Вы находитесь на странице: 1из 10

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA 1. (Ufpe 2007) Três cargas pontuais de valor Q = 10

1. (Ufpe 2007) Três cargas pontuais de valor Q = 10 -6 C foram posicionadas sobre uma circunferência de raio igual a 1 cm formando um triângulo eqüilátero, conforme indica a figura. Determine o módulo do campo elétrico no centro da circunferência, em N/C.

do campo elétrico no centro da circunferência, em N/C. 2. (Puc-rio 2006) Uma carga Q• =

2. (Puc-rio 2006) Uma carga Q• = +q está posicionada na origem do eixo horizontal,

denominado aqui de x. Uma segunda carga Q‚ = +2q é colocada sobre o eixo na posição x = + 2,0 m. Determine:

a) o módulo, a direção e o sentido da força que a

carga Q• faz sobre a carga Q‚;

b) o módulo, a direção e o sentido do campo elétrico

na origem do eixo horizontal (x=0); c) em que ponto do eixo x, entre as cargas Q e Q‚, o campo elétrico é nulo.

3. (Ufrj 2005) Em dois vértices opostos de um quadrado de lado "a" estão fixas duas cargas puntiformes de valores Q e Q'. Essas cargas geram,

em outro vértice P do quadrado, um campo elétrico û, cuja direção e sentido estão especificados na figura a seguir:

direção e sentido estão especificados na figura a seguir: Indique os sinais das cargas Q e

Indique os sinais das cargas Q e Q' e calcule o valor da razão Q/Q'.

4. (Ufrj 2008) Duas cargas puntiformes q• = 2,0 ×

10­§ C e q‚ = 1,0 × 10­§ C estão fixas num plano nas

posições dadas pelas coordenadas cartesianas indicadas a seguir. Considere K = 1/(4 ™”³) = 9,0 × 10ª NC-£ m£.

Considere K = 1/(4 ™”³) = 9,0 × 10ª NC-£ m£. Calcule o vetor campo elétrico

Calcule o vetor campo elétrico na posição A indicada na figura, explicitando seu módulo, sua direção e seu sentido.

5. (Unesp 2005) Duas pequenas esferas de material

plástico, com massas m e 3 m, estão conectadas

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA por um fio de seda inextensível de comprimento a. As esferas

por um fio de seda inextensível de comprimento a. As esferas estão eletrizadas com cargas iguais a +Q, desconhecidas inicialmente. Elas encontram-se no vácuo, em equilíbrio estático, em uma região com campo elétrico uniforme E, vertical, e aceleração da gravidade g, conforme ilustrado na figura.

e aceleração da gravidade g, conforme ilustrado na figura. Considerando que, no Sistema Internacional (SI) de

Considerando que, no Sistema Internacional (SI) de

unidades, a força elétrica entre duas cargas q e q‚, separadas por uma distância d, é dada por k (qq‚/d£), calcule

a) a carga Q, em termos de g, m e E.

b) a tração no fio, em termos de m, g, a, E e k.

6. (Unesp 2006) Um feixe de partículas eletricamente carregadas precisa ser desviado utilizando-se um capacitor como o mostrado na figura 1. Cada partícula deve entrar na região do capacitor com energia cinética K, em uma direção cuja inclinação š, em relação à direção x, é desconhecida inicialmente, e passar pelo ponto de saída P com velocidade paralela à direção x. Um campo elétrico uniforme e perpendicular às placas do capacitor deve controlar a trajetória das

partículas.

Se a energia cinética de cada partícula no ponto P for K/4, a sua carga for Q e desprezando o efeito da gravidade, calcule a) o ângulo š. b) o campo elétrico que deve ser aplicado para desviar o feixe conforme requerido, em termos de Q, h e K. Dados (fig. 2)

conforme requerido, em termos de Q, h e K. Dados (fig. 2) 7. (Unesp 2008) Em

7. (Unesp 2008) Em um seletor de cargas, uma partícula de massa m e eletrizada com carga q é abandonada em repouso em um ponto P, entre as placas paralelas de um capacitor polarizado com um campo elétrico E. A partícula sofre deflexão em sua trajetória devido à ação simultânea do campo gravitacional e do campo elétrico e deixa o capacitor em um ponto Q, como registrado na figura.

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA Deduza a razão q/m, em termos do campo E e das
CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA Deduza a razão q/m, em termos do campo E e das

Deduza a razão q/m, em termos do campo E e das distâncias d e h.

8. (Pucmg 2006) No início do século XX (1910), o cientista norte-americano ROBERT MILLIKAN conseguiu determinar o valor da carga elétrica do ELÉTRON como q = -1,6 × 10-¢ªC. Para isso colocou gotículas de óleo eletrizadas dentro de um campo elétrico vertical, formado por duas placas eletricamente carregadas, semelhantes a um capacitor de placas planas e paralelas, ligadas a uma fonte de tensão conforme ilustração a seguir. g = 10 m/s£

de tensão conforme ilustração a seguir. g = 10 m/s£ Admitindo que cada gotícula tenha uma

Admitindo que cada gotícula tenha uma massa de 1,6 × 10-¢¦ kg, assinale o valor do campo elétrico

necessário para equilibrar cada gota, considerando que ela tenha a sobra de um único ELÉTRON (carga elementar).

a) 1,6 × 10¥ N/C

b) 1,0 × 10¦ N/C

c) 2,0 × 10¦ N/C

d) 2,6 × 10¥ N/C

9. (Ufmg 2006) Duas pequenas esferas isolantes - I e II -, eletricamente carregadas com cargas de sinais contrários, estão fixas nas posições representadas nesta figura:

estão fixas nas posições representadas nesta figura: A carga da esfera I é positiva e seu

A carga da esfera I é positiva e seu módulo é maior que o da esfera II.

Guilherme posiciona uma carga pontual positiva, de peso desprezível, ao longo da linha que une essas duas esferas, de forma que ela fique em equilíbrio. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que o ponto que melhor representa a posição de equilíbrio da carga pontual, na situação descrita, é o

a) R.

b) P.

c) S.

d) Q.

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA 10. (Ufrs 2006) A figura a seguir representa duas cargas elétricas

10. (Ufrs 2006) A figura a seguir representa duas

cargas elétricas puntiformes positivas, +q e +4q,

mantidas fixas em suas posições.

positivas, +q e +4q, mantidas fixas em suas posições. Para que seja nula a força eletrostática

Para que seja nula a força eletrostática resultante sobre uma terceira carga puntiforme, esta carga deve ser colocada no ponto

a) A.

c) C.

b) B.

d) D.

e) E.

11. (Fgv 2006) Em um centro universitário, uma

experiência está sendo realizada: íons positivos são abandonados, inicialmente em repouso, nas proximidades de um fio condutor vertical. Faz-se, então, que pelo fio passe uma corrente elétrica.

Nesse instante, pode-se dizer que esses íons ficam sujeitos à ação de

a) apenas um campo: o elétrico.

b) apenas dois campos: o gravitacional e o magnético.

c) apenas dois campos: o elétrico e o magnético.

d) apenas dois campos: o elétrico e o gravitacional.

e) apenas três campos: o elétrico, o gravitacional e

o magnético.

12. (Puc-rio 2004) Uma carga positiva encontra-se

numa região do espaço onde há um campo elétrico dirigido verticalmente para cima. Podemos afirmar

que a força elétrica sobre ela é:

a) para cima.

b) para baixo.

c) horizontal para a direita.

d) horizontal para a esquerda.

e) nula.

13. (Puc-rio 2007) Duas esferas metálicas contendo

as cargas Q e 2Q estão separadas pela distância de

1,0 m. Podemos dizer que, a meia distância entre as esferas, o campo elétrico gerado por:

a) ambas as esferas é igual.

b) uma esfera é 1/2 do campo gerado pela outra

esfera.

c) uma esfera é 1/3 do campo gerado pela outra

esfera.

d) uma esfera é 1/4 do campo gerado pela outra

esfera.

e) ambas as esferas é igual a zero.

14. (Pucrs 2005) Considere a figura a seguir, que

representa duas cargas elétricas de mesma intensidade e sinais opostos colocadas nos vértices

inferiores do triângulo eqüilátero.

cargas elétricas de mesma intensidade e sinais opostos colocadas nos vértices inferiores do triângulo eqüilátero.

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA O vetor que representa o campo eletrico resultante no vertice superior

O vetor que representa o campo eletrico resultante no vertice superior do triangulo e

a) û

b) û‚

c) ûƒ

d) û„

e) û…

15. (Pucsp 2005) Duas cargas pontuais Q e Q‚, respectivamente iguais a +2,0˜C e - 4,0˜C estão fixas na reta representada na figura, separadas por uma distância d.

reta representada na figura, separadas por uma distância d. Qual é o módulo de uma terceira

Qual é o módulo de uma terceira carga pontual Qƒ, a ser fixada no ponto P de modo que o campo elétrico resultante da interação das 3 cargas no ponto M seja nulo?

a) 2˜C

d) (7/4)˜C

b) 3˜C

e) (14/7)˜C

c) (7/9)˜C

16. (Uem 2004) Considere um corpo metálico descarregado, AB, colocado em repouso em um campo elétrico cujas linhas de força são mostradas na figura a seguir. Assinale o que for correto

mostradas na figura a seguir. Assinale o que for correto (01) Em virtude da indução eletrostática

(01) Em virtude da indução eletrostática no corpo metálico, a sua extremidade A ficará eletrizada negativamente e a sua extremidade B ficará eletrizada positivamente. (02) Nas proximidades da região A do corpo metálico, a intensidade do campo elétrico externo é maior do que nas proximidades da região B. (04) A força elétrica ùÛ, que age sobre a extremidade A do corpo metálico, aponta para a esquerda da figura. (08) A força elétrica ù½, que age sobre a extremidade B do corpo metálico, aponta para a direita da figura. (16) Sob a ação das forças ùÛ e ù½, o corpo metálico tenderá a se deslocar para a esquerda da figura. (32) Se as linhas de força do campo elétrico representado na figura fossem paralelas e igualmente espaçadas, ùÛ apontaria para a direita e ù½ apontaria para a esquerda. (64) Se as linhas de força do campo elétrico representado na figura fossem paralelas e igualmente espaçadas, o corpo permaneceria em repouso.

17. (Uepg 2008) Uma carga elétrica puntiforme Q gera um campo elétrico numa determinada região do espaço. Considerando um ponto P a uma distância r da carga Q, assinale o que for correto.

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA (01) A intensidade do vetor força elétrica que age sobre a

(01) A intensidade do vetor força elétrica que age sobre a carga de prova q³ é inversamente proporcional à intensidade do vetor campo elétrico. (02) O sentido do vetor campo elétrico é o do vetor força elétrica que age sobre a carga de prova q³, colocada no ponto P. (04) A intensidade do vetor campo elétrico é inversamente proporcional ao quadrado da distância r. (08) O campo elétrico será nulo no ponto P se a carga de prova q³ tiver sinal contrário ao da carga Q. (16) Se o sentido do vetor campo elétrico for de afastamento da carga Q, então a carga de prova q³ tem sinal contrário ao da carga Q.

18. (Ufms 2007) O vento desloca uma nuvem, carregada, com velocidade V constante e horizontal, próximo da superfície da Terra (veja a figura). A nuvem está carregada negativamente com uma distribuição de cargas uniforme. Suponha que, devido à evaporação de água, moléculas de água estejam flutuando próximo à superfície da Terra. Como o centro de cargas positivas dos dois átomos de hidrogênio não coincide com o centro de cargas negativas do átomo de oxigênio que constituem cada molécula d'água, podemos considerar cada molécula d'água como um dipolo elétrico com cargas + 2e e - 2e, onde e é a carga do elétron. Esses dipolos estão inicialmente em repouso, e com orientações aleatórias. Considere

sempre uniformes os campos gravitacional, produzido pela Terra, e elétrico, produzido pela nuvem. Com relação aos fenômenos físicos que ocorrerão, quando a nuvem passar sobre os dipolos, assinale a alternativa correta.

passar sobre os dipolos, assinale a alternativa correta. a) O vetor que representa o campo elétrico

a) O vetor que representa o campo elétrico

produzido pela nuvem, possuirá sentido da nuvem para a superfície da terra.

b) Os dipolos serão alinhados pelo campo elétrico,

atraídos e arrastados até a nuvem.

c) A força elétrica resultante em cada dipolo será

nula.

d) Durante o alinhamento dos dipolos, a força

elétrica não realiza trabalho nos dipolos.

e) Os dipolos ficarão alinhados predominantemente

na direção horizontal.

19. (Ufrs 2005) Três cargas puntiformes, de valores +2Q, +Q e -2Q, estão localizadas em três vértices de um losango, do modo indicado na figura a seguir.

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA Sabendo-se que não existem outras cargas elétricas presentes nas proximidades desse
CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA Sabendo-se que não existem outras cargas elétricas presentes nas proximidades desse

Sabendo-se que não existem outras cargas elétricas presentes nas proximidades desse sistema, qual das setas mostradas na figura representa melhor o campo elétrico no ponto P, quarto vértice do losango?

a) A seta 1.

d) A seta 4.

b) A seta 2.

e) A seta 5.

c) A seta 3.

20. (Unifesp 2008) A figura representa a configuração de um campo elétrico gerado por duas partículas carregadas, A e B.

elétrico gerado por duas partículas carregadas, A e B. Assinale a alternativa que apresenta as indicações

Assinale a alternativa que apresenta as indicações corretas para as convenções gráficas que ainda não estão apresentadas nessa figura (círculos A e B) e para explicar as que já estão apresentadas (linhas cheias e tracejadas).

a) carga da partícula A: (+)

carga da partícula B: (+) linhas cheias com setas: linha de força linhas tracejadas: superfície equipotencial

b) carga da partícula A: (+)

carga da partícula B: (-) linhas cheias com setas: superfície equipotencial

linhas tracejadas: linha de força

c) carga da partícula A: (-)

carga da partícula B: (-) linhas cheias com setas: linha de força linhas tracejadas: superfície equipotencial

d) carga da partícula A: (-)

carga da partícula B: (+) linhas cheias com setas: superfície equipotencial linhas tracejadas: linha de força

e) carga da partícula A: (+)

carga da partícula B: (-) linhas cheias com setas: linha de força linhas tracejadas: superfície equipotencial

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA 21. (Pucmg 2004) Um campo elétrico é dito uniforme, quando uma

21. (Pucmg 2004) Um campo elétrico é dito

uniforme, quando uma carga de prova, nele

colocada, fica submetida a uma força, cuja intensidade é:

a) nula.

b) constante, não nula.

c) inversamente proporcional ao quadrado da

distância entre a carga de prova e as cargas que criam o campo.

d) diretamente proporcional ao valor das cargas de

prova e das que criam o campo.

22. (Ufpe 2008) A figura ilustra duas placas

não-condutoras, paralelas e infinitas, com a mesma densidade uniforme de cargas e separadas por uma distância fixa. A carga numa das placas é positiva, e na outra é negativa. Entre as placas, foi fixada uma partícula de carga negativa - Q na posição indicada na figura. Determine em qual dos pontos o módulo do campo elétrico resultante tem o maior valor.

o módulo do campo elétrico resultante tem o maior valor. a) a b) b c) c

a) a

b) b

c) c

d) d

e) e

23. (Ufrs 2004) Duas cargas elétricas, A e B, sendo A de 2 ˜C e B de -4 ˜C, encontram-se em um campo elétrico uniforme. Qual das alternativas representa corretamente as forças exercidas sobre as cargas A e B pelo campo elétrico?

exercidas sobre as cargas A e B pelo campo elétrico? 24. (Ufrs 2006) Entre 1909 e

24. (Ufrs 2006) Entre 1909 e 1916, o físico norte-americano Robert Milikan (1868-1953) realizou inúmeras repetições de seu famoso experimento da "gota de óleo", a fim de determinar o valor da carga do elétron. O experimento, levado a efeito no interior de uma câmara a vácuo, consiste em contrabalançar o peso de uma gotícula eletrizada de óleo pela aplicação de um campo elétrico uniforme, de modo que a gotícula se movimente com velocidade constante.O valor obtido por Milikan para a carga eletrônica foi de aproximadamente 1, 6 × 10-¢ª C.Suponha que, numa repetição desse experimento, uma determinada gotícula de óleo tenha um excesso de cinco elétrons, e que seu peso seja de 4, 0 × 10 -¢¦ N. Nessas circunstâncias, para que a referida gotícula se movimente com velocidade constante, a intensidade do campo elétrico aplicado deve ser de aproximadamente

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA a) 5, 0 × 10£ N/C. b) 2, 5 × 10¤

a) 5, 0 × 10£ N/C.

b) 2, 5 × 10¤ N/C.

c) 5, 0 × 10¤ N/C.

d) 2, 5 × 10¥ N/C.

e) 5, 0 × 10¥ N/C.

25. (Unesp 2004) Uma partícula de massa m, carregada com carga elétrica q e presa a um fio leve e isolante de 5 cm de comprimento, encontra-se em equilíbrio, como mostra a figura, numa região onde existe um campo elétrico uniforme de intensidade E, cuja direção, no plano da figura, é perpendicular à do campo gravitacional de intensidade g.

é perpendicular à do campo gravitacional de intensidade g. Sabendo que a partícula está afastada 3

Sabendo que a partícula está afastada 3 cm da

vertical, podemos dizer que a razão q/m é igual a

a) (5/3)g/E.

d) (3/4)g/E.

b) (4/3)g/E.

e) (3/5)g/E.

c) (5/4)g/E.

26. (Unesp 2007) Um dispositivo para medir a carga elétrica de uma gota de óleo é constituído de um capacitor polarizado no interior de um recipiente convenientemente vedado, como ilustrado na figura.

convenientemente vedado, como ilustrado na figura. A gota de óleo, com massa m, é abandonada a

A gota de óleo, com massa m, é abandonada a

partir do repouso no interior do capacitor, onde

existe um campo elétrico uniforme E. Sob ação da gravidade e do campo elétrico, a gota inicia um movimento de queda com aceleração 0,2 g, onde g

é a aceleração da gravidade. O valor absoluto

(módulo) da carga pode ser calculado através da expressão

a) Q = 0,8 mg/E.

b) Q = 1,2 E/mg.

c) Q = 1,2 m/gE.

d) Q = 1,2 mg/E.

e) Q = 0,8 E/mg.

CAMPO ELÉTRICO PROF. BIGA

CAMPO ELÉTRICO – PROF. BIGA GABARITO Sentido: de afastamento da origem, a partir do ponto A.

GABARITO

Sentido: de afastamento da origem, a partir do ponto A.

1. As componentes ao longo da direção perpendicular se cancelam, pois os campos formam

5.

a) Q = 2mg/E

o mesmo ângulo com a linha tracejada. Portanto o

b)

T = [(4K m£ g£)/(E£a£)] + mg

campo resultante é NULO

6.

a) š = 60°

2.

a) horizontal, no sentido positivo de x, com

b)

E = 0,75K/(Qh)

módulo kq£/2.

 

7.

q/m = (g . d)/(E . h)

b) kq/2 ; na direção horizontal no sentido negativo

do eixo x.

08. [B]

09. [C]

c)

0,8285m

10. [B]

 

11. [D]

3.

Q/Q' = Ë3/3.

12. [A]

 

13. [B]

4.

Como as distâncias do ponto A a cada uma das

14. [B]

cargas q e q‚ são iguais, e q = 2q‚ , podemos concluir que |E•| = 2|E‚|. Utilizando a Lei de Coulomb, temos |E‚| = (kq‚)/d‚£ = (9,0 × 10ª × 1,0 × 10­§)/(1 × 10­£)£ =

9 × 10¨ N/C e |E•| = 18 × 10¨ N/C

Utilizando a regra do paralelogramo, obtemos:

|EÛ| = 9Ë5 × 10¨ N/C

Direção: tg‘ = |E‚|/|E| = 1/2, onde ‘ é o ângulo trigonométrico que EÛ faz com o eixo 0x.

15. [C]

16. 95

17. 2 + 4 = 6

18. [C]

19. [B]

20. [E]

21. [B]

22. [D]

23. [B]

24. [C]

25. [D]

26. [A]