Вы находитесь на странице: 1из 30

Sistema de

Partida
Motor à Reação
Introdução
• O sistema visa a rotação inicial do eixo
compressor/turbina, aumentando
gradativamente sua velocidade angular (rpm);

• A partida é realizada pela rotação do eixo;

• Em caso de motores com compressor duplo, o


arranque aciona o eixo de alta pressão;

• Sistemas responsáveis pela partida: arranque e


ignição.
10/09/2009 Grupo Motopropulsor 2
Introdução

• Arranque e ignição são sistemas que operam


simultaneamente, porém são independentes;

• Unidade principal do sistema: STARTER;

• Após a ignição do motor o arranque é cortado.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 3


Introdução

Sistema de
partida do motor

Arranque
Ignição
(starter)

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 4


Partida do Motor

STARTER LIGADO

MOTOR ATINGE A
COMBUSTÍVEL IGNIÇÃO STARTER RPM MARCHA
IGNIÇÃO LIGADA MOTOR ACENDE ROTAÇÃO
ADMITIDO DESLIGADA DESLIGADO LENTA
NECESSÁRIA

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 5


Partida do Motor

RPM de marcha lenta

Velocidade de
auto-sustentação
Starter OFF

Acendimento

Admissão de combustível

Ignição ON

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 6


Partida do Motor

• Arranque e ignição são sistemas que operam


simultaneamente, porém são independentes;

• Após a o eixo alcançar a velocidade de auto-sustentação


desliga-se a ignição e o arranque automaticamente;

• Se permanecessem ligados poderia ocorrer:


- Retardo no ciclo de partida;
- Partida quente/ falsa;

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 7


Partida do Motor

• Os sistemas de arranque e ignição devem


operar simultaneamente;

• Arranque sem ignição = Crank.

• Ignição sem arranque: Re-acendimento em


vôo.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 8


Sistema de Partida

• O arranque pode ser elétrico, pneumático,


hidráulico ou à gás;
• Em aviação: Elétrico e pneumático são os mais
usados;
• O sistema deve desenvolver alta potência e
transmiti-la ao eixo;
• Alta potência porém com aceleração suave.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 9


Sistema de Partida

• Em motores que necessitam de alto torque de


partida como turbo jato e turbo fan utiliza-se
arranque de turbina pneumática;

• Motores de menor porte como os turbo


hélices utilizam arranque elétrico.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 10


Arranque Elétrico

• Existem dois tipos de arranque elétrico:

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 11


Arranque Elétrico

Elétrico direto:
• Motor de corrente contínua;
• Acoplado ao motor por meio de engrenagens
e embreagem;
• Desengata automaticamente após a
velocidade auto-sustentável;
• Localiza-se na caixa de acessórios.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 12


Arranque Elétrico

• Mecanismo de redução de voltagem é usado para


evitar danos no conjunto do acoplamento;

Componentes principais:
• Relés;
• Interruptores (switches);
• Barramento;
• Motor de arranque, etc.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 13


Arranque Elétrico

• Transforma Energia elétrica em mecânica;


• Usado em motores de pequeno e médio
porte;
• Energia elétrica oriunda de fonte externa ou
das baterias da aeronave;

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 14


Arranque-gerador

• Considerado econômico pois executa funções de


arranque e gerador;
• Funciona como um motor de C.C. (arranque) até que
o motor tenha chegado a uma velocidade pré-
determinada;
• Potência de partida só pode ser aplicada a um
arranque-gerador por vez;

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 15


Arranque-gerador
• Acima desta velocidade funciona como gerador para
suprir o sistema elétrico;
• Possui enrolamentos em série que produzem um
forte campo;
• Este campo resulta em alto torque para partida.

Possui em geral 4 enrolamentos de campo:


• Em série (C)
• Derivação de campo
• Campo de compensação
• Interpolação ou comunicação
10/09/2009 Grupo Motopropulsor 16
Arranque-gerador

• Durante a partida: Usa os enrolamentos em série/


compensação/ comunicação;

• Como gerador: Usa os enrolamentos de derivação/


compensação/ comunicação.

• Requer fonte de 24 volts e 15500 ampères para a


partida.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 17


Arranque-gerador

Painel de partida:
• Chave seletora do motor; (1, 2, 3, 4, OFF)
• Chave seletora de potência;
• Chave seletora de partida em vôo;
• Chave de partida.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 18


Arranque-gerador

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 19


Arranque-gerador

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 20


Arranque Pneumático

• É o sistema mais utilizado;


• Turbina de ar que transmite potência
mecânica através de um redutor e
embreagem para o eixo compressor-turbina;
• Turbina de ar acionada pelo APU ou fonte
externa;
• Usado em motores de grande porte.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 21


Arranque Pneumático

• Auxílio de fonte externa: GPU, APU ou ar


sangrado do motor que já esteja em
funcionamento;
• Localizado na caixa de acessórios
• Comandado pela start valve através da starter
switch na cabine;
• Para motores com eixo axial duplo:
• Aciona N2;
10/09/2009 Grupo Motopropulsor 22
Arranque Pneumático
• N1 (fan) é girado pelo fluxo de ar produzido
pela rotação de N2;
• A chave de ignição (starter switch) controla o
fluxo de ar para o starter;
• Utiliza a abertura e o fechamento da válvula
de partida (start valve);
• Pré-seleciona o sistema de ignição;
• Alguns sistemas possuem bobina de atração
que mantém a chave ligada até A/S e fechada
por mola.
10/09/2009 Grupo Motopropulsor 23
Arranque Pneumático

• Sistema pneumático desenvolve torque inicial


de até 2x o elétrico;
• Possui sistema de lubrificação;
• Se a assistência do motor de arranque for
cortada abaixo da velocidade de A/S:
• O motor falha para acelerar até IDLE;
• O motor pode desacelerar porque não
consegue produzir energia;
10/09/2009 Grupo Motopropulsor 24
Arranque Pneumático

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 25


Arranque Pneumático

Starter
Ar do APU Ar da LPU

Check valves
Saída de ar
Start valve

Ar de sangria

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 26


Arranque Pneumático

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 27


Arranque Pneumático

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 28


Outros Tipos

Outros tipos de arranque:


• Arranque tipo cartucho:
Ler apostila página 5-20 até 5-22.

• Arranque mistura combustível/ar:


Ler apostila página 5-22 até 5-23.

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 29


Questionário
1. Quais são os tipos de arranque utilizados nos MRE aeronáuticos?
2. Onde se localiza o starter?
3. Em um MRE de fluxo axial duplo qual compressor é acionado pelo starter?
4. O sistema de partida depende do sistema de ignição? Por quê?
5. Qual a finalidade principal do starter?
6. O que velocidade de auto-sustentação?
7. Qual o tipo de arranque usado em motores de médio porte?
8. Como é feito o acoplamento do starter ao eixo principal do motor?
9. O que é arranque-gerador?
10. De onde provém o ar para alimentar o starter pneumático?
11. Qual a finalidade da start valve?
12. Qual a finalidade do starter switch?

10/09/2009 Grupo Motopropulsor 30