Вы находитесь на странице: 1из 19

NOÇÕES PRELIMINARES

Interesse
Homem Bem

Individual Conflitos íntimos

Coletivo da família


da sociedade civil
da sociedade empresarial
do Município, Estado,etc.
1
Conflitos de interesses

Duas pessoas com interesse em um mesmo bem


2
Solução do conflito
Primeira solução: Violência  forma primitiva

SOLUÇÕES PACÍFICAS (RAZÃO)


1. Solução moral  os antagonistas se
conformam em limitar o seu interesse;
2. Solução contratual  ambos convencionam a
composição do conflito;
3. Solução arbitral  confiam a uma terceira
pessoa a função de resolver o conflito.
3
ORDEM JURÍDICA

obediência às normas de direito

DIREITO OBJETIVO
A lei regula conflitos de
interesses 4
Relação Jurídica
Interesse juridicamente protegido

Interesse

Subordinante Subordinado

Relação Jurídica é o conflito de interesse


regulado pelo direito. Na RJ existem dois pólos: o
ativo (subordinante) e o passivo (subordinado)
5
Sanções
Preventivas

Repressivas SANÇÕES

São medidas estabelecidas pelo direito, como conseqüência


da desobediência a um imperativo legal.

Classificação:
Penais  inobservância penal  crime  sanção penal ou pena

Civil  recompor a ordem jurídica violada (reparatória,


satisfativa)
6
Norma Processual e Norma Material
NORMA MATERIAL = DIREITO
OBJETIVO  C.C.B.

Sistema de normas destinadas a


disciplinar a conduta dos indivíduos
na sociedade, na forma de ordens ou
mandamentos imperativos ou
proibitivos.
7
NORMA PROCESSUAL = DIREITO
SUBJETIVO  C.P.C.
É o poder atribuído à vontade de alguém para
fazer valer seu interesse, em conflito com
interesse de outrem.

É o poder atribuído à vontade do titular do


interesse juridicamente protegido de fazer
atuar a sanção ou mesmo uma medida
preventiva, a fim de que se realize a
subordinação do interesse de outrem ao seu.
8
Sujeitos e objeto da RJ
Sujeito ativo, ou do interesse protegido, ou
ainda, do direito subjetivo, se depender da vontade
do titular;
Sujeito passivo, ou do interesse subordinado, ou
ainda, da obrigação;
 podem ser pessoas físicas ou pessoas jurídica.
Objeto é o bem sobre o qual versa o conflito de
interesse (material ou imaterial ou moral, corpóreo
ou incorpóreo, móvel ou imóvel, individual ou
coletivo, privado ou público)
9
Pretensão e Lide
Pretensão  é a exigência da
subordinação de um interesse de
outrem ao próprio.

Lide  é o conflito de interesse


qualificado pela pretensão de um
dos interessados e pela resistência
do outro.
10
Processo
 É um meio ou instrumento de composição
da lide.

Compor a lide  resolvê-la conforme os


mandamentos do ordenamento jurídico;

 Processo é um complexo de atos


coordenados, tendentes ao exercício da
função jurisdicional.
11
Direito Processual
CONCEITO:

É a regulamentação do exercício da função


jurisdicional que detém o Estado para exercer a
justiça.

É o sistema de princípios e leis que disciplinam


o processo.

12
Direito Processual
AUTONOMIA:
A autonomia do direito processual civil em face do
direito substancial ou material justifica-se por sua
total diversidade de natureza e de objetivos.

O direito processual cuida de regulamentar uma


função pública estatal (jurisdição).

O direito processual civil é o principal instrumento


do Estado para exercício do Poder Jurisdicional.
13
DIVISÃO DO DIREITO PROCESSUAL
a) De acordo com a natureza da lide:

 Dir. Processual Penal


 Dir. Processual Civil

b) De acordo com a especialidade da


jurisdição:

 Dir. Processual Trabalhista


 Dir. Processual Eleitoral
 Dir. Processual Penal Militar
14
Direito Processual Civil
Consiste no sistema de
princípios e leis que
regulamentam o exercício da
jurisdição quanto às lides de
natureza civil

15
Regulamentação da jurisdição
Estado  tem a função exclusiva de
distribuir justiça, de exercer a função
jurisdicional, de declarar e aplicar o
direito ajustável aos conflitos de
interesses individuais.

Juízes
16
Fontes do Direito Processual
 A Constituição Federal.
 Os princípios, ou direitos fundamentais.
 As Constituições Estaduais
 Os Códigos de Processo
 As leis extravagantes
 As leis de organização judiciária
 As Resoluções dos Tribunais
 A súmula vinculante.
 A analogia e os costumes.
 A jurisprudência como fonte subsidiária.
 Doutrina. 17
??? Órgãos judiciais x Órgãos
jurisdicionais ???

AUTOTUTELA  Código Civil


Legítima defesa (art. 188, I, CC/2002);
 Estado de necessidade (art. 188, II,
CC/2002);
 Manutenção ou reintegração da posse por
ato do próprio possuidor, quando ameaçado
ou esbulhado (art. 1.210, § 1o., CC/2002);
18
 Poda de raízes e ramos de árvores que
ultrapassarem a extrema do prédio (art. 1.283,
CC/2002);
 Penhor legal, em favor dos hospedeiros,
estalajadeiros ou fornecedores de pousada ou
alimento, sobre as bagagens, móveis, jóias ou
dinheiros dos seus consumidores ou fregueses (arts.
1.467-1.472, CC/2002);

Exercício da jurisdição
 Por provocação de quem tem a pretensão resistida e
queira fazer valer o seu direito subjetivo  ação.
Ex.: reivindicação de posse
19