Вы находитесь на странице: 1из 3

O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (Conclusão)

Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves

A rede escolar deste agrupamento caracteriza-se por uma grande diversidade de edifícios, de experiências pedagógicas, realidades sociais e culturais.

A minha recente experiência como coordenadora do centro de recursos educativos do agrupamento, não me permite ter, ainda, um conhecimento
significativo das diferentes realidades, apesar dos contactos já estabelecidos com as várias escolas que o constituem.

Assim, o meu trabalho terá como referência a Escola sede do agrupamento onde se localiza o centro de recursos educativos que coordeno e cujo
contexto já foi avaliado (áreas fortes, fracas, etc. …).

1
CAMPOS DE ANÁLISE DE “IGE”- TÓPICOS PARA APRESENTAÇÃO INDICADORES DE CADA UM DOS
DESEMPENHO COM VISTA À DAS ESCOLAS DOMÍNIOS DO MODELO DE
AVALIAÇÃO EXTERNA AUTO-AVALIAÇÃO DAS BIBLIOTECAS
ESCOLARES
1. Contexto e caracterização geral da ORGANIZAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR
escola
1.2 Contexto físico

 Os espaços estão acessíveis e bem • Gestão dos recursos materiais D.2.3-Adequação da BE em termos de espaço às
organizados? necessidades da escola.
1.3 Caracterização da população
discente D.3.1- Planeamento/gestão da colecção de
 Qual o impacto da diversidade linguística, acordo com a inventariação das necessidades
cultural e étnica dos curriculares e dos utilizadores da escola
alunos? /agrupamento.

 Como caracteriza a população discente


no tocante à necessidade de apoios • Equidade e justiça /Diferenciação e A.1.3 – Articulação da BE com os docentes
socioeducativos? apoios responsáveis pelos serviços de apoios
especializados e educativos (SAE) da escola.

 Como avalia o impacto do nível


socioeconómico das famílias dos alunos
(escolaridade e áreas profissionais C.2.1 Envolvimento da BE em projectos da
predominantes nos encarregados de • Participação dos pais e outros respectiva escola / agrupamento ou
educação) no seu percurso escolar? elementos da comunidade educativa desenvolvidos em parceria, a nível local ou mais
amplo.

C.2.5 – Abertura da BE à comunidade local


(organiza acções formativas, ou apoia cursos,
para a comunidade, no âmbito da aprendizagem
ao longo da vida, a partir de necessidades e
interesses identificados).

1.4 Pessoal docente D.2.2 – Adequação dos recursos humanos às


 Que critérios segue a escola para a • Gestão dos recursos Humanos necessidades de funcionamento da BE na
distribuição de serviço docente? escola/agrupamento.
D.2.2
1.5 Pessoal não docente

1.6 Recursos financeiros D.1.2 – Valorização da BE pelos órgãos de


 O financiamento da escola é adequado? • Gestão dos recursos financeiros direcção, administração e gestão da escola
/agrupamento (…atribuem uma verba anual,
para a renovação de equipamentos, para a
actualização da colecção e para o funcionamento
da BE).
2
2. O PROJECTO EDUCATIVO
 Que prioridades estão subjacentes ao PRESTAÇÂO DO SERVIÇO EDUCATIVO
projecto educativo? A.1.1 Cooperação da BE com as estruturas de
A Formanda

Isabel Migueis