Вы находитесь на странице: 1из 1

50 – São Paulo, 58 (219)

Diário Oficial da Cidade de São Paulo

terça-feira, 19 de novembro de 2013

VI - portar e/ou distribuir material de campanha nos locais

de votação, bem como em quaisquer dependências do prédio

onde se realiza a votação;

VII - portar qualquer tipo de arma e/ou usar de violência;

VIII - praticar qualquer ato de coerção na indicação de voto junto ao eleitor. 8. Do Encerramento da Votação

8.1. Os portões dos locais de votação serão fechados pon-

tualmente às 17h00, horário de Brasília;

8.2. As pessoas que estiverem na fila do local de votação às

17h00 receberão uma senha, que será distribuída pela equipe

de apoio, partindo do último para o primeiro eleitor ali presen- te. Somente estas pessoas poderão votar após as 17h00.

8.3. Encerrada a votação, o Presidente digitará na urna a

senha de encerramento, emitindo o boletim de urna. Em segui- da, retirará a mídia de resultado da mesma e a depositará em envelope a ser lacrado, que conterá a impressão da “zerésima”,

04 (uma) via do boletim de urna e a ata da eleição, sendo que uma via deverá ser afixada na porta da seção eleitoral Referido envelope será rubricado pelo Presidente, Mesários e Fiscais presentes.

8.4. Os membros da mesa assinarão a ata de eleição

contendo local de votação, número total de votos, número de cédulas (quando a votação for manual), número e descrição

das ocorrências, horário de início e encerramento da votação .

8.5. Todo o material relativo à eleição será recolhido pelo

Presidente da Mesa e serão acondicionados em envelopes obri- gatoriamente lacrados e rubricados pelos membros da Mesa e pelos fiscais presentes, que serão entregues ao responsável pelo equipamento e ao responsável indicado pela Subprefeitura cor- respondentedestacado para acompanhar as eleições e comissão Eleitoral Local , acompanhado da Guarda Civil Municipal de São

Paulo/Policia Militar, levará todo o material à Subprefeitura de sua região, devendo ser registrada sua procedência e horário de chegada.

8.6. Caso a votação seja manual, o mesmo procedimento

descrito no item 8.5 deverá ser obedecido.

Parágrafo único. A totalização dos votos eletrônicos ocorre-

rá de forma centralizada na Subprefeitura da Mooca, situada na

Rua Taquari, nº 549, São Paulo/SP – CEP 03166-000, e deverá

ser amplamente divulgado e publicado em DOC 9. Da Organização da Apuração

9.1. A totalização eletrônica dos votos e/ou a apuração

manual terão início no próprio dia 08/12/2013.

9.2. Compete exclusivamente aos membros da Comissão

Eleitoral Central solucionar eventuais dúvidas decorrentes do processo de apuração, bem como intervir de ofício no mesmo, quando constatada qualquer irregularidade na apuração.

9.3. Todas as ocorrências e decisões durante a apuração

deverão ser registradas nas respectivas atas de apuração.

10. Da Sistematização da Apuração

10.1. Ordem de apuração: determinado o início da apura-

ção pela Comissão Eleitoral Central, a partir do estabelecido no item 9.1, no caso de totalização eletrônica dos votos, a mesa

totalizadora dará início aos procedimentos eletrônicos neces- sários para a totalização e impressão das respectivas listagens.

10.2. Caso a apuração seja manual, os trabalhos se inicia-

rão no próprio dia 08/12/2013, obedecendo ao procedimento a seguir estabelecido.

10.2.1. Abertura das urnas: as urnas serão abertas sob a

supervisão da Comissão Eleitoral Central e pessoas por ela

designadas.

10.2.2.

Contagem de votos: os votos serão inicialmente

contados para verificar a compatibilidade entre o número de votos indicados na ata de eleição referente à urna apurada e

o número de cédulas constantes da urna. Poderá haver recon-

tagem quando se verificar incompatibilidade entre os números

em questão, ocorrência essa que será solucionada a critério da Comissão Eleitoral Central.

10.2.3. Classificação dos votos: os votos serão classificados

de acordo com as seguintes categorias: válidos, inválidos, nulos

e em branco.

10.2.4. Votos inválidos e nulos: serão apurados os vo-

tos inválidos e os nulos, assim considerados aqueles que se

enquadrarem nas hipóteses previstas nos itens 3.3 e 6.4, respectivamente.

10.3. Os procedimentos abaixo descritos deverão ser ob-

servados tanto no caso de votação Eletrônica como no caso de

votação manual.

10.3.1. Boletins de urna: as mesas apuradoras deverão

preencher os boletins de apuração, indicando o número de votantes e suas respectivas regiões eleitorais, o local em que funcionou a mesa receptora de votos, o número de votos para

cada candidato o número de votos brancos, nulos, válidos e inválidos, bem como o número de votos impugnados.

10.3.2. Os boletins de urna deverão ser assinados e rubri-

cados pelos componentes da mesa de apuração, devendo ser

entregues à Comissão Eleitoral Central.

10.3.3. Atas de apuração: as atas de apuração, com todas

as ocorrências registradas, deverão ser anexadas às respectivas

urnas ou pendrive.

10.3.4. Planilhas de apuração: a mesa apuradora deverá

preencher as planilhas de apuração, indicando a totalização dos votos válidos, inválidos, nulos e em branco, bem como os votos impugnados.

10.3.5. As planilhas e boletins de apuração, bem como de

todo o material da apuração, deverão ser entregues à Comissão Eleitoral Central, quando encerrada a apuração. Parágrafo único. A apuração deverá ser publicizada a to- dos os interessados, em “telão” instalado em local de fácil visibilidade.

11. Do transporte

11.1. A Comissão Eleitoral Local, acompanhada da Guarda

Civil Metropolitana de São Paulo e da Polícia Militar do Estado

de São Paulo, levará todo o material da eleição e apuração ao Centro de totalização no local definido.

12. Da divulgação

12.1. A divulgação do processo eleitoral das eleições ocor-

rerá através de campanhas publicitárias aprovadas pela Secre- taria Municipal de Relações Governamentais.

12.2. A divulgação dos resultados dos recursos será publi-

cada em DOC, conforme o disposto nos Decretos nº s 54.156/13

e 54.360/13.

12.3. A divulgação do resultado final das eleições será

publicada em DOC, conforme previsto no Decreto nº 54.156.

13. Das impugnações e das interposições de recursos

13.1. Cabe pedido de impugnação, por escrito, pelos can-

didatos e fiscais inscritos, aos votos manuais que possam ser considerados nulos, segundo os critérios definidos neste manual

e somente nessas hipóteses.

13.2. Cabe pedido de impugnação por escrito, pelos can-

didatos e fiscais inscritos, às urnas manuais e eletrônicas que apresentem indícios de terem sido violadas, e somente nessa hipótese.

13.3. Os pedidos de impugnações a voto e urnas deverão

ser apresentados pelos candidatos e fiscais inscritos no momen-

to em que estiverem ocorrendo, sob pena de preclusão (perda do direito).

13.4. Cabe pedido de impugnação por escrito, pelos candi-

datos e fiscais inscritos contra os candidatos eleitos, no prazo de 02 (dois) dias a contar da publicação da lista dos candidatos

e suplentes eleitos em DOC.

13.5. Os pedidos de impugnações constantes dos itens

13.1., 13.2. e 13.4. serão julgados pela Comissão Eleitoral Cen-

tral, devendo os resultados ser publicados em DOC, no prazo de 05 (cinco) dias, após a interposição das mesmas.

13.6. Os prazos de interposição de impugnações e recursos

são peremptórios. Qualquer impugnação ou recurso interposto intempestivamente não será recebido ou apreciado.

13.7. As impugnações e recursos, acompanhados das res-

pectivas decisões, serão guardados em envelopes próprios, na

Secretaria Municipal de Relações Governamentais. 14. Dos Resultados Finais

14.1. Serão Considerados eleitos os candidatos mais vota-

dos em ordem decrescente, por distrito correspondente a sua Subprefeitura.

14.2. Serão Considerados suplentes os demais candidatos

em ordem decrescente por distrito correspondente a sua Sub- prefeitura.

14.3. Os resultados finais serão divulgados em DOC e em

conformidade do estabelecido no edital de convocação, publica- do no DOC de 07/09/2013. 15. Disposições Gerais

15.1. Tanto na Mesa de votação como na mesa apuradora,

o Presidente autorizará a saída dos mesários para refeição,

alternadamente, por 40 (quarenta) minutos, designando suplen- tes para substituição provisória, conforme disposto neste Edital. Ao Presidente também será permitido ausentar-se por 40 (qua- renta) minutos, em horário alternado com o horário de saída de um dos mesários, na forma prevista no item 2.4 deste Edital.

15.2. Da Propaganda Eleitoral

15.2.1. A propaganda dos candidatos somente será permi-

tida após a publicação do deferimento das candidaturas.

15.2.2. Toda propaganda eleitoral será realizada sob a

responsabilidade dos candidatos, imputando-lhes solidariedade

nos excessos praticados por seus simpatizantes.

15.2.3. Não será permitida propaganda que implique em

grave perturbação à ordem, aliciamento de eleitores por meios insidiosos, propaganda enganosa e transporte de eleitores.

15.2.4. Considera-se grave perturbação à ordem propa-

ganda que fira as posturas municipais, que perturbe o sossego público ou que prejudique a higiene e a estética urbana.

15.2.5. Considera-se aliciamento de eleitores por meios

insidiosos o oferecimento ou a promessa de dinheiro, dádivas,

benefícios ou vantagens de qualquer natureza, mediante o apoio para candidaturas. 15.2.6. Considera-se propaganda enganosa a promessa de resolver eventuais demandas que não são de competência do Conselho Participativo Municipal, bem como a criação de

expectativas na população que sabidamente não poderão ser equacionadas pelo Conselho Participativo Municipal, bem como qualquer outra prática que induza dolosamente o eleitor a erro, auferindo, com isso, vantagem para determinada candidatura.

15.2.7. Compete à Comissão Eleitoral Local processar e

decidir sobre as denúncias referentes à propaganda eleitoral, podendo, inclusive, determinar a retirada ou a suspensão da propaganda, bem como o recolhimento do material. Parágrafo único - A Comissão Eleitoral Local poderá, limi- narmente, determinar a retirada e a supressão da propaganda,

bem como recolher material, a fim de garantir o cumprimento das regras aqui dispostas .15.2.8. Qualquer cidadão, fundamen- tadamente, poderá dirigir denúncia à Comissão Eleitoral Local sobre a existência de propaganda irregular.

15.2.9. Tendo a denúncia indício de procedência a Comis-

são Eleitoral Local determinará que a candidatura envolvida apresente defesa no prazo de 03 (três) dias úteis.

15.2.10. Para instruir sua decisão a Comissão Eleitoral

Local poderá ouvir testemunhas, determinar a anexação de

provas, bem como efetuar diligências.

15.2.11. O candidato envolvido e o denunciante deverão

ser notificados da decisão da Comissão Eleitoral Local.

15.2.12. Da decisão da Comissão Eleitoral Local caberá re-

curso a Comissão Eleitoral Central, que deverá ser apresentado

em 03 (três) dias, a contar de recebimento.

15.3. Qualquer cidadão é parte legítima para denunciar ir-

regularidades como compra de votos, corrupção eleitoral, trans- porte irregular e outros previstos na Lei Federal 9.504/1997. Estas denúncias, acompanhadas de prova ou testemunha po-

derão ser feitas à Comissão Eleitoral Local, que encaminhará a Comissão Eleitoral Central que tomará as devidas providências.

15.4. Caso a votação ou a apuração eletrônica sejam

obstadas por falhas técnicas ou circunstâncias imprevisíveis, as eleições e a apuração serão adaptadas ao procedimento

previsto neste Edital.

15.5. Compete à Comissão Eleitoral Central decidir os

casos omissos e acolher possíveis desistências, de candidaturas.

15.6. Esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos nas

sedes das respectivas Comissões Eleitorais Locais. COMISSÃO ELEITORAL CENTRAL Secretaria de Relações Governamentais Titular: Maria Angélica Fernandes – RF 807.180.2 Suplente: Andreza Tonasso Galli - RF 808.485.8 Antônia Conceição dos Santos – RF 651.520.7 Suplente: Marcos José Ribeiro Machado RF 810.552.9 Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras Titular: Valério Igor Príncipe Victorino – RF 631.227.6 Suplente: Priscila Rodrigues Martins da Silva Brito Birolo

– RF 807.856.4 Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania Titular: Helena Malzoni Romanach – RF 807.767.3 Suplente: Joana Zylbersztajn – RF 807.650.2 Secretaria Municipal de Negócios Jurídicos Titular: Vinícius Gomes dos Santos – RF 792.230.2 Suplente: Marina Zanatta Ganzarolli – RF 807.568.9 Sociedade Civil Titular: Luciano Caparroz Pereira dos Santos- RG

11.552.792-8

Suplente: Jorge Kayano- RG 4.688.992-9 Titular: Luiz Silvio Moreira Salata – RG 4.660.097 Suplente: Ricardo Vita Porto – RG 17.421.318-9 São Paulo, 18 de novembro de 2013.

– RG 17.421.318-9 São Paulo, 18 de novembro de 2013. DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA GABINETE DO

DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA

GABINETE DO SECRETÁRIO

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

PUBLICAÇÃO Nº 170 /CMDCA-SP/2013

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo-CMDCA no uso das atribuições que lhe são con-

feridas pela Lei 8.069/90- ECA, torna publico a complementação da publicação de nº 159/CMDCA/13 no DOC de 05/11/2013 e de

nº 162/CMDCA/13 no DOC de 09/11/2013 o resultado dos projetos analisados do Edital Temático/2013.

PROTO-

COLO ORGANIZAÇÃO

PROJETO

Nº DO PROCESSO

PARECER

FINAL

21

Alfasol

Unisol esporte em ação

2013-0.271.842-4

Inapto

28

Movimento Comunitário de Vila Remo

Provoca - Ação Vila Remo

2013-0.271.853-0

Apto

57

Instituto zero a seis - Primeira infância e cultura da paz

Práticas zero a seis

2013-0.272.973-6

Apto

PUBLICAÇÃO Nº 171/CMDCA/SP/2013

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente São Paulo, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas pela Lei 8.069/90 ECA, torna publica deliberação tomada na sua Reunião Extraordinária do dia 18/11/2013 o resultado parcial do Edital FUMCAD/2013, cujos os termos para interposição de recursos será publicado oportunamente.

PROTO-

COLO ORGANIZAÇÃO

 

PROJETO

Nº DO PROCESSO

PARECER FINAL

3

Instituto de Desenvolvimento, Educação, Análise e Legislação - IDEAL

 

O Luxo do Lixo

2013-0.276.468-0

Apto comAdequação

4

AssociaçãoCultural eDesportivaBandeirantes

InclusãoProdutiva

2013-0.276.467-1

AptocomAdequação

5

CriançaSeguraSafeKidsBrasil

CriançaSeguranosEsportes

2013-0.276.466-3 AptocomAdequação

6

Criança Segura Safe Kids

Brasil

Formação de Mobilizadores 2013-0.276.465-5

Apto comAdequação

7

Criança Segura Safe Kids

Brasil

Game Educativo para Prevenção de Acidentes 2013-0.276.463-9

Inapto

8

Associação Cedro do Líbano de Proteção a Infância

Inglês e Espanhol - Abrindo Novas Fronteiras 2013-0.276.461-2

Inapto

9

Associação Cedro do Líbano de Proteção a Infância

Informática Aplicada à Gestão Administrativa

2013-0.276.458-2

Apto comAdequação

11

Instituto Patrícia Medrado

Tênis

no CEU Campo Limpo

2013-0.276.455-8

Apto comAdequação

12

Instituto Patrícia Medrado

Tênis

no CEU Parque São Carlos

2013-0.276.454-0

Apto comAdequação

13

Instituto Patrícia Medrado

Tênis

no CEU Três Pontes

2013-0.276.452-3

Apto comAdequação

14

Lumen - Associação de Assistência ao Deficiente Neuro-Motor ou Mental

A Arte suave de Incluir

Orgânica

2013-0.276.451-5

Apto

16

ADERE - Associação para Desenvolvimento e Educação e Recuperação do Excepcional

P A O - Padaria Artesanal

2013-0.276.448-5

Apto comAdequação

17

ADERE - Associação para Desenvolvimento e Educação e Recuperação do Excepcional

Projeto de Bem com a Vida

2013-0.276.447-7

Apto

18

ADERE - Associação para Desenvolvimento e Educação e Recuperação do Excepcional

Reciclando Vidas - Inclusão, Diversidade e Sustentabilidade

2013-0.276.446-9

Apto comAdequação

19

Congregação

Israelita

Paulista

Jovem Cidadão

2013-0.276.444-2

Inapto

20

Congregação Israelita Paulista

Descobrindo Cidadãos

2013-0.276.443.4

Inapto

21

Associação Comunitária Despertar

Despertar - Orquestrando a Vida 2013-0.276.441-8

Apto comAdequação

22

Instituto Fomentando Redes e Empreendedorismo Social

 

Projeto Empreste-me teus olhos 2013-0.276.440-0

Apto comAdequação

23

Instituto Fomentando Redes e Emprendeedorismo Social

Projeto Escola do Olhar

2013-0.276.439-6

Inapto

24

Instituto Fomentando Redes e Empreendedorismo Social

Projeto Movimentarte

2013-0.276.438-8

Apto comAdequação

25

Instituto Pensarte

Visitando São Pedro

2013-0.276.436-1

Apto

26

Associação Águas Marinhas

Avança Guaianases

2013-0.276.432-9

Inapto

27

Fundação Francisca Franco

Construindo Historias por meio da família e do Brincar 2013-0.276.430-2

Apto comAdequação

28

Movimento Comunitário Estrela Nova

Conexão Cidadania

2013-0.276.429-9

Apto

29

Associação Evangélica Beneficente

Criar &Tocar

2013-0.276.428-0

Apto comAdequação

30

Associação Feminina de Estudos Sociais e Universitários

 

Sabores e Saberes

2013-0.276.603-8

Inapto

31

Instituto Movere de Ações

Comunitárias

A tecnologia a favor da Comunicação na reabilitação motora 2013-0.276.427-2

Inapto

32

Instituto Movere de Ações

Comunitárias

Curso de Qualificação em Obesidade Infantil para Profissionais

 

nas áreas de saúde, educação e afins

2013-0.276.424-8

Inapto

34

ONGF - Organização não Governamental

Futurong - Ação sócio cultural

Judô Futurong

2013-0.276.421-3

Apto ComAdequação

36

ONGF - Organização não Governamental

Futurong - Ação sócio cultural

Capoeira Futurong

2013-0.276.416-7

Apto

37

Instituto de desenvolvimento, educação, análise e legislação - IDEAL

 

Integração através do esporte

2013-0.276.498-1

Apto

38

Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar - CIAM

Atendimentos Multiprofissionais às crianças e adolescentes

 
 

com deficiência

intelectual com foco na escola

2013-0.276.496-5

Apto ComAdequação

39

Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar - CIAM

Inclusão Digital

para adolescentes com deficiência intelectual

 
 

com foco na escola e no mundo do trabalho

2013-0.276.494-9

Apto ComAdequação

40

Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar - CIAM

Atendimentos Multiprofissionais de bebês prematuros 2013-0.276.544-9

Apto

41

Associação Programa Educar

Aprendiz de Midias Digitais

2013-0.276.499-0

Apto

44

Fundação Dorina Nowill

para Cegos

Panorama do desenvolvimento e inserção escolar de crianças

 
 

eadolescentescomdeficiênciavisual

2013-0.276.502-3

Inapto

45

Fundação Dorina Nowill

para Cegos

Aprendendo com o centro de memória Dorina Nowill 2013-0.276.503-1

Apto ComAdequação

46

Fundação Dorina Nowill

para Cegos

Palestras Inclusivas - Informar para Transformar 2013-0.276.504-0

Apto

48

ARCO - Associação Beneficente

Ser Criança

2013-0.276.505-8

Inapto

49

ONG Plenoviver

Vigilantes do Futuro

2013-0.276.546-5

Apto ComAdequação

50

ONG Plenoviver

Criança Saudável é Criança Feliz

2013-0.276.508-2

Inapto

52

Associação Cristã de moços de São Paulo

Ampliando Horizontes

2013-0.277-913-0

Apto

53

Organização Nacional

de Defesa e Apoio de Criança e Adolescente,

Do idoso

Unidos

por

um mundo

para o Crescimento melhor

2013-0.277.919-9

Apto comAdequação

54

Organização Nacional

de Defesa e Apoio de Criança e Adolescente,

Do idoso

Projeto de Leitura - Brasileirinhos

2013-0.277.922-9

Apto

55

Organização Nacional

de Defesa e Apoio de Criança e Adolescente,

Do idoso

Pintando o Sete

2013-0.277.935-0

Apto

56

Fundação Gol de Letra

Historias e Jogos

2013-0.277.941-5

Apto

58

Associação Nosso Sonho de Reabilitação e Integração de pessoas com deficiência

Tecnologia Assistiva, um caminho para a autonomia de

 
 

pessoascomparalisiacerebral

2013-0.277.955-5 AptoComAdequação

59

Cultivando Amor

Colhendo Vidas

Crescendo com a Arte do Futebol 2013-0.277.961-0

Apto comAdequação

60

Cultivando Amor

Colhendo Vidas

Educar para mudar histórias de vida

2013-0.277.966-0

Inapto

61

ABBA - Associação Brasileira Beneficente Aslan

Projeto Pérolas

2013-0.277.970-9

Apto

62

AHIMSA - Associação Educacional para Múltipla Deficiência

 

Movimentos para Inclusão

2013-0.277.974-1

Apto

63

Núcleo Espiral - Pesquisa Assistência e Prevenção da Violência contra crianças e adolescentes

Somar: encontros temáticos para profissionais que atuam com crianças e adolescentes vitimas de violência 2013-0.277-978-4

Apto

64

Núcleo Espiral - Pesquisa Assistência e Prevenção da Violência contra crianças e adolescentes

Aprimorar - Refinamento da pratica de cuidadores

2013-0.277.984-9

Apto comAdequação

65

Núcleo Espiral - Pesquisa Assistência e Prevenção da Violência contra crianças e adolescentes

Realizar - Formação socio-educativa de jovens para o mundo

 
 

do trabalho

2013-0.277.990-3

Apto comAdequação

66

Abrace - Associação Brasileira para o adolescente e a criança especial

 

Construindo a trajetória do profissional com deficiência

2013-0.277.993-8

Apto comAdequação

67

Instituto Vida Nova São Paulo

Projeto Jurídico-Psico-social Girassol

2013-0.277.996-2

Inapto

68

Instituto Vida Nova São Paulo

ECA - Conhecer para acolher essa idéia na escola 2013-0.277.999-7

Apto

70

Centro comunitário JardimAutódromo

Arte, lazer e formação

2013-0.278.014-6

Inapto

72

Fraternidade Irmã Clara

Orientação e acessibilidade para uma melhor qualidade

2013-0.278.033-2

Apto

73

Fraternidade Irmã Clara

A importância da capacitação da equipe reabilitação 2013-0.278.071-5

Apto

74

Associação Fazendo História

Acolhimento em rede zona leste

2013-0.278.147-9

Apto

75

Associação Fazendo História

Família em foco - Histórias e registros

2013-0.278.167-3

Apto comAdequação

76

Associação Fazendo História

Apadrinhamento

2013-0.278.180-0

Inapto

78

Ação Comunitária do Brasil São Paulo

Conexão Jovem

20130-.278.270-0

Apto ComAdequação

80

Instituto Nova União da Arte - Nua

Escola de craques

2013-0.278.339-0

Apto comAdequação

82

Liga das Senhoras Católicas de São Paulo

Fortalecendo a Prática

2013-0.278.799-0

Inapto

83

Associação Cultural e Desportiva Bandeirantes

Sou Aprendiz

2013-0.278.800-7

Inapto

84

Centro Social Nossa Senhora da Penha

Piscina terapêutica para deficiência Múltipla

2013-0.278.801-5

Inapto

85

Associação Brasileira de busca a criança desaparecida

 

Sempre Alerta

2013-0.278.802-3

Apto

86

Associação Brasileira de busca a criança desaparecida

O Desaparecimento de Crianças e Adolescentes no município de São Paulo - Um fenômeno real 2013-0.278.803-1

Apto comAdequação

87

ADID - Associação para o Desenvolvimento Integral

do Down

Síndrome de Down a prática da vida na sociedade

2013-0.278.804-0

Apto

88

ADID - Associação para o Desenvolvimento Integral

do Down

Capacitando jovens com Síndrome de Down a desenvolverem

 
 

suascompetências

2013-0.278.805-8

Apto

89

Cáritas Diocesana de Campo Limpo - CDCL

O bolso Mágico

2013-0.278.809-0

Apto

90

GRAACC - Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer

 

Atendimento Psicológico de crianças e adolescentes com

 
 

câncer no Hospital

2013-0.278.808-2

Apto comAdequação

91

GRAACC - Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer

 

Acompanhamento Nutricional de pacientes com diagnóstico

 

de câncer da admissão até alta do tratamento 2013-0.278.806-6

Apto comAdequação

92

GRAACC - Grupo de Apoio ao Adolescente e Criança com Câncer

 

Atendimento avançado de enfermagem no tratamento de

 

criançaseadolescentescomcâncer

2013-0.278.812-0 AptocomAdequação

93

Associação Civil Anima

Construindo Juntos

2013-0.278.811-2

Apto

94

Instituto Acaia

Centro de Estudar

2013-0.278.810-4

Apto comAdequação

95

Instituto Acaia

Autonomia

2013-0.278.816-3

Apto ComAdequação

96

Instituto Acaia

Barracos Escola

2013-0.278.815-5

Apto ComAdequação

97

Projeto Amplitude

Todo mundo pode aprender - Uma proposta que busca

 
 

umaaprendizagem

2013-0.278.814-7

Apto

98

Projeto Amplitude

Favorecendo a comunicação da criança autista 2013-0.278.813-9

Inapto

99

Projeto Amplitude

Autonomia no cotidiano da criança autista 2013-0.278.825-2

Inapto

100

Associação Aliança de Misericórdia

Superação pelo brincar

2013-0.278.824-4

Apto

101

Fundação Gol de Letra

Sexualidade - Partilhando idéias e garantindo direitos 2013-0.278.822-8

Apto

102

CultivandoAmor ColhendoVidas

ObesidadeInfantil

2013-0.278-821-0

Inapto

103

Lar das Crianças Casa do Caminho

Pacificar Lutando

2013-0.278.820-1

Inapto

104

Associação

Solidariedade

em Marcha

Lapidando Diamantes

2013-0.278.819-8

Apto comAdequação

105

Associação de Assistência à Criança e ao Adolescente Cardíaco e Transplantados

 

do coração

Projeto Adolescente na ACTC

2013-0.278.818-0

Apto

106

Associação de Assistência à Criança e ao Adolescente Cardíaco e Transplantados do coração

Interdisciplinariedade no atendimento à criança cardíaca

2013-0.278.817-1

Apto

107

AAPQ - Associação de Apoio ao Projeto Quixote

Quixote

jovem transformador

2013-0.278.827-9

Apto

108

Congregação de Santa Cruz

Esporte, cultura e lazer fortalecendo a criatividade e

 
 

promovendo a qualidade de vida

2013-0.278-826-0

Apto

109

AssociaçãoInstitutoProA

Profissão

2013-0.285.264-3

Inapto

111

Associação Casa de Apoio Amigos

da vida - ACAAV

Hora do reforço escolar

2013-0.285.297-0

Apto ComAdequação

112

Associação Casa de Apoio Amigos

da vida - ACAAV

Informática na era digital

2013-0.285.305-4

Apto

113

Camp Pinheiros - Centro Assistencial de Motivação Profissional

 

Formação para a cidadania

2013-0.285.313-5

Inapto

115

Instituto Vida São Paulo

Flor de Liz

2013-0.285.329-1

Apto comAdequação

116

Instituto Rogacionista Santo Aníbal

Formação continuada na Rogacionista

2013-0.285.334-8

Apto comAdequação

117

InstitutoPROF

ComunidadeEsporte

2013-0.285.344-5

Apto

118

Instituto PROF

Seguindo em frente

2013-0.285.357-7

Apto comAdequação

119

Moradia Associação Civil

Casa Taiguara de Cultura Digital

2013-0.285.365-8

Apto comAdequação

120

InstitutoPROF

Comunarte

2013-0.285.374-7 AptoComAdequação

121

MoradiaAssociaçãoCivil

Mapasculturais

2013-0.285.383.6 AptoComAdequação

122

ASA - Associação Santo Agostinho

Asas da Inclusão

2013-0.285.560-0

Inapto

125

Turma do Bem

Programa de saúde bucal

2013-0.285.681-9

Inapto

126

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo

 

Humanização na UTI neonatal

2013-0.288.874-5

Apto ComAdequação

127

AACC - Associação de Apoio a Criança com Câncer

Novos Caminhos

2013-0.288.882-6

Inapto

128

Associação casa dos meninos

Desenvolvendo práticas colaborativas no território de

 
 

Violência

2013-0.288.885-0 AptocomAdequação

129

Instituto Nacional

da Capacitação e Educação para o trabalho - via de acesso

Via Jovem - cidadania e trabalho

2013-0.288.923-7

Inapto

130

Instituto Nacional

da Capacitação e Educação para o trabalho - via de acesso

Educadores XXI

2013-0.288.933-4

Apto comAdequação

131

Programa Social Gotas de Flor comAmor

Gotas Aprendizes - técnicas Administrativas e comerciais

 
 

para o mercado de trabalho

2013-0.288.937-7

Apto ComAdequação

132

Associação Arte despertar

Arte e cultura na interação de orientadores com criança e

 
 

adolescente

2013-0.288.944-0 AptoComAdequação

Оценить