You are on page 1of 18

DCEEng Departamento das Ciências Exatas e Engenharias Física I 2º/2013

Algarismos Significativos (AS)

A precisão de uma medida depende do instrumento utilizado em sua medição, e a leitura desses números no instrumento de medida, são chamados de algarismos significativos. Os algarismos significativos são divididos em:

Algarismos corretos (exatos) Algarismo duvidoso: o último algarismo

Exemplos

1)

A medida 143,25 cm:

Notação Científica: 1,4325. 10 2 . Nº. de Algarismos Significativos: cinco (1, 4, 3,2 e 5)

Algarismos corretos: 1, 4,3 e 2 Algarismo duvidoso: 5

2)

A medida 12345,0 cm:

Notação Científica: 1,23450. 10 3 . Nº. de Algarismos Significativos: seis (1, 2, 3, 4,5 e 0)

Algarismos corretos: 1,2,3,4 e 5 Algarismo duvidoso: 0 O zero(0) após a vírgula é significativo.

3)

A medida 0,00014 cm:

Notação Científica: 1,4. 10 -4 . Nº. de Algarismos Significativos: dois (1 e 4) Algarismos corretos: 1 Algarismo duvidoso: 4 Os zeros (0) à esquerda do algarismo 1 não são significativos.

4)

A medida 32500 cm: Considere 3 AS

Notação Científica: 3,25. 10 4 . Nº. de Algarismos Significativos: três (3,2 e 5) Algarismos corretos :3 e 2 Algarismo duvidoso :5

a)

Todos os algarismos diferentes de zero são significativos.

 

b)

Os Zeros entre algarismos diferentes de zero são significativos.

c)

Todos os zeros à direita da vírgula decimal são significativos. (porém, usando notação científica, os

zeros à direita somem da representação).

 

EXERCÍCIOS

 

01) Indique o número de algarismos significativos de cada número abaixo:

 

a)

12,00

b) 0,3300

c) 0,0015

d) 2,23. 10 9

e) 2008

02) As medidas indicadas abaixo estão corretamente em algarismo significativos.

a)

473 m

b) 0,0705 cm

c) 37 mm

d) 37,0 mm

Escreva-as em notação científica e indique os algarismos corretos e o primeiro duvidoso, em cada

medida.

03) O intervalo de tempo de um ano corresponde a quantos segundos? Dê sua resposta em notação científica e com dois algarismos significativos.

04) (PUC-SP) O número de algarismo significativos de 0,00000000008065 cm é:

a)

3

b) 4

c) 11

d) 14

e) 15

05) (Cefet-PE) A medição do comprimento de um lápis foi realizada por um aluno usando uma régua graduada em mm. Das alternativas apresentadas,aquela que expressa corretamente a medida obtida é:

a)

15 cm

b) 150 mm

 

c) 15,00 cm

d) 15,0 cm

e) 150,00 cm

Respostas:

 

01) a) 4

 

b) 4

c) 2

d) 3

e) 4

02) a) 4,73. 10 2 m corretos 4 e 7 duvidoso 3

b) 7,05.10 -2 cm corretos 7 e 0 duvidoso 5

c)

3,7.10 mm correto 3 duvidoso 7

 

d) 3,70.10mm corretos 3 e 7 duvidoso 0

03) 3,2.10 7

 

04) 4

05) C

Arredondamento

 

a)

Se o algarismo a ser arredondado formenor que 5.

 
 

Conservamos o algarismo.

 

Exemplo: 1,44 = 1,4

 

b)

Se o algarismo a ser arredondado for maior que 5. Acrescentamos uma unidade no algarismo anterior.

 
 

Exemplo: 1,47 = 1,5

 

c)

Se o algarismo final é igual a 5. Consulte que critério o Professor

 

Operações com Algarismos Significativos

Adição e Subtração O resultado da adição e subtração será com o menor número de casas decimais. (pergunta de ignorante no assunto: e se os valores não tiverem casas decimais?)

Exemplos:

  • a) S = 124,57 m + 12,4 m + 3,37 m = 140,34 m = 140,3 m(arredondamento)

Observe: 12,4 m tem 1 casa decimal (mais pobre em AS), portanto a resposta será com 1 casa decimal.

  • b) D = 12,346 m - 3,24 m = 9,106 m = 9,11 m (arredondamento)

Observe: 3,24 m têm 2 casas decimais (mais pobre em AS), portanto a resposta será com 2 casas decimais.

Multiplicação e Divisão

O resultado de uma multiplicação e divisão será com menor número de algarismos significativos. (ou, a quantidade de algarismos significativos do resultado será igual à daquele número que tiver a menor quantidade de A.S.).

Exemplos:

  • a) M = 3,21 m x 4,3 m = 13,803 m² = 1,4. 10 1 m².

Observe: 3,21 m têm 3 AS 4,3 m tem 2 AS Portanto, a resposta com 2 AS

  • b) Q = 3,21 m / 4,3 s = 0,746511627 m/s = 7,5. 10 -1 m².

Observe: 3,21 m têm 3 AS 4,3 m tem 2 AS Portanto a resposta com 2 AS

EXERCÍCIOS

06) Efetue as operações indicadas abaixo. Os números estão expressos corretamente em algarismos significativos. Dê a resposta em m. 3,020 m + 0,0012 km + 320 cm

07) Efetue as operações indicadas abaixo. Os números estão expressos corretamente em algarismos significativos. Dê a resposta em m². 4,33 m x 50,2 cm

08) (UFU-MG)Uma lata contém 18,2 litros de água. Se você despejar mais 0,2360 litros, o volume terá o número de algarismos significativos igual a:

a) dois.

b) três.

c) quatro

d) cinco

e) seis

09) (Cesgranrio-RJ) Um estudante, tendo medido o corredor de sua casa, encontrou os seguintes valores: Comprimento: 5,7 m Largura: 1,25 m Desejando determinar a área deste corredor com a maior precisão possível, o estudante multiplica os

dois valores anteriores e registra o resultado com o número correto de algarismos, isto é, somente com os algarismos que sejam significativos. Assim fazendo, ele deve escrever:

a) 7,125 m 2.

b) 7,12 m 2 .

c) 7,13 m 2 .

d) 7,1 m 2 .

e) 7 m 2 .

10) (Unifesp-SP) Na medida de temperatura de uma pessoa por meio de um termômetro clínico,

observou-se que o nível de mercúrio estacionou na região entre 38 ºC e 39 ºC da escala, como está ilustrado na figura. Após a leitura da temperatura, o médico necessita do valor transformado para uma nova escala, definida por t x = 2t c /3 e em unidades ºX, onde t c é a temperatura na escala Celsius. Lembrando de seus conhecimentos sobre algarismos significativos, ele conclui que o valor mais apropriado para a temperatura t x é:

a) 25,7 ºX. b) 25,7667 ºX. c) 25,766 ºX. d) 25,77 ºX. e) 26 ºX. Respostas:
a)
25,7 ºX.
b) 25,7667 ºX.
c) 25,766 ºX.
d)
25,77 ºX.
e) 26 ºX.
Respostas:
06) 7,4 m
07) 2,17 m²
08) b
09) d
10) d

UNIDADES DE MEDIDAS

SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES

Unidades no SI (Mecânica)

Grandeza

Nome

Símbolo

Comprimento

metro

m

Área

metro quadrado

Volume

metro cúbico

tempo

segundo

s

frequência

hertz

Hz

velocidade

metro por segundo

m/s

aceleração

metro por segundo por segundo

m/s²

massa

quilograma

kg

quantidade de matéria

mol

Mol

força

newton

N

pressão

pascal

Pa

trabalho, energia, quantidade de calor

Joule

J

potência, fluxo de energia

watt

W

Alguns prefixos das unidades SI

Nome

Símbolo

Representação

peta

P

10

15

Teráa

T

10

12

giga

G

10

9

mega

M

10

6

quilo

k

10

3

hecto

h

10

2

Deca

da

10

deci

d

10

-1

Centi

c

10

-2

mili

m

10

-3

micro

10

-6

nano

n

10

-9

Unidade de comprimento (metro)

A definição do metro, dada em 1889, baseada no protótipo internacional deliga metálica de platina-irídio, foi substituída na 11ª CGPM (1960) por outradefinição baseada no comprimento de onda de uma radiação do criptônio 86.Esta mudança teve a finalidade de aumentar a exatidão da realização da definiçãodo metro, realização esta conseguida com um interferômetro e um miscroscópiodeslizante para medir a diferença do caminho óptico à medida que as franjaseram contadas. Por sua vez, esta definição foi substituída em 1983 pela 17ªCGPM (1983, Resolução 1; CR 97 e Metrologia, 1984, 20, 25) pela definição atualseguinte:

O metro é o comprimento do trajeto percorrido pela luz no vácuo durante um intervalo de tempo de 1/299 792 458 de segundo.”

Essa definição tem o efeito de fixar a velocidade da luz no vácuo em 299 792458 metros por segundo exatamente, c = 299 792 458 m/s .O protótipo internacional original do metro, que foi sancionado pela 1ª CGPMem 1889 (CR, 34-38), ainda é conservado no BIPM nas mesmas condições queforam especificadas em 1889.

Unidade de comprimento (metro) A definição do metro, dada em 1889, baseada no protótipo internacional deliga

Unidade de massa (kilograma)

O protótipo internacional do kilograma, um artefato feito especialmente deliga metálica de platina-irídio, é conservado no BIPM nas condições especificadaspela 1ª CGPM em 1889 (CR, 34-38) que sancionou o protótipo e declarou:Este protótipo será considerado doravante como a unidade de massa.A 3ª CGPM (1901; CR,70), numa declaração para acabar com a ambiguidadeexistente no uso

corrente da palavra “peso”, confirmou que:

“O kilograma é a unidade de massa; ele é igual à massa do protótipo internacional do kilograma.”

Conclui-se que a massa do protótipo internacional é sempre igual a 1kilograma exatamente, m (K ) = 1 kg. Entretanto, em virtude do acúmulo inevitável decontaminantes nas superfícies, o protótipo

internacional sofre uma contaminaçãoreversível da superfície de, aproximadamente, 1 μg em massa, por

ano. Por isso,o CIPM declarou que, até futuras pesquisas, a massa de referência do protótipointernacional é aquela que se segue imediatamente à lavagem e limpeza segundoum método específico (PV, 1989, 57, 104-105 e PV, 1990, 58, 95-97). A massade referência é, então, definida e

utilizada para calibrar os padrões nacionais deplatina e irídio (Metrologia, 1994, 31, 317-336).

Unidade de tempo (segundo)

A unidade de tempo, o segundo, foi originalmente definida como a fração1/86 400 do dia solar médio. A definição exata do “dia solar médio” foi deixadaaos cuidados dos astrônomos. Porém as medições mostraram que as irregularidadesna rotação da Terra tornaram esta definição insatisfatória. Para conferir maiorexatidão à definição da unidade de tempo, a 11ª CGPM (1960, Resolução 9; CR86) adotou uma definição fornecida pela União Astronômica Internacional com base no ano tropical 1900.

No entanto, a pesquisa experimental já tinhademonstrado que um padrão atômico de intervalo de tempo, baseado numatransição entre dois níveis de energia de um átomo, ou de uma molécula, poderiaser realizado e reproduzido com exatidão muito superior. Considerando que uma definição de alta exatidão para a unidade de tempo do Sistema Internacional éindispensável para a ciência e a tecnologia, a 13ª CGPM (1967/68, Resolução 1;CR 103 e Metrologia, 1968, 4, 43) substituiu a definição do segundo pela seguinte:

“O segundo é a duração de 9 192 631 770 períodos da radiação correspondente à transição entre os dois níveis hiperfinos do estado fundamental do átomo de césio 133. “

Conclui-se que a frequência de transição hiperfina do estado fundamental do átomode césio 133 é exatamente igual a 9 192 631 770 hertz, n(hfsCs) = 9 192 631 770 Hz.Na sessão de 1997, o CIPM confirmou que:Essa definição se refere a um átomo de césio em repouso, a uma temperatura de 0 K.Essa nota tinha por objetivo esclarecer que a definição do segundo do SI estábaseada num átomo de césio sem perturbação pela radiação de corpo negro, istoé, num meio mantido a uma temperatura termodinâmica de 0 K. As frequênciasde todos os padrões primários de frequência devem, então, ser corrigidas paralevar em consideração a mudança devido à radiação ambiente, como estabelecidona reunião do Comitê Consultivo para Tempo e Frequência, em 1999.

01) Transforme- Comprimento

EXERCÍCIOS

a)

2,5 km=

 

m

 

b) 0,5 m =

cm

c)

4,5 km =

mm

d) 0,20m =

dm

e)

10 mm =

cm

f) 30 cm =

m

g)

1 km =

 

cm

h) 6000 cm =

m

i)

4 m =

 

cm

j) 120 m =

km

02) Transforme- Tempo

 

a)

15 min.=

h

 

b) 30 min.=

h

c)

45 min =

h

d) 2,5 min =

s

e)

0,5 h =

 

s

f) 1 dia =

min

g)

30 s =

min

h) 18 s =

min

i)

1,2 h =

min

j) 1 mês =

h

03) Efetue

 

a)

2 h

45 min

 

- 1 h

50 min

45 s

 

b)

3 h

 

-1 h

30 min

20 s

04) Faça a leitura

 
 

1,3 h

1,3 h
 

05) Transforme-Massa

 

a)

2 kg =

 

g

b)

500 g =

kg

c)

2,5 ton =

g

d)

1 g =

kg

e)

3 mg =

kg

06) Transforme Velocidade

Para transformarmos as unidades de velocidade devemos transformar ao mesmo tempo a unidade de comprimento no numerador e o tempo no denominador e dividirmos.

a)

c)

e)

g)

i)

36 km/h =

20 m/s =

90 km/h =

0,1 km/s =

45 m/ min =

m/s

km/h

m/s

m/s

cm/s

07) Transforme para o SI

a)

d)

65 km =

50 cm =

g)

j)

m)

p)

s)

v)

y)

bb)

400 cm/s =

144 km/h =

600 m/min =

1 mês=

750 mm/s 2 =

120 dm 2 =

200 dm 3 = 2000 mg =

b)

d)

f)

h)

j)

250 cm/s = 30 m/s = 108 km/h = 1800 m/h = 7,2 km/min =

b)

e)

0,6 min =

0,25 h =

h)

k)

n)

q)

t)

x)

z)

cc)

720 m/h =

1 h =

120 km/min =

3600 m/h =

14400 m/h 2 =

1 km 3 =

1

= 2,5 dias =

08) Quantas horas, minutos e segundos há em:

a)

21,86 h?

b)

15,25 min?

m/s

km/h

m/s

m/s

m/s

c)

f)

i)

l)

o)

r)

u)

w)

100 g = 500 mm =

980 cm / s 2 = 25 mm/s 300 m/min = 120 cm/ min= 25 cm 2 = 12 mm 3 =

aa)

dd)

0,25 ton = 4500 m

=

09) São 16 h 20 min 13 s. Quanto tempo falta para as dez horas da noite (22 h 00 min 00 s) do mesmo dia?

10) Quantas pessoas formam uma fila de 288 m de comprimento, se casa uma ocupa, em média, 60 cm?

11) Uma máquina produz 10 cm de fita magnética por segundo. Então, no mesmo ritmo de produção, quantos quilômetros de fita são produzidos em 1 h 20 min 30 s?

12) Um estudante queria conhecer a espessura de uma folha de papel sulfite.Para tanto, pegou um bloco com 250 folhas e mediu a espessura total.Resultado: 2,60 cm. Qual é a espessura média de cada folha, em milímetros?

13) (FUVEST-SP) Uma estrela emite radiação que percorre a distância de 1 bilhão de anos-luz até chegar à Terra a ser captada por um telescópio.Isto quer dizer que:

  • a) A estrela está a 1 bilhão de km da Terra.\

  • b) Daqui a 1 bilhão de anos, a radiação da estrela não será mais observada na Terra.

  • c) A radiação recebida hoje na Terra foi emitida há 1 bilhão de anos.

  • d) Hoje, a estrela está a 1 bilhão de anos-luz da Terra.

  • e) Quando a radiação foi emitida pela estrela, ela tinha a idade de 1 bilhão de anos.

14) (FCMSC-SP) Em qual das opções abaixo se colocam corretamente, em ordem decrescente, as unidades de comprimentos apresentadas?

  • a) km, m, μm, mm, cm

  • c) m, km, mm, μm,cm

  • e) mm, μm, km, m, cm

b) km, m, mm, μm,cm

d) km, m, cm, mm, μm

15) No bairro do Bixiga, em São Paulo, há uma curiosa corrida chamada de MARATOMA, inventada pela Sociedade Etílica Cães Vadios. Nela, os corredores são obrigados, pelo regulamento, a tomarem, no mínimo, um copo de chope a cada 300 m após a partida, um percurso total de 2,5 km. Qual o numero de copos de chope tomados por um corredor que completa o percurso?

a)

6

b) 8

c) 9

d) 10

e) 12

16) (FCMSC-SP) Uma estrada mede 425 km de comprimento. Qual é o seu comprimento em metros?

a)

4,25. 10 2

b) 4,25. 10 3

c) 4,25. 10 4

d) 4,25. 10 5

e) 4,25. 10 6

17) (UFRJ) Numa fila de banco há 300 pessoas. O guarda autoriza a entrar no banco, durante 10 segundos, 30 pessoas. Para nova autorização há a espera de 20 minutos. Levando-se em consideração serem sempre constantes os intervalos mencionados, as 300 pessoas da fila serão atendidas, aproximadamente, em:

a)

201 min

b) 191 min

c) 181 min

d) 171 min

e) 161 min

Respostas 03) a) 54 min 15 s

b) 1 h 29 min 40 s

 

04) 1 h 18 min ou 1 h e 3 décimos de hora.

08) a) 21 h 51 min 36 s 09) 5 h 39 min 47 s 10) 480 pessoas

b) 15 min 15 s

11) 0,483 km 12) 0,104 mm

 

13) C

14) D

15) B

16) D

17) C

NOTAÇÃO CIENTÍFICA

 

Representamos a notação cientifica de um número por meio de um produto do formato:

a) 6 b) 8 c) 9 d) 10 e) 12 16) (FCMSC-SP) Uma estrada mede 425
 

Utilidade: facilita a representação de números muito pequenos ou muito grandes.

 

Para escrevermos em notação científica à esquerda da vírgula terá um algarismo e diferente de zero. O expoente será o numero de algarismos que a vírgula se desloca. (para esquerda o expoente é positivo, para direita o expoente é negativo)

Exemplos

 

Escreva em notação científica os números:

 

a)

25000

Resolução:

 

25000 = 2,5000.10 4 = 2,5. 10 4 (deslocamos a vírgula 4 casas à esquerda)

 

b)

0, 0000123

Resolução 000001,23.10 -5 = 1,23. 10 -5 (deslocamos a vírgula 5 casas à direita)

Observação: quando o número apresentar o final zero, é comum designar a quantidade de algarismos significativos (AS).

b) 3500 (3AS) = 3,50. 10³

Exercícios Escreva em notação científica 01) 2000 (2AS)= 04) 0,000050(2AS) = 07) 0,00000108 = 10) 0,008. 10 -2 =

02) 0,04 = 05) 1,25 = 08) 0,000065 =

03) 1200000 (4AS) = 06) 290.10 8 = 09) 0,001072 =

Respostas 01) 2,0 . 10 3 05) 1,25 09) 1,072 . 10 -3

02) 4,0 . 10 -2 06) 2,90 . 10 10 10) 8,0 . 10 -5

03) 1,200 . 10 6 07) 1,08 . 10 -6

 

04) 5,0 . 10 -5 08) 6,5 . 10 -5

Ordem de Grandeza (OG)

 

Ordem de grandeza de uma medida é uma estimativa de potência de base 10 mais próxima de uma determinada medida.Não há necessidade de saber seu valor exato, portanto a resposta será da forma:

 

10 -3 , 10 -2 , 10 -1 , 10 0 , 10, 10 2 , 10 3 ,10 4 ......

 

Exemplos: Dê a Ordem de Grandeza das seguintes medidas.

 

a)

284,2 cm

b)

89,4 cm

Procedimento:

1-

Escrever em Notação Científica

 

2-

Verificar o algarismo à esquerda da vírgula

 

3-

O critério adotado para arredondamento e o seguinte

 

4-

Se o algarismo à esquerda da vírgula for menor que 5 conserva o expoente de base 10.

5-

Se o algarismo à esquerda da vírgula formaior que 5 adicione 1 no expoente de base

10.

Resolução:

 

a) 284,2 cm = 2,842. 10 2 cm

observe

(2<5)

portanto

OG = 10 2 .

b) 89, 4 cm = 8, 95. 10 1 cm

observe (8>5)

portanto

OG = 10 1+1 = 10 2 .

EXERCÍCIOS

01) (UFPE) Em um hotel com 500 apartamentos, o consumo médio de água por apartamento é de cerca de 170 litros por dia. Qual a ordem de grandeza do volume que deve ter o reservatório do hotel, em metros cúbicos, para abastecer todos os apartamentos durante um dia de falta de água?

a)

10 1 .

b) 10 2 .

c) 10 3 .

d) 10 4 .

e) 10 5 .

02) (Fuvest-SP) Qual é a ordem de grandeza do número de voltas dadas pela roda de um automóvel ao percorrer uma estrada de 200 km?

a) 10 2 .

b) 10 3 .

c) 10 5 .

d) 10 10 .

e) 10 9 .

03) (Cesgranrio-RJ) Um recipiente cúbico tem 3,000 m de aresta, n é o número máximo de cubos, de 3,01 mm de aresta, que cabem no recipiente.A ordem de grandeza de n é

a)

10 6 .

b) 10 7 .

c) 10 8 .

d) 10 9 .

e) 10 10 .

04) (UFU-MG) A ordem de grandeza em segundos, em um período correspondente a um mês, é:

a)

10.

b) 10 3 .

05) (Unirio-RJ)

c) 10 6 .

d) 10 9 .

e) 10

12.

.

"Um dia eu vi uma moça nuinha no banho Fiquei parado o coração batendo Ela se riu

Foi o meu primeiro alumbramento.”

(Manuel Bandeira) A ordem de grandeza do número de batidas que o coração humano dá em um minuto de alumbramento como este é:

a)

10 1.

b) 10 2.

c) 10 0 .

d) 10 3 .

e) 10 4 .

06) (UF Juiz de Fora-MG) Supondo-se que um grão de feijão ocupe o espaço equivalente a um

paralelepípedo de arestas 0,5 cm . 0,5 cm. 1,0 cm, qual das alternativas abaixo melhor estima à ordem de grandeza do número de feijões contido no volume de um litro?

a)

10.

b) 10 2.

c) 10 3.

d) 10 4.

e) 10 5.

07) (Cesgranrio-RJ) O fumo é comprovadamente um vício prejudicial à saúde. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, um fumante médio, ou seja, aquele que consome cerca de 10 cigarros por dia, ao chegar à meia-idade terá problemas cardiovasculares. A ordem de grandeza do número de cigarros consumidos por este fumante durante 30 anos é de:

a)

10 2 .

b) 10 3 .

c)10 4 .

d) 10 5 .

e) 10 6 .

08) (UFRRJ-RJ) O censo populacional realizado em 1970 constatou que a população do Brasil era de 90

milhões de habitantes. Hoje, o censo estima uma população de 150 milhões de habitantes. A ordem de grandeza que melhor expressa o aumento populacional é:

a)

10 6.

b) 10 7 .

c) 10 8 .

d) 10 9 .

e) 10 10.

09) (FASP-SP) Uma partida normal de futebol é disputada em 90 min.O estádio do Morumbi, em São Paulo, já recebeu cerca de 30 milhões de torcedores desde sua abertura, em 1960.A media de torcedores por partida é de aproximadamente 28 mil.Então, qual é a ordem de grandeza do total de minutos de futebol já jogados no Morumbi?

10) (UFPE) Em um hotel com 200 apartamentos, o consumo médio de água por apartamento é de 100 litros por dia. Qual a ordem de grandeza do volume que deve ter o reservatório do hotel, em metros cúbicos, para abastecer todos os apartamentos durante um dia? (lembrete 1 metro cúbico = 1000 litros)

Respostas:

01) b

02) c

03) d

04) c

05) b 09) 10 5

06) d 10) 10 1

07) d

08) c

ANÁLISE DIMENSIONAL

Em Física todas as grandezas podem ser expressas em função das fundamentais, representadas dimensionalmente por meio de símbolos de dimensões. A seguir, estão relacionados os símbolos dimensionais das grandezas físicas fundamentais ou primitivas do S.I.

 

L

=

[comprimento]

T

=

[tempo]

M

=

[massa]

I

=

[intensidade de corrente elétrica]

N

=

[quantidade de matéria]

I O

=

[intensidade luminosa]

OBS.:

a) O símbolo dimensional de um número real é 1 (um); b) O símbolo dimensional do ângulo plano é 1 (um).

EQUAÇÃO DIMENSIONAL

Toda grandeza física pode ser expressa, matematicamente, em função de outras grandezas físicas, através da equação dimensional. É comum que se adote as grandezas fundamentais do S.I. para se escreverem as equações dimensionais. Assim, uma grandeza mecânica (X), que depende da massa, do comprimento e do tempo, tem sua equação dimensional escrita da seguinte forma.

[X] = M a . L b . T c

OBS.: a, b, c representam dimensões das grandeza

EXEMPLO: Determine a fórmula ou equação dimensional da velocidade escalar linear. (os símbolos dimensionais fundamentais do S.I.)

RESOLUÇÃO:

 

[

S

]

L

[V] =

[

t

]

=

T

EXERCÍCIOS.

 

V =

S

t

[V] = L. T -1

Utilizando-se dos símbolos dimensionais das grandezas fundamentais do S.I., determine as fórmulas dimensionais

1)

2)

3)

4)

5)

6)

7)

8)

9)

V

aceleração escalar linear ( a = força ( F = m.a)

energia cinética ( E c =

trabalho (

F.d)

m.v²

2

)

t

)

quantidade de movimento ( Q = m.v)

F

pressão (p =

área

( A =

A

) b. h )

volume ( V = A b . h)

F

constante elástica (K =

x

)

10) quantidade de carga (q = i.t)

HOMOGENEIDADE DIMENSIONAL

Uma equação que traduz uma lei física é homogênea. Neste caso as parcelas constituem os dois membros da igualdade apresentam os mesmos símbolos dimensionais, tendo respectivamente as mesmas dimensões.

EXEMPLO: Verifique se há homogeneidade na equação definida da energia potencial gravitacional. (E P = m.g.h)

RESOLUÇÃO:

1º membro [E P ] = M. L 2 . T -2 2º membro [mgh] = M. L. T -2 = M. L 2 . T -2

Fica assim demonstrada a homogeneidade dimensional de uma equação.

OBS.: A homogeneidade de uma equação é critério de verificação de sua validade, ou seja, é uma condição necessária, mas não suficiente para que uma equação seja correta.

EXERCÍCIOS. Verifique se há homogeneidade nas equações abaixo:

1)

2)

3)

4)

5)

S = S 0 + v.t F = m.a E = m.c²

a.t²

S = S 0 + v 0 .t + V² = V 0 ² + 2. a. t

2

TEOREMA DE BRIDGMAN

Se, empiricamente, for constatado que uma determinada grandeza física X depende das

grandezas A, B, C,

....

,

independente entre si, então X pode ser expressa da seguinte forma:

X = cte. A a .B b .C c ...

cte. = fator puramente numérico, cujo valor é determinado mediante experiências.

EXEMPLO:

Numa experiência, verifica-se que o período (T) de oscilação de um sistema corpo-mola depende somente da massa (m) do corpo e da constante elástica (K) da mola. Então, pelo Teorema de Bridgman:

T = cte. m a .k b

Para se determinar a fórmula do período, aplica-se a análise dimensional:

[T] = [cte]. [m] a . [k] b

T = l. M a . (MT - ²) b

T = l. M a + b. T 2b

temos;

a

b

.

T

2

b

0  

a

 

b

1

 

2 b

 

1

1

 

.

cte m

.

2

.

k

2

M

0

.

T

1

M

Portanto:

T  cte m . m T  cte k ou EXERCÍCIOS
T  cte m
.
m
T  cte
k
ou
EXERCÍCIOS

a

. k

b

cte = 2

b

  

  • 1 1

2

;

a

2

01) A força centrípeta depende da massa (m), da velocidade escalar (v) do objeto e do raio (R) da órbita do movimento. Determinar a equação de definição da mesma. Fc = f(m, R, v)

02) Sabe-se que o período de um pêndulo simples pode depender de seu comprimento (), da massa (m) e da aceleração da gravidade (g) local. Determine a equação que relaciona as grandezas citadas, baseando-se em considerações dimensionais.

T = f (,m, g)

03) Estudando um determinado fenômeno físico, um pesquisador conclui que a velocidade do objeto em estudo depende de certa força (F), de certa massa (m) e de certo comprimento (). Através da análise dimensional das grandezas citadas, determine uma possível expressão monômica para v = f(F, m, ).

04) Sabe-se que a velocidade de propagação de uma onda deve ser função da densidade (d) do meio, do módulo de Young ( E = força/ área) e da freqüência (f) do movimento ondulatório. Deduza, através da análise dimensional, a função. V = f (d, E, f)

05) Um objeto esférico, de raio R, move-se com velocidadev,através de um fluido de viscosidade h.

Sabe-se que a força de atrito viscoso Fv depende de dimensão.

v,h,

[h] = M.L

1

. T

1

e

R.

  • a) Qual é a dimensão [F] da grandeza força?

O coeficiente de viscosidade h

tem

  • b) Utilize a análise dimensional para determinar a relação entre a força viscosa Fv e as variáveis R, h e

v.

06) Em que unidade deverá ser medida, no SI, a grandeza k para que P seja medida em watts?

k L m v

.

.

.

P =

T

4

Sendo v = velocidade, m = massa, L = comprimento e T = tempo.

07) Se as grandezas fundamentais são comprimento, massa e tempo, a grandeza mecânica X tem fórmula dimensional da forma: [X] = Lª.M b .T c . Então, assinale o conjunto incorreto.

X

a

b

c

a) aceleração

1

0

-2

b) força

1

1

-2

c) trabalho

2

1

-2

d) potência

2

1

-3

e) n.d.a

08) Qual das seguintes expressões é a fórmula dimensional da intensidade de força?

a)

L

1

M¹ T¹

b) Lº M¹ T¹

c) L¹ Mº T¹

d) L¹ M¹ T -2

e) L² M¹ Tº

09) Quais são as dimensões da constante da gravidade universal G em função das grandezas fundamentais do SI?

a)

M -1 L 3 T -2

b)

M -1 L 3 T 2

c)

MLT 2

d)

ML -1 T -2

e)

n.d.a.

10) Na expressão , X representa um distância ; v, uma velocidade; a. uma aceleração e k uma constante adimensional:

v

n

X = k

a

Qual deve ser o valor do expoente n para que a expressão seja fisicamente correta?

a)

1/3

b)

½

c)

1

d)

2

e)

3

11)

Se watt

e joule não tivessem sido adotados com

nomes das

unidades

do

SI,

de potência e

de

trabalho, a unidade de potência poderia ser escrita do seguinte modo:

a)

Kg.m.s -2

b)

N.m.s -2

c)

N.m.s -1

d)

Kg.m -1

e) N.m -2 :s -2

12)

(Unirio-RJ)

Para

o

movimento

de

um

corpo

sólido

em

contato

com

o

ar foi verificado

experimentalmente que a intensidade da força de resistência F, é determinada pela expressão F r = k . v²,

na qual v é o módulo da velocidade do corpo em relação ao ar, e k, uma constante. A unidade de k, no Sistema Internacional (SI) é dada por:

a)

kg . m -1

b) kg . m

c) kg .m . s -1

d) kg . m

-1 . s -2

e) kg .m² . s

-2

13) (Mack - SP) Na equação dimensional homogênea x = a.t²

-

b.t³,

em que x tem a dimensão de

comprimento (L) e t tem(T), as dimensões a e b são, respectivamente:

a)

LTe LT -1

b) L²T³ e L -2 T -3

c) LT -2 e L -3

d) L -2 e T -3

e) L² T³ e LT -3

14) (ITA-SP) Os valores de x, y e z para que a equação: (força) x (massa) x = (volume) (energia) z seja dimensionalmente correta são, respectivamente:

a)

(-3, 0, 3)

b)

(-3, 0, -3)

c)

(3, -1, -3)

d)

(1, 2, -1)

e)

(1, 0, 1)

15) (Fuvest-SP) Um estudante está prestando vestibular e não se lembra da fórmula correta que relaciona o módulo V da velocidade de propagação do som, com a pressão P e a massa específica

(kg/m³), num gás. No entanto, ele se recorda de que a fórmula é do tipo v =

C

P

, onde C é uma

constante adimensional . Analisando as dimensões (unidades) das diferentes grandezas físicas, ele

conclui que os valores corretos dos expoentes e são:

a)

c)

e)

e 

e 

e 

b)

d)

e 

e 

RESPOSTAS

01) Fcp =

mv²

R

05) a) F= MLT -2

02) T = cte

 g
g

, b) Fv = cte. Rhv

06) s²

12) A

07) E

13) C

08) D

14) B

09) A

15) C

03) v = cte

F m
F
m

10) D

11) C

04) v = cte

E d
E
d

OPERAÇÕES NA POTÊNCIA DE BASE DEZ

ADIÇÃO Para adicionarmos devemos observar o expoente (precisa ser igual) (termos semelhantes).

S = A.10 n + B.10 n = (A+B). 10 n

Exemplo: 4.10³ + 3.10³ =(4+3).10³) = 7.10³

DIFERENÇA Para subtrairmos devemos observar o expoente (precisa ser igual) (termos semelhantes).

D = A.10 n - B. 10 n = (A - B). 10 n

Exemplo: 5.10³ - 3.10³ = (5- 3.10³) = 2.10³

Para a adição e diferença com expoentes diferentes, antes de efetuar a operação devemos igualar os expoentes.

Exemplos:

1) S= 4.10 19 +3.10 20

Resolução a:

S= 4.10 19 +3.10 20 = 0,4. 10 19+1 + 3.10 20 (0,4é compensado com +1 no expoente).

S= 0,4. 10 20 + 3.10 20 =(0,4 + 3).10 20 = 3,4. 10 20

Resolução b:

S= 4.10 19 +3.10 20 = 4. 10 19 + 30.10 20-1 (30é compensado com -1 no expoente).

S= 4. 10 19 + 30.10 19 = (4 + 30). 10 19 = 34. 10 19

2) S = 5.10 -14 + 3.10 -15

Resolução a:

S=5.10 -14 + 3.10 -15 = 50.10 -14 -1 + 3.10 -15 (50é compensado com -1 no expoente).

S = 50.10 -15 + 3.10 -15 =(50 + 3). 10 -15 = 53.10 -15

Resolução b:

S=5.10 -14 + 3.10 -15 = 5.10 -14 + 0,3. 10 -15+1 (0,3é compensado com +1 no expoente).

S=5.10 -14 + 0,3. 10 -14 = (5+ 0,3). 10 -14 = 5,3. 10 -14

01) 2.10 12 + 3. 10 12 = 02) 4.10 13 -- 3.10 13 = 03) 5.10 -12 + 3.10 -12 = 04) 6,25. 10 -34 + 2,75. 10 -34 = 05) 8,2. 10 -5 5.10 -5 = 06) 3.10 14 15.10 12 = 07) 0,00012 + 3.10 -5 = 08) 45000+5.10 5 = 09) 0,000052 + 10 -5 = 10)10 -12 + 10 -13 =

EXERCÍCIOS

MULTIPLICAÇÃO Para multiplicarmos, conservamos a base e somamos os expoentes.

M = A.10 m x B. 10 n = (A.B). 10 (m+n)

Exemplo: 4.10 6 x 2.10 8 = 4.2.10 14 = 8.10 14

11) 4.10 6 .3.10 5 =

12) 6.10 -3 .3.10 -5 = 13) 2.10 5 .5.10 4 = 14) 9.10 9 .10 -6 .2.10 -6 =

15)

10 9 . 3.10 -3 . 2.10 -6 =

16) 0,000025 . 5000000 = 17) 0,0000065 . 0, 0012 . 0, 01 =

18) 120000000 . 300000 . 0, 5 = 19) 0,000012 . 0.0005 . 5000 = 20) 250000 . 0.0004 =

EXERCÍCIOS

DIVISÃO

Para dividirmos, conservamos a base e diminuímos os expoentes (numerador menos o denominador)

D=

 

12.10

8

Exemplo:

4.10

10

 

21)

4.10

8

2.10

3

22)

25.10

1

5.10

4

23)

5.10

5

4.10

2

5.10

9

24)

2.10

5

5,2.10

6

25)

1,3.10

10

12

4,5.10 .10

6

26)

1500000

200000 10

x

6

27)

0,00002 250000

x

 

4.10

12

x

3,6.10

5

 

28)

0,0008

 

9.10

9

.10

6

.10

6

29)

0,03

2

2.10

3

4

x 0,02

3

30)

0,04

2

=

(10

12

10

13

)

2

.5.10

5

31)

(0,11)

2

9.10

9

.3.10

3

.4.10

6

32)

(0,002)

2

 

(12.10

13

2.10

13

)

2

33)

(2000)

2

= 3.10 -8-(-10) = 3.10 -8+10 = 3.10 2

EXERCÍCIOS

EXERCÍCIOS GERAIS

.8.10

3

 

(0,04

12.10

2

)

3

34)

(0,02)

3

 

9

9.10 .3.10

6

.10

6

35)

(0,03)

3

Respostas

 

01) 5 . 10 12 05) 3,8 . 10 -5 09) 6,2 . 10 -5 13) 1,0 . 10 10 17) 7,8 . 10 -11 21) 2 . 10 5 25) 4,0 . 10 -4

 

29)

33)

=

=

02) 1 . 10 13 06) 2,85 . 10 14 10) 1,1 . 10 -12 14) 1,8 . 10 -2 18) 1,8 . 10 13 22) 5 . 10 5

03) 8 . 10 -12 07) 1,5 . 10 -5 11) 1,2 . 10 12 15) 6 . 10 0 19) 3 . 10 -5 23) 1,25 . 10 7

04) 9 . 10 -34 08) 5,45 . 10 5 12) 1,8 . 10 -7 16) 1,25 . 10 2 20) 1,0 . 10 2 24) 2,5 . 10 -4

26)3 . 10 0

27) 4,0 . 10 -2

28)

30) 8,0 . 10 -14 34) 5,12 . 10 2

31) 5 . 10 23 35) 1,0 . 10 3

32)

Fonte: http://www.cefetsp.br/edu/okamura/acessado em 04/07/2013.