/centrocultural; — Rua Monte Alegre;
— profissionais e técnicos; ateliê de atividades — Rua Murtinho Nobre;
artísticas: — Rua Pascoal Carlos Magno (do início até a
escritório e consultório de profissional liberal Rua Felício dos Santos);
escritório técnico. — Rua Paula Matos;
§ 3.º Nos logradouros relacionados no “ca- — Rua Prefeito João Felipe;
put” deste artigo, os seguintes usos e atividades — Rua Professor Júlio Koeler;
comerciais e de serviço terão sua aprovação condi- — Rua do Oriente;
cionada a prévio estudo de avaliação dos impactos — Rua Santa Cristina;
ambientais causados sobre o sistema viário e a — Rua Santo Amaro;
vizinhança: — Rua Sílvio Romero;
comércio: — Rua Taylor (da Rua Conde de lajes até o
— confeitaria; seu final);
— ferragens; — Rua Teresina;
— mercado; — Rua do Triunfo;
— padaria; — Largo do Triunfo;
— restaurante — Rua Visconde de Paranaguá.
serviço: § 1.º Nos logradouros relacionados no “ca-
— saúde: put” deste artigo são tolerados somente os seguin-
— com e sem internação: tes usos e atividades de serviço:
clínicas, hospitais; — pessoais:
— ensino e pesquisa: — vestuário: alfaiataria
ensino até 2.º grau costureira-modista
ensino não seriado; cerzideira/bordadeira;
— recreação e cultura: — hospedagem:
cinema pousada
clube hospedaria
culto religioso pensionato
teatro. pensão (com ou sem hospedagem);
§ 4.º Nas lojas e salas comerciais existentes — comunitários e sociais:
na data da publicação deste decreto e situadas asilo e recolhimento
fora dos logradouros relacionados no “caput” deste associação comunitária
artigo, são tolerados os usos e atividades comerciais centro social urbano
e de serviços descritos nos §§ 1.º, 2.º e 3.º deste creche
artigo. instituição beneficente;
§ 5.º Não se aplica à zona especial — 3 (ZE-3) — cultura:
o disposto nos artigos 16 e 17 deste Regulamento. biblioteca/arquivo
Art. 185. Os usos e atividades de serviços galeria de arte
são tolerados nos seguintes logradouros: museu/centro cultural;
— Rua Aarão Reis; — profissionais e técnicos:
— Rua Almirante Alexandrino (do início até a ateliê de atividade artística
Rua Santa Cristina e da Rua Carlos Brandt até a escritório e consultório de profissional liberal
Rua Doutor Júlio Otoni); escritório técnico.
— Rua Aprazível; § 2.º Nos logradouros relacionados no “ca-
— Rua Benjamin Constant; put” deste artigo os seguintes usos e atividades de
— Rua Cândido Mendes; serviços terão sua aprovação condicionada a prévio
— Rua Carlos Brandt; estudo de avaliação dos impactos ambientais cau-
— Rua Dias de Barros; sados sobre o sistema viário e vizinhança:
— Rua Doutor Júlio Otoni; — ensino e pesquisa:
— Rua Eduardo Santos; ensino até 2.º grau
— Rua Felício dos Santos; ensino não seriado;
— Rua Fonseca Guimarães; — recreação e cultura:
— Rua Francisco Muratori; clube

229
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
clube religioso. Art. 191. O licenciamento de demolições e de
Art. 186. O uso industrial é inadequado sen- obras em edificações existentes que venham a
do permitido apenas a atividade de indústria arte- alterar fachadas, telhados ou quaisquer partes
sanal ou caseira não poluente nos logradouros externas das mesmas, fica sujeito a autorização
relacionados no “caput” dos artigos 184 e 185, em prévia da Diretoria de Patrimônio Cultural e Artísti-
edificações já existentes. co da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.
Art. 187. O dimensionamento de áreas para Parágrafo único. Em caso de demolição não
estacionamento ou guarda de veículos será feito de licenciada ou de sinistro poderá o órgão menciona-
acordo com o disposto para a área “B-1” do quadro do no “caput” deste artigo estabelecer a obrigato-
VII deste Regulamento. riedade da reconstrução da edificação mantidas
Art. 188. A área mínima útil das unidades re- suas características originais.
sidenciais será de 30m2 (trinta metros quadrados). Art. 192. É tolerado o desmembramento em
Art. 189. O número de pavimentos das edifi- lotes com testada para logradouro público reco-
cações não poderá ser superior a 2 (dois), não nhecido nas seguintes condições:
computados neste número, 1 (um) pavimento I — na área A, os lotes resultantes terão tes-
destinado a acesso, estacionamento de veículos, tada e área mínima correspondentes a lote de
circulação, recreação, lazer e dependências de quarta categoria;
serviço limitada a área fechada desse pavimento a II — na área B, situada abaixo da curva de ní-
50% (cinqüenta por cento) e distante no mínimo vel de 100m (cem metros), os lotes resultantes
de 3m (três metros) das fachadas. terão testada e área mínima correspondentes a
§ 1.º A altura total da edificação não poderá lotes de quinta categoria;
ultrapassar a 11m (onze metros) e nenhum ele- III — na área B, situada acima da curva de
mento construtivo da edificação (inclusive o coroamento nível de 100m (cem metros), os lotes resultantes
com caixas-d’água, telhado, casas de máquinas e terão testada e área mínima correspondentes a
equipamentos de sistema de exaustão mecânica e lotes de quarta categoria.
condicionamento de ar) poderá ultrapassar a altura Parágrafo único. Não é permitido o remem-
definida neste parágrafo. bramento de lotes para edificações de uso de co-
§ 2.º O número de pavimentos das edifica- mércio, serviço ou indústria.
ções inclui os pavimentos situados abaixo do nível
do meio-fio dos logradouros. Seção 4
§ 3.º A área livre mínima do lote será de
60% (sessenta por cento) devendo receber trata- Zona especial ZE-4
mento paisagístico adequado.
§ 4.º A profundidade das edificações nas encos- Art. 193. A ZE-4, na planície de Guaratiba,
tas não poderá ser superior a 15m (quinze metros). delimitada no anexo 16, de conformidade com o
§ 5.º O afastamento frontal mínimo será de disposto no Decreto “E” n.º 4.528, de 27 de no-
3m (três metros), exceto para as áreas A e C que vembro de 1970, é destinada a atividades de lazer
será de 5m (cinco metros). e recreação.
Parágrafo único. Enquanto não for aprovado
[O Decreto n.º 8.502, de 13/06/1989, deu seu plano-piloto, o licenciamento de uso e de obras
ao artigo 190 a seguinte redação:] na ZE-4 obedecerá às seguintes condições:
1 — são permitidos os usos adequados e tolera-
Art. 190. No lado em declive das Ruas Almi- dos em ZT-2, com exceção do uso residencial em
rante Alexandrino, Aprazível, Bernardino dos San- edificação multifamiliar ou mista, que é inadequado;
tos, Dias Barros, Francisco de Andrade, Francisca 2 — as edificações, com exceção de hotéis e
de Castro, Hermenegildo de Barros (somente para hotéis-residência, terão no máximo, dois pavimen-
os lotes do lado par situados acima da referência tos; [Redação dada pelo Decreto n.º 3.044, de
de nível 63,5m), Joaquim Murtinho, Prefeito João 23/04/1981.]
Felipe e Professor Mauriti Santos (somente para os 3 — o licenciamento de obras depende da
lotes do lado par situados abaixo da referência de concordância da Secretaria Municipal de Planeja-
nível 145m), o ponto mais alto de qualquer dos mento e Coordenação-Geral.
elementos construtivos da edificação não poderá
ultrapassar o nível mais baixo do meio-fio corres- Seção 5
pondente à testada do lote.
Parágrafo único. O fechamento desse terreno Zona especial ZE-5
será efetivado por mureta de 0,6m (sessenta centíme-
tros) de altura, tolerado um gradil superior vazado de Art. 194. A zona especial 5 (ZE-5), objeto do
maneira a não prejudicar a vista panorâmica. plano-piloto da Baixada de Jacarepaguá, descrita e

230
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
delimitada no anexo 17, tem sua utilização disci- forma do mesmo.
plinada pelas instruções normativas que forem § 2.º Aplicam-se à matéria as disposições do
aprovadas por decreto específico. [Redação dada Decreto “E” n.º 7.696, de 23 de dezembro de 1974,
pelo Decreto n.º 3.046, de 27/04/1981.] e do Decreto n.º 6, de 15 de março de 1975.

Seção 6 [Decreto “E” n.º 7.696, de 23/12/1974


(D.O.-GB de 26/12/1974):
Zona especial ZE-6 “Consolida as normas relativas à exibição
de publicidade ao ar livre ou em local exposto
Art. 195. A ZE-6, em Grumari, na XXIV Região ao público, e dá outras providências.”]
Administrativa, é descrita e delimitada no anexo 18.
Parágrafo único. Enquanto não for aprovado § 3.º Os anúncios e letreiros sobre as mar-
seu plano-piloto, o licenciamento de usos de obras quises dependem de prévia autorização do condo-
na ZE-6 dependerá da concordância da Secretaria mínio do respectivo prédio, respeitada a sua con-
Municipal de Planejamento e Coordenação-Geral. venção.
Art. 199. A colocação de anúncios e letreiros
Seção 7 não poderá interferir:
I — com sinalização luminosa de tráfego;
Zona especial ZE-7 II — com a visão de monumentos históricos
ou artísticos;
Art. 196. A ZE-7 compreende as áreas de III — com a visão de locais de interesse pai-
administração e governo sob jurisdição dos minis- sagístico.
térios militares. Art. 200. As placas ou tabuletas obrigatórias
por legislação federal, estadual, ou municipal, não
Seção 8 constam do quadro IX, sendo sua colocação permi-
tida em qualquer zona.
Zona especial ZE-8
Seção 2
Art. 197. A ZE-8 é delimitada no projeto de
alinhamento (PA) n.º 9.362/31.591, a cujo plano Mesas e cadeiras
diretor está sujeita, obedecidas, ainda, as normas
da Assessoria de Projetos Especiais, do Departa- Art. 201. Os passeios dos logradouros situa-
mento Geral de Obras Públicas, da Secretaria Mu- dos em ZIC, AC-1, AC-2, ZT-1, ZT-2, CB-1, CB-2 e
nicipal de Obras e Serviços Públicos. CB-3, bem como as áreas sujeitas a recuo, e o
afastamento frontal das edificações com testada
CAPÍTULO X para logradouros dessas zonas, podem ser utiliza-
dos, a título precário, para colocação de mesas e
Empachamento cadeiras, por hotel, hotel-residência, restaurante,
churrascaria, bar e congêneres, exceto botequim,
Seção 1 obedecidas as disposições desta seção. [Redação
dada pelo Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981.]
Anúncios e letreiros § 1.º Quando o interesse turístico, paisagísti-
co ou urbanístico justificar tratamento especial
Art. 198. O quadro IX dispõe sobre a coloca- para a utilização de passeios de determinados lo-
ção de anúncios e letreiros nas diferentes zonas. gradouros, ou quando o logradouro tiver o passeio
Nesse quadro são adotadas as abreviaturas se- muito largo, ou for via de pedestre sem caixa de
guintes: rolamento, poderão ser baixados atos específicos,
A — significa tabuletas, letras isoladas, “pla- pelo prefeito ou por quem tiver competência por
cards”, painéis vazados; ele delegada, disciplinando a espécie de modo
B — significa textos, letras ou desenhos coloca- diverso.
dos sobre paredes ou muros, toldos e bambinelas; § 2.º Para evitar prejuízo ao trânsito de pe-
C — significa anúncios e letreiros desprovidos destres e para resguardar áreas ajardinadas ou
de movimentos ou alternâncias luminosas; arborizadas, poderão ser impostas outras restri-
D — significa anúncios e letreiros com movi- ções, ou negada a utilização.
mentos ou alternâncias luminosas. § 3.º A área utilizada corresponderá, sempre,
§ 1.º Os limites máximos de área fixados no no máximo, à testada do estabelecimento localiza-
quadro IX são aqueles dentro dos quais o anúncio do no primeiro pavimento (térreo).
ou letreiro deve ficar contido, não importando a § 4.º As entradas principais das edificações

231
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
serão garantidas por uma faixa com largura míni- belecimentos que utilizarem passeio realizar
ma de 2m, centrada pelo eixo do vão de acesso. qualquer tipo de obra ou ocupação nessas áreas,
§ 5.º Os acessos às garagens serão garanti- não sendo permitido, sob nenhum pretexto, ocupar
dos por uma faixa livre de 0,5m, para cada lado do esses acessos com mesas e cadeiras ou qualquer
vão de entrada. obstáculo ao trânsito de pessoas ou de veículos.
§ 6.º Poderá ser ocupada, no máximo, a me- § 16. Aos estabelecimentos que utilizarem
tade da largura do passeio, devendo sempre ser passeio ou área sujeita a recuo fica proibido intro-
mantida livre uma faixa de, no mínimo, 2,5m, con- duzir qualquer forma de iluminação artificial nessas
tados a partir do meio-fio, para o trânsito de pe- áreas, exceto quando forem cobertas na forma
destres. prevista nesta seção. Esta restrição, a critério do
§ 7.º O afastamento frontal poderá ser ocu- Departamento Geral de Edificações, poderá ser
pado em toda a sua largura, exceto no caso de o estendida aos casos de ocupação, a descoberta, de
passeio ter largura inferior a 2,5m, quando a ocu- área de afastamento frontal.
pação do afastamento frontal deverá ser reduzida § 17. Não será admitida a utilização de locais
de modo a deixar livre junto ao passeio uma faixa destinados à arborização ou colocação de bancos
para complementar aquela medida. públicos.
§ 8.º A fim de que possam utilizar passeio de § 18. Nos passeios onde já houver árvores ou
logradouro, área sujeita a recuo ou área de afas- bancos públicos, o Secretário de Obras Públicas, se
tamento frontal, com mesas e cadeiras, os estabe- entender de permitir sua utilização, poderá: impor
lecimentos a que se refere este artigo deverão outras restrições, além das previstas nesta seção,
satisfazer as condições mínimas que forem fixadas necessárias à preservação e conservação das refe-
pela autoridade competente da Secretaria Munici- ridas árvores ou bancos; reduzir a área a ser utili-
pal de Obras e Serviços Públicos, ouvida a Secreta- zada apenas à sua parte livre; ou, ainda, autorizar
ria Municipal de Fazenda. o remanejamento dos bancos, desde que não fique
§ 9.º As áreas sujeitas a recuo utilizadas para prejudicada a composição estética global do logra-
colocação de mesas e cadeiras são para esse fim, douro e que as despesas corram por conta do es-
consideradas equiparadas aos passeios e a eles tabelecimento interessado.
deverão ser incorporados sem solução de continui- § 19. Para efeito do que dispõe esta seção
dade e sem diferença de nível. entende-se por:
§ 10. O nível do passeio não poderá ser alte- 1 — área de afastamento frontal – a área de
rado e será mantido sem ressaltos ou rebaixos. terreno limitado pelo alinhamento do logradouro,
§ 11. As áreas de afastamento frontal pode- existente ou aprovado por projeto aprovado de
rão ser delimitadas por mureta, gradis ou jardinei- alinhamento (PAA) vigente pela linha da fachada
ras, com a altura máxima de 1m. da edificação e pelas divisas laterais do lote;
§ 12. O disposto no parágrafo anterior, a cri- 2 — área sujeito a recuo — a área de recuo,
tério do Município, também poderá ser aplicado às enquanto não adquirida pelo Município e desde que
áreas dos passeios e às áreas sujeitas a recuo, sobre ela não incida obrigação ou exigência de
desde que a título precário, devendo as muretas, assinatura de termo de recuo limitada pela testada
gradis ou jardineiras ser totalmente removíveis. atual do lote, pelo alinhamento do projeto aprova-
§ 13. O afastamento frontal das edificações do de alinhamento (PAA) vigente e pelas divisas
ocupadas por hotel, hotel-residência, restaurante laterais do lote.
ou churrascaria, localizadas em zonas referidas § 20. Para o aproveitamento, na forma desta
neste artigo, também poderá ser utilizado, por seção, de área de afastamento frontal e de área
esses estabelecimentos, para colocação de mesas sujeita a recuo, será exigida a aquiescência do
e cadeiras, observadas as demais disposições des- proprietário do edifício onde se localizar o estabe-
ta seção. [Redação dada pelo Decreto n.º 3.044, lecimento, ou o consentimento, na forma da legis-
de 23/04/1981.] lação própria, dos respectivos condôminos.
§ 14. Nas esquinas, a área de afastamento § 21. As coberturas, muretas, gradis e jardi-
frontal na concordância dos alinhamentos dos lo- neiras somente serão consideradas totalmente
gradouros poderá ser utilizada para colocação de removíveis quando o seu desmonte ou a sua re-
mesas e cadeiras; contudo, a área utilizável do moção puder ser feito sem a necessidade da des-
passeio ou da área sujeita a recuo só poderá ultra- truição ou quebra dos seus elementos.
passar o prolongamento das linhas de fachada das Art. 202. O estabelecimento que tiver licença
edificações determinadas para os dois logradouros, para a utilização de passeio, de área de afasta-
a juízo do Departamento Geral de Edificações. mento frontal, ou de área sujeita a recuo, ficará,
§ 15. As áreas destinadas à passagem de pe- para os fins previstos nesta seção, obrigado a:
destres e de veículos deverão ser mantidas com- I — conservar em perfeitas condições a área
pletamente desimpedidas, sendo vedado aos esta- ocupada e as áreas de trânsito adjacentes, man-

232
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
tendo a estrutura física e os componentes estéticos áreas sujeitas a recuo deverão ser de boa qualidade
do passeio, cabendo-lhe efetuar as obras e reparos e de apresentação estética compatível com o local.
necessários, inclusive serviços de limpeza; § 1.º As mesas não poderão ser recobertas
II — desocupar a área, total ou parcialmente, com toalha, exceto onde a ocupação se der com o
de forma imediata e em caráter temporário, quan- uso de cobertura, na forma do artigo 203.
do intimado para atendimento a órgão da adminis- § 2.º Quando a ocupação for a descoberto,
tração pública, direta ou indireta, ou a empresas as mesas e cadeiras deverão ser de material
concessionárias ou permissionárias de serviços apropriado para a exposição ao tempo e a superfí-
públicos, e que dela necessitem para proceder a cie do tampo das mesas será de material imper-
obras ou reparos nas respectivas instalações, que meável e facilmente lavável.
se localizem no passeio; § 3.º As mesas terão tampos quadrados, com
III — desocupar a área, total ou parcialmen- 0,7m de lado, ou circulares, com 0,7m de diâme-
te, de forma imediata e em caráter temporário, tro, podendo ser combinado o emprego de mesas
sempre que o solicite o poder público, para a reali- de tampos quadrados e circulares. Mesas com di-
zação de desfiles, comemorações ou outros even- mensões de tampo maiores só serão admitidas a
tos de caráter cívico, turístico, desportivo ou con- exclusivo critério do Departamento Geral de Edifi-
gêneres; cações.
IV — desocupar a área, quando cassada ou § 4.º Qualquer que seja o tipo de mesa ado-
não renovada a licença, restituindo-a ao uso públi- tado, deverá ser resguardada a distância mínima
co, em perfeitas condições, sem quaisquer danos de 1,5m entre as mesas.
ou alterações, devendo, para isso, compor, por sua § 5.º O afastamento mínimo das mesas em
conta e risco, o passeio utilizado, e as áreas de relação aos limites das áreas utilizáveis será de
trânsito adjacentes, reconstituindo, inclusive, sua 0,75m.
estrutura e seus componentes estéticos originais; § 6.º As medidas indicadas nos §§ 4.º e 5.º
V — manter em perfeito estado de conserva- deste artigo poderão ser reduzidas, respectiva-
ção e utilização mesas, cadeiras, guarda-sóis, co- mente, até 1,3m e 0,65m a critério do Departa-
berturas, muretas, gradis e jardineiras, devendo mento Geral de Edificações.
reparar ou substituir os que assim não se encon- § 7.º Para os efeitos desta seção, cadeira é
trarem. qualquer assento individual, com ou sem espaldar
§ 1.º O material retirado em atendimento ao os braços; as cadeiras não poderão ser fixas.
disposto neste artigo não poderá permanecer no § 8.º O número máximo de cadeiras por me-
logradouro. sa será de quatro.
§ 2.º O prazo para desocupação, total ou § 9.º Poderá ser exigido que as mesas colo-
parcial, temporária ou definitiva, da área utilizável cadas em áreas descobertas sejam fixas, e, neste
será fixado na intimação expedida pela Secretaria caso, caberá ao estabelecimento interessado exe-
de Justiça. cutar as obras de fixação, que não deverão preju-
Art. 203. As áreas dos passeios, as áreas su- dicar o passeio em sua estrutura, nem em seu
jeitas a recuo e as áreas de afastamento frontal, aspecto estético.
ocupadas com mesas e cadeiras, poderão ser co- § 10. Poderá também ser exigido que as me-
bertas, a título precário, desde que as coberturas sas colocadas em áreas descobertas sejam provi-
atendam simultaneamente às seguintes condições: das de guarda-sol, removível, com a parte mais
I — serem removíveis; baixa a 2m do piso, quando aberto.
II — apresentarem aspecto estético compatí- § 11. O guarda-sol deverá ser de material de
vel com o local e a integração paisagística; qualidade superior, incombustível, apropriadamen-
III — resistirem à exposição ao tempo; te tratado para exposição ao tempo, e de apresen-
IV — serem constituídas de material de quali- tação estética compatível com o local; e a sua
dade superior; projeção horizontal, quando aberto, terá 1,5m de
V — não ultrapassarem o nível do piso do pa- dimensão máxima, de diâmetro, se circular, ou de
vimento imediatamente superior; lado, se quadrada.
VI — não apresentarem fechamento, admitin- § 12. Nas mesas poderá ser servido qualquer
do-se apenas o emprego de estores, ou cortinas tipo de refeição, e o transporte de qualquer produ-
equivalentes, de lona, tecido incombustível ou to alimentar para as mesmas será obrigatoriamen-
plástico, constituindo fechamento temporário. te feito de modo que esteja adequadamente prote-
Parágrafo único. Admite-se a cobertura tipo gido.
toldo, em tecido incombustível ou em material § 13. Durante as refeições, os guarda-sóis a
equivalente, observadas as condições deste artigo. que se refere o § 10 deverão permanecer abertos.
Art. 204. As mesas e cadeiras colocadas em Art. 205. O requerimento de licença para a
passeios, em áreas de afastamento frontal ou em ocupação de passeio, de área de afastamento fron-

233
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
tal, ou de área sujeita a recuo, com mesas e cadei- trução: é uma linha ideal geralmente traçada para-
ras, será instruído com os seguintes elementos: lelamente ao alinhamento do logradouro e a uma
I — projeto que atenda ao que estabelece o determinada distância, além da qual nada se pode
capítulo I — subseção II.2 —, do Regulamento de construir, salvo nos casos previstos neste regula-
Licenciamento e Fiscalização, sendo necessária a mento;
apresentação de: II — faixa de construção: é a parte do lote
1 — planta baixa na escala mínima de 1:100 compreendida entre o alinhamento ou a linha de
na qual serão figurados a posição do estabeleci- afastamento frontal mínimo porventura existente
mento em relação ao lote e à quadra, com distân- para o local e o limite máximo de profundidade de
cia às esquinas, a situação das entradas principais construção, referente unicamente ao logradouro
e garagens dos edifícios e os demais elementos para o qual tem a sua testada;
que permitam delimitar as áreas utilizáveis do III — área de superposição de faixas de cons-
passeio, da área de afastamento frontal ou da área trução: é a área decorrente da superposição de
sujeita ao recuo; faixas de construção, resultante da fixação de dois
2 — planta baixa, cortes, fachada e detalhes ou mais limites de profundidade de construção
das áreas utilizáveis, com indicação da posição das (figura 1).
mesas, e, quando for o caso, das muretas, gradis, Art. 209. É permitida a construção abaixo do
jardineiras, e da cobertura, devidamente cotados e solo, nas áreas coletivas, para abrigo ou guarda de
em escala; veículos ou para lojas.
II — fotografia ou desenho detalhado das ca- Art. 210. Vãos de iluminação e ventilação
deiras, dos guarda-sóis, das mesas e do corres- poderão abrir diretamente para área coletiva, obe-
pondente dispositivo de fixação das mesas ao piso, decido o afastamento mínimo de 1,5m, da divisa
quando for o caso; do lote contíguo (figura 4).
III — informações suficientes sobre os mate- Parágrafo único. Quando na área coletiva já
riais empregados nas mesas, cadeiras, guarda-sóis, existir edificação, deverá ser mantido prisma, de
muretas, gradis, jardineiras, e na cobertura, com- acordo com a altura da edificação existente (figura 4).
provando, inclusive, a sua condição de total remo- Art. 211. As edificações não poderão apre-
vibilidade; sentar qualquer balanço sobre a área coletiva.
IV — fotocópia autenticada do alvará de loca- Art. 212. Uma área coletiva poderá ser consi-
lização do estabelecimento; derada como plenamente capaz de, por si só, ilumi-
V — fotocópia autenticada do contrato de locação, nar e ventilar uma edificação, se o seu dimensiona-
ou equivalente, ou, ainda, do título de propriedade do mento for, no mínimo, igual ao do prisma de
imóvel onde se localize o estabelecimento, conforme o iluminação e ventilação equivalente às áreas A e B,
caso. definidas no Regulamento de Construções e Edifica-
Parágrafo único. Quando necessário à per- ções, exigido para essa edificação (figuras 5 e 6).
feita instrução do processo, poderão ser exigidos § 1.º Quando a área coletiva, em sua totalidade
outros elementos, notadamente a fotocópia auten- ou na parte em que se situar uma edificação, tiver
ticada do contrato de constituição da firma ou soci- dimensionamento inferior ao do prisma de iluminação
edade, e respectivas modificações, com indicação, e ventilação requerido de acordo com o disposto neste
quando for o caso, dos sócios que poderão usar o artigo, essa edificação deverá dispor de prisma de
nome social. iluminação e ventilação próprio (figuras 5 e 7).
Art. 206. As permissões para a colocação de § 2.º Uma edificação que, embora possa se
mesas e cadeiras concedidas na forma primitiva utilizar da área coletiva, fique aquém do limite
dos artigos 62 a 65, do Regulamento de Zonea- máximo de profundidade de construção também
mento anterior, poderão ser renovadas mediante o deverá dispor de prisma de iluminação e ventilação
atendimento das exigências daqueles artigos. próprio (figura 6).
Art. 207. Os licenciamentos e as hipóteses § 3.º Um prisma de iluminação e ventilação
de renovação não previstos no artigo anterior re- poderá englobar parte da área coletiva, inclusive
ger-se-ão pelas disposições desta seção. nos casos previstos nos parágrafos anteriores (fi-
guras 5, 6 e 7).
CAPÍTULO XI Art. 213. As áreas remanescentes dos lotes,
encravadas entre o limite máximo de profundidade
Áreas coletivas de construção de uma quadra e as divisas dos
lotes contíguos, não poderão ser construídas, res-
Art. 208. Para efeito da disciplina das áreas salvados os casos previstos neste regulamento, a
coletivas, observam-se as figuras 1 a 7 do anexo fim de não impedirem a utilização da área coletiva
19 e as seguintes definições: pelos lotes circunvizinhos (figura 3).
I — limite máximo de profundidade de cons- Parágrafo único. Um prisma poderá englobar

234
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
parte dessas áreas remanescentes de lotes, nos casos Art. 218. Nos casos de ocupação da área coleti-
de edificações que se beneficiem da área coletiva. va previstos neste regulamento, deverão ser respeita-
Art. 214. As edificações projetadas em lotes com dos os prismas necessários às edificações circunvizi-
testadas para dois ou mais logradouros deverão respei- nhas existentes, correspondentes à altura da parte da
tar, isoladamente, os respectivos limites de profundida- edificação projetada que ocupar a área coletiva.
de, estabelecidos para cada uma das testadas. Art. 219. Ficam revogados as disposições le-
Parágrafo único. As partes remanescentes gais, inclusive quando integrantes de projetos
desses lotes, inclusive aquelas entre o limite má- aprovados e decretos específicos de urbanização,
ximo de profundidade e as divisas dos lotes contí- que permitam ocupação da área coletiva em desa-
guos, não poderão ser construídas, ressalvados os cordo com este regulamento.
casos previstos por este regulamento, a fim de não
impedirem a utilização da área coletiva por esses CAPÍTULO XII
lotes circunvizinhos (figura 3).
Art. 215. Quando um lote estiver situado na á- Disposições gerais
rea de superposição de faixas de construção e as suas
divisas estiverem aquém dos limites máximos de pro- Art. 220. O funcionamento de estabeleci-
fundidade de construção, não podendo, assim, se mentos comerciais, industriais e profissionais, on-
utilizar da área coletiva, as dimensões dos prismas de for tolerado, só será permitido sem emissão de
deverão ser atendidas nos limites do lote (figura 2). fumo e poeiras, sem desprendimento de gases
Art. 216. A demonstração da perfeita utiliza- nocivos e cheiro desagradável, sem produção de
ção da área coletiva deverá ser feita com a apre- ruído e trepidação, e desde que não cause incômo-
sentação da planta da quadra, onde se figurem do nem prejuízo para vizinhança.
inclusive as edificações existentes em seu interior. Parágrafo único. A infração ao disposto nes-
te artigo sujeitará o infrator às penas de multa,
[O Decreto n.º 3.044, de 23/04/1981, deu interdição ou cassação da licença de localização,
ao artigo 217 a seguinte redação:] nos termos das leis ou regulamentos específicos.
Art. 221. O uso ou a transformação de uso
Art. 217. Nas áreas coletivas, desde que es- de qualquer edificação ou de qualquer unidade
tas áreas ou as respectivas galerias de acesso ao residencial ou comercial, servida obrigatoriamente
seu interior não pertençam ao Município (ou Esta- por elevador, não poderá ser autorizado, sem que
do), poderá haver ocupação com construções, seja antes fique comprovado o atendimento do cálculo
loja e sobreloja, seja um pavimento exclusivamen- de tráfego e intervalo de tráfego.
te destinado a partes comuns de hotel ou hotel- Art. 222. Nas faixas de afastamento frontal
-residência, seja para estacionamento ou guarda mínimo obrigatório, a que se referem o artigo 100,
de veículos, que não poderão ultrapassar: e seu § 1.º, serão permitidos:
I — a altura de 7,3m, nas quadras situadas I — rampas ou escadas para acesso de pedes-
em AC; tres, assentes no terreno natural;
II — a altura de 7,8m e mais os espaços des- II — rampa para acesso de veículos, assente
tinados a dutos de instalação de ar-condicionado no terreno natural, a partir de uma faixa plana,
ou exaustão mecânica, quando necessários, nas para segurança de pedestres, ao nível do logra-
demais zonas. douro, com extensão mínima de 5m, na direção do
fluxo de acesso;
[O Decreto n.º 5.269, de 14/08/1985, a- III — passarelas horizontais para acesso de
crescentou a este artigo os §§ 1.º, 2.º e 3.º a pedestres e veículos, quando o nível do terreno for
seguir reproduzidos:] mais baixo que o do logradouro;
IV — jardins, inclusive apresentando espelhos
§ 1.º Ficam canceladas as passagens proje- de água complementares, pérgulas e caraman-
tadas e não executadas de acesso de veículos ao chões;
interior das quadras que possuem área coletiva. V — rampas, escadas e torres de elevadores,
§ 2.º Nenhum elemento construtivo, inclusive inclusive os respectivos “halls” de acesso, entre o
telhado, muro e casa de máquinas de instalação de nível do logradouro e o do terreno, quando, por
ar-condicionado ou exaustão mecânica, poderá acidente deste, as edificações só puderem ser fei-
ultrapassar os limites fixados neste artigo. tas em nível muito superior ao do logradouro, e
§ 3.º A laje de cobertura só poderá ser apro- desde que comprovadamente necessários; as ram-
veitada como terraço para qualquer uso quando o pas para veículos terão o seu início a partir de uma
nível do seu piso não ultrapassar as alturas de: faixa plana nas mesmas condições indicadas no
1 — 5,5m em AC; inciso II;
2 — 6m nas demais zonas. VI — garagens, obedecendo aos parágrafos do

235
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
artigo 145; lote desmembrado para vila, para grupamento de
VII — coberturas removíveis, de acordo com edificações (ou uma só edificação) com um máximo
o artigo 203; de dois pavimentos e tendo cada edificação um máxi-
VIII — muros, gradis, cercas vivas e outros ti- mo de duas unidades residenciais.
pos de fechamento, no alinhamento do logradouro; Art. 227. Para os locais onde, além do des-
IX — piscina, complemento de edificação resi- membramento, já haja visado o plano de conjunto,
dencial unifamiliar, única no lote. em cada lote interno de vila será permitida apenas
uma edificação:
[Os parágrafos deste artigo foram-lhe adi- I — com dois pavimentos, quando as ruas ti-
tados pelo Decreto n.º 562, de 06/09/1976.] verem 6m de largura, com edificações de ambos
os lados;
§ 1.º A rampa para acesso de veículos, no II — com três pavimentos, quando as ruas ti-
caso de edificações residenciais unifamiliares, po- verem 8m de largura, e também quando, tendo as
derá ficar situada no afastamento frontal mínimo, ruas de vila apenas 6m de largura, só existirem
dispensando-se as condições previstas nos incisos edificações de um único lado;
II e III deste artigo. III — com quatro pavimentos, quando as ruas
§ 2.º A passarela para acesso de pedestres, tiverem 12m de largura.
prevista no inciso III deste artigo, no caso de edifi- § 1.º As edificações só poderão ter duas uni-
cações residenciais unifamiliares, poderá ter o piso dades residenciais, no máximo.
rampado, desde que a sua inclinação não exceda a § 2.º Não será admitido outro uso que não o
relação de altura para cumprimento 1:8. residencial e atividades exercidas apenas pelos
Art. 223. Quando, em projetos aprovados de ur- moradores, observadas as seguintes condições:
banização, houver previsão de construção de galerias 1 — em ZR-1, será tolerado alvará para pro-
de pedestres, o subsolo correspondente a estas galerias fissional ou profissional liberal, como ponto de
não poderá ser utilizado a não ser para assentamento referência, sem atendimento de clientes;
de canalizações destinadas a serviços públicos. 2 — em ZR-2, além do uso permitido em ZR-1,
Art. 224. As edificações residenciais multifa- serão toleradas atividades domiciliares artísticas;
miliares, afastadas das divisas, com mais de três 3 — em ZR-3, ZR-4, ZR-5, ZR-6, ZT, ZI, ZP,
pavimentos, e a parte destinada às unidades resi- CB e AC, além das atividades permitidas em ZR-2,
denciais das edificações mistas afastadas das divi- serão toleradas mais as seguintes: modista, costu-
sas, quando essa parte tiver mais de três pavimen- reira, cerzideira, alfaiate, massagista e artesanato,
tos, não poderão possuir prismas de iluminação e em edificação residencial unifamiliar, e artesanato,
ventilação (PIV) ou prismas de ventilação (PV) em edificação residencial multifamiliar;
interiores (tipo A e B, definidos no artigo 139 do 4 — as atividades serão exercidas exclusivamente
Regulamento de Construções e Edificações). [Ver pelos moradores, sem qualquer empregado ou auxiliar,
neste livro o Regulamento de Construções e Edifi- não se admitindo o uso de letreiro ou vitrina, nem alte-
cações, anexo ao Decreto “E” n.º 3.800, de ração das características residenciais dos imóveis;
20/04/1970.] 5 — o exercício das atividades não poderá
Parágrafo único. Excluem-se da proibição causar incômodo à vizinhança, e, quando se tratar
de que trata este artigo os prismas de ventilação de edificação residencial multifamiliar, não poderá
interiores destinados a ventilar exclusivamente haver instalação mecânica.
instalações sanitárias. § 3.º As edificações poderão ocupar 80%, no
Art. 225. Nas edificações afastadas das divi- máximo, da área do lote, podendo chegar até o
sas ou não afastadas das divisas, a circulação hori- alinhamento da rua de vila.
zontal de uso comum em um pavimento não pode- § 4.º O beneficiamento da rua de vila, no que
rá ter comprimento superior a 20m, contados do diga respeito a “grade”, pavimentação, abasteci-
eixo da circulação vertical à entrada da unidade mento de água, esgotamento, iluminação e pre-
autônoma mais afastada, considerado o percurso venção contra incêndios, obedecerá ao que for
mais desfavorável. determinado pelos órgãos competentes encarrega-
dos do licenciamento de cada um desses serviços.
CAPÍTULO XIII Esses licenciamentos precedem a execução da
abertura de rua de vila, e a aceitação desta igual-
Disposições transitórias mente precede o licenciamento das edificações.
§ 5.º Será admissível o licenciamento das edifi-
Art. 226. Para os locais onde haja desmembra- cações, antes da aceitação da rua de vila, quando
mento aprovado para vila, até 8 de junho de 1968, houver a execução simultânea de todas essas obras.
mas que não tenham tido seus planos de conjunto § 6.º A concessão do “habite-se” das edifica-
visados, será tolerado apenas o aproveitamento do ções, além do que seja exigido para a prática deste

236
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ato pelo Regulamento de Licenciamento e Fiscali- aprovem ou regulamentem, ficam cancelados, preva-
zação, dependerá da aceitação da rua de vila, pelo lecendo os afastamentos e a taxa de ocupação (ou
menos no trecho que, desde seu início, atinja a área livre mínima), estabelecidos neste regulamento;
edificação. [Ver neste livro o Regulamento de II — a altura máxima, o número máximo de
Licenciamento e Fiscalização, anexo ao Decreto “E” pavimentos das edificações e os limites máximos
n.º 3.800, de 20/04/1970.] de profundidade de construção neles indicados
Art. 228. A conservação de uma rua de vila, poderão ser ultrapassados nas condições previstas
sua entrada e serviços comuns constituem obrigação neste regulamento;
do proprietário ou dos proprietários condôminos. III — as áreas coletivas poderão ser ocupadas
Parágrafo único. O fechamento da entrada nas condições previstas neste regulamento;
ou das entradas de uma rua de vila não poderá IV — os usos fixados nos projetos aprovados
prejudicar o acesso de pedestres e veículos. (PA) e nos decretos específicos de urbanização
Art. 229. Nas vilas existentes, o aproveita- (incluídos os de parcelamento de terra e de re-
mento dos lotes ainda não edificados obedecerá às membramento) ficam cancelados, prevalecendo os
limitações constantes deste regulamento. usos estabelecidos neste regulamento, ressalvado
Art. 230. Não será admitido balanço sobre a o disposto no artigo 4.º do decreto que aprova
rua de vila. este regulamento;
Art. 231. Nas vilas existentes localizadas em V — a altura ou pé-direito dos pavimentos dos
quadras que dispõem de área coletiva, são licenciáveis, gabaritos neles indicados não são obrigatórios, po-
no interior dessa área coletiva, apenas as seguin- dendo variar, desde que obedecidos os limites míni-
tes obras: mos estabelecidos no Regulamento de Construções e
I — consertos, reformas, modificações (inclu- Edificações e nas disposições aplicáveis deste regu-
sive de fachadas), construção ou reconstrução de lamento; [Ver neste livro, anexo ao Decreto “E” n.º
edificações até dois pavimentos, qualquer que seja 3.800, de 20/04/1970, o regulamento aqui citado.]
a natureza desses pavimentos, inclusive pavimento VI — as galerias de pedestres ficam mantidas,
de uso comum e pavimento-garagem; inclusive a sua altura, o intercolúnio, e dimensões
II — consertos, reformas, modificações (inclusive das colunas, quando indicados;
de fachadas), em edificação de mais de dois pavimentos. VII — as galerias (passagens) de acesso de
Art. 232. Nas vilas anteriores ao Decreto n.º veículos, às áreas coletivas e ao interior das qua-
6.000, de 1.º de julho de 1937, cujas ruas apre- dras, ainda não executadas, ficam canceladas;
sentarem larguras inferiores às exigidas pelo artigo VIII — os grupamentos ou parcelamentos de
227 deste regulamento, são permitidas constru- lotes de terreno para formação de novos lotes (re-
ções, reconstruções e acréscimos de edificações: loteamentos de quadras ou de parte de quadras),
estabelecidos por projetos aprovados (PA) anterio-
[Decreto n.º 6.000, de 01/07/1937: res a 10 de julho de 1964, havendo ou não decre-
“Estabelece o Código de Obras do Distrito tos específicos que os aprovem ou regulamentem,
Federal, e dá outras providências.] não são obrigatórios;
IX — aos pavimentos recuados permitidos acima
I — de um pavimento; do último pavimento das edificações, de acordo com
II — de dois pavimentos, desde que a largura a legislação anterior à vigência do Decreto “E” n.º
da rua seja complementada, em cada lote, com o 3.800, de 20 de abril de 1970, aplicam-se as disposi-
afastamento frontal da edificação ou do acréscimo. ções do artigo 87 deste regulamento e do artigo 89
Art. 233. Os projetos aprovados (PA) e os de- do Regulamento de Construções e Edificações; [Ver
cretos específicos de alinhamento e urbanização, neste livro, anexo ao Decreto “E” n.º 3.800, de
compreendidos entre eles os de parcelamento da 20/04/1970, o regulamento aqui citado.]
terra (loteamento, desmembramento), os de re- X — os projetos aprovados (PA) e decretos es-
membramento, e os que estabelecem gabaritos de pecíficos de urbanização de áreas pertencentes à ZE-
altura, afastamentos, limite máximo de profundida- 1 ficam revogados, total ou parcialmente, conforme o
de de construção e área coletiva, anteriores à vi- caso, de modo a fazer prevalecer nessas áreas ape-
gência do Decreto “E” n.º 3.800, de 20 de abril de nas o licenciamento de edificações obedecendo às
1970, ficam mantidos com as seguintes ressalva- disposições deste regulamento, relativas à ZE-1;
das: [Ver neste livro o Decreto “E” n.º 3.800/70.] XI — ficam revogadas as disposições legais cons-
I — o afastamento frontal, os afastamentos das tantes de projetos aprovados (PA) e decretos específi-
divisas laterais e de fundos, e a taxa de ocupação dos cos de urbanização, que permitam a ocupação de área
lotes indicados em projeto aprovado (PA), de parce- coletiva ou a construção de edificações ou de parte
lamento ou de remembramento, ou de urbanização, delas, além do limite máximo de profundidade de
que inclua o parcelamento ou remembramento de construção estabelecido para o local, em desacordo
áreas de terreno, e em decretos específicos que os com as normas previstas neste regulamento.

237
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Parágrafo único. Nas hipóteses explicita- até a Rua Teixeira de Freitas; daí, pelo eixo da Rua
mente previstas neste regulamento, mesmo não Mestre Valentim, em linha reta, ao obelisco da
mencionadas neste artigo, não serão mantidos os Avenida Rio Branco, e deste alinhamento, em ân-
projetos aprovados (PA) e os decretos específicos, gulo de 90º, até a Avenida Beira-Mar, e por esta
de que trata este artigo. (incluída) até a Praça Senador Salgado Filho, por
Art. 234. Fica mantido o Decreto “E” n.º esta (incluída), pela Avenida General Justo (incluí-
6.168, de 15 de maio de 1973. [Este decreto faz da), e Avenida Alfredo Agache (incluída), até a Rua
parte do presente volume.] Visconde de Itaboraí, por esta (incluída), Praça
Art. 235. Os projetos aprovados (PA) e os Barão de Ladário (incluída), Rua Primeiro de Março
decretos específicos de alinhamento e de urbaniza- (incluída), da Praça Barão de Ladário até a Rua
ção, posteriores à vigência do Decreto “E” n.º Dom Gerardo, Ladeira de São Bento (incluída), Rua
3.800, de 20 de abril de 1970, ficam mantidos, Dom Gerardo (incluída), Avenida Rio Branco (incluída),
exceto quanto aos aspectos que contrariem este da Rua Dom Gerardo até a Praça Mauá, por esta
regulamento. [Ver neste livro o decreto citado.] (incluída, Rua do Acre (incluída), Avenida Marechal
....................................................................... Floriano (incluída), da Rua do Acre até a Praça
Duque de Caxias, por esta (incluída apenas a face
ANEXO 1 entre a Avenida Marechal Floriano e a Avenida
Presidente Vargas), Praça da República (incluído
DELIMITAÇÃO DA ÁREA CENTRAL 1 (AC-1) apenas o lado par, entre a Avenida Presidente Var-
gas e a Rua Visconde do Rio Branco), Rua Visconde
Área limitada pela Rua do Riachuelo (incluída, do Rio Branco (incluída), da Praça da República até
exceto o trecho ímpar, do n.º 415 até a Rua Frei a Rua do Lavradio, por esta (incluída), da Rua Vis-
Caneca, que pertence à zona especial ZE-8), da Rua conde do Rio Branco até a Rua do Riachuelo, por
do Lavradio até a Rua Frei Caneca, Rua Marquês de esta (incluída), da Rua do Lavradio até a Avenida
Pombal (incluído apenas o lado ímpar), da Rua Frei Mem de Sá, por esta (incluída), da Rua do Ria-
Caneca até a Rua Benedito Hipólito, por esta (inclu- chuelo até a Rua Visconde de Maranguape, por
ído apenas o lado ímpar), da Rua Marquês de Pom- esta (incluída), Rua da Lapa (incluída), até a Rua
bal até a Rua de Santana, por esta (incluíndo ape- da Glória, Largo Paula Cândido e Avenida Augusto
nas o lado ímpar), atravessando a Avenida Severo (excluídas).
Presidente Vargas, até a Rua General Pedra, pelo
tronco principal da Estrada de Ferro Central do Bra- ANEXO 3
sil, pela Rua Alfredo Dolabela Portela (excluída), do
leito da Estrada de Ferro Central do Brasil até a Rua DELIMITAÇÃO DA ZONA INDUSTRIAL 1 (ZI-1)
Barão de São Félix, por esta (incluída), Praça dos
Estivadores (incluída), Rua Camerino (incluída), da Área limitada pela Rua Monsenhor Manuel
Praça dos Estivadores até a Rua Senador Pompeu, Gomes (incluído apenas o lado ímpar), da Avenida
por esta (incluída), da Rua Camerino até a Rua da Brasil até a Rua General Sampaio, por esta (incluí-
Conceição, por esta (incluída), da Rua Senador do apenas o lado ímpar), Rua Carlos Seidl (incluído
Pompeu até a Rua Júlia Lopes de Almeida, por esta apenas o lado ímpar), da Rua General Sampaio até
(incluída), Rua dos Andradas (incluída), da Rua Júlia o cais existente; daí, pela orla marítima, até a
Lopes de Almeida até a Rua Leandro Martins, por desembocadura do rio Irajá; segue a canalização
esta (incluída), da Rua dos Andradas até a Rua do deste, projetada, atravessa a Avenida Brasil, pela
Acre, Avenida Marechal Floriano (excluída), da Rua Avenida Schultz Wenk (incluído apenas o lado
do Acre até a Praça Duque de Caxias, por esta (ex- par), da Avenida Brasil até a Avenida Antenor Na-
cluída a face entre a Avenida Marechal Floriano e a varro, por esta (incluída), da Avenida Schultz
Avenida Presidente Vargas), Praça da República Wenk até a Rua Patu, por esta (incluída), Rua Ja-
(excluída o lado par entre a Avenida Presidente pegoá (incluída), da Rua Patu até a Rua Mojacá,
Vargas e a Rua Visconde do Rio Branco), Rua Vis- por esta (incluída), Rua Marari (incluída), da Rua
conde do Rio Branco (excluída), da Praça da Repú- Mojacá até a Rua Taborari, por esta (incluída), da
blica até a Rua do Lavradio, por esta (excluída), da Rua Marari até a Rua Ourique, por esta (incluída),
Rua Visconde do Rio Branco até a Rua do Riachuelo. da Rua Taborari até a Rua Tiboim, por esta (incluí-
da), até a Rua Piriá, por esta (incluída), até a Ave-
ANEXO 2 nida Arapogi, por esta (incluído apenas o lado par),
da Rua Piriá até a Rua Enes Filho, por esta (incluí-
DELIMITAÇÃO DA ÁREA CENTRAL 2 (AC-2) da), Avenida Lobo Júnior (incluída), da Rua Enes
Filho até a Rua Guaianases, por esta (incluída),
Área limitada pela Avenida Augusto Severo Rua Nicarágua (incluída), da Rua Santiago até a
(excluída), da Rua da Glória e Largo Paulo Cândido Rua Conde de Agrolongo, por esta (incluída), da

238
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Rua Nicarágua até a Rua Quito, por esta (incluída), do), Rua São Luís Gonzaga (excluída), do Largo de
da Rua Conde de Agrolongo até a Rua Afonso Ri- Benfica até a Rua Prefeito Olímpio de Melo, por
beiro, por esta (incluída), da Rua Quito até a Rua esta (excluída), da Rua São Luís Gonzaga até a
Comandante Vergueiro da Cruz, por esta (incluí- Avenida Brasil, por esta (excluída), da Rua Prefeito
da), da Rua Afonso Ribeiro até a Rua 12 (não re- Olímpio de Melo até a Rua Monsenhor Manuel Go-
conhecida), por esta (excluída), Rua 13 (não reco- mes. [Limites modificados de acordo com o Decre-
nhecida) (excluída), até a Rua Comandante to n.º 5.345, de 23/9/1985.]
Vergueiro da Cruz, por esta (incluída), da Rua 13 Área limitada pelo leito da Estrada de Ferro
(não reconhecida) até a Rua Nair, por esta (incluí- Leopoldina, entre a Rua Piancó e a Avenida dos
da), Rua Carlina (incluída), da Rua Nair até a Rua Democráticos, incluindo trecho da Rua Uranos, Rua
Doutor Alfredo Barcelos, por esta (incluída), da Piancó (incluída), da Rua Uranos até a Rua Tanga-
Rua Carlina até a Rua Noêmia Nunes, Praça Man- rá, por esta (incluída), da Rua Piancó até a Rua
chester (incluída), Rua Noêmia Nunes (incluída), Piumbi, por esta (incluída), da Rua Tangará até a
da Praça Manchester até a Estrada Engenho da Rua Sabaúna, por esta (incluída), da Rua Piumbi
Pedra, por esta (incluída), da Rua Noêmia Nunes até a Rua Joana Fontoura, por esta (excluída), da
até a Rua Barreiros, por esta (excluída), da Estra- Rua Sabaúna até a Rua Capuçara, por esta (excluída),
da Engenho da Pedra até a Avenida Teixeira de da Rua Joana Fontoura até a Rua Arapá, por esta
Castro, por esta (incluída), da Rua Barreiros até a (incluída), Estrada de Itararé (incluída), da Rua
Praça Bonsucesso (excluída), Rua Bonsucesso (ex- Arapá até a Avenida Itaoca, por esta (incluída), da
cluída), da Praça Bonsucesso até a Avenida Gui- Estrada de Itararé até a Estrada Velha da Pavuna,
lherme Maxwell, por esta (excluída), da Rua Bon- por esta (incluída), da Avenida Itaoca até a Rua
sucesso até a Avenida Bruxelas, por esta Macedo Costa, por esta (incluído apenas o lado
(excluída), da Avenida Guilherme Maxwell até a ímpar), Avenida Automóvel Clube (incluída), da
Avenida Londres, por esta (excluída), da Avenida Rua Macedo Costa até a Rua José dos Reis, por
Bruxelas até a Praça das Nações, por esta (excluí- esta (incluída), da Avenida Automóvel Clube e até
da), da Praça das Nações, pelo leito da Estrada de a via férrea, por esta até a Rua Álvaro Miranda,
Ferro Leopoldina, até a confluência da Rua Uranos por esta (incluída), da via férrea até a Avenida
com a Rua Humboldt, por esta (incluída), Avenida Suburbana, por esta (incluída), da Rua Álvaro Mi-
dos Democráticos (incluído apenas o lado par), da randa até a Rua José dos Reis, por esta (incluída)
Rua Humboldt até a Rua José Rubino, por esta da Avenida Suburbana até o leito da Estrada de
(incluído apenas o lado ímpar), da Avenida dos Ferro Central do Brasil, por este até a Rua Doutor
Democráticos até a Avenida Suburbana, por esta Padilha, por esta (excluída), até a Rua Piauí, por
(incluído apenas o lado par), da Rua José Rubino esta (excluída), da Rua Doutor Padilha até a Ave-
até a Rua Miguel Ângelo, por esta (incluído apenas nida Suburbana, por esta (incluída), da Rua Piauí
o lado ímpar), da Avenida Suburbana até a Rua até a Rua Cachambi, por esta (incluída), da Aveni-
Álvares de Azevedo, por esta (incluída), da Rua da Suburbana até o leito da via férrea, por este até
Miguel Ângelo até a Rua Aires de Casal, por esta a Rua Cézanne, por esta (excluída), até a Avenida
(incluída), da Rua Álvares de Azevedo até a Rua Suburbana, por esta (incluído apenas o lado par)
Álvaro Seixas, por esta (incluída), da Rua Aires de até a Estrada Velha da Pavuna, por esta (incluído
Casal até a Rua Lino Teixeira, por esta (incluída), apenas o lado ímpar), da Avenida Suburbana até a
da Rua Álvaro Seixas até a Rua Conselheiro Mayrink, Estrada do Timbó, por esta (incluído apenas o lado
por esta (incluída), da Rua Lino Teixeira até a Rua par, da Estrada Velha da Pavuna até o leito do rio
Doutor Garnier, por esta (incluída), da Rua Conse- Faria, e incluída daí até a Avenida Itaoca), por esta
lheiro Mayrink até a Rua Ana Néri, por esta (incluí- (incluída), da Estrada do Timbó até a Avenida dos
da), da Rua Doutor Garnier até a Rua Licínio Car- Democráticos, por esta (incluída), da Avenida Itao-
doso, por esta (incluída), da Rua Ana Néri até o ca até a Rua Uranos. Exclui-se a área acima da
leito da Estrada de Ferro Central do Brasil, por curva de nível de 100m, que pertence à zona es-
este, e depois da Avenida Bartolomeu de Gusmão pecial ZE-1. [Limites modificados de acordo com o
(incluída), até a Rua projetada do projeto aprova- Decreto n.º 2.425, de 17/12/1979.]
do de alinhamento (PAA) n.º 7.805, ligando a Área limitada pela Rua André Rocha (excluí-
Avenida Bartolomeu de Gusmão à Rua São Luis da), da Rua Mapendi até a Estrada do Guerenguê,
Gonzaga, por esta rua projetada (excluída), Rua por esta (incluído apenas o lado ímpar), da Rua
São Luís Gonzaga (excluída), da rua projetada do André Rocha até a Praça São Casimiro, por esta
projeto aprovado de alinhamento (PAA) n.º 7.805 (incluída, com exceção da face entre a Estrada do
até a Rua Ana Néri, por esta (excluída), da Rua Guerenguê e a Estrada do Outeiro Santo), pela
São Luís Gonzaga até o leito da Estrada de Ferro Estrada do Outeiro Santo (incluído apenas o lado
Leopoldina, por este até a Rua Francisco Manuel, par), da Praça São Casimiro até a Estrada da Liga-
por esta (excluída), até o Largo de Benfica (excluí- ção, por esta (incluído apenas o lado ímpar), da

239
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Estrada do Outeiro Santo até a Rua Ipadu, por esta Macedo até a Estrada da Água Grande, por esta
(incluído apenas o lado ímpar), até a Estrada Ro- (incluída) e incluindo a Praça São João Berch-
drigues Caldas, por esta (incluído apenas o lado mans), da Rua Cordovil até a linha de transmissão
ímpar), da Rua Ipadu até a Estrada Mapuá, por Paraíba—Triagem, por esta, da Estrada da Água
esta (incluído apenas o lado par), da Estrada Ro- Grande até a Avenida Brasil, por esta (incluída),
drigues Caldas até 30m depois da Rua Correio do até encontrar a linha de transmissão Paraíba—
Rio; segue pela linha dos fundos dos lotes da qua- Cascadura, por esta, excluindo a Praça Cônego
dra 10 do projeto aprovado de loteamento (PAL) Monteiro, até a Estrada do Portinho, por esta (ex-
n.º 19.663, até alcançar a Estrada Macembu, deste cluída), Avenida Monsenhor Félix (excluída), da
ponto, pela Estrada Macembu (incluído apenas o Estrada do Portinho até a Estrada do Colégio, por
lado ímpar), até a Estrada Rodrigues Caldas, no esta (incluída), Avenida Automóvel Clube (incluído
cruzamento com a Rua Mapendi, por esta (incluído apenas o lado par), da Estrada do Colégio, cruzan-
apenas o lado par), da Estrada Macembu até a do a Avenida Brasil, até a Rua Ender, por esta
Estrada do Guerenguê e Rua André Rocha. (excluída), Rua Ribeyrolles (excluída), cruza a
Lote 1 do projeto aprovado de loteamento Avenida Brasil, pela Rua Bertichen (excluída), Rua
(PAL) n.º 29.618, com frente para a Estrada dos Mambucaba (excluída), da Rua Bertichen até a Rua
Bandeirantes. Imboaçu, por esta (excluída), Avenida dos Italia-
Área compreendida pelos seguintes limites: nos (incluído apenas o lado ímpar), da Rua Imboa-
começa na Estrada do Catonho, lado ímpar, no çu até a Rua Aponiá, por esta (incluído apenas o
cruzamento do alinhamento sul da faixa de servi- lado ímpar), Estrada do Otaviano (incluído apenas
dão de Furnas, segue pelo alinhamento sul da refe- o lado ímpar), da Rua Aponiá até a Rua Leopoldino
rida faixa de servidão, na direção oeste, até um de Oliveira, por esta (incluído apenas o lado ím-
ponto distante 560m da Estrada do Catonho; deste par), da Estrada do Otaviano até a Rua Comandan-
ponto, segue na direção sul, numa extensão de te Fábio Magalhães, por esta (incluída), e continu-
285m, até encontrar a Estrada do Cafundá; deste ando pelo prolongamento do seu eixo, até
ponto, segue na direção sudeste, numa extensão encontrar a via férrea, por esta, em direção a
aproximada de 285m até encontrar a Estrada São Turiaçu, até a Rua das Opalas, por esta (incluido
Gonçalo; deste ponto, segue na direção este até apenas o lado ímpar), da via férrea até a Rua dos
um ponto distante 265m da Estrada São Gonçalo; Diamantes, por esta (incluído apenas o lado par),
deste ponto, segue na direção do ponto de encon- da Rua das Opalas até a Rua Ururaí, por esta (in-
tro da Rua Jordão com a Estrada do Cafundá, nu- cluída), da Rua dos Diamantes até a Rua Guaxindi-
ma extensão de 375m, até encontrar o lado ímpar ba, por esta (incluída), da Rua Ururaí até a Rua
da Estrada do Cafundá, continua pelo lado ímpar José Pitanga, por esta (incluída), da Rua Guaxindi-
desta mesma estrada, até encontrar a Estrada do ba até a Avenida Brasil, por esta (incluída), da Rua
Catonho, seguindo pelo lado ímpar desta estrada, José Pitanga até a Rua Serinhaém, por esta (excluída),
até o ponto inicial. da Avenida Brasil até o prolongamento do eixo da
Área limitada pela Rua Pistóia (incluído apenas Rua Gaspar Adorno; daí, cruzando a via férrea,
o lado par), Avenida Cesário de Melo (incluído pela Rua Gaspar Adorno (incluída), até a Rua Me-
apenas o lado par), da Rua Pistóia até o leito da neses Brum, por esta (incluída), da Rua Gaspar
Estrada de Ferro Central do Brasil; por este, da Adorno até a Rua Leocádio Figueiredo, por esta
Avenida Cesário de Melo até a Rua Pistóia. (incluída), da Rua Meneses Brum até a Avenida
Brasil, por esta (incluída), da Rua Leocádio Figuei-
ANEXO 4 redo até a Rua Marcos de Macedo, por esta (incluí-
da), da Avenida Brasil até a Rua Clodoaldo de Frei-
DELIMITAÇÃO DA ZONA INDUSTRIAL 2 (ZI-2) tas, por esta (incluída), pela Estrada Almirante
Santiago Dantas (incluída), cruza a via férrea; por
Área limitada pelo canal do rio Irajá, atraves- uma linha reta perpendicular à via férrea, até o rio
sando a Avenida Brasil, pela Avenida Schultz Wenk Meriti; pelo leito deste, até a Rua Francisco Mene-
(incluído apenas o lado ímpar), até a Rua Meenga- ses, por esta (incluída), do rio Meriti até a Rua
ba, por esta (incluída), da Avenida Schultz Wenk Desembargador Narcélio de Queirós, por esta (in-
até a Rua Aricambu, por esta (incluída), contorna o cluída), da Rua Francisco de Meneses até a Rua
Trevo das Missões (incluído), Avenida Brasil (incluída), Embaú, por esta (incluída), da Rua Desembargador
do Trevo das Missões até o cruzamento com a Rua Narcélio de Queirós até a Rodovia Presidente Du-
Bulhões Marcial, pela Rua Mundaú (incluída), da tra, por esta (incluída), da Rua Embaú até a divisa
Rua Bulhões Marcial até a Rua Manguaba, por esta do Município do Rio de Janeiro; por esta divisa, da
(incluída), da Rua Mundaú até a Rua Álvaro Mace- Rodovia Presidente Dutra até a Baía de Guanaba-
do, por esta (incluída), da Rua Manguaba até a ra; pela orla marítima, até o canal do rio Irajá.
Rua Cordovil, por esta (incluída), da Rua Álvaro Excluem-se desta área aquelas pertencentes à

240
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
zona residencial ZR-5. da), da Rua Dom Gerardo até a Praça Mauá, por
Avenida Brasil (do canal do rio Irajá até o fi- esta (excluída), Rua Sacadura Cabral (incluída), da
nal). Praça Mauá até a Rua do Livramento, por esta
Área situada a 174m depois do alinhamento (incluída), até a Rua Rivadávia Correia, por esta
do lado ímpar da Rua Embaixador Muniz Gordilho, (incluída), da Rua do Livramento até a Rua da
compreendida pelos seguintes limites; frente para Gamboa, por esta (incluída), da Rua Rivadávia
a Estrada de Ferro Central do Brasil, com Correia ate a Rua da Gamboa, por esta (incluída),
604,78m, 1.014m pela divisa lateral direita, 882m da Rua da Gamboa até a Rua Cardoso Marinho, por
pela divisa lateral esquerda, e 500,70m pela divisa esta (incluída), Rua Santo Cristo (incluída), da Rua
de fundos, conforme descrições no Decreto “E” n.º Cardoso Marinho até a Rua Pedro Alves, por esta
5.359, de 18 de fevereiro de 1972, no Decreto “E” (incluída), Avenida Francisco Bicalho (incluído ape-
n.º 5.904, de 13 de dezembro de 1972, e no De- nas o lado ímpar), da Rua Pedro Alves até a Aveni-
creto “E” n.º 7.133, de 27 de junho de 1974. da Rodrigues Alves, Avenida Brasil (excluída), do
Área situada na Avenida Cesário de Melo a início até a Rua Monsenhor Manuel Gomes, Rua
54m da Rua Capitão Lafay, compreendida pelos Monsenhor Manuel Gomes (incluído apenas o lado
seguintes limites: frente para a Avenida Cesário de par), até a Rua General Sampaio, por esta (incluído
Melo, com 150,7m, 392m pela divisa lateral direi- apenas o lado par) até a Rua Carlos Seidi, por esta
ta, 357,3m pela divisa lateral esquerda, e 140,9m (incluído apenas o lado par), da Rua General Sam-
pela divisa de fundos, acompanhando o limite com paio até o cais existente; daí, pela orla marítima,
a Estrada de Ferro Central do Brasil, conforme até a Praça Quinze de Novembro.
descrição no Decreto “E” n.º 5.359, de 18 de feve- Rua Camerino (trecho entre a Rua Sacadura
reiro de 1972. Cabral e a Praça dos Estivadores).
Área limitada pela Avenida Brasil, Estrada dos
Palmares e Estrada do Campinho, compreendendo ANEXO 6
apenas o lote 1 do projeto aprovado de loteamento
(PAL) n.º 26.724, inclusive as modificações intro- DELIMITAÇÃO DA ZONA TURÍSTICA 1 (ZT-1)
duzidas pelo projeto aprovado de loteamento (PAL)
n.º 31.137, e pelo projeto aprovado de loteamento Área limitada pela Praça Coronel Eugênio
(PAL) n.º 31.571. Franco, Avenida Atlântica, Praça Almirante Júlio de
Área compreendida pelos seguintes limites: da Noronha, Rua Gustavo Sampaio (todas incluídas),
barra do Itaguaí, na foz do rio Itaguaí, limite do da Praça Almirante Júlio de Noronha até a Rua
Município do Rio de Janeiro, segue pelo litoral, Antônio Vieira, por esta (incluída), da Rua Gustavo
margeando a baía de Sepetiba, até a barra do Sampaio até a Avenida Nossa Senhora de Copaca-
Guandu, na foz do canal do Guandu; segue pelo bana, por esta (incluída) até a Rua Siqueira Cam-
canal do Guandu, cortando a vala São Domingos, pos, por esta (incluída), da Avenida Nossa Senhora
até a ponte da Avenida João XXIII, daí pela Aveni- de Copacabana até a Rua Domingos Ferreira, Praça
da João XXIII (incluída), até a Avenida Brasil, por Serzedelo Correia, Rua Domingos Ferreira (incluí-
esta (incluída), da Avenida João XXIII até o seu das), Rua Bolívar (incluída), da Rua Domingos
cruzamento com o canal do Cação Vermelho, por Ferreira até a Rua Aires Saldanha, por esta (incluí-
este, até a sua ponte, na Estrada do Morro do Ar, da), Rua Almirante Gonçalves (incluída), da Rua
por esta (incluída), da ponte sobre o canal do Ca- Aires Saldanha até a Avenida Nossa Senhora de
ção Vermelho até a Estrada do Curtume, por esta Copacabana, por esta (incluída), da Rua Almirante
(incluída), da Estrada do Morro do Ar até a divisa Gonçalves até a Rua Francisco Otaviano, por esta
do Município do Rio de Janeiro; de tal ponto, pelo (incluída), da Avenida Nossa Senhora de Copaca-
rio Itaguaí, até sua foz, na barra do Itaguaí. bana até a Avenida Atlântica.
Rua Francisco Otaviano.
ANEXO 5 Rua Francisco Bhering.
Área limitada pela Avenida Vieira Souto (incluída
DELIMITAÇÃO DA ZONA PORTUÁRIA (ZP) em toda a sua extensão), Rua Gomes Carneiro
(incluída), da Avenida Vieira Souto até a Rua Pru-
Área limitada pela Avenida Alfredo Agache dente de Morais, por esta (incluído apenas o lado
(excluída), desde a Praça Quinze de Novembro ímpar), Avenida General San Martín (incluído ape-
(incluída a parte entre a Avenida Alfredo Agache e nas o lado ímpar), Avenida Visconde de Albuquer-
o mar) até a Rua Visconde de Itaboraí, por esta que (incluído apenas o lado par, entre a Avenida
(excluída), Praça Barão de Ladário (excluída), Rua Delfim Moreira e a Avenida General San Martín),
Primeiro de Março (excluída), da Praça Barão de Praça Ataualpa (incluída), e Avenida Delfim Morei-
Ladário até o fim, Ladeira de São Bento e Rua Dom ra (incluída em toda a sua extensão).
Gerardo (excluídas), Avenida Rio Branco (excluí- Avenida Epitácio Pessoa (acompanhando o ca-

241
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
nal e a Lagoa Rodrigo de Freitas, da Avenida Vieira Praia da Bica até a servidão de passagem que liga
Souto até a Rua Montenegro). a Rua Uçá aos viradouros das Ruas Etelvino Santos
Avenida Borges de Medeiros (acompanhando o e Djalma Pontes Nogueira, por esta servidão de
canal e a Lagoa Rodrigo de Freitas, da Avenida passagem (excluída), pela Rua Djalma Pontes No-
Delfim Moreira até a Rua Professor Abelardo Lobo). gueira (excluída), do seu viradouro até a Rua Mati-
Avenida Niemeyer. as Antônio dos Santos, por esta (excluída), até a
Área limitada pela Avenida Niemeyer (incluí- Rua Ituá; do viradouro no fim da Rua Ituá, por
da), da Avenida Prefeito Mendes de Morais até a uma linha reta, até o viradouro no fim da Rua Ál-
Estrada da Gávea, por esta (incluído apenas o lado varo Dias (excluída); deste viradouro, pelos limites
ímpar), do Largo da Macumba até o fim. Estrada da quadra 80 do projeto aprovado (PA) n.º
do Joá (incluído apenas o lado ímpar), do início até 9.148/30.302 (excluindo esta quadra), até a Rua
a Rua Jornalista Costa Rego; daí, pelo alinhamento 85 (atual Rua Orestes Barbosa) do mesmo projeto
do projeto aprovado (PA) n.º 8.795 (DER), até a aprovado (PA), por esta (excluída), até a Rua 87,
Avenida Prefeito Mendes de Morais, e, por esta (incluí- por esta (excluída), Rua 92 (excluída) e pela rua
da), até a Avenida Niemeyer. Exclui-se desta área a projetada do projeto aprovado (PA) n.º 9.313 (ex-
quadra do projeto aprovado (PA) n.º 9.411-31.911, cluída), até o limite da área sob jurisdição militar,
em que se encontra o Gávea Golfe Clube, e que por este limite até a Praia do Engenho Velho, por
está incluída em ZR-1. esta e pela Praia da Bica, até a Estrada da Bica.
Área limitada pela Estrada da Barra de Guara- Área limitada pela Rua Piemonte (incluído
tiba (incluído apenas o lado ímpar), da confluência apenas o lado ímpar), Rua Belchior da Fonseca
com a Estrada do Grumari até a barra de Guarati- (incluído apenas o lado par), da Rua Piemonte até
ba; daí, pela orla marítima, passando pela praia da a Estrada da Pedra, por esta (excluída), da Rua
barra de Guaratiba e ponto do Picão, até o limite Belchior da Fonseca até a Estrada do Piaí, por esta
da zona especial ZE-6; por este limite, até a curva (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada da Pe-
de nível de 100m do morro de Guaratiba, por esta dra até a Estrada São Tarcísio, por esta (incluido
curva de nível, seguindo a encosta voltada para apenas o lado par), da Estrada do Piaí até o logra-
Guaratiba, até encontrar a Estrada do Grumari, por douro (não reconhecido) que vai ter ao fim da
esta (excluída); do encontro com a curva de nível Praia do Cardo, por este logradouro (não reconhe-
de 100m, até a Estrada da Barra de Guaratiba. cido) (excluído) até a Praia do Cardo, por esta
Área limitada pela Rua Ferreira Viana (incluí- (incluída) até a Rua Engenheiro Matuchelli, por
da), da Praia do Flamengo até a Rua do Catete; esta (excluída), Rua Nunes (incluída), da Rua En-
por esta (excluída, da Rua Ferreira Viana até a Rua genheiro Matuchelli até a Rua Major Soledade Ne-
Barão de Guaratiba, e incluído apenas o lado ím- ves, por esta (incluída), da Rua Nunes até a Rua
par, da Rua Barão de Guaratiba até o seu início), Coronel Respício do Espírito Santo, por esta (incluída),
Largo da Glória (incluído), Rua do Russel (incluí- da Rua Major Soledade Neves até a Rua Doutor
da), Praia do Flamengo (incluída), do seu início até João Machado, por esta (excluída); daí, por um
a Rua Ferreira Viana. Exclui-se a área que abrange segmento de reta, até a Travessa Florentino, por
a parte do Outeiro da Glória pertencente à zona esta (excluída), Estrada São Tarcísio (excluída), da
residencial 2 (ZR-2). [Limites acrescentados a Travessa Florentino até a Rua 19 (não reconheci-
este anexo pelo Decreto n.º 3.155, de 21/7/1981.] da), por esta (excluída), Rua General Castro (ex-
cluída), da Rua 19 (não reconhecida) até a Rua 23,
ANEXO 7 por esta (excluída), Rua Maria Luísa (excluída), da
Rua 23 até a Rua dos Lavradores, por esta (excluí-
DELIMITAÇÃO DA ZONA TURÍSTICA 2 (ZT-2) da), da Rua Maria Luísa até a Rua da Floresta, por
esta (excluída), da Rua dos Lavradores até a Es-
Área limitada pela Praia da Guanabara (incluí- trada de Sepetiba, por esta (incluída), da Rua da
da), desde a Rua Chapot Prévost até a Rua Teotô- Floresta até a Praia de Sepetiba, por esta (incluí-
nio Freire, por esta (incluída), Estrada do Quilombo da), da Estrada de Sepetiba e incluindo a Praça
(incluída), da Rua Teotônio Freire, até a Rua Co- Washington Luís, até o caminho (não reconhecido)
mendador Bastos, por esta (incluída), passando que circunda o morro de Sepetiba, por este cami-
pela Praça Calcutá (incluída), pela Avenida Parana- nho (não reconhecido) (incluído) até a Estrada da
puã (incluída), Rua Chapot Prévost (incluída), até a Base Aérea de Santa Cruz, por esta até o canal do
Praia da Guanabara. Pau da Flecha; deste ponto, pelo canal, até o lito-
Área limitada pela Estrada da Bica (incluída), ral, e daí, pela orla marítima, passando pela Praia
da Praia da Bica até a Rua Ipiru, por esta (incluí- de Sepetiba, ponto do Piaí, Praia do Recôncavo,
da), da Estrada da Bica até a Praia da Bica, por ponta do Ipiranga, Praia do Cardo, saco do Piaí,
esta (incluída e incluindo a Praça Jerusalém), da Ponta Grossa, Praia da Pedra até a confluência da
Rua Ipiru até a Rua Uçá, por esta (excluída), da Rua Barros Alarcão com a Rua Piemonte.

242
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ANEXO 8 (incluindo apenas o lado voltado para a Estrada do
Joá, conforme indicado no projeto aprovado (PA)
DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 1 (ZR-1) n.º 9.411/31.911); pela Estrada do Joá (incluído
apenas o lado par), da Rua Jornalista Costa Rego
Área limitada pela Rua Jardim Botânico (incluído até a Estrada da Gávea, por esta (incluído apenas
apenas o lado par), entre a Rua Benjamim Batista o lado par) até o Largo da Macumba, Avenida Nie-
e a Rua J. Carlos, Rua J. Carlos (excluída, até a meyer (excluída), do início da Avenida Niemeyer,
Praça dos Jacarandás, e incluída, daí até o fim), por uma linha reta, até o final da Rua Aperana, por
Praça dos Jacarandás (excluída), Rua Maria Angéli- esta (excluída) até a Rua Igarapava, por esta (ex-
ca (incluída), da Rua J. Carlos até a Rua Eurico cluída), Rua Sambaíba (excluída), Rua Timóteo da
Cruz, por esta (incluída), até a Rua Ministro Artur Costa (excluída), Avenida Visconde de Albuquer-
Ribeiro, por esta (incluída), Rua Pio Correia e Rua que (incluindo apenas o lado ímpar), da Rua Timó-
Frei Veloso (excluídas), Rua Humaitá (excluída), da teo da Costa até a Avenida Padre Leonel Franca,
Rua Frei Veloso até a Rua Miguel Pereira, por esta por esta (incluído apenas o lado ímpar), pela Auto-
(excluída), da Rua Humaitá até a confluência com estrada Lagoa—Barra (incluindo apenas o lado
a Rua Embaixador Morgan; daí, por uma linha re- voltado para a encosta), até encontrar o prolon-
ta, até a confluência da Rua Maria Eugênia com a gamento do lado par da Travessa Madre Jacinta,
Rua Vitório da Costa; desta confluência, por uma por este prolongamento e pela Travessa Madre
linha reta, até o ponto mais próximo da curva de Jacinta (incluída) até a Rua Marquês de São Vicen-
nível de 20m, contornando o Corcovado e o pico de te, por esta (incluido apenas o lado par, da Traves-
Dona Marta até encontrar a Rua Pinheiro Machado, sa Madre Jacinta até a Rua Duque Estrada, e ex-
por esta (excluída), até encontrar a curva de nível cluída, entre a Rua Duque Estrada e a Praça
de 40m, por esta curva de nível até encontrar a Santos Dumont), pela Praça Santos Dumont (ex-
Rua Cardoso Júnior, por esta (excluída), até a Rua cluída), Rua Orsina da Fonseca (incluído apenas o
Professor Luís Catanhede, por esta (excluída), até lado ímpar), Rua Major Rubens Vaz (incluído ape-
a Rua Belisário Távora, por esta (excluída) até nas o lado par), da Rua Orsina da Fonseca até a
encontrar a curva de nível de 40m, por esta, até Rua Jardim Botânico, por esta (incluído apenas o
encontrar o prolongamento da Rua Alegrete, por lado par), da Rua Major Rubens Vaz até a Rua
este prolongamento e pela Rua Alegrete (incluída), Pacheco Leão, por esta (incluído apenas o lado
até a Rua das Laranjeiras, por esta (excluída), da ímpar) até a Rua Visconde de Carandaí, por esta
Rua Alegrete até a Rua Alice, por esta (excluída, (excluída), Rua Lopes Quintas (excluída), da Rua
da Rua das Laranjeiras até 100metros deste logra- Visconde de Carandaí até a Rua Corcovado, por
douro e incluída daí até encontrar a curva de nível esta (incluído apenas o lado par), da Rua Lopes
de 50m), por esta curva de nível até encontrar a Quintas até o seu início; daí, por uma linha reta,
Rua Alfredo Modrach, [Redação do Decreto n.º até o fim da Rua Faro, por esta (excluída) até a
2.638/80: “... subindo até encontrar a curva de Rua Itaipava, por esta (excluída) até a Rua Benja-
nível de 50m, por esta até encontrar a Rua Enge- mim Batista, por esta (excluída) até a Rua Jardim
nheiro Alfredo Modrach, por esta (incluída) até a Botânico. Excluem-se desta zona a área da zona
Rua Pereira da Silva, por esta (incluída) da Rua residencial 1 (ZR-1), pertencente à zona especial 3
Engenheiro Alfredo Modrach e da Rua Doutor João (ZE-3), as Ruas Professor Brandão Filho, Alberto
Coqueiro até o final; pela Rua Doutor João Coquei- Rangel e Alberto Faria e a área de propriedade da
ro (incluída), Rua General Mariante (incluída) ...”]; CEHAB/RJ, localizada no terreno do Conjunto Habi-
da confluência da Rua General Mariante com a Rua tacional São Vicente, de forma trapezoidal com as
Paulo César de Andrade; por uma linha reta, até o dimensões de 77m (setenta e sete metros), 42m
ponto mais próximo da curva de nível de 100m; (quarenta e dois metros), 108m (cento e oito me-
por esta curva de nível, contornando o morro de tros), 54m (cinqüenta e quatro metros) e superfí-
Nova Sintra, morro dos Prazeres, pico de Dona cie de 3.888m2 (três mil e oitocentos e oitenta e
Marta, Corcovado, pedra Dois Irmãos, morro do oito metros quadrados), que pertencem à zona
Cochrane e pedra da Gávea, até o ponto mais pró- residencial 2 (ZR-2), a área integrante do “cam-
ximo da confluência da Estrada do Joá com a Es- pus” da Pontifícia Universidade Católica, a Rua das
trada Sorimã; deste ponto, por uma linha reta, até Laranjeiras (entre as Ruas Alegrete e Almirante
a referida confluência, e daí, pela Estrada do Joá Salgado e a Rua Cosme Velho) e a Rua Cosme
(excluída), até a Praça Desembargador Araújo Velho (entre a Rua das Laranjeiras e a Rua Efigê-
Jorge (excluída); daí, pela orla da lagoa da Tijuca, nio de Sales) que pertencem à zona residencial 3
até o litoral, e, acompanhando a orla marítima, (ZR-3). [Limites modificados pelos Decretos ns.
contornando o promontório do Joá, até o fim da 2.542, de 26/3/1980, 2.638, de 28/5/1980, 2.735,
Avenida Prefeito Mendes de Morais, pelo alinha- de 20/8/1980, 2.918, de 5/12/1980, 2.831, de
mento do projeto aprovado (PA) n.º 8.705 (DER) 21/10/1980 e 5.050 de 23/4/1985.]

243
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Rua Ribeiro de Almeida. [Incluída em ZR-1 ANEXO 9
pelo Decreto n.º 2.638, de 28/5/1980.]
Quadra do projeto aprovado (PA) n.º 9.411/31.911, DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 2
em que se encontra o Gávea Golfe Clube. (ZR-2)
Travessa Cesira Perrone.
Área limitada pela Rua J. Carlos (incluída, do
Área limitada pela Estrada do Bananal (incluí-
início até a Praça dos Jacarandás, e excluída, daí
da), da Estrada dos Três Rios até a Estrada Ura-
até o fim), Praça dos Jacarandás (incluída), Rua
çanga; da confluência desta com a Estrada do Ba-
Maria Angélica (excluída), da Rua J. Carlos até a
nanal, por uma linha reta de rumo leste, até o seu
Rua Eurico Cruz, por esta (excluída), da Rua Maria
encontro com a curva de nível de 100m, por esta,
Angélica até a Rua Ministro Artur Ribeiro, por esta
contornando a pedra de São Francisco e a serra
(excluída), Rua Pio Correia (incluída), Rua Frei
dos Pretos Forros, até o seu ponto mais próximo
Veloso (incluída), até a Rua Humaitá (excluída), e
da confluência da Estrada do Campo da Areia com
Viaduto Saint-Hilaire, Rua Jardim Botânico (excluí-
a Estrada da Covanca; daí, por uma linha reta, até
da), do Viaduto Saint-Hilarie até a Rua J. Carlos.
a referida confluência; pela Estrada do Campo da
Área limitada pela Rua Redentor (incluída),
Areia (incluída), da Estrada do Covanca até a Rua
Rua Joana Angélica (incluído apenas o lado ímpar),
Camatiá, por esta (incluída), da Estrada do Campo
da Rua Redentor até a Rua Nascimento Silva, por
da Areia até a Estrada do Pau-Ferro, por esta (ex-
esta (incluída), da Rua Joana Angélica até a Rua
cluída, da Rua Camatiá até a Estrada do Capenha,
Montenegro, por esta (incluída), da Rua Nascimen-
incluída, da Estrada do Capenha até a Rua Gemini-
to Silva até a Rua Barão da Torre, por esta (excluí-
ano de Góis, e incluído apenas o lado ímpar, da
da), da Rua Montenegro até a Rua Antônio Parrei-
Rua Geminiano de Góis até a Rua Joaquim Pinhei-
ras, por esta (excluída), Rua Bulhões de Carvalho
ros), pela Rua Joaquim Pinheiro (incluído apenas o
(excluída), da Rua Antônio Parreiras até a Rua Sá
lado par), Rua Geminiano de Góis (incluída), da
Ferreira, por esta (excluída), da Rua Bulhões de
Rua Araguaia até a Estrada dos Três Rios, por esta
Carvalho até a Avenida Nossa Senhora de Copaca-
(incluída), da Rua Geminiano de Góis até a Estrada
bana, por esta (excluída), da Rua Sá Ferreira até a
do Bananal.
Rua Djalma Ulrich, por esta (excluída), da Avenida
Área limitada pela Estrada do Engenho Velho
Nossa Senhora de Copacabana até a Rua Barata
(incluído apenas o lado par), entre a Estrada do
Ribeiro, por esta (excluída), da boca do Túnel Pre-
Boiúna e a Estrada do Cafundá; da confluência da
feito Sá Freire Alvim até a Rua Miguel Lemos, por
Estrada do Engenho Velho com a Estrada do Ca-
esta (excluída), da Rua Barata Ribeiro até a Praça
fundá, por uma linha reta, até o ponto mais próxi-
Eugênio Jardim, por esta (excluída), Rua Pompeu
mo da curva de nível de 100m, por esta, contor-
Loureiro (excluída), por uma linha acompanhando
nando o morro da Caixa-d’Água, serra do Barata,
o Túnel Major Vaz, até a Rua Toneleros, por esta
morro do Pau da Fome e pedra Grande, até o pon-
(excluída) até a Rua Santa Clara, por esta (excluí-
to em que esta curva de nível é interceptada pelo
da), da Rua Toneleros até a Rua Henrique Oswald,
prolongamento, no rumo oeste, do alinhamento da
por esta (excluída) até a Praça Vereador Rocha
Rua André Rocha; por este prolongamento e pela
Leão, por esta (excluída), Rua Siqueira Campos
Rua André Rocha (excluída), até a Estrada do Gue-
(excluída), até a Rua Toneleros, por esta (excluí-
renguê, por esta (incluído apenas o lado par), da
da), da Rua Siqueira Campos até a Praça Cardeal
Rua André Rocha até a Praça São Casimiro, por
Arcoverde, por esta (excluída), Rua Barata Ribeiro
esta (incluída apenas a face entre a Estrada do
(excluída), da Praça Cardeal Arcoverde até a Rua
Guerenguê e a Estrada do Outeiro Santo), pela
Belford Roxo, por esta (excluída), da Rua Barata
Estrada do Outeiro Santo (incluído apenas o lado
Ribeiro até a Rua Felipe de Oliveira, por esta (exclu-
ímpar), Estrada da Ligação (incluído apenas o lado
ída), Praça Demétrio Ribeiro (excluída), Avenida Prin-
par), da Estrada do Outeiro Santo até a Estrada do
cesa Isabel (excluída), até as bocas dos Túneis
Rio Grande, por esta (incluído apenas o lado par), da
Engenheiro Marques Porto e Engenheiro Coelho
Estrada da Ligação até a Estrada Curumaú, por
Sintra, da Avenida Princesa Isabel, por uma linha
esta (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada do
reta perpendicular ao alinhamento da Rua Roberto
Rio Grande até a Estrada do Boiúna, por esta (in-
Dias Lopes, até encontrar o fim desta, Rua Roberto
cluído apenas o lado par), da Estrada do Curumaú
Dias Lopes (excluída), Avenida Nossa Senhora de
até a Estrada do Engenho Velho. Excluem-se desta
Copacabana (excluída), da Rua Roberto Dias Lopes
área aquelas acima da curva de nível de 100m,
até a Rua Antônio Vieira, por esta (excluída) até a
que pertencem à zona especial 1 (ZE-1).
Rua Gustavo Sampaio, por esta (excluída), da Rua
Área acima da curva de nível de 20m do Morro
Antônio Vieira até a Praça Almirante Júlio Noronha
Azul, Rua Doutor Sousa Lopes, Rua Marechal Bento
(também excluída); daí, por uma linha reta, até o
Manuel.
ponto mais próximo da curva de nível de 100m;

244
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
por esta curva de nível, contornando o morro da apenas o lado ímpar), Avenida Padre Leonel Franca
Babilônia, até encontrar a Rua General Cardoso de (incluído apenas o lado par), da Avenida Rodrigo
Aguiar, por esta (incluída) até encontrar a Rua Otávio até a Rua Vice-Governador Rubens Bernar-
General Francisco José Pinto por esta (incluída) até do, por esta (incluído apenas o lado ímpar), Rua
encontrar a Rua General Cardoso de Aguiar, por Marquês de São Vicente (incluído apenas o lado
esta (incluída) até cruzar a Ladeira do Leme, por par), da Rua Duque Estrada até a Rua Vice-Governador
esta (incluída) até a Avenida Carlos Peixoto por Rubens Bernardo e (incluída) da Rua Vice-
esta (excluída), da Ladeira do Leme até a Avenida Governador Rubens Berardo até a Praça Santos
Lauro Sodré, por esta (excluída), da Avenida Car- Dumont. [Limite acrescentado a este anexo pelo
los Peixoto até a Rua General Góis Monteiro, por Decreto n.º 2.735, de 20/8/1980.]
esta (excluída), Rua Álvaro Ramos (excluída); do Área limitada pela Avenida Visconde de Albu-
fim da Rua Álvaro Ramos, por uma linha reta, até querque (incluído apenas o lado ímpar e incluída
o ponto mais próximo da curva de nível de 100m; também a Praça Rubén Darío), entre a Avenida
por esta curva de nível, contornando o morro de Delfim Moreira e a Rua Timóteo da Costa, por esta
São João, até o ponto mais próximo da confluência (incluída), Rua Sambaíba (incluída), até a Rua
da Ladeira dos Tabajaras com a Rua Euclides da Igarapava, por esta (incluída), da Rua Sambaíba
Rocha; deste ponto, por uma linha reta, até a refe- até a Rua Aperana, por esta (incluída), da Rua
rida confluência; daí, por uma linha reta, até o Igarapava até o seu fim; daí, por uma linha reta,
ponto mais próximo da curva de nível de 100m do até a confluência da Avenida Visconde de Albu-
morro da Saudade; por esta curva de nível, con- querque com a Avenida Delfim Moreira e Avenida
tornando o morro da Saudade e o morro dos Ca- Niemeyer.
britos, até encontrar uma linha reta em prolonga- Quadras compreendidas pela Rua Gilberto
mento à Rua Macedo Sobrinho; por esta linha reta Cardoso, Rua Fadel-Fadel, Rua Humberto de Cam-
até o final da Rua Macedo Sobrinho, por esta (ex- pos e Rua Afrânio de Melo Franco.
cluída), Rua Humaitá (excluída), da Rua Macedo Rua Professor Brandão Filho.
Sobrinho até a Rua Fonte da Saudade, por esta Rua Alberto de Faria.
(excluída), Avenida Epitácio Pessoa (incluída, da Rua Alberto Rangel.
Rua Fonte da Saudade até a confluência com a Rua Rua Cosme Velho (do viaduto que une os dois
Montenegro, e excluída, daí até a Rua Redentor). trechos do Túnel Rebouças até a Rua Smith de
Não são incluídas as áreas acima da curva de nível Vasconcelos).
de 100m, que pertencem à zona especial 1 (ZE-1). Área limitada pela Rua das Laranjeiras (excluí-
[Limites modificados de acordo com o Decreto n.º da), das Ruas Alegrete e Almirante Salgado até a
1.192, de 1/12/1978.] Rua Sebastião de Lacerda; Praça David Ben-Gurion
Área limitada pela Avenida Nossa Senhora de (excluída); Rua Sebastião Lacerda (excluída), Rua
Copacabana (excluída), da Rua Inhangá até a Rua das Laranjeiras até o n.º 30 da Rua Sebastião de
Rodolfo Dantas, por esta (excluída), da Avenida Lacerda; por esta (incluído apenas o lado par), do
Nossa Senhora de Copacabana até a Rua Barata n.º 30 até a Rua Leite Leal; por esta (excluída), da
Ribeiro, por esta (excluída), da Rua Rodolfo Dantas Rua Sebastião de Lacerda até a Rua das Laranjei-
até a Rua Inhangá, por esta (excluída). ras e o Largo Professor Saul Borges Carneiro; por
Área limitada pela Rua Santa Clara (excluída), este (excluído), pela Rua das Laranjeiras (excluí-
da Rua Toneleros até a Rua Henrique Oswald, por da), da Rua Leite Leal até a Rua Pinheiro Machado;
esta (excluída), Praça Vereador Rocha Leão (excluída), por esta (incluído apenas o lado par), da Rua das
Rua Siqueira Campos (excluída), da Praça Verea- Laranjeiras até a Travessa Pinto da Rocha; por
dor Rocha Leão até a Rua Capelão Álvares da Sil- esta (incluída), do final da Travessa Pinto da Ro-
va, por esta (excluída), Rua Anita Garibaldi (exclu- cha, por uma linha reta perpendicular ao seu ali-
ída), da Rua Capelão Álvares da Silva até a Rua nhamento, até encontrar a Rua Coelho Neto; por
Toneleros, por esta (excluída), da Rua Anita Gari- esta (incluída) até a Rua Ipiranga; por esta (excluída),
baldi até a Rua Santa Clara. da Rua Coelho Neto até a Rua São Salvador; por
Área limitada pela Praça Santos Dumont (in- esta (excluída), da Rua Ipiranga até a Praça São
cluído apenas o lado par), da Rua Major Rubens Salvador; por esta (incluída), Rua Esteves Júnior
Vaz até a Rua Orsina da Fonseca, por esta (incluí- (excluída), da Praça São Salvador até a Rua Conde
do apenas o lado par), Rua Major Rubens Vaz (in- de Baependi; por esta (excluída), da Rua Esteves
cluído apenas o lado ímpar), da Rua Orsina da Júnior até a Praça José de Alencar; por esta (ex-
Fonseca até a Praça Santos Dumont. [Redação cluída), Rua do Catete (excluída), da Praça José de
dada pelo Decreto n.º 2.735, de 20/08/1980.] Alencar até a Rua Machado de Assis; por esta (ex-
Área limitada pela Praça Santos Dumont (in- cluída), da Rua do Catete até o Beco do Pinheiro;
cluído apenas o lado par), da Rua Orsina da Fonse- por este (excluído), Rua Dois de Dezembro (exclu-
ca até a Avenida Rodrigo Otávio, por esta (incluído ída), do Beco do Pinheiro até a Rua do Catete; por

245
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
esta (excluída), da Rua Dois de Dezembro até a riante até a confluência da Rua Pereira da Silva
Rua Ferreira Viana; por esta (excluída), Praia do com a Rua Engenheiro Alfredo Modrach; Rua En-
Flamengo (incluída), da Rua Ferreira Viana até a genheiro Alfredo Moadrach (excluída), da Rua Pe-
Avenida Rui Barbosa; por esta (incluída), Praia de reira da Silva até encontrar a curva de nível de
Botafogo (incluída), da Avenida Rui Barbosa até a 50m; por esta até encontrar a Rua Alice, por esta
Rua Marquês de Abrantes; por esta (incluída), da (excluída), do encontro com a curva de nível de
Praia de Botafogo até a Rua Clarisse Índio do Bra- 50m até a Rua Márie Portela, por esta (excluída),
sil; por esta (excluída), Rua Jornalista Orlando da Rua Alice, descendo até a Rua Santa Lúcia, por
Dantas (excluída), Rua Farani (excluída) da Rua esta (excluída), pela curva de nível de 50m até a
Jornalista Orlando Dantas até a Rua Fernando Fer- Escadaria Santa Sabina por esta (excluída), até a
rari, por esta (excluída), da Rua Farani até o pro- Rua Senador Pedro Velho, por esta (incluída), da
longamento da Rua Muniz Barreto (PA ns. 8.494 e Escadaria Santa Sabina até o Caminho do Chico,
9.564); por este prolongamento (excluído), da Rua por este (excluído), Rua Cosme Velho (incluída, do
Fernando Ferrari até a Rua Marquês de Olinda; por Caminho do Chico até a Rua Smith de Vasconcelos
esta (excluída), do prolongamento da Rua Muniz e (excluída) da Rua Smith de Vasconcelos até a
Barreto até a Rua Assunção; por esta (excluída), Rua das Laranjeiras), por esta (excluída), até a
da Rua Marquês de Olinda até a Rua Theodor Herzl; Rua Gago Coutinho, por esta (excluída), Largo do
por esta (excluída), Rua Barão de Lucena (excluí- Machado (excluído). Exclui-se desta área a Rua
da), da Rua Theodor Herzl até a Rua São Clemen- Marquesa de Santos, que pertence à zona residen-
te; por esta (excluída), da Rua Barão de Lucena cial 3 (ZR-3). [Redação dada pelo Decreto n.º
até a Rua Humaitá, e o Largo dos Leões (excluído), 5.050, de 23/4/1985.]
Rua Humaitá (excluída), Rua Miguel Pereira (inclu- Área limitada pela Ladeira do Russell (excluí-
ída), da Rua Humaitá até a confluência com a Rua da), Ladeira de Nossa Senhora (excluída), da La-
Embaixador Morgan; daí, por uma linha reta até a deira do Russell até a Ladeira da Glória; por esta
confluência da Rua Maria Eugênia com a Rua Vitó- (excluída), Largo da Glória (excluído), Rua do Ca-
rio da Costa; desta confluência, por uma linha tete (excluída), do Largo da Glória até a Rua Sil-
reta, até o ponto mais próximo da curva de nível veira Martins; por esta (excluída), da Rua do Cate-
de 20m; por esta curva de nível, contornando o te até a Praia do Flamengo, por esta (excluída), da
morro do Corcovado e o Pico de Dona Marta, até Rua Silveira Martins até a Ladeira do Russell. [Re-
encontrar a Rua Pinheiro Machado; por esta (inclu- dação dada pelo Decreto n.º 3.155, de
ída) até encontrar pela segunda vez a curva de 21/7/1981.]
nível de 40m; por esta curva de nível até encon-
trar a Rua Cardoso Júnior; por esta (incluída), até [Decreto n.º 1.912, de 1/12/1989: “Art. 2.º
a Rua Professor Luís Catanhede; por esta (incluí- A Rua Barão de Petrópolis fica excluída da zona
da), Rua Belisário Távora (incluída), da Rua Pro- residencial ZR-2 e incluída na zona residencial
fessor Luís Catanhede até encontrar a curva de ZR-3, alterando-se, respectivamente, os anexos
nível de 40m; por esta curva de nível até encon- 9 e 10 do Regulamento de Zoneamento, aprova-
trar o prolongamento da Rua Alegrete; por este do pelo Decreto n.º 322, de 3 de março de
prolongamento e pela Rua Alegrete (excluída) até 1976.”]
a Rua das Laranjeiras. Excluem-se desta área as
Ruas Marechal Bento Manuel e Doutor Sousa Lopes Área limitada pela Rua Itapiru (excluída), en-
e a área limitada pela curva de nível de 20m do tre a Rua General Galvão e a Rua da Estrela por
morro Azul, pertencentes à zona residencial 1 (ZR- esta (excluída), pela Rua Santa Alexandrina (ex-
1). [Limites modificados pela Lei n.º 434, de cluída), da Rua da Estrela até a Avenida Vital Bra-
27/7/1983.] sil, por esta (excluída) da Rua Santa Alexandrina
Área limitada pela Rua Bento Lisboa (excluí- até a Avenida Paulo de Frontin, por esta (excluí-
da), Rua Pedro Américo (excluída), da Rua Bento da), da Avenida Vital Brasil, até a Praça Condessa
Lisboa até a Rua do Catete, por esta (excluída, da Paulo de Frontin, Rua do Bispo (excluída), da Praça
Rua Bento Lisboa até a Rua Santo Amaro) por esta Condessa Paulo de Frontin, até a Rua Barão de
(excluída), da Rua do Catete até a Rua Pedro Itapagipe, por esta (excluída), da Rua do Bispo até
Américo, por esta (incluída), da Rua Santo Amaro a Rua Valparaíso, por esta (excluída), da Rua Ba-
até a curva de nível de 100m, por esta, contor- rão de Itapagipe até a Rua Conde de Bonfim, por
nando o Morro de Nova Cintra, até o ponto mais esta (excluída), da Rua Valparaíso até a Rua dos
próximo da confluência da Rua Paulo César de Araújos, por esta (excluída), Rua General Roca
Andrade com a Rua General Mariante; deste ponto, (excluído) da Rua dos Araújos até a Rua Bom Pas-
por uma linha reta, até a referida confluência; Rua tor, por esta (excluída), Praça Gabriel Soares
General Mariante (excluída) até a Rua Doutor João (excluída), Rua José Higino (excluída), da Praça
Coqueiro; por esta (excluída), da Rua General Ma- Gabriel Soares até a Rua Andrade Neves, por esta

246
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
(excluída), da Rua José Higino até a Rua Uruguai, cluída) até a confluência com a Rua Conde de Bon-
por esta excluída, da Rua Andrade Neves até a Rua fim e Avenida Édison Passos, por esta (excluída),
Conde de Bonfim, por esta (excluída) da Rua Uru- da Rua Conde de Bonfim até a Rua São Miguel, por
guai até a Estrada Velha da Tijuca, por esta (exclu- esta (excluída), da Avenida Édison Passos até a
ída), até encontrar a curva de nível de 100m, por Rua Canuto Saraiva, por esta (excluída), Rua Amo-
esta, contornando o Morro da Formiga, o Morro roso Costa (excluída), da Rua Canuto Saraiva até a
dos Prazeres até o ponto de encontro com a Rua Rua General Espírito Santo Cardoso, por esta (ex-
Gomes Lopes, por esta (excluída), até o entronca- cluída), Rua Uruguai (excluída), da Rua General
mento com a Rua Cândido de Oliveira, por esta Espírito Santo Cardoso até a Rua Barão de Mesqui-
(incluída), até a Rua Barão de Petrópolis (incluída), ta, por esta (excluída), da Rua Uruguai até a Rua
incluindo a Escadaria Cândido de Oliveira até a Rua Ernesto de Sousa, por esta (excluída), da Rua Ba-
Prefeito João Felipe, por esta (excluída) até encon- rão de Mesquita até a Rua Gastão Penalva, por
trar a curva de nível de 100m, por esta curva até esta (excluída), da Rua Ernesto de Sousa até a
encontrar a Rua Eliseu Visconti, por esta (excluída) Rua Leopoldo, por esta (excluída), da Rua Gastão
até a Rua General Galvão e (incluída) até a Rua Penalva até a Travessa Caminha, por esta (excluí-
Navarro, por esta (incluída) até a Rua Queirós da), Rua Paula Brito (excluída), da Travessa Cami-
Lima, por esta (incluída) até a Rua Itapiru. [Limi- nha até a Rua Rosa e Silva, por esta (excluída),
tes modificados de acordo com o Decreto n.º Rua Bambuí (excluída), da Rua Rosa e Silva até a
5.050, de 23/4/1985.] Rua Borda do Mato, por esta (excluída), da Rua
Área limitada pela Rua Haddock Lobo (excluí- Bambuí até a Rua Gurupi, por esta (excluída), Pra-
da), entre a Rua São Francisco Xavier e a Rua do ça Malvino Reis (excluída), Rua José do Patrocínio
Matoso, por esta (excluída), da Rua Haddock Lobo (excluída), Rua Barão de Bom Retiro (excluída), da
até a Rua Santa Amélia, por esta (excluída), da Rua José do Patrocínio até a Rua Visconde de San-
Rua do Matoso até a Rua Doutor Satamini, por ta Isabel, por esta (excluída), da Rua Barão de
esta (excluída), da Rua Santa Amélia até a Rua Bom Retiro até a Rua Petrocochino, por esta (ex-
São Francisco Xavier, por esta (excluída), da Rua cluída), da Rua Visconde de Santa Isabel até a Rua
Doutor Satamini até a Rua Haddock Lobo. Torres Homem. Não está incluída a área acima da
Área limitada pela Rua Torres Homem (excluí- curva de nível de 60m da serra do Engenho Novo,
da), entre a Rua Petrocochino e a Rua Duque de que pertence à ZE-1.
Caxias, por esta (excluída), Rua Oito de Dezembro Área limitada pela Rua Teodoro da Silva (ex-
(excluída), da Rua Duque de Caxias até a Rua São cluída), entre a Rua Gonzaga Bastos e a Rua Barão
Francisco Xavier, por esta (excluída), da Rua Oito de São Francisco, por esta (excluída), da Rua Teo-
de Dezembro até a Avenida Marechal Rondon, por doro da Silva até a Rua Barão de Vassouras, por
esta (excluída), até a Rua Manuel Miranda, por esta (excluída), Rua Uruguai (excluída), da Rua
esta (excluída), da Avenida Marechal Rondon até a Barão de Vasconcelos até a Rua Juparanã, por esta
Rua Visconde de Santa Cruz, por esta (excluída), (incluída), da Rua Uruguai até a Rua Pontes Ferrei-
da Rua Manuel Miranda até a Rua Barão de Bom ra, por esta (incluída), da Rua Juparanã até a Rua
Retiro, por esta (excluída), da Rua Visconde de Maxwell, por esta (excluída), da Rua Pontes Cor-
Santa Cruz até a Rua Araújo Leitão, por esta (ex- reia até a Rua Gonzaga Bastos, por esta (excluí-
cluída), da Rua Barão de Bom Retiro até a Rua da), da Rua Maxwell até a Rua Teodoro da Silva.
Caimbé, por esta (excluída), Rua Dona Romana Área limitada pela Rua Campos da Paz (excluí-
(excluída), da Rua Caimbé até a Rua Cabuçu, por da), entre a Rua Aristides Lobo e a Rua Azevedo
esta (excluída), da Rua Dona Romana até a Rua Lima, por esta (incluída), da Rua Campos da Paz até
Lins de Vasconcelos, por esta (excluída), da Rua a Rua Ambiré Cavalcante, por esta (incluída), da Rua
Cabuçu até a Rua Hermengarda, por esta (excluí- Azevedo Lima até encontrar a curva de nível de
da), da Rua Lins de Vasconcelos até a Rua Cônego 100m, por esta até encontrar a Rua Major Freitas,
Tobias, por esta (excluída), da Rua Hermengarda por esta (incluída) até a Rua São Roberto, por esta
até a Rua Lopes da Cruz, por esta (excluída), da (excluída), Rua Mai Lacerda (excluída), da Rua São
Rua Cônego Tobias até a Rua Joaquim Méier, por Roberto até a Rua Aristides Lobo, por esta (excluída),
esta (excluída), da Rua Lopes da Cruz até a Rua da Rua Maia Lacerda até a Rua Campos da Paz. Ex-
Carolina Santos, por esta (excluída), da Rua Joa- clui-se desta área a Rua Santos Rodrigues que per-
quim Méier até a Rua Lins de Vasconcelos, por esta tence à zona residencial 5 (ZR-5). [Redação dada
(excluída), da Rua Carolina Santos até a Rua Pedro pelo Decreto n.º 3.087, de 2/6/1981.]
de Carvalho, por esta (excluída), da Rua Lins de Área limitada pela Rua Curupaiti (excluída),
Vasconcelos até o seu fim; do fim da Rua Pedro de Rua Magalhães Couto (excluída), da Rua Curupaiti
Carvalho, por uma linha reta, até o ponto mais até a Rua Dias da Cruz, por esta (excluída), da Rua
próximo da curva de nível de 100m, por esta até Magalhães Couto até a Rua Monsenhor Jerônimo,
encontrar a Estrada Velha da Tijuca, por esta (ex- por esta (excluída), da Rua Dias da Cruz até a Rua

247
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Amaro Cavalcante, por esta (excluída), da Rua Área limitada pela Rua Ipiru (excluída), da
Monsenhor Jerônimo até a Rua Curupaiti. Praia da Bica até a Estrada da Bica, por esta (in-
Área limitada pela Rua Venceslau (excluída), cluída), da Rua Ipiru até a Estrada do Rio Jequiá,
Rua Medina (excluída), da Rua Venceslau até a por esta (excluída), da Estrada da Bica até a Rua
Rua Silva Rabelo, por esta (excluída), da Rua Me- João Dias, por esta (excluída), Rua Raul Deveza
dina até a Rua Santos Titara, por esta (excluída), (excluída), Rua Macari (incluída), da Rua João Dias
até a Rua Magalhães Couto, por esta (excluída), da até a Rua Carmem Miranda, por esta (incluída), da
Rua Santos Titara até a Rua Venceslau. Rua Macari até a Rua Orestes Rosólia, por esta
Área limitada pela Rua Basílio de Brito (incluído (incluída), da Rua Carmem Miranda até a Rua Ge-
apenas o lado ímpar), Rua Miguel Ângelo (incluído neral Mário Hermes, por esta (incluída), Rua Cor-
apenas o lado par), da Rua Basílio de Brito até a reia e Castro (incluída), da Rua General Mário
Travessa Mendes da Silva, por esta (incluído ape- Hermes até a Rua Visconde de São Lourenço, por
nas o lado par), Rua Conde de Azambuja (incluído esta (incluída), Rua Henrique Barbosa de Amorim
apenas o lado ímpar), da Travessa Mendes da Silva (incluída), Rua Breno Guimarães (incluída), da Rua
até a Rua São Gabriel, por esta (incluído apenas o Henrique Barbosa de Amorim, até alcançar a servi-
lado ímpar), da Rua Conde de Azambuja até o leito dão de passagem normal à Rua Bocaiúva, por esta
da estrada de ferro, por este até a Rua Miguel Ân- (excluída), da referida servidão de passagem até a
gelo, por esta (incluído apenas o lado par), do leito Rua Rui Vaz Pinto, por esta (excluída), da Rua
da estrada de ferro até a Avenida Suburbana, por Bocaiúva até a Rua Gregório de Castro Morais, por
esta (incluído apenas o lado par), da Rua Miguel uma servidão de passagem existente (incluída), da
Ângelo até a Rua José Rubino, por esta (incluído Rua Gregório de Castro Morais até a Rua Aureliano
apenas o lado par), Avenida dos Democráticos Pimentel, por esta (incluída), da referida servidão
(incluído apenas o lado ímpar), da Rua José Rubino de passagem até a Rua Gaspar Magalhães, por
até o leito do rio Faria, por este até encontrar a esta (incluída), da Rua Aureliano Pimentel até a
Estrada do Timbó, por esta (incluído apenas o lado Rua Francisco da Costa, por esta (incluída), da Rua
ímpar), do leito do rio Faria até a Estrada Velha da Gaspar Magalhães até a Rua Ituá, por esta (excluída),
Pavuna, por esta (incluído apenas o lado par), da da Rua Francisco da Costa até a Rua Coronel Car-
Estrada do Timbó até a Avenida Suburbana, por los Eiras, por esta (excluída), da Rua Ituá até a
esta (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada Rua Monsenhor Magaldi, por esta (excluída), da
Velha da Pavuna até a Rua Cézanne, por esta (in- Rua Coronel Carlos Eiras até a Rua Raquel Prado,
cluída) até o leito da via férrea, por este até a Rua por esta (excluída), da Rua Monsenhor Magaldi até
Cachambi, por esta (excluída), do leito da via fér- a Rua Jorge Lima, por esta (excluída), da Rua Ra-
rea até a Avenida Suburbana, por esta (incluído quel Prado até a Rua Pinto Alpoim, por esta (exclu-
apenas o lado par), da Rua Cachambi até a Rua ída), da Rua Jorge de Lima até a servidão de pas-
Basílio do Brito. sagem normal à Praia da Bica, por esta servidão
Área limitada pela Estrada da Uruçanga (ex- de passagem (incluída), pela Praia da Bica (excluí-
cluída), Estrada do Bananal (excluída), da Estrada da), da referida servidão de passagem até a Rua
da Uruçanga até a Estrada dos Três Rios, por esta Ipiru.
(excluída), da Estrada do Bananal até a Rua Gemi- Área limitada pela Praia Congonhas do Campo
niano de Góis, por esta (excluída), da Estrada dos (antiga Praia Barão de Capanema) (incluída), Rua
Três Rios até a Rua Araguaia; da confluência da Chapot Prévost (excluída), Avenida Paranapuã
Rua Geminiano de Góis com a Rua Araguaia, por (excluída), da Rua Chapot Prévost até a Praia da
uma linha reta, até o fim da Rua Francisca Sales, Olaria, por esta (incluída), da Avenida Paranapuã
por esta (excluída), Avenida Geremário Dantas até a Praia de Cocotá, por esta (incluída até a Praia
(excluída), da Rua Francisca Sales até a Estrada Congonhas do Campo).
dos Três Rios, por esta (excluída), da Avenida Área limitada pela Avenida Maestro Paulo Silva
Geremário Dantas até a Rua Comandante Rubens (excluída), Estrada do Galeão (excluída), da Ave-
Silva, por esta (incluída), da Estrada dos Três Rios nida Maestro Paulo Silva à Rua Muiatuca, por esta
até a Rua Tirol, por esta (excluída), da Rua Co- (excluída), até a Rua Crundiúba, por esta (excluí-
mandante Rubens Silva até a Estrada de Jacarepa- da), passando pela Praça Urupá (excluída), Rua
guá, por esta (excluída), da Rua Tirol até a Estrada Jaburana (excluída), Rua Uruaçu (excluída), da
da Uruçanga. Rua Jaburana até a Rua Combu, por esta (excluí-
Área limitada pela Rua Joaquim Pinheiro (in- da), da Rua Uruaçu até a Rua Trapiá, por esta
cluído apenas o lado ímpar), Estrada do Pau-Ferro (incluída), da Rua Combu até a Rua Ródano, por
(incluído apenas o lado par), da Rua Joaquim Pi- esta (incluída), da Rua Trapiá até a Rua Capituí,
nheiro até a Rua Geminiano de Góis, por esta (in- Rua Canduá (incluída), da Rua Irlanda até a Rua
cluída), da Estrada do Pau-Ferro até a Rua Joa- Baviera, por esta (excluída), da Rua Canduá até a
quim Pinheiro. Rua Jaime Cabral, por esta (incluída), da Rua Ba-

248
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
viera até a servidão de passagem normal à Rua reconhecida) até a Rua Lutero Vargas, por esta
Artur Maggioli, por esta servidão de passagem (incluída), da Rua Raul Martins até a Rua da Fonte,
(incluída), pela Rua Artur Maggioli (incluída), da por esta (incluída), Rua dos Lavradores (incluída),
referida servidão até a Rua 36-A (não reconheci- da Rua da Fonte até a Estrada São Tarcísio, por
da), por esta (incluída), Rua 42 (não reconhecida) esta (incluída), da Rua dos Lavradores até a rua
(incluída), Rua Sousa Gomes (incluída), Rua Zuri- (não reconhecida), que vai ao fim da Praia do car-
que (incluída), da Rua Sousa Gomes até a Rua Mi- do, por esta rua (não reconhecida), da Estrada São
nho, por esta (incluída), da Rua Zurique até a Rua Tarcísio até a Praia do Cardo, por esta (excluída)
Anajamirim, por esta (incluída), da Rua Minho até até a Rua Engenheiro Matuchelli, por esta (incluí-
a servidão de passagem que liga a Rua Anajamirim da), Rua Nunes (excluída), da Rua Engenheiro
à Rua 76 (não reconhecida), por esta (incluída), da Matuchelli até a Rua Major Soledade Neves, por
referida servidão de passagem (incluída) até a Rua esta (excluída), da Rua Nunes até a Rua Coronel
Manuel Fernandes Branco, por esta (incluída), da Respício do Espírito Santo, por esta (excluída), da
Rua 76 (não reconhecida) até a Rua Anajamirim, Rua Major Soledade Neves até a Rua Doutor João
pela Rua Anajamirim (incluída), da Rua Manuel Machado, por esta (incluída); daí, por um segmen-
Fernandes Branco até a Rua Henrique de Araújo, to de reta, até a Travessa Florentino, por esta (in-
por esta (excluída), da Rua Henrique de Araújo a cluída), Estrada São Tarcísio (incluída), da Traves-
Rua 92 (não reconhecida), por esta (excluída), da sa Florentino até a Rua 19 (não reconhecida), por
Rua Henrique de Araújo até a Rua Anajamirim, por esta (incluída), Rua General Castro (incluída), da
esta (excluída), da Rua 92 (não reconhecida) até a Rua 19 (não reconhecida) até a Rua 23, por esta
Rua Malta, por esta (excluída), da Rua Anajamirim (incluída), Rua Maria Luísa (incluída), da Rua 23 até
até a Rua Jaime Perdigão, por esta (excluída), da a Rua dos Lavradores, por esta (incluída), da Rua
Rua Malta até a Avenida Maestro Paulo Silva. Maria Luísa até a Rua da Floresta, por esta (incluída),
Área limitada por uma linha reta que, unindo a da Rua dos Lavradores até a Estrada de Sepetiba.
praia dos Gaegos à Praia do Engenho Velho, Área limitada pela Estrada do Piaí (incluíndo
acompanha o limite da área sob jurisdição militar; apenas o lado par), da Rua 2 (não reconhecida)
pela praia dos Gaegos e Praia do Dendê, até a (Jardim Piaí) até a Estrada da Pedra, por esta (in-
confluência da Avenida do Magistério com a Rua cluída), da Estrada do Piaí até a Rua Belchior da
Adolfo Porto, por esta (excluída), Estrada de Tubiacanga Fonseca, por esta (incluindo apenas o lado ímpar),
(excluída), da Rua Adolfo Porto até a Avenida Ma- da Estrada da Pedra até a Rua Piemonte, por esta
estro Paulo Silva, por esta (excluída) até a Estrada (incluído apenas o lado par), da Rua Belchior da
do Galeão, por esta (excluída), da Avenida Maestro Fonseca até a Rua Barros Alarcão; daí, pela orla
Paulo Silva até a Rua 101, por esta (excluída), Rua marítima, até a foz do rio Piraquê, pelo leito deste
Cambaúba (excluída), da Rua 101 até a Rua Uça, até a Avenida das Américas (BR-101), por esta
por esta (excluída), da Rua Cambaúba até a servi- (trecho incluído), novamente pelo leito do rio Pira-
dão de passagem que alcança os viradouros das quê e depois pelo leito do rio Cabuçu, até encon-
Ruas Etelvino dos Santos e Djalma Pontes Noguei- trar a Estrada do Aterrado do Rio; daí, por esta
ra, por esta servidão (incluída), Rua Djalma Pontes estrada (excluída), até a Estrada do Cachimbau,
Nogueira (incluída), do viradouro até a Rua Matias por esta (incluída), Estrada do Magarça (incluído
Antônio dos Santos, por esta (incluída), da Rua apenas o lado ímpar, da Estrada do Cachimbau até
Djalma Pontes Nogueira até a Rua Ituá, do vira- o fim da Rua Fragoso, e excluída, do fim da Rua
douro no fim da Rua Ituá até o viradouro no fim da Fragoso até a Rua Euclides Braga), pela Rua Eucli-
Rua Álvaro Dias; deste viradouro, pelos limites da des Braga (excluída), do fim desta rua, por uma
quadra 80 do projeto aprovado (PA) n.º linha reta, até o fim da Rua Domingos Correia de
9.148/30.302 (incluindo esta quadra), até a Rua Morais, por esta (excluída), do seu fim até a Rua
85 (atual Rua Orestes Barbosa) do mesmo projeto Motorista Manuel Duarte, por esta (excluída), e
aprovado (PA); daí, pela Rua 85 (incluída), até a excluindo também as Ruas Maestro Romeu Silva e
Rua 87, por esta (incluída), Rua 92 (incluída) e Augusto Gauland, pela Rua Leonardo Nunes (ex-
pela rua projetada do projeto aprovado (PA) n.º cluída), do seu fim na Estrada da Pedra até encon-
9.313 (incluída), até o limite da área sob jurisdição trar novamente esta mesma estrada, pela Estrada
militar. da Pedra (excluída), da Rua Leonardo Nunes até a
Área limitada pela Estrada de Sepetiba (incluí- Rua Vasco Lima, por esta (excluída e excluindo
da), da Rua da Floresta até a Estrada do Piaí, por também a Rua Rafael Bordalo), Av. Dois de Julho
esta (incluída), da Estrada de Sepetiba até a Rua (excluída), Rua Professor Charley Lachmund (ex-
Doutor Ari Chagas, por esta (incluída), da Estrada cluída), Rua Francisco Vilhena (excluída), da Rua
do Piaí até a Rua 3 (não reconhecida), por esta Professor Charley Lachmund até a Estrada da Pe-
(incluída), da Rua Doutor Ari Chagas até a Rua dra, por esta (incluída apenas o lado par), da Rua
Raul Martins, por esta (incluída), da Rua 3 (não Francisco Vilhena até a Rua Coronel Jaime de Le-

249
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
mos, por esta (incluído apenas o lado par), cru- ímpar), da Travessa Madre Jacinta até a Rua Vice--
zando a Avenida das Américas e até novamente Governador Rubens Berardo. Exclui-se desta zona a
encontrar a Estrada da Pedra, pelo Caminho do área integrante do “Campus” da Pontifícia Univer-
Caxangá (excluído), pelo Caminho dos Cabuís (ex- sidade Católica, e a área institucional que perten-
cluído), do Caminho do Caxangá até a Avenida do cem à zona residencial 3 (ZR-3). [Este trecho foi
Canal, por esta (incluída), do Caminho dos Cabuís incluído no anexo 9 pelo Decreto n.º 4.875, de
até a Rua 2 (não reconhecida) (Jardim Piaí), por 12/12/1984.]
esta Rua 2 (não reconhecida) (incluída), até a Es-
trada do Piaí. Excluem-se desta área aquelas aci- ANEXO 10
ma da curva de nível de 100m, que pertencem à
zona especial ZE-1. DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 3
Área limitada pela Rua Jardim Botânico (excluída), (ZR-3)
da Rua Pacheco Leão até a Rua Benjamim Batista,
por esta (incluída), Rua Itaipava (incluída), Rua Área limitada pela Praça General Tibúrcio (in-
Faro (incluída), da Rua Itaipava até o seu fim; daí, cluída); daí por uma linha reta, até o ponto mais
por uma linha reta, até o início da Rua Corcovado; próximo da curva de nível de 60m do morro da
por esta (incluído apenas o lado ímpar), de seu Urca; por esta curva de nível até o ponto mais
início até a Rua Lopes Quintas; por esta (incluída), próximo do encontro da divisa lateral direita do n.º
da Rua Corcovado até a Rua Visconde de Caran- 46 da Rua Ramón Franco com a divisa de fundos
daí; por esta (incluída); Rua Pacheco Leão (incluí- do n.º 40 desta mesma rua; deste ponto, por uma
do apenas o lado par), da Rua Visconde de Caran- linha reta, até o referido encontro; daí, pelas divi-
daí até a Rua Jardim Botânico. [Redação dada sas de fundos dos imóveis do lado par da Rua Ra-
pelo Decreto n.º 9.314, de 7/5/1990.] món Franco, até encontrar a divisa lateral esquer-
Área limitada pela Avenida João Luís Alves (in- da do n.º 493 da Avenida Pasteur; por esta divisa
cluída), do fim da Avenida João Luís Alves, por lateral esquerda até a Avenida Pasteur; por esta
uma linha reta, até o ponto mais próximo da curva (incluído o lado par, do seu início até a divisa late-
de nível de 60m do morro do Pão de Açúcar, por ral esquerda do n.º 493 e incluído o lado ímpar, do
esta curva de nível, contornado o morro do Pão de seu início até a Avenida Portugal) até a Praça Pa-
Açúcar, e o morro da Urca, até o ponto mais pró- raguai (incluída) e a Avenida Repórter Nestor Mo-
ximo da confluência da Avenida Portugal com a reira; por esta (incluída), Avenida das Nações (in-
Rua Ramón Franco; deste ponto, por uma linha cluída), até a Praça Honduras e a Praça Nicarágua
reta, até a referida confluência da Avenida Portugal (incluídas), Praia de Botafogo (excluída), do seu
com a Rua Ramón Franco, e daí, pela Avenida Por- início até a Rua Marquês de Abrantes; por esta
tugal (incluída), até a Avenida João Luís Alves. Não (excluída), da Praia de Botafogo até a Rua Clarisse
é incluída a Rua Cândido Gaffrée que pertence à Índio do Brasil; por esta (incluída), Rua Jornalista
zona residencial ZR-3. Orlando Dantas (incluída), Rua Farani (incluída),
Área limitada pela Avenida Portugal (incluída), da Rua Jornalista Orlando Dantas até a Rua Fer-
entre a Avenida Pasteur e a Rua Ramón Franco, por nando Ferrari; por esta (incluída), da Rua Farani
esta (excluída) e pela Avenida Pasteur (excluída), até o prolongamento da Rua Muniz Barreto (PA ns.
entre a Rua Ramón Franco e a Avenida Portugal. 8.494 e 9.564); por este prolongamento (incluído),
Área de propriedade da CEHAB-RJ, localizada da Rua Fernando Ferrari até a Rua Marquês de
no terreno do conjunto habitacional São Vicente, Olinda; por esta (incluída), do prolongamento da
de forma trapezoidal com as dimensões de 77m, Rua Muniz Barreto até a Rua Assunção; por esta
42m, 108m, 54m e superfície de 3.885m2. [Reda- (incluída), da Rua Marquês de Olinda até a Rua
ção dada pelo Decreto n.º 2.831, de 21/10/1980.] Theodor Herzl; por esta (incluída), Rua Barão de
Área limitada pela Rua Vice-Governador Ru- Lucena (incluída), da Rua Theodor Herzl até a Rua
bens Berardo (incluído apenas o lado par), Avenida São Clemente; por esta (incluída), da Rua Barão de
Padre Leonel Franca (incluído o lado par, da Rua Lucena até o seu fim, Largo dos Leões (incluído),
Vice-Governador Rubens Berardo, até o seu final, Rua Humaitá (toda incluída), Rua Macedo Sobrinho
nos limites da área do “Campus” da Pontifícia Uni- (incluída), por uma linha reta em prolongamento à
versidade Católica, e incluído o lado ímpar, do seu Rua Macedo Sobrinho até encontrar a curva de
final até encontrar a Auto-Estrada Lagoa- - nível de 100m do morro da Saudade; por esta
Barra), por esta (incluído apenas o lado oposto à curva de nível até o ponto mais próximo da conflu-
encosta), da Avenida Padre Leonel Franca até en- ência da Ladeira dos Tabajaras com a Rua Euclides
contrar o prolongamento do lado par da Travessa da Rocha; deste ponto, por uma linha reta, até a
Madre Jacinta, por esse prolongamento e pela Tra- referida confluência; daí, também por uma linha
vessa Madre Jacinta (incluída) até a Rua Marquês reta, até o ponto mais próximo da curva de nível
de São Vicente, por esta (incluído apenas o lado de 100m do morro de São João; por esta curva de

250
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
nível até o ponto mais próximo do final da Rua por uma linha perpendicular ao seu alinhamento,
Álvaro Ramos; daí, por uma reta, até o final da até encontrar a Rua Coelho Neto; por esta (excluí-
Rua Álvaro Ramos; por esta (incluída), Rua Gene- da) até a Rua Ipiranga; por esta (incluída), da Rua
ral Góis Monteiro (incluída), Avenida Lauro Sodré Coelho Neto até a Rua São Salvador; por esta (in-
(incluída), da Rua General Góis Monteiro até a cluída), da Rua Ipiranga até a Praça São Salvador;
Avenida Carlos Peixoto; por esta (incluída) até a por esta (excluída), Rua Estevis Júnior (incluída), da
Ladeira do Leme; por esta (excluída) até o cruza- Praça São Salvador até a Rua Conde de Baependi;
mento com a Rua General Cardoso de Aguiar; por por esta (incluída), da Rua Estevis Júnior até a
esta (excluída) até encontrar a curva de nível de Praça José de Alencar; por esta (incluída), Rua do
100m; por esta curva de nível, contornando o Catete (incluída), da Praça José de Alencar até a
morro da Babilônia, até o ponto mais próximo da Rua Machado de Assis; por esta (incluída), da Rua
Praça General Tibúrcio, e, deste ponto, por uma do Catete até o Beco do Pinheiro; por este (incluí-
linha reta, até a referida praça. Exclui-se a área do), Rua Dois de Dezembro (incluída), do Beco do
limitada pela praça indicada no PA n.º 4.299 — Pinheiro até a Rua Barão de Guaratiba e (incluído
11.628; daí, pelos limites externos do loteamento apenas o lado par da Rua Barão de Guaratiba até o
do mencionado PA, até o ponto K; deste ponto, em seu início), Largo da Glória (excluído), Rua da Gló-
prolongamento ao segmento JK, subindo a encosta ria (incluída) até a Rua da Lapa. [Redação dada
do morro da Babilônia, até a curva de nível de pelo Decreto n.º 5.050, de 23/4/1985.]
100m; por esta até alcançar o prolongamento do Área limitada pela Rua Roberto Dias Lopes (in-
alinhamento do lado ímpar da Rua Lauro Müller; cluída), do fim da Rua Roberto Dias Lopes, por
por este prolongamento até o alinhamento do lado uma linha perpendicular ao alinhamento deste
par da Rua Marechal Ramón Castilla; daí, pela Rua logradouro até a Avenida Princesa Isabel, por esta
Lauro Müller (incluído apenas o lado par), do fim (incluída) até as bocas dos Túneis Engenheiro Coe-
da Rua Marechal Ramón Castilla até a praça indi- lho Sintra e Engenheiro Marques Porto, pela Praça
cada no PA n.º 4.299 — 11.628, pertencente à Demétrio Ribeiro e Rua Felipe de Oliveira (incluí-
zona residencial 2 (ZR-2). [Redação dada pela Lei das), Rua Belford Roxo (incluída), da Rua Felipe de
n.º 434, de 27/7/1983.] Oliveira até a Rua Barata Ribeiro, por esta (incluí-
Área limitada pela Rua da Lapa (excluída), Rua da), da Rua Belford Roxo até a Praça Cardeal Ar-
Visconde de Maranguape (excluída), Avenida Mem coverde, por esta (incluída), Rua Toneleros (incluí-
de Sá (excluída), da Rua Visconde de Maranguape da), da Praça Cardeal Arcoverde até a Rua Siqueira
até a Praça Cardeal Câmara (antigo Largo dos Campos, por esta (incluída), da Rua Toneleros até
Pracinhas), Rua Evaristo da Veiga (incluída) até a a Praça Vereador Rocha Leão, por esta (incluída),
Rua Joaquim Silva, por esta (incluída) e pela Rua Rua Figueiredo Magalhães (incluída), da Praça
Conde de Lajes (incluída) até a Rua da Glória, por Vereador Rocha Leão até a Rua Capelão Álvares da
esta (incluída), da Rua Conde de Lajes até a Rua Silva, por esta (incluída), Rua Anita Garibaldi (in-
Cândido Mendes; por esta (incluída), da Rua da cluída), da Rua Capelão Álvares da Silva até a Rua
Glória até a Rua do Fialho; por esta (incluída), da Toneleros, por esta (incluída) até o Túnel Major
Rua Cândido Mendes até a Rua Santo Amaro, por Rubens Vaz, por uma linha acompanhando o Túnel
esta (incluída), da Rua do Fialho até a Rua do Ca- Major Rubens Vaz até a Rua Pompeu Loureiro, por
tete; por esta (incluído apenas o lado par, do seu esta (incluída), Praça Eugênio Jardim (incluída),
início até a Rua Barão de Guaratiba e incluída da Rua Miguel Lemos (incluída), da Praça Eugênio
Rua Barão de Guaratiba até a Rua Pedro Américo), Jardim até a Rua Barata Ribeiro, por esta (incluída)
pela Rua Pedro Américo (incluída), da Rua do Ca- até a boca do Túnel Prefeito Sá Freire Alvim, Rua
tete até a Rua Bento Lisboa; por esta (incluída), Djalma Ulrich (incluída), da Rua Barata Ribeiro até
Largo do Machado (incluído), Rua Gago Coutinho e a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, por esta
Rua das Laranjeiras (incluídas), Rua Cosme Velho (incluída), da Rua Djalma Ulrich até a Rua Almiran-
(incluída), da Rua das Laranjeiras até a Rua Efigê- te Gonçalves, por esta (excluída), da Avenida Nos-
nio Sales, Praça Davi Ben-Gurion (incluída), Rua sa Senhora de Copacabana até a Rua Aires Salda-
Sebastião Lacerda (incluída), da Rua das Laranjei- nha, por esta (excluída), Rua Bolívar (excluída), da
ras até o n.º 30 da Rua Sebastião Lacerda por Rua Aires Saldanha até a Rua Domingos Ferreira,
esta, (incluído apenas o lado ímpar) do n.º 30 até por esta (excluída), até a Rua Siqueira Campos,
a Rua Leite Leal; por esta (incluída), da Rua Se- por esta (excluída), da Rua Domingos Ferreira até
bastião de Lacerda até a Rua das Laranjeiras e o a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, Praça
Largo Professor Saul Borges Carneiro (incluído); Serzedelo Correia (excluída), Avenida Nossa Se-
daí, pela Rua das Laranjeiras (incluída) até a Rua nhora de Copacabana (excluída), da Rua Siqueira
Pinheiro Machado; por esta (incluído apenas o lado Campos até a Rua Inhangá, por esta (incluída),
ímpar), da Rua das Laranjeiras até a Travessa Rua Barata Ribeiro (incluída), da Rua Inhangá
Pinto da Rocha; por esta (excluída), do final desta até a Rua Rodolfo Dantas, por esta (incluída), da

251
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Rua Barata Ribeiro até a Avenida Nossa Senhora Área do “Campus” da Pontifícia Universidade
de Copacabana, por esta (excluída), da Rua Rodol- Católica e área institucional contidas, nos seguintes
fo Dantas até a Rua Roberto Dias Lopes. limites: área limitada pela Rua Vice-Governador Ru-
Rua Henrique Oswald. bens Berardo (incluído apenas o lado par), Avenida
Rua Santa Clara (trecho entre a Rua Domingos Padre Leonel Franca (incluído o lado par, da Rua
Ferreira e a Rua Henrique Oswald). Vice-Governador Rubens Berardo até o seu final,
Rua Pereira da Silva (do início até a Rua Dou- nos limites da área do “Campus” da Pontifícia Uni-
tor João Coqueiro). versidade Católica, e incluído o lado par, do seu
Rua Marquesa de Santos. final até encontrar a Auto-Estrada Lagoa-Barra),
Rua Cândido Gaffrée. por esta (incluído apenas o lado oposto à encosta),
Rua Humaitá. da Avenida Padre Leonel Franca até encontrar o
Avenida Augusto Severo. prolongamento do lado par da Travessa Madre
Área limitada pela Rua Prudente de Morais (in- Jacinta, por esse prolongamento e pela Travessa
cluído apenas o lado par), Rua Gomes Carneiro Madre Jacinta (incluída até a Rua Marquês de São
(excluída), da Rua Prudente de Morais até a Aveni- Vicente por esta (incluído apenas o lado ímpar), da
da Vieira Souto, por esta (excluída) até a Rua Travessa Madre Jacinta até a Rua Vice-Governador
Francisco Otaviano, por esta (excluída) até a Ave- Rubens Berardo. [Limites acrescentados a este
nida Nossa Senhora de Copacabana, por esta (ex- anexo pelo Decreto n.º 2.735, de 20/8/1990, com
cluída), da Rua Francisco Otaviano até a Rua Sá a redação dada pelo Decreto n.º 4.875, de
Ferreira, por esta (incluída) até a Rua Bulhões de 12/12/1984.]
Carvalho, por esta (incluída) até a Rua Antônio Área do “Campus” da Pontifícia Universidade
Parreiras, por esta (incluída), Rua Barão da Torre Católica contida nos seguintes limites: Travessa
(incluída), da Rua Antônio Parreiras e Rua Janga- Madre Jacinta (lado par), prolongamento do lado
deiros, até a Rua Montenegro, por esta (excluída), par da Travessa Madre Jacinta até a Auto-Estrada
da Rua Barão da Torre até a Rua Nascimento Silva, Lagoa-Barra, por esta (incluído apenas o lado
por esta (excluída), da Rua Montenegro até a Rua oposto à encosta), do prolongamento da Travessa
Joana Angélica, por esta (incluindo apenas o lado Madre Jacinta até a Rua Engenheiro Mário Macha-
par), da Rua Nascimento Silva até a Rua Redentor, do, por esta (lado ímpar), pela Rua Marquês de
por esta (excluída), Avenida Epitácio Pessoa (ex- São Vicente (lado par), da Rua Engenheiro Mário
cluída), da Rua Redentor, até a Rua Prudente de Andrade até a Travessa Madre Jacinta. [Limites
Morais. [Com as alterações aprovadas pelo Decre- acrescentados a este anexo pelo Decreto n.º
to n.º 1.912, de 1/12/1978.] 2.735, de 20/08/1980, com a redação dada pelo
Área limitada pela Avenida General Saint Mar- Decreto n.º 4.785, de 12/12/1984.]
tin (incluído apenas o lado par); do entroncamento Área limitada pela Rua Riachuelo (incluída), da
com a Avenida Borges de Medeiros até a Avenida Rua Monte Alegre até a Rua Costa Bastos, por esta
Visconde de Albuquerque; por esta (incluído ape- (excluída), da Rua Riachuelo até a Rua Cardeal
nas o lado par, incluindo a Praça Sibélius); Avenida Dom Sebastião Leme por esta (excluída) até a Rua
Rodrigo Otávio (incluído apenas o lado par); Praça Monte Alegre, por esta (excluída), da Rua Cardeal
Santos Dumont (incluído apenas o lado ímpar); Dom Sebastião Leme até a Rua Riachuelo. [Reda-
Rua Jardim Botânico (incluído apenas o lado ímpar, ção dada pelo Decreto n.º 5.050, de 23/4/1985.]
da Praça Santos Dumont até a Rua Pacheco Leão); Rua das Laranjeiras.
incluída, da Rua Pacheco Leão até a Rua Benjamim Rua Cosme Velho (da Rua das Laranjeiras até
Batista, incluído apenas o lado ímpar da Rua Ben- a Rua Efigênio de Sales). [Limites modificados de
jamim Batista até a Rua J. Carlos; incluída a Rua J. acordo com o Decreto n.º 2.452, de 26/3/1980.]
Carlos até o Viaduto Saint Hilaire; Rua Humaitá Área limitada pela Rua Conde de Azambuja
(incluída), do Viaduto Saint Hilaire até a Rua Fonte (incluído apenas o lado par), da Rua São Gabriel
da Saudade, por essa (incluída) até a Avenida Epi- até a Travessa Mendes da Silva, por esta (incluído
tácio Pessoa; por esta (incluída), Rua Fonte da apenas o lado ímpar), Rua Miguel Ângelo (incluído
Saudade até a Avenida Borges de Medeiros, por apenas o lado par), da Travessa Mendes da Silva
esta (incluída, da Avenida Epitácio Pessoa até a até o leito da estrada de ferro, por este, até a Rua
Rua Professor Abelardo Lobo; excluída da Rua Pro- São Gabriel, por esta (incluído apenas o lado par),
fessor Abelardo Lobo até o canal que liga a Lagoa até a Rua Conde de Azambuja.
Rodrigo de Freitas à Praia do Leblon); pelo leito do Estrada Velha da Tijuca (do início até a curva
canal que liga a Lagoa Rodrigo de Freitas à Praia de nível de 100m).
do Leblon até o entroncamento da Avenida Borges
de Medeiros com a Avenida General Saint Martín. [Decreto n.º 1.912, de 1/12/1978: “Art. 2.º
[Redação dada pelo Decreto n.º 9.314, de A Rua Barão de Petrópolis fica excluída da zona
7/5/1990.] residencial ZR-2 e incluída na zona residencial

252
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ZR-3, alterando-se, respectivamente, os anexos Avenida Édison Passos, por esta (incluída), da Rua
9 e 10 do Regulamento de Zoneamento, aprova- São Miguel até a Rua Conde de Bonfim, por esta
do pelo Decreto n.º 322, de 3 de março de (incluída), da Avenida Édison Passos até a Rua
1976.”] Uruguai, por esta (incluída), da Rua Conde de Bon-
fim até a Rua Andrade Neves, por esta (incluída),
Área limitada pela Rua Barão de Itapagipe (in- Praça Barão de Corumbá (incluída), Rua José Higi-
cluída), da Rua Valparaíso até a Rua do Bispo, por no (incluída), da Rua Andrade Neves até a Praça
esta (incluída), da Rua Barão de Itapagipe até a Gabriel Soares, por esta (incluída), Rua Bom Pas-
Avenida Paulo de Frontin, por esta (incluída), da tor (incluída), Rua General Roca (incluída), da Rua
Rua do Bispo até a Avenida Vital Brasil, por esta Bom Pastor até a Rua dos Araújos, por esta (inclu-
(incluída), da Avenida Paulo de Frontin até a Rua ída), Rua Conde de Bonfim (incluída), da Rua dos
Santa Alexandrina, por esta (incluída), da Avenida Araújos até a Rua Valparaíso, por esta (incluída),
Vital Brasil até a Rua da Estrela, por esta (incluí- da Rua Conde de Bonfim até a Rua Barão de Ita-
da), Rua Itapiru (incluída), da Rua da Estrela até a pagipe. Excluem-se desta área aquelas pertencen-
Rua General Galvão, por esta (incluída), Rua Eliseu tes à zona residencial ZR-2 e aquelas acima da
Visconti (incluída), da Rua General Galvão até a curva de nível de 100m, pertencentes à zona es-
Rua Navarro, por esta (incluída), Rua Itapiru (in- pecial ZE-1. [Limites corrigidos, de acordo com o
cluída, da Rua Queirós Lima até a Rua Doutor Agra Decreto n.º 1.629, de 10/7/1978.]
e incluído apenas o lado par da Rua Doutor Agra Área limitada pela Rua Dias da Cruz (incluída),
até o Largo do Catumbi), Largo do Catumbi (ape- da Rua Pedro de Carvalho até a Rua Dona Claudi-
nas o trecho em que se situa o Cemitério de São na, por esta (excluída), da Rua Dias da Cruz até a
Francisco de Paula), pelos limites da zona especial Rua Cônego Tobias, por esta (excluída), da Rua
(ZE-8) até a Rua Carolina Reydner, por esta (ex- Dona Claudina até a Rua Lopes da Cruz, por esta
cluída), Rua Frei Caneca (incluído apenas o lado (incluída), da Rua Cônego Tobias até a Rua Joa-
ímpar), da Rua Carolina Reydner até a Rua Estácio quim Méier, por esta (excluída), da Rua Lopes da
de Sá, por esta (incluído apenas o lado ímpar), Cruz até a Rua Carolina Santos, por esta (incluí-
Rua Joaquim Palhares (incluído apenas o lado ím- da), da Rua Joaquim Méier até a Rua Lins de Vas-
par), Praça da Bandeira (incluída), pelo leito da concelos, por esta (incluída), da Rua Carolina San-
Estrada de Ferro Central do Brasil, até a Rua Oito tos até a Rua Pedro de Carvalho, por esta
de Dezembro, por esta (incluída), do leito da Es- (excluída), da Rua Lins de Vasconcelos até a Rua
trada de Ferro Central do Brasil até a Rua Duque Dias da Cruz.
de Caxias, por esta (incluída), da Rua Oito de De- Área limitada pela Rua João Dias e Rua Raul
zembro até a Rua Torres Homem, por esta (incluí- Deveza (incluídas), Rua Macari (excluída), da Rua
da), da Rua Duque de Caxias até a Rua Petroco- João Dias até a Rua Carmem Miranda, por esta
chino, por esta (incluída), da Rua Torres Homem (excluída), da Rua Macari até a Rua Orestes Rosó-
até a Rua Visconde de Santa Isabel, por esta (in- lia, por esta (excluída), da Rua Carmem Miranda
cluída), da Rua Petrocochino até a Rua Barão de até a Rua General Mário Hermes, por esta (excluí-
Bom Retiro, por esta (incluída), da Rua Visconde da), Rua Correia e Castro (excluída), da Rua Gene-
de Santa Isabel até a Rua José do Patrocínio, por ral Mário Hermes até a Rua Visconde de São Lou-
esta (incluída), Praça Malvino Reis (incluída), Rua renço, por esta (excluída), Rua Henrique Barbosa
Gurupi (incluída), Rua Borda do Mato (incluída), da de Amorim (excluída), Rua Breno Guimarães (ex-
Rua Gurupi até a Rua Bambuí, por esta (incluída), cluída), da Rua Henrique Barbosa de Amorim até a
da Rua Borda do Mato até a Rua Rosa e Silva, por servidão de passagem (excluída), normal à Rua
esta (incluída), Rua Paula Brito (incluída), da Rua Bocaiúva, por esta (incluída), da referida servidão
Rosa e Silva até a Travessa Caminha, por esta de passagem até a Rua Rui Vaz Pinto, por esta
(incluída), Rua Leopoldo (incluída), da Travessa (incluída), da Rua Bocaiúva até a Rua Gregório de
Caminha até a Rua Gastão Penalva, por esta (in- Castro Morais, por uma servidão de passagem
cluída), da Rua Leopoldo até a Rua Ernesto de existente (excluída), da Rua Gregório de Castro
Sousa, por esta (incluída), da Rua Gastão Penalva Morais até a Rua Aureliano Pimentel, por esta (ex-
até a Rua Barão de Mesquita, por esta (incluída), cluída), da referida servidão de passagem até a
da Rua Ernesto de Sousa até a Rua Uruguai, por Rua Gaspar Magalhães, por esta (excluída), da Rua
esta (incluída), da Rua Barão de Mesquita até a Aureliano Pimentel até a Rua Francisco da Costa,
Rua General Espírito Santo Cardoso, por esta (in- por esta (excluída), da Rua Gaspar Magalhães até
cluída), da Rua Uruguai até a Rua Amoroso Costa, a Rua Ituá, por esta (incluída), da Rua Francisco
por esta (incluída), da Rua General Espírito Santo da Costa até a Rua Coronel Carlos Eiras, por esta
Cardoso até a Rua Canuto Saraiva, por esta (incluí- (incluída), da Rua Ituá até a Rua Monsenhor Ma-
da), da Rua Amoroso Costa até a Rua São Miguel, galdi, por esta (toda incluída), da Rua Coronel
por esta (incluída), da Rua Canuto Saraiva até a Carlos Eiras até a Rua Raquel Prado, por esta (in-

253
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
cluída), da Rua Monsenhor Magaldi até a Rua Jorge ANEXO 11
Lima, por esta (incluída), da Rua Raquel Prado até
a Rua Pinto Alpoim, por esta (incluída), da Rua DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 4 (ZR-4)
Jorge de Lima até a servidão de passagem normal
à Praia da Bica, por esta servidão de passagem Área limitada pela Rua Pedro de Carvalho (in-
(excluída), pela Praia da Bica (incluída) e incluindo cluída), por uma linha reta partindo do fim desta
a Praça Jerusalém, da referida servidão de passa- rua até a curva de nível de 100m, por esta até
gem até a Rua Uçá, por esta (incluída), da Praia da encontrar a linha reta seguindo a direção da Rua
Bica até a Rua Cambaúba, por esta (incluída), da Rua Catulo Cearense, por esta reta, pela Rua Catulo
Uçá até a Rua 101, por esta (incluída), pela Estra- Cearense (excluída), Rua Borja Reis (incluída), da
da do Galeão (incluída), da Rua 101 até a Rua Rua Catulo Cearense até a Rua Dias da Cruz, por
Muiatuca, por esta (incluída), da Estrada do Galeão esta (incluída), da Rua Borja Reis até a Rua Pedro
até a Rua Crundiúba, por esta (incluída), da Rua de Carvalho.
Muiatuca até a Rua Jaburana, por esta (incluída), Área limitada pela Avenida Marechal Rondon
da Rua Crundiúba até a Rua Uruaçu, por esta (in- (incluída), entre a Rua Manuel Miranda e a Rua
cluída), da Rua jaburana até a Rua Combu, por São Francisco Xavier, por esta (incluída) até a Rua
esta (incluída), da Rua Uruaçu até a Rua Trapiá, Oito de Dezembro, por esta (excluída) até o leito
por esta (excluída), da Rua Combu até a Rua Ró- da Estrada de Ferro Central do Brasil, por este até
dano, por esta (excluída), da Rua Trapiá até a Rua a Rua Curupaiti, por esta (incluída), Rua Maga-
Capituí, Rua Canduá (excluída), da Rua Irlanda até lhães Couto (incluída), da Rua Curupaiti até a Rua
a Rua Baviera, por esta (incluída), da Rua Canduá Dias da Cruz, Rua Dona Claudina (excluída), da
até a Rua Jaime Cabral, por esta (excluída), da Rua Dias da Cruz até a Rua Cônego Tobias, por
Rua Baviera até a servidão de passagem normal à esta (excluída), da Rua Dona Claudina até a Rua
Rua Artur Maggioli, por esta servidão de passagem Hermengarda, por esta (incluída), da Rua Cônego
(excluída), pela Rua Artur Maggioli (excluída), da Tobias até a Rua Lins de Vasconcelos, por esta
referida servidão até a Rua 36 (não reconhecida), (incluída), da Rua Hermengarda até a Rua Cabuçu,
por esta (excluída), Rua 42 (não reconhecida) por esta (incluída), da Rua Lins de Vasconcelos até
(excluída), Rua Sousa Gomes (excluída), Rua Zuri- a Rua Maria Antônia, por esta (excluída), da Rua
que (excluída), da Rua Sousa Gomes até a Rua Cabuçu até a Rua General Belegarde, por esta
Minho, por esta (excluída), da Rua Zurique até a (excluída), da Rua Maria Antônia até a Rua Con-
Rua Anajamirim, por esta (excluída), da Rua Minho dessa Belmonte, por esta (excluída), da Rua Gene-
até a servidão de passagem que liga a Rua Anaja- ral Belegarde até a Rua Maria Antônia, por esta
mirim à Rua 76 (não reconhecida), por esta (exclu- (excluída), da Rua Condessa Belmonte até a Rua
ída), da referida servidão de passagem (excluí- Barão de Bom Retiro, por esta (incluída), da Rua
da), até a Rua Manuel Fernandes Branco, por esta Maria Antônia até a Rua Visconde de Santa Cruz,
(excluída), da Rua Manuel Fernandes Branco até a por esta (incluída), da Rua Barão de Bom Retiro
Rua Henrique de Araújo, por esta (incluída), da até a Rua Manuel Miranda, por esta (incluída), da
Rua Anajamirim até a Rua 92 (não reconhecida), Rua Visconde de Santa Cruz até a Avenida Mare-
por esta (incluída), da Rua Henrique de Araújo até chal Rondon. Exclui-se da zona residencial ZR-4 a
a Rua Anajamirim, por esta (incluída), da Rua 92 área situada entre a Rua Magalhães Couto, Rua
(não reconhecida) até a Rua Malta, por esta (inclu- Venceslau, Rua Silva Rabelo e Rua Santos Titara,
ída), da Rua Anajamirim até a Rua Jaime Perdigão, que pertence à zona residencial ZR-2.
por esta (incluída), da Rua Malta até a Avenida Área limitada pelo leito da Estrada de Ferro
Maestro Paulo Silva, por esta (toda incluída), pela Central do Brasil, desde a Rua Doutor Padilha até a
Estrada de Tubiacanga (incluída), pela Praia do Rua do Engenho Novo, por esta (excluída), Rua
Dendê, da confluência da Rua Adolfo Porto com a Sousa Barros (excluída), da Rua do Engenho Novo
Avenida do Magistério até a Estrada de Tubiacan- até a Rua Bolívia, por esta (excluída), da Rua Sou-
ga, por esta (incluída), da Praia do Dendê até a sa Barros, até a Rua Visconde de Itabaiana, por
Estrada do Dendê, por esta (excluída), da Estrada esta (excluída), Rua Peçanha da Silva (excluída),
de Tubiacanga até a Avenida Paranapuã, por esta da Rua Visconde de Itabaiana até a Rua Brandelina
(incluída), da Estrada do Dendê até a Praia da Batalha, por esta (excluída), Rua Baronesa do En-
Olaria, por esta (excluída), da Avenida Paranapuã genho Novo (excluída), da Rua Brandelina Batalha
até a Rua Capitão Barbosa, por esta (excluída), da até a Rua Dois de Maio, por esta (excluída), da
Praia da Olaria até a Estrada do Cacuia, por esta Rua Baronesa do Engenho Novo até a Rua Álvaro
(excluída), da Rua Capitão Barbosa até a Estrada Seixas, por esta (excluída), da Rua Dois de Maio
do Galeão, por esta (incluída), da Estrada do Ca- até a Rua Aires de Casal, por esta (excluída), Rua
cuia até a Rua João Dias. Álvares de Azevedo (excluída), da Rua Aires de
Avenida Maestro Paulo Silva. Casal até a Rua Miguel Ângelo, por esta (incluído

254
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
apenas o lado par), da Rua Álvares de Azevedo até dante Vergueiro da Cruz até a Rua Quito, por esta
a Rua Basílio de Brito, por esta (incluído apenas o (excluída), da Rua Afonso Ribeiro até a Rua Conde
lado par), da Rua Miguel Ângelo até a Rua Ca- de Agrolongo, por esta (excluída), da Rua Quito
chambi, por esta (incluído apenas o lado ímpar), até a Rua Nicarágua, por esta (excluída), da Rua
da Rua Basílio de Brito até a Avenida Suburbana, Conde de Agrolongo até a Rua Guaianases, por
por esta (excluída), da Rua Cachambi até a Rua esta (excluída), Avenida Lobo Júnior (excluída), da
Piauí, por esta (incluída), da Avenida Suburbana Rua Guaianases até a Rua Enes Filho, por esta
até a Rua Doutor Padilha, por esta (incluída), até o (excluída), Avenida Arapogi (incluído apenas o lado
leito da Estrada de Ferro Central do Brasil. ímpar), da Rua Enes Filho até a Rua Piriá, por esta
Área limitada pela Praia da Olaria (incluída), (excluída), Rua Tiboim (excluída), até a Rua Ouri-
da Avenida Paranapuã até a Rua Capitão Barbosa, que, por esta (excluída), da Rua Tiboim até a Rua
por esta (incluída), da Praia da Olaria até a Estrada Taborari, Rua Pindaí (excluída), Avenida Antenor
do Cacuia, por esta (incluída), da Rua Capitão Bar- Navarro (excluída), da Rua Pindaí até a Rua Joa-
bosa até a Estrada do Galeão, por esta (excluída), quim Monteiro, por esta (excluída), Rua Jorge Coe-
da Estrada do Cacuia até a Estrada do Rio Jequiá, lho (excluída), da Rua Joaquim Monteiro até a li-
por esta (incluída), da Estrada do Galeão até a Rua nha reta perpendicular à confluência da Estrada do
Pojuca, por esta (excluída), pela Praia do Zumbi Quitungo com a Rua Itabira, por esta linha reta,
(incluída), da Rua Pojuca até a Praia das Pitanguei- atravessando a linha férrea, até a referida conflu-
ras, por esta (incluída), Praia da Bandeira (incluí- ência, pela Estrada do Quitungo (excluída), da Rua
da) e pela Praia da Olaria (incluída), até a Avenida Itabira até a Rua Oliveira Melo, por esta (excluída),
Paranapuã. da Estrada do Quitungo até a Rua Barão de Melga-
Área limitada pela Rua Doutor Manuel Marrei- ço, por esta (excluída), da Rua Oliveira Melo até a
ros (excluída), Estrada da Portela (excluída), da Rua Rio Apa, por esta (excluída), da Rua Barão de
Rua Doutor Manuel Marreiros até a Avenida Para- Melgaço até a Estrada da Água Grande, por esta
napuã, por esta (incluída, da Estrada da Porteira (excluída), da Rua Rio Apa, passando pela Praça
até a Rua Chapot Prévost, e excluída, desta até a São João Berchmans (excluída), até a Praça Honó-
Praça Calcutá e a Rua Comendador Bastos), pela rio Gurgel, por esta (excluída), Avenida Monsenhor
Rua Comendador Bastos (excluída), pela Estrada Félix (incluída, da Praça Honório Gurgel até a Es-
do Pinhão (incluída), e desta, por uma linha reta, trada do Colégio, e excluída, desta até a Estrada
até o ponto mais próximo do saco do Pinhão; daí, Coronel Vieira), pela Estrada Coronel Vieira (excluída),
pela orla marítima, passando pela ponta do Tipiti- da Avenida Monsenhor Félix até a Avenida Auto-
mirim, ponta do Gato, Praia Grande e praia das móvel Clube, por esta (excluída) até a Rua Ale-
Pelônias, até a confluência da Rua Doutor Manuel crim; daí, por uma linha reta, até o ponto mais
Marreiros com a Avenida Ilha do Fundão. próximo da curva de nível de 100m, por esta até
Área limitada pela Praça das Nações (incluída), encontrar a linha de transmissão Paraíba-Triagem,
Avenida Londres (incluída), da Praça das Nações por esta linha de transmissão até encontrar a Es-
até a Avenida Bruxelas, por esta (incluída), da trada Vicente de Carvalho, por esta (excluída), da
Avenida Londres até a Avenida Guilherme Maxwell, referida linha de transmissão até a Avenida Brás
por esta (incluída), da Avenida Bruxelas até a Rua de Pina, por esta (excluída), da Estrada Vicente de
Bonsucesso, por esta (incluída), da Avenida Gui- Carvalho até o Largo da Penha, por este (excluí-
lherme Maxwell até a Praça Bonsucesso (incluída), do), Rua Itanhandu (excluída), Rua Santa Filome-
Avenida Teixeira de Castro (excluída), da Praça na (excluída), da Rua Itanhandu até o fim; do fim
Bonsucesso até a Rua Barreiros, por esta (incluí- da Rua Santa Filomena, por uma linha reta, até a
da), da Avenida Teixeira de Castro até a Estrada confluência da Rua João de Deus com a Rua Latino
do Engenho da Pedra, por esta (excluída), da Rua Coelho, por esta (incluída), Rua Eça de Queirós
Barreiros até a Rua Noêmia Nunes, por esta (ex- (incluída), da Rua Latino Coelho até encontrar o
cluída), da Estrada do Engenho da Pedra até a Rua prolongamento da Travessa Loreto; por este pro-
Doutor Alfredo Barcelos, por esta (excluída), da longamento e pela Travessa Loreto (incluída), Rua
Rua Noêmia Nunes até a Rua Carlina, Praça Man- Gomensoro (excluída), da Travessa Loreto até a
chester (excluída), Rua Carlina (excluída), da Rua Rua Aurélio Garcindo, por esta (excluída), Rua
Doutor Alfredo Barcelos até a Rua Nair, por esta João Rego (excluída), da Rua Aurélio Garcindo até
(excluída), da Rua Carlina até a Rua Comandante a Rua Uranos, por esta (excluída), da Rua João
Vergueiro da Cruz, por esta (excluída), da Rua Nair Rego até a estação de Ramos; daí, pela via férrea,
até a Rua 13 (não reconhecida), por esta (incluí- até a Praça das Nações. [Limites modificados de
da), pela Rua 12 (não reconhecida) (incluída), até acordo com o Decreto n.º 5.345, de 23/09/1985.]
a Rua Comandante Vergueiro da Cruz, por esta Área limitada pela Estrada Rodrigues Caldas,
(excluída), da Rua 12 (não reconhecida) até a Rua (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada Mapuá
Afonso Ribeiro, por esta (excluída), da Rua Coman- até a Estrada Macembu, por esta (incluído apenas

255
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
o lado par), da Estrada Rodrigues Caldas até en- cluída), da Estrada Vítor Dumas até a Rua Sapucaí,
contrar a linha de fundos dos lotes da quadra 10 por esta (excluída e excluindo também a Praça
do projeto aprovado de loteamento (PAL) n.º Redenção), da Avenida da Areia Branca até a Rua
19.663, por esta linha de fundos, até alcançar a Primeira, por esta (excluída), Avenida Antares
Estrada Mapuá, a 30m da Rua Correia do Rio; daí, (excluída), da Rua Felipe Cardoso até a Rua Pistói-
pela Estrada Mapuá (incluído apenas o lado ímpar), a, por esta (incluído apenas o lado ímpar), da Ave-
até a Estrada Rodrigues Caldas. nida Antares até a Avenida Cesário de Melo, por
Área limitada pela Estrada do Piaí (incluído a- esta (incluído apenas o lado ímpar, da Rua Pistóia
penas o lado ímpar), da Rua Doutor Ari Chagas até até encontrar o leito da Estrada de Ferro Central
a Estrada São Tarcísio, por esta (incluído apenas o do Brasil, e excluída, daí até a Estrada do Montei-
lado ímpar), da Estrada do Piaí até a rua não reco- ro), pela Estrada do Monteiro (excluída), da Aveni-
nhecida que vai ter ao fim da Praia do Cardo, e da Cesário de Melo até a Estrada da Cambota, por
excluída, desta rua não reconhecida até a Rua dos esta (excluída), Estrada do Joari (atual Rua Olinda
Lavradores, por esta (excluída), da Estrada São Ellis) (excluída), da Estrada do Cambota até a Avenida
Tarcísio até a Rua da Fonte, por esta (excluída), Belmiro Valverde, por esta (incluído apenas o lado
Rua Lutero Vargas (excluída), da Rua da Fonte até ímpar), da Estrada do Joari (atual Rua Olinda Ellis)
a Rua Raul Martins, por esta (excluída), da Rua até a Estrada do Cabuçu, Avenida Dom Sebastião I
Lutero Vargas até a Rua 3 (não reconhecida), por (incluído apenas o lado ímpar), Rua Artur Rios
esta (excluída), Rua Doutor Ari Chagas (excluída), (excluída), da Avenida Dom Sebastião I até a Rua
da Rua 3 (não reconhecida) até a Estrada do Piaí. Mário Mendes, por esta (excluída), da Rua Artur
Área limitada pela Estrada do Magarça (incluí- Rios até a Estrada do Pré, por esta (excluída), da
do apenas o lado ímpar), da Estrada do Cachimbau Rua Mário Mendes até a Estrada Santa Cruz, por
até a Estrada do Canhanga, por esta (incluído ape- esta (excluída), da Estrada do Pré até a Avenida
nas o lado par), da Estrada do Magarça até a curva Joaquim Magalhães, por esta (excluída), da Estra-
de nível de 100m da serra de Inhoaíba, por esta da do Pré até o leito da Estrada de Ferro Central
curva de nível, até encontrar a Rua Poeraba, por do Brasil, por este, passando pelas estações de
esta (incluída), da curva de nível de 100m até a Santíssimo, Senador Camará, Bangu e Padre Mi-
Rua Moranga, pela Rua Maetinga (incluída), do fim guel, até a Rua do Imperador, por esta (incluído
da Rua Maetinga por uma linha reta, até o Cami- apenas o lado ímpar), da via férrea até a Rua Ber-
nho Ana Gonzaga, por este (incluído), por uma nardo de Vasconcelos, por esta (incluído apenas o
linha reta, do Caminho Ana Gonzaga até o fim da lado ímpar), da Rua do Imperador até a Rua Gou-
Travessa do Gouveia, por esta (excluída), pela lart de Andrade, por esta (incluído apenas o lado
Estrada dos Vieiras (excluída), da Travessa do par), Rua Oliveira Braga (incluído apenas o lado
Gouveia até encontrar a curva de nível de 20m, ímpar), da Rua Goulart de Andrade até a Rua Dou-
por esta, até encontrar a divisa da área do lotea- tor Leça, por esta (incluído apenas o lado ímpar),
mento Jardim Sete de Abril, do projeto aprovado da Rua Oliveira Braga até a Rua Bernardo de Vas-
de loteamento (PAL) n.º 17.348 — projeto aprova- concelos, por esta (incluído apenas o lado ímpar),
do de alinhamento (PAA) n.º 5.893, por esta divi- da Rua Doutor Leça até a Rua Engenheiro Miranda
sa, incluindo a área do referido loteamento, até a Ribeiro, por esta (incluído apenas o lado par) até a
Estrada de Santa Eugênia, por esta (incluído ape- via férrea; daí, pelo leito da via férrea, até a Rua
nas o lado par), da divisa da área do loteamento Salustiano da Silva, por esta (incluído apenas o
do projeto aprovado de loteamento (PAL) n.º lado par), da via férrea até a Avenida Duque de
17.348, até a Estrada Visconde de Sinimbu, por Caxias, por esta (excluída), da Rua Salustiano da
esta (incluído apenas o lado ímpar), Rua General Silva até a Estrada Marechal Mallet, por esta (in-
Alexandre Barreto (incluído apenas o lado ímpar), cluído apenas o lado ímpar), da Avenida Duque de
da Estrada Visconde de Sinimbu até o seu início na Caxias até a Rua Salustiano da Silva, por esta (in-
Estrada da Pedra, por esta (incluído apenas o lado cluído apenas o lado par), da Estrada Marechal
ímpar), da Rua General Alexandre Barreto até a Mallet até a Rua Euclides, por esta (incluído ape-
Estrada Santa Viridiana, por esta (incluído apenas nas o lado ímpar), da Rua Salustiano da Silva até a
o lado par), da Estrada da Pedra até o Caminho Rua Belarmina, por esta (incluído apenas o lado
Mariquinha Lorosa, por esta (excluído), pela Estra- par), Rua Newton (incluído apenas o lado ímpar),
da Tasso Blaso (incluído apenas o lado ímpar), do Estrada Marechal Mallet (incluído apenas o lado
Caminho Mariquinha Lorosa até a Estrada de Sepe- par), da Rua Newton até a Avenida Marechal Fon-
tiba, por esta (incluído apenas o lado par), da Es- tenele, por esta (incluído apenas o lado ímpar), da
trada Tasso Blaso até a Rua São Domingos Sávio, Avenida Marechal Mallet até a Estrada Japoré, por
por esta (incluído apenas o lado ímpar), Estrada esta (incluído apenas o lado ímpar), da Avenida
Vítor Dumas (excluída), da Rua São Domingos Marechal Fontenele até a Rua Mário Barbedo, por
Sávio até a Avenida da Areia Branca, por esta (ex- esta (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada

256
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Japoré até a Avenida Marechal Fontenele, por esta do Tanque até a Estrada do Cafundá, por esta (ex-
(incluído apenas o lado ímpar), da Rua Mário Bar- cluída, da Avenida Nélson Cardoso até a Rua do
bedo até a Rua Xavier Curado, por esta (incluído Jordão, e incluindo apenas o lado par da Rua do
apenas o lado par), da Estrada Intendente Maga- Jordão até a Estrada do Catonho), pela Estrada do
lhães até a Rua João Vicente; daí, pelo leito da Catonho (incluído apenas o lado par), da Estrada
Estrada de Ferro Central do Brasil, até a Rua Divi- do Cafundá até encontrar o alinhamento sul da
sória, por esta (excluída), Rua Marina (excluída), faixa de servidão de Furnas e por este alinhamento
da Rua Divisória até a Rua Jubaí, por esta (excluí- até encontrar a curva de nível de 100m; por esta
da), da Rua Marina até a Estrada Intendente Ma- curva de nível, contornando os morros da Caixa-
galhães, por esta (incluída), da Rua Jubaí até o d’Água, do Cachambi, do Sandá, do Lameirão e do
Largo do Campinho, por este (excluído); daí, pela Viegas, até encontrar o prolongamento do eixo do
Avenida Ernani Cardoso (excluída), cruzando a via primeiro trecho da Rua Cláudio Ganns, a partir da
férrea, pela Avenida Suburbana (excluída), da via Estrada Moriçaba; daí, por este prolongamento e
férrea até a Rua José dos Reis, excluindo também pela Rua Cláudio Ganns (incluída), até a Estrada
o Largo dos Pilares, pela Rua José dos Reis (exclu- Moriçaba; por esta (incluído apenas o lado ímpar),
ída), da Avenida Suburbana até a Estrada de Ferro da Rua Cláudio Ganns até a Rua Iperana, por esta
Central do Brasil pelo leito desta, da Rua José dos (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada Moriça-
Reis até a Rua Doutor Padilha; daí, pela Avenida ba até a Estrada do Lameirão Pequeno, por esta
Amaro Cavalcante (incluída), até a Rua Monsenhor (incluído apenas o lado par), da Rua Iperana até a
Jerônimo, por esta (incluída), Rua Dias da Cruz Estrada do Viegas, por esta (incluído apenas o lado
(incluída), da Rua Monsenhor Jerônimo até a Rua par), da Estrada do Lameirão Pequeno até a Praça
Borja Reis, por esta (incluída), da Rua Dias da Cruz Mário Valadares, pela Estrada do Cabuçu (incluído
até a Rua Monteiro da Luz, por esta (incluído ape- apenas o lado ímpar), da Praça Mário Valadares
nas o lado par), da Rua Borja Reis até a Rua Para- até a Estrada dos Caboclos, por esta (incluído ape-
ná, por esta (incluído apenas o lado ímpar), da Rua nas o lado ímpar), da Estrada do Cabuçu até a
Monteiro da Luz até a Rua Clarimundo de Melo, por Estrada da Cachamorra, por esta (incluído apenas
esta (incluído apenas o lado par), da Rua Paraná o lado par), da Estrada dos Caboclos até a Estrada
até a Rua Palma, por esta (incluída), e pelo pro- do Mato-Alto, por esta (incluído apenas o lado
longamento do seu eixo, até a curva de nível de par), da Estrada da Cachamorra até a Rua Agosti-
100m, por esta curva de nível, contornando os nho de Castro, por esta (incluído apenas o lado
morros de Inácio Dias, da Bica e da Reunião, até o par), e pelo prolongamento do seu eixo, até o rio
ponto mais próximo da confluência da Estrada da Cabuçu, pelo leito deste até a Estrada do Aterrado
Covanca com a Estrada do Campo da Areia; deste do Rio, por esta (incluída), do rio Cabuçu até a
ponto, por uma linha reta, até a referida confluên- Estrada do Cachimbau, por esta (excluída), até a
cia; daí, pela Estrada do Campo de Areia (excluí- Estrada do Magarça. Excluem-se desta área aque-
da), até a Rua Camatiá, por esta (excluída), Estra- las acima da curva de nível de 100m, que perten-
da do Pau- -Ferro (incluída, da Rua Camatiá até a cem à zona especial ZE-1.
Estrada do Capenha, e excluída, da Estrada do Avenida Amaro Cavalcante.
Capenha até a Rua Geminiano de Góis), pela Rua
Geminiano de Góis (excluída), da Estrada do Pau ANEXO 12
Ferro até a Rua Araguaia; da confluência desta
com a Rua Geminiano de Góis, por uma linha reta, DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 5 (ZR-5)
até o fim da Rua Francisca Sales, por esta (incluí-
da), Avenida Geremário Dantas (incluída), da Rua Área limitada pela Rua do Acre e Praça Mauá
Francisca Sales até a Estrada dos Três Rios, por (excluídas), Rua Sacadura Cabral (excluída), da
esta (incluída), da Avenida Geremário Dantas até a Praça Mauá até a Rua Camerino, por esta (excluí-
Rua Comandante Rubens Silva, por esta (excluí- da), da Rua Sacadura Cabral até a Rua Senador
da), da Estrada dos Três Rios até a Rua Tirol, por Pompeu, por esta (excluída) até a Rua da Concei-
esta (incluída), da Rua Comandante Rubens Silva ção, por esta (excluída), da Rua Senador Pompeu
até a Estrada de Jacarepaguá, por esta (incluída), até a Rua Júlia Lopes de Almeida, por esta (excluí-
da Rua Tirol até a Avenida Tenente-Coronel Muniz da), Rua dos Andradas (excluída), da Rua Júlia
de Aragão, por esta (excluída), da Estrada de Jaca- Lopes de Almeida até a Rua Leandro Martins, por
repaguá até a Estrada Caribu, por esta (excluída), esta (excluída), da Rua dos Andradas até a Rua do
Rua Quintanilha (excluída), Rua Edgar Werneck Acre.
(excluída), da Rua Quintanilha até a Avenida Ge- Área limitada pela Rua Pedro Alves (excluída),
remário Dantas, por esta (excluída), da Rua Edgar Rua Santo Cristo (excluída), da Rua Pedro Alves
Werneck até o Largo do Tanque, por este (excluí- até a Rua Cardoso Marinho, por esta (excluída),
do), Avenida Nélson Cardoso (excluída), do Largo Rua Barão de Gamboa (excluída), da Rua Cardoso

257
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Marinho até a Rua da Gamboa, por esta (excluída), sar, por esta (excluído apenas o lado par), da Rua
da Rua Barão da Gamboa até a Rua Rivadávia Cor- São Cristóvão até encontrar o leito da Estrada de
reia, por esta (excluída), da Rua da Gamboa até a Ferro Central do Brasil. [Limites modificados pela
Rua do Livramento, por esta (excluída), até a Rua Lei n.º 361, de 18/10/1982.]
Sacadura Cabral, por esta (excluída) até a Rua Área limitada pela Estrada do Boiúna (incluído
Camerino, por esta (excluída) até a Praça dos Esti- apenas o lado ímpar), da Estrada Curumaú até a
vadores (excluída) e Rua Barão de São Félix, por Estrada do Engenho Velho, por esta (incluído ape-
esta (excluída), Rua Alfredo Dolabela Portela (in- nas o lado ímpar), da Estrada do Boiúna até a Es-
cluída), até o leito da Estrada de Ferro Central do trada do Cafundá, da confluência da Estrada do
Brasil, por este até a Avenida Francisco Bicalho, Cafundá, por uma linha reta, até o ponto mais
por esta (incluído apenas o lado ímpar), até a Rua próximo da curva de nível de 100m; por esta curva
Pedro Alves. Exclui-se a área acima da curva de de nível, até encontrar o limite com a ZI-1, segue
nível de 100m do morro da Providência, que per- pelos limites da ZI-1, cruzando a Estrada do Ca-
tence à zona especial ZE-1. fundá e a Estrada de São Gonçalo, até encontrar
Área limitada pela Rua Maria Antônia (incluí- novamente a Estrada do Cafundá; daí, pela Estra-
da), da Rua Cabuçu até a Rua General Belegarde, da do Cafundá (incluída), até a Avenida Nélson
por esta (incluída), da Rua Maria Antônia até a Rua Cardoso, por esta (incluída), da Estrada do Cafun-
Condessa Belmonte, por esta (incluída), da Rua dá até o Largo do Tanque (incluído), Avenida Ge-
General Belegarde até a Rua Maria Antônia, por remário Dantas (incluída), do Largo do Tanque até
esta (incluída), da Rua Condessa Belmonte até a a Rua Edgar Werneck, por esta (incluída), da Ave-
Rua Barão de Bom Retiro, por esta (incluída), da nida Geremário Dantas até a Rua do Retiro dos
Rua Maria Antônia até a Rua Araújo Leitão, por Artistas, por esta (excluída), da Rua Edgar Wer-
esta (incluída), da Rua Barão de Bom Retiro até a neck até a Rua Mirataia, por esta (excluída), Ca-
Rua Caimbé, por esta (incluída), Rua Dona Roma- minho do Curral (excluído), da Rua Mirataia até a
na (incluída), da Rua Caimbé até a Rua Cabuçu, Rua Joaquim Inácio Filho, por esta (excluída), do
por esta (incluída), da Rua Dona Romana até a Caminho do Curral até a Rua João Lopes Braga,
Rua Maria Antônia. por esta (excluída), Estrada Marechal Miguel Sala-
Área limitada pela Rua Lino Teixeira (excluída), zar Mendes de Morais (excluída), da Rua João Lo-
Rua Conselheiro Mayrink (excluída), da Rua Lino pes Braga até a Estrada dos Bandeirantes, por esta
Teixeira até a Rua Doutor Garnier, por esta (excluí- (excluída), da Estrada Marechal Miguel Salazar
da), da Rua Conselheiro Mayrink até a Rua Ana Mendes de Morais até encontrar a divisa lateral
Néri, por esta (excluída), da Rua Doutor Garnier esquerda do lote 1 do projeto aprovado de lotea-
até a Rua Licínio Cardoso, por esta (excluída), da mento (PAL) n.º 29.618, por esta divisa, pela divi-
Rua Ana Néri até o leito da Estrada de Ferro Cen- sa de fundos e pela divisa lateral direita do referido
tral do Brasil, por este até a Rua do Engenho Novo, lote 1, até alcançar a Estrada dos Bandeirantes,
por esta (incluída), Rua Sousa Barros (incluída), da por esta (excluída) até a Rua André Rocha, por
Rua do Engenho Novo até a Rua Bolívia, por esta esta (excluída), da Estrada dos Bandeirantes até a
(incluída), da Rua Sousa Barros até a Rua Visconde Rua Mapendi, por esta (incluído apenas o lado
de Itabaiana, por esta (incluída), da Rua Bolívia até par), Estrada Rodrigues Caldas (incluído apenas o
a Rua Peçanha da Silva, por esta (incluída), da Rua lado par), da Rua Mapendi até a Rua Ipadu, por
Visconde de Itabaiana até a Rua Brandelina Bata- esta (incluído apenas o lado par), Estrada da Liga-
lha, por esta (incluída), Rua Baronesa do Engenho ção (incluído apenas o lado ímpar), da Rua Ipadu
Novo (incluída), da Rua Brandelina Batalha até a até a Estrada do Rio Grande, por esta (incluído
Rua Dois de Maio, por esta (incluída), da Rua Ba- apenas o lado ímpar), da Estrada da Ligação até a
ronesa do Engenho Novo até a Rua Lino Teixeira. Estrada Curumaú, por esta (incluído apenas o lado
Área limitada pelo leito da Estrada de Ferro par), da Estrada do Rio Grande até a Estrada do
Central do Brasil, da Rua Almirante Baltasar até a Boiúna.
Rua Oito de Dezembro; daí, pela Rua Bartolomeu Área limitada pela Rua Humboldt (excluída),
de Gusmão (excluída), até a Rua projetada do Rua Uranos (incluída), da Rua Humboldt até a Avenida
projeto aprovado de alinhamento (PAA) n.º 7.805, dos Democráticos, por esta (excluída), da Rua
ligando a Rua Bartolomeu de Gusmão à Rua São Uranos até a Avenida Itaoca, por esta (excluída),
Luís Gonzaga, pela Rua projetada do projeto apro- da Avenida dos Democráticos até a Estrada do
vado de alinhamento (PAA) n.º 7.805 (incluída), Timbó, por esta (excluída), da Avenida Itaoca até
Rua São Luís Gonzaga (excluída), da Rua projeta- o leito do rio Faria, por este até a Avenida dos
da do projeto aprovado de alinhamento (PAA) n.º Democráticos, por esta (incluído apenas o lado
7.805, até a Rua Fonseca Teles, por esta (incluí- par), do leito do rio Faria até a Rua Humboldt.
da), até a Rua São Cristóvão, por esta (excluída), Área limitada pela Estrada de Itararé (excluí-
da Rua Fonseca Teles até a Rua Almirante Balta- da), da confluência da Avenida Itaoca até a Rua

258
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Arapá, por esta (excluída), Rua Capuçara (incluí- Rua dos Diamantes até a Rua Guaxindiba, por esta
da), da Rua Arapá até a Rua Joana Fontoura, por (excluída), da Rua Ururaí até a Rua José Pitanga,
esta (incluída), da Rua Capuçara até a Rua Sabaú- por esta (excluída), da Rua Guaxindiba até a Ave-
na, por esta (excluída), da Rua Joana Fontoura até nida Brasil, por esta (excluída), da Rua José Pitan-
a Rua Piumbi, por esta (excluída), da Rua Sabaúna ga até a Rua Serinhaém, por esta (incluída), da
até a Rua Tangará, por esta (excluída), da Rua Avenida Brasil até o prolongamento do eixo da Rua
Piumbi até a Rua Piancó, por esta (excluída), da Gaspar Adorno; daí, atravessando a via férrea,
Rua Tangará até a Rua Uranos, por esta (incluída), pela Rua Gaspar Adorno (excluída), Rua Meneses
da Rua Piancó até a Rua João Rego, por esta (in- Brum (excluída), da Rua Gaspar Adorno até a Rua
cluída), da Rua Uranos até a Rua Aurélio Garcindo, Leocádio Figueiredo, por esta (excluída), da Rua
por esta (incluída), da Rua João Rego até a Rua Meneses Brum até a Estrada do Camboatá, por
Gomensoro, por esta (incluída), da Rua Aurélio esta (incluída), até o leito da Estrada de Ferro Cen-
Garcindo até a Travessa Loreto, por esta (excluí- tral do Brasil, por este, até a confluência da Rua
da), pelo prolongamento desta até a Rua Eça de Liberata Santos com a Rua Carolina Santos; daí,
Queirós, por esta (excluída), deste ponto até a Rua atravessando a via férrea, pela Rua Divisória (in-
Latino Coelho, por esta (excluída), da confluência cluída), Rua Marina (incluída), da Rua Divisória até
da Rua Latino Coelho com a Rua João de Deus, por a Rua Jubaí, por esta (incluída), da Rua Marian até
uma linha reta, até o final da Rua Santa Filomena, a Estrada Intendente Magalhães, por esta (excluí-
por esta (incluída) até a Rua Itanhandu, por esta da), da Rua Jubaí até o Largo do Campinho, por
(incluída) até o Largo da Penha, por esta (incluído), este (incluído), Avenida Ernâni Cardoso (incluída),
Avenida Brás de Pina (incluída), do Largo da Penha cruzando a via férrea, pela Avenida Suburbana
até a Praça Maria do Carmo, por esta (incluída), (incluída), até o Largo dos Pilares, por este (incluí-
Estrada Vicente de Carvalho (incluída), da Praça do), Rua Álvaro Miranda (incluída), da Avenida
Maria do Carmo até encontrar a linha de transmis- Suburbana até a via férrea, por esta, até encontrar
são Paraíba-Triagem; daí, por esta linha de trans- a Rua José dos Reis, por esta (excluída), da via
missão, até encontrar a curva de nível de 100m da férrea até a Avenida Automóvel Clube, por esta
serra da Misericórdia; por esta curva de nível, até (excluída), da Rua José dos Reis até a Rua Macedo
o seu ponto mais próximo do encontro da Rua Costa, por esta (incluindo apenas o lado par), Es-
Alecrim com a Avenida Automóvel Clube; daí, por trada Velha da Pavuna (excluída), da Rua Macedo
uma linha reta, até o referido ponto de encontro, e Costa até a Avenida Itaoca, por esta (excluída), da
deste ponto, pela Avenida Automóvel Clube (inclu- Estrada Velha da Pavuna até a Estrada de Itara-
ída e incluindo também o Largo de Vicente de Car- ré. Excluem-se desta área aquelas acima da curva
valho), até a Estrada Coronel Vieira, por esta (in- de nível de 100m, que pertencem à ZE-1. [Limites
cluída), da Avenida Automóvel Clube até a Estrada alterados pelo Decreto n.º 2.425, de 17/12/1979.]
Monsenhor Félix, por esta (incluída), da Estrada Área limitada pela Rua Clarimundo de Melo
Coronel Vieira até a Estrada do Colégio, por esta (incluído apenas o lado ímpar), da Rua Palma até a
(excluída), Avenida Automóvel Clube (incluído Rua Paraná, por esta (incluído apenas o lado par),
apenas o lado ímpar), da Estrada do Colégio até a Rua Monteiro da Luz (incluído apenas o lado ím-
Rua Ender, passando sob a Avenida Brasil (que par), da Rua Paraná até a Rua Borja Reis, por esta
pertence à ZI-2), Rua Ender (incluída), Rua Ribe- (excluída), da Rua Monteiro da Luz até a Rua Catu-
yrolles (incluída), passando novamente sob a Ave- lo Cearense, por esta (incluída), do fim da Rua
nida Brasil (que pertence à ZI-2), Rua Bertichen Catulo Cearense, por uma linha reta em prolonga-
(incluída), Rua Mambucaba (incluída), da Rua Ber- mento ao eixo dessa rua, até a curva de nível de
tichen até a Rua Imboaçu, por esta (incluída), da 100m; por esta curva de nível, até encontrar a
Rua Mambucaba até a Avenida dos Italianos, por linha reta em prolongamento ao eixo da Rua Pal-
esta (incluído apenas o lado par), da Rua Imboaçu ma, por esta linha reta até a Rua Palma, por esta
até a Rua Aponiá, por esta (incluído apenas o lado (excluída) até a Rua Clarimundo de Melo.
par), Estrada do Otaviano (incluído apenas o lado Área limitada pela Avenida Brasil (excluída),
par), da Rua Aponiá até a Rua Leopoldino de Oli- da Rua Mauro até a Rua Isidro Rocha, por esta
veira, por esta (incluído apenas o lado par), da (incluída), da Avenida Brasil até a Rua Otranto,
Estrada do Otaviano até a Rua Comandante Fábio por esta (incluída), da Rua Isidro Rocha até a Rua
Magalhães, por esta (excluída), e continuando pelo Paramaribo, por esta (excluída), da Rua Otranto
prolongamento do seu eixo até alcançar a via fér- até a Rua São Bartolomeu, por esta (excluída), da
rea, por esta, em direção a Turiaçu, até encontrar Rua Paramaribo até a Rua Xavier Pinheiro, por esta
a Rua das Opalas, por esta (incluído apenas o lado (excluída), pelo prolongamento (não reconhecido)
par), da via férrea até a Rua dos Diamantes, por da Rua José Pessoa (excluído), pela Rua José Pes-
esta (incluído apenas o lado ímpar), da Rua das soa (excluída), até a Rua Tales de Carvalho, por
Opalas até a Rua Ururaí, por esta (excluída), da esta (excluída), pela Avenida Ministro Artur Costa

259
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
(incluída), até o rio Acari, pelo leito deste até o fim e, incluindo a Praça Cônego Monteiro, até a Aveni-
da Rua Rodolfo Chambelland, por esta (incluída) da Brasil.
até a Rua João Paulo da Fonseca, por esta (excluí- Área limitada pela divisa do Município do Rio
da), Rua General Correia e Castro (excluída), Rua de Janeiro, desde a Rodovia Presidente Dutra até o
Professor França Amaral (incluída), da Rua General limite com a área da zona especial 7 (ZE-7) (área
Correia e Castro até a Estrada do Vigário-Geral, sob jurisdição militar), por este limite até a Rua
por esta (excluída), da Rua Professor França Ama- Boaçu, por esta (incluída), Rua São Bernardo (in-
ral até a Rua Marechal Antônio de Sousa, por esta cluída), da Rua Boaçu até a Rua Aripuá, por esta
(incluída), da Estrada do Vigário- -Geral até a Rua (incluída), até encontrar a via férrea; pelo leito
Plutão, por esta (incluída), da Rua Marechal Antô- desta via férrea (em direção a Ricardo de Albu-
nio de Sousa até a Rua Mauro, por esta (incluída), querque), até a Rua Paraúna, por esta (incluída),
da Rua Plutão até a Avenida Brasil. pela Rua Araí (incluída), da Rua Paraúna até a
Área limitada pela Rua Rio Apa (incluída), da Estrada do Camboatá, por esta (incluída), da Rua
Estrada da Água Grande até a Rua Barão de Mel- Araí até alcançar o trevo (excluído) da Avenida
gaço, por esta (incluída), da Rua Rio Apa até a Rua Brasil, por esta (excluída), do trevo até a Rua Mar-
Oliveira Melo, por esta (incluída), da Rua Barão de cos de Macedo, por esta (excluída), da Avenida
Melgaço até a Estrada do Quitungo, por esta (in- Brasil até a Rua Clodoaldo de Freitas, por esta
cluída), da Rua Oliveira Melo até a sua confluência (excluída), Estrada Almirante Santiago Dantas
com a Rua Itabira; daí, cruzando a via férrea, pela (excluída), cruzando a linha férrea, por uma linha
Rua Jorge Coelho (incluída), até a Rua Joaquim reta perpendicular à linha férrea, até o rio Meriti,
Monteiro, por esta (incluída), Avenida Antenor pelo leito deste até a Rua Francisco de Meneses,
Navarro (incluída), da Rua Joaquim Monteiro até a por esta (excluída), do rio Meriti até a Rua Desem-
Rua Pindaí, por esta (incluída), Rua Taborari (ex- bargador Narcélio de Queirós, por esta (excluída),
cluída), da Rua Pindaí até a Rua Marari, por esta da Rua Francisco de Meneses até a Rua Embaú,
(excluída), da Rua Taborari até a Rua Mojacá, por por esta (excluída), da Rua Desembargador Narcé-
esta (excluída), Rua Japegoá (excluída), da Rua lio Queirós até a Rodovia Presidente Dutra, por
Mojacá até a Rua Patu, por esta (excluída), Aveni- esta (excluída), da Rua Embaú até a divisa do Mu-
da Antenor Navarro (excluída), da Rua Patu até a nicípio do Rio de Janeiro. Excluem-se desta área
Avenida Schultz Wenk, pela Rua Meengaba (exclu- aquelas situadas acima da curva de nível de 100m,
ída), da Avenida Schultz Wemk até a Rua Aricam- que pertencem à zona especial ZE-1.
bu, por esta (excluída), da Rua Meengaba até a Área limitada pela Estrada de Tubiacanga (ex-
Estrada do Porto Velho; daí, acompanhando o Tre- cluída), da praia do Dendê até a Estrada do Dendê,
vo das Missões (excluído), até a Avenida Brasil, por esta (incluída), da Estrada de Tubiacanga até a
por esta (excluída), do Trevo das Missões até a Avenida Paranapuã, por esta (incluída), da Estrada
Rua Bulhões Marcial, Rua Mundaú (excluída), da do Dendê até a Estrada da Porteira, por esta (in-
Rua Bulhões Marcial até a Rua Manguaba, por esta cluída), da Avenida Paranapuã até a Rua Doutor
(excluída), da Rua Mundaú até a Rua Álvaro Mace- Manuel Marreiros, por esta (incluída) até a praia
do, por esta (excluída), da Rua Manguaba até a das Pelônias; daí, pela orla marítima, passando
Rua Cordovil, por esta (excluída), da Rua Álvaro pela Praia da Rosa, até o ponto de encontro da
Macedo até a Estrada da Água Grande, por esta Praia do Dendê com a Estrada de Tubiacanga.
(excluída), da Rua Cordovil até a Rua Rio Apa. Área limitada pela Rua Pojuca (incluída), Praia
Área limitada pela Avenida Brasil (excluída), do Jequiá, Rua Pires da Mota, Praia Intendente
entre a Rua Canudos e a Rua Padre Albuquerque, Bittencourt e Praia da Ribeira (todas incluídas), até
por esta (incluída em toda a sua extensão), Rua a ponta da Ribeira, e, acompanhando a orla marí-
Bellini (incluída); do final desta, por uma linha tima, alcança a Praia da Engenhoca, por esta (in-
reta, até a confluência da Rua Canudos (incluída) cluída), Praia do Zumbi (incluída), da Praia da En-
com a Avenida Brasil. genhoca até a Rua Pojuca.
Área limitada pela Avenida Brasil (excluída), Área limitada pela Estrada do Magarça (incluí-
do encontro desta com a linha de transmissão Pa- da), da Rua Euclides Braga até a Rua Fragoso, por
raíba-Cascadura, até o ponto que ela intercepta a esta (incluído apenas o lado par), da Estrada do
linha de transmissão Paraíba-Triagem; daí, por Magarça até a Avenida do Canal (não reconheci-
esta linha de transmissão até o ponto em que a da), por esta (incluída), da Rua Fragoso até a
mesma intercepta a Estrada da Água Grande, por Avenida Dois de Julho, por esta (incluída), da Ave-
esta (incluída), da linha de transmissão até a Praça nida do Canal (não reconhecida), até a Rua Coaraci
Honório Gurgel, por esta (incluída), Estrada do Gentil Nunes, por esta (incluída), da Avenida Dois
Portinho (incluída), da Praça Honório Gurgel até o de Julho até a Estrada da Pedra, pela Rua Francis-
ponto em que intercepta a linha de transmissão co Vilhena (incluída), da Estrada da Pedra até a
Paraíba-Cascadura, por esta linha de transmissão Rua Professor Charley Lachmund, por esta (incluí-

260
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
da), Avenida Dois de Julho (incluída), Rua Vasco Belmiro Valverde (incluído apenas o lado par), da
Lima (incluída e incluindo também a Rua Rafael Estrada do Cabuçu até a Estrada do Joari, por esta
Bordalo), pela Estrada da Pedra (incluída), da Rua (incluída), da Avenida Belmiro Valverde até a Es-
Vasco Lima até a Rua Leonardo Nunes, por esta trada do Cambota, por esta (incluída), da Estrada
(incluída), do cruzamento com a Estrada da Pedra do Joari (atual Rua Olinda Ellis) até a Estrada do
até encontrar novamente esta mesma estrada, Monteiro, por esta (incluída), da Estrada da Cam-
Rua Motorista Manuel Duarte (incluída), incluindo bota até a Avenida Cesário de Melo, por esta (in-
também as Ruas Augusto Gauland e Maestro Ro- cluída), da Estrada do Monteiro, na direção de
meu Silva, pela Rua Domingos Correia de Morais Paciência, até o ponto em que se afasta do leito da
(incluída), da Rua Motorista Manuel Duarte até o Estrada de Ferro Central do Brasil; deste ponto,
seu fim; daí, por uma linha reta, até o fim da Rua pelo leito da Estrada de Ferro Central do Brasil, até
Euclides Braga por esta (incluída), até a Estrada do a Rua Pistóia, por esta (incluído apenas o lado
Magarça. ímpar), do leito da Estrada de Ferro Central do
Área limitada pela Avenida Brasil (excluída), Brasil até a Avenida Antares, por esta (incluída),
da Estrada do Morro do Ar até a Estrada do Enge- da Rua Pistóia até a Rua Primeira, por esta (incluí-
nho Novo, por esta (incluindo apenas o lado par), da), até a Rua Sapucaí, por esta (incluída), da Rua
e seguindo o limite com a zona especial ZE (área Primeira até a Avenida da Areia Branca, por esta
sob jurisdição militar), até a divisa do Município do avenida (incluída), da Rua Sapucaí até a Praça da
Rio de Janeiro; por esta divisa até encontrar a Areia Branca (incluída), e a Estrada Vítor Dumas,
curva de nível de 80m; daí, por esta curva de ní- por esta (incluída, da Avenida Areia Branca até a
vel, até o ponto mais próximo do fim da Estrada do Rua São Domingos Sávio) e incluído apenas o lado
Gericinó; deste ponto, por uma linha reta, até o ímpar da Rua São Domingos Sávio, até a Travessa
fim da Estrada do Gericinó, por esta (incluindo São José (não reconhecida), pela Travessa São
apenas o lado par), até o encontro com o prolon- José (incluído apenas o lado par), até o seu encon-
gamento do eixo da Rua Treze de Março (não re- tro com o limite da zona especial ZE-7 (área sob
conhecida), por este prolongamento e pela Rua jurisdição militar); por este limite, até encontrar o
Treze de Março (não reconhecida) (incluído apenas Caminho do Zeppelin (não reconhecido); por este
o lado par), pela Estrada do Guandu do Sena (in- caminho (incluído apenas o lado ímpar), até o ca-
cluído apenas o lado ímpar), da Rua Treze de Mar- nal do Sangue, por este até o canal do Itá, por
ço (não reconhecida) até a Estrada do Guandu, por este, até o encontro com a Avenida João XXIII, por
esta (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada do esta (excluída), do canal do Itá até a Avenida Bra-
Guandu do Sena até a Estrada do Mendanha, por sil, por esta (excluída) até o canal do Cação Ver-
esta (incluído apenas o lado par), da Estrada do melho; por este canal, até a Estrada do Morro do
Guandu até encontrar o rio da Prata do Mendanha, Ar, por esta (excluída), do canal do Cação Verme-
pelo leito deste e pelo leito do rio Guandu-Mirim ou lho até a Avenida Brasil. Excluem-se desta área
Tingui, até encontrar a divisa do Município do Rio aquelas acima da curva de nível de 100m, que
de Janeiro; daí, por esta divisa, até a Estrada do pertencem à zona especial ZE-1, e as áreas per-
Curtume, por esta (excluída), da divisa do Municí- tencentes à zona industrial ZI-2 (próximas à Rua
pio a Estrada Morro do Ar, por esta (excluída) até Capitão Lafay e o lote 1 do projeto aprovado de
a Avenida Brasil. Excluem-se desta área aquelas loteamento (PAL) n.º 26.724).
situadas acima da curva de nível de 100m, que Rua Santos Rodrigues. [Incluída na zona resi-
pertencem à zona especial ZE-1. dencial 5 (ZR-5) pelo Decreto n.º 3.087, de
Área limitada pela Avenida Brasil (excluída), 2/6/1981.]
da Estrada do Morro do Ar até a Rua Ernesto Ribei-
ro, por esta (incluída), Rua Tenente-Coronel Cunha ANEXO 13
(incluído apenas o lado ímpar), até o leito da Es-
trada de Ferro Central do Brasil, por este, passan- DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 6 (ZR-6)
do pelas estações de Realengo, Padre Miguel, Ban-
gu, Senador Camará e Santíssimo, até encontrar a Área limitada pela Estrada do Grumari (incluí-
Avenida Joaquim Magalhães, por esta (incluída), cru- da), da Estrada da Barra de Guaratiba até encon-
zando a Estrada de Ferro Central do Brasil, até a trar a curva de nível de 100m, por esta, contor-
Avenida Santa Cruz, por esta (incluída), da Aveni- nando os morros da Faxina, de Santo Antônio da
da Joaquim Magalhães até a Estrada do Pré, por Bica, da Ilha, da Boa Vista, dos Caboclos, do Capi-
esta (incluída), da Avenida Santa Cruz até a Rua tão Inácio, do Cabuçu, Santa Luzia, do Lameirão e
Mário Mendes, por esta (incluída), da Estrada do do Viegas, até encontrar o prolongamento do eixo
Pré até a Rua Artur Rios, por esta (incluída), da do primeiro trecho da Rua Cláudio Ganns, a partir
Rua Mário Mendes até a Avenida Dom Sebastião I, da Estrada Moriçaba; por este prolongamento, até
por esta (incluído apenas o lado par), Avenida a Rua Cláudio Ganns, por esta (excluída) até a

261
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Estrada Moriçaba, por esta (incluído apenas o lado par), Estrada Vítor Dumas (incluído apenas o lado
par), da Rua Cláudio Ganns até a Rua Iperana, por par), da Estrada São Domingos Sávio até a Tra-
esta (incluído apenas o lado par), da Estrada Mori- vessa São José, por esta (incluído apenas o lado
çaba até a Estrada do Lameirão Pequeno, por esta ímpar), pelo prolongamento do eixo da Travessa
(incluído apenas o lado ímpar), da Rua Iperana até São José, até encontrar a vala da Goiaba; daí, por
a Estrada do Viegas, por esta (incluído apenas o esta vala, até o canal do Pau-da-Flecha, por este,
lado ímpar), da Estrada do Lameirão Pequeno até até encontrar a linha reta que, seguindo a direção
a Praça Mário Valadares; daí, pela Estrada do Ca- noroeste, passa pela confluência da Estrada de
buçu (incluído apenas o lado par), da Praça Mário Sepetiba com a Estrada do Piaí, por esta linha reta
Valadares até a Estrada dos Caboclos, por esta até a referida confluência; daí, pela Estrada do Piaí
(incluído apenas o lado par), da Estrada do Cabuçu (excluída), da Estrada de Sepetiba até a Rua Dou-
até a Estrada da Cachamorra, por esta (incluído tor Ari Chagas, e incluído apenas o lado par, da
apenas o lado ímpar), da Estrada dos Caboclos até Rua Doutor Ari Chagas até a Rua 2 (não reconhe-
a Estrada do Mato-Alto, por esta (incluído apenas o cida), do Jardim Piaí), pela Rua 2 (não reconheci-
lado ímpar), da Estrada da Cachamorra até a Rua da) (excluída), pela Avenida do Canal (excluída),
Agostinho de Castro, por esta (incluído apenas o da Rua 2 (não reconhecida) até o Caminho dos
lado ímpar) e pelo prolongamento do seu eixo, até Cabuís, por este (incluído), da Avenida do Canal
o rio Cabuçu, pelo leito deste, até o rio Piraquê, até o Caminho do Caxangá, por este (incluído),
pelo leito deste, até a Estrada da Matriz, por esta pela Rua Coronel Jaime Lemos (incluído apenas o
(incluído apenas o lado ímpar), do rio Piraquê até a lado ímpar), da Estrada da Pedra, cruzando a Ave-
Estrada da Ilha, por esta (incluído apenas o lado nida das Américas (BR-101), até encontrar de no-
ímpar), pela Estrada da Barra de Guaratiba (incluí- vo a Estrada da Pedra, por esta (incluído apenas o
do apenas o lado ímpar), da Estrada da Ilha até a lado ímpar), da Rua Coronel Jaime Lemos até a
Estrada do Grumari. Excluem-se desta área aque- Rua Coaraci Gentil Nunes, por esta (excluída), da
las situadas acima da curva de nível de 100m, que Estrada da Pedra até a Avenida Dois de Julho, por
pertencem à zona especial ZE-1. esta (excluída), pela Avenida do Canal (excluída),
Área limitada pela Rua Poeraba (excluída), da da Avenida Dois de Julho até a Rua Fragoso, por
curva de nível de 100m até a Rua Moranga, pela esta (incluído apenas o lado ímpar), da Avenida do
Rua Maetinga (excluída), do fim da Rua Maetinga, Canal até o seu fim na Estrada do Magarça, por
por uma linha reta, até o Caminho Ana Gonzaga, esta (incluído apenas o lado par), da Rua Fragoso
por este (excluído), por uma linha reta, do Cami- até a Estrada do Canhanga, por esta (incluído ape-
nho Ana Gonzaga até o fim da Travessa Gouveia, nas o lado ímpar), da Estrada do Magarça até a
por esta (incluída), pela Estrada dos Vieiras (incluída), curva de nível de 100m; por esta curva de nível,
da Travessa Gouveia até encontrar a curva de nível contornando a serra de Inhoaíba e o morro de
de 20m, por esta, até encontrar a divisa da área Santa Eugênia, até encontrar a Rua Poeraba. Ex-
do loteamento Jardim Sete de Abril do projeto cluem-se desta área aquelas situadas acima da
aprovado de loteamento (PAL) n.º 17.348 — proje- curva de nível de 100m, que pertencem à zona
to aprovado de alinhamento (PAA) n.º 5.893; por especial ZE-1.
esta divisa, até encontrar a Estrada de Santa Eu- Área limitada pelo rio Guandu-Mirim ou Tingui,
gênia, sem incluir a área do referido loteamento, do ponto em que deixa de servir como divisa do
pela Estrada de Santa Eugênia (incluído apenas o Município do Rio de Janeiro até o encontro com o
lado ímpar), da divisa da área do loteamento do rio da Prata do Mendanha; daí, pelo rio da Prata do
projeto aprovado de loteamento (PAL) n.º 17.348, Mendanha, até encontrar a Estrada do Mendanha;
até a Estrada Visconde de Sinimbu, por esta (incluído daí, pela Estrada do Mendanha (incluído apenas o
apenas o lado par), da Estrada de Santa Eugênia lado ímpar), até a confluência desta com a Estrada
até a Rua General Alexandre Barreto, por esta do Guandu, por esta (incluído apenas o lado par),
(incluído apenas o lado par), da Estrada Visconde da Estrada do Mendanha até a Estrada do Guandu
de Sinimbu até o seu início na Estrada da Pedra, do Sena, por esta (incluído apenas o lado par), da
por esta (incluído apenas o lado par), da Rua Ge- Estrada do Guandu até a Rua Treze de Março (não
neral Alexandre Barreto até a Estrada Santa Viridiana, reconhecida), por esta (incluído apenas o lado
por esta (incluído apenas o lado ímpar), da Estrada ímpar) e pelo prolongamento do seu eixo, até en-
da Pedra até o Caminho Mariquinha Lorosa, por contrar a Estrada do Gericinó, pela Estrada do
este (incluído), da Estrada Santa Viridiana até a Gericinó (incluído apenas o lado ímpar), do fim da
Estrada Tasso Blaso, por esta (incluído apenas o Estrada do Gericinó, por uma linha reta, até o pon-
lado par), do Caminho Mariquinha Lorosa até a to mais próximo da curva de nível de 80m; por
Estrada de Sepetiba, por esta (incluído apenas o esta curva de nível até a divisa do Município do Rio
lado ímpar), da Estrada Tasso Blaso até a Rua São de Janeiro; daí, pela divisa do Município, até en-
Domingos Sávio, por esta (incluído apenas o lado contrar a curva de nível de 100m, por esta, con-

262
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
tornando os morros do Capim Melado, do Guandu préia; por esta (excluída) até a escadaria que dá
e do Manuel José, até encontrar novamente o limi- acesso à Rua Almirante Alexandrino; por esta (ex-
te do Município do Rio de janeiro; daí, por este cluída) até a Estrada das Paineiras; por esta (inclu-
limite, até encontrar o rio Guandu-Mirim ou Tingui. ída) até encontrar a Estrada de Ferro Corcovado;
Excluem-se desta área aquelas situadas acima da por esta (incluída, excluindo a Ladeira do Ascurra)
curva de nível de 100m, que pertencem à zona até o ponto em que se encontra o prolongamento
especial ZR-1. da Travessa das Escadinhas Dona Marta; daí, su-
bindo a vertente em linha reta, até o ponto culmi-
ANEXO 14 nante do Morro Dona Marta (cota 362m); deste
ponto, seguindo pela Estrada Mirante Dona Marta
DELIMITAÇÃO DA ZONA DE INDÚSTRIA (N.R.) (incluída), até o entroncamento com a Es-
E COMÉRCIO trada das Paineiras (incluída); desde ponto, subin-
do o espigão, ao Monumento do Cristo Redentor
Área limitada pela Avenida Francisco Bicalho
(incluído, cota 701m); daí, pela Estrada de Ferro
(incluído apenas o lado par), pelo leito da Estrada
Corcovado (incluída), até o Largo das Paineiras
de Ferro Central do Brasil, até a Rua Almirante
(incluído); daí, em direção norte, subindo e des-
Baltasar, por esta (incluído, apenas o lado ímpar),
cendo os espigões das serras da Formiga e da La-
do leito da Estrada de Ferro Central do Brasil até a
goinha (excluindo a Estrada do Sumaré), passando
Rua São Cristóvão, por esta (incluída), da Rua
pelos pontos de cota 623m e 338m, até o ponto de
Almirante Baltasar até a Rua Fonseca Teles, por
cota 273m, no entroncamento da Estrada do Su-
esta (excluída), até a Rua São Luís Gonzaga, por
maré com a Estrada Dom Joaquim Mamede; por
esta (incluída e incluindo o Largo da Cancela), até
esta (incluída, incluindo o Beco da Lagoinha); até o
a Rua Ana Néri, por esta (incluída), da Rua São
entroncamento com a Rua Almirante Alexandrino;
Luís Gonzaga até o leito da Estrada de Ferro Leo-
daí, subindo e descendo os espigões do Morro dos
poldina, por este até a Rua Francisco Manuel, por
Prazeres, passando pelos pontos de cota 221m,
esta (incluída), até o Largo de Benfica (incluído),
282m e 276m, até atingir o entroncamento da Rua
Rua São Luís Gonzaga (incluída), do Largo de Ben-
Gomes Lopes (incluída) com a Rua Cândido de
fica até a Rua Prefeito Olímpio de Melo, por esta (in-
Oliveira; por esta e pela Rua Barão de Petrópolis
cluída), da Rua São Luís Gonzaga até a Avenida
(excluídas, excluindo a Escadaria Cândido de Oli-
Brasil, por esta (incluída), da Rua Prefeito Olímpio
veira) até a Rua Prefeito João Felipe; por esta (in-
de Melo até o seu início na Avenida Francisco Bica-
cluída); Rua Eliseu Visconti (incluída), até a Rua
lho. [Limites modificados pela Lei n.º 361, de
General Galvão e (excluída) até a Rua Navarro;
18/10/1982.]
por esta (excluída), até a Rua Queirós Lima; por
ANEXO 15 esta (excluída), até a Rua Itapiru; por esta (exclu-
ída); Rua Doutor Agra (excluída); Rua dos Coquei-
DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 3 (ZE-3) ros (excluída, excluindo a Travessa Marieta e o
Viaduto Doutor Agra); Rua Eleone de Almeida (in-
Da Praça Cardeal Câmara (excluída), seguindo cluída); Rua José de Alencar (incluída); Rua Paula
pela Rua Joaquim Silva e a Rua Conde de Lajes Matos (incluída, incluindo a Praça Dona Antônia),
(todas excluídas); por esta, até a Rua da Glória; até a Rua Frei Caneca; seguindo por esta (excluída,
por esta (excluída) até a Rua Cândido Mendes; por excluindo a Avenida Salvador de Sá), até a Rua
esta (excluída) até a Rua do Fialho; por esta (ex- Riachuelo; por esta (excluída), passando pelas
cluída), até a Rua Santo Amaro; por esta (incluída) Ruas Costa Bastos, Cardeal Dom Sebastião Leme e
até o seu final; Rua Pedro Américo (excluída) até o Monte Alegre (todas incluídas), até a Praça Cardeal
seu final; daí, subindo a vertente, até o ponto de Câmara, ponto de partida.
cota 268m no Morro Nova Cintra; deste ponto,
passando pelos pontos de cota 182m, 212m, 246m ANEXO 15-A
e 243m do Morro São Judas Tadeu, até o entron-
camento da Rua Almirante Alexandrino com a Rua DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 1 (ZR-1)
Doutor Júlio Otoni (incluída); por esta e pela Rua NA ZONA ESPECIAL 3 (ZE-3)
Professor Alcias Ataíde (incluída); Escadaria São
Judas Tadeu (excluída); Rua Senador Pedro Velho Do ponto de encontro da curva de nível de
(excluída); Caminho do Chico (excluído) até a Rua 100m (cem metros) com a Rua Doutor Júlio Otoni;
Cosme Velho; por esta (excluída, excluindo o Largo por esta (incluída) e pela Rua Professor Alcias Ata-
e o Beco do Boticário e os acessos aos túneis An- íde (incluída); Escadaria São Judas Tadeu (excluí-
dré e Antônio Rebouças), até a Rua Itamonte; por da); Rua Senador Pedro Velho (excluída); Caminho
esta (excluída); Rua Indiana (excluída); Rua Cos- do Chico (excluído) até a Rua Cosme Velho; por
me Velho (excluída) até a Rua Conselheiro Lam- esta (excluída, excluindo o Largo e o Beco do Boti-

263
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
cário e os acessos aos túneis André e Antônio Re- drino; por esta (excluída) até a Estrada das Painei-
bouças), até a Rua Itamonte; por esta (excluída) até ras; por esta (incluída), até encontrar a estrada de
o ponto de encontro da curva de nível 100m retor- Ferro Corcovado; por esta (incluída, excluindo a
nando por esta curva de nível até o ponto inicial. Ladeira do Ascurra) até o ponto em que se encon-
tra o prolongamento da Travessa das Escadinhas
ANEXO 15-B Dona Marta; daí, subindo a vertente em linha reta,
até o ponto culminante do Morro Dona Marta (cota
DELIMITAÇÃO DA ZONA RESIDENCIAL 3 (ZR-3) 362m); deste ponto, seguindo pela Estrada Miran-
NA ZONA ESPECIAL 3 (ZE-3) te Dona Marta (N.R.) (incluída), até o entronca-
mento com a Estrada das Paineiras (incluída);
Do entroncamento da Rua Barão de Petrópolis deste ponto, subindo o espigão, ao Monumento do
com a Rua Prefeito João Felipe (boca norte do tú- Cristo Redentor (incluído, cota 701m); daí, pela
nel Rio Comprido—Laranjeiras), por esta (incluí- Estrada de Ferro Corcovado (incluída), até o Largo
da); Rua Eliseu Visconti (incluída), até a Rua Ge- das Paineiras (incluído); daí, em direção norte,
neral Galvão (excluída) até a Rua Navarro; por subindo e descendo os espigões das serras da
esta (excluída), até a Rua Queirós Lima; por esta Formiga e da Lagoinha (excluindo a Estrada do
(excluída), até a Rua Itapiru; por esta (excluída); Sumaré), passando pelos pontos de cota 623m e
Rua Doutor Agra (excluída); Rua dos Coqueiros 338m até o ponto de cota 273m, no entroncamen-
(excluída, excluindo a Travessa Marieta e o Viaduto to da Estrada do Sumaré com a Estrada Dom Joa-
Doutor Agra); Rua Eleone de Almeida (incluída); quim Mamede; por esta (incluída, incluindo o Beco
Rua José de Alencar (incluída); Rua Paula Matos da Lagoinha), até o entroncamento com a Rua
(incluída, incluindo a Praça Dona Antônia), até a Almirante Alexandrino; daí, subindo e descendo os
Rua Frei Caneca; seguindo por esta (excluída, ex- espigões do Morro dos Prazeres, passando pelos
cluindo a Avenida Salvador de Sá), até a Rua Ria- pontos de cota 221m, 282m e 276m, até atingir o
chuelo; por esta (excluída), passando pelas Ruas entroncamento da Rua Gomes Lopes (incluída)
Costa Bastos, Cardeal Dom Sebastião Leme e Mon- com a Rua Cândido de Oliveira; por esta e pela
te Alegre (todas incluídas), até a Praça Cardeal Câ- Rua Barão de Petrópolis (excluídas, excluindo a
mara; por esta (excluída); seguindo pela Rua Joa- Escadaria Cândido de Oliveira), até o entronca-
quim Silva e a Rua Conde de Lajes (todas mento desta com a Rua Prefeito João Felipe (boca
excluídas); por esta, até a Rua da Glória; por esta norte do Túnel Rio Comprido—Laranjeiras); daí,
(excluída), até a Rua Cândido Mendes; por esta por um segmento até o ponto de curva de nível de
(excluída), até a Rua do Fialho; por esta (excluí- 100m mais próximo da boca sul do mesmo túnel.
da), até a Rua Santo Amaro; por esta (incluída)
até o seu final; Rua Pedro Américo (excluída) até o ANEXO 16
seu final; daí, subindo a vertente até o ponto de
cota 267m no Morro Nova Cintra; deste ponto, DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 4 (ZE-4)
passando pelos pontos de cota 182m, 246m e
243m do Morro São Judas Tadeu até o entronca- Área compreendida pelos seguintes limites:
mento da Rua Almirante Alexandrino com a Rua iniciando na foz do rio Piraquê, segue por este até
Doutor Júlio Otoni (incluída); por esta até o ponto encontrar a Estrada da Matriz; segue por esta (in-
de encontro com a curva de nível de 100m, por cluído apenas o lado par), do leito do rio Piraquê
esta curva de nível até o ponto mais próximo da até a Estrada da Ilha, por esta (incluído apenas o
boca sul do túnel Rio Comprido—Laranjeiras, deste lado par), e prossegue pela Estrada da Barra de
ponto por um segmento até o ponto inicial. Guaratiba até encontrar a foz do canal do Baca-
lhau; segue pelo talvegue do canal do Bacalhau e o
do canal do Pau-Torto até a foz deste na baía de
ANEXO 15-C Sepetiba; segue pelo litoral até encontrar a foz do
rio Piraquê. As ilhas das Baleias, a ilha do Cavado
DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 1 (ZE-1) e a ilha Nova estão incluídas na ZE-4.
NA ZONA ESPECIAL 3 (ZE-3)
ANEXO 17
Do ponto da curva de nível de 100m mais pró-
ximo da boca sul do túnel Rio Comprido—Laranjeiras, DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 5 (ZE-5)
por esta curva de nível até encontrar a Rua Ita-
monte; por esta (excluída), Rua Indiana (excluí- Área limitada por uma linha que, partindo do
da); Rua Cosme Velho (excluída) até a Rua Conse- litoral na foz do canal de Sernambetiba, acompa-
lheiro Lampréia; por esta (excluída) até a nha a margem direita do referido canal até encon-
escadaria que dá acesso à Rua Almirante Alexan- trar o alinhamento do projeto aprovado (PA) n.º

264
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
8.997; daí, até encontrar a Estrada do Pontal, se- do litoral, na foz do canal de Sernamebetiva, a-
gue pelo alinhamento da aludida estrada por uma companha a margem direita do referido canal até
distância de 200m adiante do citado ponto de en- encontrar o alinhamento do projeto aprovado
contro; daí, por uma linha reta com rumo de 62º (PA) n.º 8.997; daí, por este alinhamento, até
SO, até interceptar a curva de nível de 100m do encontrar a Estrada do Pontal, acompanha o ali-
maciço da Pedra Branca, segue à direita por esta nhamento da aludida estrada por uma distância
curva de nível, acompanhando os morros de Boa de 200m adiante do citado ponto de encontro,
Vista, Piabas, Santo Antônio da Bica, Grota Funda, segue daí por uma reta com rumo de 62º SO, até
da Ilha, da Boa Vista, da Toca Pequena, do Cabun- interceptar a curva de nível de 100m, e delimita-
gui, de Santa Bárbara, do Sacarrão Pequeno, da da a oeste pela linha que, traçada no rumo norte
Pedra Rosilha, da Pedra Negra, até o ponto em que verdadeiro, desde o ponto mais alto da ilha Rasa
esta curva de nível é interceptada pelo prolonga- (Guaratiba), corta o litoral (limite sul da área) e
mento no rumo oeste do alinhamento da Rua An- vem interceptar a curva de nível de 100m (limite
dré Rocha, por esta (incluída), até o seu encontro norte da área).
com a Estrada dos Bandeirantes, por esta (incluí-
da, com exceção do lote 1 do projeto aprovado de DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 9 (ZE-9)
loteamento (PAL) n.º 29.618, que pertence à ZI-
1), da Rua André Rocha na direção sul, até a Es- ANEXO 19
trada Marechal Miguel Salazar Mendes de Morais,
por esta (incluída), da Estrada dos Bandeirantes ÁREAS COLETIVAS
até a Rua João Lopes Braga, por esta (incluída),
até a Rua Joaquim Inácio Filho, por esta (incluída), RELAÇÃO DOS LOGRADOUROS E QUADRAS QUE,
da Rua João Lopes Braga até encontrar o Caminho NAS DIFERENTES REGIÕES ADMINISTRATIVAS,
do Curral; por este caminho (incluído), da Rua CONSTITUEM OS CENTROS DE BAIRRO
Joaquim Inácio Filho até a Rua Mirataia, por esta (CB-1, CB-2 e CB-3).
(incluída), Rua do Retiro dos Artistas (incluída), da
Rua Mirataia até a Rua Edgar Werneck, por esta [O Decreto n.º 5.280, de 23/8/1985, deu
(incluída), da Rua do Retiro dos Artistas até a Rua ao anexo 20 a redação a seguir reproduzida:]
Quintanilha, por esta (incluída), Estrada Caribu
(incluída), Avenida Tenente-Coronel Muniz de Ara- ANEXO 20
gão (incluída), da Estrada Caribu até a Estrada de
Jacarepaguá, pela Estrada da Uruçanga (incluída), I Região administrativa (Portuária)
da Estrada de Jacarepaguá até o encontro com a
Estrada do Bananal; deste ponto, por uma reta de Centros de Bairro CB-1:
rumo leste, até o seu encontro com a curva de — Ladeira do Barroso.
nível de 100m, nas proximidades da pedra de São — Ladeira do Faria.
Francisco; por esta curva de nível, acompanhando — Praça Américo Brum.
os morros Mata-Cavalo, da Muzema, do Picapau, — Praia do Caju (entre a Rua Coronel Sampaio
do Focinho do Cavalo e pedra da Gávea, até o pon- e a Avenida Rio de Janeiro).
to mais próximo do encontro da Estrada Sorimã — Rua Alfredo Dolabela Portela.
com a Estrada do Joá, deste ponto, por uma linha — Rua Carlos Seidl.
reta, até a referida confluência, pela Estrada do — Rua Circular da Quinta do Caju.
Joá (incluída), da confluência com a Estrada Sorimã, — Rua Coronel Audomaro Costa.
até a Praça Desembargador Araújo Jorge, e por — Rua General Gurjão (entre a Rua General
esta (incluída); daí, pela orla da lagoa da Tijuca e Sampaio e a Rua Coronel Ernani Lucena).
pelo canal, até o mar, e, acompanhando a orla — Rua General Sampaio (entre a Rua Carlos
marítima, até a foz do canal de Sernambetiba. Seidl e a praia do Caju).
Excluem-se desta área aquelas situadas acima da — Rua Monsenhor Manuel Gomes.
curva de nível de 100m, que pertencem à zona — Rua Montalverne.
especial ZE-1. — Rua do Monte.
— Rua Nabuco de Freitas.
ANEXO 18 — Rua Orestes.
— Rua Rego Barros.
DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 6 (ZE-6) — Rua Sara.
Centros de Bairro CB-2:
Área compreendida entre o litoral ao sul e a — Praça Marechal Hermes.
curva de nível de 100m do maciço montanhoso ao — Rua Alexandre Mackenzie (da Rua Barão de
norte, delimitada a leste pela linha que, partindo São Félix até o fim).

265
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua da América (da Praça Santo Cristo até III Região Administrativa (Rio Comprido)
o fim).
— Rua Bento Ribeiro (da Rua Barão de São Fé- Centros de Bairros CB-1:
lix até o fim). — Avenida Paulo de Frontin (entre a Rua Joa-
— Rua Cupertino (entre a Rua Sacadura Ca- quim Palhares e a Praça Condessa Paulo de Frontin).
bral e a Rua Barão de São Félix). — Rua Azevedo Lima (entre a Rua Campos da
— Rua Costa Ferreira (da Rua Barão de São Paz e a Rua Itapiru).
Félix até o fim). — Rua Barão de Itapagipe (entre a Rua Aristi-
— Rua da Gamboa (entre a Rua Rivadávia des Lobo e a Rua do Bispo).
Correia e a Rua Conselheiro Zacarias). — Rua Barão de Petrópolis (entre a Rua da Es-
— Rua do Livramento. trela e a Rua Cândido de Oliveira).
— Rua Pedro Alves. — Rua Barão de Ubá (entre a Rua João Paulo I
— Rua Pedro Ernesto. e a Rua Haddock Lobo).
— Rua Peter Lund. — Rua Batista das Neves.
— Rua Rivadávia Correia (da Rua da Gamboa — Rua do Bispo (entre a Rua Barão de Itapa-
até o fim). gipe e a Avenida Paulo de Frontin).
— Rua Santo Cristo (entre a Rua da União e a — Rua Campos da Paz.
Avenida Rodrigues Alves e entre a Rua Mendonça e — Rua Laurindo Rabelo.
a Rua Pedro Alves). — Rua Maia Lacerda.
— Rua Senador Pompeu (da Rua Alfredo Dola- — Rua do Matoso (entre a Rua Haddock Lobo
bela Portela até o fim). e a Rua Barão de Itapagipe).
— Rua Silvino Montenegro (entre a Avenida — Rua Professor Quintino do Vale.
Rodrigues Alves e a Rua Joaquim Esposel). — Rua Sampaio Ferraz.
— Rua da União. — Rua Sampaio Viana.
— Rua Visconde da Gávea (da Rua Barão de — Rua Santa Alexandrina (entre a Praça Con-
São Félix até o fim). dessa Paulo de Frontin e a Praça Santa Alexandrina).
Centros de Bairro CB-3: — Rua São Carlos (entre a Rua Estácio de Sá e
— Avenida Barão de Tefé. a Rua São Roberto).
— Avenida Rodrigues Alves. — Travessa Rio Comprido.
— Avenida Venezuela. Centros de Bairro CB-2:
— Praça Santo Cristo. — Praça Condessa Paulo de Frontin.
— Rua Américo Rangel. — Rua Aristides Lobo.
— Rua Aníbal Falcão. — Rua da Estrela.
— Rua Antônio Laje. — Rua Itapiru.
— Rua Argemiro Bulcão (entre a Rua Sacadura — Rua Joaquim Palhares (lado ímpar, entre a
Cabral e a Rua Coelho e Castro). Avenida Paulo de Frontin e a Rua Haddock Lobo).
— Rua Coelho e Castro. Centros de Bairro CB-3:
— Rua Cordeiro da Graça. — Rua Estácio de Sá (lado ímpar).
— Rua Edgar Gordilho. — Rua Haddock Lobo (entre o Largo Estácio de
— Avenida Professor Pereira Reis. Sá e a Rua do Matoso).
— Rua Sacadura Cabral.
— Rua Santo Cristo (entre a Rua da União e a IV Região Administrativa (Botafogo)
Rua Mendonça).
— Rua Sousa e Silva. Centros de Bairro CB-1:
— Avenida Pasteur (entre a Avenida Venceslau
II Região Administrativa (Centro) Brás e a Rua Bartolomeu Portela).
— Praça São Salvador.
Centros de Bairro CB-3: — Praia do Flamengo (entre a Rua Correia Du-
— Avenida Nossa Senhora de Fátima. tra e a Rua Almirante Tamandaré, com exceção do
— Praça Presidente Aguirre Cerda. trecho entre a Rua Buarque de Macedo e a Rua
— Rua Conde de Laje. Dois de Dezembro).
— Rua Guilherme Marconi. — Rua Alice (até 100m a partir da Rua das La-
— Rua Joaquim Silva. ranjeiras).
— Rua Taylor (entre a Rua da Lapa e a Rua — Rua Almirante Tamandaré.
Conde de Laje). — Rua Álvaro Ramos.
— Rua Teotônio Regadas. — Rua Arnaldo Quintela.
— Travessa do Mosqueira. — Rua Artur Bernardes.
— Rua Assis Bueno.

266
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Assunção. — Avenida Venceslau Brás (lado par, entre a
— Rua Barão do Flamengo. Rua General Severiano e a Avenida Pasteur).
— Rua Barão de Itambi. — Rua Visconde de Ouro Preto.
— Rua Capitão Salomão. — Rua Visconde Silva (entre a Rua Capitão
— Rua Clarisse Índio do Brasil. Salomão e a Rua Conde de Irajá).
— Rua Conde de Baependi (entre a Rua Este- — Travessa dos Tamoios.
ves Júnior e a Praça José de Alencar, exceto o lado Centros de Bairro CB-2:
par, entre a Praça José de Alencar e a Rua Ministro — Largo Almirante Índio do Brasil.
Tavares Lira). — Largo do Humaitá.
— Rua Conde de Irajá. — Largo dos Leões.
— Rua Cosme Velho (entre a Rua das Laran- — Largo Professor Saul Borges Carneiro.
jeiras e a Rua Smith de Vasconcelos). — Praça David Ben-Gurion.
— Rua Dezenove de Fevereiro. — Praça Del Prete.
— Rua Esteves Júnior (entre a Praça São Sal- — Praia de Botafogo (da Avenida Osvaldo Cruz
vador e a Rua Conde de Baependi). até a Rua Farani e da Rua Professor Álvaro Rodri-
— Rua Fernandes Guimarães. gues até o fim).
— Rua General Glicério (entre a Rua Professor — Rua Bambina.
Ortis Monteiro e a Rua General Cristóvão Barcelos). — Rua Benjamin Constant (entre a Rua do
— Rua General Severiano (exceto o lado ím- Fialho e o Largo da Glória).
par, do início até a Avenida Lauro Sodré). — Rua Bento Lisboa.
— Rua Ipiranga. — Rua Cândido Mendes (entre o Largo da Gló-
— Rua Ipiranga (trecho entre a Rua das Laran- ria e a Rua Hermenegildo de Barros).
jeiras e a Rua Conde de Baependi). — Rua Correia Dutra.
— Rua Jornalista Orlando Dantas. — Rua Dois de Dezembro (entre a Rua do Ca-
— Rua das Laranjeiras (entre a Rua General tete e a Rua Bento Lisboa).
Glicério e a Rua Cosme Velho). — Rua Farani (entre a praia de Botafogo e a
— Rua das Laranjeiras (trecho entre a Rua Rua Jornalista Orlando Dantas, exceto o lado ím-
Alice e a Rua General Glicério). par, da praia de Botafogo até o prolongamento
— Rua Machado de Assis. projetado da Rua Barão de Itambi).
— Rua Marques. — Rua General Góis Monteiro (lado ímpar).
— Rua da Matriz. — Rua General Polidoro (lado par, entre a Rua
— Rua Mena Barreto. Teresa Guimarães e a Rua Real Grandeza, e lado
— Rua Ministro Raul Fernandes (lado par, até ímpar, entre a Rua Assis Bueno e a Rua Real Gran-
165m, e lado ímpar, até 67m, da Rua Assunção). deza).
— Rua Muniz Barroso. — Rua Humaitá (do início até o limite da IV
— Rua Oliveira Fausto. Região Administrativa com a VI Região Administra-
— Rua Paissandu (da praia do Flamengo até a tiva).
Rua Marquês de Abrantes). — Rua Ipiranga (trecho entre a Rua das Laran-
— Rua Pedro Américo (da Rua Bento Lisboa jeiras e a Rua Conde de Baependi).
até a Travessa Petúnia). — Rua das Laranjeiras (entre o Largo do Ma-
— Rua Pinheiro Guimarães (entre a Rua Real chado e a Rua General Glicério).
Grandeza e a Rua General Cornélio de Barros). — Rua Marechal Cantuária.
— Rua Pinheiro Machado (lado ímpar, da Rua — Rua Marquês de Abrantes.
das Laranjeiras até a Travessa Pinto da Rocha). — Rua Marquês de Olinda.
— Rua Professor Alfredo Gomes (entre a praia — Rua da Passagem (da Rua General Polidoro
de Botafogo e a Rua Muniz Barreto). até o fim).
— Rua Professor Álvaro Rodrigues (da Rua — Rua Pedro Américo (entre a Rua do Catete e
Paulino Fernandes até o fim). a Rua Bento Lisboa).
— Rua Rodrigo Brito. — Rua Real Grandeza.
— Rua São Clemente (lado par, entre a Rua Ba- — Rua Santo Amaro (entre a Rua do Fialho e a
rão de Lucena e a Rua Barão de Macaúbas, e lado Rua do Catete).
ímpar, da Rua Dezenove de Fevereiro até o fim). — Rua São Clemente (lado par, entre a praia
— Rua São Salvador (entre a Rua Ipiranga e a de Botafogo e a Rua Barão de Lucena, e lado ím-
Praça São Salvador). par, entre a praia de Botafogo e a Rua Dezenove
— Rua Senador Correia (entre a Rua Paissan- de Fevereiro).
du e a Praça São Salvador). — Rua São João Batista.
— Rua Sorocaba (entre a Rua Voluntários da — Rua Senador Vergueiro.
Pátria e a Rua General Polidoro). — Rua Silveira Martins (entre a Rua do Catete

267
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
e a Rua Bento Lisboa). Senhora de Copacabana até a Rua Barata Ribeiro).
— Rua Sorocaba (entre a Rua Voluntários da — Rua Djalma Ulrich (entre a Avenida Atlânti-
Pátria e a Rua General Polidoro). ca e a Rua Leopoldo Miguez).
Centros de Bairro CB-3: — Rua Duvivier.
— Avenida Augusto Severo. — Rua Fernando Mendes.
— Avenida Lauro Sodré (lado ímpar, entre a — Rua Francisco Otaviano (entre a Avenida
Avenida Venceslau Brás e a Rua General Severiano). Atlântica e a Rua Bulhões de Carvalho).
— Largo do Machado. — Rua Hilário de Gouveia (entre a Avenida
— Praça José de Alencar. Atlântica e a Rua Barata Ribeiro, exceto o trecho
— Praia de Botafogo (entre a Rua Farani e a em frente à Praça Serzedelo Correia).
Rua Professor Álvaro Rodrigues). — Rua Inhangá.
— Praia do Flamengo (entre a Rua Buarque de — Rua Joaquim Nabuco (entre a Avenida
Macedo e a Rua Dois de Dezembro). Atlântica e a Rua Raul Pompéia).
— Quadra compreendida pela praia de Botafo- — Rua Júlio de Castilhos (entre a Avenida A-
go, Rua Farani, prolongamento projetado da Rua tlântica e a Rua Raul Pompéia).
Barão de Itambi e Rua Fernando Ferrari. — Rua Lauro Müller.
— Rua do Catete. — Rua Miguel Lemos (entre a Avenida Atlânti-
— Rua Conde de Baependi (lado par, entre a ca e a Rua Barata Ribeiro).
Rua do Catete e a Rua Ministro Tavares de Lira). — Rua Ministro Alfredo Valadão.
— Rua Dois de Dezembro (entre a praia do — Rua Ministro Viveiros de Castro.
Flamengo e a Rua do Catete). — Rua Paula Freitas (da Avenida Atlântica até
— Rua General Polidoro (lado par, entre a Rua a Rua Barata Ribeiro).
da Passagem e a Rua Teresa Guimarães, e lado — Rua Raimundo Correia (entre a Avenida Nossa
ímpar, entre a Rua da Passagem e a Rua Assis Senhora de Copacabana e a Rua Barata Ribeiro).
Bueno). — Rua Raul Pompéia.
— Rua General Severiano (lado ímpar, do iní- — Rua República do Peru (entre a Avenida
cio até a Avenida Lauro Sodré). Atlântica e a Rua Barata Ribeiro).
— Rua da Glória. — Rua Rodolfo Dantas.
— Rua Ministro Tavares de Lira. — Rua Ronald de Carvalho.
— Rua da Passagem (da praia de Botafogo até — Rua Sá Ferreira (entre a Avenida Atlântica e
a Rua General Polidoro). a Rua Raul Pompéia).
— Rua Professor Álvaro Rodrigues (do início — Rua Siqueira Campos (entre a Avenida
até a Rua Paulino Fernandes). Atlântica e a Rua Domingos Ferreira).
— Avenida Venceslau Brás (lado par, entre a — Rua Sousa Lima (entre a Avenida Atlântica
Praça Ozanan e a Avenida Lauro Sodré). e a Rua Raul Pompéia).
— Rua Voluntários da Pátria. — Rua Toneleros (entre a Rua Hilário de Gou-
veia e a Rua Santa Clara).
V Região Administrativa (Copacabana) — Rua Xavier da Silveira (entre a Avenida
Atlântica e a Rua Barata Ribeiro).
Centros de Bairro CB-1: Centros de Bairro CB-2:
— Avenida Atlântica. — Avenida Prado Júnior.
— Avenida Rainha Elisabeth (entre a Avenida — Praça Vereador Rocha Leão.
Atlântica e a Rua Raul Pompéia). — Rua Figueiredo Magalhães (entre a Avenida
— Praça Cardeal Arcoverde. Atlântica e a Avenida Nossa Senhora de Copacaba-
— Rua Almirante Gonçalves. na, e da Rua Barata Ribeiro até o fim).
— Rua Anita Garibaldi (entre a Rua Barata Ri- — Rua Francisco Sá.
beiro e a Rua Capelão Álvares da Silva). — Rua Santa Clara (entre a Avenida Atlântica
— Rua Antônio Vieira. e a Avenida Nossa Senhora de Copacabana).
— Rua Barão de Ipanema (entre a Avenida — Rua Siqueira Campos (entre a Rua Tonele-
Atlântica e a Rua Barata Ribeiro). ros e o Túnel Velho).
— Rua Belford Roxo (entre a Avenida Atlântica Centros de Bairro CB-3:
e a Rua Barata Ribeiro). — Avenida Nossa Senhora de Copacabana.
— Rua Bolívar (entre a Avenida Atlântica e a — Avenida Princesa Isabel.
Rua Pompeu Loureiro). — Praça Demétrio Ribeiro.
— Rua Carvalho de Mendonça. — Praça Sara Kubitschek.
— Rua Constante Ramos (entre a Avenida — Praça Serzedelo Correia.
Atlântica e a Rua Pompeu Loureiro). — Rua Barata Ribeiro.
— Rua Dias da Rocha (da Avenida Nossa — Rua Figueiredo Magalhães (entre a Avenida

268
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Nossa Senhora de Copacabana e a Rua Barata — Rua Visconde de Carandaí (entre a Rua Pa-
Ribeiro). checo Leão e a Rua Lopes Quintas).
— Rua Gustavo Sampaio. — Rua Visconde da Graça.
— Rua Hilário de Gouveia (trecho em frente à Centros de Bairro CB-2:
Praça Serzedelo Correia). — Avenida Bartolomeu Mitre (entre a Avenida
— Rua Santa Clara (entre a Avenida Nossa General San Martín e a Praça Santos Dumont).
Senhora de Copacabana e a Rua Toneleros). — Avenida General San Martín (entre a Aveni-
— Rua Siqueira Campos (entre a Rua Domin- da Bartolomeu Mitre e a Rua General Urquiza).
gos Ferreira e a Rua Toneleros). — Praça Santos Dumont.
— Rua Barão da Torre (entre a Rua Maria Qui-
VI Região Administrativa (Lagoa) téria e a Rua Joana Angélica).
— Rua Dias Ferreira.
Centros de Bairro CB-1: — Rua General Urquiza (entre a Avenida Ge-
— Estrada da Gávea (entre a Rua Golfe Clube neral San Martín e a Avenida Ataulfo de Paiva).
e a Avenida Niemeyer). — Rua Gomes Carneiro (entre a Rua Bulhões
— Estrada da Gávea (lado par, entre a Aveni- de Carvalho e a Rua Caning).
da Niemeyer e a Rua Capuri e do n.º 280 até o seu — Rua Humaitá (entre a divisa da VI Região
final. [Incluída em CB-1 pelo Decreto n.º 5.519, de Administrativa com a IV Região Administrativa e o
27/11/1985.] Viaduto Saint-Hilaire).
— Estrada do Joá (lado par, do seu início até a — Rua Jangadeiros (entre a Rua Prudente de
Rua Jornalista Costa Rego). [Incluída em CB-1 Morais e a Rua Barão da Torre).
pelo Decreto n.º 5.519, de 27/11/1985.] — Rua Jardim Botânico (entre o Viaduto Saint-Hilaire
— Praça Sagrada Família. e a Rua Conde Afonso Celso).
— Quadras no PA n.º 9.411/31.911, incluídas — Rua Joana Angélica (entre a Rua Prudente
em CB-1 e ZT-1. de Morais e a Rua Barão da Torre).
— Rua Adalberto Ferreira. — Rua Maria Quitéria (entre a Rua Prudente
— Rua Aníbal de Mendonça (entre a Rua Pru- de Morais e a Rua Barão da Torre).
dente de Morais e a Rua Barão da Torre). — Rua Marquês de São Vicente (entre a Praça
— Rua Carlos Góis (entre a Avenida General Santos Dumont e a Rua João Borges).
San Martín e a Rua Humberto de Campos). — Rua Montenegro (entre a Rua Prudente de
— Rua Conde de Bernadotte. Morais e a Rua Barão da Torre).
— Rua Cupertino Durão (entre a Avenida Ge- — Rua Prudente de Morais (entre a Rua Jan-
neral San Martín e a Rua Humberto de Campos). gadeiros e a Rua Teixeira de Melo).
— Rua Doutor Marques Canário. — Rua Teixeira de Melo (entre a Rua Prudente
— Rua Farme de Amoedo (entre a Rua Pru- de Morais e a Rua Barão da Torre).
dente de Morais e a Rua Nascimento Silva). Centros de Bairro CB-3:
— Rua Faro (entre a Rua Jardim Botânico e a — Avenida Ataulfo de Paiva.
Rua Itaipava). — Rua Jardim Botânico (entre a Rua Pacheco
— Rua Garcia d’Ávila (entre a Rua Prudente de Leão e a Rua Conde Afonso Celso).
Morais e a Rua Nascimento Silva). — Rua Visconde de Pirajá.
— Rua Henrique Dumont (entre a Rua Pruden-
te de Morais e a Rua Barão da Torre). VII Região Administrativa (São Cristóvão)
— Rua Humberto Campos (entre a Rua João
Lira e a Avenida Bartolomeu Mitre). Centros de Bairro CB-1:
— Rua João Lira (entre a Avenida General San — Rua Almirante Baltazar.
Martín e a Rua Conde de Bernadotte). — Rua Chaves Faria.
— Rua Juquiá. Centros de Bairro CB-2:
— Rua Lopes Quintas (entre a Rua Jardim Bo- — Avenida Brasil (entre a Rua Prefeito Olímpio
tânico e a Rua Corcovado). de Melo e o ramal de minérios de Arará).
— Rua Maria Angélica (entre a Rua Jardim Bo- — Avenida Suburbana.
tânico e a Rua Alexandre Ferreira). — Rua Bela (da Avenida Brasil até o fim).
— Rua Montenegro (entre a Rua Barão da Tor-
re e a Avenida Epitácio Pessoa). VIII Região Administrativa (Tijuca)
— Rua Pacheco Leão (lado par, entre a Rua
Jardim Botânico e a Rua Visconde de Carandaí). Centros de Bairro CB-1:
— Rua Teixeira de Melo (entre a Avenida Viei- — Avenida Édison Passos (entre a Rua Conde
ra Souto e a Rua Prudente de Morais). de Bonfim e a Rua Coronel Aristarco Pessoa).
— Rua Tubira. — Rua Afonso Pena.

269
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Aguiar. — Rua Conde de Bonfim (entre o Largo da Se-
— Rua dos Araújos. gunda-Feira e a Rua José Higino).
— Rua Barão de Ubá (entre a Rua Joaquim Pa- — Rua Doutor Pereira dos Santos.
lhares e a Rua João Paulo I). — Rua General Roca entre a Rua Guapiara e a
— Rua Bom Pastor. Rua Barão de Mesquita).
— Rua Campos Sales. — Rua Haddock Lobo (trecho pertencente à
— Rua Conde de Bonfim (entre a Rua Garibaldi VIII Região Administrativa).
e a Avenida Édison Passos). — Rua Major Ávila (entre a Praça Saenz Peña
— Rua Desembargador Isidro (entre a Rua Ba- e a Rua Barão de Mesquita).
rão de Piraçununga e a Praça Gabriel Soares). — Rua Mariz e Barros.
— Rua Doutor Satamini (entre a Rua Campos — Rua Padre Elias Goraieb.
Sales e a Rua Afonso Pena). — Rua Pinto de Figueiredo.
— Rua Garibaldi. — Rua Santo Afonso.
— Rua General Espírito Santo Cardoso. — Rua Soares da Costa (entre a Praça Saenz
— Rua General Roca (entre a Rua Francisco Peña e a Avenida Heitor Beltrão).
Graça e a Rua Guapiara).
— Rua José Higino (entre a Rua Barão de IX Região Administrativa (Vila Isabel)
Mesquita e a Rua Conde de Bonfim).
— Rua Leite de Abreu. Centros de Bairro CB-1:
— Rua Pereira de Almeida. — Avenida Engenheiro Richard (entre a Rua
— Rua Pereira de Siqueira. Barão de Bom Retiro e a Praça Edmundo Rego).
— Rua Santa Amélia. — Avenida Professor Manuel de Abreu (entre a
— Rua São Valentim. Rua São Francisco Xavier e a Rua Pereira Nunes).
— Rua Soriano de Sousa. — Praça Edmundo Rego.
— Travessa Augustura. — Rua Alexandre Calaza.
Centros de Bairro CB-2: — Rua Almirante Cândido Brasil.
— Rua Almirante Cochrane. — Rua Baltasar Lisboa.
— Rua Barão de Iguatemi. — Rua Barão de São Francisco (exceto o tre-
— Rua Barão de Mesquita (entre a Rua São cho em frente à Praça Barão de Drumond).
Francisco Xavier e a Avenida Maracanã, exceto o — Rua Borda do Mato (entre a Praça Professor
trecho compreendido pelo PA n.º 9.026/29.672). Francisco de Áurea e a Rua Bambuí).
— Rua Carlos Vasconcelos (entre a Praça Saenz — Rua Castro Barbosa.
Peña e a Rua Guapeni). — Rua Conselheiro Correia.
— Rua Conde de Bonfim (entre a Rua José Hi- — Rua Felipe Camarão.
gino e a Rua Garibaldi). — Rua Gastão Penalva (entre a Rua Ferreira
— Rua Desembargador Isidro (entre a Praça Pontes e a Rua Leopoldo).
Saenz Peña e a Rua Barão de Piraçununga). — Rua General Canabarro.
— Rua Joaquim Palhares (lado ímpar, entre a — Rua Gonzaga Bastos.
Praça da Bandeira e a Avenida Paulo de Frontin). — Rua Ibituruna.
— Rua Major Ávila. — Rua José Vicente.
— Rua do Matoso (entre a Praça da Bandeira e — Rua Leopoldo (entre a Travessa Caminha e
a Rua João Paulo I). a Rua Gastão Penalva).
— Rua Pará. — Rua Luís Barbosa (entre a Rua Teodoro da
— Rua Paraíba. Silva e a Rua Senador Nabuco, com exceção do
— Rua Pareto (entre a Rua Conde de Bonfim e trecho em frente à Praça Barão de Drumond).
a Rua Almirante Cochrane). — Rua Maxwell (entre a Rua Barão de Mesqui-
— Rua Paulo Fernandes. ta e a Rua Agostinho Meneses).
— Rua São Francisco Xavier (entre o Largo da — Rua Paula Brito (entre a Rua Barão de Mes-
Segunda-Feira e a Avenida Maracanã). quita e a Travessa Caminha).
— Rua Teixeira Soares (entre a Praça da Ban- — Rua São Francisco Xavier (entre a Rua Oito
deira e a Rua Pará). de Dezembro e a Praça Maracanã).
— Rua Uruguai (entre a Rua Maria Amália e a — Rua Sousa Franco.
Rua Conde de Bonfim). — Rua Sousa Franco.
Centros de Bairro CB-3: — Rua Teodoro da Silva.
— Praça da Bandeira. — Rua Tomás de Coelho.
— Praça Saenz Peña. — Rua Torres Homem.
— Rua Barão de Mesquita (PA n.º 9.026/29.672). — Rua Uberaba.
— Rua Camaragibe. — Rua Uruguai (entre a Rua Maxwell e a Rua

270
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Barão de Mesquita). — Rua Barros Barreto.
Centros de Bairro CB-2: — Rua Bias Fortes.
— Praça Maracanã. — Rua Bonsucesso (entre a Praça Lopes Ribei-
— Praça Varnhagem. ro e a Praça Bonsucesso).
— Rua Barão de Bom Retiro. — Rua Carlina (entre a Rua Filomena Nunes e
— Rua Barão de Mesquita (entre a Avenida a Avenida Professor Plínio Bastos).
Maracanã e a Rua Uruguai). — Rua Clara Rego.
— Rua Leopoldo (entre a Rua Barão de Mes- — Rua Delfim Carlos (entre a Rua Aurélio Gar-
quita e a Rua Gastão Penalva). cindo e a Rua Uranos).
— Rua Pereira Nunes. — Rua Dona Isabel (entre a Praça Lopes Ribei-
— Rua São Francisco Xavier (entre a Praça ro e a Rua Costa Mendes).
Maracanã e a Avenida Maracanã). — Rua Doutor Alfredo Barcelos (entre a Rua
— Rua Senador Furtado. Leopoldina Rego e a Praça Manchester).
— Rua Sergipe. — Rua Doutor Miguel Vieira Ferreira.
— Rua Teixeira Soares (entre a Avenida Os- — Rua Doutor Nunes.
valdo Aranha e a Rua Pará). — Rua Eleutério Mota.
— Rua Uruguai (entre a Rua Maria Amália e a — Rua Felisberto Freire.
Rua Barão de Mesquita). — Rua Filomena Nunes.
— Rua Visconde de Santa Isabel (entre a Pra- — Rua Firmino Gameleira (entre a Rua Aspen-
ça Barão de Drumond e a Rua José do Patrocínio). çada Melo e a Rua Eleutério Mota).
Centros de Bairro CB-3: — Rua Flávia Farnese.
— Avenida Maracanã (trecho compreendido — Rua Francisca Hayden.
pelo PA n.º 9.026/29.672). — Rua General Galieni (entre a Rua Saint-Hilaire
— Avenida Vinte e Oito de Setembro. e a Avenida dos Democráticos).
— Praça Barão de Drumond. — Rua Gomensoro.
— Praça Professor Francisco de Áurea. — Rua Ibiapina.
— Rua Barão de Mesquita (entre a Rua Uru- — Rua João Pizarro.
guai e a Praça Professor Francisco de Áurea, e o — Rua João Rego (entre a Rua Uranos e a Rua
trecho compreendido pelo PA n.º 9.026/29.672). Paranapanema).
— Rua Barão de São Francisco (trecho em — Rua João Romariz (entre a Rua Cardoso de
frente à Praça Barão de Drumond). Morais e a Rua Barreiros).
— Rua Luís Barbosa (trecho em frente à Praça — Rua Júlio Ribeiro (entre a Rua Bonsucesso e
Barão de Drumond). a Rua Guilherme Maxwell).
— Rua Projetadas A, B e C, do PA n.º — Rua Leocádia Rego.
9.026/29.672. — Rua Maria Rodrigues.
— Rua Ministro Moreira de Abreu.
X Região Administrativa (Ramos) — Rua Nossa Senhora das Graças (entre o lei-
to da via férrea e a Praça Doutor Miguel).
Centros de Bairro CB-1: — Rua Paranapanema.
— Avenida dos Democráticos (lado par, entre — Rua Pereira Landim.
a Avenida Suburbana e a Rua Darke de Matos). — Rua Pirangi.
— Avenida Guilherme Maxwell (entre a Aveni- — Rua da Proclamação (entre a Avenida Tei-
da Brasil e a Rua Júlio Ribeiro). xeira de Castro e a Avenida Brasil).
— Avenida Itaoca (entre a Estrada do Timbó e — Rua da Regeneração.
a Estrada Velha da Pavuna). — Rua Tenente Pimentel (entre a Rua Aurélio
— Estrada do Engenho da Pedra. Garcindo e a Rua Uranos).
— Estrada de Itararé. — Rua Teotônio Brito.
— Praça Belmonte. — Rua Uranos (entre a Rua Capitão Bragança
— Praça Lopes Ribeiro. e a Rua General Galieni e entre a Rua João Rego e
— Praça Progresso. a Rua Ibiapina).
— Rua Aguiar Moreira. Centros de Bairro CB-2:
— Rua André Pinto. — Avenida Brasil (entre o ramal de minério de
— Rua Angélica Mota (entre o leito da Estrada Arará e a Rua Pirangi, incluindo apenas o lado ím-
de Ferro Leopoldina e a Praça Manchester). par da Rua Pirangi até a Rua Nair).
— Rua Aurélio Garcindo (entre a Rua Gomen- — Avenida Bruxelas (entre a Avenida Londres
soro e a Rua João Rego). e a Avenida Guilherme Maxwell).
— Rua Bariri. — Avenida dos Democráticos (lado par, entre
— Rua Barreiros. a Avenida Itaoca e a Rua Darke de Matos).

271
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Avenida Itaoca (entre a Estrada do Timbó e mans até a linha de transmissão).
a Avenida dos Democráticos). — Avenida Schultz Wenk.
— Avenida Londres (entre a Avenida Bruxelas — Estrada da Água Grande.
e a Rua Dona Isabel). — Estrada do Porto Velho.
— Avenida New York (entre a Avenida Bruxe- — Estrada do Vigário-Geral.
las e a Praça das Nações). — Praça Barbosa Lima.
— Avenida Paris (entre a Avenida Bruxelas e a — Praça Caí.
Praça das Nações). — Praça Córsega.
— Avenida Suburbana. — Praça Elba.
— Avenida Teixeira de Castro. — Praça Irineu Machado.
— Praça Dezenove de Novembro. — Praça Lagoa Mirim.
— Rua Alberto Nepomuceno (entre a Rua Ura- — Praça Monsenhor Lustosa.
nos e o leito da estrada de ferro). — Praça Portugal.
— Rua Baturité. — Praça São Lucas.
— Rua Bonsucesso (entre a Praça Bonsucesso — Praça Vera Cruz.
e a Avenida Guilherme Maxwell). — Rua Aimoré (entre a Rua José Maria e a A-
— Rua Cardoso de Morais. venida Brás de Pina).
— Rua Delfim Carlos (entre a Rua Aurélio Gar- — Rua Alvarenga Peixoto (entre a Rua Teixeira
cindo e a Praça Paranapanema). de Sousa e a Rua Bulhões Marcial).
— Rua Diomedes Trota. — Rua Álvaro Macedo (entre a Rua Mundaú e
— Rua Dona Isabel (entre a Praça Lopes Ribei- a Rua Cordovil).
ro e a Praça das Nações). — Rua Antônio João (entre a Rua Itabira e a
— Rua Euclides Faria. Rua Oliveira Filho).
— Rua Leopoldina Rego. — Rua Balduíno de Aguiar.
— Rua Professor Lacê. — Rua Barão de Melgaço (entre a Avenida Me-
— Rua Uranos (entre a Rua General Galieni e a riti e a Rua Balduíno de Aguiar).
Rua Aureliano Leça e entre a Rua Diomedes Trota — Rua Belisário Pena (entre a Avenida Brasil e
e a Rua João Rego). a Praça Pan-Americana).
Centros de Bairro CB-3: — Rua Cacequi (entre a Rua Lícia e a Praça
— Avenida dos Democráticos (entre a Avenida Saicã).
Itaoca e a Rua Uranos). — Rua do Cajá.
— Avenida Guilherme Maxwell (entre a Rua — Rua Califórnia.
Júlio Ribeiro e a Praça das Nações). — Rua Cascais.
— Avenida Itaoca (entre a Avenida dos Demo- — Rua Cintra.
cráticos e a Rua Uranos). — Rua Coimbra.
— Praça Bonsucesso. — Rua Conde de Agrolongo.
— Praça das Nações. — Rua Correia Dias.
— Rua Alberto Nepomuceno (entre a Rua Ura- — Rua do Couto (entre a Rua Quito e a Aveni-
nos e o leito da estrada de ferro). da Brasil).
— Rua Angélica Mota (entre a Rua Uranos e o — Rua Dionísio (entre a Rua José Maria e a
leito da estrada de ferro). Avenida Brás de Pina).
— Rua Antônio Rego (entre a Rua Uranos e o — Rua Dourados (entre a Rua Balduíno de
leito da estrada de ferro). Aguiar e a Rua Antônio João).
— Rua Doutor Alfredo Barcelos (entre a Rua — Rua Engenheiro Francisco Passos (entre a
Uranos e a Rua Etelvina). Rua José Maria e a Avenida Brás de Pina).
— Rua Etelvina. — Rua Engenheiro Luiz de Medeiros.
— Rua Uranos (entre a Rua Aureliano Leça e a — Rua Fernandes Cunha.
Rua Diomedes Trota). — Rua Figueiredo Rocha (entre a Rua Valentim
— Travessa Etelvina. Magalhães e a Rua Bulhões Marcial).
— Rua Flamínia (entre a Rua Comandante
XI Região Administrativa (Penha) Aristides Garnier e a Estrada Vicente de Carvalho).
— Rua Franz LisZT (entre a Rua Jornalista Ge-
Centros de Bairro CB-1: raldo Rocha e a Rua Debussi).
— Avenida Antenor Navarro. — Rua Gregório de Matos (entre a Rua Valen-
— Avenida Arapogi (entre o leito da estrada de tim Magalhães e a Rua Bulhões Marcial).
ferro e a Rua Piriá). — Rua Guaporé.
— Avenida Lusitânia. — Rua Içapó.
— Avenida Meriti (da Praça São João Berch- — Rua Iraçu.

272
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Iramaia (entre a Rua Aguapé e o Trevo São Camilo até o fim).
das Missões). — Estrada do Quitungo.
— Rua Irani. — Estrada Vicente de Carvalho (lado ímpar,
— Rua Irapuá. entre a Rua Flamínia e a linha de transmissão Me-
— Rua Itabira. riti-Triagem).
— Rua Itaú. — Praça Pan-Americana.
— Rua Jacurutã (entre a Rua Costa Rica e a — Praça São João Berchmans.
Avenida Brasil). — Quadras AB, AC, AD, AE, AF, AG, AH, AI,
— Rua João Henrique (entre a Rua Balduíno de AJ, AK, AZ, AM, AN, AO, AP, AQ, AR, AS, AT, AV,
Aguiar e a Rua Antônio João). AX e AY, do PA n.º 7.447 (Cruzada São Sebasti-
— Rua Joaquim Monteiro. ão).
— Rua Jorge Coelho. — Rodovia Presidente Dutra.
— Rua Jornalista Antônio Freitas. — Rua Apiá (entre a Rua Tessália e a Rua Hel-
— Rua José Rucas. vétia).
— Rua Lícia. — Rua Belisário Pena (entre a Praça Nicaraguá
— Rua Lisboa. e a Praça Pan-Americana).
— Rua Luísa Prata. — Rua Bento Cardoso.
— Rua Mabá. — Rua Bulhões Marcial.
— Rua Magalhães Barata. — Rua Cordovil (entre a Rua Lucas Rodrigues
— Rua Major Conrado. e a Avenida Meriti).
— Rua Manguaba. — Rua Ferreira França.
— Rua Manuel Cavanelas (entre a Rua Bento — Rua Guainases.
Cardoso e a Rua Guaporé). — Rua Ibiapina.
— Rua Marechal José Pessoa. — Rua Jornalista Geraldo Rocha.
— Rua Marechal Sousa (entre a Estrada do Vi- — Rua Leopoldina Rego.
gário-Geral e a Rua Jornalista Geraldo Rocha). — Rua Lobo Júnior (entre o leito da Estrada de
— Rua Meengaba. Ferro Leopoldina e a Avenida Brasil).
— Rua Ministro Artur Costa. — Rua Piaí (entre a Avenida Lobo Júnior e a
— Rua Ministro Pinto da Luz. Rua Santiago).
— Rua Montevidéu. — Rua Quito.
— Rua Mundaú. Centros de Bairro CB-3
— Rua Otranto (entre a Avenida Brasil e a Rua — Avenida Brás de Pina (entre a Estrada Vi-
Isidro Rocha). cente de Carvalho e a Rua Flora Lobo e entre a
— Rua Ottawa. Avenida Lobo Júnior e o Largo da Penha).
— Rua Ourique (entre a Rua Taborari e a Rua — Avenida Nossa Senhora da Penha (entre a
Tiboim). Rua São Camilo e o Largo da Penha).
— Rua Padre Peronelli. — Estrada Vicente de Carvalho (entre a linha
— Rua Patagônia. de transmissão e a Avenida Brás de Pina).
— Rua Pindaí. — Largo da Penha.
— Rua Pinto Marques Júnior. — Praça do Carmo.
— Rua Piriá. — Rua Bulhões Marcial (entre a Rua Luísa Pra-
— Rua Professor Costa Ribeiro. ta e a Avenida Brasil).
— Rua Rio Apa (entre a Rua Misael Mendonça — Rua Cordovil (entre a Rua Bulhões Marcial e
e a Rua Barão de Melgaço). a Rua Lucas Rodrigues).
— Rua Rio Preto. — Rua Itabira (entre a Rua Guaporé a Rua
— Rua Saracá (entre a Rua Mundaú e a Rua Idumé).
Manguaba). — Rua José Maurício.
— Rua Sintra. — Rua Leônidas.
— Rua Taborari. — Rua Lucas Rodrigues.
— Rua Tiboim. — Rua Luísa Prata (entre a Rua Bulhões Mar-
— Rua Valentim Magalhães. cial e a Rua Lucas Rodrigues).
Centros de Bairro CB-2: — Rua Monsenhor Alves da Rocha.
— Avenida Brás de Pina (entre a Estrada Vi- — Rua Nicaraguá.
cente de Carvalho e a linha de transmissão). — Rua Plínio de Oliveira.
— Avenida Brasil. — Rua dos Romeiros.
— Avenida Meriti (entre a Rua Engenheiro — Rua Venina.
Francelino Mota e a Praça Rubei Vanderlei). — Travessa Padre Ricardo.
— Avenida Nossa Senhora da Penha (da Rua

273
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
XII Região Administrativa (Inhaúma) — Rua Alan Kardec.
— Rua Alice Figueiredo (entre a Avenida Mare-
Centros de Bairro CB-1: chal Rondon e a Rua São Francisco Xavier).
— Avenida Além Paraíba. — Rua Álvares de Azevedo (entre a Rua Miguel
— Avenida Automóvel Clube (entre a Avenida Ângelo e a Rua Atiba).
Suburbana e a Rua Macedo Costa e entre a Rua — Rua Álvaro Seixas.
Álvaro Miranda e a Rua Silva Vale). — Rua Ana Néri (entre a Rua Engenho Novo e
— Avenida dos Democráticos (lado ímpar, en- a Rua Dantas Garnier).
tre a Rua José Rubino e a Rua Darke de Matos). — Rua Aquidabã (entre a Rua Vilela Tavares e
— Avenida Itaoca (entre a Estrada do Timbó e a Rua Bocaina).
a Estrada Velha da Pavuna). — Rua Araribóia.
— Estrada do Timbó. — Rua Arquias Cordeiro (entre a Rua Piauí e a
— Estrada Velha da Pavuna. Rua José dos Reis).
— Rua Comandante Gracindo de Sá. — Rua Assis Carneiro.
— Rua Conde de Azambuja. — Rua Barbosa de Uruguaiana (entre a Rua
— Rua Darke de Matos (entre a Estrada Velha Cabuçu e a Rua Engenheiro Brotero).
da Pavuna e a Avenida dos Democráticos). — Rua Basílio de Brito.
— Rua Domingos de Magalhães. — Rua Bela Vista.
— Rua Ferreira Cardoso. — Rua Bolívia.
— Rua Miguel Ângelo (entre o leito da Estrada — Rua Cachambi (entre a Praça Orlando Silva
de Ferro Central do Brasil e a Rua Vereador Jansen e a Rua Capitão Jesus e entre a Avenida Suburba-
Müller). na e a Avenida Segal).
— Rua Moacir de Almeida. — Rua Camarista Méier (entre a Rua Maria
— Rua Santa Mariana. Paula e a Rua Dias da Cruz).
— Rua Silva Vale. — Rua Cardoso Quintão (entre a Rua Ana
— Rua Tenente Abel Cunha. Quintão e a Rua Manuel Correia).
— Rua Viúva Cláudio. — Rua Carolina Santos (entre a Rua Lins de
— Travessa Mendes da Silva. Vasconcelos e a Rua Aquidabã).
Centros de Bairro CB-2: — Rua Casimiro de Abreu (entre a Rua Fran-
— Avenida Automóvel Clube (entre a Rua Ma- cisca Vidal e a Avenida João Ribeiro).
cedo Costa e a Rua Álvaro Miranda e entre a Rua — Rua Castro Alves (entre a Rua Aristides Cai-
Silva Vale e a Rua Guatapará). re e a Rua Coração de Maria).
— Avenida dos Democráticos (lado ímpar, en- — Rua Cirne Maia.
tre a Rua Darke de Matos e a Avenida Itaoca). — Rua Conde de Porto Alegre.
— Avenida Suburbana (entre o Viaduto de — Rua Cônego Tobias (entre a Rua Vinte e
Benfica e a Rua Itamaracá, incluindo apenas o lado Quatro de Maio e a Rua Hermengarda).
par da Rua Itamaracá até a Rua Cachambi). — Rua Coração de Maria (entre a Rua Santa
— Rua Conselheiro Mairink (entre a Rua José Fé a Rua Padre Ildefonso Penalba).
Félix e a Rua Canindé). — Rua Cruz e Sousa (entre a Rua Fagundes
— Rua Eudoro Belink. Varela e a Rua Clarimundo de Melo).
— Rua Lino Teixeira. — Rua Dias da Cruz (entre a Rua Borja Reis e
— Rua Luísa Vale. a Rua Doutor Leal).
— Rua Manuel Fontenele. — Rua Dois de Fevereiro (entre a Rua Ramiro
— Rua Miguel Burnier (entre a Avenida dos Magalhães e a Avenida Amaro Cavalcante).
Democráticos e a Rua Eudoro Berlink). — Rua Dona Francisca (entre a Rua Chiquinha
— Rua Otávio (entre a Rua Dona Emília e a Gonzaga e a Rua Bicuíba).
Rua Padre Januário). — Rua Dona Romana.
— Rua Padre Januário. — Rua Doutor Leal (entre a Rua Ana Leonídia
e a Rua Pernambuco).
XIII Região Administrativa (Méier) — Rua Doutor Pache Faria.
— Rua Doutor Padilha.
Centros de Bairro CB-1: — Rua Elias da Silva (entre a Rua Assis Car-
— Avenida Marechal Rondon (entre a Rua Vítor neiro e a Rua Cesário Machado).
Meireles e a Rua Alice Figueiredo e entre a Rua — Rua Engenheiro Nazaré.
Samuel Guimarães e a Rua Sousa Dantas). — Rua do Engenho Novo.
— Rua Açaré. — Rua Fagundes Varela.
— Rua Adriano (entre a Rua Magalhães e a — Rua Ferreira de Andrade (entre a Rua Capi-
Avenida Amaro Cavalcante). tão Rezende e a Rua Basílio de Brito).

274
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Francisca Vidal (entre a Avenida Su- — Rua Paituna.
burbana e a Rua Francisca Zieze). — Rua Pará (entre a Rua Fagundes Varela e a
— Rua Francisca Zieze. Rua Clarimundo de Melo).
— Rua Francisco Fragoso. — Rua Propícia (entre a Rua Frei Fabiano e a
— Rua Galdino Pimental. Rua Sousa Barros).
— Rua Gaspar (entre a Rua Francisca Vidal e a — Rua Silva Freire.
Avenida João Ribeiro). — Rua Silva Rabelo.
— Rua General Belegarde (entre a Rua Barão — Rua Silvana.
de Bom Retiro e a Rua Maria Antônia). — Rua Simas.
— Rua General Belford (entre a Rua Ana Néri e — Rua Soares Meireles (entre a Avenida João
a Rua Professor Oliveira Menezes). Ribeiro e o leito da Estrada de Ferro Central do
— Rua Getúlio (entre a Rua Arquias Cordeiro e Brasil).
a Rua Castro Alves). — Rua Torres de Oliveira (entre a Rua Clari-
— Rua Glaziou (entre a Rua Francisca Vidal e a mundo de Melo e a Rua Fontoura).
Avenida João Ribeiro). — Rua Vaz de Toledo (entre a Rua Bolívia e a
— Rua Goiás (entre a Rua Lima Bareto e a Rua Rua Visconde de Itabaiana).
José dos Reis). — Rua Venceslau.
— Rua Gomes Serpa (entre a Rua Assis Car- — Rua Verna Magalhães (entre a Rua Barão de
neiro e a Rua Cesário Machado). Bom Retiro e a Rua Condessa Belmonte e entre a
— Rua Grão-Pará (entre a Rua Porto Alegre e Rua Cabuçu e a Rua Padre Roma).
a Rua Barão de Bom Retiro). — Rua Visconde de Santa Cruz (entre a Rua
— Rua Guilhermina. Luiz Jorge Salomão e a Rua Barão de Bom Retiro).
— Rua Heitor Servan. — Rua Vítor Meireles (entre o leito da Estrada
— Rua Hermengarda (entre a Rua Joaquim de Ferro Central do Brasil e a Avenida Marechal
Méier e a Rua Lins de Vasconcelos). Rondon).
— Rua Honório (entre a Rua Estevão Silva e a Centros de Bairro CB-2:
Rua Itamacará). — Avenida Amaro Cavalcante (entre a Rua Me-
— Rua Honório (entre a Rua Vasco da Gama e dina e a Rua Adolfo Bergamini e entre a Rua Doutor
a Rua Doutor Ferrari). Bulhões e a Praça Sargento Eudóxio Passos).
— Rua João Pinheiro. — Avenida João Ribeiro (entre a Avenida Su-
— Rua Joaquim Martins (entre a Rua Paraná e burbana e a Rua Lorena).
a Rua Cruz e Sousa). — Avenida Marechal Rondon (entre a Rua Ba-
— Rua José dos Reis (entre a Rua Goiás e o rão de Bom Retiro e a Rua Gregório Neves).
Caminho do Mateus). — Avenida Marechal Rondon (entre a Rua Gre-
— Rua José Domingues. gório Neves e Rua Juiz Jorge Salomão). [Incluída em
— Rua Luiz Jorge Salomão (entre a Avenida CB-2 pelo Decreto n.º 5.458/85.]
Marechal Rondon e a Rua Visconde de Santa Cruz). — Avenida Suburbana (entre a Rua Padre Ma-
— Rua Leopoldina Bastos (entre a Rua Barão nuel da Nóbrega e a Rua Silva Xavier e entre a Rua
de Bom Retiro e a Rua João Eufrosino). Djalma Dutra e a Rua Cachambi, incluindo apenas
— Rua Lins de Vasconcelos. o lado ímpar até a Rua Itamacará).
— Rua Lopes da Cruz. — Praça Sargento Eudóxio Passos.
— Rua Luiz Simone (entre a Avenida João Ribei- — Rua da Abolição (entre a Rua José dos Reis
ro e o leito da Estrada de Ferro Central do Brasil). e a Rua Macedo Braga).
— Rua Magalhães Castro. — Rua Álvaro Miranda (entre a Rua Guarabu e
— Rua Magalhães Couto (entre a Rua Vences- a Rua Alfredo de Sousa Mendes).
lau e a Rua Curupaiti). — Rua Ana Néri (entre a Rua Doutor Garnier e
— Rua Major Suckow. a Estrada de Ferro Central do Brasil).
— Rua Manuel Vitorino (entre a Rua Assis Car- — Rua Aristides Caire (entre a Rua Santa Fé e
neiro e a Rua da Capela). a Rua Ferreira de Andrade).
— Rua Maria Calmon. — Rua Barão de Bom Retiro.
— Rua Mário Carpenter (entre a Rua da Aboli- — Rua Borja Reis (entre a Rua Monteiro da
ção e a Rua Luís Silva). Luz e a Rua Dias da Cruz).
— Rua Marques Leão (entre a Rua Frei Fabiano — Rua Cabuçu.
e a Rua Arquias Cordeiro). — Rua Cachambi (entre a Praça Orlando Silva
— Rua Miguel Ângelo (entre a Rua Álvares de e a Avenida Suburbana).
Azevedo e a Rua Vereador Jansen Müller). — Rua Capitão Resende (entre a Rua Cacham-
— Rua Miguel de Cervantes (entre a Rua Pe- bi e a Rua Miguel de Cervantes).
reira de Andrade e a Rua Silveira Lobo). — Rua Castro Alves (entre a Rua Lucídio Lago

275
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
e a Rua Aristides Lobo). — Rua Doutor Nieméier (entre a Rua Doutor
— Rua Clarimundo de Melo (entre a Avenida Bulhões e a Rua Adolfo Bergamini).
Amaro Cavalcante e a Rua Almeida Nogueira). — Rua Frederico Méier.
— Rua Dias da Cruz (entre a Rua Borja Reis e — Rua Hermengarda (entre a Rua Dias da
a Rua Pedro de Carvalho). Cruz e a Rua Joaquim Méier).
— Rua Dois de Maio. — Rua Lucídio Lago (entre a Rua Arquias Cor-
— Rua Dona Claudina (entre a Rua Dias da deiro e a Rua Castro Alves).
Cruz e a Rua José Ortis). — Rua Manuela Barbosa.
— Rua Doutor Garnier. — Rua Medina.
— Rua Jacinto. — Rua Santa Fé.
— Rua Joaquim Méier (entre a Rua Vinte e — Rua Silva Rabelo.
Quatro de Maio e a Rua Hermengarda). — Rua Souza Barros (entre a Praça de Enge-
— Rua José Bonifácio. nho Novo e a Rua Propícia).
— Rua Licínio Cardoso. — Rua Tenente Cerqueira Leite.
— Rua Lucídio Lago (entre a Rua Castro Alves — Rua Vinte e Quatro de Maio (entre a Rua
e a Rua Torres Sobrinho). Joaquim Méier e a Rua Dias da Cruz).
— Rua Magalhães Couto (entre a Rua Vences- — Travessa Miracema.
lau e a Rua Dias da Cruz).
— Rua Miguel Fernandes (entre a Rua Torres XIV Região Administrativa (Irajá)
Sobrinho e a Rua Capitão Rezende).
— Rua Monteiro da Luz. Centros de Bairro CB-1:
— Rua Oliveira (entre a Rua Dias da Cruz e a — Avenida Oliveira Belo (entre a Avenida Meri-
Rua Jacinto). ti e a Rua Marco Pólo).
— Rua Pedro de Carvalho. — Avenida São Félix.
— Rua Piauí. — Estrada Pedro Borges de Freitas.
— Rua São Francisco Xavier (entre a Rua Vinte — Estrada do Portinho (entre a Praça Cônego
e Quatro de Maio e a Rua Oito de Dezembro). Monteiro e a Rua Jaçanã).
— Rua Sousa Barros (entre a Rua Propícia e a — Praça Cônego Monteiro.
Rua Dois de Maio). — Praça Vinte e Sete de Agosto.
— Rua Torres Sobrinho. — Praça Zuinara.
— Rua Vinte e Quatro de Maio (entre a Rua — Rua Agrário Meneses.
São Francisco Xavier e a Rua Joaquim Méier). — Rua Alice de Freitas (entre a Avenida Minis-
Centros de Bairro CB-3: tro Edgar Romero e a Rua Bezerra de Meneses).
— Avenida Amaro Cavalcante (entre a Rua — Rua Antônio Storino (entre a Avenida Meriti
Medina e a Rua Dias da Cruz e entre a Rua Adolfo e a Rua Marco Pólo).
Bergamini e a Rua Doutor Bulhões). — Rua Ápia (entre a Avenida Brás de Pina e a
— Avenida Suburbana (entre a Rua Silva Xavier Rua Helvétia).
e a Rua Djalma Dutra). — Rua Bellini.
— Rua da Abolição (entre a Avenida Suburba- — Rua Caiabu.
na e a Rua Macedo Braga). — Rua Carolina Amado.
— Rua Adolfo Bergamini (entre a Avenida Amaro — Rua Citéria.
Cavalcante e a Rua Daniel Carneiro). — Rua Engenheiro Lafaiete Stockler.
— Rua Alfredo de Sousa Mendes. — Rua Feliciano Pena (entre a Avenida Meriti e
— Rua Ana Barbosa. a Rua Tejupá).
— Rua Aristides Caire (entre a Rua Arquias — Rua Ferreira Cantão.
Cordeiro e a Rua Santa Fé). — Rua Gabriel Lisboa.
— Rua Arquias Cordeiro (entre a Rua Coração — Rua Guaba (entre a Avenida Automóvel
de Maria e a Rua Padre André Moreira). Clube a Rua Itapuã).
— Rua Carolina Méier. — Rua Guaraúna.
— Rua Constança Barbosa. — Rua Hipócrates.
— Rua Coração de Maria (entre a Rua Arquias — Rua Horácio Wells.
Cordeiro e a Rua Santa Fé). — Rua Ibiracoá.
— Rua Daniel Carneiro (entre a Rua Doutor — Rua Ibitinga (entre a Avenida Automóvel
Bulhões e a Rua Adolfo Bergamini). Clube a Rua Itapuã).
— Rua Dias da Cruz (entre a Avenida Amaro — Rua Ierê.
Cavalcante e a Rua Pedro de Carvalho). — Rua da Inspiração (entre a Avenida Meriti e
— Rua Doutor Bulhões (entre a Avenida Amaro a Rua Marco Pólo).
Cavalcante e a Rua Daniel Carneiro). — Rua Itaim (entre a Rua Arantangi e a Ave-

276
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
nida Automóvel Clube). — Praça Aquidauana.
— Rua Itapuã (entre a Rua Ibitinga e a Rua — Praça Catende.
Guaraúna). — Praça Honório Gurgel.
— Rua Jacirendi (entre a Rua Catanduva e a — Praça Marco Aurélio.
Praça Zuinara). — Praça Rubei Vanderlei.
— Rua José Borges (entre a Estrada do Furão — Rua Conselheiro Galvão (entre a Travessa
e a Estrada do Colégio). Mecejana e a Rua Antenor Costa).
— Rua José Sombra. Centros de Bairro CB-3:
— Rua João Dalton (entre a Avenida Brasil e a — Avenida Monsenhor Félix (entre a Rua João
Rua Joaquim Loureiro). Machado e a Rua Visconde de Maceió).
— Rua Joaquim Loureiro. — Estrada da Água Grande (entre a Avenida
— Rua Lopo Dinis (entre a Rua César Múzio e Meriti e a Avenida Brás de Pina).
a Rua Guaraúna). — Estrada Vicente de Carvalho (entre a Rua
— Rua Luís Carvalho. Monsenhor Pizarro e a Avenida Brás de Pina).
— Rua Marco Pólo. — Largo de Vicente de Carvalho.
— Rua Major Medeiros. — Praça do Carmo.
— Rua Marquês de Aracati (entre a Praça Vinte — Rua Cisplatina (entre a Rua Barão do Serro
e Sete de Agosto e a Rua Pereira de Araújo). Largo e a Avenida Monsenhor Félix).
— Rua Moliere (entre a Avenida Brasil e a Rua — Rua Marquês de Aracati (entre a Rua Perei-
Joaquim Loureiro). ra de Araújo e a Avenida Monsenhor Félix).
— Rua Ouro Fino (entre a Rua Caiabu e a Es-
trada Vicente de Carvalho). XV Região Administrativa (Madureira)
— Rua Padre Albuquerque.
— Rua Paratinga. Centros de Bairro CB-1:
— Rua Pascal (entre a Avenida Meriti e a Rua — Praça das Esmeraldas.
Marco Pólo). — Rua Acapu.
— Rua Pereira de Araújo. — Rua Agostinho Barbalho.
— Rua Ponta Porã (entre a Estrada da Água — Rua Alice Freitas (entre a Avenida Ministro
Grande e a Rua Santaluz). Edgar Romero e a Rua Bezerra de Meneses).
— Rua Santaluz. — Rua Amália.
— Rua São João Gualberto. — Rua Américo Brasiliense.
— Rua Sinhô. — Rua Amércio Rocha.
— Rua Tejubá. — Rua Andrade Araújo.
— Rua Toriba. — Rua Antônio Badajoz (entre a Rua Adelaide
— Rua do Trabalho. Badajoz e a Rua Sérgio de Oliveira).
— Rua Tupiniquins (entre a Avenida Automó- — Rua Antônio Raposo.
vel Clube e a Rua Ierê). — Rua Aristóteles.
— Rua Turvo (entre a Rua Caiabu e a Estrada — Rua Bezerra de Meneses.
Vicente de Carvalho). — Rua Capitão Couto Meneses.
— Rua Volta (entre a Avenida Meriti e a Rua — Rua Cataguases.
Marco Pólo). — Rua Comendador Agostinho de Almeida.
Centros de Bairro CB-2: — Rua Conselheiro Galvão.
— Avenida Automóvel Clube. — Rua Coruripe (entre a Rua América Rocha e
— Avenida Brasil. a Rua Tacaratu).
— Avenida Brás de Pina. — Rua dos Diamantes (entre a Praça Oito de
— Avenida Meriti. Maio e a Praça das Esmeraldas).
— Avenida Monsenhor Félix (entre a Rua Caro- — Rua Divisória.
lina Amado e a Rua João Machado e entre a Rua — Rua Domingos Fernandes.
Visconde de Maceió e a Estrada da Água Grande). — Rua Dona Clara.
— Estrada da Água Grande (entre a Avenida — Rua Doutor Joviniano.
Brás de Pina e a Avenida Monsenhor Félix). — Rua Enaldo dos Santos Araújo (antiga Maria
— Estrada do Barro Vermelho (entre a Rua Passos, entre a Rua Antônio Saraiva e a Rua Amé-
Guiraréia e a Avenida Automóvel Clube). rico Vespúcio).
— Estrada do Colégio. — Rua Filomena Fragoso.
— Estrada Coronel Vieira. — Rua Francisco Vale (entre a Rua Maria Pas-
— Estrada Padre Roser. sos e a Rua Iguaçu).
— Estrada do Quitungo. — Rua Frei Bento.
— Estrada Vicente de Carvalho. — Rua General Jerônimo Furtado.

277
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua General Savaget. — Rua Vital.
— Rua Goiás (entre a Rua da Pedreira e a Rua — Travessa Santos.
Cupertino; entre a Rua Guaramirim e a Rua Lima Centros de Bairro CB-2:
Barreto). — Avenida General Osvaldo Cordeiro de Farias
— Rua Gomes Serpa (entre a Rua João Barba- (entre a Rua Engenheiro Emílio Baumgart e a Rua
lho e a Rua Cesário Machado). Capitão Rubens).
— Rua Guatambu. — Avenida dos Italianos (entre a Estrada do
— Rua Henrique Braga (entre a Rua Marina e a Portela e a Travessa Mecejana e entre a Rua dos
Rua Andrade Araújo). Topázios e a Rua Ururaí).
— Rua Iguaçu (entre a Rua Sanatório e a Rua — Avenida Monsenhor Félix (entre a Rua Tei-
Melo Morais). xeira da Costa e a Rua Carolina Amado).
— Rua Indaiá. — Avenida Suburbana.
— Rua Jarina (entre a Rua Sirici e a Rua Indaiá). — Estrada do Barro Vermelho (entre a Avenida
— Rua João Barbalho. dos Italianos e a Rua Guiraréia).
— Rua Jubaí (entre a Rua Marina e a Estrada — Estrada da Fontinha.
Intendente Magalhães). — Estrada Henrique de Melo.
— Rua Lemos de Brito. — Estrada Intendente Magalhães.
— Rua Liberata Santos. — Estrada do Otaviano.
— Rua Ludgero Pinho (entre a Rua Carolina — Estrada do Portela.
Machado e a Rua Pinto de Campos). — Estrada do Sapê.
— Rua Maria José. — Estrada Vicente de Carvalho.
— Rua Maria Lopes. — Rua Anajás.
— Rua Maria Passos. — Rua Aurélio Valporto.
— Rua Marina (entre a Rua Portão Vermelho e — Rua Cândido Benício (entre a Rua Francisco
a Rua Divisória). Gifoin e a Rua Pinto Teles).
— Rua Melo Morais. — Rua Carlos Xavier.
— Rua Miguel Rangel. — Rua Carolina Machado (entre a Rua Carva-
— Rua Mirinduba. lho de Sousa e a Rua Francisco Batista; entre a
— Rua Oliva Maia. Rua Américo Brasiliense e a Rua Adelaide Badajoz;
— Rua do Ônix. entre a Rua Frei Bento e a Rua Pacheco da Rocha;
— Rua das Opalas. entre a Rua Antônio Raposo e a Rua Guatambu;
— Rua Pacheco da Rocha. entre a Rua Jarina e a Rua jabiri).
— Rua Padre Manso. — Rua Carvalho de Sousa (entre a Rua Caroli-
— Rua Paulo Viana. na Machado e o Viaduto Negrão de Lima).
— Rua das Pedras. — Rua Cerqueira Daltro (entre a Rua Brasilina
— Rua da Pedreira. e a Rua Padre Nóbrega).
— Rua da República. — Rua Clarimundo de Melo (entre a Rua Al-
— Rua dos Rubis (entre a Rua dos Topázios e meida Nogueira e a Rua Ferraz).
a Praça das Esmeraldas). — Rua Domingos Lopes.
— Rua Sanatório (entre a Rua Iguaçu e a Rua — Rua Elias da Silva (entre a Rua Cesário Ma-
Oliva Maia). chado e a Praça Quintino Bocaiúva).
— Rua São Pedro. — Rua Goiás (entre a Rua Cupertino e a Rua
— Rua Sargento Valdemar (entre a Estrada do Guaramirim).
Otaviano e a Rua Tinguá). — Rua João Vicente (entre a Rua Ewbank da
— Rua Sérgio de Ol.iveira (entre a Rua Caroli- Câmara e a Rua Pereira de Figueiredo; entre a Rua
na Machado e a Rua Antônio Baldajoz). Cataguases e a Rua do Queimado; entre a Rua
— Rua Soldado José Lopes Filho. Rafael Pereira e a Rua Jorge Schmidt; entre a Ave-
— Rua Souto (entre a Rua Clarimundo de Melo nida General Osvaldo Cordeiro de Farias e a Rua
e Rua Ituna). dos Abacates).
— Rua Tacaratu (entre a Rua Coruripe e a Es- — Rua Leopoldino de Oliveira (entre a Estrada
trada do Sapê). do Otaviano e a Avenida Ministro Edgar Romero).
— Rua Teresa Santos (entre a Rua Antônio — Rua Nerval de Gouveia.
Raposo e a Rua Pacheco da Rocha). — Rua Padre Nóbrega.
— Rua Tinguá (entre a Rua Sargento Valdemar — Rua Padre Telêmaco.
Lima e a Rua Paulo Viana). — Rua do Queimado.
— Rua das Turmalinas. — Rua Sapopemba.
— Rua Ururaí (entre a Rua Agenor Porto e a — Rua Sidônio Pais (entre a Rua Barbosa e a
Rua General Jerônimo Furtado). Rua Itamarati).

278
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Sirici (entre a Rua Jarina e a Rua Gua- na e a Rua Barbosa).
tambu). — Rua Silva Gomes (entre a Avenida Subur-
— Travessa Pituna. bana e a Rua Coronel Magalhães).
Centros de Bairro CB-3: — Rua dos Topázios (entre a Praça Oito de
— Avenida Ernâni Cardoso. Maio e a Avenida dos Italianos).
— Avenida General Osvaldo Cordeiro de Farias — Travessa Almerinda Freitas.
(entre a Rua João Vicente e a Rua Engenheiro Emí- — Travessa Mecejana.
lio Baumgart).
— Avenida dos Italianos (entre a Rua dos To- XVI Região Administrativa (Jacarepaguá)
pázios e a Travessa Mecejana).
— Avenida Ministro Edgar Romero. Centros de Bairro CB-1:
— Avenida Monsenhor Félix (entre a Estrada — Estrada do Cafundá (entre a Rua Godofredo
Vicente de Carvalho e a Rua Teixeira da Costa). Viana e a Estrada Meringuava).
— Avenida Suburbana (entre a Rua Cupertino — Estrada do Capenha.
e a Rua Carolina Machado). — Estrada do Gabinal (entre a Rua Quintanilha
— Estrada do Barro Vermelho (entre a Avenida e a Praça Professor Camisão).
dos Italianos e a Rua Conselheiro Galvão). — Estrada de Jacarepaguá (entre a Avenida
— Estrada do Portela (entre a Rua Dagmar da Tenente-Coronel Muniz de Aragão e a Rua Juvêncio
Fonseca e a Avenida Ministro Edgar Romero). de Brito).
— Estrada Vicente de Carvalho (entre a Aveni- — Estrada Meringuava.
da Monsenhor Félix e a Rua Acará). — Estrada do Rio Grande.
— Largo de Vaz Lobo. — Estrada dos Três Rios (entre a Rua Coman-
— Praça Montese. dante Rubens Silva e a Rua Geminiano Góis).
— Praça Oito de Maio. — Largo do Rio Grande.
— Quadra formada pela Estrada do Portela e as — Praça Figueira.
Ruas Guarapari, Antônio de Abreu e Soares Caldeira. — Praça Uruçanga.
— Rua Anibá (entre a Avenida Suburbana e a — Rua Aciás.
Rua Coronel Magalhães). — Rua Anália Franco.
— Rua Brasilina. — Rua Ariperana.
— Rua Cândido Benício (entre o Largo do — Rua Atininga.
Campinho e a Rua Francisco Gifoni). — Rua Bacairis.
— Rua Carolina Machado (entre a Rua Miguel — Rua Barão (entre a Rua Gastão Taveira e a
Rangel e a Rua Carvalho de Sousa; entre a Rua Rua Marangá).
Francisco Batista e a Rua Américo Brasiliense; — Rua Baronesa (entre a Rua Francisco e a
entre a Rua Adelaide Badajoz e a Rua Frei Bento; Rua Marangá).
entre a Rua Pacheco da Rocha e a Rua Antônio — Rua Cairuçu.
Raposo; entre a Rua Guatambu e a Rua Jarina). — Rua das Camélias.
— Rua Carvalho de Sousa (entre o Viaduto Ne- — Rua Capitão Meneses (entre a Rua Quiririm
grão de Lima e a Avenida Ministro Edgar Romero). e a Rua Cândido Benício).
— Rua Cerqueira Daltro (entre a Avenida Su- — Rua Comandante Rubens Silva.
burbana e a Rua Brasilina). — Rua das Dálias.
— Rua Conselheiro Galvão (entre a Praça Oito — Rua Doutor Bernardino (entre a Rua Cândi-
de Maio e a Travessa Mecejana). do Benício e a Rua Marangá).
— Rua Coronel Magalhães. — Rua Francisca Sales (entre a Avenida Ge-
— Rua Dagmar da Fonseca. remário Dantas e a Travessa José Bulhões).
— Rua Domingos Lopes. — Rua Gastão Taveira (entre a Rua Barão e a
— Rua Francisco Batista. Rua Baronesa).
— Rua Jardim (entre a Rua Carolina Machado — Rua Godofredo Viana (entre a Rua Atininga
e a Rua Sirici). e a Estrada do Cafundá).
— Rua João Vicente (entre a Rua Padre Manso — Rua Iriquitiá.
e a Rua Ewbank da Câmara; entre a Rua Pereira — Rua Ituverava (entre a Estrada de Jacare-
de Figueiredo e a Rua Cataguases; entre a Rua do paguá e a Estrada do Bananal).
Queimado e a Rua Rafael Pereira; entre a Rua — Rua José Silva (entre a Avenida Geremário
Jorge Schmidt e a Rua Doutor Thompson Mota). Dantas e a Estrada do Capenha).
— Rua Maria Freitas. — Rua Marangá (entre a Rua Barão e a Rua
— Rua dos Rubis (entre a Rua dos Topázios e Baronesa).
a Estrada do Barro Vermelho). — Rua Morivás.
— Rua Sidônio Pais (entre a Avenida Suburba- — Rua Pinto Teles.

279
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Quiririm. — Praça Valqueire.
— Rua Retiro dos Artistas (entre a Estrada do — Rua Cândido Benício (entre a Rua Doutor
Tindiba e a Rua Mirataia). Bernardino e a Rua Albano).
— Rua das Rosas (entre a Rua Luís Beltrão e a — Rua das Cravinas.
Rua Tejo). — Rua dos Crisântemos.
Centros de Bairro CB-2: — Rua dos Miosótis.
— Avenida Geremário Dantas (entre a Rua Alexandre
Ramos e a Rua Mamoré). XVII Região Administrativa (Bangu)
— Avenida dos Mananciais.
— Estrada dos Bandeirantes (entre a Avenida Centros de Bairro CB-1:
Nélson Cardoso e a Estrada do Rio Grande e a Rua — Avenida Brasil.
André Rocha). — Avenida Cônego de Vasconcelos (entre a
— Estrada do Cafundá (entre a Avenida Nélson Praça da Fé e a Rua Rio da Prata).
Cardoso e a Rua Godofredo Viana). — Avenida Ribeiro Dantas (entre a Rua Figuei-
— Estrada do Pau-Ferro (entre a Rua Geremá- redo Camargo e a Rua Falcão Padilha).
rio Dantas e a Estrada do Capenha). — Estrada do Engenho (entre a Rua Coronel
— Estrada Rodrigues Caldas. Tamarindo e a Rua Sainá).
— Estrada do Tindiba. — Estrada Manual Nogueira de Sá.
— Estrada dos Três Rios (entre a Rua Xingu e — Estrada Marechal Alencastro (entre a Avenida
a Rua Comandante Rubens Silva). Brasil e o limite com a XXII Região Administrativa).
— Largo da Pechincha. — Estrada Marechal Malet (entre a Avenida
— Praça Jauru. Marechal Fontenele e a Rua João Silva).
— Praça Orleães. — Estrada Porto Nacional.
— Praça Professor Cardoso Fontes. — Estrada do Realengo (entre a Avenida Santa
— Rua André Rocha (entre a Estrada do Tindi- Cruz e a Rua Estância).
ba e a Estrada dos Bandeirantes). — Estrada São Pedro de Alcântara (entre a Es-
— Rua Cândido Benício (entre a Rua Pinto Te- trada da Água Branca e a Rua Marechal Joaquim
les e a Rua Doutor Bernardino e entre a Rua Alba- Inácio).
no e o Largo do Tanque). — Estrada do Taquaral (entre a Rua Parnaíba
— Rua Edgar Werneck (entre a Rua do Retiro e a Rua Oliveira Paiva).
dos Artistas e a Rua Geremário Dantas). — Estrada do Viegas (entre a Rua Marmiari e a
— Rua Godofredo Viana (entre a Avenida Nél- Estrada do Cabuçu).
son Cardoso e a Estrada do Cafundá). — Praça Abrolhos.
— Rua Jambeiro. — Praça Mário Saraiva.
— Rua Lagamar. — Rua Almeida e Sousa (entre a Estrada Ge-
— Rua Luís Beltrão. neral Canrobert Pereira da Costa e a Avenida Ma-
— Rua Relvado. rechal Fontenele).
— Rua das Rosas (entre a Praça Valqueire e a — Rua Andorra.
Rua Luís Beltrão). — Rua André João Antonil.
— Rua Salinópolis. — Rua Araquém (entre a Avenida Brasil e a
— Rua Tirol (entre a Estrada de Jacarepaguá e Rua Roque Barbosa).
a Rua Comandante Rubens Silva). — Rua Aritibá.
Centros de Bairro CB-3: — Rua Bandeira de Melo.
— Avenida Geremário Dantas (entre o Largo — Rua Barão de Piraquara (entre a Avenida
do Tanque e o início da Rua Alexandre Ramos e Santa Cruz e a Rua Bernardo de Vasconcelos).
entre a Rua Mamoré e a Estrada dos Três Rios). — Rua Barão do Triunfo.
— Avenida Geremário Dantas (entre o início da — Rua Belisário de Sousa.
Rua Alexandrina Ramos e a Rua Lopo Saraiva). — Rua Bernardo de Vasconcelos.
— Avenida Nélson Cardoso. — Rua Boiobi.
— Estrada de Jacarepaguá (entre a Rua Dom — Rua Bonina.
Juvêncio de Brito e a Praça Professora Camisão). — Rua do Cacau (antiga Caruatá).
— Estrada dos Três Rios (entre a Avenida Ge- — Rua Cairo.
remário Dantas e a Rua Xingu). — Rua Capitão Cader Matori.
— Largo do Tanque. — Rua Capitão Teixeira.
— Praça Barão da Taquara. — Rua Carangola.
— Praça Professora Camisão. — Rua Carinhanha.
— Praça Saiqui. — Rua Carnaúba (entre a Rua Coronel Tama-
— Praça da Taquara. rindo e a Rua Doutor Augusto Figueiredo).

280
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Caruatá (atual Rua do Cacau). — Rua Sabogi.
— Rua Carumbé. — Rua Sainá.
— Rua Catiri. — Rua Salustiano Silva (entre a Rua Engenhei-
— Rua Cecília (entre a Rua Fonseca e a Rua ro Trajano de Medeiros e a Estrada General Canro-
Doze de Fevereiro). bert Pereira da Costa).
— Rua Ceres. — Rua Santa Odília.
— Rua Cheburgo. — Rua Silva Cardoso (entre a Rua Francisco
— Rua da Chita. Real e a Rua Santa Cecília).
— Rua Correia Seara (entre a Rua Carinhanha — Rua Sul-América.
e a Rua Salustiano Silva). — Rua Tapiranga (entre a Rua Maria Rosa e a
— Rua Cristalina (entre a Rua Arrozal e a Rua Ceriba).
Avenida Brasil). — Rua Tibagi.
— Rua Curitiba (entre a Estrada da Água — Rua Ubatã (entre a Rua Coronel Tamarindo
Branca e a Avenida Brasil). e a Rua Doutor Augusto de Vasconcelos).
— Rua Doutor Augusto Figueiredo. — Rua Ubatuba.
— Rua Doutor Paulino Werneck. Centros de Bairro CB-2:
— Rua Estância. — Avenida Alberico Dinis.
— Rua Figueiredo Camargo. — Avenida Marechal Fontenele.
— Rua Francisco Real (entre a Rua Doze de — Avenida Ministro Ari Franco (entre a Rua
Fevereiro e o seu final). Sul-América e a Rua Doutora Maria Estrela).
— Rua General Azevedo. — Avenida Santa Cruz.
— Rua General Barreto Viana. — Estrada da Água Branca (entre a Estrada
— Rua General Jacques Ouriques. São Pedro de Alcântara e a Avenida Ministro Ari
— Rua General José Faustino. Franco).
— Rua General Sezefredo. — Estrada do Camboatá (entre a Avenida Bra-
— Rua Goulart de Andrade (entre a Avenida sil e o Largo do Camboatá).
Santa Cruz e a Rua Oliveira Braga). — Estrada do Engenho Novo (entre a Estrada
— Rua do Governo. de Gericinó e o limite com a XXII Região Adminis-
— Rua Guaiacá. trativa).
— Rua do Imperador. — Estrada do Viegas (entre a Avenida Santa
— Rua da Imperatriz. Cruz e a Rua Marmiari).
— Rua Japeju. — Rua Alberico de Morais.
— Rua Jequitinhonha. — Rua Albino de Paiva.
— Rua Manaus. — Rua Barão de Capanema.
— Rua Marechal Abreu Lima. — Rua Coronel Tamarindo.
— Rua Marechal Joaquim Inácio. — Rua Eugênio de Paiva.
— Rua Marechal Modestino. — Rua da Feira.
— Rua Marechal Soares Andréia. — Rua General Canrobert Pereira da Costa.
— Rua Maria Rosa. — Rua dos Limites.
— Rua Marmiari. — Rua Pedro Cunha.
— Rua Miranda Varejão. — Rua Professor Clemente Ferreira (entre a
— Rua Muniz de Sousa. Rua Fonseca e a Rua Doze de Fevereiro).
— Rua Marundu. — Rua Silva Cardoso (entre a Avenida Santa
— Rua Nilópolis. Cruz e a Rua Francisco Real).
— Rua Ocaibi (entre a Rua do Governo e a Rua Centros de Bairro CB-3:
Tecobé). — Avenida Cônego de Vasconcelos (entre a
— Rua Olímpia Esteves. Avenida Santa Cruz e a Rua Santa Cecília).
— Rua Oliveira Ribeiro (entre a Rua Maravilha — Avenida Ministro Ari Franco (entre a Rua
e a Rua Silva Cardoso). Coronel Tamarindo e a Rua Sul-América).
— Rua Parnaíba (entre a Rua Doutor Augusto — Avenida Santa Cruz (entre a Rua Silva Car-
Figueiredo e a Estrada do Taquaral). doso e a Rua Fonseca e entre a Rua Muniz de
— Rua Paulo Rola (entre a Rua Cairo e a Rua Sousa e a Rua Oiapoque).
Aurélio de Oliveira). — Rua Sul-América (entre a Rua Ceres e a
— Rua Raul Azevedo. Rua da Chita).
— Rua Recife (entre a Avenida Santa Cruz e a — Rua Ubatuba (entre a Rua Muniz de Sousa e
Avenida Brasil). a Rua Maria de Carvalho).
— Rua Rio da Prata.
— Rua Rosa de Almeida.

281
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
XVIII Região Administrativa (Campo Grande) — Rua Manuel Torres.
— Rua Nova Era.
Centros de Bairro CB-1: Centros de Bairro CB-2:
— Avenida Brasil. — Avenida Cesário de Melo (entre a Estação
— Avenida Manuel Caldeira de Alvarenga. de Paciência e a Rua Augusto de Vasconcelos;
— Avenida Joaquim de Magalhães. entre a Estrada da Caroba e a Estação Doutor Au-
— Caminho de Tutóia (entre a Estrada do En- gusto de Vasconcelos e entre a Rua Figueiredo e a
canamento e a Estrada do Inhoaíba). Rua Artur Rios).
— Estrada do Cabuçu. — Avenida Santa Cruz.
— Estrada da Cachamorra (entre a Estrada do — Estrada do Monteiro.
Joari e a Estrada do Mato-Alto). — Rua Guarujá (entre a Rua Itagibá e a Rua
— Estrada do Campinho (entre a Estrada do Araranguá).
Encanamento e a Praça dos Estudantes). — Rua Ocaína.
— Estrada da Caroba. — Rua Olinda Elis (antiga Estrada do Joari) (en-
— Estrada das Capoeiras. tre a Estrada da Cachamorra e a Estrada do Pré).
— Estrada do Mato-Alto (entre o Largo do — Rua Oratório.
Monteiro e a Rua Campo Formoso). — Rua do Papagaio.
— Estrada do Guandu do Sapê. — Rua Professor Gonçalves.
— Estrada Iaraquã. — Rua do Remanso.
— Estrada do Inhoaíba. — Rua Rodolfo de Melo.
— Estrada do Lameirão. — Rua São Magno.
— Estrada do Magarça (entre o Largo do Mon- — Rua Seabra Filho (entre a Rua Guarujá e a
teiro e a Rua Campo Formoso). Estrada da Posse).
— Estrada do Mendanha. Centros de Bairro CB-3:
— Estrada do Rio do Á (entre a Avenida Manuel — Avenida Cesário de Melo (entre a Rua Au-
Caldeira de Alvarenga e a Estrada da Posse). gusto de Vasconcelos e a Rua Aurélio Figueiredo).
— Estrada Rio—São Paulo. — Praça Doutor Raul Boaventura.
— Estrada da Posse. — Rua Agostinho Coelho.
— Estrada do Pré. — Rua Amaral Costa.
— Estrada de Santa Maria. — Rua Augusto de Vasconcelos (entre a Praça
— Estrada do Tingui. Doutor Raul Boaventura e a Avenida Cesário de
— Praça dos Estudantes. Melo).
— Rua Alberto de Oliveira. — Rua Aurélio de Figueiredo.
— Rua Alfredo de Morais. — Rua Barcelos Domingos.
— Rua Aricuri (entre a Rua Vergel e a Estrada — Rua Campo Grande (entre a Rua Lucília e a
Rio—São Paulo). Rua Tenente Ronaldo Santoro).
— Rua Artur Rios. — Rua Coronel Agostinho.
— Rua Benedito Lacerda. — Rua Doutor Caetano de Faria Castro.
— Rua Capitão Nilo Val (entre a Avenida Santa — Rua Engenheiro Trindade (entre a Rua
Cruz e a Rua Alexandre Moura). Amaral Costa e a Rua Augusto de Vasconcelos).
— Rua Clemente Marques. — Rua Ferreira Borges.
— Rua Camori. — Rua Iguaraçu.
— Rua Cosmos. — Rua Itapa.
— Rua Daniel Thompson. — Rua José Ferreira.
— Rua Félix Bernardeli (entre a Estrada do — Rua Major Almeida Costa.
Tingui e a Estrada de Santa Maria). — Rua Teixeira Campos (entre a Rua Augusto
— Rua Flávio Braga (entre a Rua Oratório e a Brandão e a Rua Anes Dias).
Rua Antônio Chagas). — Rua Viúva Dantas (entre a Rua Coronel
— Rua Guarujá. Agostinho e a Rua Aurélio Figueiredo).
— Rua Itagibá (entre a Rua Guarujá e a Estra-
da da Pena). XIX Região Administrativa (Santa Cruz)
— Rua Itaquê (entre a Rua Caiaré e a Estrada
da Posse). Centros de Bairro CB-1:
— Rua Ivan Pessoa. — Avenida Antares.
— Rua Jape. — Avenida Areia Branca (entre a Rua Auristela
— Rua Leonel Cristino (entre a Rua Henrique e a Estrada de Sepetiba).
Lisboa e a Rua Seabra Filho). — Avenida Brasil.
— Rua Major-Brigadeiro Lísias Rodrigues. — Avenida Cesário de Melo (entre a Avenida

282
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Joaquim Magalhães e a Rua A — Estação de Paci- — Rua Doutor Continentino.
ência — e entre a Avenida Antares e a Estrada de — Rua Engenheiro Moacir Barbosa.
Sepetiba). — Rua da Floresta.
— Avenida Engenheiro Gastão Rangel (entre a — Rua Francisco Belisário.
Rua Fernanda e a Avenida Areia Branca). — Rua General Castro (não reconhecida).
— Avenida Isabel (entre a Rua Álvaro Alberto — Rua General Olímpio.
e a Rua Fernanda). — Rua Horto Florestal.
— Avenida João XXIII. — Rua Iate (não reconhecida).
— Avenida Litorânea. — Rua do Império.
— Avenida Santa Ursulina. — Rua Itatinga.
— Caminho do Piaí (não reconhecido). — Rua José Fernandes.
— Estrada Aterrado do Leme. — Rua Massapê.
— Estrada da Boa Esperança. — Rua Presidente Nobre.
— Estrada do Campinho. — Rua São Benedito.
— Estrada Cruz das Almas. — Rua Severiano das Chagas.
— Estrada do Curtume. — Rua Visconde de Sepetiba (entre a Rua Do-
— Estrada do Frutuoso. na Januária e a Praça Marquës do Herval).
— Estrada do Gouveia. Centros de Bairro CB-2:
— Estrada do Guandu. — Avenida Areia Branca (entre a Rua Álvaro
— Estrada do Itá. Alberto e a Rua Auristela).
— Estrada da Ligação. — Avenida Cesário de Melo (entre a Rua A —
— Estrada do Massapê. Estação de Paciência — e a Avenida Antares).
— Estrada do Morro do Ar. — Avenida Engenheiro Gastão Rangel (entre a
— Estrada da Paciência. Rua Felipe Cardoso e a Rua Fernanda).
— Estrada da Pedra (entre a Praça Santa Cruz — Avenida Isabel (entre a Rua Felipe Cardoso
e o limite com a XXVI Região Administrativa). e a Rua Fernanda).
— Estrada do Piaí (entre a Estrada da Pedra e — Estrada do Piaí (entre a Rua Pedro Leitão e
a Rua Pedro Leitão). a Estrada de Sepetiba).
— Estrada de Santa Eugênia (entre a Rua Bra- — Estrada de Santa Eugênia (entre a Avenida
sópolis e a Estrada Visconde de Sinimbu). Cesário de Melo e a Rua Brasópolis).
— Estrada Santa Viridiana. — Estrada São Tarcísio (entre a praia do Re-
— Estrada São Domingos Sávio. côncavo e a Travessa Florinda).
— Estrada São Fernando (não reconhecida). — Estrada de Sepetiba (entre a Estrada do
— Estrada São Tarcísio (entre a Travessa Flo- Piaí e a praia de Sepetiba).
rinda e a Estrada do Piaí). — Estrada Urucânia (entre a Estrada da Paci-
— Estrada de Sepetiba (entre a Avenida Cesá- ência e a Rua Lídice).
rio de Melo e a Estrada do Piaí). — Largo do Bodegão.
— Estrada Urucânia (entre a Rua Lídice e a — Praia do Recôncavo (entre a Rua General
Rua Coronel Tito Portocarrero). Castro e a Avenida do Canal).
— Estrada dos Vieiras. — Rua Álvaro Alberto (entre a Rua Martinho
— Estrada Visconde de Sinimbu. de Campos e o Largo do Bodegão).
— Estrada Vítor Dumas. — Rua Cruzeiro.
— Praça dos Jesuítas. — Rua da Faxina.
— Praia de Sepetiba (do início até a Rua Pedro — Rua Felipe Cardoso (entre a Rua General
Leitão e da Estrada de Sepetiba até o final). Olímpio e a Avenida Cesário de Melo).
— Praia do Cardo. — Rua Fernanda (entre a Rua Marquês de Ma-
— Rua Agaí. ricá e a Rua Cruzeiro).
— Rua Ajuricaba. — Rua Ferreira Nobre.
— Rua Antônio Aparecido. — Rua da Floresta (entre a Estrada de Sepeti-
— Rua Aporuna. ba e a Rua Pedro Leitão).
— Rua Aristides Gouveia. — Rua Lucinda Passos.
— Rua Auristela. — Rua Marquês de Maricá.
— Rua Boa Esperança. — Rua Martinho de Campos.
— Rua Campeiro-Mor. — Rua do Matadouro.
— Rua Curvelo Cavalcante. — Rua Pedro Leitão.
— Rua Dom Pedro I (entre a Rua Januária e a — Rua dos Pescadores.
Rua Marquës de Barbacena). — Rua do Prado.
— Rua Doutor Ari Chagas. — Rua São Tomé.

283
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Rua Teresa Cristina. — Rua Ituá (entre a Rua Matis Antônio dos
— Rua Vítor Dumas. Santos e a Rua Dom Emanuel Gomes).
— Travessa Santa Vitória (antiga Travessa Sepeti- — Rua Jaime Perdigão.
ba) (entre a Estrada de Sepetiba e a Rua Pedro Leitão). — Rua Magno Martins.
Centros de Bairro CB-3: — Rua Maldonado.
— Avenida Isabel (entre a Rua Felipe Cardoso — Rua Manuel Bonfim.
e a Praça Marquês do Herval). — Rua Mileto Maciel.
— Praça do Gado. — Rua do Monjolo.
— Praça Doze de Outubro. — Rua Morávia (entre a Rua Tenente Cleto
— Praça Marquês do Herval. Campelo e a Rua Cândido de Oliveira Filho).
— Rua Álvaro Alberto (entre a Rua Felipe Car- — Rua Muiatuca (entre a Estrada do Galeão e
doso e a Rua Martinho de Campos). a Rua Sargento João Lopes).
— Rua Barão de Laguna. — Rua Nambi.
— Rua Dom Pedro I (entre a Rua Felipe Cardo- — Rua Paramopama.
so e a Rua Dona Januária). — Rua Peixoto de Carvalho.
— Rua Dona Januária. — Rua Pereira Alves.
— Rua Felipe Cardoso (entre a Rua Álvaro Al- — Rua Sargento João Lopes (entre a Rua Muiatuca
berto e a Rua General Olímpio). e a Estrada do Cacuia).
— Rua Lopes de Moura. — Rua Serrão (entre a Rua Gaspar de Sousa e
— Rua Martim Francisco (entre a Rua Senador a Rua Pojuca).
Camará e a Rua do Prado). — Rua Uçá (entre a Rua Cambaúba e a praia
— Rua Senador Camará. da Bica).
— Rua Visconde de Sepetiba (entre a Rua Fe- — Rua Visconde Delamare.
lipe Cardoso e a Praça Marquês do Herval). — Travessa Costa Carvalho.
— Travessa Teotônio Freire.
XX Região Administrativa (Ilha do Governador) Centros de Bairro CB-2:
— Avenida Coronel Luís de Oliveira Sampaio.
Centros de Bairro CB-1: — Avenida Paranapuã (entre a Rua Pereira Al-
— Avenida Ilha das Enxadas. ves e a Praça Carmela Dutra).
— Avenida Maestro Paulo e Silva. — Estrada da Bica.
— Estrada da Porteira. — Estrada do Dendê (entre a Rua Cambaúba e
— Estrada do Tubiacanga. a Estrada da Bica).
— Praça Iaiá Garcia. — Estrada do Galeão (entre a Estrada do Rio
— Praia do Jequiá. Jequiá e a Avenida Maestro Paulo e Silva).
— Praia das Pitangueiras (entre a Rua do Mon- — Estrada do Rio Jequiá.
jolo e a Rua Nambi). — Praça Carmela Dutra (ou Calcutá).
— Rua Açaituba. — Praça Danaídes.
— Rua Altinópolis (entre a Rua Capitão Barbo- — Praia da Olaria (entre a Rua Farad e a Rua
sa e a praia da Bandeira). Mareante).
— Rua Augusto dos Anjos. — Praia do Zumbi.
— Rua Babaçu (entre a Estrada do Galeão e a — Praia Cabo Fleuri da Silva.
Rua Dom Antônio de Macedo). — Rua Cambaúba (entre a Rua Ituá e a Rua
— Rua Cambaúba (entre a Rua República Ára- Monsenhor Magaldi).
be da Síria e a Rua Ituá e entre a Rua Monsenhor — Rua Formosa do Zumbi.
Magaldi e a Rua Uçá). — Rua Fanal.
— Rua Capanema. — Rua Graná (entre a Rua Tenente Cleto
— Rua Capitão Barbosa (entre a Rua Fanal e a Campelo e a Estrada do Cacuia).
Rua Altinópolis). — Rua Morávia (entre a Rua Tenente Cleto
— Rua Combu. Campelo e a Estrada do Cacuia).
— Rua Comendador Bastos. — Rua Pojuca.
— Rua Domingos Mondim. — Rua Tenente Cleto Campelo.
— Rua Érico Coelho. — Travessa Olaria (entre a Rua Pereira Alves e
— Rua Fernandes Fonseca. a praia da Olaria).
— Rua Gaspar de Sousa. Centros de Bairro CB-3:
— Rua Graná (entre a Rua Tenente Cleto — Avenida Paranapuã (entre a Rua Pereira Al-
Campelo e a Rua Cândido de Oliveira Filho). ves e a praia da Olaria).
— Rua Iacó. — Estrada do Cacuia.
— Rua Ilhabela. — Estrada do Galeão (entre a Avenida Maestro

284
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Paulo e Silva e os limites dos terrenos pertencen- — Rua Jaraguá.
tes ao Ministério da Aeronáutica). — Rua Javatá (entre a Estrada do Rio do Pau e
— Estrada do Galeão (entre a Rua Haroldo Lo- a linha de transmissão).
bo e o limite dos terrenos pertencentes ao Ministé- — Rua Jornalista Hermano Requião.
rio da Aeronáutica). — Rua José Lourenço.
— Estrada do Galeão (entre a Rua Jaime Per- — Rua José Marcelino de Vasconcelos.
digão e a Rua Haroldo Lobo). — Rua Juarana.
— Praia da Olaria (entre a Rua Mareante e a — Rua Jurubeba.
Rua Pajuçara). — Rua Laura Brandão.
— Rua Cambaúba (entre a Estrada do Galeão — Rua Leopoldina Borges.
e a Rua República Árabe da Síria). — Rua Loreto do Couto.
— Rua Capitão Barbosa (entre a Travessa Ola- — Rua Lúcio José Filho.
ria e a Rua Fanal). — Rua Maratuba.
— Rua Colina (entre a Estrada do Galeão e a — Rua Motorista Luís Abreu.
Rua República Árabe da Síria). — Rua Otacílio Pedro Vasco.
— Rua República Árabe da Síria. — Rua Paraguaçu Carneiro.
— Rua Rabelo da Silva.
XXII Região Administrativa (Anchieta) — Rua Roque Barreto.
— Rua Salema (entre a Rua Umbuzeiro e a
Centros de Bairro CB-1: Praça Cláudio de Sousa).
— Avenida Cipriano Barata. — Rua Sargento Rego.
— Estrada Marechal Alencastro (entre a Praça — Rua Silvestre Felipe.
Cláudio de Sousa e o limite com a XVII Região — Rua Tenente Lassance.
Administrativa). — Rua Umbuzeiro.
— Rua Abaúna. — Rua Vazantes.
— Rua Adalberto Tanajura (entre a Rua Sena- Centros de Bairro CB-2:
dor Gabriel Furtado e o limite do Município do Rio — Avenida Brasil.
de Janeiro). — Avenida Nazaré (entre o limite do Município
— Rua Adaque. do Rio de Janeiro e a Rua Paraúna).
— Rua Araçá (entre a Rua Umbuzeiro e a Pra- — Estrada do Camboatá (entre o Largo do
ça Cláudio de Sousa). Camboatá e a linha de transmissão).
— Rua Argos. — Estrada do Engenho Novo (entre a Estrada
— Rua Aripuá. Marechal Alencastro e o limite com a XVII RA).
— Rua Aroeiras (entre a Rua Umbuzeiro e a — Estrada Marechal Alencastro (entre a Praça
Praça Cláudio de Sousa). Inácio Gomes e a Praça Cláudio de Sousa).
— Rua Camalaú. — Estrada do Rio do Pau (entre a Praça Nossa
— Rua Capitão Mário Barbedo. Senhora de Nazaré e a linha de transmissão).
— Rua Cardoso de Castro. — Praça Cláudio de Sousa.
— Rua Carolina Michaëlis. — Praça Granito.
— Rua Catanduva. — Praça Inácio Gomes.
— Rua Clodoaldo de Freitas. — Praça João Moreira.
— Rua Estêvão de Carvalho (entre a Rua Enéias — Praça Nossa Senhora de Nazaré.
Martins e a Rua Clodoaldo de Freitas). — Rua Alcobaça.
— Rua Euclair Lemos. — Rua Beberibe.
— Rua Fernando Lobo. — Rua Leocádio Figueiredo.
— Rua Francisco Portela (entre a Rua Enéias — Rua Marcos de Macedo.
Martins e a Rua Clodoaldo de Freitas). — Rua Pereira da Rocha.
— Rua General Augusto Sisson. Centros de Bairro CB-3:
— Rua Gramane (entre a Rua Japoará e a Rua — Estrada Marechal Alencastro (entre a Estra-
Pereira da Rocha). da do Engenho Novo e a Praça Inácio Gomes).
— Rua Guanandi (entre a Rua Japoará e a Rua
Pereira da Rocha). XXV Região Administrativa (Pavuna)
— Rua Himalaia.
— Rua Idelfonso Albano. Centros de Bairro CB-1:
— Rua Inácio Gertrudes. — Avenida Antônio Sebastião Santana (entre a
— Rua Itajobi. Rua Lúcio José Filho e a Rua Otacílio Pedro Vasco).
— Rua Japoará (entre a Praça Cláudio de Sou- — Avenida Ildefonso Falcão.
sa e a Rua Maratuba). — Avenida Professor Bernardino Rocha.

285
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
— Avenida Sargento de Milícias. — Rua Romeu Casagrande.
— Praça Ana Lima. — Rua Sábado Vidielo (entre a Rua Eduardo
— Praça Ivo de Barros da Silva. César Machado e a Rua Lúcio José Filho).
— Praça Sumatra. — Rua Santa Eufrásia.
— Praça Tenente Newton Geraldo Monteiro. — Rua Santa Irene.
— Praça Ucranianos. — Rua Sargento Antônio Ernesto.
— Rua Aceguá (entre a Rua Itaiguara e a Pra- — Rua Sargento Basileu da Costa (entre a Rua
ça Professora Virgínia Cidade). Catão e a Rua Netuno).
— Rua Afonso Ortis. — Rua Sargento Édison de Oliveira.
— Rua Agenor Porto. — Rua Sargento Fernandes Fontes (e seu pro-
— Rua Almirante Valdemar Mota (entre a Rua longamento paralelo à linha férrea, até a confluên-
Augusto dos Santos e a Rua Engenheiro Roberto cia com a Rua Palas).
Sanson). — Rua Ururaí (entre a Rua Agenor Porto e a
— Rua Ângela Pinto (entre a Rua Álvaro de Avenida dos Italianos).
Carvalho e a Rua Almirante Valdemar Mota). — Rua Valdemar de Araújo.
— Rua Angelim. — Rua Volta Redonda.
— Rua Augustos dos Santos (entre a Rua Almi- Centros de Bairro CB-2:
rante Valdemar Mota e a Rua Álvaro de Carvalho). — Avenida Automóve Clube (entre a Avenida
— Rua Benjamim Costallat. Brasil e a Praça Copérnico).
— Rua Carapeba. — Avenida Brasil.
— Rua Catanduva. — Avenida dos Italianos (entre a Rua Ururaí e
— Rua Cimbres (entre a Travessa Orlândia e a a Praça Professora Virgínia Cidade).
Praça Professora Virgínia Cidade). — Estrada de Botafogo.
— Rua Cândido Macedo Júnior. — Estrada João Paulo (entre a Avenida Brasil e
— Rua Catão. a Rua Ururaí).
— Rua Coronel Moreira César (entre a Estrada — Estrada do Rio do Pau (entre a linha de
do Rio do Pau e a Rua Javatá). transmissão e a Rua Comendador Guerra).
— Rua Deputado Hílton Gama (entre a Rua — Estrada do Vigário-Geral (entre a Estrada
Roque Meneses e a Rua Santa Eufrásia). da Água Grande e a Avenida Brasil).
— Rua Doutor José Tomás. — Praça Edmundo da Luz Pinto.
— Rua Engenheiro Roberto Sanson. — Praça José da Silva.
— Rua Fausto de Castro. — Praça Nossa Senhora das Dores.
— Rua General Etchegoyen. — Praça Professora Virgínia Cidade.
— Rua Guajará (entre a Praça Acari e a Rua — Praça Rocha Vaz.
Maturá). — Rodovia Presidente Dutra.
— Rua Guaiuba (entre a Rua Guajará e a Rua — Rua Araí.
Tapuiará). — Rua Catanduva.
— Rua Ibotim. — Rua Cimbres.
— Rua Ipuera. — Rua Comendador Guerra (entre a Praça Nossa
— Rua Itaim (entre a Rua Ibotim e a Rua Ara- Senhora das Dores e a Estrada do Rio do Pau).
tangi). — Rua Embaú.
— Rua Itacaré. — Rua Luís Coutinho Cavalcante.
— Rua Jabiri (entre o Rio Sapopemba e o Ca- — Rua Mercúrio.
minho Reta de Honório). — Rua Orlândia (entre a Praça Professora Vir-
— Rua Javatá (entre a linha de transmissão e gínia Cidade e a Travessa Orlândia).
a Rua Tapuamas). — Rua Pedro Jório (lado par), entre a Avenida
— Rua Jornalista Hermano Requião. Brasil e a Rua F do projeto aprovado de alinha-
— Rua José Pitanga. mento (PAL) n.º 32.891.
— Rua Laura Brandão. Centros de Bairro CB-3:
— Rua Luís Carlos Conceição. — Avenida Automóvel Clube (entre a Praça Co-
— Rua Luís José Neto Júnior. pérnico e o limite do Município do Rio de Janeiro).
— Rua das Mangueiras. — Avenida Sargento de Milícias (entre a Ave-
— Rua Mojigui. nida Automóvel Clube e a Rua Cícero).
— Rua Nova Olinda. — Largo da Pavuna.
— Rua Ovídio Romeiro. — Praça Copérnico.
— Rua Ourinhos. — Rua Comendador Guerra (entre a Praça
— Rua Palas. Nossa Senhora das Dores e o Largo da Pavuna).
— Rua Roberto Constantinescu.

286
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
XXVI Região Administrativa (Guaratiba) ANEXO

Centros de Bairro CB-1: ACOMPANHA O DECRETO N.º 3.157,


— Avenida Litorânea. DE 23 DE JULHO DE 1981.
— Estrada da Barra de Guaratiba (entre a Es-
trada da Grota Funda e a Avenida das Américas). [O Decreto n.º 5.280, de 23/8/1985,
— Estrada da Ilha (200m para cada lado da dispõe: “Art. 3.º A delimitação das Regiões
confluência com a Estrada do Engenho Novo; Administrativas constante do anexo ao De-
200m para cada lado da confluência com a Estrada creto n.º 3.157, de 23 de julho de 1981, fica
das Tachas e 200m para cada lado da confluência alterado na forma do anexo I deste decre-
com a Estrada do Morgado). to.”]
— Estrada do Magarça (entre a Estrada da Pe-
dra e a Rua Campo Formoso). DELIMITAÇÃO DAS REGIÕES ADMINISTRATIVAS
— Estrada do Mato-Alto (entre a Estrada da
Pedra e a Rua Campo Formoso). AP-1 — ÁREA DE PLANEJAMENTO
— Estrada da Pedra (entre a Avenida das Américas
e a Rua General Alexandre Barreto e entre a Rua I REGIÃO ADMINISTRATIVA (PORTUÁRIA)
Vasco Lima e a Rua Francisco Vilhena).
— Rua Barros Alarcão (entre a Estrada da Pe- Saúde, Gamboa, Santo Cristo e Caju.
dra e a Rua Santo Alberto).
Da baía de Guanabara, na foz do canal do Cu-
ANEXO 21 nha, seguindo pelo leito deste, até a Avenida Bra-
sil; por esta (excluída) até o ramal de minérios de
DELIMITAÇÃO DA ZONA ESPECIAL 10 (ZE-10) Arará; daí (incluído apenas o lado par, excluindo o
Viaduto Ataulfo Alves) do ramal de minérios de
Area delimitada pelos projetos aprovados (PA) Arará até a Rua Monsenhor Manuel Gomes e, (ex-
n.os 10.155 e 37.713. cluída) da Rua Monsenhor Manuel Gomes até o
canal do Mangue; pelo leito deste (excluindo as
[Publicado no “Diário Oficial” do Estado do Rio de passagens sobre este) até o Viaduto do Ramal
Janeiro, parte IV, de 05/03/1976; retificado nos de Principal da RFFSA; pelo leito deste, atravessando
11/03/1976, 24/03/1976, 25/03/1976, 31/03/1976, o Viaduto São Sebastião, até o prolongamento do
01/04/1976, 22/04/1976, 24/06/1976, 26/11/1979 e alinhamento da Rua Alfredo Dolabela Portela; por
09/08/1991.] este, atravessando a Rua Senador Pompeu e pela
Rua Alfredo Dolabela Portela (excluída) até a Rua
“Segue os quadros do Decreto n.º 322, de 03 de mar- Barão de São Félix; por esta (excluída); Praça dos
ço de 1976 em anexo no final deste livro.” Estivadores, Rua Camerino, Rua Senador Pompeu,
Rua da Conceição, Rua Júlia Lopes de Almeida
____________ (todas excluídas); Rua dos Andradas (excluída) até
a Rua Leandro Martins; por esta (excluída); Rua do
Acre (excluída) até a Praça Mauá; por esta (excluí-
DECRETO N.º 3.157, DE 23 DE JULHO DE 1981. da) até o Cais do Porto; por este (excluindo o Pier
Mauá) e pela baía de Guanabara ao ponto de par-
Retifica limites das Regiões Administrativas. tida, incluindo sob sua jurisdição as ilhas Santa
Bárbara e Pombeba.
O Prefeito da cidade do Rio de Janeiro, no uso
de suas atribuições legais, tendo em vista a Deli- II REGIÃO ADMINISTRATIVA (CENTRO):
beração n.º 114, de 8 de abril de 1981, da Comis-
são do Plano da Cidade (P/COPLAN), aprovada no Centro.
processo n.º 02/1476/80, decreta:
Art. 1.º As delimitações das Regiões Adminis- Da baía de Guanabara no Cais do Porto (inclu-
trativas ficam retificadas na forma do anexo. indo o Pier Mauá), daí, seguindo pela Praça Mauá
Art. 2.º Este decreto entrará em vigor na data de (incluída); Rua do Acre, Rua Leandro Martins, Rua
sua publicação, revogadas as disposições em contrário. dos Andradas (até o seu final), Rua Júlia Lopes de
Almeida, Rua da Conceição, Rua Senador Pompeu,
Rio de Janeiro, 23 de julho de 1981; 417.º de Rua Camerino, Praça dos Estivadores, Rua Barão
Fundação da Cidade. de São Félix (todas incluídas); daí, pela Rua Alfre-
do Dolabela Portela (excluída), atravessando a Rua
JÚLIO COUTINHO. Senador Pompeu, ao Ramal Principal da RFFSA e,

287
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
pelo leito deste, até o Viaduto São Sebastião; por (incluída) até a Rua Itapiru; por esta (incluída);
este (excluído) até a Avenida Salvador de Sá; por Rua Doutor Agra (incluída); Rua dos Coqueiros
esta (incluída) até a Rua Frei Caneca; por esta (incluída, incluindo a Travessa Marieta e o Viaduto
(incluída) até a Rua Riachuelo; por esta (incluída); Doutor Agra); Rua Eleone de Almeida (excluída); Rua
Rua Costa Bastos, Rua Cardeal Dom Sebastião José de Alencar (excluída); Rua Paula Matos (excluí-
Leme e Rua Monte Alegre (todas excluídas); Rua da, excluindo a Praça Dona Antônia) até a Rua Frei
Riachuelo (incluída) até a Praça Cardeal Câmara Caneca; por esta (incluída) até a Avenida Salvador
(antigo Largo dos Pracinhas), Rua Evaristo da Vei- de Sá; por esta (excluída) até o Viaduto São Sebastião;
ga, Rua Joaquim Silva e Rua Conde de Lajes (to- por este (incluindo) ao ponto de partida.
das incluídas); por esta, até a Rua da Glória; por
esta (excluída, excluindo o Largo da Glória) até a VII REGIÃO ADMINISTRATIVA (SÃO CRISTÓVÃO)
esquina da Rua da Lapa (incluída) com a Avenida
Augusto Severo; por esta (excluída) até a esquina São Cristóvão, Mangueira e Benfica.
da Rua Teixeira de Freitas; daí, pelo eixo da Rua
Mestre Valentim, em linha reta, ao Obelisco da Do canal do Mangue, na passagem do desvio do
Avenida Rio Branco; deste alinhamento, em ângulo Ramal Leopoldina da RFFSA, e pelo leito deste, passan-
de 90º (noventa graus), até a Avenida Beira- - do pelas estações Barão de Mauá (excluída) e Francisco
Mar, por esta (incluída) até a Praça Senador Sal- Sá (excluída) até encontrar o Ramal Principal da RFFSA;
gado Filho; por esta (incluída) até a Avenida Almi- pelo leito deste, passando pelas estações de São Cris-
rante Sílvio de Noronha; por esta (incluída), no seu tóvão (incluída, incluindo o Viaduto de São Cristóvão),
primeiro alinhamento, ao mar (excluindo o Parque Maracanã (excluída) e Mangueira (incluída, incluindo a
do Flamengo); daí, pela orla marítima, até o Pier passarela ao lado da estação); daí, pelo Ramal da Leo-
Mauá, ponto de partida, incluindo sob a sua juris- poldina da RFFSA (incluindo o Viaduto de Mangueira e o
dição as ilhas de Villegaignon, Fiscal, das Cobras e trecho da Rua Santos Melo sobre a Estrada de Ferro e
das Enxadas. excluindo o Viaduto Ana Néri), passando pela estação
de Triagem (incluída), até o Viaduto de Benfica; por
III REGIÃO ADMINISTRATIVA (RIO COMPRIDO) este (incluído) e pela Avenida Suburbana (incluído ape-
nas o lado par), até a confluência com o rio Jacaré; pelo
Catumbi, Rio Comprido, Cidade Nova e Estácio. leito deste, até o ramal Leopoldina da RFFSA; por este,
até o ramal de minérios de Arará; por este (excluído),
Do Viaduto São Sebastião, no ponto em que até a Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o lado
se encontra o Ramal Principal da RFFSA; seguindo ímpar, incluindo o Viaduto Ataulfo Alves), até a Rua
pelo leito deste, até o canal do Mangue; daí, pelo Monsenhor Manuel Gomes; da Rua Monsenhor Manuel
leito deste, passando, pelo Trevo das Forças Ar- Gomes (incluída), até o Canal do Mangue; daí, pelo leito
madas (excluído) até a Avenida Paulo de Frontin; deste (incluído as passagens sobre este), até o ponto
por esta (incluído apenas o lado ímpar) até a Rua de partida. [Redação dada pela Lei Complementar n.º
João Paulo I; por esta (excluída); Rua do Matoso 17, de 29/7/1992.]
(incluída); Rua Barão de Itapagipe (incluída) até a
Rua do Bispo e, (excluída) da Rua do Bispo até a XXI REGIÃO ADMINISTRATIVA (ILHA DE PAQUETÁ)
Rua Joaquim Pizarro; por esta (excluída) até o seu
final; daí, subindo em direção sul o espigão do Paquetá.
morro do Turano, passando pelos pontos de cota
151m, 138m, e 313m, até o Alto do Sumaré (cota Delimitação com características próprias de a-
304m); deste ponto, seguindo pela Estrada do cidentes geográficos, incluindo sob sua jurisdição
Sumaré (excluída) até a Estrada Dom Joaquim as ilhas de Brocoió, do Braço Forte, Juribaíba, da
Mamede; por esta (excluída, excluindo o Beco da Pita, Redonda, do Manguinho, Comprida, dos Fer-
Lagoinha) até o entroncamento com a Rua Almi- ros, Casa da Pedra, de Pancaraíba, dos Lobos,
rante Alexandrino; daí, subindo e descendo os Tabacis, das Folhas, Tapuamas de Baixo, Tapua-
espigões do morro dos Prazeres, passando pelos mas de Cima, do Sol, Laje Rachada, Pedra Racha-
pontos de cota 221m, 282m e 276m, até atingir o da, Trinta Réis e Pedra Cocóis, bem como as ilho-
entroncamento da Rua Gomes Lopes (excluída) tas, pedras e lajes situadas entre elas.
com a Rua Cândido de Oliveira; por esta e pela
Rua Barão de Petrópolis (incluídas, incluindo a XXIII REGIÃO ADMINISTRATIVA (SANTA TERESA):
Escadaria Cândido de Oliveira) até a Rua Prefeito
João Felipe; por esta (excluída); Rua Eliseu Viscon- Santa Teresa.
ti (excluída) até a Rua General Galvão e, (incluída)
da Rua General Galvão até a Rua Navarro; por Da Praça Cardeal Câmara (antigo Largo dos
esta (incluída) até a Rua Queirós Lima; por esta Pracinhas) (excluída), seguindo pela Rua Evaristo

288
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
da Veiga, Rua Joaquim Silva e Rua Conde de Lajes Eleone de Almeida (incluída); Rua José de Alencar
(todas excluídas); por esta, até a Rua da Glória; (incluída); Rua Paula Matos (incluída, incluindo a
por esta (excluída) até a Rua Cândido Mendes; por Praça Dona Antônia) até a Rua Frei Caneca; por
esta (excluída) até a Rua do Fialho; por esta (ex- esta (excluída, excluindo a Avenida Salvador de
cluída) até a Rua Santo Amaro; por esta (incluída) Sá) até a Rua Riachuelo; por esta (excluída); Rua
até o seu final; Rua Pedro Américo (excluída) até o Costa Bastos, Rua Cardeal Dom Sebastião Leme e
seu final; daí, subindo a vertente, até o ponto de Rua Monte Alegre (todas incluídas) até a Praça
cota 267m no morro da Nova Cintra; deste ponto, Cardeal Câmara, ponto de partida.
pela cumeada do morro São Judas Tadeu, passan-
do pelos pontos de cota 182m, 212m, 246m e AP-2 — ÁREA DE PLANEJAMENTO 2
243m, até o entroncamento da Rua Almirante Ale-
xandrino com a Rua Doutor Júlio Otoni; por esta IV REGIÃO ADMINISTRATIVA (BOTAFOGO)
(incluída); Rua Professor Alcias Ataíde (incluída);
Escadaria São Judas Tadeu (excluída); Rua Sena- Flamengo, Glória, Laranjeiras, Catete, Cosme
dor Pedro Velho (excluída); Caminho do Chico Velho, Botafogo, Urca e Humaitá.
(excluído) até a Rua Cosme Velho; por esta (excluída,
excluindo o Largo e o Beco do Boticário e os aces- Do oceano Atlântico, na garganta entre os
sos aos túneis André e Antônio Rebouças) até a morros do Leme (excluído) e do Urubu (incluído),
Rua Itamonte; por esta (excluída); Rua Indiana subindo a vertente em direção ao ponto culminan-
(excluída); Rua Cosme Velho (excluída) até a Rua te do morro da Babilônia (cota 235m); deste pon-
Conselheiro Lampreia; por esta (excluída) até a to, pela cumeada em direção sudoeste, ao final da
escadaria que dá acesso à Rua Almirante Alexan- Rua General Cardoso de Aguiar; por esta (excluí-
drino; por esta (excluída) até a Estrada das Painei- da) até a Ladeira do Leme; por esta (excluída) até
ras; por esta (incluída) até encontrar a Estrada de o seu ponto mais alto (cota 67m); daí, subindo a
Ferro Corcovado; por esta (incluída, incluindo a vertente do morro de São João, até o seu ponto
Ladeira do Ascurra) até o ponto em que se encon- culminante (cota 241m); deste ponto, pela cumeada
tra o prolongamento da Travessa das Escadinhas em direção oeste, passando pelos pontos de cota
Dona Marta; daí, subindo a vertente em linha reta, 182m e 189m; deste ponto, descendo o espigão,
até o ponto culminante do morro Dona Marta (cota até o ponto de cota 66m no entroncamento da
362m), deste ponto, seguindo pela Estrada Mirante Ladeira dos Tabajaras com a Rua Euclides da Ro-
Dona Marta (NR) (incluída) até o entroncamento cha; daí, subindo o espigão do morro da Saudade,
com a Estrada das Paineiras (incluída); deste pon- até o seu ponto culminante (cota 246m); deste
to subindo o espigão do morro do Corcovado, até ponto, descendo a vertente em direção noroeste,
atingir o Monumento do Cristo Redentor (incluído, até o final da Rua Casuarina; por esta (incluída);
cota 701m); deste ponto, pela Estrada de Ferro Rua Engenheiro Marques Porto (incluída); Rua
Corcovado (incluída) até o Largo das Paineiras Humaitá (incluída) até o Viaduto Saint-Hilaire; por
(incluído); daí, em direção norte, subindo e des- este (excluído) até a Rua Pio Correia; por esta
cendo os espigões das serras da Formiga e da La- (excluída) até o seu final; daí, ao final da Rua Mi-
goinha (excluindo a Estrada do Sumaré), passando nistro Artur Ribeiro (excluída); Rua Senador Lúcio
pelos pontos de cota 623m e 338m, até o ponto de Bittencourt (excluída, excluindo a Rua Ministro
cota 273m no entroncamento da Estrada do Suma- João Alberto) até a Rua Euclides de Figueiredo; por
ré com a Estrada Dom Joaquim Mamede; por esta esta (excluída) até o seu final; daí, subindo em
(incluída, incluindo o Beco da Lagoinha) até o en- linha reta a vertente do morro do Corcovado, até
troncamento com a Rua Almirante Alexandrino; atingir o Monumento do Cristo Redentor (excluído,
daí, subindo e descendo os espigões do morro dos cota 701m); deste ponto, descendo o espigão do
Prazeres, passando pelos pontos de cota 221m, morro do Corcovado, até atingir o entroncamento
282m e 276m, até atingir o entroncamento da Rua da Estrada das Paineiras (excluída) com a Estrada
Gomes Lopes (incluída) com a Rua Cândido de Mirante Dona Marta (NR); por esta (excluída) até o
Oliveira; por esta e pela Rua Barão de Petrópolis ponto culminante do morro Dona Marta (cota
(excluídas, excluindo a Escadaria Cândido de Oli- 362m); deste ponto, descendo a vertente em linha
veira) até a Rua Prefeito João Felipe; por esta (in- reta, ao ponto em que o prolongamento da Tra-
cluída); Rua Eliseu Visconti (incluída) até a Rua vessa das Escadinhas Dona Marta encontra a Es-
General Galvão e, (excluída) da Rua General Gal- trada de Ferro Corcovado; por esta (excluída, in-
vão até a Rua Navarro; por esta (excluída) até a cluindo a Ladeira do Ascurra) até a Estrada das
Rua Queirós Lima; por esta (excluída) até a Rua Paineiras; por esta (excluída) até a escadaria que
Itapiru; por esta (excluída), Rua Doutor Agra (ex- dá acesso à Rua Conselheiro Lampreia; por esta e
cluída); Rua dos Coqueiros (excluída, excluindo a pela Rua Conselheiro Lampreia (incluídas); Rua
Travessa Marieta e o Viaduto Doutor Agra); Rua Cosme Velho (incluída); Rua Indiana (incluída);

289
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Rua Itamonte (incluída); Rua Cosme Velho (incluí- Henrique Dodsworth (excluindo os prédios de n.º
da, incluindo os acessos aos túneis André e Antô- 64 e 65) e a Rua Professor Gastão Baiana no seu
nio Rebouças e, o Largo e o Beco do Boticário) até entroncamento com a Rua Perci Murrai (incluída);
o Caminho do Chico; por este (incluído); Rua Se- daí, subindo o espigão, até o ponto culminante do
nador Pedro Velho (incluída); Escadaria São Judas morro do Cantagalo (cota 202m); deste ponto,
Tadeu (incluída); Rua Professor Alcias Ataíde (ex- descendo e subindo a cumeada, até o ponto culmi-
cluída); Rua Doutor Júlio Otoni (excluída) até o nante do morro do Pavão (cota 98m); deste ponto,
entroncamento com a Rua Almirante Alexandrino; descendo o espigão, até atingir o entroncamento
daí, pela cumeada do morro São Judas Tadeu, da Rua Antônio Parreiras (excluída) com a Rua
passando pelos pontos de cota 243m, 246m, 212m Saint Roman (incluída); Rua Piragibe Frota de A-
e 182m, até atingir o ponto de cota 267m no mor- guiar (incluída); Rua Bulhões de Carvalho (incluí-
ro da Nova Cintra; deste ponto, descendo a ver- da) até a Rua Francisco Otaviano; por esta (incluí-
tente, em direção ao final da Rua Pedro Américo; da) até o limite do Forte de Copacabana; daí, à
por esta (incluída); Rua Santo Amaro (excluída) praia do Diabo (excluída) e, pela orla marítima,
até a Rua do Fialho; por esta (incluída) até a Rua passando pela ponta de Copacabana, praia de Co-
Cândido Mendes; por esta (incluída) até a Rua da pacabana ao ponto de partida, incluindo sob sua
Glória; por esta (incluída, incluindo o Largo da jurisdição a ilha de Cotunduba.
Glória) até a esquina da Rua da Lapa (excluída)
com a Avenida Augusto Severo; por esta (incluída) VI REGIÃO ADMINISTRATIVA (LAGOA)
até a esquina da Rua Teixeira de Freitas; daí, pelo
eixo da Rua Mestre Valentim, em linha reta, ao Ipanema, Leblon, Lagoa, Jardim Botânico,
Obelisco da Avenida Rio Branco; deste alinhamen- Gávea, Vidigal e São Conrado.
to, em ângulo de 90º (noventa graus), até a Ave-
nida Beira-Mar; por esta (excluída) até a Praça Do oceano Atlântico na praia do Diabo (incluí-
Senador Salgado Filho, por esta (excluída) até a da), seguindo pelo limite do Forte de Copacabana,
Avenida Almirante Sílvio de Noronha; por esta até a Rua Francisco Otaviano; por esta (excluída)
(excluída), no seu primeiro alinhamento, ao mar até a Rua Bulhões de Carvalho; por esta (excluí-
(incluindo todo o Parque do Flamengo); daí, pela da); Rua Piragibe Frota de Aguiar (excluída); Rua
orla marítima, ao ponto de partida, incluindo sob Saint Roman (excluída) até o entroncamento com
sua jurisdição a ilha da Laje. a Rua Antônio Parreiras (incluída); daí, subindo o
espigão, até o ponto culminante do morro do Pa-
V REGIÃO ADMINISTRATIVA (COPACABANA) vão (cota 98m); deste ponto, descendo e subindo
a cumeada, até o ponto culminante do morro do
Leme e Copacabana. Cantagalo (cota 202m); deste ponto, descendo o
espigão em direção norte, atravessando a Rua
Do oceano Atlântico, na garganta entre os Professor Gastão Baiana no seu entroncamento
morros do Leme (incluído) e do Urubu (excluído) com a Rua Perci Murrai (excluída) e a Avenida
subindo a vertente em direção ao ponto culminan- Henrique Dodsworth (incluindo os prédios de n.º
te do morro da Babilônia (cota 235m); deste pon- 63 e n.º 64) e, descendo pelo divisor de águas em
to, pela cumeada em direção sudoeste, ao final da direção ao ponto de cota 119m; deste ponto, des-
Rua General Cardoso de Aguiar; por esta (incluída) cendo e subindo o espigão, passando pelo ponto
até a Ladeira do Leme; por esta (incluída) até o de cota 108m, até o ponto culminante (cota 384m)
seu ponto mais alto (cota 67m); daí, subindo a do morro dos Cabritos; deste ponto, descendo o
vertente do morro de São João, até o seu ponto espigão, passando pelo final da Rua Vitória-Régia
culminante (cota 241m); deste ponto, pela cumeada (incluída), e subindo pelo divisor de águas em
em direção oeste, passando pelos pontos de cota direção norte, até o ponto culminante do morro da
182m e 189m; deste ponto, descendo o espigão, Saudade (cota 246m); deste ponto, descendo a
até o ponto de cota 66m no entroncamento da vertente em direção noroeste, até o final da Rua
Ladeira dos Tabajaras com a Rua Euclides da Ro- Casuarina; por esta (excluída); Rua Engenheiro
cha; daí, subindo o espigão do morro da Saudade, Marques Porto (excluída); Rua Humaitá (excluída)
até o seu ponto culminante (cota 246m); deste até o Viaduto Saint-Hilaire; por este (incluído) até
ponto, em direção sul, descendo pelo divisor de a Rua Pio Correia; por esta (incluída) até o seu
águas, passando pelo final da Rua Vitória-Régia final; daí, ao final da Rua Ministro Artur Ribeiro
(excluída) e subindo o espigão do morro dos Cabri- (incluída); Rua Senador Lúcio Bittencourt (incluída,
tos, até o seu ponto culminante (cota 384m); des- incluindo a Rua Ministro João Alberto) até a Rua
te ponto, descendo e subindo o espigão em direção Euclides de Figueiredo; por esta (incluída) até o
sul, passando pelos pontos de cota 108m e 119m seu final; daí, pela curva de nível de 100m em
e, pelo divisor de águas atravessando a Avenida direção oeste, atravessando a Estrada Dona Casto-

290
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
rina, circundando a bacia do rio dos Macacos (in- Cangalhas; por esta (incluída); Caminho de Santo
cluindo a Rua Osório Duque Estrada) e o Parque da André (incluído) até o entroncamento com a Estra-
Cidade (todo incluído e incluindo a Estrada Santa da das Furnas; daí, por uma linha reta em direção
Marinha); daí, pela cumeada em direção oeste, sudeste, ao ponto mais alto do morro da Pedra
passando pelo ponto de cota 674m do morro do Bonita (cota 694m); daí, descendo e subindo os
Cochrane, até seu ponto culminante (cota 716m); espigões em direção nordeste, passando pelos
deste ponto, descendo e subindo os espigões em pontos de cota 499m, 544m (atravessando a Es-
direção oeste, passando pelos pontos de cota trada da Pedra Bonita), 421m e 399m, até o pon-
399m, 412m (atravessando a Estrada da Pedra to culminante do morro do Cochrane (cota
Bonita), 544m e 499m, até o ponto mais alto do 716m); deste ponto, pela cumeada, em direção
morro da Pedra Bonita (cota 694m); deste ponto, leste, passando pelo ponto de cota 674m, circun-
descendo e subindo o espigão em direção à Pedra dando o Parque da Cidade (todo excluído e exclu-
da Gávea, e pela linha de cumeada sul, até o pon- indo a Estrada Santa Marinha) até encontrar a
to de cota 642m; deste ponto, em linha reta, até o curva de nível de 100m; por esta (excluindo a Rua
entroncamento da Estrada do Joá com a Rua Ipo- Osório Duque Estrada), circundando a bacia do rio
seira (incluída); daí, por uma linha reta, passando dos Macacos e, atravessando a Estrada Dona Cas-
pela boca do túnel de São Conrado (excluído) em torina, em direção ao final da Rua Euclides de Fi-
direção à praia da Gávea no oceano Atlântico e gueiredo (excluída); daí, subindo em linha reta a
pela orla marítima ao ponto de partida, incluindo vertente do morro do Corcovado, até atingir o Mo-
sob sua jurisdição as ilhas das Palmas, Cagarras, numento do Cristo Redentor (excluído, cota
Comprida, Rasa, do Meio, as ilhotas Cagarra, 701m); deste ponto, pela Estrada de Ferro Corco-
Grande, Pequena e Redonda e a Laje Redonda. vado (excluída) até o Largo das Paineiras (excluí-
Fica excluída dessa VI Região Administrativa, do); daí, em direção norte, subindo e descendo os
a área correspondente à XXVII Região Administra- espigões das serras da Formiga e da Lagoinha
tiva — Rocinha. [Parágrafo acrescentado pela Lei (incluindo a Estrada do Sumaré), passando pelos
n.º 1.955, de 18/6/1993.] pontos de cota 623m e 388m, até o ponto de cota
273m, no entroncamento da Estrada Dom Joaquim
VIII REGIÃO ADMINISTRATIVA (TIJUCA) Mamede com a Estrada do Sumaré; seguindo por
esta (incluída) até o Alto do Sumaré (cota 304m);
Praça da Bandeira, Tijuca e Alto da Boa Vista. deste ponto, descendo em direção norte o espigão
do morro do Turano, passando pelos pontos de
Do entroncamento da Rua Mariz e Barros com cota 313m, 138m e 151m, até o final da Rua Joa-
a Rua São Francisco Xavier; seguindo por esta quim Pizarro; por esta (incluída) até a Rua Barão
(incluída) até a Avenida Maracanã; por esta (excluída) de Itapagipe; por esta (incluída) até a Rua do Bis-
até a Praça Varnhagem (incluída) e, (incluída) da po e, (excluída) da Rua do Bispo até a Rua do Ma-
Praça Varnhagem até a Rua Barão de Mesquita; por toso; por esta (excluída) até a Rua João Paulo I;
esta (excluída, excluindo a Rua Rocha Pombo); Rua por esta (incluída) até a Avenida Paulo de Frontin;
Uruguai (excluída) até a Rua Maria Amália; por esta por esta (incluído apenas o lado par) até o Trevo
(excluída), atravessando a Rua França Júnior (excluí- das Forças Armadas; por este (incluído) até o ca-
da), até a Rua Professor Pizarro; por esta (excluída); nal do Mangue; daí, pelo leito deste (incluindo as
Rua Tenente Marques de Sousa (incluída) até seu passagens sobre este) até a passagem do desvio
final; daí, subindo a vertente em linha reta, até o do ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito deste,
ponto de cota 243m no morro do Borel; deste ponto, passando pelas estações Barão de Mauá (incluída)
subindo o espigão (incluindo a favela do Borel), e Francisco Sá (incluída) até encontrar o ramal
passando pelos pontos de cota 523m e 536m, até principal da RFFSA; pelo leito deste, até o Viaduto
o ponto de cota 692m do morro do Excélsior; des- sobre a Rua Ceará (incluída); daí, seguindo em
te ponto, pela cumeada da serra dos Três Rios linha reta até o final da Rua Paraíba; por esta (in-
(incluindo as Estradas Excélsior e da Caveira), cluída, incluindo a Praça Alagoas) até a Rua Pará;
passando pelos pontos de cota 686m, 676m, 856m por esta (incluída) até a Rua Senador Furtado (ex-
e 788m, até o ponto mais alto do pico da Tijuca; cluída); Rua Mariz e Barros (incluído apenas o lado
deste ponto, seguindo, pela cumeada, passando ímpar) ao ponto de partida.
pelos pontos de cota 743m, 758m, 921m e 954m,
até o ponto de cota 992m no morro do Bico do IX REGIÃO ADMINISTRATIVA (VILA ISABEL):
Papagaio; deste ponto, em direção sul, passando
pelos pontos de cota 986m, 863m e 982m, até o Maracanã, Vila Isabel, Andaraí e Grajaú.
ponto de cota 814m no morro da Taquara; deste
ponto, por uma linha reta até o final da Estrada do Da estação de São Cristóvão (excluída, excluindo
Soberbo; por esta (incluída) até a Estrada Quebra o Viaduto de São Cristóvão) e seguindo pelo leito do

291
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ramal principal da RFFSA, passando pelas estações Estrada Lagoa-Barra (excluída) até a Rua Berta Lutz;
Maracanã (incluída) e Mangueira (excluída, excluindo por esta, incluída até o n.º 80 (lote 2 do PAL
a passarela ao lado da estação) até encontrar a Rua 25.019), incluído; pelo limite deste lote com os dois
Oito de Dezembro; por esta (incluída), até o entron- lotes 1 e 2 do PAL 29.695 (excluídos), corresponden-
camento com a Rua São Francisco Xavier; daí, su- tes aos ns. 776 e 770 da Av. Niemeyer e com o do
bindo o espigão da serra do Engenho Novo, passando lote 2 do PAL 13961 (excluído), correspondente ao
pelos pontos de cota 108m e 104m e, pela cumeada, n.º 756 da Av. Niemeyer; seguindo pela divisa sul
até o ponto de cota 173m; deste ponto, descendo o deste limite até encontrar os limites do lote 7 do PAL
espigão em direção sudoeste, até o entroncamento 22.457; pela divisa deste (excluído) e em direção
da Rua Armando de Albuquerque (incluída) com a leste e sul até encontrar o espigão da pedra Dois
Rua Barão do Bom Retiro; por esta e pela Rua José Irmãos na curva de nível 192m; subindo por este
do Patrocínio (incluídas) até o início da Avenida Me- espigão em direção nordeste, passando pelo ponto
neses Cortes (excluída); daí, subindo pelo espigão da de cota 358m até encontrar o ponto culminante da
serra dos Pretos Forros, passando pelos pontos de pedra Dois Irmãos; daí, em linha reta, em direção
cota 138m, 224m e 346m, até o ponto de cota noroeste até encontrar a divisa lateral direita do lote
338m; deste ponto, subindo o espigão em direção 7 do PAL 27.968; por este limite (excluído) até o
sul, passando pelos pontos de cota 346m, 354m e entroncamento com a Rua Sérgio Porto; por esta
662m, até o ponto de cota 728m no morro do Elefan- incluído apenas o lado ímpar, até o limite norte da
te; deste ponto, em direção sul pelo divisor de á- área doada ao Estado do PAL 25.474 (incluída); por
guas, até o ponto mais alto do pico da Tijuca; deste este limite até a Rua Umuarana (NR); por esta (in-
ponto, pela cumeada da serra dos Três Rios, passan- cluída), até encontrar com o limite do lote destinado
do pelos pontos de cota 788m, 856m, 676m e 686m a escola no PAL 25.474 e o lote destinado a clube do
(excluindo as Estradas do Excélsior e da Caveira) até mesmo PAL; por este limite até encontrar a Estrada
o ponto de cota 692m no morro do Excélsior; deste da Gávea; por esta (incluindo apenas o lado par) até
ponto descendo o espigão (excluindo a favela do a escadaria situada junto às instalações da CEDAE
Borel), passando pelos pontos de cota 536m e 523m, (incluídas), na Estrada da Gávea, 150; por esta es-
até o ponto de cota), 243m no morro do Borel; deste cadaria e pelo seu prolongamento, em direção sudo-
ponto, descendo a vertente em linha reta, em dire- este, até encontrar a Rua Maria do Carmo (NR), no
ção ao final da Rua Tenente Marques de Sousa; por Laboriaux; por esta, toda incluída, até o seu final;
esta (excluída); Rua Professor Pizarro (incluída), daí, pelo divisor de águas até o ponto de partida.
atravessando a Rua França Júnior (incluída), até a
Rua Maria Amália; por esta (incluída) até a Rua Uru- AP-3 — ÁREA DE PLANEJAMENTO 3
guai; por esta (incluída) até a Rua Barão de Mesqui-
ta; por esta (incluída, incluindo a Rua Rocha Pombo) X REGIÃO ADMINISTRATIVA (RAMOS):
até a Avenida Maracanã; por esta (excluída) até a
Manguinhos, Bonsucesso, Ramos e Olaria.
Praça Varnhagem (excluída) e, (incluída) da Pra-
ça Varnhagem até a Rua São Francisco Xavier;
Do entroncamento da Rua Nair com a Avenida
por esta (excluída) até a Rua Mariz e Barros; por
Brasil; seguindo por esta (incluído apenas o lado
esta (incluído apenas o lado par) até a Rua Se-
ímpar, incluindo o Viaduto de Manguinhos) até a
nador Furtado; por esta (incluída) até a Rua
confluência com o Canal do Cunha; deste ponto,
Pará; por esta (excluída) até a Rua Paraíba; por
Avenida Brasil (toda incluída) até o Ramal de Miné-
esta (excluída, excluindo a Praça Alagoas) até o
rios de Arará; por este (incluído) até o entronca-
seu final; daí, seguindo em linha reta até o via-
mento com o Ramal Leopoldina da RFFSA; seguin-
duto do ramal principal sobre a Rua Ceará (ex-
do pelo leite deste, até o cruzamento com o Rio
cluída); daí, pelo leito do ramal principal da
Jacaré; pelo leite deste, até a Avenida Suburbana;
RFFSA ao ponto de partida.
por esta (excluída) até a Rua José Rubino; por esta
XXVII REGIÃO ADMINISTRATIVA (ROCINHA) (excluída) até a Avenida dos Democráticos; por
esta (incluído apenas o lado par) até a Avenida
Rocinha. Itaoca; por esta (incluída) até a Rua Horácio Pico-
reli; por esta (excluída) até o seu final; daí, pelo
Do ponto de cota 476m do morro do Cochrane, Morro do Bonsucesso em direção leste, até encon-
descendo pelo divisor de águas em direção sul, pas- trar o final da Rua Capuçara (excluída); deste pon-
sando pelo ponto de cota 2045m, até o final da Rua to, pela Rua Piancó (incluída) até a Rua Tangará,
Nova (NR); por esta (incluída) até a Estrada da Gá- por esta (incluída) até a Rua Piumbi; por esta (in-
vea; por esta (incluindo os ns. 558 e 547) até a Via cluída) da Rua Tangará até a Rua Sabaúna; por
Ápia (NR); por esta (toda incluída) até a Auto-Estrada esta (incluída) da Rua Piumbi até a Rua Joana Fon-
Lagoa—Barra, por esta (excluída) até os acessos do toura; por esta (incluída) até encontrar a Rua A-
túnel Dois Irmãos (excluídos); voltando pela Auto- -
292
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
quiri; por esta (excluída) até a Estrada de Itararé; XI REGIÃO ADMINISTRATIVA (PENHA):
por esta (excluída) da Rua Aquiri até a Rua Doutor
Noguchi; por esta (excluída) da Estrada de Itararé Penha, Penha Circular e Brás de Pina.
até a Rua Roberto Silva; por esta (incluído apenas
o lado ímpar) da Rua Doutor Noguchi até a Traves- [Redação dada pela Lei n.º 3.155, de 13/12/2000.]
sa Salvador Maciel; deste ponto, Rua Roberto Silva
(incluída), da Travessa Salvador Maciel até a Rua Da baía de Guanabara, no prolongamento do
Teixeira Franco; por esta (incluída) até a Rua Pro- alinhamento da Rua Pirangi, seguindo por este
fessor Lacê; por esta (incluída) da Rua Teixeira prolongamento, até a Avenida Brasil; por esta (in-
Franco até a Rua 23 de Agosto; por esta (incluída) cluído apenas o lado par) até a Rua Nair; por esta
da Rua Professor Lacê até a Estrada de Itararé; (excluída) até a Rua Comandante Vergueiro da
por esta (incluído apenas o lado par, incluindo o Cruz; por esta (excluída) até a Rua Engenheiro
Largo do Itararé) da Rua 23 de Agosto até a Rua Edmundo Régis Bittencourt; por esta (excluída e
Sebastião de Carvalho, por esta (incluída) até a excluindo a Rua Dom João III) até a Avenida Pro-
Travessa Laurinda; por esta (incluída) até encon- fessor Plínio Bastos; por esta (excluída) até a Pra-
trar o prolongamento da Rua Cabedelo; por este e ça Marechal Maurício Cardoso; por esta (incluída)
pela Rua Cabedelo (excluída) até a Rua Armando até o entroncamento com a Rua Bariri; daí, pelo
Sodré; por esta (excluída) da Rua Cabedelo até prolongamento desta (atravessando a Rua Leopol-
encontrar o prolongamento da Rua Iriguati; por dina Rego), até o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo
este e pela Ria Uriguati (incluída) até a Rua Antô- leito deste, até a Rua Eça de Queirós; por esta
nio José Rego; por esta (incluída) da Rua Iriguati (excluída) até o entroncamento com a Rua Aurélio
até a Rua Itajoá; deste ponto, Rua Antônio José Garcindo (excluída); daí, subindo o espigão, até o
Rego (incluído apenas o lado par) até a Rua Itaco- ponto de cota 111m na Igreja da Penha (incluída);
rá; por esta (incluído apenas o lado par) da Rua deste ponto, seguindo pela cumeada do morro da
Antônio José Rego até encontrar a Rua “G” do PA Penha, passando pelo ponto de cota 72m, em dire-
9.284; por esta (incluída) até encontrar a curva de ção ao final do Caminho do Peixoto (NR); por este
nível 50m; por esta, em direção oeste, até encon- (excluído) até a Estrada José Rucas; por esta (ex-
trar o prolongamento da Rua Comandante Hoover; cluída) até a Praça Cruzeiro (excluída); Rua Curu-
por este, em direção sul, subindo o Espigão da mi (excluída, excluindo a Rua Vítor Viana) até o
Serra da Misericórdia até a sua cumeada; por esta, seu final; daí, pela cumeada do morro da Penha
em direção oeste, passando pelo ponto de cota em direção oeste, passando pelos pontos de cota
171m, até encontrar a Linha de Transmissão (Me- 78m, 99m e 114m, até encontrar a linha de
riti-Triagem); por esta, em direção noroeste, até transmissão (Meriti-Triagem), no ponto em que
encontrar o prolongamento da Rua Aimoré, daí, esta encontra o prolongamento da Rua Aimoré;
em direção leste, pela cumeada do Morro da Pe- daí, em direção sudoeste, pela cumeada da serra
nha, passando pelos pontos de cota 114m, 99m e da Misericórdia, até o ponto de cota 187m; deste
78m, até o final da Rua Curumi; por esta (incluída, ponto, descendo o espigão em direção noroeste,
incluindo a Rua Vítor Viana) até a Praça Cruzeiro; até o final da Rua Ferreira Chaves; por esta (incluída,
por esta (incluída); Estrada José Rucas (incluída) incluindo a Rua Tolentino Silva) até a Rua Coman-
até o Caminho do Peixoto (N.R.); por este (incluí- dante Aristides Garnier; por esta (incluída) até a
do) até o seu final; daí, seguindo pela cumeada do Rua Flamínia; por esta (incluída) até a Estrada
Morro da Penha, passando pelo ponto de cota Vicente de Carvalho; por esta (incluído apenas o
72m, até o ponto de cota 111m, na Igreja da Pe- lado ímpar) até a Rua Antônio Braune; por esta
nha (excluída); daí, descendo o espigão, em dire- (incluída) até a Rua Alice Tibiriçá, por esta (excluí-
ção ao entroncamento da Rua Aurélio Garcindo da) até encontrar o prolongamento da Rua Flamí-
(incluída) com a Rua Eça de Queiroz; por esta (in- nia; por este e pela Rua Flamínia (incluída); Rua
cluída) até o Ramal da Leopoldina da RFFSA; pelo Tessália (excluída) até encontrar a linha de trans-
leito deste, até encontrar o prolongamento da Rua missão (Meriti-Triagem); por esta, em direção
Bariri; por este (atravessando a Rua Leopoldina norte, até a Rua Frísia, por esta (incluída) até a
Rego) até a Praça Maurício Cardoso (excluída); Rua Ápia; por esta (excluída) até a Rua do Traba-
Avenida Professor Plínio Bastos (incluída) até a Rua lho; por esta (excluída) até a Estrada do Quitungo;
Engenheiro Edmundo Régis Bittencourt; por esta por esta (incluída) até a Avenida Meriti; por esta
(incluída, incluindo a Rua Dom João III) até a Rua (incluída) até a Praça Rubey Wanderley; por esta
Comandante Vergueiro da Cruz, por esta (incluída) (excluída), Avenida Brás de Pina (incluída) até a
até a Rua Nair; por esta (incluída) até o ponto de Avenida São Félix; por esta (excluída) até a Aveni-
partida. [Redação dada pela Lei n.º 2.055, de da Meriti; por esta (excluída) até a Rua Engenheiro
9/12/1993.] Francelino Mota; por esta (incluída), até a Rua
Antônio João; or esta (excluída) até a rua Abadie

293
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Faria Rosa; por esta (excluída) até o seu final; Rua de Morro das Palmeiras) até um ponto de referên-
Almirante Luís Maria Piquet (excluída) até a Rua cia situado na Rua Canitar, a 250m da Estrada
Oliveira Melo; por esta (excluída) até a Estrada do Velha da Pavuna; daí, pela Rua Canitar (incluída,
Quitungo; por esta (incluída) até a Rua Anequirá; incluindo a Rua Carlos Perry) até um ponto distan-
por esta (excluída) até o Rio Irajá; pelo leito deste te 830m da Estrada Velha da Pavuna; daí, subindo
até o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito deste, o espigão da Serra da Misericórdia em direção
atravessando a Rua Jorge Coelho, até a Rua Aturi- norte, até o ponto de cota 138m; daí, pela cumea-
á; por esta (incluída) até o seu final; daí, por uma da da Serra da Misericórdia em direção leste, pas-
linha reta, até o seu final da Rua Marcelino de Bri- sando pelo ponto de cota 134m, até encontrar a
to; por esta (excluída) até a Rua Joaquim Montei- linha de transmissão Meriti-Triagem; daí, pela li-
ro; por esta (excluída) até a Avenida Antônio Fer- nha de transmissão em direção norte, até encon-
raz; por esta (excluída, excluindo a Rua Alexandre trar o prolongamento da Rua Aimoré; daí, em dire-
Dias) até a Avenida Antenor Navarro, por esta ção sudoeste pela cumeada da Serra da
(incluída) até a Rua Pindaí; por esta (incluída) até Misericórdia, passando pelos pontos de cota 187m
a Rua Japegoá; por esta (incluída); Rua Patu (in- e 148m, até o ponto de cota 184m; deste ponto,
cluíida) até a Avenida Antenor Navarro; por esta descendo o espigão, passando pelos pontos de
(excluída) até a Avenida Schultz Wenk; por esta cota 159m, 164m e 123m, até encontrar o final da
(incluindo apenas o lado par), atravessando a Ave- Rua Maracá; por esta (incluída) e por seu prolon-
nida Brasil, até o canal do Rio Irajá, seguindo pelo gamento, atravessando o pré-metrô, até a Avenida
leito deste até a Baía de Guanabara e, por sua Automóvel Clube, por esta (incluída) até a Rua
orla, até o ponto de partida. Comandante Itapicuru Coelho; por esta (incluída)
até o seu final; daí, subindo o espigão do Morro do
XII REGIÃO ADMINISTRATIVA (INHAÚMA): Juramento, até seu ponto culminante (cota 249m);
deste ponto, descendo a vertente em linha reta,
Higienópolis, Maria da Graça, Del Castilho, em direção sudeste, até o final da Rua Iriri; por
Inhaúma, Engenho da Rainha esta (excluída) até a Rua Silva Vale; por esta (in-
e Tomás Coelho. cluída) até a Rua Itaocara, por esta (incluída) até a
Rua Herculano Pena; por esta (excluída) até a Rua
Do entroncamento da Rua Miguel Ângelo com Itália d’Incau; por esta (incluída), atravessando o
a Avenida Suburbana; por este (excluída) até a Ramal Auxiliar da RFFSA, até a Rua Cardoso Quin-
Rua José Rubino; por esta (incluída) até a Avenida tão; por esta (incluída) até a Rua Manuel Correia;
dos Democráticos; por esta (incluído apenas o lado por esta (excluída) até o seu final; daí, subindo a
ímpar) da Rua José Rubino até a Avenida Itaoca; vertente em direção leste, ao alto do Morro do
por esta (excluída) da Avenida dos Democráticos Urubu (cota 178m); deste ponto, descendo a ver-
até a Rua Horácio Picoreli; deste ponto, Avenida tente em direção Norte, até o final da Rua Luís
Itaoca (incluído apenas o lado ímpar) da Rua Horá- Gurgel; por esta (incluída) até a Rua Mucuri; por
cio Picoreli, até o limite leste do Loteamento Jar- esta (excluída) até encontrar o prolongamento da
dim Guadalajara; daí, contornando o Loteamento Rua Lorena; por este e pela Rua Lorena (excluída),
Jardim Guadalajara (excluído) até a Rua Antônio atravessando a Avenida João Ribeiro até o Ramal
Austregésilo, num ponto distante 260m da Avenida Auxiliar da RFFSA; pelo leito deste, até a Rua Má-
Itaoca; daí, pela Rua Antônio Austregésilo (excluí- rio Ferreira; por esta (excluída) até a Rua Ferreira
da) até a Avenida Itaoca; por esta (incluído apenas de Meneses; por esta (incluída a Praça Frei Baraú-
o lado ímpar) da Rua Antônio Austregésilo até a na); Rua Guarabu (incluída) até a Rua Álvaro de
servidão junto ao n.º 2.260 da Avenida Itaoca; Miranda; por esta (incluída) até a Rua Vaz da Cos-
daí, pela Avenida Itaoca (incluída, excluindo a ser- ta; por esta (incluída) até a Rua Mateus da Silva;
vidão junto ao n.º 2.260 da Avenida Itaoca); até a por esta (incluída) até o Caminho do Mateus; por
Vila Jesuânia, com a servidão pelo n.º 2.358 da este (incluído) até a Rua José dos Reis; por esta
Avenida Itaoca; daí, pela Vila Jesuânia (incluída, (excluída) até o Ramal Auxiliar da RFFSA; pelo
incluindo todas as ruas de Vila com servidão pela leito deste, até a Rua Cachambi; por esta (excluí-
Avenida Itaoca, n.º 2.358) até a Vila Glauco; por da) até a Avenida Suburbana; por esta (incluído
esta (incluída) até o entroncamento com a Vila apenas o lado par) até a Rua Itamaracá; por esta
Ascânio; daí, por uma linha reta em direção norte, (excluída) até a Rua Honório; por esta (excluída)
até o final da Rua Ivurarema; por esta (incluída, até a Rua Luís de brito (incluída), Rua Fernanndo
excluindo a Comunidade Alvorada/Vila Cruzeiro) Esquerdo (incluída) até a Rua Ferreira de Andrade
até a Rua Tangapeme; por esta (incluída) até o por esta (incluída) até a Rua Guaiaquil; por esta
seu final; daí, passando pelos finais das Ruas Ibi- (excluída) até a Rua Clapp Filho; por esta (excluí-
rapitanga e Tegucigalpa (todas incluídas), por uma da) até a Rua Vereador Jansen Müller; por esta
linha reta em direção oeste (excluindo a localidade (excluída) até a Rua Miguel Ângelo; por esta (in-

294
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
cluída) até a Rua Murilo; por esta (excluída) até por esta (excluída), até a Rua Álvaro Miranda; por
encontrar uma linha de referência paralela à Rua esta (excluída), até a Rua Guarabu; por esta (exclu-
Miguel Ângelo e distante desta 100m; por esta ída, excluindo a Praça Frei Baraúna); Rua Ferreira
linha, em direção nordeste, da Rua Murilo até o de Menezes (excluída), até a Rua Mário Ferreira;
Ramal Auxiliar da RFFSA; pelo leito deste, em dire- por esta (incluída), até o ramal auxiliar da RFFSA;
ção noroeste, até a Rua Miguel Ângelo; por esta pelo leito deste, até encontrar o prolongamento da
(incluída) até o ponto de partida. [Redação dada Rua Lorena; por este e pela Rua Lorena (incluída),
pela Lei n.º 2.055, de 9/12/1993.] atravessando a Avenida João Ribeiro, até a Rua
Mucuri; por esta (incluída), até a Rua Luís Gurgel;
XIII REGIÃO ADMINISTRATIVA (MÉIER): por esta (excluída), até o seu final; daí, subindo a
vertente em direção sul, ao alto do Morro dos Uru-
São Francisco Xavier, Rocha, Riachuelo, Sam- bus (cota 178m); deste ponto, descendo a vertente
paio, Engenho Novo, Jacaré, Lins de Vascon- em direção oeste, até o final da Rua Manuel Correi-
celos, Méier, Todos os Santos, Cachambi, En- a; por esta (incluída); Rua Artur Vargas (incluída)
genho de Dentro, Água Santa, Encantado, até o entroncamento da Rua Ana Quintão (incluída)
Piedade, Abolição e Pilares. com a Rua Ada; por esta (incluída), até a Rua Padre
Manuel da Nóbrega; seguindo por esta (excluída),
Do entroncamento da Rua Oito de Dezembro até a Avenida Suburbana; por esta (excluída), até a
com o ramal principal da Rede Ferroviária Federal, Rua Lima Barreto; por esta (excluída), atravessando
S.A. (RFFSA), seguindo pelo leito deste (excluindo a a Rua Goiás até o ramal principal da RFFSA; pelo
estação de Mangueira e a passarela do lado da es- leito deste, até a Rua Cesário Machado; por esta
tação) e pelo ramal Leopoldina da RFFSA (excluindo (excluída), até o seu final; daí, subindo e descendo
o Viaduto de Mangueira e o trecho da Rua Santos o Morro da Caixa-d’Água, em direção ao entronca-
Melo sobre a estrada de ferro incluindo o Viaduto mento da Rua Almeida Nogueira com a Rua Clari-
Ana Néri), passando pela estação de Triagem (ex- mundo de Melo; daí, subindo pelo espigão do Morro
cluída) até o Viaduto de Benfica; por este (excluí- de São Jorge, passando pelo ponto de cota 254m,
do), até encontrar o ramal de minérios de Arará; até o seu ponto culminante (cota 451m); deste
pelo leite deste, até encontrar uma linha de referên- ponto, descendo e subindo os espigões, até o ponto
cia que parte da Praça Marimbá; por esta linha de culminante do Morro do Careca (cota 334m); deste
referência, em direção sudoeste, até a Praça Ma- ponto, descendo e subindo a vertente da serra dos
rimbá (excluída); daí, pela Rua Matimoré (excluída), Pretos Forros em direção sudeste, passando pelo
até a Rua Fonte Nova; por esta (excluída, excluindo entroncamento da Estrada da Covanca (excluída)
a Praça Catuá), até a Rua Tapirapé; por esta (exclu- com a Estrada Paulo de Medeiros (incluída) (cota
ída), até a Rua Bráulio Cordeiro; por esta (excluí- 233m), até o ponto de cota 402m; deste ponto,
da), até a Rua Viúva Cláudio; por esta (incluído pela cumeada em direção leste, passando pelos
apenas o lado ímpar), da Rua Bráulio Cordeiro até a pontos de cota 393m, 463m, 487m, 443 m, 456m,
Rua José Maria Belo; por esta (excluída), até e con- 434m, 413m, 362m e 404m, até o ponto de cota
fluência com o Rio Jacaré; pelo leito deste, até a 338m; deste ponto, descendo e subindo os espi-
Rua Lino Teixeira; por esta (incluída, incluindo o gões, passando pelo entroncamento da Avenida
Largo do Jacaré), até a Rua Álvaro Seixas; por esta Menezes Cortes com a Rua Orós (incluída) e pelos
(incluída), até a Rua Aires de Casal; por esta (exclu- pontos de cota 314m, 292m e 326m, até o ponto de
ída), até a Rua Álvares de Azevedo; por esta (exclu- cota 338m; deste ponto, descendo o espigão, pas-
ída), até a Rua Atiba; por esta (excluída), até a Rua sando pelos pontos de cota 346m e 224m, até o
Galileu; por esta (incluída), até a Rua Murilo; por ponto de cota 138m; deste ponto, descendo o espi-
esta (incluída), até a Rua Miguel Ângelo; por esta gão, até o início da Avenida Menezes Cortes (incluí-
(excluída), até a Rua Vereador Jansen Müller; por da); Rua José do Patrocínio; Rua Barão do Bom
esta (incluída), até a Rua Clapp Filho; por esta (in- Retiro (excluídas), até o entroncamento com a Rua
cluída), até a Rua Guaiaquil; por esta (incluída), até Armando Albuquerque (excluída); daí, subindo o
a Rua Ferreira de Andrade; por esta (excluída), até espigão da Serra do Engenho Novo em direção nor-
a Rua Fernando esquerdo; por esta (excluída); Rua deste e, pela cumeada, passando pelos pontos de
Luís de Brito (excluída); Rua Honório (incluída), até cota 173m e 104m, até o ponto de cota 108m deste
a Rua Itamaracá, por esta (incluída), até a Avenida ponto, descendo o espigão, até o entroncamento da
Suburbana; por esta (incluído apenas o lado ímpar), Rua São Francisco Xavier com a Rua Oito de De-
até a Rua Cachambi; por esta (incluída), até o ra- zembro; por esta (excluída) até o ramal principal da
mal auxiliar da RFFSA; pelo leito deste, até a Rua RFFSA, no ponto de partida. [Redação dada pela
José dos Reis; por esta (incluída), até o Caminho do Lei Complementar n.º 17, de 29/7/1992.]
Mateus; por este (excluído), até a Rua Mateus da
Silva; por esta (excluída), até a Rua Vaz da Costa;

295
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
XIV REGIÃO ADMINISTRATIVA (IRAJÁ): esta (incluindo apenas o lado par) até a Rua Antônio
Braune; por esta (excluída) até a Rua Alice Tibiriçá;
Vila Cosmos, Vicente de Carvalho, Vila da por esta (incluída) até encontrar o prolongamento
Penha, Vista Alegre, Irajá e Colégio. da Rua Flamínia; por este e pela Rua Flamínia (ex-
cluída); Rua Tessália (incluída) até encontrar a linha
Da linha de transmissão (Meriti-Triagem) no de transmissão (Meriti-Triagem); por esta, em dire-
Trevo das Margaridas; por esta (incluído até a Ro- ção norte, até a Rua Frísia; por esta (excluída) até a
dovia Presidente Dutra; por esta (incluído apenas o Rua Ápia; por esta (incluída) até a Rua do Trabalho;
lado ímpar), até o rio Acari; por leito deste, até a por esta (incluída) até a Estrada do Quitungo; por
linha de transmissão (Paraíba-Cascadura); por esta, esta (excluída) até a Avenida Meriti; por esta (ex-
até a Rua Belini (incluída desde o seu início); Rua cluída) até a Praça Rubei Wanderley; por esta (in-
José Azevedo (incluída); Rua Canudos (incluída) até cluída); Avenida Brás de Pina (excluída) até a Ave-
a Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o lado nida São Felix; por esta (incluída) até a Avenida
ímpar); Estrada Lima Campos (excluída); Estrada Meriti; por esta (incluída) até a Rua Engenheiro
Pedro Borges de Freitas (incluída, atravessando o Francelino Mota; por esta (excluída) até a linha de
pré-metrô); Avenida Automóvel Clube (incluído transmissão (Meriti-Triagem); por esta, em direção
apenas o lado par) até a Rua Aratangi; por esta norte (atravessando a Avenida Brasil), até o Trevo
(excluída) e por seu prolongamento até a Rua Dona das Margaridas, ponto de partida.
Cecília (NR); por esta (excluída) e, por seu prolon-
gamento até a Rua Taquarichim; por esta (excluída) XV REGIÃO ADMINISTRATIVA (MADUREIRA):
até a Rua Marupiara; por esta (excluída) até a Rua
Iara; por esta (incluída) até a Rua Toriba; por esta Campinho, Quintino Bocaiúva, Cavalcanti,
(incluída) até a Rua Ibiracoá; por esta (incluída) até Engenheiro Leal, Cascadura, Madureira, Vaz
a Rua Jacê; por esta (incluída) até a Rua Jurucê; Lobo, Turiaçu, Rocha Miranda, Honório Gurgel,
por esta (incluída) até a Rua Coema; por esta (in- Osvaldo Cruz, Bento Ribeiro e Marechal Hermes.
cluída); Estrada do Barro Vermelho (excluída) até a
Rua Guiraréia; por esta (incluída) até a Rua Ipiran- Do entroncamento da Rua Ada com a Rua Padre
ga; por esta (excluída) até a Rua Pinhara; por esta Manuel da Nóbrega; seguindo por esta (incluída) até
(excluída) até o seu final; daí, subindo a vertente, a Avenida Suburbana; por esta (incluída) até a Rua
em direção ao ponto culminante do morro do Sapê Lima Barreto; por esta (incluída), atravessando a
(cota 164m); deste ponto, descendo a vertente, em Rua Goiás, até o ramal principal da RFFSA; pelo leito
direção nordeste, até o final da Rua Carlos Ferreira; deste, até a Rua Cesário Machado; por esta (incluída)
por esta (incluída, incluindo a Rua Freire Cardoso) até o seu final; daí, subindo e descendo as vertentes
até a Rua Carolina Amado; por esta (incluída) até a do morro da Caixa-d’Água, em direção ao entronca-
Avenida Monsenhor Félix; por esta (incluída) até a mento da Rua Almeida Nogueira com a Rua Clari-
Rua Jacina; por esta (excluída) até a Rua Caiçara; mundo de Melo; daí, subindo pelo espigão do morro
por esta (incluída) até a Estrada Vicente de Carva- São Jorge, passando pelo ponto de cota 254m até o
lho, por esta (excluída) até a Rua Fernandes Leão; seu ponto culminante (cota 415m); deste ponto,
por esta (incluída) até o seu final; daí, subindo a descendo e subindo os espigões, até o ponto culmi-
vertente em linha reta, até o ponto de cota 178m; nante do morro do Careca (cota 334m); deste ponto,
deste ponto pela cumeada em direção leste, até o pela vertente em direção oeste, até o ponto culmi-
ponto culminante do morro do Juramento (cota nante do morro da Covanca (cota 274m); deste pon-
249m): deste ponto, descendo o espigão em dire- to, descendo e subindo as vertentes em direção no-
ção ao final da Rua Comandante Itapicuru Coelho; roeste, até o ponto de cota 413m na serra dos Pretos
por esta (excluída) até a Avenida Automóvel Clube; Forros e, pela cumeada, até o ponto de cota 404m;
por esta (excluída) até o prolongamento do alinha- deste ponto, subindo e descendo o divisor de águas,
mento da Rua Maracá; por este (atravessando o passando pelo morro do Inácio Dias (cota 188m) e
pré-metrô) e pela Rua Maracá (excluída) até o seu pela cumeada, até o morro da Bica (cota 252m);
final; daí, subindo o espigão da serra da Misericór- deste ponto, descendo a vertente em linha reta, até
dia, passando pelos pontos de cota 123m, 164m e o início da Rua Pinto Teles; por esta (excluída); Rua
159m até o ponto de cota 184m; deste ponto pela Anália Franco (incluída) até a Estrada Intendente
cumeada, passando pelo ponto de cota 148m, até o Magalhães; por esta (incluída), passando pela Praça
ponto de cota 187m; deste ponto, descendo o espi- Valqueire (excluída) e pela Praça Professor Cardoso
gão em direção noroeste, até o final da Rua Ferreira Fontes (excluída), até a Praça General Aranha (inclu-
Chaves; por esta (excluída, excluindo a Rua Tolen- ída); Rua Xavier Curado (incluída) até a Rua João
tino Silva) até a Rua Comandante Aristides Garnier; Vicente; por esta (excluída) até a Rua dos Abacates;
por esta (excluída) até a Rua Flamínia; por esta por esta (excluída) até a estação de Deodoro (excluí-
(excluída) até a Estrada Vicente de Carvalho; por da, excluindo o Viaduto de Deodoro); seguindo pelo

296
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
ramal principal da RFFSA e pelo desvio do ramal ponga, do Cambemba, do Raimundo, Santa Rosa,
auxiliar da RFFSA, até a Rua Soldado José Lopes do Saravatá, pedras do Paulo, pedras do Manuel,
Filho; por esta (incluída) até o rio Sapopemba ou pedras do Roas, pedra Branca, pedras Manuéis de
Acari; pelo leito deste, atravessando o ramal auxiliar Dentro, pedras Manuéis de Fora, pedras do Orató-
da RFFSA, até encontrar o prolongamento da Rua rio, pedra do Boi, Cabeceiros de Fora e Xeréu, bem
Agenor Porto; por esta (excluída), até a Rua Emílio como as ilhotas, pedras e lajes entre elas.
Goeldi; por esta (excluída) até a Rua Ururaí; por esta
(excluída); Avenida dos Italianos (excluída) até a Rua XXII REGIÃO ADMINISTRATIVA (ANCHIETA):
Jaqueira (NR) (excluída); Rua Dona Cecília (NR) (excluída)
e, por seu prolongamento; até a Rua Taquarichim; Guadalupe, Anchieta, Parque Anchieta
por esta (incluída) até a Rua Marupiara; por esta e Ricardo de Albuquerque.
(incluída) até a Rua Iara; por esta (excluída) até a
Rua Toriba; por esta (excluída) até a Rua Ibiracoá; Da divisa do Município no entroncamento do
por esta (excluída) até a Rua Jacê; por esta (excluí- rio Pavuna com a estrada que contorna o morro do
da) até a Rua Jurucê; por esta (excluída) até a Rua Periquito (NR), seguindo por esta e pela Estrada do
Coema; por esta (excluída); Estrada do Barro Verme- Engenho Novo (incluídas) até encontrar o prolon-
lho (incluída) até a Rua Guiraréia; por esta (excluída) até gamento do alinhamento da Rua Arapiranga; por
a Rua Ipiranga; por esta (incluída) até a Rua Pinha- este e pela Rua Arapiranga (incluída) até a Rua do
ra; por esta (incluída) até o seu final; daí, subindo a Algodão; por esta (incluída) até o seu final; daí,
vertente, em direção ao ponto culminante do morro por uma linha reta, passando pelos finais da Rua
do Sapê (cota 164m); deste ponto, descendo a ver- Araçá, Rua Japoara, Rua Taquaruçu, Rua São Ber-
tente em direção nordeste, até o final da Rua Carlos nardo, Rua Camaré (todas incluídas) até o final da
Ferreira; por esta (excluída, excluindo a Rua Freire Rua Boaçu; seguindo por esta (incluída) até a Rua
Cardoso), até a Rua Carolina Amado; por esta (ex- São Bernardo; por esta (incluída) até a Rua Aripuá
cluída) até a Avenida Monsenhor Félix; por esta (ex- (incluída); daí, pelo limite do cemitério de Ricardo
cluída) até a Rua Jacina; por esta (incluída) até a Rua de Albuquerque (incluído), atravessando a Estrada
Caiçara; por esta (excluída) até a Estrada Vicente de Marechal Alencastro, até o ramal principal da RFFSA;
Carvalho; por esta (incluída) até a Rua Fernandes pelo leito deste, até o início da Avenida Nazaré;
Leão; por esta (excluída) até o seu final; daí, subindo por esta (incluída) até a Rua Paraúna; por esta
a vertente em linha reta, até o ponto de cota 178m; (incluída) até a Rua Lobo; por esta (incluída) até a
deste ponto, pela cumeada em direção leste, até o Rua Araí; por esta (incluída) até o Largo do Cam-
ponto culminante do morro do Juramento (cota boatá (incluído); Estrada de Camboatá (incluída);
249m); deste ponto, descendo a vertente em linha Rua Marcos de Macedo (incluída); Rua Condor
reta, em direção sudeste, até o final da Rua Iriri; por (incluída); Rua Argos (incluída) até a Avenida Bra-
esta (incluída) até a Rua Silva Vale; por esta (excluí- sil; por esta (excluída) até a Rua Loasa; por esta
da) até a Rua Itaocara; por esta (excluída) até a Rua (incluída) até o rio Sapopemba ou Acari; pelo leito
Herculano Pena; por esta (incluída) até a Rua Itália deste, até o ramal auxiliar da RFFSA; pelo leito
D’Incau; por esta (excluída), atravessando o ramal deste até a Avenida Brasil; por esta (incluído ape-
auxiliar da RFFSA, até a Rua Cardoso Quintão; por nas o lado ímpar) até a linha de transmissão (Frei
esta (excluída) até a Rua Manuel Correia; por esta Caneca-Fontes); por esta, até o canal do rio Pavu-
(excluída); Rua Artur Vargas (excluída) até o entron- na (divisa do Município); daí, pelo leito deste, ao
camento da Rua Ana Quintão (excluída) com a Rua ponto de partida.
Ada; por esta (excluída) até a Rua Padre Manuel da
Nóbrega, ponto de partida. XXV REGIÃO ADMINISTRATIVA (PAVUNA):

XX REGIÃO ADMINISTRATIVA (ILHA DO Coelho Neto, Acari, Barros Filho,


GOVERNADOR): Costa Barros e Pavuna.

Ribeira, Zumbi, Cacuia, Pitangueiras, praia da Da divisa do município na confluência do rio Aca-
Bandeira, Cocotá, Bancários, Freguesia, Jar- ri com o rio São João de Meriti; seguindo pelo leito
dim Guanabara, Jardim Carioca, Tauá, Moneró, deste e do canal do rio Pavuna, até a linha de trans-
Portuguesa, Galeão e Cidade Universitária. missão (Frei Caneca-Fontes); por esta, até a Avenida
Brasil; por esta (incluído apenas o lado par) até o
Delimitação com características próprias de ramal auxiliar da RFFSA; pelo leito deste, até a con-
acidentes geográficos, incluindo sob sua jurisdição fluência com o rio Sapopemba ou Acari; pelo leito
as ilhas do Boqueirão, do Tipiti, do Rijo, do Milho, deste, até o prolongamento da Rua Agenor Porto;
das Aroeiras, das Palmas, Rosa, do M. Roiz, da por esta (incluída) até a Rua Emílio Goeldi; por esta
Água, de Mãe Maria, Seca, Nhanquetá, de Vira- (incluída) até a Rua Ururaí; por esta (incluída); Ave-

297
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
nida dos Italianos (incluída) até a Rua Jaqueira (NR) Estrada de Itararé até a Rua Roberto Silva; por esta
(incluída); Rua Dona Cecília (NR) (incluída) até en- (incluindo apenas o lado par) da Rua Doutor Noguchi
contrar o prolongamento da Rua Aratangi; por este e até a Travessa Salvador Maciel e a partir deste ponto
pela Rua Aratangi (incluída) até a Avenida Automóvel (excluída) até a Rua Teixeira Franco, por esta (excluí-
Clube; por esta (incluído apenas o lado ímpar) até a da), até a Rua Professor Lacê; por esta (excluída) até
Estrada Pedro Borges de Freitas; por esta (excluída, a Rua 23 de Agosto; por esta (excluída, excluindo o
atravessando o pré-metrô); Estrada Lima Campos Largo do Itararé) até a Estrada de Itararé; por esta
(incluída) até a Avenida Brasil; por esta (incluído (incluindo apenas o lado ímpar) da Rua 23 de Agosto
apenas o lado par) até a Rua Canudos; por esta (ex- até a Rua Sebastião de Carvalho; por esta (excluída)
cluída); Rua José de Azevedo (excluída); Rua Belini até a Travessa Laurinda; por esta (excluída) até en-
(excluída desde seu início) até a linha de transmissão contrar o prolongamento do alinhamento da Rua Ca-
(Paraíba-Cascadura); seguindo por esta, até encon- bedelo; por este e pela Rua Cabedelo (incluída) até a
trar o rio Acari e pelo leito deste ao ponto de partida. Rua Armando Sodré; por esta (incluída) da Rua Cabe-
delo até encontrar o prolongamento do alinhamento
XXVIII REGIÃO ADMINISTRATIVA (JACAREZINHO): da Rua Iriguati; por este e pela Rua Iriguati (excluída)
até a Rua Antônio Rego; por esta (excluída) até a Rua
Jacarezinho Itajoá e a partir deste ponto (incluído apenas o lado
ímpar) até a Rua Itacorá; por esta (incluído apenas o
Do entroncamento da Avenida Suburbana com a lado ímpar) até a Rua G do PA 9.284 (excluída); daí,
Rua Miguel Ângelo; por esta (excluída), até encontrar em direção oeste, seguindo pela linha de cota 50m
o ramal auxiliar da Rede Ferroviária Federal S.A. (excluindo a Rua Mirá) até encontrar o prolongamento
(RFFSA); pelo leito deste, no sentido sudeste, até do alinhamento da Rua Comandante Hoover; por este,
encontrar uma linha de referência paralela à Rua subindo a Serra da Misericórdia em direção sul, até a
Miguel Ângelo e, distante desta 100m; por esta linha, sua cumeada; por esta, em direção oeste, passando
em direção sudoeste, do ramal auxiliar da RFFSA até pelos pontos de cota 171m e 134m até o ponto de
encontrar a Rua Murilo; por esta (excluída), até a cota 138m; daí, descendo o espigão em direção sul
Rua Galileu; por esta (excluída), até a Rua Atiba; por (excluindo a Favela Relicário), até encontrar a Rua
esta (incluída), até encontrar a Rua Álvares de Aze- Canitar; deste ponto, pela Rua Canitar (excluída, ex-
vedo; deste ponto, pela Rua Álvares de Azevedo cluindo a Rua Carlos Perry) até um ponto situado a
(incluída), da Rua Atiba até a Rua Aires de Casal; por 250m da Estrada Velha da Pavuna; daí, por uma linha
esta (incluída), até a Rua Álvaro Seixas, por esta reta em direção leste (incluindo a localidade do Morro
(excluída, excluindo o Largo do Jacaré), até a Rua das Palmeiras), passando pelos finais das Ruas Tegu-
Lino Teixeira; por esta (excluída), até a confluência cigalpa e Ibirapitanga (todas excluídas) até o final da
com o Rio Jacaré; pelo leito deste, até a confluência Rua Tangapeme; por esta (excluída) até a Rua Ivura-
com a Rua José Maria Belo; por esta (incluída), até a rema; por esta (excluída) até o seu final; deste ponto
Rua Viúva Cláudio; por esta (incluído apenas o lado (incluindo a comunidade Alvorada-Vila Cruzeiro) por
par), da Rua José Maria Belo até a Rua Bráulio Cor- uma linha reta em direção sul até encontrar o entron-
deiro; por esta (incluída), até a Rua Tapirapé; por camento da Vila Ascânio com a Vila Glauco; por esta
esta (incluída), até a Rua Fonte Nova; por esta (in- (excluída) até a Vila Jesuânia; por esta (excluída, ex-
cluída, incluindo a Praça Catuá), até a Rua Matimoré; cluindo todas as Ruas de Vila com servidão para a
por esta (incluída), até a Praça Marimbá, daí (incluin- Avenida Itaoca n.º 2.358) até a Avenida Itaoca; por
do a Praça Marimbá), por uma linha reta em direção esta (excluída) até a servidão ao lado do n.º 2.260 e a
nordeste, até encontrar o ramal de minérios de Ara- partir deste ponto (incluindo apenas o lado par, inclu-
rá; pelo leito deste, até o Viaduto de Benfica; por indo a servidão ao lado do n.º 2.260) até a Rua Antô-
este (excluído), até a Avenida Suburbana; por esta nio Austregésilo; seguindo por esta (incluída) até
(incluindo apenas o lado ímpar), até a confluência 260m da Avenida Itaoca; daí, contornando o lotea-
com o rio Jacaré e a partir deste ponto (incluído) até mento Jardim Guadalajara (excluído) até encontrar a
o ponto de partida. [Região Administrativa criada Avenida Itaoca; por esta (incluído apenas o lado par)
pelo Decreto n.º 6.011, de 04/08/1986, e delimitada do limite leste do Loteamento Jardim Guadalajara até
pela Lei Complementar n.º 17, de 29/7/1992.] a Rua Horácio Picorelli; por esta (incluída) até o seu
final; daí, pelo Morro de Bonsucesso em direção leste
XXIX REGIÃO ADMINISTRATIVA até encontrar o final da Rua Capuçara (incluída); daí,
(COMPLEXO DO ALEMÃO): pela Rua Piancó (excluída), até a Rua Tangará; por
esta (excluída) até a Rua Piumbi; por esta (excluída)
Complexo do Alemão da Rua Tangará até a Rua Sabaúna; por esta (excluí-
da) da Rua Piumbi até a Rua Joana Fontoura; por esta
Do entroncamento da Estrada de Itararé com a (excluída) até encontrar a Rua Aquiri; por esta (incluí-
Rua Doutor Noguchi; seguindo por esta (incluída) da da) até a Estrada de Itararé; por esta (incluída) da

298
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Rua Aquiri até o ponto de partida. Estrada Bougainville (incluída); daí, subindo a ver-
tente em linha reta, até o ponto de cota 212m no
XXX REGIÃO ADMINISTRATIVA (MARÉ): morro da Marimbeira; deste ponto, pelo espigão,
passando pelos pontos de cota 203m, 382m, 394m
Maré e 688m, até o ponto de cota 814m no morro da
Taquara; deste ponto, em direção norte, passando
Da baía de Guanabara, na foz do canal do Cunha, pelos pontos de cota 982m, 868m e 986m, até o
seguindo pelo leito deste até a Avenida Brasil, por ponto de cota 992m no morro do Bico do Papagaio;
esta (incluída apenas o lado par, excluindo o via- deste ponto, pela cumeada da serra dos Três Rios,
duto de Manguinhos) até a Rua Pirangi; daí, pelo passando pelos pontos de cota 954m, 921m, 758m
prolongamento do alinhamento desta, até a baía de e 743m, até o ponto mais alto do pico da Tijuca;
Guanabara e, pela orla, ao ponto de partida. deste ponto, em direção norte pelo divisor de á-
guas, até o ponto de cota 728m no morro do Ele-
XXX REGIÃO ADMINISTRATIVA (VIGÁRIO GERAL): fante; deste ponto, descendo o espigão, passando
pelos pontos de cota 662m, 354m e 346m, até o
Cordovil, Parada de Lucas, Vigário Geral e ponto de cota 338m na serra dos Pretos Forros;
Jardim América. deste ponto, pela cumeada em direção oeste, des-
cendo e subindo os espigões, passando pelos pon-
Da foz do canal do Rio Irajá, na Baía de Guanaba- tos de cota 326m, 292m e 314m, passando pelo
ra, seguindo pelo leito deste, atravessando a Avenida entroncamento da Avenida Meneses Cortes com a
Braisl, até a Avenida Schultz Wenk; por esta (incluindo Rua Orós (excluída) até o ponto de cota 338m;
apenas o lado ímpar); Avenida Antenor Navarro (in- deste ponto, seguindo pela cumeada, passando
cluída) até a Rua Patu; por esta (excluída); Rua Jape- pelos pontos de cota 404m, 362m, 413m, 434m,
goá (excluída); Rua Pindaí (excluída); Avenida Ante- 456m, 448m, 487m, 463m e 393m, até o ponto de
nor Navarro (excluída); até a Avenida Antônio Ferraz; cota 402m; deste ponto, descendo e subindo a
por esta (incluída, incluindo a Rua Alexandre Dias) até vertente em direção noroeste, passando pelo en-
a Rua Joaquim Monteiro; por esta (incluída) até a Rua troncamento da Estrada da Covanca (incluída) com
Marcelino de Brito; por esta (incluída) até o seu final; a Estrada Paulo de Medeiros (excluída) (cota
daí, por uma linha reta, até o final da Rua Aturiá; por 233m), até o ponto culminante do morro do Care-
esta (excluída), atravessando a Rua Jorge Coelho até ca (cota 334m); deste ponto, pela vertente em
o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito deste até o direção oeste, até o ponto culminante do morro da
Rio Irajá; pelo leito deste até a Rua Anequirá; por esta Covanca (cota 274m); deste ponto, descendo e
(incluída) até a Estrada do Quitungo; por esta (excluí- subindo as vertentes em direção noroeste, até o
da) até a Rua Oliveira Melo; por esta (incluída) até a ponto de cota 413m na serra dos Pretos Forros e,
Rua Almirante Luís Maria Piquet; por esta (incluída); pela cumeada, ao ponto de cota 404m; deste pon-
Rua abadie Faria Rosa (incluída) até o seu final; Rua to, subindo e descendo o divisor de águas, pas-
Antônio João (incluída) até a Rua Engenheiro Franceli- sando pelo morro do Inácio Dias (cota 188m) e
no Mota; por esta (excluída) até a linha de transmis- pela cumeada, até o morro da Bica (cota 252m);
são (Meriti-Triagem); por esta, em direção norte (a- deste ponto, descendo a vertente em linha reta,
trevessando a Avenida Brasil), até o Trevo das até o início da Rua Pinto Teles; por esta (incluída);
Margaridas; por este (excluído) até a Rodovia Presi- Rua Anália Franco (excluída) até a Estrada Inten-
dente Dutra; por esta (incluído apenas o lado par) até dente Magalhães; por esta (excluída), passando
o Rio Acari; pelo leito deste até a confluência com o pela Praça Valqueire (incluída) e pela Praça Profes-
Rio São João de Meriti (divisa do Município); daí, pelo sor Cardoso Fontes (incluída), até a Praça General
leito deste, atá a Baía de Guanabara e, por sua orla, Aranha (excluída); Avenida Marechal Fontenele
ao ponto de partida. (excluída) até a Rua Mário Barbedo; por esta (in-
cluída) até o seu final; daí, em direção sul, até
AP-4 — ÁREA DE PLANEJAMENTO 4 alcançar o espigão do morro do Valqueire; subindo
por este, passando pelos pontos de cota 107m e
XVI REGIÃO ADMINISTRATIVA (JACAREPAGUÁ): 238m, até o seu ponto culminante (cota 269m);
deste ponto, da cumeada, passando pelos pontos
Jacarepaguá, Anil, Gardênia Azul, Curicica, de cota 208m, 311m e 291m, até o ponto de cota
Freguesia, Pechincha, Taquara, Tanque, 217m; deste ponto, descendo a vertente, até o
Praça Seca e Vila Valqueire. entroncamento da Estrada do Catonho (excluída)
com a Estrada do Cafundá (incluída); daí, subindo
Da lagoa do Camorim, na foz do rio das Pedras o espigão da serra do Engenho Velho, até o ponto
e pelo leito deste até a Estrada de Jacarepaguá; mais alto do morro da Caixa-d’Água; deste ponto,
por esta (incluída) até o entroncamento com a em direção oeste pela cumeada e, pela linha de

299
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
transmissão (Jacarepaguá-Cascadura), até o ponto morro da Taquara; deste ponto, pelo espigão, pas-
de cota 172m; deste ponto, subindo em direção sando pelos pontos de cota 688m, 493m, 382m e
norte, passando pelos pontos de cota 247m e 203m, até o ponto de cota 212m no morro da Ma-
243m, até atingir o ponto de cota 282m; deste rimbeira; deste ponto, descendo a vertente em
ponto, seguindo pelo divisor de águas entre a serra linha reta, até o entroncamento da Estrada Bouga-
do Barata e a serra do Engenho Novo até o ponto inville (excluída) com a Estrada de Jacarepaguá;
de cota 378m; deste ponto, seguindo na direção por esta (excluída) até o rio das Pedras; pelo leito
oeste pelos pontos de cota 356m e 368m, até o deste, até a sua foz na lagoa do Camorim; por sua
ponto de cota 667m; deste ponto, pelo divisor de orla e a da lagoa de Jacarepaguá (incluídas) até a
águas, até o ponto de cota 876m na serra do Ban- foz do arroio Pavuna (excluída); daí, pela Estrada
gu; deste ponto, em direção sul, passando pelos do Arroio Pavuna (excluída) até a Avenida Embai-
pontos de cota 794m e 949m, até o ponto mais xador Abelardo Bueno; por esta (incluída) até a
alto do morro da Bandeira (cota 954m); deste Avenida Arenápolis; por esta (incluída) até o rio
ponto, pelo divisor de águas, até o pico da Pedra Camorim; pelo leito deste, até encontrar a Estrada
Branca (cota 1.022m); deste ponto, em direção do Camorim (incluída); daí, subindo o espigão da
sudeste, passando pelos pontos de cota 878m e serra do Nogueira em direção norte, passando
639m, até o ponto de cota 857m no morro de San- pelos pontos de cota 67m, 292m e 327m, até o
ta Bárbara; deste ponto, pelo divisor de águas, ponto de cota 588m; deste ponto, pelo divisor de
passando pelos pontos de cota 734m, 668m, 689m águas em direção oeste, até o ponto de cota
e 636m, até o ponto de cota 758m no morro do 648m; deste ponto, seguindo pelo divisor de águas
Quilombo; deste ponto, pelo divisor de águas em em direção norte, passando pelos pontos de cota
direção sul, passando pelos pontos de cota 571m, 644m e 571m, até o ponto de cota 758m, no mor-
644m e 648m, até o ponto de cota 588m na serra ro do Quilombo; deste ponto, pelo divisor de
do Nogueira; deste ponto, descendo o espigão em águas, passando pelos pontos de cota 636m,
direção sul, passando pelos pontos de cota 327m, 689m, 668m e 734m, até o ponto de cota 857m
292m e 67m, até o encontro da Estrada do Camo- no morro de Santa Barbará; deste ponto, pelo
rim (excluída) com o rio Camorim; pelo leito deste, divisor de águas em direção norte, passando pelos
até a Avenida Arenápolis; por esta (excluída) até a pontos de cota 639m e 878m, até o pico da Pedra
Avenida Embaixador Abelardo Bueno; por esta Branca (cota 1.022m); deste ponto, pela cumeada
(excluída) até a Estrada do Arroio Pavuna; por esta em direção sudoeste, passando pelos pontos de
(incluída) até a foz do arroio Pavuna (incluída) na cota 898m, 629m, 646m, 590m, 628m, 642m e
lagoa de Jacarepaguá; daí, por sua orla e a da 583m, até o ponto culminante do morro dos Cabo-
lagoa do Camorim (excluída) até a foz do rio das clos (cota 688m); deste ponto, seguindo pela cu-
Pedras, ponto de partida. [Redação dada pelo De- meada em direção sul, passando pelo ponto mais
creto n.º 8.095, de 8/9/1988.] alto do morro da Toca Grande, descendo e subindo
os espigões, atravessando a Estrada da Toca
XXIV REGIÃO ADMINISTRATIVA (BARRA DA TIJUCA): Grande no ponto de cota 346m, até o ponto de
cota 444m; deste ponto, descendo e subindo os
Joá, Itanhangá, Barra da Tijuca, Camorim, espigões, atravessando a Estrada do Morgado no
Vargem Pequena, Vargem Grande, Recreio ponto de cota 248m, até o pico do Morgado (cota
dos Bandeirantes e Grumari. 398m); deste ponto, pela cumeada, passando pelo
morro da Boa Vista (cota 334m) até o morro da
Da praia da Gávea (excluída) no oceano Atlân- Ilha (cota 434m); deste ponto, descendo em linha
tico seguindo em linha reta, passando pela boca do reta a vertente, até encontrar o entroncamento da
túnel de São Conrado (incluído), em direção ao Estrada da Grota Funda com a Avenida das Améri-
entroncamento da Rua Iposeira (excluída) com a cas, atravessando-as, e subindo o espigão do mor-
Estrada do Joá; daí, em linha reta até encontrar o ro de Santo Antônio da Bica, passando pelos pon-
ponto de cota 642m; deste ponto, pela linha de tos de cota 279m, 324m, 383m e 452m, até o seu
cumeada, até o ponto culminante da Pedra da Gá- ponto culminante (cota 482m); deste ponto, des-
vea; deste ponto, em direção norte, descendo e cendo e subindo os espigões em direção sudoeste,
subindo o espigão em direção ao ponto mais alto passando pelos pontos de cota 413m, 339m,
do morro da Pedra Bonita (cota 694m); deste pon- 392m, 358m e 298m, até o ponto de cota 394m;
to, por linha reta em direção noroeste, até o en- deste ponto, pela cumeada em direção sul, até o
troncamento da Estrada das Furnas com o Cami- ponto de cota 237m no morro da Faxina; deste
nho de Santo André por este (excluído); Estrada ponto, descendo e subindo o espigão em direção
Quebra-Cangalhas (excluído) até a Estrada do sul, passando pela garganta do Grumari (cota
Soberbo; por esta (excluída) até o seu final; daí, 108m), atravessando a Estrada do Grumari, até o
por uma linha reta, até o ponto de cota 814m no morro de São João da Mantiqueira (cota 273m);

300
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
deste ponto, pela cumeada, até o ponto de cota este e pela Rua Arapiranga (excluída) até a Rua do
334m no morro de Guaratiba; deste ponto, des- Algodão; por esta (excluída) até o seu final; daí,
cendo o espigão, até a garganta da praia Funda por uma linha reta, passando pelos finais da Rua
(cota 13m); deste ponto, subindo e descendo o Araçá, Rua Japoara, Rua Taquaruçu, Rua São Ber-
espigão, passando pelo ponto de cota 96m, até o nardo, Rua Camaré (todas excluídas) até o final da
oceano Atlântico no local denominado saco dos Rua Boaçu; seguindo por esta (excluída) até a Rua
Meros (excluído, incluindo a ponta da praia Funda) São Bernardo; por esta (excluída) até a Rua Aripuá
e, pelo litoral, até a praia da Gávea, ponto de par- (excluída); daí, pelo limite do cemitério de Ricardo
tida, incluindo sub sua jurisdição as ilhas da Alfa- de Albuquerque (excluído), atravessando a Estrada
vaca, Pontuda, das Peças e das Palmas. Marechal Alencastro, até o ramal principal da RFFSA;
pelo leito deste, até o início da Avenida Nazaré;
XXXIV REGIÃO ADMINISTRATIVA (CIDADE DE por esta (excluída) até a Rua Paraúna; por esta
DEUS) (excluída) até a Rua Lobo; por esta (excluída) até
a Rua Araí; por esta (excluída) até o Largo do
Cidade de Deus. Camboatá (excluído); Estrada de Camboatá (excluída);
Rua Marcos de Macedo (excluída); Rua Condor
Do entroncamento da Avenida Cidade de Deus (excluída); Rua Argos (excluída) até a Avenida
com a Rua Efraim seguindo por esta (incluída); Brasil; por esta (incluída) até a Rua Loasa; por
Rua Jericó (incluída) até encontrar o prolongamento esta (excluída) até o rio Sapopemba ou Acari; daí,
da Rua Zózimo do Amaral; seguindo por este e pela Rua Soldado José Lopes Filho (excluída) até o
pela Rua Zózimo do Amaral (incluída); Estrada dos desvio do ramal auxiliar da RFFSA; pelo leito deste
Bandeirantes (excluída) até a Estrada Santa Efigê- e atravessando o ramal principal da RFFSA, até a
nia; por esta (incluída) até a Rua Nossa Senhora estação de Deodoro; por esta (incluída, incluindo o
Aparecida; por esta (incluída) até a Rua Valentim Viaduto de Deodoro) até a Rua dos Abacates; por
Bouças, por esta (incluída) e por seu prolongamen- esta (incluída) até a Rua João Vicente; por esta
to, até encontrar o Rio Grande; pelo leito deste, (incluída), até a Rua Xavier Curado; por esta (ex-
até a Avenida Cidade de Deus; por esta (incluída) cluída, excluindo a Praça General Aranha e a Es-
até a Rua Josafá; por esta (incluída), incluindo a trada Intendente Magalhães); Avenida Marechal
Travessa Mênfis) até a Estrada Marechal Miguel Fontenele (incluída) até a Rua Mário Barbedo; por
Salazar Mendes de Morais; por esta (incluída) até a esta (excluída) até o seu final; daí, em direção sul,
Rua Pintor Leandro Joaquim; por esta (incluída) até alcançar o espigão do morro do Valqueire;
até a Rua Ministro Gabriel de Piza; por esta (incluí- subindo por este, passando pelos pontos de cota
da) até encontrar o prolongamento da Rua Monte 107m e 238m, até seu ponto culminante (cota
Sião; por este e pela Rua Monte Sião (incluída) até 269m); deste ponto, pela cumeada em direção sul,
a Rua Professor Waldemar Belardinelli; por esta passando pelos pontos de cota 208m, 311m e
(incluída); Rua Artur Sá Earp (incluída, incluindo a 291m, até o ponto de cota 217m; deste ponto,
Rua Carlos Afonso Ottino); Rua Edgar Werneck (in- descendo a vertente, até o entroncamento da Es-
cluída) até a Rua Moisés; por esta (incluída, inclu- trada do Catonho (incluída) com a Estrada do Ca-
indo a Travessa Eunice); Avenida Ezequiel (incluí- fundá (excluída); daí, subindo o espigão da serra
da) até o seu final daí, por uma linha reta, até do Engenho Velho, até o ponto mais alto do morro
encontrar a Praça da Bíblia; por esta incluída); Rua da Caixa-d’Água; deste ponto, em direção oeste,
da Luz (incluída) até a Rua Elias; por esta (incluí- pela cumeada e, pela linha de transmissão (Jaca-
da) até a Estrada do Gabinal; por’ esta (incluída) repaguá-Cascadura) até o ponto de cota 172m;
até a Rua Edgar Werneck; por esta (incluída até a deste ponto, subindo em direção norte, passando
Rua Davi; por esta (incluída); Avenida Cidade de pelos pontos de cota 247m e 243m, até atingir o
Deus (incluída) ao ponto de partida. ponto de cota 282m; deste ponto, seguindo pelo
divisor de águas entre a serra do Barata e a serra
AP-5 — ÁREA DE PLANEJAMENTO 5 do Engenho Novo, até o ponto de cota 378m; des-
te ponto, seguindo na direção oeste e passando
XVII REGIÃO ADMINISTRATIVA (BANGU): pelos pontos de cota 356m e 368m, até o ponto de
cota 667m; deste ponto, pelo divisor de águas, até
Padre Miguel, Bangu e Senador Camará. o ponto de cota 876m na serra do Bangu; deste
ponto, em direção sul, passando pelos pontos de
Da divisa do Município no entroncamento do cota 794m e 949m, até o ponto mais alto do morro
rio Pavuna com a estrada que contorna o morro do da Bandeira (cota 954m); deste ponto, pelo divisor
Periquito (NR), seguindo por esta e pela Estrada do de águas, até o pico da Pedra Branca (cota
Engenho Novo (excluídas) até encontrar o prolon- 1.022m); deste ponto, descendo e subindo os es-
gamento do alinhamento da Rua Arapiranga; por pigões em direção noroeste, passando pelos pon-

301
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
tos de cota 583m e 642m, até o ponto de cota Severino Farias (excluída) com a Estrada da Paci-
472m no morro de Santa Luzia; deste ponto, des- ência; por esta (excluída) até a Rua Cabo Bastos
cendo e subindo os espigões em direção norte, Torres; por esta (excluída, incluindo a Rua Guaru-
passando pelos pontos de cota 336m, 334m e já), atravessando o ramal principal da RFFSA até a
343m, até o ponto de cota 363m no morro do Ga- Avenida Cesário de Melo; por esta (excluída) até a
go; deste ponto, descendo e subindo os espigões, Rua Santa Natália; por esta (excluída) até o seu
passando pelos pontos de cota 293m, 294m e final; daí, por uma linha reta em direção sul, até o
396m, atravessando a Estrada dos Viegas no seu rio Cação Vermelho; pelo leito deste, até a Rua
ponto mais alto (cota 178m), até o morro do La- Natividade de Carangola; por esta (incluída) até a
meirão (cota 484m); deste ponto, descendo pela Rua Paçuaré; por esta (incluída) até o seu final;
vertente em direção nordeste, passando pelo pon- daí, subindo a vertente em linha reta, ao ponto
to de cota 244m até a linha de transmissão (Nova culminante do morro de Santa Eugênia (cota
Iguaçu-Jacarepaguá); seguindo por esta em dire- 274m) na serra de Inhoaíba; deste ponto, pela
ção norte, atravessando a Avenida Santa Cruz, até cumeada em direção leste, até o ponto de cota
o ramal principal da RFFSA; pelo leito deste, até o 249m; deste ponto, em linha reta em direção les-
rio dos Cachorros; daí, descendo pelo leito deste, te, até o ponto de cota 227m; deste ponto, pela
até a Rua Teixeira Campos; por esta (excluída) até cumeada e pelo espigão passando pelos pontos de
a Estrada dos Sete Riachos; por esta (excluída) até cota 242m, 187m, 184m, 154m e 119m, até o
encontrar a linha de transmissão (Nova Iguaçu- ponto de cota 78m; deste ponto, descendo em
Jacarepaguá); seguindo por esta em direção norte, linha reta, atravessando a Estrada do Magarça, em
atravessando a Avenida Brasil, até a Estrada do direção à Rua Campo Formoso; por esta (incluída),
Guandu do Sena; por esta (excluída) até a Estrada até a Estrada do Mato-Alto; por esta (excluída) até
do Guandu; por esta e pelo Caminho do Serra (NR) o rio Cabuçu; pelo leito deste, até o entroncamen-
(excluídos) até o rio das Canoeiras; subindo pelo to com a Avenida Alhambra; por esta (incluída)
leito deste, até a sua nascente; daí, subindo a até a Rua Jorge Sampaio; por esta (incluída) até a
vertente, até o moro do Guandu (cota 737m) na Estrada da Cachamorra; seguindo por esta (incluí-
serra do Mendanha; deste ponto, pela cumeada, da) até a Rua José Capanema; por esta (excluída)
em direção leste, até o morro do pico da Furna das até o seu final; daí, pela vertente, até o ponto
Andorinhas, na divisa do Município; daí, em dire- mais alto do morro do Cabuçu (cota 568m); deste
ção leste pela divisa da serra de Madureira, pas- ponto, descendo e subindo as vertentes e atraves-
sando pelo pico do Gericinó e seguindo pela divisa sando a Estrada das Tachas em linha reta, até o
do Município até a estrada que contorna o morro ponto culminante do morro dos Caboclos (cota
do Periquito (NR), ponto de partida. [Redação 688m); deste ponto, pela cumeada em direção
dada pelo Decreto n.º 8.095, de 8/9/1988.] nordeste, passando pelos pontos de cota 583m,
642m, 628m, 590m, 646m, 629m e 898m, até o
XVIII REGIÃO ADMINISTRATIVA (CAMPO GRANDE): pico da Pedra Branca (cota 1.022m); deste ponto,
descendo e subindo os espigões em direção noro-
Santíssimo, Campo Grande, Senador este, passando pelos pontos de cota 583m e
Vasconcelos, Inhoaíba e Cosmos. 642m, até o ponto de cota 472m no morro de San-
ta Luzia; deste ponto, descendo e subindo os espi-
Da divisa do Município na confluência dos rios gões em direção norte, passando pelos pontos de
Guandu-Mirim (ou Tingui) e do Campinho, seguin- cota 336m, 334m e 343m, até o ponto de cota
do pelo leito deste, até a Avenida Brasil; por esta 363m no morro do Gago; deste ponto, descendo e
(excluída) até a Estrada dos Palmares; por esta subindo os espigões, passando pelos pontos de
(excluída) até a Estrada do Campinho; por esta cota 293m, 294m e 396m, atravessando a Estrada
(excluída) até o entroncamento com a Estrada de do Viegas no seu ponto mais alto (cota 178m), até
Austin (NR) (excluída); daí, em linha reta, até o o morro do Lameirão (cota 484m); deste ponto,
ponto mais alto do morro do Furado; deste ponto, descendo pela vertente em direção nordeste, pas-
atravessando a Estrada da Paciência, até o ponto sando pelo ponto de cota 244m até a linha de
mais alto da serra da Paciência (cota 202m); deste transmissão (Nova Iguaçu-Jacarepaguá); seguindo
ponto, pela cumeada em direção sudoeste, pas- por esta, em direção norte, atravessando a Aveni-
sando pelos pontos de cota 175m e 141m (exclu- da Santa Cruz, até o ramal principal da RFFSA;
indo o Caminho dos Palmares) até o ponto de cota pelo leito deste, até o rio dos Cachorros; daí, des-
127m; deste ponto, descendo a vertente por uma cendo pelo leito deste, até a Rua Teixeira Campos;
linha reta, passando pelo final da Rua Cabo Gastão por esta (incluída) até a Estrada dos Sete Riachos;
Gama e Rua Cabo Gonçalo Gomes (excluída) até o por esta (incluída) até encontrar a linha de trans-
entroncamento da Rua Sargento Severino Farias missão (Nova Iguaçu-Jacarepaguá); seguindo por
(excluída) até o entroncamento da Rua Sargento esta, em direção norte, atravessando a Avenida

302
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Brasil, até a Estrada do Guandu do Sena; por esta guaí; daí, pelo leito do rio Itaguaí ou da Guarda e
(incluída) até a Estrada do Guandu; por esta e pelo do rio Guandu-Mirim (ou Tingui) na divisa do Muni-
Caminho da Serra (NR) (incluídos) até o rio das cípio, até o rio do Campinho, ponto de partida,
Canoeiras; subindo pelo leito deste, até sua nas- incluindo sob sua jurisdição as ilhas do Tatu e Pes-
cente; daí, subindo a vertente, até o morro do caria.
Guandu (cota 737m) na serra do Mendanha; deste
ponto, pela cumeada em direção leste, até o morro XXVI REGIÃO ADMINISTRATIVA (GUARATIBA):
do pico da Furna das Andorinhas, na divisa do Mu-
nicípio; daí, em direção norte pela divisa na serra Guaratiba, Barra de Guaratiba
de Madureira, passando pelo morro do pico do e Pedra de Guaratiba.
Guandu e pelo morro do pico do Marapicu, e pelo
rio Guandu-Mirim (ou Tingui) ao ponto de partida. Do oceano Atlântico, no local denominado
saco dos Meros (incluído, excluindo a ponta da
XIX REGIÃO ADMINISTRATIVA (SANTA CRUZ): praia Funda), subindo e descendo o espigão,
passando pelo ponto de cota 96m até a gargan-
Paciência, Santa Cruz e Sepetiba. ta da praia Funda (cota 13m); deste ponto,
subindo o espigão do morro de Guaratiba até o
Da divisa do Município, na confluência dos rios ponto de cota 334m e, pela cumeada, até o
Guandu-Mirim (ou Tingui) e do Campinho, seguin- morro de São João da Mantiqueira (cota 273m);
do pelo leito deste, até a Avenida Brasil; por esta deste ponto, descendo e subindo o espigão em
(incluída) até a Estrada dos Palmares; por esta direção norte, passando pela garganta do Gru-
(incluída) até a Estrada do Campinho; por esta mari (cota 108m), atravessando a Estrada do
(incluída) até o entroncamento com a Estrada de Grumari, até o ponto de cota 237m no morro da
Austin (NR) (incluída); daí, em linha reta, até o Faxina; deste ponto, pela cumeada em direção
ponto mais alto do morro do Furado; deste ponto, norte, até o ponto de cota 394m; deste ponto,
atravessando a Estrada da Paciência, até o ponto descendo e subindo os espigões em direção
mais alto da serra da Paciência (cota 202m); deste nordeste, passando pelos pontos de cota 298m,
ponto, pela cumeada em direção sudoeste, pas- 358m, 392m, 339m e 413m, até o ponto culmi-
sando pelos pontos de cota 172m e 141m (incluin- nante do morro Santo Antônio da Bica (cota
do o Caminho dos Palmares) até o ponto de cota 482m); deste ponto, pela cumeada, passando
127m; deste ponto, descendo a vertente por uma pelos pontos de cota 452m, 383m e 324m, até
linha reta, passando pelo final da Rua Cabo Gastão o ponto de cota 279m; deste ponto, descendo o
Gama e Rua Cabo Gonçalo Gomes, até o entron- espigão até encontrar o entroncamento da Es-
camento da Rua Sargento Severino Farias (incluí- trada da Grota Funda com a Avenida América
das) com a Estrada da Paciência; por esta (incluí- atravessando-as, e subindo em linha reta a
da) até a Rua Cabo Bastos Torres; por esta vertente, até o morro da Ilha (cota 434m); des-
(incluída, excluindo a Rua Guarujá) atravessando o te ponto pela cumeada, passando pelo morro da
ramal principal da RFFSA, até a Avenida Cesário de Boa Vista (cota 334m), até o pico do Morgado
Melo; por esta (incluída) até a Rua Santa Natália; (cota 398m); deste ponto, descendo e subindo
por esta (incluída) até o seu final; daí, por uma os espigões, atravessando a Estrada do Morga-
linha reta em direção sul, até o rio Cação Verme- do no ponto de cota 248m, até o ponto de cota
lho; pelo leito deste, até a Rua Natividade do Ca- 444m; deste ponto, descendo e subindo os es-
rangola; por esta (excluída) até a Rua Paçuaré; pigões, atravessando a Estrada da Toca Gran-
por esta (excluída) até o seu final; daí, subindo a de; daí, seguindo pela cumeada em direção
vertente em linha reta, ao ponto culminante do norte, até o ponto culminante do morro dos
morro de Santa Eugênia (cota 274m) na serra de Caboclos (cota 688m); deste ponto, descendo e
Inhoaíba; deste ponto, pela cumeada em direção subindo as vertentes em linha reta, atravessan-
leste, até o ponto de cota 249m; deste ponto, em do a Estrada das Tachas, até o ponto mais alto
direção sul, passando pelos pontos de cota 153m, do morro do Cabuçu (cota 568m); deste ponto,
157m, 194m e 178m, até o ponto de cota 203m pela vertente até encontrar o final da Rua José
na serra do Cantagalo; deste ponto, pela cumeada Capanema; por esta (incluída) até a Estrada da
em direção sudoeste, até o ponto de cota 157m; Cachamorra; por esta (incluída) até a Rua Jorge
deste ponto, descendo o espigão em direção ao Sampaio; por esta (excluída) até a Avenida
entroncamento da Rua General Alexandre Barreto Alhambra; por esta (excluída) até seu entron-
(incluída) com a Estrada da Pedra; por esta (exclu- camento com o rio Cabuçu; daí, pelo leite des-
ída) até o rio do Ponto ou Piaí; pelo leito deste, te, até a Estrada do Mato-Alto; por esta (exclu-
atravessando a Estrada do Piaí, até a sua foz na ída) até a Rua Campo Formoso; por esta
baía de Sepetiba; por sua orla até a foz do rio Ita- (excluída) até o entroncamento com a Estrada

303
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
do Magarça; daí, em linha reta, subindo a ver-
tente, até o ponto de cota 78m; deste ponto,
pelo espigão e pela cumeada da serra de Inhoa-
íba, em direção oeste, passando pelos pontos
de cota 119m, 154m, 184m, 187m e 242m, até
o ponto de cota 227m; deste ponto, por uma
linha reta, até o ponto de cota 249m no morro
de Santa Eugênia; deste ponto, em direção sul,
passando pelos pontos de cota 153m, 157m,
194m e 178m, até o ponto de cota 203m na
serra do Cantagalo; deste ponto, pela cumeada
em direção sudoeste, até o ponto de cota
157m; deste ponto, descendo o espigão, em
direção ao entroncamento da Rua General Ale-
xandre Barreto (excluída) com a Estrada da
Pedra; por esta (incluída) até o rio do Ponto ou
Piaí; pelo leito deste, atravessando a Estrada
do Piaí, até sua foz na baía de Sepetiba, daí, Art. 3.º A delimitação dos bairros é estabele-
pelo litoral, até a ponta da praia Funda, no local cida no anexo II. [O anexo citado neste artigo já
denominado saco dos Meros, ponto de partida, está com a redação dada pelo Decreto n.º 5.280,
incluindo sob sua jurisdição o trecho da restinga de 23/8/1985.]
de Marambaia pertencente ao Município do Rio Art. 4.º Este decreto entrará em vigor na da-
de Janeiro, e as ilhas de Guarabesaba, do Uru- ta de sua publicação, revogadas as disposições em
bu, do Frade e Rasa de Guaratiba e ainda as contrário.
ilhas da Barra de Guaratiba.
Rio de Janeiro, 23 de julho de 1981; 417.º de
[Publicado no “Diário Oficial” do Estado do Fundação da Cidade.
Rio de Janeiro, parte IV, de 24/7/1981.]
JÚLIO COUTINHO
____________
ANEXO I

DENOMINAÇÃO E CODIFICAÇÃO
DECRETO N.º 3.158, DE 23 DE JULHO DE 1981. DOS BAIRROS
Estabelece a denominação, a codificação e a AP-1 — Área de Planejamento 1
delimitação dos bairros da cidade
do Rio de Janeiro. I Região Administrativa (Portuária):
101001 — Saúde
O Prefeito da cidade do Rio de Janeiro, no uso 101002 — Gamboa
de suas atribuições legais, tendo em vista a Deli- 101003 — Santo Cristo
beração n.º 114, de 8 de abril de 1981, da Comis- 101004 — Caju
são do Plano da Cidade (P/COPLAN), aprovada no II Região Administrativa (Centro):
processo n.º 02/1476/80, decreta: 102005 — Centro
Art. 1.º A denominação, a codificação e a de- III Região Administrativa (Rio Comprido):
limitação dos bairros da cidade do Rio de Janeiro 103006 — Catumbi
ficam estabelecidas por este decreto. 103007 — Rio Comprido
Art. 2.º Os bairros relacionados no anexo 103008 — Cidade Nova
I com a sua denominação e a sua codificação. 103009 — Estácio
[O anexo citado neste artigo já está com a redação VII — Região Administrativa (São Cristóvão):
dada pelo Decreto n.º 5.280, de 23/8/1985.] 107010 — São Cristóvão
Parágrafo único. A codificação dos bairros 107011 — Mangueira
obedece ao seguinte critério: 107012 — Benfica
— o primeiro dígito corresponde ao número da XXI Região Administrativa (Ilha de Paquetá):
área de planejamento; 121013 — Paquetá
— os dois dígitos seguintes correspondem ao XXIII Região Administrativa (Santa Teresa):
número da região administrativa; 123014 — Santa Teresa
— os três últimos dígitos correspondem ao
número do bairro.

304
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
AP-2 — Área de Planejamento 2 XIII Região Administrativa (Méier):
313057 — São Francisco Xavier
IV Região Administrativa (Botafogo): 313058 — Rocha
204015 — Flamengo 313059 — Riachuelo
204016 — Glória 313060 — Sampaio
204017 — Laranjeiras 313061 — Engenho Novo
204018 — Catete 313062 — Lins de Vasconcelos
204019 — Cosme Velho 313063 — Méier
204020 — Botafogo 313064 — Todos os Santos
204021 — Humaitá 313065 — Cachambi
204022 — Urca 313066 — Engenho de Dentro
V Região Administrativa (Copacabana): 313067 — Água Santa
205021 — Leme 313068 — Encantado
205022 — Copacabana 313069 — Piedade
VI Região Administrativa (Lagoa): 313070 — Abolição
206025 — Ipanema 313071 — Pilares
206026 — Leblon XIV Região Administrativa (Irajá):
206027 — Lagoa 314072 — Vila Cosmos
206028 — Jardim Botânico 314073 — Vicente de Carvalho
206029 — Gávea 314074 — Vila da Penha
206030 — Vidigal 314075 — Vista Alegre
206031 — São Conrado 314076 — Irajá
VIII Região Administrativa (Tijuca): 314077 — Colégio
208032 — Praça da Bandeira XV Região Administrativa (Madureira):
208033 — Tijuca 315078 — Campinho
208034 — Alto da Boa Vista 315079 — Quintino Bocaiúva
IX Região Administrativa (Vila Isabel): 315080 — Cavalcanti
209035 — Maracanã 315081 — Engenheiro Leal
209036 — Vila Isabel 315082 — Cascadura
209037 — Andaraí 315083 — Madureira
209038 — Grajaú 315084 — Vaz Lobo
XXVII Região Administrativa (Rocinha): 315085 — Turiaçu
227154 315086 — Rocha Miranda
315087 — Honório Gurgel
AP-3 — Área de Planejamento 3 315088 — Osvaldo Cruz
315089 — Bento Ribeiro
X Região Administrativa (Ramos): 315090 — Marechal Hermes
310039 — Manguinhos XX Região Administrativa (Ilha do Governador):
310040 — Bonsucesso 320091 — Ribeira
310041 — Ramos 320092 — Zumbi
310042 — Olaria 320093 — Cacuia
XI Região Administrativa (Penha): 320094 — Pitangueiras
311043 — Penha 320095 — Praia da Bandeira
311044 — Penha Circular 320096 — Cocotá
311045 — Brás de Pina 320097 — Bancários
311046 — Cordovil 320098 — Freguesia
311047 — Parada de Lucas 320099 — Jardim Guanabara
311048 — Vigário-Geral 320100 — Jardim Carioca
311049 — Jardim América 320101 — Tauá
XII Região Administrativa (Inhaúma): 320102 — Moneró
312050 — Higienópolis 320103 — Portuguesa
312051 — Jacaré 320104 — Galeão
312052 — Maria da Graça 320105 — Cidade Universitária
312053 — Del Castilho XXII Região Administrativa (Anchieta):
312054 — Inhaúma 322106 — Guadalupe
312055 — Engenho da Rainha 322107 — Anchieta
312056 — Tomás Coelho 322108 — Parque Anchieta
322109 — Ricardo de Albuquerque

305
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
XXV Região Administrativa (Pavuna): 519144 — Sepetiba
325110 — Coelho Neto XXVI Região Administrativa (Guaratiba):
325111 — Acari 526145 — Guaratiba
325112 — Barros Filho 526146 — Barra de Guaratiba
325113 — Costa Barros 526147 — Pedra de Guaratiba
325114 — Pavuna XXXIII Região Administrativa (Realengo):
XXVIII Região Administrativa (Jacarezinho): 533148 — Deodoro
328155 — Jacarezinho 533149 — Vila Militar
XXIX — Região Administrativa (Complexo 533150 — Campo dos Afonsos
do Alemão): 533151 — Jardim Sulacap
329156 — Complexo do Alemão 533152 — Magalhães Bastos
XXX Região Administrativa (Complexo da 533153 — Realengo
Maré):
330157 — Complexo da Maré ANEXO II

AP-4 — Área de Planejamento 4 DELIMITAÇÃO DOS BAIRROS

XVI Região Administrativa (Jacarepaguá): AP-1 — Área de Planejamento 1


416115 — Jacarepaguá
416116 — Anil I Região Administrativa (Portuária):
416117 — Gardênia Azul
416118 — Curicica 001 — Saúde:
416119 — Freguesia Da baía de Guanabara no Cais do Porto (exclu-
416120 — Pechincha indo o Pier Mauá); daí, seguindo pela Praça Mauá
416121 — Taquara (excluída); Rua do Acre, Rua Leandro Martins, Rua
416122 — Tanque dos Andradas (até o seu final), Rua Júlio Lopes de
416123 — Praça Seca Almeida, Rua da Conceição, Rua Senador Pompeu,
416124 — Vila Valqueire Rua Camerino, Praça dos Estivadores (todas excluídas);
XXIV Região Administrativa (Barra da Ti- Rua Sacadura Cabral (excluída); Avenida Barão de
juca): Tefé (incluída) e pelo seu prolongamento até a
424125 — Joá baía de Guanabara; daí, por sua orla ao ponto de
424126 — Itanhangá partida.
424127 — Barra da Tijuca
424128 — Camorim 002 — Gamboa:
424129 — Vargem Pequena Da baía de Guanabara, pelo prolongamento da
424130 — Vargem Grande Avenida Barão de Tefé; seguindo por esta (excluí-
424131 — Recreio dos Bandeirantes da) até a Rua Sacadura Cabral; por esta (incluída)
424132 — Grumari até a Rua Camerino; por esta (incluída), excluindo
XXXIV Região Administrativa (Cidade de a Praça dos Estivadores) até a Rua Barão de São
Deus) Félix; por esta (excluída) até a Rua Alfredo Dolabe-
416133 — Cidade de Deus la Portela; por esta (incluída), atravessando a Rua
Senador Pompeu, ao ramal principal da RFFSA;
AP-5 — Área de Planejamento 5 pelo leito deste até o entroncamento da Travessa
Dona Felicidade com a Rua Senador Pompeu; por
XVII Região Administrativa (Bangu): esta (excluída) até a Rua Rego Barros; por esta
517134 — Padre Miguel (excluída); Rua Ebroíno Uruguai (excluída); Rua da
517135 — Bangu América (excluída); Rua Barão da Gamboa (excluída)
517136 — Senador Camará até a saída do túnel da RFFSA e (incluindo) deste
XVIII Região Administrativa (Campo ponto até a Rua da Gamboa; por esta (incluída)
Grande): até a Rua Rivadávia Correia; por esta (incluída) até
518137 — Santíssimo o seu início; pelo seu prolongamento até a baía de
518138 — Campo Grande Guanabara e por sua orla ao ponto de partida.
518139 — Senador Vasconcelos
518140 — Inhoaíba 003 — Santo Cristo:
518141 — Cosmos Da baía de Guanabara, pelo prolongamento da
XIX Região Administrativa (Santa Cruz): rua Rivadávia Correia e por esta (excluída) até a Rua
519142 — Paciência da Gamboa; por esta (excluída) até a Rua Barão da
519143 — Santa Cruz Gamboa; por esta (excluída) até a saída do túnel da

306
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
RFFSA e (incluída) deste ponto até a Rua da Améri- Vilegaignon, Fiscal, das Cobras e das Enxadas.
ca; por esta (incluída); Rua Ebroíno Uruguai (incluí-
da); Rua Rego Barros (incluída); Rua Senador Pom- III Região Administrativa (Rio Comprido):
peu (incluída) até a Travessa Dona Felicidade; daí,
pelo leito do ramal principal da RFFSA, atravessando 006 — Catumbi:
o Viaduto São Sebastião até o viaduto sobre o canal Do entroncamento da Rua General Galvão com
do Mangue, daí pelo leito deste (excluindo as passa- a Rua Eliseu Visconti; por esta (incluída) até a Rua
gens sobre este) até a baía de Guanabara e por sua Navarro; por esta (incluída) até a Rua Queirós
orla ao ponto de partida. Lima; por esta (incluída) até a Rua Itapiru; por
esta (incluída); Rua Doutor Agra (incluída); Rua
004 — Caju: dos Coqueiros (incluída, incluindo a Travessa Marieta
Da baía de Guanabara no canal do Mangue, e o Viaduto Doutor Agra); Rua Eleone de Almeida
seguindo pelo leito deste, até a Avenida Brasil; por (excluída); Rua José de Alencar (excluída); Rua
esta (excluída) até a Rua Monsenhor Manuel Go- Paula Matos (excluída, excluindo a Praça Dona
mês; daí (incluído apenas o lado par, excluindo o Antônia) até a Rua Frei Caneca; por esta (incluída)
Viaduto Ataulfo Alves) da Rua Monsenhor Manuel até a Rua Carolina Reidner; por esta (incluída) até
Gomes até o ramal de minérios de Arará e, (excluída) a Rua Emília Guimarães; por esta (incluída) e pelo
do ramal de minérios de Arará até o canal do Cu- seu prolongamento até a linha de transmissão
nha; pelo leito deste até a baía de Guanabara; daí, (Fontes-Frei Caneca); por esta, até o ponto de
por sua rola, ao ponto de partida, incluindo sob cota 127m no morro dos Santos Rodrigues; deste
sua jurisdição as ilhas Pombeba, dos Ferreiros e ponto, passando pelos pontos de cota 152m e
Santa Bárbara. 151m e, descendo a vertente em direção ao en-
troncamento da Rua Itapiru com a Rua General
II Região Administrativa (Centro): Galvão; por esta (incluída, incluindo a Travessa
General Galvão) ao ponto de partida.
005 — Centro:
Da baía de Guanabara no Cais do Porto (inclu- 007 — Rio Comprido:
indo o Pier Mauá); daí, seguindo pela Praça Mauá Do entroncamento da Rua Aristides Lobo com a
(incluída); Rua do Acre, Rua Leandro Martins, Rua Rua Haddock Lobo; por esta (excluída) até a Avenida
dos Andradas (até o seu final), Rua Júlia Lopes de Paulo de Frontin; por esta (incluído apenas o lado
Almeida, Rua da Conceição, Rua Senador Pompeu, par) até a Rua João Paulo I; por esta (excluída); Rua
Rua Camerino, Praça dos Estivadores, Rua Barão do Matoso (incluída); Rua Barão de Itapagipe (incluí-
de São Félix (todas incluídas); daí, pela Rua Alfre- da) até a Rua do Bispo e, (excluída) da Rua do Bispo
do Dolabela Portela (excluída), atravessando a Rua até a Rua Joaquim Pizarro; por esta (excluída), até o
Senador Pompeu, ao ramal principal da RFFSA e seu final; daí, subindo em direção ao sul o espigão do
pelo leito deste, até o Viaduto São Sebastião; por morro do Turano, passando pelos pontos de cota
este (excluído) até a Avenida Salvador de Sá; por 151m, 138m e 313m, até o Alto do Sumaré (cota
esta (incluída) até a Rua Frei Caneca; por esta 304m); deste ponto, seguindo pela Estrada do Su-
(incluída) até a Rua Riachuelo; por esta (incluída); maré (excluída), até a Estrada Dom Joaquim Mame-
Rua Costa Bastos, Rua Cardeal Dom Sebastião de; por esta (excluída, excluindo o Beco da Lagoinha)
Leme e Rua Monte Alegre (todas excluídas), Rua até o entroncamento com a Rua Almirante Alexandri-
Riachuelo (incluída) até a Praça Cardeal Câmara no; daí, subindo e descendo os espigões do morro
(antigo Largo dos Pracinhas, Rua Evaristo da Vei- dos Prazeres, passando pelos pontos de cota 221m,
ga, Rua Joaquim Silva e Rua Conde de Lajes (to- 282m e 276m até atingir o entroncamento da Rua
das incluídas); por esta, até a Rua da Glória; por Gomes Lopes (excluída) com a Rua Cândido de Oli-
esta (excluída, excluindo o Largo da Glória) até a veira; por esta e pela Rua Barão de Petrópolis (inclu-
esquina da Rua da Lapa (incluída) com a Avenida ídas, incluindo a Escadaria Cândido de Oliveira) até a
Augusto Severo; por esta (excluída) até a esquina Rua Prefeito João Felipe; por esta (excluída); Rua
da Rua Teixeira de Freitas; daí, pelo eixo da Rua Eliseu Visconti (excluída) até a Rua General Galvão;
Mestre Valentim, em linha reta, ao obelisco da por esta (excluída, excluindo a Travessa General
Avenida Rio Branco; deste alinhamento, em ângulo Galvão) até a Rua Itapiru; deste ponto, subindo a
de 90º, até a Avenida Beira-Mar; por esta (incluída) vertente em direção ao morro dos Santos Rodrigues
até a Praça Senador Salgado Filho; por esta (inclu- e passando pelos pontos de cota 151m, 152m e
ída) até a Avenida Almirante Sílvio de Noronha; 127m na linha de transmissão (Fontes-Frei Caneca);
por esta (incluída), no seu primeiro alinhamento, deste ponto, em direção à Rua Major Freitas; por
ao mar (excluindo todo o Parque do Flamengo); esta (excluída) até a Rua André Cavalcanti; por esta
daí, pela orla marítima, até o Pier Mauá, ponto de (incluída) até a Rua Aristides Lobo; por esta (incluí-
partida, incluindo sob sua jurisdição as ilhas de da, incluindo a Rua Tenente Vieira Sampaio) até a

307
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Rua Haddock Lobo, ponto de partida. de São Cristóvão (incluída, incluindo o Viaduto de
São Cristóvão), Maracanã (excluída) até a Avenida
008 — Cidade Nova: Bartolomeu de Gusmão; por esta (excluída) e pe-
Do Viaduto São Sebastião, no ponto em que los limites das áreas sob jurisdição militar e da
encontra o ramal principal da RFFSA; pelo leito Quinta da Boa Vista, ao final da Rua Sinimbu (in-
deste, até o canal do Mangue, seguindo por este e cluída); daí, em linha reta perpendicular à Rua
pelo Trevo das Forças Armadas (excluído) até a Sinimbu, até a Rua São Luís Gonzaga; por esta
Avenida Paulo de Frontin; por esta (incluído ape- (incluída) ao ponto de partida.
nas o lado ímpar) até a Rua Joaquim Palhares; por
esta (excluída) até a Rua Projetada 1 do PA n.º 011 — Mangueira:
10.025; por esta (incluída) até a Rua Néri Pinhei- Do entroncamento da Praça Abdon Milanez
ro; por esta (incluída) até a Praça Reverendo Álva- com a Rua Ana Néri; por esta (excluída, excluindo
ro Reis (excluída); Rua Frei Caneca (excluída, ex- a Praça Guilherme Guinle), atravessando a Rua
cluindo a Praça Jornalista J. E. de Macedo Soares) Visconde de Niterói até o ramal Leopoldina da
até a Rua Paula Matos e, (incluída) da Rua Paula RFFSA; pelo leito deste (incluindo o trecho da Rua
Matos, até a Avenida Salvador de Sá; por esta Santos Melo sobre a Estrada de Ferro e o Viaduto
(excluída) até o Viaduto São Sebastião; por este de Mangueira); e pelo ramal principal da RFFSA,
(incluído) ao ponto de partida. passando pela estação de Mangueira (incluída,
incluindo a passarela ao lado da estação) até a
009 — Estácio: Avenida Bartolomeu de Gusmão; por esta (incluí-
Do entroncamento da Rua Frei Caneca com a da) e pelos limites das áreas sob jurisdição militar
Rua Carolina Reidner; por esta (excluída) até a e da Quinta da Boa Vista, ao final da Rua Sinimbu
Rua Emília Guimarães; por esta (excluída) e pelo (excluída); daí, em linha reta perpendicular à Rua
seu prolongamento, até a linha de transmissão Sinimbu, até a Rua São Luís Gonzaga; por esta
(Fontes-Frei Caneca); por esta, até o ponto de (excluída) até a Rua Chantecler, por esta (excluí-
cota 127m no morro dos Santos Rodrigues; deste da) até seu final, e daí, até o final da Rua Vigário
ponto, em direção à Rua Major Freitas; por esta Morato; por esta (excluída) até a Rua Abdon Mila-
(incluída) até a Rua André Cavalcanti; por esta nez; por esta (excluída) ao ponto de partida.
(excluída) até a Rua Aristides Lobo; por esta (ex-
cluída, excluindo a Rua Tenente Vieira Sampaio) 012 — Benfica:
até a Rua Haddock Lobo; por esta (incluída) até a Do entroncamento da Rua Ana Néri com o ra-
Avenida Paulo de Frontin; por esta (incluído ape- mal da Leopoldina da RFFSA; e pelo leito deste
nas o lado ímpar) até a Rua Joaquim Palhares; por (excluindo o Viaduto Ana Néri, incluindo a estação
esta (incluída) até a Rua Projetada 1 do PA n.º Triagem e o viaduto de Benfica) até o ramal de
10.025; por esta (excluída) até a Rua Néri Pinhei- minérios de Arará; seguindo por este (incluído) até
ro; por esta (excluída) até a Praça Álvaro Reis; por a Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o lado
esta (incluída); Rua Frei Caneca (incluída) ao pon- ímpar, incluindo o viaduto Ataulfo Alves) até a Rua
to de partida. Prefeito Olímpio de Melo; por esta (excluída) até a
Rua Marechal Jardim; por esta (incluída) até a Rua
VII Região Administrativa (São Cristóvão): Ferreira de Araújo e (excluída) da Rua Ferreira de
Araújo até a Rua Marechal Aguiar; por esta (incluí-
010 — São Cristóvão: da) até a Rua São Luís Gonzaga; por esta (incluí-
Do entroncamento da Rua Chantecler (incluí- da, incluindo o Largo do Pedregulho) até a Rua
da) com a Rua São Luís Gonzaga; por esta (excluí- Chantecler; por esta (excluída) até o seu final, e
da, excluindo o Largo do Pedregulho) até a Rua daí, até o final da Rua Vigário Morato; por esta (in-
Marechal Aguiar; por esta (excluída); Rua Marechal cluída) até a Rua Abdon Milanez; por esta (incluída)
Jardim (incluída) até a Rua Ferreira de Araújo e até a Rua Ana Néri; por esta (incluída, incluindo a
(excluída) da Rua Ferreira de Araújo até a Rua Praça Guilherme Guinle) ao ponto de partida.
Prefeito Olímpio de Melo; por esta (incluída) até a
Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o lado XXI Região Administrativa (Ilha de Pa-
ímpar) até a Rua Monsenhor Manuel Gomes e, quetá):
(incluída) da Rua Monsenhor Manuel Gomes até o
canal do Mangue; pelo leito deste (incluindo as 013 — Paquetá:
passagens sobre este) até o desvio do ramal da Delimitação com características próprias de
Leopoldina da RFFSA, e pelo leito deste, passando acidentes geográficos, incluindo sob sua jurisdição
pelas estações Barão de Mauá (excluída) e Francis- as ilhas de Brocoió, do Braço Forte, da Pita, Re-
co Sá (excluída) até encontrar o ramal principal da donda, do Manguinho, Comprida, dos Ferros, Casa
RFFSA; pelo leito deste, passando pelas Estações da Pedra, da Pancaraíba, dos Lobos, Tabacis, das

308
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Folhas, Tapuamas de Baixo, Tapuamas de Cima, e pela Rua Barão de Petrópolis (excluídas, excluin-
do Sol, Laje Rachada, Pedra Rachada, Trinta Réis e do a Escadaria Candido de Oliveira) até a Rua Pre-
Pedra Cocóis, bem como as ilhotas, pedras e lajes feito João Felipe; por esta (incluída); Rua Eliseu
situadas entre elas. Visconti (incluída) até a Rua General Galvão e,
(excluída) da Rua General Galvão até a Rua Navar-
XXIII Região Administrativa (Santa Teresa): ro; por esta (excluída) até a Rua Queirós Lima; por
esta (excluída) até a Rua Itapiru; por esta (excluí-
014 — Santa Teresa: da); Rua Doutor Agra (excluída); Rua dos Coquei-
Da Praça Cardeal Câmara (antigo Largo dos ros (excluída, excluindo a Travessa Marieta e o
Pracinhas) (excluída), seguindo pela Rua Evaristo Viaduto Doutor Agra); Rua Eleone de Almeida (in-
da Veiga, Rua Joaquim Silva e Rua Conde de Lajes cluída); Rua José de Alencar (incluída); Rua Paula
(todas excluídas); por esta, até a Rua da Glória; Matos (incluída, incluindo a Praça Dona Antônia)
por esta (excluída) até a Rua Cândido Mendes; por até a Rua Frei Caneca; por esta (excluída, excluin-
esta (excluída) até a Rua do Fialho; por esta (ex- do a Avenida Salvador de Sá) até a Rua Riachuelo;
cluída) até a Rua Santo Amaro; por esta (incluída); por esta (excluída); Rua Costa Bastos, Rua Cardeal
Rua Pedro Américo (excluída) até o seu final; daí, Dom Sebastião Leme e Rua Monte Alegre (todas
subindo a vertente, até o ponto de cota 267m no incluídas) até a Praça Cardeal Câmara, ponto de
morro da Nova Cintra; deste ponto, pela cumeada partida.
do morro São Judas Tadeu, passando pelos pontos
de cota 182m, 212m, 246m e 243m até o entron- AP-2 — Área de Planejamento 2
camento da Rua Almirante Alexandrino com a Rua
Doutor Júlio Otoni; por esta (incluída); Rua Profes- IV Região Administrativa (Botafogo):
sor Alcias Athayde (incluída); Escadaria São Judas
Tadeu (excluída); Rua Senador Pedro Velho (exclu- 015 — Flamengo:
ída); Caminho do Chico (excluído) até a Rua Cos- Da baía à Guanabara na Praça Nicarágua, se-
me Velho; por esta (excluída, excluindo o Largo e guindo pela Travessa Acaraí e praia de Botafogo
o Beco do Boticário e os acessos aos túneis Andre (todas excluídas); Rua Marquês de Abrantes (ex-
Antônio Rebouças) até a Rua Itamonte; por esta cluída) até a Rua Clarisse Índio do Brasil; por esta
(excluída); Rua Indiana (excluída); Rua Cosme (excluída) até o seu final; daí, subindo a vertente e
Velho (excluída) até a Rua Conselheiro Lampreia; descendo o espigão do morro Azul, passando pelo
por esta (excluída) até a escadaria que dá acesso à ponto de cota 67m, em direção ao entroncamento
Rua Almirante Alexandrino; por esta (excluída) até das Ruas Senador Correia e Paissandu; por esta
a Estrada das Paineiras; por esta (incluída) até (excluída) até o prolongamento da Rua Martins
encontrar a Estrada de Ferro Corcovado; por esta Ribeiro; por esta (incluída) até a Rua Conde de
(incluída, excluindo a Ladeira do Ascurra) até o Baependi; por esta (incluída, incluindo a Praça José
ponto em que se encontra o prolongamento da de Alencar) até a Rua do Catete; por esta (excluí-
Travessa das Escadinhas Dona Marta; daí, subindo da) até a Rua Silveira Martins; por esta (incluída)
a vertente em linha reta, até o ponto culminante até a praia do Flamengo; por esta (incluída) até o
do morro Dona Marta (cota 362m); deste ponto, entroncamento com a Ladeira do Russell; daí, se-
seguindo pela Estrada Mirante Dona Marta (NR) guindo por uma perpendicular à Rua do Russell até
(incluída) até o entroncamento com a Estrada das a baía de Guanabara e, pela orla marítima, ao
Paineiras (incluída); deste ponto, subindo o espi- ponto de partida.
gão do morro do Corcovado, até atingir o Monu-
mento do Cristo Redentor (incluído, cota 701m); 016 — Glória:
deste ponto, pela Estrada de Ferro Corcovado (in- Do entroncamento da Rua Santo Amaro com a
cluído) até o Largo das Paineiras (incluído); daí, Rua do Fialho, seguindo por esta (incluída) até a
em direção norte, subindo e descendo os espigões Rua Cândido Mendes; por esta (incluída) até a Rua
das serras da Formiga e da Lagoinha (excluindo a da Glória; por esta (incluída e incluindo o Largo da
Estrada do Sumaré), passando pelos pontos de Glória) até a esquina da Rua da Lapa (excluída)
cota 623m e 338m, até o ponto de cota 273m no com a Avenida Augusto Severo; por esta (incluída)
entroncamento da Estrada do Sumaré com a Es- até a esquina da Rua Teixeira de Freitas; daí, pelo
trada Dom Joaquim Mamede; por esta (incluída, eixo da Rua Mestre Valentim, em linha reta, ao
incluindo o Beco da Lagoinha) até o entroncamento obelisco da Avenida Rio Branco; deste alinhamen-
com a Rua Almirante Alexandrino; daí, subindo e to, em ângulo de 90º (noventa graus), até a Ave-
descendo os espigões do morro dos Prazeres, pas- nida Beira-Mar; por esta (excluída) até a Praça
sando pelos pontos de cota 221m, 282m e 276m, Senador Salgado Filho; por esta (excluída), até a
até atingir o entroncamento da Rua Gomes Lopes Avenida Almirante Sílvio Noronha; por esta (exclu-
(incluída) com a Rua Cândido de Oliveira; por esta ída), no seu primeiro alinhamento, até a baía de

309
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Guanabara, daí, pela orla marítima, até encontrar de Baependi (excluída) ao ponto de partida.
a perpendicular à Rua do Russell tirada do seu
entroncamento com a Ladeira do Russell; por esta 019 — Cosme Velho:
perpendicular, até a praia do Flamengo; por esta Do entroncamento da Rua Professor Alcias
(excluída) até a Rua Silveira Martins; por esta (ex- Athayde com a Rua Alice, seguindo por esta (ex-
cluída) até a Rua do Catete; por esta (excluída) cluída), passando pelo final da Rua Santa Lúcia
até a Rua Santo Amaro; por esta (incluída) ao (excluída) até o final da Rua Pires de Almeida;
ponto de partida. por esta (excluída); Rua das Laranjeiras (excluí-
da) até a Rua Rumânia; por esta (excluída) até o
017 — Laranjeiras: seu final; daí, subindo o espigão em direção ao
Do entroncamento da Rua Marquesa de Santos morro Dona Marta, até o seu ponto culminante
com a Rua Gago Coutinho; seguindo por esta (in- (cota 362m); deste ponto, descendo a vertente
cluída) até o prolongamento da Rua Ministro Tava- em linha reta, ao ponto em que o prolongamento
res de Lira (excluindo o Largo do Machado); Rua da Travessa das Escadinhas Dona Marta encontra
Ministro Tavares de Lira (excluída) até a Rua Mar- a Estrada de Ferro Corcovado; por esta (excluída,
tins Ribeiro; por esta (excluída) e pelo seu prolon- incluindo a Ladeira do Ascurra) até a Estrada das
gamento, até a Rua Paissandu; por esta (incluída) Paineiras; por esta (excluída) até a escadaria que
até o entroncamento com a Rua Senador Correia; dá acesso à Rua Conselheiro Lampreia; por esta e
deste ponto, subindo o espigão em direção à cota pela Rua Conselheiro Lampreia (incluídas); Rua
67m do morro Azul, e daí, descendo e subindo os Cosme Velho (incluída); Rua Indiana (incluída);
espigões (atravessando a Rua Pinheiro Machado) Rua Itamonte (incluída); Rua Cosme Velho (inclu-
em direção ao final da Rua Juçanã no morro Novo; ída, incluindo os acessos aos túneis André e An-
por esta e pela Rua Projetada (ambas excluídas); tônio Rebouças e, o Largo e o Beco do Boticário)
Rua Cardoso Júnior (incluída); Rua “F” do PAL até o Caminho do Chico; por este (incluído); Rua
8.541 (incluída) e do seu final, passando pelos Senador Pedro Velho (incluída); Escadaria São
pontos de cota 188m e 173m, até o ponto culmi- Judas Tadeu (incluída); Rua Professor Alcias A-
nante do morro Dona Marta (cota 362m); deste thayde (excluída) ao ponto de partida.
ponto, descendo o espigão em direção à Rua Ru-
mânia; por esta (incluída); Rua das Laranjeiras 020 — Botafogo:
(incluída) até a Rua Pires de Almeida; por esta Da enseada de Botafogo, no fim da praia, nos
(incluída) até o seu final; deste ponto, passando limites do terreno do Iate Clube do Rio de Janeiro
pelo final da Rua Santa Lúcia (incluída) até o en- (excluído); seguindo pela Avenida Repórter Nestor
troncamento da Rua Alice (incluída) com a Rua Moreira (incluída); Praça Praia Nova (incluída); Ave-
Professor Alcias Ataíde; por esta (excluída) até a nida Pasteur (incluída, excluindo o Iate Clube) até a
Rua Doutor Júlio Otoni; por esta (excluída) até o Avenida Venceslau Brás e, (excluída) da Avenida
entroncamento com a Rua Almirante Alexandrino; Venceslau Brás até a Rua Xavier Sigaud; por esta
daí, pela cumeada do morro São Judas Tadeu, (excluída) até a Rua Lauro Müller; por esta (incluída)
passando pelos pontos de cota 243m, 246m, 212m até o entroncamento com a Rua Marechal Ramón
e 182m, até atingir o ponto de cota 267 no morro Castilla; daí, subindo a vertente em linha reta, até o
da Nova Cintra; deste ponto, descendo o espigão, ponto mais alto do morro da Babilônia (cota 235m);
passando pelo final da Rua Tavares Bastos (excluí- deste ponto, pela cumeada em direção sudoeste, ao
da) em direção ao final da Rua Marquesa de San- final da Rua General Cardoso de Aguiar; por esta
tos; por esta (incluída) ao ponto de partida. (excluída) até a Ladeira do Leme; por esta (excluída)
até o seu ponto mais alto (cota 67m); daí, subindo a
018 — Catete: vertente do morro de São João, até o seu ponto cul-
Do entroncamento da Rua Conde de Baependi minante (cota 241m); deste ponto, pela cumeada
com a Rua Ministro Tavares de Lira, seguido por em direção oeste, passando pelos pontos de cota
esta (incluída) e pelo seu prolongamento (incluindo 182m e 189m; deste ponto, descendo o espigão, até
o Largo do Machado) até a Rua Gago Coutinho; o ponto de cota 66m no entroncamento da Ladeira
por esta (excluída) até a Rua Marquesa de Santos; dos Tabajaras com a Rua Euclides da Rocha; daí,
por esta (excluída) até o seu final; daí, subindo a subindo o espigão do morro da Saudade, até o seu
vertente, passando pelo final da Rua Tavares Bas- ponto culminante (cota 246m); deste ponto, descen-
tos em direção ao ponto culminante do morro Nova do em direção norte pela vertente, ao final da Rua
Cintra (cota 267m); deste ponto, descendo a ver- Macedo Sobrinho; por esta (excluída) até a Rua Vis-
tente em direção ao final da Rua Pedro Américo; conde da Silva; por esta (excluída) até a Rua Capitão
por esta (incluída); Rua Santo Amaro (excluída) Salomão; por esta (excluída) até a Rua Voluntários
até a Rua do Catete; por esta (incluída) até a Pra- da Pátria; por esta (incluída) até a Rua Conde de
ça José de Alencar (excluída); daí, pela Rua Conde Irajá; por esta (incluída), atravessando a Rua São

310
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Clemente (incluída) em direção à Rua Alfredo Cha- Venceslau Brás até a Rua Xavier Sigaud; por esta
ves; por esta (excluída) até o seu final; daí, subindo (incluída) até a Rua Lauro Müller; por esta (excluída)
o espigão em direção ao entroncamento da Estrada até o entroncamento com a Rua Marechal Ramón
das Paineiras (excluída) com a Estrada Mirante Dona Castilla; daí, subindo a vertente em linha reta, até o
Marta (NR): por esta (excluída) até o ponto culmi- ponto mais alto do morro da Babilônia (cota 235m);
nante do morro Dona Marta (cota 362m); deste pon- deste ponto, descendo a vertente, passando pela
to, descendo o espigão em direção leste, passando garganta dos morros do Urubu (incluído) e do Leme
pelos pontos de cota 173m e 188m, até o final da (excluído até o oceano Atlântico); daí, pela orla marí-
Rua “F” do PA 8.541; por esta (excluída); Rua Cardo- tima, passando pela praia Vermelha, praia de Fora,
so Júnior (excluída) até a Rua Projetada; por esta praia da Urca (todas incluídas) ao ponto de partida,
(incluída); Rua Juçanã (incluída) até o seu final; daí, incluindo sob sua jurisdição a ilha da Laje.
descendo o espigão do morro Mundo Novo, atraves-
sando a Rua Pinheiro Machado e subindo o espigão V Região Administrativa (Copacabana):
em direção à cota 67m no morro Azul; deste ponto,
descendo o espigão em direção ao entroncamento 023 — Leme:
das Ruas Jornalista Orlando Dantas (incluída) e Cla- Do oceano Atlântico, no prolongamento da
risse Índio do Brasil; seguindo por esta (incluída) até Avenida Princesa Isabel, seguindo por este e pela
a Rua Marquês de Abrantes; por esta (incluída) até a Avenida Princesa Isabel (excluída) até a Avenida
praia de Botafogo; por esta (incluída); Praça Oswaldo Nossa Senhora de Copacabana; por esta (incluída)
Cruz (incluída); Travessa Acaraí (incluída); Praça até a Rua Roberto Dias Lopes; por esta (incluída)
Nicarágua (incluída), até a enseada de Botafogo e, até o seu final; daí, subindo o espigão em direção
pela orla marítima, ao ponto de partida. ao ponto culminante do morro da Babilônia (cota
235m); deste ponto, descendo a vertente em dire-
021 — Humaitá: ção à garganta dos morros do Urubu (excluído) e
Do entroncamento da Rua Alfredo Chaves com a do Leme (incluído) até o oceano Atlântico, e, pela
Rua São Clemente, atravessando-a em direção à Rua orla marítima ao ponto de partida, incluindo sob
Conde de Irajá; por esta (excluída) até a Rua Volun- sua jurisdição a ilha de Cotunduba.
tários da Pátria; por esta (excluída) até a Rua Capi-
tão Salomão; por esta (incluída) até a Rua Visconde 024 — Copacabana:
da Silva; por esta (incluída) até a Rua Macedo Sobri- Do oceano Atlântico, no prolongamento da Ave-
nho; por esta (incluída) até o seu final; daí, subindo nida Princesa Isabel, seguindo por este e pela Aveni-
a vertente em direção sul, até o ponto culminante do da Princesa Isabel (incluída) até a Avenida Nossa
morro da Saudade (cota 246m); deste ponto, des- Senhora de Copacabana; por esta (incluída) até a
cendo a vertente em direção noroeste, até o final da Rua Roberto Dias Lopes; por esta (excluída) até o
Rua Casuarina; por esta (incluída); Rua Engenheiro seu final; daí, subindo o espigão em direção ao ponto
Marques Porto (incluída); Rua Humaitá (incluída) até culminante do morro da Babilônia (cota 235m); des-
o Viaduto Saint-Hilaire; por este (excluído) até a Rua te ponto, pela cumeada em direção sudoeste, ao final
Pio Correia; por esta (excluída) até o seu final; daí, da Rua General Cardoso de Aguiar; por esta (incluí-
ao final da Rua Ministro Artur Ribeiro (excluída); Rua da) até a Ladeira do Leme; por esta (incluída) até
Senador Lúcio Bittencourt (excluída, excluindo a Rua seu ponto mais alto (cota 67m); daí, subindo a ver-
Ministro João Alberto) até a Rua Euclides de Figueire- tente do morro de São João, até seu ponto culminan-
do; por esta (excluída) até o seu final; daí, subindo, te (cota 241m); deste ponto, pela cumeada em dire-
em linha reta a vertente do morro do Corcovado até ção oeste, passando pelos pontos de cota 182m e
atingir o Monumento do Cristo Redentor (excluído, 189m; deste ponto, descendo o espigão, até o ponto
cota 701m); deste ponto, descendo o espigão do de cota 66m no entroncamento da Ladeira dos Taba-
morro do Corcovado, até atingir o entroncamento da jaras com a Rua Euclides da Rocha; daí, subindo o
Estrada das Paineiras com a Estrada Mirante Dona espigão do morro da Saudade até o seu ponto culmi-
Marta (NR) (excluídas); deste ponto, descendo o nante (cota 246m); deste ponto, em direção sul;
espigão em direção ao final da Rua Alfredo Chaves; descendo pelo divisor de águas, passando pelo final
por esta (incluída) ao ponto de partida. da Rua Vitória-Régia (excluída) e subindo o espigão
do morro dos Cabritos, até seu ponto culminante
022 — Urca: (cota 384m); deste ponto, descendo e subindo o
Da enseada de Botafogo, no fim da praia, nos espigão em direção sul, passando pelos pontos de
limites do terreno do Iate Clube do Rio de Janeiro cota 108m e 119m e, pelo divisor de águas atraves-
(incluído); seguindo pela Avenida Repórter Nestor sando a Avenida Henrique Dodsworth (excluindo os
Moreira (excluída); Praça Praia Nova (excluída) e prédios de n.º 64 e n.º 65) e a Rua Professor Gastão
Avenida Pasteur (excluída, incluindo o Iate Clube) até Baiana no seu entroncamento com a Rua Percy Mur-
a Avenida Venceslau Brás e, (incluída) da Avenida ray (incluída); daí, subindo o espigão, até o ponto

311
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
culminante do morro do Cantagalo (cota 202m); marítima ao ponto de partida.
deste ponto, descendo e subindo a cumeada, até o
ponto culminante do morro do Pavão (cota 98m); 027 — Lagoa:
deste ponto, descendo o espigão, até atingir o en- Do entroncamento da Avenida Epitácio Pessoa
troncamento da Rua Antônio Parreiras (excluída) com com a Rua Professor Gastão Baiana, seguindo por
a Rua Saint Roman (incluída); Rua Piragibe Frota de esta (incluída, incluindo a Rua Presidente Alfonso
Aguiar (incluída); Rua Bulhões de Carvalho (incluída) Lopes) até o seu entroncamento com a Rua Perci
até a Rua Francisco Otaviano; por esta (incluída) até Murrai (excluída); daí, em direção norte, atraves-
o limite do Forte de Copacabana; daí, à praia do sando a Avenida Henrique Dodsworth (incluindo os
Diabo (excluída) e, pela orla marítima, passando pela prédios de n.º 64 e n.º 65) e, pelo divisor de águas
ponta de Copacabana, praia de Copacabana ao ponto em direção ao espigão do morro dos Cabritos, pas-
de partida. sando pelo pontos de cota 119m e 108m, até seu
ponto culminante (cota 384m); deste ponto, des-
VI Região Administrativa (Lagoa): cendo o espigão, passando pelo final da Rua Vitó-
ria-Régia (incluída), e subindo pelo divisor de á-
025 — Ipanema: guas em direção norte, até o ponto culminante do
Do oceano Atlântico, no canal que liga a lagoa morro da Saudade (cota 246m); deste ponto, des-
Rodrigo de Freitas ao mar, seguindo pelo leito des- cendo a vertente em direção noroeste até o final
te até a Praça Paul Claudel (incluída); Avenida da Rua Casuarina; por esta (excluída); Rua Enge-
Epitácio Pessoa (excluída) até a Rua Professor nheiro Marques Porto (excluída); Rua Humaitá
Gastão Baiana; por esta (excluída, excluindo a Rua (excluída); Rua Jardim Botânico (excluída); Praça
Presidente Afonso Lopes) até o seu entroncamento Santos Dumont (excluída); Avenida Bartolomeu
com a Rua Percy Murray (excluída); daí, subindo o Mitre (excluída) até a Rua Mário Ribeiro; por esta
espigão, até o ponto culminante do morro do Can- (excluída); Avenida Borges de Medeiros (incluída)
tagalo (cota 202m); deste ponto, descendo e su- até a Praça Paul Claudel (excluída); Avenida Epitá-
bindo a cumeada, até o ponto culminante do morro cio Pessoa (incluída) ao ponto de partida.
do Pavão (cota 98m); deste ponto, descendo o
espigão, até atingir o entroncamento da Rua Antô- 028 — Jardim Botânico:
nio Parreiras (incluída) com a Rua Saint Roman Do entroncamento da Rua Humaitá com o Via-
(excluída); Rua Piragibe Frota de Aguiar (excluí- duto Saint-Hilaire, seguindo por esta (incluído), até
da); Rua Bulhões de Carvalho (excluída) até a Rua a Rua Pio Correia; por esta (incluída) até o seu
Francisco Otaviano; por esta (excluída) até o limite final; daí, ao final da Rua Ministro Artur Ribeiro
do Forte de Copacabana; daí, à praia do Diabo (incluída); Rua Senador Lúcio Bittencourt (incluída,
(incluída) e, pela orla marítima ao ponto de parti- incluindo a Rua Ministro João Alberto) até a Rua
da, incluindo sob sua jurisdição as ilhas das Pal- Euclides de Figueiredo; por esta (incluída) até o
mas, Cagarra, Comprida, Redonda e Rasa, as ilho- seu final; daí, pela curva de nível de 100m, em
tas Cagarra Grande, Pequena e Redonda e a Laje direção oeste, atravessando a Estrada Dona Casto-
Redonda. rina, circundando a bacia do rio dos Macacos, até
encontrar a perpendicular a este, tirada do primei-
026 — Leblon: ro alinhamento da Rua Major Rubens Vaz; daí, por
Do oceano Atlântico no canal da Avenida Vis- esta perpendicular e pela Rua Major Rubens Vaz
conde de Albuquerque (incluída), seguindo por (excluída) até a Rua Jardim Botânico; por esta
este até o entroncamento da Praça Rubem Dário (incluída) ao ponto de partida.
(incluída) com a Avenida Niemeyer (excluída); daí,
subindo o espigão do morro Dois Irmãos, passando 029 — Gávea:
pelo entroncamento da Rua Aperana (incluída) com Do entroncamento da Rua Jardim Botânico
a Estrada do Vidigal (excluída), até o ponto de cota com a Rua Major Rubens Vaz; seguindo por esta
444m na pedreira Dois Irmãos; deste ponto, des- (incluída) até o final do seu primeiro alinhamento;
cendo o espigão em direção nordeste (incluindo as daí, por seu prolongamento, até encontrar a curva
Ruas “B” e Félix Pacheco) até o entroncamento da de nível de 100m; por esta, em direção oeste (in-
Avenida Padre Leonel Franca com a Avenida Vis- cluindo a Rua Osório Duque Estrada) e o Parque da
conde de Albuquerque; por esta (incluída, incluin- Cidade (todo incluído e incluindo a Estrada Santa
do a Praça Sibélius) até a Avenida Bartolomeu Marinha); daí, pela cumeada em direção oeste, até
Mitre; por esta (incluída) até a Rua Mário Ribeiro; o ponto de cota 674m do morro do Cochrane; des-
por esta (incluída) até a Avenida Borges de Medei- te ponto, descendo pelo divisor de águas, em dire-
ros; por esta (excluída) até a Praça Paul Claudel ção sul, passando pelo ponto de cota 449m, até o
(excluída); daí, pelo leito do canal que liga a lagoa ponto de cota 476m; daí, em direção leste pelo
Rodrigo de Freitas ao oceano Atlântico e pela orla divisor de águas, até encontrar a Rua Maria do

312
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
Carmo (NR), no Laboriaux; pela Rua Maria do to do lote 7 do PAL 22.457 na curva de nível
Carmo (excluída), até o encontro desta com o pro- 192m, contornando em direção norte o referido
longamento da escadaria situada junto às instala- lote 7 (incluído), até o encontro com o limite late-
ções da CEDAE (excluídas), situadas na Estrada da ral direito do lote 2 do PAL n.º 13961 (incluído)
Gávea n.º 150; por este prolongamento e pela correspondente ao número 756 da Avenida Nieme-
escadaria até o encontro da Rua Tenente Arantes yer; por este limite, até o encontro com os limites
Filho com a Estrada da Gávea; por esta (incluído sul e oeste do lote 2 do PAL 25.019, situado na
apenas o lado ímpar), em direção sudeste, até o Rua Berta Lutz n.º 80 (excluído); por esses limites
limite entre o lote destinado a escola do PAL até a Rua Berta Lutz; por esta (incluída a partir do
25.474 e o lote destinado a clube do mesmo PAL; n.º 80), em direção nordeste até a Auto-Estrada
por este limite (excluído), pela Rua Umuarama Lagoa—Barra. Por esta (incluída), em direção les-
(NR) (excluída), pelo limite norte da área doada ao te, até os acessos ao túnel Dois Irmãos (incluídos);
Estado do PAL 25.474 (excluída) até a Rua Sérgio voltando pela Auto-Estrada Lagoa—Barra (incluída)
Porto. Por esta (incluído apenas o lado par), até em direção oeste, até a Via Ápia; por esta (excluí-
encontrar a divisa lateral direita do lote 7 do PAL da), até a Estrada da Gávea; por esta, em direção
n.º 27.968 (incluído); por essa divisa até o final do oeste (excluindo os ns. 558 e 547) até a Rua Nova
lote. Daí, em linha reta, em direção sudeste até o (NR); por esta (excluída), subindo em direção nor-
ponto culminante da Pedra Dois Irmãos; desse te pelo divisor de águas, passando pelos pontos de
ponto segue pela cumeada até o ponto de cota cota 204,5m, 476m e 449m, até o ponto de cota
444m; deste ponto, descendo o espigão em dire- 674m no Morro do Cochrane; deste ponto, pela
ção nordeste (excluindo as Ruas “B” e Félix Pache- cumeada, em direção oeste até o seu ponto culmi-
co) até o entroncamento da Avenida Padre Leonel nante (cota 716m); deste ponto, descendo e su-
Franca, com a Avenida Visconde de Albuquerque; bindo os espigões em direção oeste, passando
por esta (excluída, excluindo a Praça Sibélius), até pelos pontos de cota 339m, 421m (atravessando a
a Avenida Bartolomeu Mitre (incluída), Praça San- Estrada da Pedra Bonita), 544m e 499m, até o
tos Dumont (incluída) até o ponto de partida. ponto mais alto do morro da Pedra Bonita (cota
[Redação dada pela Lei n.º 1.995, de 694m); deste ponto, descendo e subindo o espigão
18/6/1993.Referência da Editora Auriverde.] em direção à Pedra da Gávea e pela linha de cu-
meada sul, até o ponto de cota 642m; deste pon-
030 — Vidigal: to, em linha reta, até o entroncamento da Estrada
Do oceano Atlântico no canal da Avenida Vis- do Joá com a Rua Iposeira (incluída); daí, por uma
conde de Albuquerque (excluído), seguindo pelo linha reta, passando pela boca do Túnel de São
leito deste até o entroncamento da Praça Rubem Conrado, até o Oceano Atlântico e, pelo litoral, ao
Dário (excluída) com a Avenida Niemeyer (incluí- ponto de partida, incluindo sob sua jurisdição a
da); daí, subindo o espigão do morro Dois Irmãos, Ilha do Meio. [Redação dada pela Lei n.º 1.995,
passando pelo entroncamento da Rua Aperana de 18/6/1993. Referência da Editora Auriverde.]
(excluída) com a Estrada do Vidigal (incluída) até o
ponto de cota 444m; deste ponto, pela cumeada VIII Região Administrativa (Tijuca):
ao ponto culminante da pedra Dois Irmãos; daí,
descendo o espigão em direção oeste e sudoeste 032 — Praça da Bandeira:
até o prolongamento do limite lateral direito do Do viaduto do ramal principal da RFFSA sobre
lote 7 do PAL 22.457 (excluída), na curva de nível a Rua Ceará (incluída), seguindo em linha reta até
192m; desse ponto, descendo em direção sudoeste o final da Rua Paraíba; por esta (incluída, incluindo
até o encontro entre as divisas norte e oeste do a Praça Alagoas) até a Rua Pará; por esta (incluí-
PAL 20.387 (“Ladeira das Yucas”, situada na Ave- da); Rua Senador Furtado (excluída); Rua Mariz e
nida Niemeyer, 550); contornando esse PAL (ex- Barros (incluída) até a Rua Felisberto de Meneses;
cluído), em direção leste e sul, até o oceano Atlân- por esta (incluída); Travessa Soledade (incluída);
tico; daí, pela orla marítima ao ponto de partida. Travessa Doutor Araújo (incluída) até a Rua do
[Redação dada pela Lei n.º 1.995, de 18/6/1993. Matoso; por esta (incluída, incluindo o Beco do
Referencia da Editora Auriverde.] Mota) até a Rua João Paulo I; por esta (incluída)
até a Avenida Paulo de Frontin; por esta (incluído
031 — São Conrado: apenas o lado par) até o Trevo das Forças Arma-
Do oceano Atlântico, seguindo pelo prolonga- das; por este (incluído) até o canal do Mangue;
mento do limite lateral direito do PAL 20.387 (“La- pelo leito deste, até a passagem do desvio do ra-
deira das Yucas”, situado na Avenida Niemeyer, mal Leopoldina da RFFSA; pelo leito deste, pas-
550); contornando esse PAL (incluído) no sentido sando pela estações Barão de Mauá (incluída) e
norte e oeste; deste ponto, subindo em direção Francisco de Sá (incluída) até encontrar o ramal
nordeste, até o encontro com o limite lateral direi- principal da RFFSA; pelo leito deste, até o viaduto

313
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
sobre a Rua Ceará, ponto de partida. esta (incluída) até a Estrada Quebra-Cangalhas;
por esta (incluída); Caminho de Santo André (in-
033 — Tijuca: cluído) até o entroncamento com a Estrada das
Do entroncamento da Rua Barão de Mesquita Furnas; daí, por uma linha reta em direção sudes-
com a Avenida Maracanã, seguindo por esta (incluída) te, ao ponto mais alto do morro da Pedra Bonita
até a Praça Varnhagem (incluída) e, (excluída) da (cota 694m); daí, descendo e subindo os espigões
Praça Varnhagem até a Rua São Francisco Xavier; em direção nordeste, passando pelos pontos de
por esta (incluída) até a Rua Mariz e Barros; por cota 499m, 544m (atravessando a Estrada da Pe-
esta (incluído apenas o lado ímpar) até a Rua Se- dra Bonita), 421m e 399m, até o ponto culminante
nador Furtado e, (excluída) da Rua Senador Furta- do morro do Cochrane (cota 716m); deste ponto,
do, até a Rua Felisberto de Meneses; por esta (ex- pela cumeada, em direção leste, passando pelo
cluída); Travessa Soledade (excluída); Travessa ponto de cota 674m, circundando o Parque da
Doutor Araújo (excluída) até a Rua do Matoso; por Cidade (todos excluídos e excluindo a Estrada San-
esta (excluída, excluindo o Beco do Mota) até a ta Marinha) até encontrar a curva de nível de
Rua Barão de Itapagipe; por esta (excluída) até a 100m; por esta (excluindo a Rua Osório Duque
Rua do Bispo e, (incluída) da Rua do Bispo até a Estrada), circundando a bacia do rio dos Macacos
Rua Joaquim Pizarro; por esta (incluída) até o seu e, atravessando a Estrada Dona Castorina, em
final; daí, subindo em direção sul o espigão do direção ao final da Rua Euclides de Figueiredo (ex-
morro do Turano, passando pelos pontos de cota cluída); daí, subindo em linha reta a vertente do
151m, 130m e 313m, até o alto do Sumaré (cota morro do Corcovado, até atingir o Monumento do
304m); deste ponto, seguindo pela cota 300m, Cristo Redentor (excluído, cota 701m); deste pon-
contornando os morros do Salgueiro e da Formiga, to, pela Estrada de Ferro Corcovado (excluída) até
até encontrar o prolongamento que parte do pri- o Largo das Paineiras (excluído); daí, em direção
meiro alinhamento da Avenida Edson Passos; por norte, subindo e descendo os espigões das serras
este até o entroncamento da Rua Conde de Bonfim da Formiga e da Lagoinha (incluindo a Estrada do
com a Avenida Edson Passos; por esta (incluída) Sumaré), passando pelos pontos de cota 623m e
até a Rua Doutor Catrambi; por esta (excluída) até 338m, até o ponto de cota 273m, no entronca-
a Rua Ângelo dos Reis; por esta (excluída) até a mento da Estrada Dom Joaquim Mamede com a
Rua Caetano de Campos; por esta (excluída) até a Estrada do Sumaré; seguindo por esta (incluída)
Rua Custódio Correia; por esta (excluída) até seu até o Alto do Sumaré (cota 304m); deste ponto,
final; daí, subindo o espigão em direção ao final da seguindo pela cota 300m, contornando os morros
Estrada do Excélsior (excluída) até o ponto de cota do Salgueiro e da Formiga, até encontrar o prolon-
692m; deste ponto, descendo o espigão (incluindo gamento que parte do primeiro alinhamento da
a favela do Borel), passando pelos pontos de cota Avenida Edson Passos; por este, até o entronca-
536m e 523m, até o ponto de cota 243m no morro mento da Rua Conde de Bonfim com a Avenida
do Borel; deste ponto, descendo a vertente em Edson Passos; por esta (excluída) até a Rua Dou-
linha reta, em direção ao final da Rua Tenente tor Catrambi; por esta (incluída); Rua Ângelo Reis
Marques de Sousa; por esta (incluída); Rua Profes- (incluída); Rua Caetano de Campos (incluída); Rua
sor Pizarro (excluída), atravessando a Rua França Custódio Correia (incluída) até o seu final; daí,
Júnior (excluída), até a Rua Maria Amália; por esta subindo o espigão em direção ao final da Estrada
(excluída) até a Rua Uruguai; por esta (excluída) do Excélsior, ponto de partida.
até a Rua Barão de Mesquita; por esta (excluída,
excluindo a Rua Rocha Pombo) ao ponto de partida. IX Região Administrativa (Vila Isabel):

034 — Alto da Boa Vista: 035 — Maracanã:


Do final da Estrada do Excélsior; por esta (in- Do viaduto do ramal principal da RFFSA sobre
cluída) até o ponto de cota 692m; deste ponto, a Rua Ceará (excluída), seguindo pelo leito do
pela cumeada da serra dos Três Rios (incluindo as ramal principal, passando pelas estações de São
Estradas Excélsior e da Caveira), passando pelos Cristóvão (excluída, excluindo o Viaduto de São
pontos de cota 686m, 676m, 856m e 788m, até o Cristóvão), Maracanã (incluída) e Mangueira (ex-
ponto mais alto do pico da Tijuca; deste ponto, cluída, excluindo a passagem ao lado da estação
seguindo, pela cumeada, passando pelos pontos de até encontrar a Rua Oito de Dezembro; por esta
cota 743m, 758m, 921m e 954m, até o ponto de (incluída) até a Rua São Francisco Xavier; por esta
cota 992m no morro do Bico do Papagaio; deste (incluída); Rua Luís de Matos (excluída); Rua Jorge
ponto, em direção sul, passando pelos pontos de Rudge (excluída) até o Boulevard 28 de Setembro;
cota 986m, 868m e 982m, até o ponto de cota por esta (excluindo, incluindo a Praça Maracanã);
814m no morro da Taquara; deste ponto, por uma Rua Felipe Camarão (excluída); Avenida Professor
linha reta até o final da Estrada do Soberbo; por Manuel de Abreu (excluída); Rua Maxwell (excluí-

314
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
da); Rua Almirante João Cândido Brasil (incluída) 328m, até o final da Rua Adolfo Caminha; por esta
até a Praça Varnhagem (excluída); Avenida Mara- (incluída); Rua Ferreira Pontes (incluída, incluindo
canã (incluída) até a Rua São Francisco Xavier; por a Travessa Ferreira Pontes) até a Rua Barão de
esta (excluída) até a Rua Mariz e Barros; por esta Mesquita; por esta (excluída) até a Rua Duquesa
(incluído apenas o lado par) até a Rua Senador de Bragança (excluída); Rua Nossa Senhora de
Furtado; por esta (incluída) até a Rua Pará; por Lourdes (excluída); Rua Mendes Tavares (excluí-
esta (excluída) até a Rua Paraíba; por esta (excluída, da); Rua Teodoro da Silva (excluída) até a escada-
excluindo a Praça Alagoas) até o seu final; daí, ria da Igreja Santo Antônio de Lisboa; por esta e
seguindo em linha reta, ao ponto de partida. pela Rua Corupiá (excluídas), até encontrar o pro-
longamento da Rua Pontes Correia; por esta (ex-
036 — Vila Isabel: cluída) até a Rua Maxwell; por esta (incluído ape-
Do entroncamento da Rua Jorge Rudge com a nas o lado ímpar) até a Rua Agostinho Meneses;
Rua Luís de Matos, seguindo por esta (incluída); por esta (incluída) ao ponto de partida.
Rua São Francisco Xavier (excluída) até o entron-
camento com a Rua Oito de Dezembro; daí, subin- 038 — Grajaú:
do o espigão da serra do Engenho Novo, passando Do início da Avenida Meneses Cortes (excluí-
pelos pontos de cota 108m e 104m e, pela cumea- da) no entroncamento com a Rua José do Patrocí-
da, até o ponto de cota 173m; deste ponto, des- nio; por esta (excluída, excluindo a Praça Demócri-
cendo o espigão em direção sudoeste, até o en- to Linhares) até a Rua Visconde de Santa Isabel;
troncamento da Rua Armando de Albuquerque por esta (excluída); Rua Barão do Bom Retiro (ex-
(incluída) com a Rua Barão do Bom Retiro; por cluída) até a Praça Malvino Reis (incluída) e pela
esta (incluída) até a Rua José do Patrocínio; por Rua Barão do Bom Retiro (incluída) até a Rua Teo-
esta (incluída, incluindo a Praça Demócrito Linha- doro da Silva; por esta (excluída) até a Rua Men-
res) até a Rua Visconde de Santa Isabel; por esta des Tavares; por esta (incluída) até a Rua Nossa
(incluída); Rua Barão do Bom Retiro (incluída) até Senhora de Lourdes; por esta (incluída); Rua Du-
a Praça Malvino Reis; por esta (excluída); Rua que de Bragança (incluída) até a Rua Barão de
Barão do Bom Retiro (excluída) até a Rua Teodoro Mesquita; por esta (incluída) até a Rua Ferreira
da Silva; por esta (incluída) até a escadaria da Pontes; por esta (excluída, excluindo a Travessa
Igreja Santo Antônio de Lisboa; por esta e pela Ferreira Pontes); Rua Adolfo Caminha (excluída)
Rua Corupiá (incluídas) até encontrar o prolonga- até o seu final; daí, subindo o espigão da serra dos
mento da Rua Pontes Correia; por esta (incluída) Três Rios, passando pelos pontos de cota 328m,
até a Rua Maxwell; por esta (incluído apenas o 523m e 536m, até o ponto de cota 693m no morro
lado par) até a Rua Agostinho Meneses; por esta do Excélsior; deste ponto, pela cumeada da serra
(excluída) até a Rua Barão de Mesquita; por esta dos Três Rios (excluído as Estradas do Excélsior e
(incluída) até a Avenida Maracanã; por esta (exclu- da Caveira), passando pelos pontos de cota 686m,
ída); Praça Varnhagem (excluída); Rua Almirante 676m, 856m e 788m até o ponto mais alto do Pico
João Cândido Brasil (excluída); Rua Maxwell (inclu- da Tijuca; deste ponto, em direção norte pelo divi-
ída) até a Avenida Professor Manuel de Abreu; por sor de águas, até o ponto de cota 728m, no morro
esta (incluída) até a Rua Felipe Camarão; por esta do Elefante; deste ponto, descendo o espigão em
(incluída) até o Boulevard 28 de Setembro; por direção norte, passando pelos pontos de cota
esta (incluído, excluindo a Praça Maracanã) até a 662m, 345m e 346m, até o ponto de cota 338m;
Rua Jorge Rudge; por esta (incluída), ao ponto de deste ponto, descendo o espigão da serra dos Pre-
partida. tos Forros em direção leste, passando pelos pontos
de cota 346m, 224m e 138m, até o início da Ave-
037 — Andaraí: nida Meneses Cortes, ponto de partida.
Do entroncamento da Rua Agostinho Meneses
com a Rua Barão de Mesquita, seguindo por esta XXVII Região Administrativa (Rocinha):
(incluída, incluindo a Rua Rocha Pombo) até a Rua
Uruguai; por esta (incluída) até a Rua Maria Amá- 154 — Rocinha:
lia; por esta (incluída), atravessando a Rua França Do ponto de cota 476m do morro do Cochra-
Júnior (incluída), até a Rua Professor Pizarro (in- ne, descendo pelo divisor de águas em direção sul,
cluída); Rua Tenente Marques de Sousa (excluída), passando pelo ponto de cota 204,5m até o final da
até o seu final; daí, subindo a vertente em linha Rua Nova (NR); por esta (incluída) até a Estrada
reta, até o ponto de cota 243m no morro do Borel; da Gávea; por esta (incluindo os ns. 558 e 547)
deste ponto, subindo o espigão (excluindo a favela até a Via Ápia (NR): por esta (toda incluída) até a
do Borel), até o ponto de cota 523m no morro do Auto-Estrada Lagoa—Barra; por esta (excluída) até
Excélsior; deste ponto, descendo pelo espigão das os acessos do túnel Dois Irmãos (excluídos); vol-
serra dos Três Rios, passando pelo ponto de cota tando pela Auto-Estrada Lagoa—Barra (excluída)

315
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
até a Rua Berta Lutz; por esta, incluída até o n.º 040 — Bonsucesso: [Decreto n.º 7.980/88: 041.]
80 (lote 2 do PAL 25.019), incluído; pelo limite Do entroncamento da Avenida Brasil com a Rua
deste lote com o dos lotes 1 e 2 do PAL 29.695 Teixeira Ribeiro; seguindo por esta (excluída) até a
(excluídos), correspondentes aos ns. 776 e o 770 Avenida Teixeira de Castro; por esta (incluída) até a
da Av. Niemeyer e com o do lote 2 do PAL 13.961 Rua João Torquato; por esta (incluída) até a Rua
(excluído), correspondente ao número 756 da Av. Cardoso de Morais; por esta (incluída) até a Rua
Niemeyer; seguindo pela divisa sul deste limite até Costa Mendes; por esta (excluída) até o ramal Leo-
encontrar os limites do lote 7 do PAL 22.457; pela poldina da RFFSA; pelo leito deste, até o prolonga-
divisa deste (excluído) e em direção leste e sul até mento do alinhamento da Rua Doutor Noguchi; por
encontrar o espigão da Pedra Dois Irmãos na curva este e pela Rua Doutor Noguchi (excluída) até a Rua
de nível 192m; subindo por este espigão em dire- Tangará; por esta (incluída) até a Rua Joana Fontou-
ção nordeste, passando pelo ponto de cota 358m ra; por esta (incluída) até o seu final; Rua Capuçara
até encontrar o ponto culminante da Pedra Dois (excluída) até o prolongamento da Rua Régio; por
Irmãos; daí, em linha reta, em direção noroeste este e pela Rua Régio (excluída) até a Estrada do
até encontrar a divisa lateral direita do lote 7 do Itararé; daí, subindo a vertente em linha reta, até o
PAL 27.968; por este limite (excluído) até o en- ponto de cota 92m na serra da Misericórdia; deste
troncamento com a Rua Sérgio Porto; por esta ponto, descendo o espigão em direção sul, até o
incluído apenas o lado ímpar, até o limite da área entroncamento da Estrada do Itararé (incluída) com
doada ao Estado do PAL 25.474 (incluída); por a Avenida Itaoca; por esta (incluída) até a Avenida
este limite até a Rua Umuarama (NR): por esta dos Democráticos; por esta (incluído apenas o lado
(incluída) até encontrar com o limite do lote desti- par) até a Rua Capitão Bragança; por esta (excluída,
nado à Escola no PAL 25.474 e o lote destinado a excluindo a Rua Hespéria), atravessando a Rua Ura-
clube do mesmo PAL; por este limite até encontrar nos, até o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito
a Estrada da Gávea; por esta (incluindo apenas o deste, até o prolongamento do alinhamento da Rua
lado par) até a escadaria situada junto às instala- Eurico Sousa Leão; por este e pela Rua Eurico Sousa
ções da CEDAE (incluídas), na Estrada da Gávea, Leão (excluída); Avenida Novo Rio (incluído apenas o
150; por esta escadaria e pelo seu prolongamento, lado par); viaduto de Manguinhos (excluído) até a
em direção sudoeste, até encontrar a Rua Maria do Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o lado ím-
Carmo (NR), no Laboriaux; por esta, toda incluída, par) até o ponto de partida. [Redação dada pelo
até o seu final; daí, pelo divisor de águas até o ponto Decreto n.º 7.980, de 12/8/1988.]
de partida. [Redação dada pela Lei n.º 1.995, de
18/6/1993. Este bairro deveria ter recebido o núme- 041 — Ramos: [Decreto n.º 7.980/88: 042.]
ro 039. Referência da Editora Auriverde.] Do entroncamento da Avenida Brasil com a Rua
Luís Câmara, seguindo por esta (incluída) até a Es-
AP-3 — Área de Planejamento 3 trada do Engenho; por esta (excluída) até a Rua João
Silva; por esta (excluída), atravessando a Rua Leo-
X Região Administrativa (Ramos): poldina Rego e o ramal Leopoldina da RFFSA, na
direção do viaduto São Cosme e São Damião; por
039 — Manguinhos: [Decreto n.º 7.980/88: 040.] este (incluído); Rua Uranos (incluída) até a Rua Dio-
Da confluência do canal do Cunha com a Ave- medes Trota; por esta (incluída); Largo do Itararé
nida Brasil, seguindo por esta (incluída) até o ra- (incluído); Estrada do Itararé (incluída) até a Rua
mal de minérios de Arará; por este (incluído) até o Sebastião de Carvalho; por esta (incluída) até a Tra-
entroncamento com o ramal Leopoldina da RFFSA, vessa Laurinda; por esta (excluída) até o seu final;
seguindo pelo leito deste, até o cruzamento com o deste ponto, subindo o espigão do morro do Alemão
rio Jacaré; pelo leito deste, até a Avenida Subur- e passando pelos pontos de cota 149m, 161m,
bana; por esta (excluída) até a Rua José Rubino; 166m, 154m e 171m, até encontrar a linha de
por esta (excluída) até a Avenida dos Democráti- transmissão (Meriti-Triagem); daí, pela linha de
cos; por esta (incluído apenas o lado par) até a transmissão, em direção sul, até o ponto de cota
Rua Capitão Bragança; por esta (incluída, incluindo 83m; deste ponto, descendo o espigão da serra da
a Rua Hespéria), atravessando a Rua Uranos, até o Misericórdia, passando pelos pontos de cota 104m,
ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito deste, até o 87m e 97m, até o ponto de cota 92m; daí, descendo
prolongamento do alinhamento da Rua Eurico Sou- a vertente por uma linha reta, até o entroncamento
sa Leão; por este e pela Rua Eurico Sousa Leão da Estrada do Itararé com a Rua Régio; por esta
(incluída); Avenida Novo Rio (incluído apenas o (incluída) e pelo seu prolongamento, até a Rua Ca-
lado ímpar) até a Avenida Brasil; por esta (incluído puçara (incluída); Rua Joana Fontoura (excluída) até
apenas o lado ímpar, incluindo o viaduto de Man- a Rua Tangará, por esta (excluída) até a Rua Doutor
guinhos) até o ponto de partida. [Redação dada Noguchi; por esta (incluída) até o ramal Leopoldina
pelo Decreto n.º 7.980, de 12/8/1988.] da RFFSA, pelo leito deste, até o prolongamento do

316
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
alinhamento da Rua Costa Mendes; por este e pela cluído apenas o lado par) até a Rua Nair; por esta
Rua Costa Mendes (incluída) até a Rua Cardoso de (excluída) até a Rua Comandante Vergueiro da
Morais; por esta (excluída) até a Rua João Torquato; Cruz; por esta (excluída) até a Rua Engenheiro
por esta (excluída) até a Avenida Teixeira de Castro; Edmundo Régis Bittencourt; por esta (excluída e
por esta (excluída) até a Rua Teixeira Ribeiro; por excluindo a Rua Dom João III) até a Avenida Pro-
esta (incluída) até a Avenida Brasil; por esta (incluído fessor Plínio Bastos; por esta (excluída) até a Pra-
apenas o lado ímpar) até o ponto de partida. [Reda- ça Marechal Maurício Cardoso; por esta (incluída)
ção dada pelo Decreto n.º 7.980, de 12/8/1988.] até o entroncamento com a Rua Bariri; daí, pelo
prolongamento desta (atravessando a Rua Leopol-
042 — Olaria: [Decreto n.º 7.980/88: 043.] dina Rego), até o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo
Do entroncamento da Avenida Brasil com a leito deste, até a Rua Eça de Queirós; por esta
Rua Luís Câmara, seguindo por esta (excluída) até (excluída) até o entroncamento com a Rua Aurélio
a Estrada do Engenho; por esta (incluída) até a Garcindo (excluída); daí, subindo o espigão até o
Rua João Silva; por esta (incluída), atravessando a ponto de cota 111m na Igreja da Penha (incluída);
Rua Leopoldina Rego e o ramal Leopoldina da RFFSA deste ponto, seguindo pela cumeada do morro da
em direção ao viaduto São Cosme e São Damião; Penha, passando pelo ponto de cota 72m em dire-
por este (excluído) até a Rua Uranos; por esta ção ao final do Caminho do Peixoto (NR); por este
(excluída) até a Rua Diomedes Trota; por esta (excluído) até a Estrada José Rucas; por esta (ex-
(excluída); Largo do Itararé (excluído); Estrada do cluída) até a Praça Cruzeiro (excluída); Rua Curu-
Itararé (excluída) até a Rua Sebastião de Carva- mi (excluída, excluindo a Rua Vítor Viana) até o
lho; por esta (excluída) até a Travessa Laurinda; seu final; daí, pela cumeada do morro da Penha
por esta (incluída) até o seu final; deste ponto, em direção oeste, passando pelos pontos de cota
subindo o espigão do morro do Alemão e passando 78m, 99m e 114m, até encontrar a linha de
pelos pontos de cota 149m, 161m, 166m, 154m e transmissão (Meriti-Triagem), no ponto em que
171m, até encontrar a linha de transmissão (Meri- esta encontra o prolongamento da Rua Aimoré;
ti-Triagem); daí, pela linha de transmissão, em daí, pela linha de transmissão em direção norte,
direção norte, até encontrar o prolongamento da até encontrar o prolongamento da Rua Helvétia;
Rua Aimoré; daí, em direção leste pela cumeada seguindo por este, passando pelo final da Rua Ma-
do morro da Penha, passando pelos pontos de cota turacá (excluída), subindo e descendo o espigão do
114m, 99m e 78m até o final da Rua Curumi; por morro do Caricó, passando pelo final da Rua José
esta (incluída, incluindo a Rua Vitor Viana) até a Maria (incluída) até o entroncamento da Rua Dou-
Praça Cruzeiro; por esta (incluída); Estrada José tor Luís Gaudie Ley com a Avenida Lobo Júnior;
Rucas (incluída), até o Caminho do Peixoto (NR); por esta (excluída, excluindo o Viaduto João XXIII);
por este (incluído) até o seu final; daí, seguindo atravessando o ramal Leopoldina da RFFSA e a
pela cumeada do morro da Penha, passando pelo Avenida Brasil, até o seu final; daí, por seu prolon-
ponto de cota 72m, até o ponto de cota 111m, na gamento até a baía de Guanabara e, por sua orla
igreja da Penha (excluída); daí, descendo o espi- ao ponto de partida.
gão, em direção ao entroncamento da Rua Aurélio
Garcindo (incluída) com a Rua Eça de Queirós; por 044 — Penha Circular:
esta (incluída) até o ramal Leopoldina da RFFSA; Da foz do canal do rio Irajá, na baía de Gua-
pelo leito deste, até encontrar o prolongamento da nabara, seguindo pelo leito deste, até a Avenida
Rua Bariri; por este (atravessando a Rua Leopoldi- Brasil; por esta (incluído apenas o lado par) até o
na Rego) até a Praça Marechal Maurício Cardoso prolongamento da Rua Tiboim; por esta (excluída,
(excluída); Avenida Professor Plínio Bastos (incluí- excluindo a Praça Anhangabaúba) até a Rua Pirirá
da) até a Rua Engenheiro Edmundo Régis Bitten- (excluída); Avenida Arapogi (excluída); Viaduto
court; por esta (incluída, incluindo a Rua Dom João Brás de Pina (excluído) até o ramal Leopoldina da
III) até a Rua Comandante Vergueiro da Cruz; por RFFSA; pelo leito deste, até o prolongamento da
esta (incluída) até a Rua Nair; por esta (incluída) Rua “A”; por esta (incluída) até a Rua Bento Car-
até a Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o doso; por esta (incluída) até a Rua Irapuá; por
lado ímpar) até o ponto de partida. [Redação dada esta (incluída) até a Rua Butuí; por esta (incluída)
pelo Decreto n.º 7.980, de 12/8/1988.] até a Rua Cacequi; por esta (incluída) até a Rua
Frísia; por esta (excluída) até a linha de transmis-
XI Região Administrativa (Penha): são (Meriti—Triagem); por esta, em direção sul,
até a Rua Tessália; por esta (excluída) até a Rua
043 — Penha: Flamínia; por esta (incluída) e por seu prolonga-
Da baía de Guanabara, no prolongamento do mento até a Rua Alice Tibiriçá; por esta (excluída)
alinhamento da Rua Pirangi, seguindo por este até a Rua Antônio Braune; por esta (incluída) até a
prolongamento até a Avenida Brasil; por esta (in- estação Vicente de Carvalho; por esta (incluído

317
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
apenas o lado ímpar) até a Rua Flamínia; por esta (incluída) até a Rua Japegoá; por esta (incluída);
(incluída) até a Rua Comandante Aristides Garnier; Rua Patu (incluída) até a Avenida Antenor Navarro;
por esta (incluída) até a Rua Ferreira Chaves; por por esta (excluída) até a Avenida Schultz Wenk;
esta (incluída, incluindo a Rua Tolentino da Silva) por esta (incluído apenas o lado par) ao ponto de
até seu final; daí, subindo o espigão da serra da partida.
Misericórdia, em direção sudeste, até o ponto de
cota 187m; deste ponto, pela cumeada, em dire- 046 — Cordovil:
ção nordeste até encontrar a linha de transmissão Da foz do canal do rio Irajá, na baía de Gua-
(Meriti—Triagem), no ponto em que esta encontra nabara, seguindo pelo leito deste, atravessando a
o prolongamento da Rua Aimoré; daí, pela linha de Avenida Brasil, até a Avenida Schultz Wenk; por
transmissão em direção norte, até encontrar o esta (incluído apenas o lado ímpar); Avenida Ante-
prolongamento da Rua Helvétia; seguindo por es- nor Navarro (incluída) até a Rua Patu; por esta
te, passando pelo final da Rua Maturacá (incluída), (excluída); Rua Japegoá (excluída); Rua Pindaí
subindo e descendo o espigão do morro do Caricó, (excluída); Avenida Antenor Navarro (excluída) até
passando pelo final da Rua José Maria (excluída) a Avenida Antônio Ferraz; por esta (incluída, inclu-
até o entroncamento da Rua Doutor Luís Gaudie indo a Rua Alexandre Dias) até a Rua Joaquim
Ley com a Avenida Lobo Júnior; seguindo por esta Monteiro; por esta (incluída) até a Rua Marcelino
(incluída, incluindo o Viaduto João XXIII), atraves- de Brito; por esta (incluída) até o seu final; daí,
sando o ramal Leopoldina da RFFSA e a Avenida por uma linha reta, até o final da Rua Aturiá; por
Brasil, até o seu final; daí, por seu prolongamento, esta (excluída), atravessando a Rua Jorge Coelho
até a baía de Guanabara e por sua orla ao ponto até o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito deste,
de partida. até o rio Irajá; pelo leito deste, até a Rua Anequi-
rá; por esta (incluída) até a Estrada do Quitungo;
045 — Brás de Pina: por esta (excluída) até a Rua Oliveira Melo; por
Do entroncamento da Avenida Schultz Wenk esta (incluída) até a Rua Almirante Luís Maria Pi-
com a Avenida Brasil, seguindo por esta (incluído quet; por esta (incluída); Rua Abadie Faria Rosa
apenas o lado ímpar) até o prolongamento da Rua (incluída) até o seu final; Rua Antônio João (incluí-
Tiboim; por esta (incluída, incluindo a Praça da) até a Rua Engenheiro Francelino Mota; por esta
Anhangabaúba) até a Rua Piriá (incluída); Avenida (excluída) até a linha de transmissão (Meriti-Triagem);
Arapogi (incluída) até o ramal Leopoldina da RFFSA; por esta em direção norte, até a Estrada da Água
pelo leito deste, até o prolongamento da Rua “A”; Grande; por esta (excluída, excluindo a Praça São
por esta (excluída) até a Rua Bento Cardoso; por João Berchmans); Rua Cordovil (excluída) até a
esta (excluída) até a Rua Irapuá; por esta (excluída) Rua Craveiro de Sá; por esta (excluída) até a Rua
até a Rua Butuí; por esta (excluída) até a Rua Ca- Balduíno de Aguiar; por esta (excluída) até a Rua
cequi; por esta (excluída) até a Rua Frísia; por Joaquim Rodrigues; por esta (excluída) até a Rua
esta (incluída) até a Rua Ápia; por esta (excluída) Cordovil; por esta (excluída), atravessando a Rua
até a Rua do Trabalho; por esta (excluída) até a Bulhões Marcial, até o ramal Leopoldina da RFFSA;
Estrada do Quitungo; por esta (incluída) até a A- pelo leito deste, atravessando a Rua Bulhões Mar-
venida Meriti; por esta (incluída) até a Praça Ru- cial até a Rua Curuná; por esta (excluída); Rua
bey Wanderley; por esta (excluída); Avenida Brás Marechal Setembrino (excluída); Rua Ministro Pinto
de Pina (incluída) até a Avenida São Félix; por esta da Luz (excluída) até a Avenida Brasil; por esta
(excluída) até a Avenida Meriti; por esta (incluída) (incluído apenas o lado ímpar, incluindo o Viaduto
até a Rua Engenheiro Francelino Mota; por esta das Missões) até a Avenida das Missões; por esta
(incluída) até a Rua Antônio João; por esta (excluída) (incluído apenas o lado par) até o rio São João de
até a Rua Abadie Faria Rosa; por esta (excluída) Meriti (divisa do Município); pelo leito deste, até a
até o seu final; Rua Almirante Luís Maria Piquet baía de Guanabara e, por sua orla, ao ponto de
(excluída) até a Rua Oliveira Melo; por esta (excluída) partida.
até a Estrada do Quitungo; por esta (incluída) até
a Rua Anequirá; por esta (excluída) até o rio Irajá; 047 — Parada de Lucas:
pelo leito deste, até o ramal Leopoldina da RFFSA; Da divisa do município, na confluência do rio
pelo leito deste, atravessando a Rua Jorge Coelho, São João de Meriti com a Avenida das Missões,
até a Rua Aturiá; por esta (incluída) até o seu fi- seguindo por esta (incluído apenas o lado ímpar,
nal; daí, por uma linha reta, até o final da Rua excluindo o Viaduto das Missões) até a Avenida
Marcelino de Brito; por esta (excluída) até a Rua Brasil; por esta (incluído apenas o lado par) até a
Joaquim Monteiro; por esta (excluída) até a Aveni- Rua Ministro Pinto Luz; por esta (incluída) até a
da Antônio Ferraz; por esta (excluída, excluindo a Rua Marechal Setembrino; por esta (incluída até a
Rua Alexandre Dias) até a Avenida Antenor Navar- Rua Curuná; por esta (incluída), atravessando a
ro; por esta (incluída) até a Rua Pindaí; por esta Rua Lírio Maurício da Fonseca, até o ramal Leopol-

318
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
dina da RFFSA; pelo leito deste, atravessando a Democráticos; por esta (incluído apenas o lado
Rua Bulhões Marcial, até a Rua Cordovil; por esta ímpar) até a Rua José Rubino; por esta (incluída)
(incluída) até a Rua Joaquim Rodrigues; por esta ao ponto de partida.
(incluída) até a Rua Balduíno de Aguiar; por esta
(incluída) até a Rua Craveiro de Sá; por esta (in- 051 — Jacaré:
cluída) até a Rua Cordovil; por esta (incluída, in- Do entroncamento das Ruas Peçanha da Silva
cluindo a Praça São João Berchmans); Estrada da e Brandelina Batalha, seguindo por esta (incluída)
Água Grande (incluída) até a linha de transmissão e pela Rua Baronesa do Engenho Novo (incluída),
Meriti-Triagem); por esta, em direção norte, até a até a Rua Dois de Maio; por esta (excluída), da
Avenida Brasil; por esta (incluído apenas o lado Rua Baronesa do Engenho Novo até a confluência
ímpar) até o ramal Leopoldina da RFFSA; pelo leito com o rio Jacaré; pelo leito deste, até o seu encon-
deste, até a Rua São Bartolomeu; daí, por uma tro com o prolongamento da Rua Doutor Manoel
perpendicular ao ramal Leopoldina da RFFSA, até o Cotrim; por este, até a Rua Paim Pamplona; por
rio São João de Meriti (divisa do município) e, pelo esta (excluída), até a Rua Lino Teixeira; por esta
leito deste ao ponto de partida. (incluída), até a Rua Conselheiro Mayrink; por esta
(incluída) e por seu prolongamento até encontrar o
048 — Vigário-Geral: Viaduto de Benfica; por este (excluído), até encon-
Do Trevo das Margaridas (excluído), na inter- trar o ramal de minérios de Arará; pelo leito deste,
seção da Rodovia Presidente Dutra (excluída) com até encontrar uma linha de referência que passa
a Avenida Brasil, seguindo pela Avenida Brasil (in- pela Praça Marimbá; por esta linha de referência,
cluído apenas o lado par) até o ramal Leopoldina em direção sudoeste, até a Praça Marimbá (excluí-
da RFFSA; pelo leito deste, até a Rua São Bartolo- da); daí, pela Rua Matimoré (excluída), até a Rua
meu; daí, por uma perpendicular ao ramal Leopol- Fonte Nova; por esta (excluída, excluindo a Praça
dina da RFFSA até o rio São João de Meriti (divisa Catuá), até a Rua Tapirapé; por esta (excluída),
do município); pelo leito deste, até o prolonga- até a Rua Bráulio Cordeiro; por esta (excluída), da
mento da Rua Marechal Antônio de Sousa; por esta Rua Tapirapé até a Rua Viúva Cláudio; por esta
(excluída) até a Rua Georges Bizet; por esta (excluída) (incluído apenas o lado ímpar), da Rua Bráulio
até a Rua Teixeira e Sousa; por esta (incluída) até a Cordeiro até a Rua José Maria Belo; por esta (ex-
Rua Fernandes Cunha; por esta (incluída) até a cluída), até a confluência com o rio Jacaré; pelo
Avenida Meriti; por esta (incluída a Praça Itapitan- leito ................................................................
ga) até a Estrada do Vigário-Geral; por esta (inclu- ............................ [Redação dada pela Lei Com-
ída) ao ponto de partida. plementar n.º 17, de 29/7/1992.]

049 — Jardim América: 052 — Maria da Graça:


Do Trevo das Margaridas (excluído), na inter- Do entroncamento da Avenida Suburbana com
seção da Avenida Brasil (excluída) com a Rodovia a Rua Miguel Ângelo; por esta (incluída), até en-
Presidente Dutra, seguindo por esta (incluído ape- contrar o ramal auxiliar da Rede Ferroviária Fede-
nas o lado par) até o rio Acari; pelo leito deste, até ral S.A. (RFFSA) pelo leito deste, em direção su-
a confluência com o rio São João de Meriti (divisa deste, até encontrar uma linha de referência
do município); pelo leito deste, em direção à sua paralela à Rua Miguel Ângelo e distante desta
foz, até encontrar o prolongamento da Rua Mare- 100m; por esta linha, em direção sudoeste, do
chal Antônio Sousa; por esta (incluída) até a Rua ramal auxiliar da RFFSA até encontrar a Rua Muri-
Georges Bizet; por esta (incluída) até a Rua Teixei- lo; por esta (excluída), até a Rua Miguel Ângelo;
ra e Sousa; por esta (excluída) até a Rua Fernan- seguindo por esta (incluída), da Rua Murilo até a
des da Cunha; por esta (excluída) até a Avenida Rua Vereador Jansen Müller; por esta (excluída),
Meriti; por esta (excluída) até a Estrada do Vigá- até a Rua Clapp Filho; por esta (excluída), até a
rio-Geral; por esta (excluída, excluindo a Praça Rua Guaiaquil; por esta (excluída), até a Rua Fer-
Pitanga) ao ponto de partida. reira de Andrade; por esta (incluída), até a Rua
Fernando Esquerdo; por esta (incluída); Rua Luís
XII Região Administrativa (Inhaúma): de Brito (incluída); Rua Honório (excluída), até a
Rua Genésio de Barros; por esta (incluída), até a
050 — Higienópolis: [Ver no volume 2 a Lei Rua Domingos Magalhães; por esta (incluída),
n.º 2.055/93 (novos limites).] atravessando o leito da estrada de ferro e seguin-
Do entroncamento da Rua José Rubino com a do pela Rua Pires de Carvalho (incluída), até a Rua
Avenida Suburbana, seguindo por esta e pela Es- Domingos de Barros; por esta (incluída), até ao
trada Velha da Pavuna (ambas excluídas) até a entroncamento da Estrada Velha da Pavuna com
Estrada do Timbó; por esta (incluída) até a Aveni- Avenida Suburbana; por esta (incluída), até ao
da Itaoca; por esta (excluída) até a Avenida dos ponto de partida. [Redação dada pela Lei Com-

319
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
plementar n.º 17, de 29/7/1992.] o seu final e daí, subindo o espigão da serra da
Misericórdia, passando pelos pontos de cota 108m,
053 — Del Castilho: 143m e 134m, até encontrar a linha de transmis-
Da confluência da Estrada Velha da Pavuna são (Meriti-Triagem); daí, pela linha de transmissão,
com o rio Faria, seguindo pelo leito deste, até a em direção norte, até encontrar o prolongamento
perpendicular ao ramal auxiliar da RFFSA que pas- da Rua Aimoré; daí, em direção sudoeste, pela
sa pelo final da Rua Ministro Mavignier; pelo leito cumeada da serra da Misericórdia, passando pelo
da estrada de ferro, até a Rua Cachambi; por esta pontos de cota 187m e 148m, até o ponto de cota
(excluída) até a Avenida Suburbana; por esta (in- 184m; deste ponto, descendo o espigão em dire-
cluído apenas o lado par) até a Rua Itamaracá; por ção sudoeste, passando pelos pontos de cota
esta (excluída) até a Rua Honório; por esta (exclu- 146m, 157m e 67m, até o entroncamento da Es-
ída) até a Rua Van Gogh e (incluída), da Rua Van trada Velha da Pavuna com a Avenida Automóvel
Gogh, até o seu final; Rua Genésio de Barros (excluída) Clube; por esta (incluído apenas o lado par) até o
até a Rua Domingos de Magalhães; por esta (ex- limite do PAL 29.657; por este, até o leito da linha
cluída), atravessando o ramal auxiliar da RFFSA auxiliar da RFFSA; por este, até a Rua Mário Fer-
em direção à Rua Pires de Carvalho; seguindo por reira; por esta (excluída) até a Rua Ferreira de
esta (excluída) até a Rua Domingos de Barros; por Meneses; por esta (incluída, incluindo a Praça Frei
esta (excluída) até o entroncamento da Avenida Baraúna); Rua Pinheiro Amado (incluída); Rua
Suburbana com a Estrada Velha da Pavuna; por Cotinguiba (incluída) até a Rua Bento do Amaral;
esta (incluída) ao ponto de partida. por esta (incluída); Rua Jerônimo de Albuquerque
(incluída) até a Avenida Automóvel Clube; por esta
054 — Inhaúma: (incluído apenas o lado ímpar) até a Rua Moréia; por
Da confluência da Estrada Velha da Pavuna esta (incluída) ao ponto de partida.
com o rio Faria, seguindo pelo leito deste, atraves-
sando a Avenida Automóvel Clube, até a perpendi- 056 — Tomás Coelho:
cular ao ramal auxiliar da RFFSA que passa pelo Do entroncamento da Rua Manuel Correia com
final da Rua Ministro Mavignier; seguindo pelo leito a Rua Cardoso Quintão, seguindo por esta (incluí-
do ramal auxiliar da RFFSA, até a Rua José dos da) até a Rua Itália d’Incau; por esta (incluída),
Reis; por esta (excluída) até o Caminho do Ma- atravessando o ramal auxiliar da RFFSA, até a Rua
teus; por este (incluído) até a Rua Mateus da Sil- Herculano Pena; por esta (excluída) até a Rua
va; por esta (incluída) até a Rua Vaz da Costa; por Itaocara; por esta (incluída) até a Rua Silva Vale;
esta (incluída) até a Rua Álvaro de Miranda; por por esta (incluída) até a Rua Iriri; por esta (excluída)
esta (incluída) até a Rua Guarabu; por esta (inclu- até o seu final; daí, subindo a vertente em linha
ída) até a Praça Frei Baraúna (excluída); Rua Pi- reta em direção noroeste, ao ponto culminante do
nheiro Amado (excluída); Rua Contiguiba (excluí- morro do Juramento (cota 294m); deste ponto,
da) até a Rua Bento do Amaral; por esta descendo o espigão, ao final da Rua Comandante
(excluída); Rua Jerônimo de Albuquerque (excluí- Itapicuru Coelho; por esta (incluída) até a Avenida
da) até a Avenida Automóvel Clube; por esta (in- Automóvel Clube; por esta (incluída) até a Rua
cluído apenas o lado par) até a Rua Moréia; por Maracá; daí, atravessando a Avenida Automóvel
esta (excluída) até a Estrada Velha da pavuna; por Clube e o pré-metrô, seguindo pela Rua Maracá
esta (excluída) até a Rua Malacacheta; por esta (incluída) até o seu final; daí, subindo o espigão da
(incluída) até o seu final; daí, subindo o espigão da serra da Misericórdia, em direção leste, passando
serra da Misericórdia, passando pelos pontos de pelos pontos de cota 123m, 164m e 159m, até o
cota 108m, 143m e 134m, até encontrar a linha de ponto de cota 181m; deste ponto, descendo o
transmissão (Meriti-Triagem); daí, pela linha de espigão em direção sudoeste, passando pelos pon-
transmissão, em direção sul, até o ponto de cota tos de cota 146m, 157m e 67m, até o entronca-
83m; deste ponto, descendo o espigão na direção mento da Estrada Velha da Pavuna (incluída) com
sul, passando pelos pontos de cota 104m, 97m, a Avenida Automóvel Clube; por esta (incluído
87m e 92m, até o entroncamento da Estrada do apenas o lado ímpar) até o limite do PAL 29.657, e
Itararé com a Avenida Itaoca; por esta (excluída) por este, atravessando a Estrada de Ferro e a Ave-
até a Estrada do Timbó; por esta (excluída) até a nida João Ribeiro, em direção à Rua Lorena; por
Estrada Velha da Pavuna; por esta (incluída) ao esta (excluída) e pelo seu prolongamento, até a
ponto de partida. Rua Mucuri; por esta (excluída) e por seu prolon-
gamento, até a Rua Luís Gurgel; por esta (incluída)
055 — Engenho da Rainha: até o seu final; daí, ao alto do morro dos Urubus
Do entroncamento da Rua Moréia com a Es- (cota 178m); deste ponto, descendo a vertente em
trada Velha da Pavuna, seguindo por esta (incluí- direção ao final da Rua Manuel Correia, e por esta
da) até a Rua Malacacheta; por esta (excluída) até (excluída) ao ponto de partida.

320
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
XIII Região Administrativa (Méier): (incluída) até a Rua General Belford; por esta
(excluída) até a Rua Bandeira de Gouveia; por
057 — São Francisco Xavier: esta (incluída) até a Rua Barbosa da Silva; por
Do entroncamento da Rua Oito de Dezembro esta (incluída) até o ramal principal da RFFSA;
com o ramal principal da RFFSA; seguindo pelo pelo leito deste até encontrar o prolongamento
leito deste (excluindo a estação de Mangueira e a da Rua Frei Pinto, por este e pela Rua Frei Pinto
passarela ao lado da estação) e pelo ramal Leopol- (excluída) até seu final; daí, subindo a vertente
dina da RFFSA (excluindo o Viaduto de Mangueira da serra do Engenho Novo, até o ponto de cota
e o trecho da Rua Santos Melo sobre a Estrada de 203m; deste ponto pela cumeada em direção
Ferro e, incluindo o Viaduto Ana Néri) até o início oeste, até o ponto de cota 199m; deste ponto,
da Rua Licínio Cardoso; por esta (incluída) até seu descendo em linha reta a vertente, até o final da
final; daí, atravessando o leito do ramal principal Rua Vítor Meireles; por esta (incluída), atraves-
da RFFSA (incluindo a estação de São Francisco sando o ramal principal da RFFSA até a Rua Cla-
Xavier) até a Rua Samuel Guimarães; por esta ra Barros; por esta (incluída) até a Rua São
(incluída) até a Avenida Marechal Rondon; por esta Francisco Bernardino; por esta (incluída) até a
(incluída) até a Rua Nazário; por esta (incluída) Rua Magalhães Castro; por esta (incluída) até a
até o seu final; daí, subindo em linha reta a ver- Rua Doutor Manuel Cotrim; por esta (incluída)
tente da serra do Engenho Novo, até o ponto de até a Rua Luís Zancheta; por esta (incluída) ao
cota 156m; deste ponto, pela cumeada, em dire- ponto de partida.
ção sudeste, passando pelos pontos de cota 112m,
104m e 96m, até o ponto de cota 104m; deste 060 — Sampaio:
ponto, descendo o espigão, passando pelo ponto Do entroncamento da Rua Luís Zancheta com
de cota 108m, até encontrar o entroncamento da a Rua Lino Teixeira; seguindo por esta (excluída),
Rua São Francisco Xavier com a Rua Oito de De- até a Rua Paim Pamplona; por esta (incluída), da
zembro; por esta (excluída), ao ramal principal da Rua Lino Teixeira até a Rua Doutor Manoel Cotrin;
RFFSA, ponto de partida. por esta e por seu prolongamento, até o rio Jaca-
ré; pelo leito deste, até a Rua Dois de Maio; por
058 — Rocha: esta (excluída), da confluência com o rio Jacaré até
Do entroncamento da Rua Barbosa da Silva a Rua Cadete Polônia; por esta (incluída), até a
com a Rua Bandeira de Gouveia, seguindo por esta Rua Engenho Novo; por esta (incluída), até o ra-
(excluída) até a Rua General Belford; por esta mal principal da Rede Ferroviária Federal S.A.
(incluída) até a Rua Conselheiro Mayrink; por esta (RFFSA), pelo leito deste (incluindo a Estação
(excluída), atravessando o pré-metrô, até o Viadu- Sampaio), até a Rua Alzira Valdetaro; por esta
to de Benfica (excluído); daí, pelo leito do ramal (incluída), até a Rua Angola; por esta (incluída),
Leopoldina da RFFSA, passando pela estação de até o seu final; daí, subindo o espigão da Serra do
Triagem (excluída) até o início da Rua Licínio Car- Engenho Novo, passando pelos pontos de cota
doso; por esta (excluída) até seu final; daí, atra- 184m, 177m e 152m, até o ponto de cota 173m;
vessando o leito do ramal principal da RFFSA (ex- deste ponto pela cumeada em direção leste, até o
cluindo a estação de São Francisco Xavier) até a ponto de cota 199m; deste ponto, descendo em
Rua Samuel Guimarães; por esta (excluída) até a linha reta a vertente, até o final da Rua Vítor Mei-
Avenida Marechal Rondon por esta (excluída) até a reles; por esta (excluída), atravessando o ramal
Rua Nazário; por esta (incluída) até o seu final; principal da RFFSA, até a Rua Clara Barros; por
daí, subindo em linha reta a vertente da serra do esta (excluída), até a Rua Francisco Bernardino;
Engenho Novo, até o ponto de cota 156m; deste por esta (excluída), até a Rua Magalhães Castro;
ponto, pela cumeada em direção sudeste passando por esta (excluída); Rua Doutor Manoel Cotim (ex-
pelos pontos de cota 112m, 104m e 96m, até o cluída), até a Rua Luís Zancheta; por esta (excluí-
ponto de cota 104m; deste ponto, pela cumeada da), até o ponto de partida. [Redação dada pela
em direção oeste, até o ponto de cota 203m; deste Lei Complementar n.º 17, de 29/7/1992.]
ponto, descendo em linha reta a vertente, até o
final da Rua Frei Pinto; por esta (incluída) e por 061 — Engenho Novo:
seu prolongamento até o ramal principal da RFFSA; Do entroncamento da Rua Baronesa do Enge-
pelo leito deste, até a Rua Barbosa da Silva; por nho Novo com a Rua Dois de Maio; seguindo por
esta (excluída) ao ponto de partida. esta (incluída), até a Rua Cadete Polônia; por esta
(excluída), até a Rua Engenho Novo; por esta (ex-
059 — Riachuelo: cluída) até o ramal principal da Rede Ferroviária
Do entroncamento da Rua Luís Zancheta Federal S.A. (RFFSA), pelo leito deste (excluindo a
com a Rua Lino Teixeira, seguindo por esta (ex- Estação Sampaio) até a Rua Alzira Valdetaro; por
cluída) até a Rua Conselheiro Mayrink; por esta esta (excluída), até a Rua Angola; por esta (excluída),

321
CÓDIGO DE OBRAS Auriverde
até o seu final; daí, subindo o espigão da Serra do 063 — Méier:
Engenho Novo, passando pelos pontos de cota Do entroncamento da Rua Aquidabã com a
184m, 177m e 152m, at