Вы находитесь на странице: 1из 2

AÇOS PARA CONSTRUÇÃO MECÂNICA

VL45FO

C 1. 2. 3.
C
1.
2.
3.

0,45

Composição química:

Si

Mn

Cr

Mo

P

S

1,00

0,20

0,025

0,025

0,25

0,95

SAE 4145H; ABNT 4145H; AISI 4145H; ASTM A 193B7; ASTM A304 Tipo 4145H; SAE J1268; UNSH 41450; ~DIN WNr 1.7227.

Similares:

Características gerais: Aço de média temperabilidade, que atinge valores intermediários de dureza, resistência e tenacidade após beneficiamento. Produzido com composição química visando máxima temperabilidade conforme norma ASTM A 304 (H) atendendo AISI 4145H; NACE MRO 0175 ; API6A PSL3

Estado fornecimento:

Bruto de forja, sem tratamento térmico;

Bruto de forja ou usinado desbastado, no estado normalizado e revenido;

Ou ainda, usinado desbastado com superfície escurecida, no estado

beneficiado (normalizado, temperado e revenido).

Aplicações típicas: Utilizado na fabricação de peças para as indústrias de explotação de petróleo e fabricação de papelão. Exemplos: Ferramentas para perfuração, rolos para papelão corrugado, parafusos, prisioneiros, etc.

Recozimento:

Quando necessário recozer, deve-se aquecer lenta e uniformemente entre 680 e 700ºC, manter em temperatura por aproximadamente 1 hora por polegada e resfriar lentamente dentro do forno.

Normalização:

Aquecer lenta e uniformemente entre 890 e 910ºC, manter em temperatura por 0,5 h por polegada e resfriar ao ar.

A temperatura de têmpera deve ser entre 860 e 880ºC, mantendo em temperatura por 0,5 h por polegada. Resfriar em meios fluídos com agitação, como água, ou óleo apropriado.

Têmpera:

Ago/2008

AÇOS PARA CONSTRUÇÃO MECÂNICA

VL45FO

Revenimento: O revenimento deve ser feito imediatamente após a têmpera, de acordo com as características desejadas.
Revenimento:
O revenimento deve ser feito imediatamente após a têmpera, de acordo com
as características desejadas. O diagrama abaixo dá uma orientação sobre a
temperatura recomendada.
200
190
180
R es ist ência
170
160
Es c o am ent o
150
140
130
120
Brinell
600
110
550
100
500
90
450
80
400
70
350
60
300
300
Es t ric ç ão
50
250
40
200
30
150
20
A lo ngam ent o
100
10
50
0
10 0
2 0 0
3 0 0
4 00
5 0 0
6 00
70 0
8 0 0
Te m pe r a tur a de Re ve nim e nto (°C)
Temperabilidade:
No gráfico de limites de faixas de temperabilidade, compara-se os valores de
dureza obtidos para os aços VL45FO (SAE 4145 H) e SAE 4140 com ensaio
efetuado conforme norma ASTM A 304.
65
Li mi t e Super i or
60
55
4145
H
50
45
Li mi t e S uper i or
4140
40
Li mi t e Inf
er i o r
35
4145
H
Li mi t e Inf er i o r
30
4140
25
20
0
2
4
6
8
1 0
1 2
1 4
1 6
1 8
2 0
2 2
2 4
2 6
2 8
3 0
3 2
Dis tância da S upe rfíc ie Te mper ada, e m 1/16 "
Alívio de tensões: Deve ser realizado após usinagem final em peças com gravuras e perfis, nas
quais a retirada de material tenha sido elevada, a fim de minimizar as
distorções. O procedimento de alívio deve envolver aquecimento lento até
temperaturas no mínimo 40ºC inferiores ao do último revenimento, seguido de
resfriamento ao ar calmo.
Nota: Todas as informações apresentadas são apenas orientativas. Elas não têm relação com garantias de propriedades específicas.
Durez a HRC
Limites de Es c oamento e
Resistênc ia kgf/mm2
Alongamento e Es tr ic ç ão em %
Dur ez a Br inel

Ago/2008