Вы находитесь на странице: 1из 13

Ciência e Tecnologia dos Materiais

Arranjo Atômico e Cristalino

Universidade de Sorocaba - UNISO

Classificação dos Materiais (Quanto a Natureza)

Classificação dos Materiais

Materiais Naturais: Materiais extraídos diretamente da natureza: madeira, borracha natural, couro, diamante, ouro, prata entre outros;

Materiais Desenvolvidos Empiricamente: bronze, aço, ferro fundido (FoFo), vidro, cimento entre outros;

Materiais Desenvolvidos com auxílio qualitativo da Ciência: Desenvolvidos com a aplicação da ciência e também pelo conhecimento de suas propriedades,

aço inox, ligas de alumínio, ligas de magnésio, borrachas artificiais e polímeros

em geral;

Materiais Projetados: São materiais produzidos utilizando-se somente do conhecimento científico, semi-condutores, compósitos, material para fabricação de reator nuclear.

Introdução

Classificação dos Materiais de Acordo com suas Propriedades

Existem 3 tipos Básicos: Metálicos, Cerâmicos e Poliméricos (Plásticos). Vale comentar que a seleção destes para um determinado projeto depende muito da relação:

Propriedades x Emprego (Utilização)

Contudo, atualmente, existem outras classes de materiais que são os Compósitos, Semicondutores e Biomateriais. Estes são resultantes de intensas pesquisas e também do desenvolvimento

tecnológico;

Estrutura Atômicas e Ligações Químicas

Cada tipo de Material

Atômicas e Ligações Químicas Cada tipo de Material Possui Propriedades Diferentes As Propriedades ou as

Possui Propriedades Diferentes

As Propriedades ou as características dos tipos de materiais são determinadas pelo tipo de átomo que constitui o material e principalmente o tipo de ligação química destes.

Exemplo:

O Alumínio Metálico (Al) é um bom condutor elétrico;

O Óxido de Alumínio (Al 2 O 3 ) é um isolante elétrico;

Exercício : Se ambos possuem alumínio em sua composição porque um conduz eletricidade e o outro não?

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Na

Grécia Antiga:

Filósofos

imaginavam

conceitos

sobre

átomos

porém

Demócrito foi o primeiro a concretizar esta idéia.

porém Demócrito foi o primeiro a concretizar esta idéia. “Se um objeto fosse dividido em partes

“Se um objeto fosse dividido em partes cada vez menores, o resultado seria pedaços tão pequenos que não seria possível mais dividir.

Demócrito de Abdera

(Grécia, por volta de 470-380 a.C.)

Desde então vários modelos foram propostos, porém apena na era moderna estes conceitos amadureceram.

Em 28 anos (1898-1926) o mundo pode conhecer o átomo que em 2300 anos (desde os gregos) não foi possível conhecer;

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Modelo de um Átomo

Elétrons

Nêutrons

Estrutura Atômica e Ligações Químicas Modelo de um Átomo Elétrons Nêutrons Prótons

Prótons

Estrutura Atômica e Ligações Químicas Modelo de um Átomo Elétrons Nêutrons Prótons
Estrutura Atômica e Ligações Químicas Modelo de um Átomo Elétrons Nêutrons Prótons
Estrutura Atômica e Ligações Químicas Modelo de um Átomo Elétrons Nêutrons Prótons

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Átomo:

Atualmente os modelos Quânticos derivados dos de Bohr são utilizados para representação e estudos de inúmeras teorias (inclusive de Materiais!!)

- Elétrons: Compõem a camada eletrônica (negativa);

- Prótons: Compõem o Núcleo (positiva);

- Nêutrons: Compõem o Núcleo (Neutro); - A carga do elétron e do próton = 1,6x10 -19 C; -A massa atômica (A) = Prótons (Z) + Nêutrons(N);

OBS: Com exceção da densidade e do calor específico o núcleo pouco influencia nas propriedades do material; Portanto as propriedades dos Materiais são influenciados, basicamente, pelos elétrons da camada de valência (camada mais externa);

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

-O número de átomos, moléculas contidas em 1mol é representado pelo número de

Avogadro = 6,023x10 23 ;

-Átomos são classificados pela tabela periódica através das suas propriedades (na

forma de colunas) e pela sua natureza química (gases nobres, metais, não metais,

semi-metais, actídios e lantanídeos);

-Átomos se tornam estáveis quando sua configuração eletrônica atinge níveis

eletrônicos semelhante aos dos gases nobres;

-Tamanho dos Átomos: Ordem de ângstrons (10 -10 m);

Curiosidade: Noção de Grandeza entre 1 A o (Angstron) e 1 cm (Centímetro)

Se a mão de um ser humano medisse 1A o (ângstron), o tamanho do planeta
Se a mão de um ser humano medisse 1A o
(ângstron), o tamanho do planeta Terra seria
de aproximadamente 1cm !!!!

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Comparação entre Modelo do Átomo de Bohr e o Modelo Quântico

entre Modelo do Átomo de Bohr e o Modelo Quântico Modelo de Bohr Modelo Quântico Figura

Modelo de Bohr

Modelo Quântico

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Ligações Atômicas nos Sólidos:

-Ligação entre átomos é resultado da interação entre as forças atrativas e repulsivas representadas pela equação abaixo;

F N = F A + F R

Onde: F N = Força Normal F A = Força Atrativa F R = Força Repulsiva

- A intensidade das interações dependem do balanço das cargas positivas e

negativas;

- As forças de atração e repulsão podem ser representadas graficamente em função da distância entre os átomos;

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Relação entre Forças Atrativas e Repulsivas entre Átomos

Estrutura Atômica e Ligações Químicas Relação entre Forças Atrativas e Repulsivas entre Átomos

Estrutura Atômica e Ligações Químicas

Pelo Gráfico Anterior pode-se concluir:

- Quanto menor a distância interatômica maior será a força de atração;

- Quanto mais fundofor o poço energético maior será a força de ligação entre os átomos; - A força de ligação atômica depende da distância interatômica e da afinidade

eletrônica dos átomos;

Exercícios para Fixação

1 -Genericamente é possível afirmar que quase todas as propriedades dos materiais dependem dos átomos. Comente esta afirmação em 15 linhas.

2- O que se entende por “Poço Energético”? Esboce os gráficos de “Energia Livre x Distância Interatômica” e “Força de Ligação x Distância Interatômica” e faça um breve comentário.

3- Qual a diferença entre o modelo atômico de Bohr e o da Química Quântica?

Bibliografia Consultada:

[1]CALLISTER JR., W.D., Ciência e Engenharia de Materiais: uma introdução, editora LTC, 5ª Ed. 2007; [2] SHACKELFORD, J.F., Ciência dos Materiais, Ed. Pearson Prentice Hall, 6ª Ed. 2008; [3] PADILHA A.F., Materiais de Engenharia: Microestrutura e Propriedades , Remus S.A., 2000; [4] RODRIGUES J.A., et al, Engenharia de Materiais para Todos, EdUFSCar, 2007;