Вы находитесь на странице: 1из 1

ser usado será possível através da grava- ção de diferentes Firmwares. A sua faixa de frequência de operação é de 5 KHz a 500 KHz. Permitindo o uso em qualquer lugar do mundo: compatível com as bandas CENELEC*, FCC*, ARIB* (Japão), e outros. Outras das caraterísticas únicas apresentadas pelo SM2400 são a possibi-

lidade de selecionar os canais de trabalho

e pode usar até 127 portadoras, a seleção

de modulação utilizada, BPSK, QPSK, 8PSK, 16QAM, taxas de dados selecioná- veis até 500 Kpbs de rendimento total; criptografia de 128 bits AES, FEC, aces- so ao canal com controlo anti-colisão (CSMA/CA), entre outros. Com um nú- cleo de encriptação 128 bit AES e um ID único, o SM2400 fornece todos os meios para uma comunicação segura. Integran- do no seu “front-end” conversores ana- lógicos ADC, DAC, controle de ganho e dois OpAmp que permitem um desenho do sistema final muito eficiente, apresen- tando um baixo custo de BOM, o SM2400 pode executar simples aplicações no seu núcleo DLL. No entanto, na maioria das aplicações o SM2400 comunica com um MCU mestre via SPI ou UART. O SM2400

estará disponível em amostras funcionais

e através de um kit de avaliação em ja-

neiro de 2014 e entrará em produção em março. Contacte a Lusomatrix para solici- tar amostras e preços.

MANIPULAÇÃO DE PEÇAS SENSÍVEIS COM OS CILINDROS DE ELEVAÇÃO FIPA

FLUIDOTRONICA – Equipamentos Industriais, Lda. Tel.: +351 256 681 955 · Fax: +351 256 681 957 fluidotronica@fluidotronica.com · www.fluidotronica.com

fluidotronica@fluidotronica.com · www.fluidotronica.com Os cilindros de elevação FIPA são os es- pecialistas na

Os cilindros de elevação FIPA são os es- pecialistas na manipulação de peças po- rosas e sensíveis como o papel ou finas películas. Podem trabalhar por vácuo quando é necessária potência e veloci- dade ou por ar comprimido - neste caso, os cilindros de elevação incorporam um gerador de vácuo próprio. Caraterizados pelo seu baixo ruído ao trabalhar e pelo seu longo tempo de vida útil, os cilindros

de elevação da FIPA permitem uma com- pensação dos diferentes níveis das peças. Estes cilindros de elevação vêm também com opções de fixação simples e fle- xíveis. Estas unidades são utilizadas es- sencialmente na sucção e manipulação simultâneas de peças finas, permeáveis ao ar e planas; na separação de papel, laminados, filme, e outros. Quando os ci-

lindros de elevação entram em contacto com a peça, o vácuo é gerado, a haste re- trai-se rapidamente e a peça é levantada. Com um equipamento temos uma solu- ção que, de outra forma, seria necessário juntar ventosas, acessórios para ventosas, cilindro para movimento, sensores de deteção, acessórios pneumáticos, eletro- válvula para controlo do movimento do cilindro, eletroválvula para controlo da abertura/fecho do vácuo e ejetor/gera- dor de vácuo.

F.FONSECA APRESENTA VARIADOR DE VELOCIDADE REGENERATIVO FRA 741 DA MITSUBISHI ELECTRIC

F.Fonseca, S.A.

Tel.: +351 234 303 900 · Fax: +351 234 303 910 ffonseca@ffonseca.com · www.ffonseca.com /FFonseca.SA.Solucoes.de.Vanguarda

· www.ffonseca.com /FFonseca.SA.Solucoes.de.Vanguarda A série FR-A741 de variadores de veloci- dade regenerativos

A série FR-A741 de variadores de veloci-

dade regenerativos Mitsubishi permite que a energia gerada pelo motor, aspe- to bastante comum em muitos sistemas motrizes, possa ser introduzida na rede elétrica em vez de ser desperdiçada em resistências e unidades de frenagem. A

energia gerada é reutilizada nas próprias instalações fabris, reduzindo assim os custos energéticos e aumentando, por sua vez, a rentabilidade. Os sistemas mo- trizes elétricos necessitam, geralmente, de quantidades consideráveis de ener- gia elétrica. Embora seja amplamente aceite que os variadores de velocidade permitam uma gestão eficiente da po- tência, não eliminam os gastos em todas

as aplicações. A série A741 é instalada de

forma simples e rápida oferecendo uma poupança real, durante todo o seu ciclo operacional. Destaca-se a alimentação de 3 x 400 VAC; uma potência de 0,75 KW a 55 KW; uma frequência de saída de 0 a 400 Hz; e um tipo de controlo veto- rial avançado sensorless. Está integrado num corpo robusto, tem uma função de regeneração de potência, elementos de elevada funcionalidade/performance. Com uma vasta gama ainda se carateri-

za pela redução total do custo atingível

e as ótimas capacidades de travagem do

motor através da função regenerativa. Ao nível das áreas de aplicação, o variador de velocidade regenerativo FR-A 741 da Mitsubishi Electric é indicado para aplica- ções de regeneração de energia; eleva- ção (gruas, elevadores, pontes rolantes); transportadores; centrifugadoras.

SISTEMA PPDS DA IGUS CONTROLA O FUNCIONAMENTO DAS CALHAS ARTICULADAS

igus®, Lda. Tel.: +351 226 109 000 · Fax: +351 228 328 321 info@igus.pt · www.igus.pt

109 000 · Fax: +351 228 328 321 info@igus.pt · www.igus.pt As paragens dos sistemas custam

As paragens dos sistemas custam tempo, dinheiro e criam stress e para reduzir os tempos de paragem e evitar danos, a igus oferece o PPDS basic, o PPDS advanced e o PPDS pro, sistemas de monitorização

para controlar as forças de deslocamento em calhas porta cabos articuladas. Mes- mo com as mais amplas medidas de pre- caução não é possível evitar que ocor- ram paragens nas máquinas. Em calhas articuladas abertas podem cair peças ou ferramentas bloqueando o seu mo- vimento. Uma das possíveis consequên- cias são os danos que tornem necessá- rias a substituição parcial ou completa da calha articulada assim como dos cabos transportados. Para reduzir os danos a um mínimo, a igus oferece para cada

aplicação o sistema “Push Pull Force De- tection System” (PPDS). Graças à utilização de componentes eletrónicos modernos,

a igus reduziu o espaço ocupado pelos

sistemas PPDS: os quadros elétricos das