Вы находитесь на странице: 1из 2
OO IMPACTOIMPACTO DADA PACPAC NANA AGRICULTURAAGRICULTURA PORTUGUESAPORTUGUESA aa …… adesãoadesão dede
OO IMPACTOIMPACTO DADA PACPAC NANA AGRICULTURAAGRICULTURA PORTUGUESAPORTUGUESA
aa
…… adesãoadesão dede
PortugalPortugal àà UEUE
AA agriculturaagricultura portuguesaportuguesa encontravaencontrava--sese
económicaeconómica ee tecnicamentetecnicamente estagnada,estagnada, quandoquando sese
iniciou,iniciou, emem 1977,1977, oo processoprocesso dede adesãoadesão
ee aa
implementaçãoimplementação dada
PACPAC constituíramconstituíram osos
seusseus maioresmaiores
desafiosdesafios
atéaté 19861986
masmas
•• contribuíacontribuía comcom 17%17% parapara oo PIBPIB ee 30%30% parapara oo emprego;emprego;
•• aa produtividadeprodutividade ee oo rendimentorendimento erameram muitomuito inferioreinferioress aosaos
dosdos restantesrestantes paísespaíses--membros;membros;
•• oo investimentoinvestimento eraera muitomuito reduzidoreduzido ee asas técnicastécnicas poupoucoco
evoluídas;evoluídas;
•• asas infrainfra--estruturasestruturas agrícolasagrícolas erameram insuficientesinsuficientes ee asas
característicascaracterísticas dasdas estruturasestruturas fundiáriasfundiárias dificultadificultavamvam oo
desenvolvimentodesenvolvimento dodo sector;sector;
•• haviahavia poucapouca experiênciaexperiência emem matériamatéria dede concorrênciaconcorrência nosnos
mercadosmercados internointerno ee externo.externo.
póspós 19861986
…… inserçãoinserção numnum espaçoespaço económicoeconómico
excedentárioexcedentário emem produtosprodutos agrícolasagrícolas,,
nosnos quaisquais oo paíspaís eraera carenciadocarenciado
deparoudeparou--sese comcom
…… integraçãointegração numnum sistemasistema
concorrencialconcorrencial queque evoluiuevoluiu rapidamenterapidamente
nono sentidosentido dada liberalizaçãoliberalização ee aberturaabertura
dede fronteirasfronteiras ((MercadoMercado ÚnicoÚnico -- MUMU))
ImplicaçõesImplicações positivas/positivas/
negativasnegativas
…… limitaçõeslimitações àà produçãoprodução,, nana sequênciasequência dede
umum excessoexcesso dede produçãoprodução parapara queque nãonão
haviahavia contribuídocontribuído
beneficiou,beneficiou, nono entanto,entanto, dede umum
…… reconhecidareconhecida aa especificidadeespecificidade dada
agriculturaagricultura portuguesa,portuguesa,
nomeadamentenomeadamente oo atrasoatraso
tecnológicotecnológico faceface aosaos seusseus
parceirosparceiros
poispois
foifoi
RegimeRegime dede adaptaçãoadaptação
dede 1010 anosanos
…… desfavorecimentodesfavorecimento pelopelo sistemasistema dede
repartiçãorepartição dosdos apoiosapoios financeirosfinanceiros,, feitofeito
emem funçãofunção dodo rendimentorendimento médiomédio ee dada áreaárea
dede exploração,exploração, queque continuoucontinuou aa beneficiarbeneficiar
algumasalgumas OCMOCM ee osos paísespaíses queque maismais
produziamproduziam
parapara aa
…… osos investimentosinvestimentos emem projectosprojectos coco--
financiadosfinanciados porpor fundosfundos comunitárioscomunitários
levaramlevaram aoao endividamentoendividamento dosdos
agricultoresagricultores,, agravadoagravado pelaspelas taxastaxas dede jurojuro
bancáriobancário que,que, durantedurante muitomuito tempo,tempo, foramforam
asas maismais altasaltas dada UniãoUnião
AdaptaçãoAdaptação àsàs regrasregras dada PACPAC
aoao mesmomesmo tempo,tempo, beneficioubeneficiou dede umum
programaprograma dede incentivosincentivos financeiros,financeiros, oo
…… disponibilidadedisponibilidade dede meiosmeios ee
instrumentosinstrumentos comcom osos quaisquais aa
agriculturaagricultura nacionalnacional sese poderiapoderia
modernizarmodernizar,, dotandodotando--sese dede estruturasestruturas ee
tecnologiatecnologia capazescapazes dede suportarsuportar umauma
integraçãointegração plenaplena nana PACPAC
ProgramaPrograma EspecíficoEspecífico dede DesenvolvimentoDesenvolvimento
dada AgriculturaAgricultura PortuguesaPortuguesa
PEDAPPEDAP
estesestes apoiosapoios traduziramtraduziram--sese nana
nono
entanto,entanto,
nomeadamentenomeadamente comcom
ModernizaçãoModernização ee transformaçãotransformação dodo sectorsector
esteeste
processoprocesso
•• aa suasua mecanizaçãomecanização,, factofacto queque aumentouaumentou aa tendênciatendência jájá verificadaverificada parapara aa diminuiçãodiminuição dede activosactivos nana agriculturaagricultura
•• aa alargamentoalargamento dasdas produçõesproduções dede regadioregadio (horticultura,(horticultura, fruticulturafruticultura ee tomate),tomate), porpor exemploexemplo atravésatravés dada
construçãoconstrução dede váriasvárias obrasobras dede hidráulicahidráulica agrícolaagrícola
•• electrificaçãoelectrificação dasdas exploraçõesexplorações
•• programasprogramas dede florestaçãoflorestação,, tendotendo emem vistavista oo ajustamentoajustamento entreentre aa utilizaçãoutilização ee aa realreal aptidãoaptidão dodo solosolo
•• modernizaçãomodernização ee construçãoconstrução dede novosnovos caminhoscaminhos ruraisrurais
•• promoçãopromoção dodo emparcelamentoemparcelamento dasdas pequenaspequenas exploraçõesexplorações
•• desenvolvimentodesenvolvimento dada formaçãoformação profissionalprofissional dosdos agricuagricultoresltores ee dada investigaçãoinvestigação agráriaagrária
•• encorajamentoencorajamento àà cessaçãocessação dada actividadeactividade atravésatravés dada prépré--reformareforma dosdos agricultoresagricultores maismais idososidosos
•• incentivoincentivo aoao associativismoassociativismo agrícolaagrícola
…… foifoi interrompido,interrompido, emem 19921992 ((MUMU),), comcom asas
alteraçõesalterações dada reformareforma dada PAC,PAC, queque
suspenderamsuspenderam oo períodoperíodo dede transiçãotransição
dede 1010 anosanos ee «abriram»«abriram» oo mercadomercado
portuguêsportuguês aosaos produtosprodutos estrangeirosestrangeiros
emem trocatroca dede umum novonovo quadroquadro dede apoios,apoios,
oo PAMAFPAMAF (Programa(Programa dede ApoioApoio àà
ModernizaçãoModernização dada AgriculturaAgricultura ee Florestas)Florestas)
…… provocouprovocou umum conjuntoconjunto dede
transformaçõestransformações queque passarampassaram pelopelo
agravamentoagravamento dodo desempregodesemprego nasnas áreasáreas
ruraisrurais ee pelapela dificuldadedificuldade nono escoamentoescoamento
dosdos produtosprodutos porpor estesestes nãonão seremserem
comercialmentecomercialmente competitivos,competitivos, faceface aosaos
dede origemorigem estrangeira,estrangeira, emem especial,especial, dada
UEUE e,e, particularmente,particularmente, dede EspanhaEspanha
…… aa comprometercomprometer--sese oo esforçoesforço dede
modernizaçãomodernização dada agriculturaagricultura e,e, porpor
arrastamento,arrastamento, oo declíniodeclínio destadesta actividade,actividade,
factofacto queque aa UEUE procurouprocurou ultrapassarultrapassar comcom
subsídiossubsídios aosaos agricultoresagricultores parapara nãonão
produziremproduzirem ((setset--asideaside)) ouou apoiandoapoiando
alternativasalternativas dede desenvolvimentodesenvolvimento dasdas
áreasáreas ruraisrurais (artesanato,(artesanato, turismo…)turismo…)
estaesta situaçãosituação
começoucomeçou assimassim
(…)(…)

(…)(…)

ProgramaPrograma OperacionalOperacional AgriculturaAgricultura ee DesenvolvimentoDesenvolvimento RuralRural
ProgramaPrograma OperacionalOperacional AgriculturaAgricultura ee
DesenvolvimentoDesenvolvimento RuralRural (denominado(denominado
ProgramaPrograma AGROAGRO).). InsereInsere--sese numanuma estratégiaestratégia
dede desenvolvimentodesenvolvimento agrícolaagrícola ee ruralrural queque visavisa
incentivarincentivar umauma sólidasólida aliançaaliança entreentre aa
agricultura,agricultura, enquantoenquanto actividadeactividade produtivaprodutiva
modernamoderna ee competitiva,competitiva, ee oo desenvolvimentodesenvolvimento
sustentávelsustentável dosdos territóriosterritórios ruraisrurais nasnas vertentesvertentes
ambiental,ambiental, económicaeconómica ee socialsocial
nono âmbitoâmbito dodo IIIIII QCAQCA surgiramsurgiram doisdois (2)(2) dosdos instrumeinstrumentosntos
vocacionadosvocacionados parapara oo desenvolvimentodesenvolvimento ruralrural
ouou seja,seja,
POARDPOARD
ee oo
salientesaliente--sese queque
ProgramaPrograma LEADERLEADER
i.e.i.e.
OO ProgramaPrograma AGROAGRO continuacontinua emem vigorvigor parapara oo
períodoperíodo 20072007--20132013 nono âmbitoâmbito dodo QuadroQuadro dede
ReferênciaReferência EstratégicoEstratégico NacionalNacional ((QRENQREN))
contudocontudo
LigaçõesLigações entreentre acçõesacções dede
desenvolvimentodesenvolvimento dada economiaeconomia ruralrural
Programa,Programa, lançadolançado emem 1991,1991, queque visavisa oo
desenvolvimentodesenvolvimento dasdas regiõesregiões ruraisrurais atravésatravés dede
medidasmedidas nasnas áreasáreas dede apoioapoio técnico,técnico, dada
formaçãoformação profissionalprofissional ee dada diversificaçãodiversificação dasdas
actividadesactividades económicas,económicas, entreentre outrasoutras
promovidaspromovidas atravésatravés dede autarquiasautarquias ee
associaçõesassociações locaislocais ee regionaisregionais
emem termostermos financeirosfinanceiros
ParteParte dosdos recursosrecursos provémprovém dosdos FundosFundos
Estruturais,Estruturais, oo FEDERFEDER ee oo FSEFSE
EmEm 2005,2005, foramforam criados,criados, emem substituiçãosubstituição dodo
FEOGA,FEOGA, doisdois (2)(2) novosnovos instrumentosinstrumentos dede
financiamentofinanciamento dada PACPAC:: oo FEAGAFEAGA (Fundo(Fundo
EuropeuEuropeu AgrícolaAgrícola dede Garantia)Garantia) ee oo FEADERFEADER
(Fundo(Fundo EuropeuEuropeu AgrícolaAgrícola dede DesenvolvimentoDesenvolvimento
Rural)Rural)
…… aa PACPAC,, maismais dodo queque servirservir parapara
justificarjustificar aa crisecrise dodo sectorsector agrícola,agrícola, deverádeverá
servirservir comocomo umauma «janela«janela dede oportunidade»oportunidade»
queque devedeve serser aproveitadaaproveitada parapara aa «verdadeira»«verdadeira»
modernizaçãomodernização dodo sectorsector queque concretizeconcretize umum
aumentoaumento dada produtividadeprodutividade agrícolaagrícola ee dodo
rendimentorendimento dosdos agricultores…agricultores…
ouou seja,seja, aa
PotencializaçãoPotencialização dodo usouso dodo solosolo agrárioagrário
éé fundamental,fundamental, masmas exigeexige aa implementaçãoimplementação dede umauma sérsérieie dede medidasmedidas queque conduzamconduzam aa transformaçõestransformações
profundas,profundas, capazescapazes dede aumentaraumentar aa competitividade.competitividade. EEntrentre muitas,muitas, parecemparecem essenciaisessenciais
comocomo
MedidasMedidas
•• aa apostaaposta nosnos sectoressectores tradicionaistradicionais comocomo aa cortiça,cortiça, vivinhanha ee aa oliveiraoliveira,, agoraagora numanuma ópticaóptica dede valorizaçãovalorização dada
qualidadequalidade relativamenterelativamente àà quantidadequantidade ee emem queque aa cricriaçãoação dede regiõesregiões demarcadasdemarcadas éé umum dosdos exemplosexemplos
•• oo desenvolvimentodesenvolvimento dede umauma políticapolítica dede apoioapoio àsàs produçõproduçõeses maismais adaptadasadaptadas àsàs característicascaracterísticas climáticasclimáticas dodo nosnossoso
paíspaís ((especializaçãoespecialização produtivaprodutiva)) ee adequáadequá--laslas àà aptidãoaptidão dosdos solossolos
•• oo aproveitamentoaproveitamento dosdos apoiosapoios dada PACPAC emem culturasculturas nãonão excedentáriasexcedentárias comocomo aa soja,soja, oo tomatetomate ouou oo tabaco,tabaco,
conferindoconferindo--lheslhes igualmenteigualmente umum tratamentotratamento industrialindustrial
•• aproveitar,aproveitar, comocomo factorfactor dede aumentoaumento dodo rendimentorendimento agrícola,agrícola, oo desenvolvimentodesenvolvimento queque oo paíspaís conheceuconheceu emem termostermos dede
mecanizaçãomecanização,, queque oo colocacoloca actualmenteactualmente aa umum nívelnível maismais próximopróximo dosdos nossonosso parceirosparceiros europeuseuropeus

associandoassociando--lheslhes aa correcçãocorrecção dede condicionalismoscondicionalismos hihistóricosstóricos emem determinadosdeterminados aspectosaspectos estruturaisestruturais

•• aa ausênciaausência dede umum redimensionamentoredimensionamento dada propriedadepropriedade comcom umauma verdadeiraverdadeira políticapolítica dede emparcelamentoemparcelamento,, bembem comocomo aa divisãodivisão dasdas áreasáreas dede latifúndiolatifúndio OO InstitutoInstituto dede DesenvolvimentoDesenvolvimento RuralRural ee HidráulicaHidráulica ((IDRHaIDRHa)) promove,promove, parapara corrigircorrigir aa estruturaestrutura fundiáriafundiária (dimensão(dimensão ee dispersão),dispersão), aa constconstituiçãoituição dede umauma ReservaReserva dede TerrasTerras (banco)(banco) constituídaconstituída porpor terrenosterrenos adquiridosadquiridos ouou arrendadosarrendados pelopelo IDRHaIDRHa queque integremintegrem oo domíniodomínio públicopúblico ouou privadoprivado dodo EstadoEstado ee dasdas Autarquias;Autarquias; cedidoscedidos porpor agricultores,agricultores, cessandocessando asas suassuas actividades;actividades; parcelaparcelass sobrantessobrantes dede terrenosterrenos dede expropriaçõesexpropriações porpor utilidutilidadeade públicapública •• aa melhoriamelhoria dada qualidadequalidade dasdas sementessementes ee dede outrosoutros factoresfactores dede produçãoprodução utilizadosutilizados nana actiactividadevidade •• oo envelhecimentoenvelhecimento ee aa baixabaixa instruçãoinstrução dosdos agricultoresagricultores,, atravésatravés dodo rejuvenescimentorejuvenescimento dada populaçãopopulação activaactiva agrícolaagrícola ee dodo aumentoaumento dodo seuseu nívelnível dede instruçãoinstrução ee qualificaçãoqualificação prprofissionalofissional •• aa qualificaçãoqualificação dada mãomão--dede--obraobra agrícolaagrícola •• aa criaçãocriação dede condiçõescondições parapara oo escoamentoescoamento dada produção,produção, oo queque passapassa pelapela organizaçãoorganização dosdos produtoresprodutores (o(o aprofundamentoaprofundamento dodo associativismoassociativismo)) ee pelapela melhoriamelhoria dasdas redesredes dede distribuiçãodistribuição ee comercializaçãocomercialização •• aa criaçãocriação dede marcasmarcas ee certificadoscertificados dede origemorigem parapara osos produtosprodutos agrícolasagrícolas ee aa suasua promoçãopromoção nono mercadomercado internacionalinternacional •• oo desenvolvimentodesenvolvimento dede umauma rederede dede centroscentros dede investigaçãoinvestigação agráriaagrária ee dede controlocontrolo dada qualidadequalidade finalfinal dosdos produtosprodutos •• oo alargamentoalargamento dada áreaárea destinadadestinada àà agriculturaagricultura biológibiológicaca

http://geoclick.blogspot.com/http://geoclick.blogspot.com/

prof.geo.fernando@sapo.ptprof.geo.fernando@sapo.pt