Вы находитесь на странице: 1из 0
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
TratamentoTratamento qquímicouímico dede áágguasuas dede caldeirascaldeiras
TratamentoTratamento qquímicouímico dede
áágguasuas dede caldeirascaldeiras

Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa Econômica Federal

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

José Otavio Mariano Silva

Extensa experiência nas áreas de

Tratamento de Águas Industriais e

Especialidades Químicas

Químico pela Universidade Mackenzie

Físico pela Universidade de São Paulo

Mackenzie • Físico pela Universidade de São Paulo Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Vinculações

Tratamento Químico de águas de caldeiras V inculações C onse lh o R eg i ona

Conselho Regional de Química 4ª Região

Amcham - Câmara Americana de Comércio

i ca 4 ª Região Amcham - Câmara Americana de Comércio ABEQ - Associação Brasileira de

ABEQ - Associação Brasileira de Engenharia Química

CTI - Cooling Technology Institute, Houston, USA

Química CTI - Cooling Technology Institute, Houston, USA ABC - Associação Brasileira de Cosmetologia ACS -
Química CTI - Cooling Technology Institute, Houston, USA ABC - Associação Brasileira de Cosmetologia ACS -

ABC - Associação Brasileira de Cosmetologia

ACS - American Chemical Society, Washington, DC, USA

SBF -Sociedade Brasileira de Física

, DC, USA SBF -Sociedade B ras il ei ra de Física Conselho Regional de Química
, DC, USA SBF -Sociedade B ras il ei ra de Física Conselho Regional de Química
, DC, USA SBF -Sociedade B ras il ei ra de Física Conselho Regional de Química
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

José Otavio Mariano Silva

Autor ou co-autor de numerosos trabalhos técnicos apresentados e publicados no Brasil e no exterior sobre tratamento de águas industriais:

Petrobrás

ABRACO -Associação Brasileira de Corrosão

IWC -International Water Conference

NACE - National Association of Corrosion Engineers

CTI - Cooling Technology Institute

ABC - Associa ão Brasileira de Cosmetolo ia

ç

g

.

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

ÁGUA: sua importância

UmUm dosdos 44 elementoselementos dada antiguidade:antiguidade: água,água, ar,ar, terraterra ee fogo.fogo.

NãoNão háhá vidavida semsem água:água: umauma pessoapessoa saudávelsaudável podepode viverviver atéaté 3030 diasdias semsem comida,comida, masmas morrerámorrerá emem umauma semanasemana semsem água.água.

ConsumoConsumo mundial:mundial: 2.2702.270 km3km3 // anoano

ReservasReservas estipuladasestipuladas pelapela ONU:ONU: mínimomínimo dede 2.0002.000 metrosmetros cúbicoscúbicos // anoano // ppessoaessoa;;

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

ÁGUA: escassez ou abundância ?

Planeta ÁGUA: 75% da superfície terrestre são cobertos

por água

ÁGUA: 75% da superfície terrestre são cobertos por água 1.4 bilhão de km 3 . Porém

1.4 bilhão de km 3 .

Porém apenas 3% são água doce!

Desta pequena porção, 2% estão congelados em geleiras, calotas polares e neves eternas;

Conclusão: apenas <1% do total é água doce disponível!

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

ÁGUA: escassez ou abundância ?

Se toda a água do mundo coubesse em um balde, a água doce corresponderia a apenas uma colher de sopa!

26 países, abrigando 250 milhões de pessoas, já foram oficialmente declarados pela ONU como áreas de escassez crônica de água.

pela ONU como áreas de escassez crônica de água . Conselho Regional de Química IV Região
pela ONU como áreas de escassez crônica de água . Conselho Regional de Química IV Região

Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa Econômica Federal

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Usos da água na indústria

Matéria prima (água de processo)

Geração de vapor (água de caldeiras)

Resfriamento

Uso doméstico (potável e sanitário)

Conseqüência

Uso doméstico (potável e sanitário) Conseqüência efluentes (águas residuárias) Conselho Regional de

efluentes (águas residuárias)

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Geração de vapor- Requisitos

Especificações: definidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ou ABMA (American Boilers Manufacturers Association)

Ausência de sais de dureza

Mínima quantidade de silica

nima quantidade de ferro

Ausência de cloro

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Equipamentos: caldeiras, tubulações e trocadores de calor

Construção: aço carbono, cobre, latão, aço galvanizado, aços inoxidáveis

Baixo preço

Facilidade de construção e manutenção

Bom condutor de calor

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Vapor e sua utilidade

Geração de energia elétrica nas usinas nucleares e termo-elétricas. Indústrias químicas e petroquímicas. Açúcar e álcool. Papel e celulose. Refinarias de petróleo. Frigoríficos, abatedouros e curtumes. Indústrias têxteis. Cervejarias e bebidas. Alimentos Indústria naval. Madeira e borracha. Indústria de tintas e vernizes. E praticamente todas os demais setores da indústria.

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

A água como meio ideal de transmissão de calor

Baixo custo Alto calor especifico Abundância Segurança

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

1.Geração de vapor

3.1 Caldeiras

O que é uma caldeira?

Quais os tipos de caldeiras?

Como funcionam?

Quais os tipos de caldeiras? Como funcionam? Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Geração de vapor: caldeira aquatubular
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
Geração de vapor: caldeira aquatubular
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Geração de vapor: caldeira fogotubular

águas de caldeiras Geração de vapor: caldeira fogotubular Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
águas de caldeiras Geração de vapor: caldeira fogotubular Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Causas da formação de incrustões em caldeiras

d a f ormaç ão d e i ncrus t aç õ es em ca ldei
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Composição da crosta terrestre

Óxidos

SiO 2

Al 2 O 3 CaO MgO Na 2 O FeO

K 2 O Fe 2 O 3

H 2 O TiO 2

P 2 O 5 Total

Percentagem

59.71

15.41

4.90

4.36

3.55

3.52

2.80

2.63

1.52

0.60

0.22

99.22

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
Contaminantes da água
Contaminantes
da
água

Inorgânicos carbonatos bicarbonatos Sulfatos Cloretos Nitratos Cálcio Magnésio Ferro Manganês Sílica Fluoretos Orgânicos Acidos húmicos Taninos Gases dissolvidos Oxigenio Cloro Gás carbonico Óxidos de enxofre (Sox) Óxidos de nitrogenio (Nox)

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Consequências da presença de contaminantes

Incrustação

Consequências da presença de contaminantes Incrusta ção C o r r o s ã o Conselho

Corrosão

de contaminantes Incrusta ção C o r r o s ã o Conselho Regional de Química
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Causas da formação de incrustações em caldeiras

Solubilidade dos sais

Carbonato de cálcio reage com água saturada com gás carbônico, formando bicarbonato de cálcio.

CaCO 3 + CO 2 + H 2 O Ca(HCO 3 ) 2

Ca (HCO 3 ) 2 --------calor--------> CaCO 3 precipitado + H 2 0 +CO 2

A redução na solubilidade e subseqüente precipitação de sólidos é conseqüência de se buscar os níveis mais estáveis de energia dentro do sistema químico, do mesmo modo que a corrosão é conseqüência de o metal sempre tender em direção a sua condição de mais baixa energia. As incrustações e lamas podem portanto ocorrer devido a reações químicas que levam aos compostos menos solúveis.

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações: definição e causas

••

AderenteAderente ee permanentepermanente ContaminantesContaminantes dede processoprocesso PresentesPresentes nana água:água: areia,areia, barro,barro, limolimo ee algasalgas FFormaormaddosos pepellaa concenconcenttraçraçããoo ddee sasaiiss didissossollvvididosos nana água:água: carbonatos,carbonatos, sulfatos,sulfatos, fosfatos,fosfatos, sílica,sílica, cálcio,cálcio, magnésio,magnésio, ferroferro FormadosFormados porpor produtosprodutos dede corrosão:corrosão: óxidosóxidos dede fferroerro,, saissais dede zincozinco (white(white rust)rust)

••

••

••

••

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações

••

ReduzemReduzem trocatroca térmicatérmica

••

FacilitamFacilitam aa corrosãocorrosão sobsob depósitosdepósitos

••

AumentamAumentam oo fatorfator dede rugosidaderugosidade ee aa perdaperda dede cargacarga emem tubulaçõestubulações ee trocadorestrocadores dede calorcalor

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

RReedduçuçããoo ddaa ttrocaroca tétérmrmiicaca

AsAs perdasperdas médiasmédias dede calorcalor,, emem funçãofunção dada espessuraespessura dasdas incrustaçõesincrustações,, sãosão tabuladastabuladas aa seguir:seguir:

EE SS PP EE SS SS UU RR AA

00,,5050 mm

00,,7575 mm

11,,0000 mm

11,,2525 mm

11,,5050 mmmm

22,,2020 mm

22,,7070 mm

mm

mm

mm

mm

mm

mm

%% DEDE PERDAPERDA DEDE CALORCALOR

44%%

77%%

99%%

1010%%

1313%%

1515%%

1616%%

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

ReduçãoRedução dada trocatroca térmicatérmica

ReduçãoRedução dada trocatroca térmicatérmica Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
ReduçãoRedução dada trocatroca térmicatérmica Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

AumentoAumento nono consumoconsumo dede combustívelcombustível

nono consumoconsumo dede combustívelcombustível Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

••

Conseqüências:Conseqüências:

••

SuperaquecimentoSuperaquecimento localizadolocalizado

••

RupturaRuptura dede tubostubos sobsob pressãopressão

••

EExpxpllososõõeses

••

AumentoAumento nono consumoconsumo dede combustíveiscombustíveis

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

ExplosõesExplosões

ou incrustações em caldeiras ExplosõesExplosões Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
ou incrustações em caldeiras ExplosõesExplosões Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
ou incrustações em caldeiras ExplosõesExplosões Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

de caldeiras Depósitos ou incrustações em caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Depósitos ou incrustações em caldeiras

de caldeiras Depósitos ou incrustações em caldeiras Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos em caldeiras

••

PréPré--tratamentotratamento

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos ou incrustações em caldeiras

••

••

••

••

••

••

••

RemoçãoRemoção dosdos possíveispossíveis contaminantescontaminantes::

FiltraçãoFiltração AbrandamentoAbrandamento:: remoçãoremoção dosdos saissais dede cálciocálcio ee magnmagnééssiioo ((ddurezaureza)) DeionizaçãoDeionização ouou desmineralizaçãodesmineralização OOsmosesmose reversareversa DesaeraçãoDesaeração ((mecânicamecânica ouou químicaquímica)) RRemoçemoçããoo ddee fferroerro ee manganmanganêêss ((cclloraçoraçããoo,, greensandgreensand ee outrosoutros oxidantesoxidantes))

greensandgreensand ee outros outros oxidantes oxidantes) ) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

FiltraçãoFiltração

Químico de águas de caldeiras FiltraçãoFiltração Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Químico de águas de caldeiras FiltraçãoFiltração Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Abrandamento: remoção dos sais de cálcio e magnésio (dureza)

remoção dos sais de cálcio e magnésio (dureza) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
remoção dos sais de cálcio e magnésio (dureza) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Abrandamento: como funciona

Químico de águas de caldeiras Abrandamento: como funciona Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Deionização ou desmineralização

de águas de caldeiras Deionização ou desmineralização Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
de águas de caldeiras Deionização ou desmineralização Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Osmose reversa

Tratamento Químico de águas de caldeiras Osmose reversa Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Tratamento Químico de águas de caldeiras Osmose reversa Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Tratamento Químico de águas de caldeiras Osmose reversa Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Desaeração (mecânica ou química)

de águas de caldeiras Desaeração (mecânica ou química) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
de águas de caldeiras Desaeração (mecânica ou química) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Remoção de ferro e manganês (cloração, greensand e outros oxidantes)

e manganês (cloração, g reensand e outros oxidantes) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
e manganês (cloração, g reensand e outros oxidantes) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
e manganês (cloração, g reensand e outros oxidantes) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos em caldeiras

••

TratamentoTratamento químicoquímico

••

11 ªª PatentePatente

••

2222 dede dezembrodezembro dede 18461846 (Anthony(Anthony andand Barnum):Barnum): serragemserragem dede mognomogno

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos em caldeiras

••

TratamentoTratamento químicoquímico

ReagentesReagentes estequiométricosestequiométricos::

PrecipitaçãoPrecipitação dosdos saissais dede durezadureza:: fosfatosfosfatos simsimpplesles

3Ca ++ + 2PO 4 --- + Ca 3 (PO 4 ) 2

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos em caldeiras

••

TratamentoTratamento qquímicouímico

••

ReagentesReagentes estequiométricosestequiométricos::

••

PrecipitaçãoPrecipitação dosdos saissais dede durezadureza:: fosfatosfosfatos complexoscomplexos

10 Ca ++ + 6 PO 4 --- + 2 OH - 3 Ca 3 (PO 4 ) 2 .Ca(OH) 2

••

HidroxiaHidroxiappatitaatita dede cálciocálcio

••

VantagensVantagens:: nãonão aderenteaderente,, fácilfácil dede removerremover porpor purgaspurgas

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

••

••

••

••

••

Prevenção de depósitos em caldeiras

TratamentoTratamento químicoquímico ReagentesReagentes nãonão--esteqestequuiométricosiométricos PoliacrilatosPoliacrilatos

uuiométricosiométricos PoliacrilatosPoliacrilatos CoCo -- polímerospolímeros acrílicoacrílico //
uuiométricosiométricos PoliacrilatosPoliacrilatos CoCo -- polímerospolímeros acrílicoacrílico //

CoCo--polímerospolímeros acrílicoacrílico//maleicomaleico

PPoolilimamalleaeattosos

// maleicomaleico PPoo lilimama ll eaea tt osos Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos em caldeiras

TratamentoTratamento químicoquímico ReagentesReagentes nãonão--estequiométricosestequiométricos FosfonatosFosfonatos PiPioneoneiiroro:: ATMPATMP

••

••

••

••

oneone ii ro ro: : ATMPATMP •• •• •• •• •• HedpHedp •• PbtcPbtc :: Conselho
•• HedpHedp
••
HedpHedp

••

PbtcPbtc ::
PbtcPbtc ::
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos em caldeiras

••

TratamentoTratamento químicoquímico

••

ReagentesReagentes nãonão--estequiométricosestequiométricos

••

DerivadosDerivados dodo ácidoácido PoliepoxiPoliepoxi--succínicosuccínico (PESA)(PESA)

••

TendenciaTendencia ““verdeverde”:”: semsem fósforofósforo,, semsem nitrogênionitrogênio::

••

DDereriivavaddosos ddoo ááccididoo popolili--aspaspáárrtiticoco

dd oo áácc idid oo po po lili - -asp aspáárr titi coco Conselho Regional de
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Mecanismo de ação de dispersantes químicos

de caldeiras Mecanismo de ação de dispersantes químicos Figura 1 (água sem adição de dispersantes) Figura

Figura 1 (água sem adição de dispersantes)

químicos Figura 1 (água sem adição de dispersantes) Figura 2 (água com 0.5 ppm de dispersantes)

Figura 2 (água com 0.5 ppm de dispersantes)

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de arraste de água da caldeira

CausasCausas::

••

AlcalinidadeAlcalinidade elevadaelevada

••

SólidSólidosos didissossollvvididosos

••

ContaminantesContaminantes:: tensoativos,tensoativos, matériamatéria orgânicaorgânica

••

SílicaSílica ((acimaacima dede 4040 kgfkgf/cm/cm 22 ))

••

ControleControle dodo ciclociclo dede concentraconcentraççãoão ((ppururggasas))

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Corrosão: causas

••

••

••

••

••

CorrosãoCorrosão galvânicagalvânica CorrosãoCorrosão porpor oxigêniooxigênio dissolvidodissolvido CorrosãoCorrosão porpor stressstress CorrosãoCorrosão microbiológicamicrobiológica (MIC)(MIC) AAgravangravantteses:: presençapresença ddee ííonsons:: cclloreorettosos,, amôniaamônia,, sulfetossulfetos

ttes es: : presença presença dd ee íí ons ons: : c c ll oreore tt
ttes es: : presença presença dd ee íí ons ons: : c c ll oreore tt
ttes es: : presença presença dd ee íí ons ons: : c c ll oreore tt
ttes es: : presença presença dd ee íí ons ons: : c c ll oreore tt
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Corrosão: formas

••

••

••

••

••

AtaqueAtaque uniformeuniforme ((raroraro nana práticaprática)) CorrosãoCorrosão puntiformepuntiforme (“pitting”)(“pitting”) CorrosãoCorrosão porpor erosãoerosão:: impactoimpacto ee cavitaçãocavitação CorrosãoCorrosão sobsob depósitosdepósitos LixiviaçãoLixiviação:: retiradaretirada dodo zincozinco dede latãolatão

sobsob depósitosdepósitos LixiviaçãoLixiviação: : retirada retirada do do zincozinco de de latão latão
sobsob depósitosdepósitos LixiviaçãoLixiviação: : retirada retirada do do zincozinco de de latão latão
sobsob depósitosdepósitos LixiviaçãoLixiviação: : retirada retirada do do zincozinco de de latão latão
sobsob depósitosdepósitos LixiviaçãoLixiviação: : retirada retirada do do zincozinco de de latão latão
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de corrosão em caldeiras

SeqüestrantesSeqüestrantes dede oxigêniooxigênio::

••

SSuulfitlfitoo ddee ssódiódioo:: 2Na 2 SO 3 + O 2 2Na 2 SO 4

••

hidrazinahidrazina:: N H

2

4

+ O

2

2H O + N

2

2

••

DEHA:DEHA: 4(C 2 H 5 ) 2 NOH + 9O 2 8CH 3 COOH + 2N 2 + 6H 2 O

Hidroquinona: C 6 H 4 (OH) 2 + ½ O 2 C 6 H 4 O 2 + H 2 O

••

NeutralizantesNeutralizantes dede vaporvapor ee condensado:condensado: morfolina,morfolina, ciclohexilamina,ciclohexilamina, octadecilaminaoctadecilamina

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de corrosão em caldeiras

SeqüestrantesSeqüestrantes dede oxigêniooxigênio::

ProdutosProdutos maismais modernosmodernos::

••

••

••

CarbohidrazidaCarbohidrazida ((semsem osos riscosriscos àà saudesaude dada hidrazinahidrazina)) ÁcidoÁcido ascórbicoascórbico

( (sem sem os os riscos riscos à à saudesaude dada hidrazinahidrazina )) Ácido Ácido ascórbico
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Ataque uniforme (raro na prática)

de águas de caldeiras Ataque uniforme (raro na prática) Conselho Regional de Química IV Região –
de águas de caldeiras Ataque uniforme (raro na prática) Conselho Regional de Química IV Região –
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Corrosão puntiforme (“pitting”)

de águas de caldeiras Corrosão puntiforme (“pitting”) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
de águas de caldeiras Corrosão puntiforme (“pitting”) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
de águas de caldeiras Corrosão puntiforme (“pitting”) Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Corrosão por stress, impacto e cavitação

de caldeiras Corrosão por stress, impacto e cavitação Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
de caldeiras Corrosão por stress, impacto e cavitação Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
de caldeiras Corrosão por stress, impacto e cavitação Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Corrosão sob depósitos

Químico de águas de caldeiras Corrosão sob depósitos Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Químico de águas de caldeiras Corrosão sob depósitos Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Lixiviação: retirada do zinco de latão

de caldeiras Lixiviação: retirada do zinco de latão Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
de caldeiras Lixiviação: retirada do zinco de latão Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Prevenção de depósitos ou incrustações em caldeiras

••

ExigenciaExigencia legallegal :: NormaNorma BrasileiraBrasileira NRNR 13.13. itemitem

13.3.313.3.3

A qualidade da água deve ser controlada e tratamentos devem ser implementados, quando necessários para compatibilizar suas propriedades físico-químicas com os parâmetros de operação da caldeira. (113.018-8 /I4)

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Parâmetros de controle de água para caldeiras

de caldeiras Parâmetros de controle de água para caldeiras Segundo ABNT e ABMA (AMERICAN BOILERS MANUFACTURERS

Segundo ABNT e ABMA (AMERICAN BOILERS MANUFACTURERS ASSOCIATION)

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Automação

• Sistemas automáticos

de dosagem: bombas de pistão, diafragma, venturi.

• Drenagem (purga)

automática: temporizada, ou por condutividade.

(purga) automática: temporizada, ou por condutividade. Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
(purga) automática: temporizada, ou por condutividade. Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Limpeza

PréPré--operacionaloperacional:: “boil“boil out”out” dede caldeirascaldeiras novasnovas

out”out” dede caldeiras caldeiras novasnovas Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
out”out” dede caldeiras caldeiras novasnovas Conselho Regional de Química IV Região – Apoio: Caixa
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Limpeza

Limpeza química: ácida, alcalina, mecânica, de equipamentos em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente;

em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
em serviço, devido a tratamento inadequado ou inexistente; Conselho Regional de Química IV Região – Apoio:
Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Sistema não-químicos de tratamento

de águas de caldeiras Sistema não-químicos de tratamento MagnéticosMagnéticos CatalíticosCatalíticos Conselho

MagnéticosMagnéticos

Sistema não-químicos de tratamento MagnéticosMagnéticos CatalíticosCatalíticos Conselho Regional de Química IV

CatalíticosCatalíticos

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras
CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras Uso de dispositivos não químicos : Muitos

Uso de dispositivos não químicos: Muitos dispositivos não químicos vendidos para o tratamento de água industrial são alegados como capazes de resolver todos os problemas relacionados à água, incluindo incrustações, corrosão, limo e cheiro. Diz-se deles que alcançam resultados noveis através de forças naturais (tais como magnetismo, eletricidade ou radiação) ou desconhecidas pelos engenheiros ou não reveladas. Freqüentemente se afirma que os dispositivos não químicos exigem pouca ou nenhuma atenção e nenhum produto químico. Em geral, eles não têm se demonstrado efetivos. Conseqüentemente, o uso destes dispositivos de tratamento não químicos em sistemas do Exército, seja em forma de teste ou em base regular, é proibido.

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Qual é, na sua opinião, o fator mais determinante no tratamento de águas de caldeiras? O custo ou a segurança?

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

A conservação dos recursos

naturais, da água em particular,

é uma prioridade nas empresas que buscam sustentabilidade. Como o tratamento adequado da água pode contribuir para alcançar este objetivo?

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Você acha relevante o impacto ambiental da geração de vapor em caldeiras? Qual o “combustível” ideal para caldeiras? Gás, óleo, eletricidade, nuclear?

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Se você tivesse que escolher um tratamento para uma água de alimentação com cerca de 30 ppm de dureza de cálcio, qual seria?

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Você acabou de assumir a área de utilidades de sua empresa e descobriu que as duas caldeiras de que você dispõe estão incrustadas. O que fazer?

Minicursos CRQ-IV 2008 Tratamento Químico de águas de caldeiras
Minicursos CRQ-IV 2008
Tratamento Químico de águas de caldeiras

Agradecimentos

Ao CRQ 4, pelo convite e organização, e sobretudo, pela idéia dos minicursos

Aos participantes

À Caixa Econômica Federal, pelo apoio