Вы находитесь на странице: 1из 10

EOQ

Escola Olímpica de Química

Avaliação de Conhecimentos

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

Professores-Instrutores:

André Franco

Gabriel Polho

Giuvanni Mutton

Guilherme Bottino

Henrique Marçon

Jéssica Okuma

Juliana Grijó

Leonardo Tsuji

Luiz Felipe Teixeira

Coordenador EOQ-2013: André Silva Franco

Docentes Envolvidos:

Ivano Gebhardt Rolf Gutz

Omar Abdel Moneim Abou El Seoud

Peter Wilhelm Tiedemann

Liliana Marzorati

Claudimir Lucio do Lago

Henrique Eisi Toma

Mauro Carlos Costa Ribeiro

Sandro Roberto Marana

Sérgio Maia Melo

Auxiliar de Coordenação: Bruno Alan Miyamoto e Rogério Motisuki

Monitores EOQ 2013:

André Fernandes

João Gabriel Romeu

Rafael Barone

Thiago Varella

Apoio:

Monitores EOQ – 2013:  André Fernandes  João Gabriel Romeu  Rafael Barone  Thiago
Monitores EOQ – 2013:  André Fernandes  João Gabriel Romeu  Rafael Barone  Thiago
Monitores EOQ – 2013:  André Fernandes  João Gabriel Romeu  Rafael Barone  Thiago

2

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

Instruções:

Duração da prova: 5 horas

Prova sem consulta a qualquer tipo de material, a não ser tabela periódica simples.

Permitido uso de calculadora científica não programável.

Nas questões escritas, se não souber a matéria basta escrever “Não sei”. Evite escrever achismos, pois a correção é sub- jetiva e nossa opinião em suas respostas conta no cálculo da nota.

Questões Testes (1 a 30)

01. (JSG) A cromatografia em coluna é um processo de separação de misturas baseado na interação intermolecular de substâncias com as fases estacionária e móvel. Quanto maior a interação de uma das substâncias com a fase es- tacionária, mais tempo ela (a substância) ficará retida na coluna; da mesma forma, quanto maior for a interação da substância com a fase móvel, mais rapidamente ela sairá da coluna. Considere um experimento em que o fator determinante para o tempo de saída das substâncias é somente a intera- ção com a fase estacionária, que, no caso, é a sílica-gel:

com a fase estacionária, que, no caso, é a sílica-gel: A mistura que se deseja separar

A mistura que se deseja separar por cromatografia contém fenol, naftaleno e resorcinol, cujas fórmulas estruturais são apresentadas abaixo:

OH

fenol naftaleno
fenol
naftaleno
estruturais são apresentadas abaixo: OH fenol naftaleno Com base no enunciado e nos seus conhecimentos sobre

Com base no enunciado e nos seus conhecimentos sobre interações intermoleculares, assinale a alternativa que contém a ordem correta de saída das substâncias da coluna de cromatografia.

a) Naftaleno, fenol, resorcinol

b) Fenol, naftaleno, resorcinol

c) Resorcinol, fenol, naftaleno

d) Naftaleno, resorcinol, fenol

e) Resorcinol, naftaleno, fenol

3

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

02. (GFB) O Tetrafluoreto de Xenônio é uma espécie muito interessante. Embora suas aplicações práticas sejam mui-

to poucas, e demasiado específicas, ele nos surpreende pelo fato de ser um composto que possui um gás nobre em sua estrutura. Sobre essa espécie, pede-se assinalar abaixo, respectivamente, o Arranjo dos Pares de Elétrons, a Ge-

ometria da Molécula e a Hibridização do Átomo Central.

a) Quadrada (Planar), Quadrada (Planar), spd 4

b) Octaédrico, Tetraédrico, sp 3 d 2

c) Octaédrico, Quadrada (Planar), sp 3 d 2

d) Tetraédrico, Tetraédrico, spd 4

e) Tetraédrico, Quadrada (Planar), sp 3 d 2 .

03. (PASUSP) A parte interna das maçãs torna-se escura quando certas enzimas e outras substâncias nela presentes

são expostas ao oxigênio do ar. Para avaliar o efeito da acidez na velocidade de formação dos compostos que tor- nam a parte interna das maçãs escura, foram feitos testes com soluções preparadas com sucos de uva branca (pH = 3,5), de caju (pH = 3,7), de laranja (pH = 3,9) e de manga (pH = 4,5). Pedaços de maçãs, sem casca, foram colocados em quatro frascos distintos contendo, cada um, uma dessas quatro soluções. Após algumas horas, observou-se que as soluções mais ácidas eram mais eficazes na prevenção do escurecimento da superfície dos pedaços de maçãs, com exceção daquela preparada com suco de laranja. Nesse caso, uma solução de menor acidez (suco de laranja)

teve melhor desempenho do que duas outras de maior acidez (suco de uva branca e suco de caju). Os resultados obtidos no experimento indicam que:

a) quanto maior for o pH, mais efetiva é a reação que previne o escurecimento.

b) a velocidade da reação não é influenciada pela temperatura.

c) a acidez, mas não somente tal parâmetro, afeta a velocidade da reação.

d) uma solução preparada com suco de uva branca, e mantida em meio alcalino, impede o escurecimento.

e) a reação de escurecimento não depende da presença de oxigênio.

04. (OBQ 2006) O gráfico apresentado ao lado refere-se à variação de propriedade periódica em função do número

atômico do elemento. Assinale a alternativa correspondente à propriedade periódica representada neste gráfico.

à propriedade periódica representada neste gráfico. a) densidade b) raio atômico c)

a)

densidade

b)

raio atômico

c) eletronegatividade

d)

afinidade eletrônica

e)

potencial de ionização

05.

(O.Q. Canadá) 35,00 mL de uma solução com pH 2,11 é misturada com 25,00 mL de uma solução com pH 13,90.

Qual o pH da solução resultante?

a) 2,21

b)2,34

c) 12,30

d) 13,51

06. (ACS) O valor de qual variável altera-se com a temperatura:

c) fração molar

a) molaridade

b) molalidade

4

e) 13,90

d) porcentagem em massa

e) massa

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

07. (PASUSP) O hipoclorito de sódio (NaCℓO) é muito usado na formulação de desinfetantes. Em condições experi-

mentais adequadas, soluções aquosas dessa substância se decompõem com certa facilidade, mediante formação de oxigênio. Com o intuito de avaliar o efeito da temperatura e da concentração do reagente na velocidade da reação de decomposição química, foram realizados 4 experimentos com soluções de hipoclorito de sódio. O gráfico a seguir mostra o volume de oxigênio coletado no processo de decomposição do NaCℓO, em função do tempo, para cada um dos experimentos.

em função do tempo, para cada um dos experimentos. Experimento A: Solução de NaCℓO 5,0%, T

Experimento A: Solução de NaCℓO 5,0%, T = 25°C Experimento B: Solução de NaCℓO 5,0%, T = 35°C Experimento C: Solução de NaCℓO 5,0%, T = 15°C Experimento D: Solução de NaCℓO 2,5%, T = 25°C

De acordo com os resultados mostrados no gráfico, pode-se afirmar que

a) a temperatura não afeta a velocidade da reação.

b) a velocidade da reação é triplicada ao se variar a temperatura de 15 para 35°C

c) a velocidade da reação no experimento A é de aproximadamente 5 mL de O 2 / minuto.

d) a concentração de hipoclorito de sódio não exerce influência na velocidade da reação.

e) a quantidade de oxigênio produzida no experimento C, após 4 minutos, será de 15 mL.

08. (Atkins) A catalase, uma enzima do fígado, é solúvel em água. A pressão osmótica de 10,0 mL de uma solução

contém 0,166 g de catalase é 1,2 Torr em 20°C. Qual é a massa molar de tal macromolécula?

a) 332,35 g/mol

b)2,52 x 10 5 g/mol

c) 22,7 g/mol

d) 1,72 x 10 4 g/mol

e)3,37 x 10 4 g/mol

09. (ACS) Que transformação permite demonstrar que a ligação entre moléculas de água é mais fraca que a ligação

na molécula de água (O-H):

a) congelamento

b) eletrólise da água

c) ebulição

d) reação com Na

e) sublimação

10. (OQ) Julgue as assertivas abaixo:

I - Toda reação química que ocorre com aumento de entropia tende a ser espontânea e consequentemente irrever-

sível.

II - Uma reação química será tanto mais espontânea quando H 0 e S 0.

III - Quanto menor o valor de G, mais fácil será a reação.

IV - Os estados alotrópicos menos estáveis apresentam conteúdo maior de energia, por isso terão entalpias positivas.

V - Nas reações que ocorrem com liberação de energia o valor de H é negativo. São corretas:

a) apenas I e III

b) apenas I e IV

c) apenas II e V

d) todas as afirmações

e) nenhuma das anteriores

11. (ACS) Qual substância tem o menor ponto de ebulição?

a) água

b) H 2 S

c) H 2 Se

d) H 2 Te

5

e) H 2 Po

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

12. (Marcei Setti adap/EOQ) Você deve se lembrar de suas aulas de química que a fenolftaleína apresenta uma cor

forte em meios básicos. Franco decidiu fazer o seguinte experimento para testar as propriedades da fenolftaleína e de antiácidos estomacais efervescentes: ele preparou uma fraca solução de NaOH em um béquer e adicionou algu-

mas gotas de fenolftaleína. A fenolftaleína adquiriu coloração rosa muito forte, como esperado. Porém, quando ele pôs o comprimido naquela solução, a fenolftaleína tornou-se incolor novamente!

solução, a fenolftaleína tornou-se incolor novamente! Disso, deve-se concluir que a adição do antiácido tornou

Disso, deve-se concluir que a adição do antiácido tornou o pH da solução mais ácido! Determinado, Franco repetiu o experimento algumas vezes, usando inclusive comprimidos de lotes diferentes. Como obteve sempre o mesmo re- sultado, ele pensou em processar a fabricante do medicamento, por vender algo que não funciona. Marque a alter- nativa correta a partir do exposto:

a) Os comprimidos anti-ácidos são falhos e Franco deveria processar a indústria farmacêutica.

b) Os comprimidos anti-ácidos só funcionam se não forem efervescentes Franco provavelmente foi enganado com

um comprimido de bicarbonato que libera CO 2 .

c) A fenolftaleína se decompôs e, somente por isso, a solução ficou incolor. Ou seja, a mudança de cor não se deu

pela adição do comprimido per se, esse apenas ativou um processo de decomposição do indicador.

d) As substâncias presentes no comprimido formam um tampão e levam a um pH inferior quando a solução é básica

e um pH superior quando esta é ácida.

e) Franco deve ter tomado outro tipo de comprimido tendo esquecido conceitos químicos.

13. (ASF) “Aqua regia” significa água real. Ela tem esse nome por ser capaz de oxidar metais nobres como ouro e

platina. Trata-se de uma mistura de ácido nítrico e ácido clorídrico na proporção 1:3. Dada a reação abaixo, indique a

soma dos menores coeficientes estequiométricos além de indicar o oxidante e redutor, respectivamente:

a) 40; Pt; HNO 3

Pt HNO HCl H PtCl NO H O

3

26

2

b) 38; HCl; Pt

c) 36; Pt; HNO 3

d) 40; HNO 3 ; Pt

e) 42; HNO 3 ; Pt

14. (ACS) Qual dos seguintes átomos apresenta o maior raio atômico?

a) S

b) Cl

c) Se

d) Br

e) H

15. (EOQ) Você está fazendo um tratamento de um quadro agudo de infecção usando um antibiótico via injetável.

Este medicamento atinge a concentração máxima no sangue imediatamente após ser injetado e o mesmo é metabo- lizado sendo que sua concentração sanguínea decai logaritmicamente com o tempo, num processo de primeira or- dem, com tempo de meia-vida de 6 horas. Sua concentração mínima efetiva é de 75 μg/mL. Calcule a frequência, em horas, com que você terá que aplicar injeções deste antibiótico de modo a manter-se acima da concentração mínima efetiva. Para tal, considere que: i) no comércio só há ampolas deste medicamente de 750 mg; ii) o seu paci- ente tem massa de 71 kg; o volume de sangue no corpo de adultos equivale a 7% (em litros) de sua massa.

Pode achar útil saber que, numa cinética de primeira ordem, a constante cinética vale

a) 2 h

k  ln 2 t . 1 2
k  ln 2
t
.
1 2

b) 3 h

c) 4 h

d) 5 h

e) 6 h

16. (ACS) Qual dos elementos a seguir apresenta a maior primeira energia de ionização?

a) Li

b) Be

c) Na

d) Mg

e) H

6

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

17. (O. Q. Canada 2007) O produto iônico da água, K w , é 1,0 x 10 14 a 298 K. Sabendo-se que a neutralização de um

ácido e uma base forte é uma reação exotérmica, qual das alternativas a seguir apresenta um valor possível para K w

a

273 K?

a)

-1,2 x 10 15

b)

1,2 x 10 13

c)

1,0 x 10 14

d)

1,2 x 10 14

e)

1,2 x 10 15

18.

(O. Q. Ludovicense 2010) A tabela abaixo mostra várias substâncias com seus respectivos produtos de solubilida-

de, K ps , a 25 °C. Assinale a alternativa que contém a substância que apresenta maior solubilidade em água.

a) BaSO 4

Substância

K

ps

AgOH

1,0 x 10 8

Ag 2 SO 4

3,2 x 10 5

BaSO 4

1,5 x 10 9

ZnS

1,2 x 10 23

Al(OH) 3

5,0 x 10 33

b) Al(OH) 3

c) ZnS

d) Ag 2 SO 4

e) AgOH

19. (O.Q. Canadá) Considere a seguinte reação que é espontânea na temperatura ambiente:

CH 4 (g) + 2 O 2 (g) CO 2 (g) + H 2 O (g)

A

partir dessas informações, pode-se afirmar para a reação inversa:

a)

é espontânea.

b)

é exotérmica.

c)

é mais rápida que a reação direta.

d)

tem uma constante de equilíbrio maior que a reação direta.

e)

tem um valor positivo para energia livre.

20.

(IME) Um calcário composto por MgCO 3 e CaCO 3 foi aquecido para produzir MgO e CaO. Uma amostra de 2,00

gramas desta mistura de óxidos foi tratada com 100 cm³ de ácido clorídrico 1,00 mol/L. Sabendo-se que o excesso de

ácido clorídrico necessitou de 10,00 cm³ de solução de NaOH 2,00 mol/L para ser neutralizado, qual a composição percentual, em massa, de MgCO 3 e CaCO 3 , respectivamente, na amostra original do calcário? Observação: Escreva todas as reações e analise a estequiometria, fazendo seus cálculos com cautela.

a) 30,8% e 69,2%

b) 43,7% e 56,3%

c) 50,0% e 50,0%

d) 28,9% e 71,1%

e) 34,5% e 65,5%

21. (OBQ) Um alceno com três ou mais átomos de carbono é hidratado, em seguida o produto é submetido a uma

reação de oxidação com óxido de crômio (VI) e o produto obtido é submetido à reação com um reagente de Grig- nard e em seguida água. O produto final é:

a)

um éster

b) uma cetona

c) um álcool primário

d) um ácido carboxílico

e)

um álcool terciário.

22. (C3L6-adap) Em maio de 1921, Madame Curie foi presenteada com 1 g de rádio pelo presidente dos EUA. Assu-

mindo que o frasco nunca foi aberto, quanto ainda restaria hoje? Considere que a meia vida do rádio-226 seja 1600

anos.

a)0,879

g

b) 0,341 g

c) 0,643 g

d) 0,214 g

e) 0,962 g

23.

(OQ) Uma corrente de 2A é usada na eletrólise ígnea dos seguintes sais: CaCl 2 , MgCl 2 , AlCl 3 , FeCl 3 e KCl. A deposi-

ção

de

qual

massa

de

metal

irá

demandar

o

maior

tempo de eletrólise?

a)

100 g Ca

b) 50 g Mg

c) 75 g Al

d) 12,5 g Fe

e) 250 g K

 

7

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

24. (O. Q. Áustria -adaptada) Calcule, respectivamente, o calor de formação do ácido nitroso em solução aquosa sob

pressão constante e sob volume constante usando a informação abaixo, válida a 25 °C, em kJ/mol:

NH 4 NO 2 (s) N 2 (g) + 2H 2 O(l) 2H 2 (g) + O 2 (g) 2H 2 O(l) N 2 (g) + 3H 2 (g) + aq 2NH 3 (aq)

NH 3 (aq) + HNO 2 (aq) NH 4 NO 2 (aq) NH 4 NO 2 (s) + aq NH 4 NO 2 (aq)

a) -125,4 e -120,5

H(kJ) = -300.4 H(kJ) = -569.2 H(kJ) = -170.8 H(kJ) = -38.08 H(kJ) = +19.88

b)-124,5 e -131,0

c)+120,5 e +125,4

d)-125,4 e +120,5

e)-120,8 e -120,8

25. (ACS) Uma solução diluída de qual ácido abaixo é a mais provável de produzir outro gás além de H 2 ao reagir com

um metal?

a)

HF

b) HCl

c) HNO 3

 

d) H 2 SO 4

e)H 3 PO 4

 

26.

(O.Q.

Canadá)

Qual

é

o

estado

fundamental

do

cátion

presente

no

cloreto

de

sódio?

a) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1

b) 1s 2 2s 2 2p 6

c) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2

d) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 7

e) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 8

 

27. (ASF) Utilizando-se uma bomba pneumática com base 24 cm² e altura 30 cm quando o êmbolo está todo puxado,

Hilsen pretende encher o pneu de sua bicicleta. Sabendo que o pneu tem volume constante igual a 2,4 L e sua pres-

são inicial era de 3 atm, calcule a pressão no interior do pneu quando ele empurrar uma vez a bomba, sabendo que ela está sujeita à pressão atmosférica normal?

a) 3,3 atm

b) 6,6 atm

c) 3,5 atm

d) 4,3 atm

e) 5,3 atm

28. (OBQ) Um químico orgânico recebeu em seu laboratório uma amostra de um líquido para ser identificada. Os

primeiros testes (cromatografia em camada delgada, ponto de ebulição) mostraram tratar-se de uma substância pura. A amostra apresentou resultado negativo nas reações com permanganato de potássio e com o reagente de Tollens, no entanto, apresentou resultado positivo nos testes com iodofórmio e com 2,4-dinitrofenil-hidrazina. A partir dessas informações, conclui-se que essa amostra poderá ser:

a)

uma metilcetona

b) um éster insaturado

c) um aldeído saturado

d)

um álcool secundário

e) uma cetona insaturada

29. (ACS) Os números quânticos n = 4, l = 1, ml = 0 poderiam representar o elétron de valência de qual átomo no

estado fundamental?

a) Fe

b) In

c) Pd

d) Se

e) Ag

30. (ASF) Considere a seguinte montagem eletroquímica que apresenta soluções de sulfato de cobre e eletrodos de

cobre. Trata-se de uma pilha de concentração, método que fornece elétrons a um circuito, como exposto na imagem:

0,01 M 0,1 M
0,01 M
0,1 M

Assim sendo, qual o potencial elétrico a 27 °C?

a) -0,0297 mV

b) -59,7 mV

c) 0,0297 mV

8

d) 0,00 mV

e) 29,7 mV

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

Questões Escritas (31 a 35)

31. (4-2-2)

Os compostos apresentados abaixo estão relacionados em estudos médicos e estudados através de um dia- grama em que, a partir do composto A proveniente tanto de metabolismo endógeno como da alimentação, gera os produtos finais E e G com diversos subprodutos ao longo do caminho. O composto A tem sua conversão realizada pela enzima E1 aos compostos B (90%) e C (10%). Já o produto B, é 90% convertido em E e 10% em D.

C (10%). Já o produto B, é 90% convertido em E e 10% em D. Sabe-se

Sabe-se que uma deficiência na enzima E1 leva a um retardo mental, hipopigmentação e parkinsonismo. Já

uma deficiência na enzima E2 leva a apenas ao parkinsonismo. Uma deficiência na enzima E3 provoca apenas hipo- pigmentação. Uma deficiência conjunta em E2 e E3 leva a hipopigmentação e parkinsonismo.

a) Sugira uma hipótese que relacione os compostos aos fenótipos de retardo mental, hipopigmentação e

parkinsonismo. Exemplo: F em excesso é responsável por causar parkinsonismo.

b) Sugira meios de tratar os sintomas.

c) Partindo de 100 mmol de A, espera ter quanto do composto A, E e G após muito tempo?

32. (OBQ) (4-4) Na cloração do propano foram isolados 4 isômeros com a fórmula C 3 H 6 Cl 2 e designados A, B, C e D. Cada um

deles foi separado e clorado novamente para gerar isômeros tricloropropano, C 3 H 5 Cl 3 . Os compostos A e B geraram 3 compostos triclorados, C gerou 1 e D gerou 2. Para cada item abaixo, explique seu raciocínio.

a) Deduza as estruturas de C e D.

Um dos produtos a partir de A era idêntico ao produto a partir de C.

b) Deduza as estruturas de A e B.

33. (OBQ) (3-5)

Um composto A reage com um gás B para formar o gás venenoso C, com densidade específica de 2,321 g/dm³. Quando A reage com D, forma-se o gás E, também venenoso. A reação de E com F produz G, um ácido fraco ainda venenoso. O composto A e os gases B e D são elementares, sendo B e D Diatômicos. Outro caminho para pre-

paração de G é reagir C com Hidrogênio. A combustão de F, ao ar, leva à formação de B. Dado: Utilize as condições normais em seus cálculos.

a) Identifique com fórmulas e nomeie os compostos químicos.

b) Escreva as equações balanceadas de todos os processos descritos no excerto acima.

34. (FUVEST-adap) (2-1-1-4)

O equipamento de proteção conhecido como air bag, usado em automóveis, contém substâncias que se transformam, em determinadas condições, liberando gás nitrogênio que infla um recipiente de plástico. As equações das reações envolvidas no processo são:

2

10

NaN

Na

3

23

2

Na

KNO

N

2

K O



32

9

5

Na O N

2

2

Escola Olímpica de Química Avaliação de Conhecimento 2013

Dados: volume molar de gás nas condições ambientes = 25 L/mol; massa molar do NaN 3 = 65 g/mol.

a) Calcule a massa de azoteto de sódio necessária para que sejam gerados 80 L de nitrogênio, nas condições

ambientes.

b) Os óxidos formados, em contato com a pele, podem provocar queimaduras. Escreva a equação da reação

de um desses óxidos com a água contida na pele.

c) O sódio metálico reage com gás hidrogênio formando hidreto de sódio (NaH) e com a amônia formando

amideto de sódio (NaNH 2 ). Escreva tais reações e calcule o nox de cada elemento.

d) Para cada substância a seguir, faça o que se pede, calculando o NOX de cada elemento:

Nome: AgO Nome: ZnO 2 Fórmula estrutural: H 2 S 2 O 8 Fórmula estrutural: Ni(CO) 4 Nome: CrO 3

35. (EOQ) (2-2-4)

O Equilíbrio é um ramo da Termodinâmica, mas muitas vezes tem sua dedução errônea oriunda da Cinética

Química, ao se considerar que o Equilíbrio é atingido quando as velocidades das reações direta e inversa se igualam.

Embora isso ocorra, na verdade o Equilíbrio é atingido quando a variação de energia livre entre os produtos e rea- gentes é nula. Outro erro comum é a constante de equilíbrio: embora sólidos e líquidos puros não tenham atividade, em algumas situações são importantes.

O Princípio de Le Chatelier, um dos mais estudados no Ensino Médio, infelizmente não é aprendido da me-

lhor forma pelos alunos: regras práticas de deslocamento de equilíbrio acabam por ser a maior fonte de erro concei-

tual.

Por fim, de tão amplo que o tema é, aborda ainda ionização de ácidos e dissociação de bases. Para relembrá- los, a 25 °C, água pura, se o pH for maior do que 7, temos uma solução básica e, se for menor do que 7, temos uma solução ácida. Em qualquer temperatura diferente de 25 °C ou uma situação em que não temos água pura, pH igual a 7 não implica solução neutra. Esperamos que a partir desse texto, consigam explicitar de forma bela o conhecimento que possuem nessa matéria nas próximas três questões, que são as mesmas aplicadas na prova do ano passado. Nenhum candidato acertou essa questão totalmente e, por tal motivo, colocamos o texto explicativo.

a) Considere o seguinte sistema em equilíbrio:

Discorra sobre as possíveis alterações no equilíbrio havendo um aumento da pressão total no sistema. Dica: há ao menos 3 modos de se aumentar a pressão no recipiente: redução do volume total, adição de gás

inerte (como hélio) a volume constante e adição de algum dos componentes do sistema reacional a volume constante. Se souber outro modo de se aumentar a pressão no recipiente, sinta-se a vontade para descrevê- lo.

b) Considere a seguinte reação em equilíbrio:

N

H

3

2 NH 3  g
2
NH
3

g

.

22

gg





Co H O

2

2

6

aq

4

SCN

aq



Co SCN

2

4

aq

6

H O

2



l

Escreva a constante de equilíbrio, K, e diga o que a adição de água, suficiente para reduzir a concentração dos solutos pela metade, faz com o equilíbrio. Justifique detalhadamente sua resposta.

c) Considere dois litros de solução aquosa de HI, a 25 °C, de concentração 10 -4 mol.L -1 . i. Quantos mols de H + são provenientes, apenas, da água? Justifique. ii. Após diluir a solução acima o suficiente para que a concentração de HI mudasse para 10 -8 mol.L -1 , qual o pH da solução? Justifique.

10