Вы находитесь на странице: 1из 8
InformativoInformativo
InformativoInformativo

Ano 13 - Nº 156 Jan/Fev 2014

InformativoInformativo Ano 13 - Nº 156 Jan/Fev 2014 Festa de Confraternização do BB e AAFBB C

Festa de Confraternização do BB e AAFBB

C om a presença do

Superintendente do BB

Ceará, Elói Medeiros

Junior, da então Vice-presidente de Seguridade daAAFBB, Loreni de Senger, do Representante da AAFBB-CE, Gerardo Camilo e de diversos administradores do Banco na Capital, foi realizada no dia 13 de dezembro uma GRANDE FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO DE NATAL E ANO NOVO, promovida pelo Banco e pela AAFBB-CE.

DE NATAL E ANO NOVO, promovida pelo Banco e pela AAFBB-CE. Um coquetel foi servido aos

Um coquetel foi servido aos presentes, recepcionados pelo grupo musical Baby AraújoePauloRégis. No auditório diversas autoridades usaram da palavra apresentando os resultados de seus órgãos no ano de 2013 e projetando novas realizações para o ano de 2014. Dentre os oradores destacamos a palavra de Camilo que está inserida nas páginas 4 e 5 com o registro fotográfico dos participantes

F ixado número de eleitores e quórum. Inscrição de chapas começa no dia

de eleitores e quórum. Inscrição de chapas começa no dia o Artigo 21, Inciso I, do

o Artigo 21, Inciso I, do Regulamento de Consultas, bem como o Artigo 8º, Inciso II, do Edital de Convocação das Eleições PREVI 2014, o número mínimo de assinaturas na relação de apoio a ser apresentada pelas chapas será de 993 (novecentos e noventa e

três). Vale lembrar que no verso da relação de apoio, junto às respectivas assinaturas, é preciso constar a identificação - nome completo, matrícula, dependência de localização ou situação de assistido de cada signatário. O anverso do documento deverá conter a relação dos integrantes da chapa, conforme estabelecido no Anexo 2 doEdital. Inscrição de chapas começou no dia 12/2.

12/2.

Em cumprimento ao Artigo 11 do Edital de Convocação das Eleições 2014, informamos que é 198.548 (cento e noventa e oito mil, quinhentos e quarenta e oito) o número total de participantes e assistidos, maiores de 18 anos, inscritos nos planos de benefícios até o dia 31 de janeiro de 2014, com direito a voto. Dessa forma, o quórum para as eleições PREVI 2014, previsto no Artigo 6º do Capítulo II do Regulamento de Consultas aos Participantes e Assistidos da PREVI será de 99.275 (noventa e nove mil, duzentos e setenta e cinco) participantes e assistidos. Definida a base de votantes, e considerado

PREVI - Central de Atendimento tem mais um número

Agora os participantes também podem ligar para 0800 031 0505 Informamos que o número 0800 729 0505 está indisponível no momento. Para falar com a Central de Atendimento, você agora também pode ligar para 0800 031 0505. Outra alternativa, além do novo número, é utilizar o Fale Conosco do site.

InformativoInformativo
InformativoInformativo

02

Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N

o.

156

Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N o. 156 Gilberto Santiago gilbertomsantiago@terra.com.br Os

Gilberto Santiago

gilbertomsantiago@terra.com.br

Os difíceis caminhos da previdência

O entendimento acerca das regras e fundamentos da previdência complementar é

importante para que nossos problemas sejam discutidos com critérios definidos e com responsabilidade, de forma que haja consistência, credibilidade e resultado eficaz nos debates e nas medidas a serem tomadas, sem soluções fantasiosas ou apartadas da realidade. Referimo-nos especificamente à suspensão do Bet a partir de janei- ro/2014 e à volta das contribuições, em consonância com as normas estabeleci- das pela Resolução 26 do CNPC – Conselho Nacional de Previdência Complementar, órgão vinculado ao Ministério da Previdência. De fato, o Bet, por sua própria denominação, já nasceu fadado a ser temporário, sob critérios de utilização que obrigatoriamente serviram de base ao Memorando de Entendimentos de novembro de 2010. Assim, o benefício

só teria sua continuidade caso a reserva

de contingência apresentasse recursos equivalentes a 25% das reservas matemáticas (o cálculo dos compromis- sos de pagamento de aposentadorias e pensões de todos os participantes do Plano 1, atuarialmente trazido a valor presente). Vale relembrar que, no auge das

discussões de novembro/2010, envolvendo a distribuição da reserva especial de R$ 15 bilhões, acumulada

até dezembro/2009, foi formada uma Comissão que se dirigiu à Previc, a fim de discutir a legalidade da Resolução 26. Na ocasião, o Superintendente foi enfático no sentido de que, enquanto aquela norma estivesse em vigor, seria

a base para apreciação de qualquer

decisão surgida na mesa de negocia- ções. Conhecida a regra que orientou a concessão do Bet, vamos aos fatos concretos. A Previ apresentou, no balanço de 2013, um superávit acumulado da ordem de R$ 22,2 bilhões. Enquanto o mercado acionário perdeu 15% em 2013, a Previ cresceu em torno de 7,5%. Pode, portanto, parecer incompreensível e até mesmo absurdo, à primeira vista, que nosso Fundo de Pensão possa ter registrado, ao final do exercício, um excedente contábil acumulado de tal magnitude e, mesmo assim, tenha sido obrigado a suspender o pagamento do Bet. Acontece que o saldo de R$ 2 bilhões do Fundo Específico formado para pagamento do benefício teve que ser zerado e transferido para complementar os R$ 28,7 bilhões exigidos para a Reserva de Contingência (25% da Reserva Matemática). Mesmo assim, ainda ficaram faltando R$ 4,5 bilhões. Esta realidade vem causando um grande transtorno a milhares de colegas aposentados e pensionistas que estavam acostumados, em três anos ininterruptos de recebimento, com a inclusão do BET em seus orçamentos, ainda mais que, pelos cálculos iniciais, o benefício estava previsto para perdurar, pelo menos, até meados de 2014. Daí as diversas iniciativas que surgiram para a solução deste problema, tanto através do Legislativo como por meio de ações no Judiciário, tendo como autoras algumas entidades representativas (entre elas a AAFBB), basicamente objetivando a derrubada de dispositivos da Resolução 26. Os movimentos visando à coleta de assinaturas de apoio a Projetos de Lei

Parlamentar são válidos, embora de difícil tramitação por contrariarem os

interesses governamentais. Ressalte- se que, em uma das Comissões, o Relator é o senador José Pimentel (PT- CE), o mesmo que, como presidente do CNPC e Ministro da Previdência, assinou a Resolução em setembro de

2008.

No Judiciário, estão sendo feitas novas investidas visando à declaração de ilegalidade da 26 e à continuidade do Bet, em Ações Civis Públicas em que se

pede também a vedação de transferên- cia do saldo do Fundo Específico do Bet para a Reserva de Contingência, sob argumento de que a norma teve comportamento administrativo em desacordo com a lei, em evidente transgressão da hierarquia jurídica. De fato, embora a LC 109 confira ao CNPC (artigo CGPC) o poder de fiscalizar e regulamentar os planos de previdência complementar fechados, essa atribuição não lhe dá o direito de contrariar o espírito e a forma daquela lei específica que permite claramente aos Fundos de Pensão a flexibilidade de escolha do percentual a ser alocado na Reserva de Contingência (até 25%), com base em estudos próprios que preservem o equilíbrio atuarial dos Planos de Benefícios. É importante, nesta hora, que as iniciativas não sejam dispersas e que haja a união e o esforço conjunto de todas as lideranças, desconsiderados os interesses políticos e as diferenças pessoais, cada qual colaborando com sua experiência e capacidade. E, principalmente, com o reiterado discurso de unidade se tornando realidade, com serenidade e bom senso.

Direção Geral: Colaboradores: Tiragem: Gerardo Camilo Juarez Airton / Eugenio Pacelli 4.000 exemplares Jornalista
Direção Geral:
Colaboradores:
Tiragem:
Gerardo Camilo
Juarez Airton /
Eugenio Pacelli
4.000 exemplares
Jornalista Responsável:
Editado pela AAFBB-CE
Programação
Visual e
Diagramação:
Fco. Roberto Santana
de
Almeida
Av.
Duque
de
Caxias, 560
- Centro
Rose
Mary
Lima
de
Almeida
MTE-DRT
-
Reg.
1484-CE
Fone:
0xx85 - 3255.31.17
mary@aafbb-ce.com.br
Revisão:
Fortaleza - (CE)
(85)
3253.5218
Raimundo
Magina
centro@aafbb-ce.com.br
Falkner
Silva (85) 8715.7297
InformativoInformativo
InformativoInformativo

Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N

o.

156

03

1ª Comemoração dos 70 anos da CASSI na Unidade Ceará

N este dia 27 de janeiro a CASSI Ceará

promoveu um café da manhã para comemo-

rar o aniversário de 70 anos da CASSI e

contou com a presença de representante do Conselho de Usuários, sr. Francisco Henrique Ellery, de representante da AAFBB, sr. Gerardo Camilo, o gerente da GEPES, sr. Luiz Humberto Ismael da Costa, mais de 60 colaboradores e participantes que aguardavam atendimento. Na ocasião, o participante, sr. José Coracy de Souza Coelho comemorou os seus 87 anos representando todos os participantes da CASSI. A gerente da Unidade, Andrea Borb, falou da grandeza de uma instituição completar 70 anos e que foi graças à força dos funcionários do Banco do Brasil e de todos os colaboradores que a CASSI se firmou como o melhor plano de autogestão em saúde.

se firmou como o melhor plano de autogestão em saúde. Aprender outras línguas é um requisito
Aprender outras línguas é um requisito para entrar no mercado de trabalho. Por isso, a

Aprender outras línguas é um requisito para entrar no mercado de trabalho. Por isso, a AAFBB oferece cursos de âmbito nacional e regional para atender os associados da melhor forma. A Skill, o Yázagi e o Smartzschool são cursos de idiomas com unidades espalhadas em todo o país. Oferecem descontos de 20% nas mensalidades dos cursos regulares.

descontos de 20% nas mensalidades dos cursos regulares. Seja sócio da AAFBB - Visite nosso site:
descontos de 20% nas mensalidades dos cursos regulares. Seja sócio da AAFBB - Visite nosso site:
GGruporupo ddee AAposentadosposentados Q ueremos levar aos nossos sócios, amigos, colegas e colaboradores os votos
GGruporupo ddee AAposentadosposentados
Q ueremos levar aos nossos
sócios, amigos, colegas e
colaboradores os votos de
Pre
Pre
e E
e E
FELIZ ANO NOVO, esperando que
tenham todos pleno êxito em suas
aspirações e desejos.
O ano de 2013 foi bastante
proveitoso para nossa entidade
porque tivemos a honra de participar,
conjuntamente com a
Superintendência Estadual do Banco
do Brasil, da grande comemoração
dos 100 anos do BB no Ceará, sendo
o ponto alto da promoção a justa
homenagem de reconhecimento que foi prestada a oito colegas
aposentados que se destacaram ao longo do tempo no trabalho
BB
desenvolvido no Banco.
Com o mesmo vigor e entusiasmo, a AAFBB promete continuar
lutando pelas reivindicações dos aposentados, mantida a
respeitosa cordialidade com os administradores do Banco.
DDr.r. RRaulaul LLourinhoourinho ee WWiltonilton DDaheraher
Gerardo Camilo de Souza
Representante Estadual
BBrilhanterilhante ee MManinhoaninho
Patrícia Patrícia
(Gere (Gere
JJoãooão
ddoo CarmoCarmo
ee esposaesposa
Andreia Andreia
(Gere (Gere
Isabel
Isabel (Gerent
(Gerent
RRaimundoaimundo
MMaginaagina ee GGerardoerardo CCamiloamilo
Dr. Raul Lourinho e Prof. Afonso Dr. Raul Lourinho e Prof. Afonso Fernandes Fernandes LLinhares,inhares,
Dr.
Raul
Lourinho e Prof. Afonso
Dr. Raul Lourinho
e Prof. Afonso
Fernandes
Fernandes
LLinhares,inhares, MarcosMarcos TavaresTavares ee LimaLima
de Melo, Camilo
Pretestado José de Melo, Camilo
Pretestado
José
e e
Eduardo Otávio
Eduardo Otávio
Grupo
Grupo
de
de colegas
colegas aposentados
aposentados
e e da da ativa ativa
ee
BBabyaby AAraújoraújo
PPauloaulo RegisRegis
LLuciano,uciano, HHumbertoumberto CCoutoouto ee ChagasChagas
MMariaaria
ddoo CCéu,éu,
AArmêniarmênia ee EEneidaneida
HHumbertoumberto FonteneleFontenele ee RenatoRenato BonfimBonfim
AAntoniontonio CCambraiaambraia
rente rente CLINICASSI), CLINICASSI),
erente erente da da Unidade) Unidade) e e
ente ente de de Relacionamento) Relacionamento)
José
José
Delano,
Delano,
Raimundo
Raimundo Norões
Norões e e
Fernando
Fernando
Brígido
Brígido
InformativoInformativo
InformativoInformativo

06

Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N

o.

156

CASSI divulga as chapas inscritas para as Eleições 2014

O prazo para inscrição das chapas para as eleições da CASSI 2014 terminou às 18h de sexta-feira, 31. Foram inscritas 04 (quatro) chapas. Em cumprimento ao artigo 8º, inciso VI do Regulamento de Consulta ao Corpo Social da CASSI, segue abaixo o nome e a composição de cada uma das chapas inscritas.

CHAPA" MATURIDADE" Diretor 3.767.675-X Gilberto Moreira Veras Júnior Conselheiro Deliberativo – Titular 1 0.981.120-6 Antonio José Banhara Conselheiro Deliberativo – Suplente 1 9.550.585-7 Virgínia Ribeiro Nogueira da Rocha Conselheiro Deliberativo – Titular 2 4.847.359-6 João Eugenio Franco Caldas Conselheiro Deliberativo – Suplente 2 5.914.861-6 José Valdo de Sousa Conselheiro Fiscal 4.678.850-6 Jayro de Maio Bernardes Conselheiro Fiscal - Suplente 3.866.168-3 Guilherme Oliveira Campos

CHAPA" RENOVAÇÃO " Diretor 4.300.321-4 Humberto Fernandes de Oliveira Conselheiro Deliberativo – Titular 1 3.750.020-1 GilbertoAntonio Vieira Conselheiro Deliberativo – Suplente 1 6.867.295-0 Maria do Rosário de Fátima Ferreira Durães Conselheiro Deliberativo – Titular 2 2.082.640-0 Claudio Nunes Lahorgue Conselheiro Deliberativo – Suplente 2 0.638.920-1 Alvino Franzoni Conselheiro Fiscal 7.554.560-8 Nilton Brunelli de Azevedo Conselheiro Fiscal - Suplente 4.621.952-8 Jane Cassandra RodriguesAbrantes Pereira

CHAPA" UMANOVACASSI " Diretor 4.311.970-0 Humberto SantosAlmeida Conselheiro Deliberativo – Titular 1 6.065.966-1 Karen Simone D'Avila Conselheiro Deliberativo – Suplente 1 6.001.870-4 Juliana Publio Donato de Oliveira Conselheiro Deliberativo – Titular 2 0.248.958-9 Ailton Claécio Lopes Dantas Conselheiro Deliberativo – Suplente 2 8.766.860-2 Ronaldo de Moraes Ferreira Conselheiro Fiscal 7.604.280-4 Norival da Silva Conselheiro Fiscal - Suplente 6.875.114-1 Marianne Lima Martins

CHAPA" TODOS PELACASSI " Diretor 9.841.958-7 William Mendes de Oliveira Conselheiro Deliberativo – Titular 1 6.298.760-7 Loreni Senger Correa Conselheiro Deliberativo – Suplente 1 2.835.995-X Elisa de Figueiredo Ferreira Conselheiro Deliberativo – Titular 2 3.154.029-5 Fabiano Félix do Nascimento Conselheiro Deliberativo – Suplente 2 7.556.190-5 Nilton Cifuentes Romão Conselheiro Fiscal 8.502.233-0 Regina Fátima de Souza Cruz Conselheiro Fiscal - Suplente 2.255.777-6 Daniel Liberato

Conselheiro Fiscal - Suplente 2.255.777-6 Daniel Liberato Seja sócio da AAFBB - Visite nosso site: www.aafbb-ce.com.br
Conselheiro Fiscal - Suplente 2.255.777-6 Daniel Liberato Seja sócio da AAFBB - Visite nosso site: www.aafbb-ce.com.br
07 Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N o. 156 BB & AAFBB
07
Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N
o. 156
BB & AAFBB Praça do Carmo
BB & AAFBB Praça do Carmo
comemoram comemoram o o Natal Natal
A AAFBB e o BB Praça do Carmo realiza-
ram, conjuntamente, comemorações alu-
sivasaoNatal.
Foram sorteados brindes entre os participan-
tes e os servidores indiretos da Associação (fo-
tos) e servido um gostoso café da manhã, meio
aos cumprimentos, abraços e desejos de boas
festasefelizanonovo.
´´Conscientes do que representa a data, o
nascimento de Cristo Jesus, e agradecidos por
tudo quanto Ele nos proporcionou durante o ano
que se finda, a nossa oração é que o Menino
Deus possa ter, na verdade, o lugar e o comando
de nossa vida´´, disse Roberto Almeida em sua
fala.
Houve a participação de funcionários da ati-
va, aposentados e pensionistas e diretores da
AABBFortalezaquevieramparticipardoevento.
InformativoInformativo

Sindicato & AAFBB

InformativoInformativo Sindicato & AAFBB O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos

O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra Marques, funcionário do BB desde 2001, em visita à AAFBB Aldeota assinou sua ficha de associação à esta entidade. Carlos (na foto ao lado de Gerardo Camilo) é muito bem relacionado no meio da classe e sua adesão foi recebida com alegria.

Fisioterapeuta Alberto Cerqueira - Fisioterapeuta graduado pela Faculdade Christus / CE - Pós-graduando em Terapia

Fisioterapeuta Alberto Cerqueira

- Fisioterapeuta graduado pela Faculdade Christus / CE

- Pós-graduando em Terapia Manual e Postural – Instituto Salgado de Saúde Integral / PR

- Formação Internacional em Método Busquet – As Cadeias Fisiológicas / França

- Formação Internacional em Biomecánica Craneocervical y Fisiopatología Articular Temporomandibular / Chile

- Formação Internacional em CranioSacral Therapy – Upledger Institute International / USA

- Formação em Osteopatia – Escola Brasileira de Ostepatia (EBOM) / MG

- Fisioterapeuta do Grupo de Estudos em Dores Orofacias (GEDO) – Odontologia-UFC / CE

Shiatsuterapeuta Davi Melo Alencar

- Shiatsuterapeuta pelo SENAC-CE

- Formando em acupuntura pela ABACO-RJ

- Mestre Reiki, Linhagem Usui, terapia energética

- Formando de Fisioterapia pelo Centro Universitário Estácio do Ceará/FIC

InformativoInformativo
InformativoInformativo

08

Informativo AAFBB no Ceará - Ano 13 - N

o.

156

PSO DE FORTALEZA TEM NOVO GERENTE

Ano 13 - N o. 156 PSO DE FORTALEZA TEM NOVO GERENTE N o dia 11,

N o dia 11, às 8.30h, o PSO de Fortaleza abriu as suas portas para uma

recepção festiva ao seu novo Gerente de Segmento,Allyson Menarren

Santiago Lobato, egresso de Manaus (AM) – foto -- que assume em

substituição a Miguel Barreto Falcão Neto, até então titular do cargo, muito bem

relacionado e promovido para Gerente de Área da GENOP Fortaleza (CE). O PSO, Plataforma de Suporte Operacional, que segmenta 61 Postos de Atendimento em nosso Estado, deu uma nova dimensão ao atendimento do Banco no que tange à atuação de seus caixas e demais componentes da equipe de atendimento direto aos nossos clientes. Compareceram ao evento os Gestores da SUPER, GENOP,AUDIT,AJURE, GECOR, RESEF, CSO Valores, AAFBB, Gerentes de diversas filiais do BB-CE bem como Gerentes de Setor e Módulo e demais funcionários daquela Unidade. Após as gestões protocolares, um gostoso café-da-manhã foi servido aos presentes.

IInformesnformes ddaa PPresidênciaresidência AAFBB celebra contrato para ajuizar ação do FGTS
IInformesnformes ddaa PPresidênciaresidência
AAFBB celebra contrato
para ajuizar ação do FGTS

A Diretoria da AAFBB assinou contrato com o escritório Tostes & De

Paula Advocacia Empresarial, em parceria com Sylvio Manhães Barreto Advogados, para ajuizar Ação Civil Coletiva em face da Caixa Econômica Federal. Na Ação, será requeri- da a mudança do atual índice de correção das contas do FGTS (TR - Taxa de Referência) por outro índice econômico que reflita a real e justa correção monetária anual prevista na legislação do FGTS. Após estudos sobre a maté- ria, a AAFBB resolveu entrar com a Ação por entender ter respaldo na decisão do Supremo Tribunal Federal (ADIN 4357) que, em março de 2013, em caso semelhante, julgou que a TR não poderia ser usada como índice de correção dos precatórios (títulos de pagamento cujo devedor é o

governo) por apresentar, desde 1999, resultados inferiores à

No caso de sucesso dessa Ação Coletiva, haverá uma

inflação do mesmo período. Por

segunda etapa, a de execução.

analogia, entende-se que o

A

AAFBB obteve condições

argumento pode ser aplicado ao FGTS, pois a sua fórmula de

especiais para os associados que optarem por promover a

remuneração é composta de TR mais 3% de juros ao ano. Tem direito todo aquele que tinha saldo no FGTS a partir do ano de 1999, independente- mente de estar hoje em ativida- de ou aposentado ou mesmo de ter utilizado o recurso - total ou parcialmente - para comprar casa própria ou abater as prestações do financiamento da moradia. A Ação Coletiva, que pleitea- rá os direitos dos nossos associ-

execução pelos advogados contratados. Neste caso, o associado deverá arcar com as custas desta etapa no valor de R$ 200,00 e com honorários de êxito de 10%, a serem pagos ao escritório contratado no final do processo. Para isso, é neces- sário assinar o Termo de Adesão. Antes, o associado deverá ler atentamente o documento, para tomar conhecimento de seus direitos e obrigações. O Termo

ados no que diz respeito à

de

Adesão está disponível aqui

matéria, não terá custo para os

no

site. É necessário imprimi-lo,

associados, pois todas as

assiná-lo e enviar para o seguin-

despesas desta etapa são de responsabilidade da AAFBB. Para se beneficiar da Ação, é imprescindível ser sócio.

te endereço:AAFBB/VIPAR Rua Araújo Porto Alegre, 64 - 4º andar, Centro, Rio de Janeiro (RJ) - CEP20030-015.