Вы находитесь на странице: 1из 3

Lista de Exercícios

Página 1 de 3

Lista de Exercícios (3 a Prova de Vibrações Mecânicas – Grad.)

A lista de exercícios apresentada refere-se aos capítulos do livro: Teoria da Vibração com Aplicações (William T. Thomson), 1 a Edição. Os exercícios marcados por um quadrado possuem resposta ou nesta folha ou no livro. Existe uma lista de exercícios adicional no xerox da Mecânica (no sistema):

Apost. 10: Cap. 8 – 8.1,

Exercícios adicionais (i.e., não são do livro texto)

8.1, Exercícios adicionais (i.e., não são do livro texto) 8.2, 8.5, 8.11, 8.13, 8.16 Apost. 9:

8.2, 8.5,

adicionais (i.e., não são do livro texto) 8.2, 8.5, 8.11, 8.13, 8.16 Apost. 9: 9.1) Dois

8.11, 8.13,

8.16
8.16

Apost. 9:

9.1) Dois mancais de rolamento, cada um tendo 16 esferas, são usados para suportar um eixo de um ventilador que opera a 750 rpm. Determine as frequências em Hz correspondentes aos seguintes defeitos: carcaça (“cage”), pista interna (“inner race”), pista externa (“outer race”) e esfera. Assuma que BD = 15 mm, PD = 100 mm e 0 = 30 0 . Onde: BD = diâmetro da esfera; PD = passo diametral; 0 = ângulo de contacto; N = número de esferas, S = velocidade (rpm) e c = BD/PD cos 0. OBS.: Utilize a formulação exata;

9.2) Um mancal axial de contato angular com 18 esferas, cada uma com diâmetro de 10 mm, é montado em um eixo que trabalha a 1500 rpm. Se o ângulo de contato do mancal é 40 0 com um passo diametral de 80 mm, encontre as frequências de falha correspondentes a carcaça, esfera, pista interna e pista externa.

9.3) Calcule a frequência de passo das pás de uma bomba que trabalha a 1200 rpm e possui 20 pás.

9.4) Calcule a frequência de uma correia que possui comprimento de 2 m e cuja polia possui velocidade de 600 rpm e diâmetro de 20 cm.

9.5) A frequência de escorregamento de um motor de indução é a diferença da velocidade rotacional do motor e a razão rotacional do campo eletromagnético síncrono no enrolamento do estator. O escorregamento aumenta a medida que o carregamento aumenta. Portanto, a detecção de problemas no motor é usualmente feita de melhor forma sob condições de carregamento máximo. A quantidade de escorregamento é normalmente descrita em termos de um número não dimensional “s, escorregamento por unidade”. Como se detectaria se um rotor possui barras quebradas ou trincadas de o motor possui 3 pólos, opera em uma frequência de rede de 60 Hz e tem velocidade rotacional de 600 rpm?

9.6) Considere o sistema mostrado na Figura 1 abaixo. A velocidade de rotação do motor é de 1800 rpm e é usada para alimentar a engrenagem motora representada pelo item 4. A engrenagem motora possui 15 dentes, quando operando nesta velocidade, sendo reduzida para 1350 rpm na engrenagem movida. Os mancais que apoiam o motor são mancais de bucha lubrificados e os que apoiam as engrenagens são mancais de rolamento. Estes últimos possuem pista interna rotativa, enquanto a pista externa encontra-se estacionária e são compostos, cada um, por 18 esferas com diâmetro de 6 mm, ângulo de contato de 40 o e passo diametral de 20 mm. Quando se mede o espectro de vibração do sistema, nada anormal é observado na direção axial. Entretanto, observa-se que o mesmo tem apresentado grandes amplitudes de vibração na direção radial, tanto na frequência de 207,95 Hz, como nas frequências de 9,45 Hz e 10,8 Hz. Além disto, tem apresentado também alto nível de vibração radial na frequência de 450 Hz, possuindo bandas laterais em torno deste valor. Quais os problemas que estão sendo detectados através deste espectro de vibração? Qual o número de dentes que a engrenagem possui após a redução de velocidade?

Prof.a Maria Lúcia Machado Duarte

DEMEC – UFMG

2007

Lista de Exercícios

Página 2 de 3

Lista de Exercícios Página 2 de 3 Figura 1 9.7) Considere um sistema composto por um

Figura 1

9.7) Considere um sistema composto por um motor elétrico, eixos, mancais de bucha e de rolamento, engrenagem, bomba e correia. O motor opera a 1800 rpm na frequência de rede de 60 Hz. O motor é usado para alimentar a engrenagem motora que possui 10 dentes quando operando nesta velocidade, sendo esta alterada para 3000 rpm na engrenagem movida. Os mancais que apoiam o motor são mancais de bucha lubrificados e os que apóiam as engrenagens são mancais de rolamento. Após a engrenagem movida existe uma bomba com 15 pás e logo após, um sistema de correia de 10 m, com 2 polias de 40 cm de diâmetro. Tem sido feita uma análise contínua do espectro de vibração deste sistema e com o passar do tempo, notou-se um aumento dos níveis de vibração em determinados valores de frequência. Basicamente, o espectro tem apresentado alterações nas seguintes frequências: (a) Em 12,57 Hz na direção axial; (b) Em 12,6 e 14,4 Hz na direção radial; (c) Em 30 e 60 Hz, na direção axial, sendo a primeira frequência maior do que a segunda. Além disto, quando se observou que os ângulos de fase das respostas obtidas pelos transdutores estavam 180 graus fora de fase; (d) Em 120 Hz na direção radial; (e) De 90 a 300 Hz na direção radial (predominantemente vertical), com sub- harmônico em 15 Hz; (f) Em 750, 1500 Hz e 2250, com bandas laterais em 50 Hz na direção axial.

a) Para cada uma das alterações acima, identifique qual o problema;

b) Determine o número de dentes da engrenagem movida.

Apost. 10:

10.1) Qual é a velocidade de onda torsional em um eixo metálico sólido (G = 80x10 9 N/m 2 , ρ = 7800 kg/m 3 ) com 20 mm de diâmetro?

10.2) Determine as freqüências naturais e os modos de vibração de oscilação torsional de um eixo uniforme com comprimento L, densidade ρ, e momento polar de inércia da sessão transversal J. O eixo é fixo em uma extremidade e livre na outra.

10.3) O propulsor de um navio é um eixo metálico (E = 210x10 9 N/m, ρ = 7800 kg/m 3 ). de 10 cm de diâmetro. O eixo é fixo em uma extremidade com um propulsor de 500 kg fixado na outra extremidade. Qual o valor das 3 frequências naturais mais baixas do sistema eixo-propulsor?

10.4) Determine a freqüência fundamental para o movimento longitudinal do sistema mostrado na figura abaixo, onde: A = 3x10 -6 m 2 , E = 200x10 9 N/m, ρ = 7800 kg/m 3 , k 1 = 2x10 5 N/m.

k 1 A, E, ρ L
k 1
A, E, ρ
L

10.5) Determine as três freqüências mais baixas para o sistema mostrado na figura abaixo, considerando que se trata de uma viga engastada com uma massa concentrada na sua extremidade livre e submetida a vibração transversal. Considere os seguintes dados: m = 10 kg; A = 2,6x10 -3 m 2 , E = 200x10 9 N/m, ρ = 7800 kg/m 3 , L = 1 m, I = 4,7x10 -6 m 4 .

Prof.a Maria Lúcia Machado Duarte

DEMEC – UFMG

2007

Lista de Exercícios

Página 3 de 3

m I, E, ρ, A L
m
I, E, ρ, A
L

RESPOSTAS DE EXERCÍCIOS QUE NÃO POSSUEM RESPOSTA (ALGUNS DELES):

9.1) carcaça = 5,438 Hz; pista interna = 112,99 Hz; pista externa = 87,01 Hz; Esfera = 40,964 Hz;

9.6)

9.7) a) (a) Polia desalinhada (2x freq. correia); (b) Vibração orbital ou turbilhonamento do óleo do mancal de buch que apoia o motor, (c) Desalinhamento angular do eixo entre o motor e a engrenagem; (d) Problemas no estator do motor elétrico (provável excentricidade); (e) Folga mecânica na base do motor, (f) pás danificadas na bomba, b) 6 dentes.

10.1) c = 3,20x10 3 m/s

10.2)

10.3)

10.4)

10.5)

ω

n

ω

ω

ω

( 2 n −1 ) π G = 2 L ρ rad 295.3 1
(
2
n −1
) π
G
=
2 L
ρ
rad
295.3
1

1

1

s

rad . 4.83 10 3
rad
.
4.83
10 3

s

rad 486.1 s
rad
486.1
s

ω 2

ω 2

e

rad r a d

s

rad . 3.642 10 3
rad
.
3.642
10 3

s

Prof.a Maria Lúcia Machado Duarte

X

n

ω 3

3.642 10 3 s Prof.a Maria Lúcia Machado Duarte X n ω 3 ( x )

(

x

)

=

C

n

sen

1724.0 rad

s

(

2

1

)

π

n

x

2 L

ω 3

n sen 1724.0 r a d s (  2   1 ) π n

1.114 10 4

.

rad

s

DEMEC – UFMG

2007