Вы находитесь на странице: 1из 5

AVALIAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Guião para a definição dos Objectivos Individuais do coordenador da biblioteca,


sugestão de instrumentos de avaliação e recolha de evidências

O Decreto Regulamentar nº 2/2008 de 10 de Janeiro determina:

Artigo 6.º
Instrumentos de registo

1 — Sem prejuízo do disposto no artigo anterior, os avaliadores procedem, em cada ano escolar, à recolha, através de
instrumentos de registo normalizados, de toda a informação que for considerada relevante para efeitos da avaliação do
desempenho.
2 — Os instrumentos de registo referidos no número anterior são elaborados e aprovados pelo conselho pedagógico dos
agrupamentos de escolas ou escolas não agrupadas tendo em conta as recomendações que forem formuladas pelo
conselho científico para a avaliação de docentes.

Conforme a legislação em vigor, a avaliação de desempenho dos coordenadores da BE é da


responsabilidade do Conselho Executivo, cabendo às escolas elaborar e aprovar os
instrumentos de registo de avaliação normalizados que conduzirão ao preenchimento das fichas
finais.
Com o objectivo de recolher evidências do desenvolvimento das suas funções, a RBE sugere
aos coordenadores a organização de um arquivo pessoal, de acordo com os vários domínios
específicos da actividade dos coordenadores de biblioteca, o qual poderá ser consultado pelo
avaliador quando necessário.
Devem considerar-se como domínios fundamentais da intervenção do coordenador os que
apontamos a seguir. Para cada um dos domínios, indica-se um conjunto de objectivos que
poderão servir de apoio à definição dos objectivos individuais.
Nas propostas apresentadas, os objectivos estão definidos numa perspectiva geral, logo
não poderão ser copiados integralmente, devendo ser reconceptualizados à luz da
realidade concreta de cada biblioteca. Cada docente deverá assim definir os seus
objectivos de forma específica, concreta e adaptada à sua realidade.
A - PROMOÇÃO DA INTEGRAÇÃO DA BIBLIOTECA NA ESCOLA
Neste domínio podem incluir-se, entre outros objectivos:
EVIDÊNCIAS

i) Contribuir para a elaboração dos projectos  Registos de participação na


revisão dos documentos
educativo e curricular da escola/agrupamento e do orientadores da escola;

regulamento interno  Registos de reuniões de


planificação dos diferentes órgãos
ii) Contribuir para a elaboração e desenvolvimento da escola;

dos projectos curriculares de turma, sempre que  Registos de organização e


concretização de acções de
solicitado. formação sobre a biblioteca junto
dos docentes
iii) Contribuir para a elaboração do plano de formação
 Documentos produzidos /
da escola elaborados no âmbito deste domínio

iv) Articular o plano de acção da BE com o plano de 

actividades da escola


B – GESTÃO DA BIBLIOTECA E DOS RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS A ELA AFECTOS


Neste domínio podem incluir-se, entre outros objectivos:

EVIDÊNCIAS
i) Promover actividades e serviços de BE no âmbito da
escola / agrupamento  Plano de Acção para o
desenvolvimento da(s) BE(s);
ii) Desenvolver actividades de cooperação com outros
 Plano Anual de Actividades da (s)
parceiros (SABE, Grupos de trabalho concelhios, entre biblioteca(s);

 Registos de reuniões de SABE, de


outros) grupos de trabalhos concelhios…;
iii) Planear os recursos financeiros a afectar à execução do  Documentos caracterizadores da
BE (plantas, equipamentos…)
plano da BE
 Regimento da Biblioteca;
iv) Gerir os recursos materiais (espaço, mobiliário,
 Registo (quantificado) do
equipamentos específicos) progresso na elaboração e
disponibilização do catálogo;
v) Avaliar os serviços da BE
 Registo sistematizado do processo
de avaliação dos serviços da BE:
01) Produzir e aplicar instrumentos de avaliação do Instrumentos de avaliação, séries
estatísticas…;
serviço (análises estatísticas…)
 Relatórios de avaliação;
02) Elaborar relatórios anuais de actividades
C – DEFINIÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO, EM ARTICULAÇÃO COM A DIRECÇÃO EXECUTIVA, DAS
ESTRATÉGIAS E ACTIVIDADES DE POLÍTICA DOCUMENTAL DA ESCOLA
Neste domínio podem incluir-se, entre outros objectivos:

EVIDÊNCIAS
i) Seleccionar, organizar e difundir o fundo documental e
os recursos digitais (catálogos, boletins bibliográficos,  Documento da “Política de Gestão
da Colecção”
sítio da BE, blog, wikis, newsletters…)
 Registo de consultas à
comunidade relativamente aos
fundos a adquirir (departamentos /
alunos…);

 Listas / boletins bibliográficos


elaborados;

 Disponibilização de recursos on-


line;

 Sítio / blog da BE (estrutura /


intervenientes na elaboração /
reuniões de preparação/ estatísticas
de utilização / periodicidade das
actualizações….;

 Relatórios de actividades;


D – COORDENAÇÃO DE UMA EQUIPA PREVIAMENTE DEFINIDA COM O CONSELHO EXECUTIVO


Neste domínio podem incluir-se, entre outros objectivos:

EVIDÊNCIAS
i) Gerir a atribuição de funções aos elementos da equipa
(docentes e não docentes)  Organograma e funções dos
membros da equipa;
ii) Articular o trabalho dos diferentes elementos da equipa.
 Registos de reuniões de equipa;

 Documento de definição de
funções dos vários elementos da
equipa;

 Documentos orientadores da
afectação de outros recursos
humanos;

E – FAVORECER O DESENVOLVIMENTO DAS LITERACIAS, DESIGNADAMENTE DA LEITURA E DA
INFORMAÇÃO E APOIAR O DESENVOLVIMENTO CURRICULAR
Neste domínio podem incluir-se, entre outros objectivos:

EVIDÊNCIAS
i) Colaborar com os departamentos curriculares e com
 Registos de reuniões de
os docentes em geral, de forma a integrar os recursos planificação colaborativa com outros
docentes;
da biblioteca no currículo
 Plano Anual de Actividades da BE;
ii) Programar e executar, com alunos e docentes,
 Estatísticas de utilização da BE
actividades e projectos para o desenvolvimento de para actividades de leitura / literacia
de informação programada /
competências e hábitos de leitura articulada com outros docentes.

 Registos de acções (formais ou


iii) Programar e executar actividades e projectos para o informais) de formação sobre
literacia de informação / promoção
desenvolvimento de competências de informação da leitura;
(guiões de orientação e outros instrumentos de apoio)  Materiais de apoio produzidos e
editados



F – PROMOVER O USO DA BIBLIOTECA E DOS SEUS RECURSOS DENTRO E FORA DA ESCOLA


Neste domínio podem incluir-se, entre outros objectivos:

EVIDÊNCIAS
i) Promover a valorização da biblioteca na ocupação de
 Planificações de actividades extra-
tempos livres curriculares e de enriquecimento
curricular
ii) Desenvolver estratégias de promoção e marketing da
 Plano Anual de Actividades da BE;
BE (exposições, colóquios, palestras, sítio da BE…)
 Estatísticas de utilização em livre
acesso da BE
 Materiais de apoio produzidos e
editados


G – REPRESENTAR A BE NO CONSELHO PEDAGÓGICO

i) Participar nas reuniões do Conselho Pedagógico; EVIDÊNCIAS


ii) Integrar as secções ou grupos de trabalho que venham
 Registos de reuniões de plenário
a ser criados e/ou secções do Conselho
Pedagógico;

 Materiais produzidos ;

NOTA:

Na sequência do documento que publicámos com sugestão de objectivos passíveis de ser


seleccionados para avaliação de coordenadores de bibliotecas (AVALIAÇÃO DOS RECURSOS
HUMANOS DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES - RESPOSTA A ALGUMAS QUESTÕES), elaborámos esta nova
sugestão que junta objectivos e evidências.
Tal como no primeiro documento, trata-se de uma proposta exaustiva para permitir escolher os
objectivos necessários e adaptados à realidade específica de cada biblioteca e de cada
coordenador.
Os objectivos e as evidências apresentados não devem ser encarados como obrigatórios
nem como limitativos em relação a outros que se possam definir.

_________________________________________________

Última actualização:
29/10/2008

Ministério da Educação – Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares


Trav. Terras de Sant´Ana, 15 1250-269 LISBOA

Tel: 213895100 / 213895203 Fax: 213895299 / 213895272


rbe@rbe.min-edu.pt