Вы находитесь на странице: 1из 51
FERTILIZANTES HERINGER S/A
FERTILIZANTES HERINGER S/A
4,5 bilhões de anos
4,5 bilhões
de anos
Área + de 51 BILHOES de hectares
Área
+ de 51 BILHOES
de hectares
71% H 2 O Somente 3% agua doce
71% H 2 O
Somente 3% agua doce
+- 15 bilhoes de hectares de terra
+- 15 bilhoes de
hectares de terra
+ de 1 BILHÃO HECTARES PLANTADOS
+ de 1 BILHÃO
HECTARES
PLANTADOS
6.6 BILHOES HABITANTES Previsão de 8 bilhões em 2028
6.6 BILHOES
HABITANTES
Previsão de 8 bilhões em 2028
?
?
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes 90 % DA PRODUÇÃO MUNDIAL
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
90 % DA PRODUÇÃO MUNDIAL
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes 90% Do Consumo mundial de
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
90% Do Consumo mundial
de Fertilizantes
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes KCL KCL KCL ALEMANHA RUSSIA
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
KCL
KCL
KCL
ALEMANHA
RUSSIA
KCL
ISRAEL
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes MAP RUSSIA MAP MAP EUA
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
MAP
RUSSIA
MAP
MAP
EUA
MARROCOS
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes UREIA RUSSIA UREIA VENEZUELA UREIA
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
UREIA
RUSSIA
UREIA
VENEZUELA
UREIA
ARGENTINA
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes SA SA RUSSIA ALEMANHA SA
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
SA
SA
RUSSIA
ALEMANHA
SA
EUA
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes NA RUSSIA NA BULGARIA APROXIMADAMENTE
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
NA
RUSSIA
NA
BULGARIA
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes TSP MARROCOS TSP TUNÍSIA APROXIMADAMENTE
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
TSP
MARROCOS
TSP
TUNÍSIA
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de Fertilizantes FNR Tunisia FNR FNR EGITO
MERCADO MUNDIAL + de 430 Milhões de ton de
Fertilizantes
FNR
Tunisia
FNR
FNR
EGITO
FNR
Marrocos
Argelia
APROXIMADAMENTE 173 Milhões TONELADAS DE
NUTRIENTES
Principais Origens das Importações Brasileiras Nitrogênio 42,4% 3,3% 14% 9% 3,3% 3,5% 24,5% - Outros
Principais Origens das Importações Brasileiras Nitrogênio
42,4%
3,3%
14%
9%
3,3%
3,5%
24,5% - Outros
Fonte: ANDA / IFA
Principais origens das importações brasileiras fósforo 20% 8% 8% 9% 19% 14% 22% - Outros
Principais origens das importações brasileiras fósforo
20%
8%
8%
9%
19%
14%
22% - Outros
Fonte: ANDA/IFA
Principais origens das importações brasileiras potássio 18% 16% 32% 19% 12% 3% - Outros Fonte:
Principais origens das importações brasileiras potássio
18%
16%
32%
19%
12%
3% - Outros
Fonte: ANDA/IFA
Indústria Mundial de Fertilizantes ProjeProjeççãoão parapara oo ConsumoConsumo MundialMundial dede
Indústria Mundial de Fertilizantes
ProjeProjeççãoão parapara oo ConsumoConsumo MundialMundial dede
NutrientesNutrientes (mm(mm tons)tons)
ConsumoConsumo MundialMundial dede FertilizantesFertilizantes
porpor RegiãoRegião 20082008
CAGR 2,7%
193,1
180
173,5
135
90
45
0
2008
2012
Nitrogênio
Fósforo
Potássio
Fonte: IFA
Nota 1
Inclui o Caribe
Mercados Consumidores Mundiais e CAGR dos maiores mercados MaioresMaiores MercadosMercados dede
Mercados Consumidores Mundiais e CAGR dos
maiores mercados
MaioresMaiores MercadosMercados dede FertilizantesFertilizantes nono
MundoMundo ¹¹
CAGRCAGR dosdos maioresmaiores mercadosmercados -- 19901990 aa
20072007
Fonte:
IFA/ANDA
Fonte:
IFA/ANDA
Nota:
1 Em consumo de nutrientes - 2007
Brasil é o 4º maior mercado de fertilizantes do mundo (10,6 MM ton de consumo de nutrientes;
24,6 MM ton de misturas NPK) crescendo acima da média global.
CONSUMO DE FERTILIZANTES MUNDO x BRASIL MUNDO BRASIL NITROGENIO FOSFORO POTASSIO NITROGENIO FOSFORO POTASSIO
CONSUMO DE FERTILIZANTES MUNDO x BRASIL
MUNDO
BRASIL
NITROGENIO
FOSFORO
POTASSIO
NITROGENIO
FOSFORO
POTASSIO
ConsumoConsumo MundialMundial dede FertilizantesFertilizantes porpor
NutrientesNutrientes
ConsumoConsumo BrasileiroBrasileiro dede FertilizantesFertilizantes porpor
NutrientesNutrientes
(mil Ton)
%
(mil Ton)
%
2007
2007
N
100.850
59%
N
2.751
26%
P
40.456
24%
P
3.659
35%
2 O 5
2 O 5
K
28.955
17%
2 O
K
4.175
39%
2 O
TOTAL
170.261
100%
TOTAL
10.585
100%
Fonte:
IFA/ANDA
Visão da Cadeia de Produção de NPK A Indústria de Fertilizantes opera em três sub-segmentos:
Visão da Cadeia de Produção de NPK
A Indústria de Fertilizantes opera em três sub-segmentos:
– Mineração e extração de gás natural
– Produção de fertilizantes básicos e intermediários
– Produção e distribuição de misturas de NPK
Novas capacidades de produção Principais Novas Capacidades Tempo para implantação Custo de um novo 2007
Novas capacidades de produção
Principais Novas Capacidades
Tempo para implantação
Custo de um novo
2007
2008
de um novo projeto
Projeto*
China
2,2
4,2
Iran
1,1
1,7
US$ 1 bilhão** para 1
milhão de toneladas
de NH3
MMt Uréia
Oman
0,0
1,1
NN
3 anos
Egito
0,7
0,7
Subtotal
3,9
7,7
China
0,9
1,3
Marrocos
0,1
0,6
US$ 1,5 bilhões para
1 milhão de toneladas
de P2O5
Ac. Fosf
3-4 anos
PP
Rússia
-0,7
0,0
MM t P2O5
EUA
-1,1
0,0
Subtotal
-0,8
1,9
Rússia
0,4
0,4
MMt KCL
US$ 2,5 bilhões***
Canadá
1,3
0,0
KK
5-7 anos
para um mina de 2
China
0,5
0,0
milhões de toneladas
Subtotal
2,2
0,4
*base dos custos Canadá – Saskatchewan
**Complexo Amônia/Uréia
***Não inclui custos com ferrovia, estradas, infra-estrutura portuária.
Produção de Amônia Países 2.000 % em 2000 2.006 % em 2006 China 26.682 25,0%
Produção de Amônia
Países
2.000 % em 2000
2.006 % em 2006
China
26.682
25,0%
38.560
31,7%
Russia
8.735
8,2%
10.649
8,8%
India
10.148
9,5%
10.060
8,3%
USA
11.789
11,0%
7.510
6,2%
outros
49.570
46,4%
54.850
45,1%
Total
106.923
121.628
2000
2006
Fonte: IFA Elaboração MB
Agro
Consumo de Amônia Consumo de AMÔNIA em 1000 toneladas de nutrientes Países 2.000 % em
Consumo de Amônia
Consumo de AMÔNIA em 1000 toneladas de nutrientes
Países
2.000 % em 2000
2.006 % em 2006
China
26.682
25,0%
38.668
31,8%
USA
15.343
14,3%
13.420
11,0%
India
11.253
10,5%
11.709
9,6%
Russia
6.293
5,9%
7.499
6,2%
Outros
47.353
44,3%
50.333
41,4%
Total
106.923
121.628
2000
2006
Fonte: IFA Elaboração MB Agro
Produção de Rocha Fosfática Produção de rocha fosfática em 1000 toneladas de nutrientes Países 2.000
Produção de Rocha Fosfática
Produção de rocha fosfática em 1000 toneladas de nutrientes
Países
2.000 % em 2000
2.006 % em 2006
China
10.230
22,3%
16.809
32,3%
USA
11.506
25,1%
8.864
17,0%
Morocco
6.898
15,0%
8.663
16,6%
Russia
4.249
9,3%
4.159
8,0%
Tunisia
2.491
5,4%
2.266
4,4%
Brazil
1.687
3,7%
2.064
4,0%
Outros
8.844
19,3%
9.212
17,7%
Total
45.905
52.037
2000
2006
Fonte: IFA Elaboração
MB Agro
Consumo de Rocha Fosfática Consumo de rocha fosfática em 1000 toneladas de nutrientes Países 2.000
Consumo de Rocha Fosfática
Consumo de rocha fosfática em 1000 toneladas de nutrientes
Países
2.000 % em 2000
2.006 % em 2006
China
9.196
20,0%
16.552
31,8%
USA
12.080
26,3%
9.639
18,5%
Morocco
3.478
7,6%
4.286
8,2%
Russia
2.675
5,8%
3.159
6,1%
Brazil
1.987
4,3%
2.487
4,8%
India
1.753
3,8%
2.194
4,2%
Outros
14.735
32,1%
13.720
26,4%
Total
45.905
52.038
2000
2006
Fonte: IFA Elaboração MB Agro
Produção de Potássio Produção de potássio em 1000 toneladas de nutrientes Países 2.000 % em
Produção de Potássio
Produção de potássio em 1000 toneladas de nutrientes
Países
2.000 % em 2000
2.006 % em 2006
Canada
9.174
35,6%
8.360
28,4%
Russia
3.716
14,4%
5.724
19,5%
Belarus
3.372
13,1%
4.605
15,7%
Germany
3.409
13,2%
3.616
12,3%
Israel
1.748
6,8%
2.123
7,2%
Outros
4.371
16,9%
4.997
17,0%
Total
25.790
29.426
2000
2006
Fonte: IFA Elaboração MB Agro
Consumo de Potássio Consumo de potássio em 1000 toneladas de nutrientes Países 2.000 % em
Consumo de Potássio
Consumo de potássio em 1000 toneladas de nutrientes
Países 2.000 % em 2000 2.006 % em 2006
China
3.314
12,9%
5.789
19,7%
USA
5.428
21,0%
4.886
16,6%
Brazil
2.721
10,6%
3.703
12,6%
India
1.592
6,2%
2.082
7,1%
outros
12.735
49,4%
12.966
44,1%
Total
25.790
29.426
2000
2006
Fonte: IFA Elaboração MB Agro
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da produção Distribuição do Consumo 32 1. Mercado Brasileiro
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da
produção
Distribuição
do Consumo
32
1. Mercado Brasileiro em 2007
Região centro: Centro oeste, sudeste e Paraná
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da produção Norte 2%¹ NORDESTE 11%¹ CENTRO-OESTE 27%¹ SUDESTE
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da
produção
Norte
2%¹
NORDESTE
11%¹
CENTRO-OESTE
27%¹
SUDESTE
32%¹
SUL
28%¹
33
1. Mercado Brasileiro em 2007
Região centro: Centro oeste, sudeste e Paraná
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da produção Distribuição da Produção 34 1. Mercado Brasileiro
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da
produção
Distribuição da
Produção
34
1. Mercado Brasileiro em 2007
Região centro: Centro oeste, sudeste e Paraná
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da produção Nordeste 20,5% Região Centro 70,5% Região Sul
Mercado Brasileiro Distribuição do consumo e da
produção
Nordeste
20,5%
Região Centro
70,5%
Região Sul
9%
35
1. Mercado Brasileiro em 2007
Região centro: Centro oeste, sudeste e Paraná
… em um Cenário Competitivo MaioresMaiores PlayersPlayers nono MercadoMercado BrasileiroBrasileiro dede NPKNPK 1995
… em um Cenário Competitivo
MaioresMaiores PlayersPlayers nono MercadoMercado BrasileiroBrasileiro dede NPKNPK
1995
2007
Serrana
11%
Bunge
29%/ 30%
Outros
Manah
Bunge
Outros
14% / 19%
30%
10%
32%
IAP
7%
ADM
4% / 5%
Takenaka
4%
Heringer
4%
Mosaic
Heringer
11%/
12%
Trevo
Copas
13,2%
Fertiza
14%
6%
Solorrico
Fertibras
4%
Yara
Fertipar
7%
3%
Yara
17%
12%/ 13%
12%/ 13%
Mosaic
11%
Fonte: Estimativas da Companhia
36
O MERCADO BRASILEIRO DOBROU O CONSUMO NOS ÚLTIMOS ANOS ENTREGA CONSUMIDOR FINAL (mil ton) 24,6
O MERCADO BRASILEIRO DOBROU O CONSUMO NOS
ÚLTIMOS ANOS
ENTREGA CONSUMIDOR FINAL (mil ton)
24,6
23,8
*
22,8
22,8
24
*
21,0
20,2
19,1
18,21
17,50
17,0
16,4
15,86
15,89
14,6
13,8
13,7
13,91
13,36
13,13
12,2
11,91
10,8
11,20
9,32
9,45
8,17
7,77
6,78
27%
23%
26%
26%
23%
22%
33%
26%
25%
23%
25%
26%
27%
1995 1996 1997 1998 1999
2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006
2007 2008
* Estimativa
*
ENTREGA ANO
ACUMULADO JANEIRO SETEMBRO
Fonte: ANDA
MixMix dede VendasVendas porpor CulturaCultura -- 20072007 Cana 14% Outros Café 18% 6% Algodão 5%
MixMix dede VendasVendas porpor CulturaCultura -- 20072007
Cana
14%
Outros
Café
18%
6%
Algodão
5%
R eflo restamen
to
3%
Citrus
Milho
2%
19%
Soja
33%
Mercado de 24.604.000 ton
Fonte: ANDA e IBGE
38
SAZONALIDADE DAS ENTREGAS NO BRASIL-(%) 100,0 78,0 80,0 70,0 70,0 71,0 66,0 63,0 60,0 37,0
SAZONALIDADE DAS ENTREGAS NO BRASIL-(%)
100,0
78,0
80,0
70,0
70,0
71,0
66,0
63,0
60,0
37,0
40,0
34,0
29,0
30,0
30,0
22,0
20,0
0,0
2003
2004
2005
2006
2007
2008(1)
JAN-SET
OUT-DEZ
MERCADO ESTIMADO – 2008 : 23.8 MIL TON
FONTE:ANDA-Comitê de estatística
IMPORTAÇÃO x PRODUÇÃO NACIONAL Brasil é o quarto consumidor do Mundo, mas representa apenas 2%
IMPORTAÇÃO x PRODUÇÃO NACIONAL
Brasil é o quarto consumidor do Mundo, mas representa apenas 2% da
produção mundial
grande importador
24.600
23.500
22.796
22.767
*
20.981
20.194
17.530
15.424
14.683
15.035
11.724 12.101
9.353
9.773
9.816
8.778
9.015
8.534
2003
2004
2005
2006
2007
2008
PRODUÇÃO NACIONAL
IMPORTAÇÃO
CONSUMO
Importação:
N= 75%
P=25%
K2O=91%
*estimativa
FONTE: ANDA
A Força das Importações no Suprimento No Brasil, as importações representam 74% do suprimento de
A Força das Importações no Suprimento
No Brasil, as importações representam 74% do
suprimento de fertilizantes. Desta forma, a indústria
nacional pratica preços com paridade no mercado
internacional (“price taker”)
Consumo Brasileiro
(2007 - toneladas de nutrientes)
2.8 M t
3.7 M t
4.2 M t
8%
25%
Produção
49%
92%
75%
Importação
51%
Nitrogenio
Fósforo
Potássio
Fonte: ANDA, SIACESP
Nota: “Produção de Fósforo” inclui produção com matérias-primas internacionais.
Como a crise financeira pode afetar o setor de fertilizantes no Brasil ? Desafios Queda
Como a crise financeira pode afetar o setor de
fertilizantes no Brasil ?
Desafios
Queda no preço das commodities agrícolas no curto prazo
Escassez de crédito
Queda no preço das matérias-primas
Volatilidade cambial
Subsídios e barreiras internacionais
42
OPORTUNIDADES
OPORTUNIDADES
Brasil: Potencial Agrícola Único no Mundo O Brasil tem aproximadamente 283 milhões de hectares de
Brasil: Potencial Agrícola Único no Mundo
O Brasil tem aproximadamente 283 milhões de hectares de terras agricultáveis ainda não exploradas, 80% do total de terras
aráveis, enquanto os EUA, o maior player mundial de agricultura, tem apenas 35% de terras agricultáveis sem utilização, ou
seja, 95 milhões de hectares.
No Brasil, a área plantada de cana-de-açúcar destinada à produção de Etanol representa apenas 1% do total de terras
agricultáveis, enquanto nos EUA a área plantada de milho destinada à produção de Etanol representa 4%.
Parcelas Significativas de Terra Ainda não Exploradas O Brasil possui mais de 327 milhões de
Parcelas Significativas de Terra Ainda não Exploradas
O Brasil possui mais de 327 milhões de hectares de terras ainda não
utilizadas, comparado com os Estados Unidos com aproximadamente
81 milhões de hectares.
PotencialPotencial dede TerraTerra AgricultAgricultááveisveis
(mm(mm hectares)hectares)
394
269
220
83%
30%
176
40%
138
34%
30%
76
70%
71
60%
66%
30%
70%
41%
17%
70%
59%
BRA
USA
RUSS
CAN
UE
CHINA
ARG
Terras Exploradas
Terras ainda não exploradas
Fonte:
Revista Exame – Agosto 2005
45
Importante Produtor e Exportador O Brasil é um dos maiores produtores/exportadores de produtos agrícolas…
Importante Produtor e Exportador
O Brasil é um dos maiores produtores/exportadores de produtos agrícolas…
BrasilBrasil comocomo %% dada ProduProduççãoão MundialMundial
BrasilBrasil comocomo %% dasdas ExportaExportaççõesões MundiaisMundiais
(2007)(2007)
(2007)(2007)
1 °°°°
1 °°°°
62%
84%
1°°° °
1 °°° °
36%
1 °°°°
2 °°°°
2°°°°
42%
1 °°°°
38%
1 °°°°
1 °°°°
34%
25%
2 °°°°
2 °°°°
2 °°°°
4 °°°°
3 °°°°
30%
4 °°°°
29%
20%
17%
24%
23%
16%
16%
15%
4 °°°°
7%
Suco
Café
Soja
Açucar Gado
Óleo
Frango
Farelo
Milho
Suco
Açucar
Frango
Soja
Gado
Café
Farelo
Óleo
Grão
Grão
Soja
de
de Soja
Soja
de
de Soja
Laranja
Laranja
Fonte: USDA/; Elaboração: MAPA
… e possui um dos menores custos de produção no mundo
46
EXPORTAÇÕES PRODUTOS DO AGRONEGÓCIO Principais Produtos Exportados 2007 COMPLEXO SOJA CARNES 19% 19% DEMAIS
EXPORTAÇÕES PRODUTOS DO
AGRONEGÓCIO
Principais Produtos Exportados
2007
COMPLEXO SOJA
CARNES
19%
19%
DEMAIS
PRODUTOS
PRODUTOS
8%
FLORESTAIS
FIBRAS E
15%
PRODUTOS
TÊXTEIS
3%
CEREAIS,
FARINHAS E
PREPARAÇÕES
CAFÉ
COUROS,
7%
COMPLEXO
SUCROALCOOLEI
RO
PRODUTOS DE
11%
4%
COURO E
FUMO E SEUS
PELETERIA
PRODUTOS
SUCOS DE FRUTA
6%
4%
4%
Fonte: AgroStat Brasil a partir de dados da SECEX / MDIC
Elaboração: CGOE / DPI / SRI / MAPA
Fundamentos para demanda de commodities agrícolas
Fundamentos para demanda de commodities
agrícolas
Mercado e Perspectivas para 2008/2009 – Matérias-Primas
Mercado e Perspectivas para 2008/2009 –
Matérias-Primas
Mercado e Perspectivas para 2008 – Mercado • Expectativa atual de mercado para 2008 é
Mercado e Perspectivas para 2008 –
Mercado
• Expectativa atual de mercado para 2008 é 23,8 milhões de toneladas, com a sazonalidade de 48% no 1º
semestre e 52% no 2º semestre.
• Para 2009 a sazonalidade esperada deverá se aproximar aos níveis históricos do setor, que em média, de
2004 a 2006, foi de 31% no 1º semestre e 69% no 2º semestre.
VolumeVolume MercadoMercado
SazonalidadeSazonalidade MercadoMercado parapara 2008E2008E
(milhões(milhões dede toneladas)toneladas)
-3%
+ 17,1%
+ 4,0%
52%
48%
Fonte: Dados históricos 2005-2007 ANDA; Estimativa 2008 da Heringer e Agroconsult
50
HERINGER 40 ANOS PRODUZINDO COM QUALIDADE
HERINGER
40 ANOS PRODUZINDO
COM QUALIDADE