Вы находитесь на странице: 1из 6

Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar

Metodologias de Operacionalização – Parte II

D. Gestão da BE
D.1. Integração da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE

1
Instrumentos de Recolha de
Indicadores Factores Críticos de Sucesso Frases-tipo
Evidências
- A escola inclui a BE na formulação e -Excertos das determinações - A BE está, de uma forma efectiva,
desenvolvimento da sua missão, contidas na documentação integrada na missão, princípios,
princípios e objectivos estratégicos e institucional que define os objectivos objectivos estratégicos e de
de aprendizagem. e regula o funcionamento da aprendizagem da escola.
escola/agrupamento, referentes à
- O professor bibliotecário tem BE, como o PEE, PCE, PCT e - A BE apresentou à direcção e ao
assento no conselho pedagógico. Regulamento Interno da Escola. conselho pedagógico o plano de
acção, plano de actividades, os quais
- São desencadeadas acções com -Aspectos contidos nos documentos se incluem nos respectivos
vista à partilha, discussão e que regem o funcionamento da BE, documentos da escola,
D.1.1 Integração/acção da BE na aprovação da missão e objectivos da como o Plano de Acção, relacionando-se com os objectivos
escola/agrupamento. BE nos órgãos de administração e Regulamento e Regimento Internos do PEE, PCE e PCT.
gestão e Plano Anual de Actividades.
(conselho geral, director, conselho - A BE divulga as suas actividades
pedagógico) departamentos - Registos de reuniões/contactos pela comunidade educativa.
curriculares e demais estruturas de periódicos.
coordenação educativa e de - A BE participa activamente no
supervisão pedagógica. - Recolha de Sugestões. conselho pedagógico.

- O regulamento interno da escola - Registos e grelhas de utilização. - A equipa da BE reúne regularmente


contempla os seguintes aspectos: para distribuição de tarefas e
- Missão e objectivos da BE; definição de objectivos e

©Carlos Alberto Gonçalves


Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar

Metodologias de Operacionalização – Parte II

- Organização funcional do espaço; implementação das actividades.


- Organização e gestão dos recursos
de informação;
- Gestão dos recursos humanos
afectos à BE;
- Serviços prestados à comunidade 2
escolar no âmbito do projecto
educativo;
- Regimento do funcionamento das
BE.

- A BE adequa os seus objectivos,


recursos e actividades ao currículo
nacional, ao projecto curricular de
escola e aos projectos curriculares
das turmas.

- O plano de desenvolvimento da
BE acompanha, em termos de acção
estratégica, o projecto educativo da
escola e outros projectos.

- O plano anual de actividades da


BE relaciona-se, em termos de
objectivos operacionais, com o apoio
ao currículo, com o plano anual de
actividades da escola e com outros
projectos em desenvolvimento.

©Carlos Alberto Gonçalves


Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar

Metodologias de Operacionalização – Parte II

- Os órgãos de administração e - Documentos de gestão da - A Direcção da escola mantém-se


gestão (conselho geral, director, escola/agrupamento. constantemente a par das
conselho pedagógico) apoiam as BE actividades, funcionamento e
e envolvem-se na procura de - Documentos de gestão da BE. envolvimento da BE, apoiando a sua
soluções promotoras do seu equipa.
funcionamento. - Actas dos diferentes órgãos. 3
- Apoio da Direcção do Agrupamento
- Os órgãos de administração e - Registo e relatórios das actividades. nas nova aquisição do fundo
gestão põem em prática uma política documental.
de afectação de recursos humanos - Orçamento da
adequada às necessidades de escola/agrupamento. - A BE participa nas actividades e
desenvolvimento da BE. projectos curriculares do
- Estatística de utilização da BE. agrupamento.
- Os órgãos de administração e
D.1.2 Valorização da BE pelos órgãos gestão (director, conselho - A equipa da BE, embora pequena
de direcção, administração e gestão pedagógico) e os departamentos (quatro elementos), é empenhada e
da escola/agrupamento curriculares estabelecem estratégias demonstra gosto pela função
visando a articulação entre a BE e as conferida.
demais estruturas de coordenação
educativa e de supervisão.

- A escola contempla a BE e os seus


recursos nos projectos e actividades
educativas e curriculares.

- Os órgãos de administração e
gestão atribuem uma verba anual
para a renovação de equipamentos,
para a actualização da colecção e
para o funcionamento da BE.

©Carlos Alberto Gonçalves


Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar

Metodologias de Operacionalização – Parte II

- A escola encara a BE como recurso


fulcral no desenvolvimento do gosto
pela leitura, na aquisição das
literacias fundamentais, na
progressão nas aprendizagens e no
sucesso escolar. 4

- Os docentes valorizam o papel da


BE e integram-na nas suas práticas
de ensino/aprendizagem.

- A BE funciona num horário - Horário da BE. - A BE funciona das nove às cinco


contínuo e alargado que possibilita o (horário da escola) de forma
acesso dos utilizadores no horário - Estatísticas de utilização da BE. ininterrupta.
lectivo e acompanha as
necessidades de ocupação em -Registos de reuniões/contactos. - A BE, com os seus recursos, tenta
horário extra lectivo. satisfazer todas as necessidades da
- Registo de projectos/actividades comunidade escolar.
- Os recursos e serviços da BE que englobam toda a comunidade
respondem às metas e estratégias escolar. - A BE articula com os vários
D.1.3 Resposta da BE às
definidas no projecto educativo, departamentos, primeiro ciclo e pré-
necessidades da
projecto curricular e outros - Questionários aos docentes. escolar.
escola/agrupamento
projectos.
- Registo de sugestões/reclamações. - A BE participa activamente no PNL,
- A BE cria condições e é usada como formando novos leitores.
recurso e como local de lazer e de - Acções de formação de leitores.
trabalho. - A BE produz e distribui material
transdisciplinar, tentando abranger
- A BE apoia os utilizadores no toda a comunidade.
acesso à colecção, aos
equipamentos, à leitura, à pesquisa - A BE tenta ser a resposta mais
©Carlos Alberto Gonçalves
Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar

Metodologias de Operacionalização – Parte II

e ao uso da informação. adequada às necessidades


curriculares dos alunos.
- A BE planifica com docentes,
departamentos curriculares e
demais estruturas de coordenação
educativa e de supervisão 5
pedagógica.

- A BE desenvolve projectos com a


escola/agrupamento.

- A BE assume-se como pólo de


fomento e de difusão cultural.
- A BE implementa um sistema de - Registos de observação, - A BE deve implementar um sistema
auto-avaliação contínuo. questionários, entrevistas ou outros. de auto-avaliação contínuo.

- Os órgãos de direcção, - Documentação e relatórios - A equipa da BE deverá tratar todos


administração e gestão são recolhidos. os dados recolhidos a fim de os
envolvidos no processo de apresentar posteriormente.
autoavaliação da BE. - Relatórios de actividades.
- A BE deve definir os pontos fortes e
D.1.4 Avaliação da BE na - Os instrumentos de recolha de - Estatísticas da BE. os pontos fracos para definir o plano
escola/agrupamento informação são aplicados, de forma de actividades próximo.
sistemática, e no decurso do
processo de gestão. - A equipa da BE deverá elaborar um
relatório final de auto-avaliação, o
- A informação recolhida é analisada qual deverá ser apresentado a todos
e os resultados da análise/avaliação os órgãos de gestão da escola e à
originam, quando necessário, a RBE.
redefinição de estratégias, sendo
integrados no processo de - A auto-avaliação da BE deverá
©Carlos Alberto Gonçalves
Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca Escolar

Metodologias de Operacionalização – Parte II

planeamento. integrar a avaliação da escola.

- Os resultados da auto-avaliação
são divulgados junto dos órgãos de
direcção, administração e gestão
(conselho geral, director, conselho 6
pedagógico), estruturas de
coordenação educativa e de
supervisão pedagógica, e da restante
comunidade, com o objectivo de
promover e valorizar as mais-valias
da BE e de alertar para os pontos
fracos do seu funcionamento.

- São realizadas actividades de


benchmarking.

- A auto-avaliação da escola integra


os resultados da auto-avaliação da
BE.

©Carlos Alberto Gonçalves