Вы находитесь на странице: 1из 1

A utilidade da Filosofia se faz presente quando, com e para com ela abandonamos as crenas e os valores pr-concebidos.

Ela se faz til quando atravs dela exercemos nossa capacidade de ser livre. eticismo (AO 1945: Cepticismo) (derivado do verbo grego s??pt?a?, transl. skptomai , "olhar distncia", "examinar", "observar") a doutrina que afirma que no se pode obter nenhuma certez a a respeito da verdade, o que implica uma condio intelectual de questionamento permanente e na inadmisso da existncia de fenmenos metafsicos, religiosos e dogmas. O termo originou-se a partir do nome comumente dado a uma corrente filosfica originada na Grcia Antiga. Dogmatismo um termo usado pela filosofia e pela religio. Dogmatismo toda doutrina que afirma a capacidade do

homem de atingir a verdade absoluta e indiscutvel. Na religio, corresponde ao conj unto de dogmas e na filosofia o pensamento contrrio corrente do ceticismo que contesta a possibilidade de conhe cimento total da verdade. uma espcie de fundamentalismo intelectual onde expressa verdades que no so sujeitas a reviso ou crtica.

Em sentido amplo e diversificado, cincia (do latim scientia, traduzido por "conhe cimento") refere-se a qualquer conhecimento ou prtica sistemticos. Em sentido estrito, cincia refere-se ao sistema de adquirir conhecimento baseado no mtodo cientfico be m como ao corpo organizado de conhecimento conseguido atravs de tais pesquisas[Ref. 1]. Quando ns explicamos o mundo atravs de deus ou no caso dos gregos, dos deuses, ns u samos o pensamento mtico. Mas, foi na prpria Grcia Antiga que comeou a surgir um novo tipo de pensamento, o pensamento racional. Esta nova forma de pensar exigia que observssemos tudo a nossa volta e pensssemos, nos perguntssemos sobre o que vamos: por exemplo, como surgiu a primeira vida? O S ol gira ao redor da Terra, ser que no o contrrio? A Terra fica parada o tempo todo? Por que chove?