You are on page 1of 6

Entender o que é um projeto e qual a importância de gerenciá-los.

Bibliografia:

1. Vargas, Viana – Gerenciamento de Projetos – Estabelecendo Diferenciais Competitivos, 6ª Edição,


Brasport, 2005;

2. Artigos sobre Gerenciamento de Projetos;

3. PMBoK;

4. Site PMI.

Stenio Diniz
2

“A idéia de que planejar significa adivinhar o futuro é simplesmente absurda.” – (Peter Drucker) OUTRAS CARACTERÍSTICAS

 Empreendimento não repetitivo – Não faz parte da rotina da empresa.


 É um esforço temporário empreendido para criar um produto,
 Seqüência clara e lógica de eventos – Atividades encadeadas logicamente de modo a permitir o
serviço ou resultado exclusivo. acompanhamento.

 Objetivo claro e definido – metas e resultados bem estabelecidos a serem atingidos em sua
 Temporário – Todo projeto possui início e fim definidos, determinados em seu objetivo. finalização.

 Conduzido por pessoas – o cerne fundamental de qualquer projeto é o homem.


 Exclusividade – Algo que não tinha sido realizado antes.
 Parâmetros predefinidos – Prazos, Custos, Material, Recursos, Equipamentos, Qualidade.

3 4

 Desenvolvimento de um software;
O trabalho nas empresas pode ser categorizado como projetos ou
 Instalação de uma nova planta industrial;
operações.

 Redação de um livro;
PROJETOS OPERAÇÕES

 Lançamento de um novo produto;


Evento temporário e exclusivo Ação contínua e repetitiva

 Construção de uma casa; Cria produtos ou serviços únicos Cria produtos ou serviços iguais

 Realização de uma viagem; Com início e fim definidos Sem início e fim definidos

 Churrasco no final de semana!!


Desenvolver um Sistema  Projeto
Manter um Sistema  Operação/Processo
 Benefícios do Gerenciamento de Projetos
 Os projetos tendem a falhar
 Evita surpresas durante a execução dos trabalho
 Envolvem muitas variáveis
 Disponibiliza orçamentos antes do início dos gastos

 Exigem amplos conhecimentos


 Facilita as estimativas para futuros projetos

 Exigem reprogramações e ajuste  Aumenta o controle gerencial

 Envolvem dinheiro e tempo  Otimiza a alocação de pessoas, equipamentos e materiais necessários

 Obstáculos naturais: Fatores de Sucesso Percentual

 Mudança na estrutura organizacional da empresa Envolvimento do Usuário 17%

 Cenário político-econômico desfavorável Suporte Executivo 15%


 Mudanças na tecnologia disponível Gerente de Projeto Experiente 14%

Objetivos Claros de Negócio 14%


 Falhas Gerenciais:
Escopo Detalhado 12%
 Metas e objetivos mal estabelecidos Processo Ágil de Requerimentos 7%
 Pouca compreensão da complexidade do projeto Infra-estrutura padrão 6%
 Muitas atividades e pouco tempo
Metodologia Formal 5%
 Sistema de controle inadequado
Estimativas Confiáveis 5%
 Falta de coordenação
Equipe eficiente 5%

FONTE: ADAPTADO DO CHAOS CHRONICLES V.3 DO STANDISH GROUP, 2003.

 Ações que podem ser tomadas pelo Gerente de Projetos:


 Uma grande empresa conseguiu executar um projeto dentro do tempo planejado com a
metade do orçamento previsto.
 Selecionar corretamente o time do projeto;
Esse projeto teve sucesso?
 Desenvolver o comprometimento da equipe;

“Um projeto bem-sucedido é aquele que é realizado conforme o planejado” – (Ricardo  Buscar autoridade para conduzir o projeto;
Vargas)
 Desenvolver estimativas realistas;
 O sucesso é colher o que plantou. Nem mais nem menos.
 Manter modificações sob controle;

 Evitar um número excessivo de relatórios e análises.


 Stakeholders ou Partes Interessadas;  PMI – Project Management Institute;
 Referem-se a todos os envolvidos em um processo, como: clientes, funcionários,  Criado em 1969 com o objetivo de organizar, difundir e incentivar as melhores
investidores, fornecedores, comunidade, governo, concorrentes, etc. práticas em gerenciamento de projetos no mundo.

 PMBoK - Project Management Body of Knowledge;


 Aprovado em 1981 pelos diretores do PMI. Continha os modelos padronizados e as
linhas de base das práticas que são extensamente usados nessas atividades.

“Gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimento,


habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a
fim de atender aos seus requisitos.” - (PMI 2004)

PDCA  Critérios de Velocidade de Desenvolvimento

100
Final Lento
% Completo

Momento de Velocidade

Início Lento
0
Tempo

 Influência das partes interessadas ao longo do tempo

Essenciais

Apoio

Integração
Inclui os processos e as atividades necessárias para identificar, definir, combinar,
unificar e coordenar os diversos processos e atividades de gerenciamento de projetos Inclui os processos necessários para o detalhamento de todo o esforço necessário
dentro dos grupos de processo. para a conclusão do projeto com sucesso. Definição clara do que está ou não está
incluído no projeto.
Desenvolver o termo de abertura do projeto
Desenvolver a declaração do escopo preliminar do projeto Planejamento do escopo
Desenvolver o plano de gerenciamento do projeto Definição do escopo
Orientar e gerenciar a execução do projeto Criar EAP – Estrutura Analítica do Projeto
Monitorar e controlar o trabalho do projeto Verificação do escopo
Controle integrado de mudanças Controle do escopo
Encerrar o projeto

Inclui os processos necessários para a finalização do projeto dentro do prazo definido Inclui os processos necessários para a finalização do projeto dentro do orçamento
no planejamento e acordado com o cliente. definido no planejamento e acordado com o cliente.

Definição da atividade Estimativa de custos


Seqüenciamento de atividades Orçamentação
Estimativa de recursos da atividade Controle de custos
Estimativa de duração da atividade
Desenvolvimento do cronograma
Controle do cronograma

Assegura que o projeto atenda os requisitos com os quais se comprometeu, Compreende todos os aspectos do gerenciamento e das relações interpessoais,
concentrando-se na qualidade do produto e na qualidade do processo de incluindo liderança, orientação, resolução de conflitos e avaliações de desempenho.
gerenciamento de projetos empregado durante o ciclo de vida do projeto
Planejamento de recursos humanos
Planejamento da qualidade Contratar ou mobilizar a equipe do projeto
Realizar a garantia da qualidade Desenvolver a equipe do projeto
Realizar o controle da qualidade Gerenciar a equipe do projeto
Emprega os processos necessários para garantir que todas as informações sobre o
projeto ou afins sejam armazenadas e distribuídas entre os integrantes da equipe e demais
interessados da melhor forma.

Planejamento das comunicações


Distribuição das informações
Relatório de desempenho
Gerenciar as partes interessadas

Inclui a identificação, análise e planejamento de riscos potenciais e suas Envolve os processos relacionados à compra de bens ou serviços de fornecedores
conseqüências. externos ou contratados para realizar o trabalho.

Os objetivos do gerenciamento de riscos do projeto são aumentar a probabilidade e o Planejar compras e aquisições
impacto dos eventos positivos e diminuir a probabilidade e o impacto dos eventos adversos Planejar contratações
ao projeto. Solicitar respostas de fornecedores
Selecionar fornecedores
Planejamento do gerenciamento de riscos Administração de contrato
Identificação de riscos Encerramento do contrato
Análise qualitativa de riscos
Análise quantitativa de riscos
Planejamento de respostas a riscos
Monitoramento e controle de riscos

Escopo: O que vai ter no churrasco? Banda? Comida? Bebida? Quantas Pessoas? Onde vai
ser?
Tempo: Tempo de planejamento? Tempo de Compras? Tempo do churrasco?
Te Custo: Custo total do churrasco (carne, bebida, banda, casa, churrasqueiro)
sto m po
Cu Qualidade
Qualidade: Como vai ser a qualidade do projeto churrasco?
Recursos Humanos: Churrasqueiro? Ajudante de cozinha?
Comunicação: Como vai ser divulgado o churrasco? E-mail? Telefone?
Aquisições: Como serão as aquisições? Supermercado? Quem vai comprar? Quando vai
Escopo comprar?
Riscos: Quais são os riscos para o churrasco?
Qualquer alteração em um desses elementos (custo, tempo e escopo) Integração
gera, obrigatoriamente, uma alteração em no mínimo mais um dos três
fatores da restrição.
Todo este conteúdo está aprofundado na seguinte bibliografia:
Vargas, Viana – Gerenciamento de Projetos – Estabelecendo Diferenciais Competitivos, 6ª
Edição, Brasport, 2005;
PMBoK 2004.

31