Вы находитесь на странице: 1из 35

Programa de Treinamento Habilidade Social

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Módulo 4 Contar Histórias e Encantar

Programa de Treinamento Habilidade Social

Índice:

Introdução

3

Porque uma boa história é fascinante

5

Como NÃO contar uma história

10

O que você precisa fazer primeiro

16

Estrutura de uma boa história

22

Conclusão

34

2

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Introdução

A habilidade de contar histórias, e até piadas, com eficiência e encantar as pessoas que estão ouvindo dá uma grande vantagem social e até pessoal, porque aumenta nossa autoconfiança em relação a todas as conversas e interações sociais.

pensa que

contar histórias é apenas um talento natural e algo que se pode aprender de qualquer jeito.

Engana-se

quem

Eu me lembro como começou toda a minha carreira como comunicador. Certo dia numa sala de aula vi um professor encantar nossa turma de segundo grau de uma forma que ninguém conseguia.

Uma matéria aparentemente de- sagradável, mas cujas aulas nós não

3

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

queríamos que terminasse nunca, graças a enorme habilidade desse professor em contar histórias e nos deixar perplexos e hipnotizados com ele.

Naquele dia eu decidi que um dia seria assim. Um dia eu ia falar e as

pessoas iriam querer ouvir por horas

e quando acabasse estariam queren- do mais.

Até hoje persigo esse sonho. É

uma jornada diária de crescimento e aprendizado. Mas tudo começou com

a admiração por um grande contador de histórias.

4

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Capítulo 1 Porque uma boa história é fascinante?

Na idade média

menos de 3%

da humanidade sabia ler e escrever, então havia a tradição dos menes- tréis que recitavam os livros para as pessoas. Eram artistas magné- ticos e carismáticos que contavam de outras terras e outros tempos.

Não sei se você conhece alguma pessoa que seja uma exímia conta- dora de histórias. Fui abençoado em conhecer algumas dessas pessoas ao longo da minha vida e posso dizer que são verdadeiramente pessoas magnéticas.

Um bom contador de histórias é alguém que queremos ficar perto e que nos fascina muitas vezes pela capacidade de escolher as palavras

5

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

certas e nos fazer “entrar na história que está contando.

Mesmo que você pense que não conseguiria ser alguém assim tão magnético, pode desenvolver essas habilidades de encantar as pessoas pouco a pouco e se tornar um ver- dadeiro menestrel moderno.

se

dedicar a aprender e adquirir essa nova habilidade. Eu te garanto que é um aprendizado fantástico que vai te gerar muitos dividendos.

Tudo

que

você

precisa

é

6

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Exercício 1

você

conhece que são bons contadores de

história.

3

ficaria horas

ouvindo falar:

pessoas

Pense

nas

pessoas

pelo

você

que

Anote

que

menos

1.

2.

3.

Depois de ter feito isso, anote

três

comum e três diferenças enormes entre elas:

qualidades

que

elas têm

em

Coisas em comum:

1.

2.

3.

Diferenças:

1.

2.

3.

7

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Exercício 2

Qual foi a história que você mais gostou de ouvir ou assistir? Pode ser "Harry Potter" (em livro ou em filme), "Guerra nas Estrelas", qual- quer história da Bíblia, mitologia etc

Agora analise a estruturação da história, como os personagens principais foram apresentados a você, de que forma os fatos foram narrados, em que ordem e etc

Escreva um pouco sobre isso:

8

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

que

forma essa narrativa (seja em livro

ou

emoções. Houve momentos de rai-

va,

comemoração?

Procure

em

notar

também

de

filme) mexeu com as suas

alegria,

coragem,

tristeza,

Pense com qual personagem você mais se identificou nessa história e por que.

Por enquanto guarde essas conclu- sões que mais tarde iremos usar.

9

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Capítulo 2 Como NÃO contar uma história

Já viu aquelas pessoas que se enrolam totalmente para contar uma piada? Elas começam, param, voltam ao início, lembram algum detalhe que estava faltando e, às vezes, contam o final da piada logo no início.

Não é terrível? A piada é um tipo de história que exige um pouco mais de habilidade para se contar.

se

enrolam para contar como foram ao

show de algum artista,

conheceram suas esposas ou maridos, como foi sua melhor viagem etc

como

também

pessoas

que

Se você fez o exercício 2 (SE NÃO FEZ, VOLTE AGORA E FAÇA) deve ter percebido que uma boa história tem

10

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

uma

estrutura lógica e uma preocupação

relação á

princípio,

meio

e

fim,

em

tem

de quem conta

compreensão de quem está ouvindo.

Mais adiante vamos mostrar a estrutura e formação de uma boa história, mas agora vamos ver o que caracteriza as pessoas enroladas para explicar as coisas ou contar como aconteceram.

O pior que pode acontecer com você ao contar uma história é se tornar chato ou monótono e os erros mais comuns são justamente aqueles que tornam a narrativa entediante.

Evite falar sempre no mesmo

tom. É muito chato ouvir uma

o

mesmo volume e a mesma velocidade

de voz.

história contada sempre

com

11

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Os detalhes muito técnicos acabam com qualquer história. Fica parecendo uma aula chata de ciências. Se você tentar explicar demais as coisas cientificamente, vai se tornar um chato.

Contar uma história só pra parecer melhor do que os outros fica feio. Há pessoas que dão um jeitinho de dizer que moram em um super apartamento, são os mais bonitos e charmosos do mundo etc em todas as histórias que contam.

Uma

história

interminável

também é uma grande chatice.

Existem

contar

introdução. Dá vontade de apressar e

na

começam a

pessoas

ficam

que

uma

e

hora

perguntar

chegar.

logo

aonde

ela

quer

Fique numa história de cada vez. Uma vez vi um rapaz começar

12

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

contando como tirou o passaporte. No meio da conversa ele tenta explicar porque a esposa estava junto e acaba contando como eles se conheceram. Ao falar do namoro deles, acaba interrompendo para contar como os pais dele reagiram ao noivado deles e como foi o noivado dos pais.

No final a gente não sabia nem se ele tirou passaporte, se o ex- namorado da mulher dele o deixou em paz e se os pais ficaram felizes ou não. Uma confusão total!

Mas a gente nem pediu nenhuma explicação porque o papo estava tão chato que queríamos que acabasse logo.

Esquecer os nomes dos perso- nagens da história também é horrível. Tem gente que fica falando “sabe aquele cara que é casado com aquela loura, que vendeu o carro pro

13

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

sujeito de camisa marrom no último filme daquele ator que sempre faz papel de bárbaro nos filmes épicos?”

Meu Deus!! Que confusão!! Não dá pra saber quem é ninguém nessa conversa!!

Ficar cutucando as pessoas também é péssimo. Eu odeio que me cutuquem! Pior ainda quando a pessoa fica cutucando sempre no mesmo lugar.

Tem umas pessoas que cutucam o ombro o tempo todo. Parece que vai furar a carne!

E ainda tem gente que associa o cutuco a um repetitivo “mas hein Pelo amor de Deus!

É

claro que há momento

certo,

dentro da história, para chegar mais perto ou ficar mais longe, de acordo

14

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

com o que está sendo contado, mas ficar toda hora apertando o braço da pessoa ou dando tapinha no mesmo lugar dá vontade de sair correndo.

Exercício 3

Procure uma pessoa de confiança e conte uma história qualquer. Não planeje, não prepare, não ensaie, só conte do seu jeito natural.

Se observe enquanto faz isso e

pessoa te dar uma

opinião sobre como você contou a história.

peça para

essa

Foi interessante ou chato? Deu pra entender direitinho ou ficou confuso? Atiçou a sua curiosidade ou você queria que acabasse logo?

Prepare-se para a sinceridade des- sa pessoa. Você precisa saber em que nível está sua habilidade.

15

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Capítulo 3 O que você precisa fazer primeiro

A primeira coisa que você preci- sa fazer é ter uma boa história e que você goste de contar.

Observe

junção “e”

precisa

ser

que

eu

usei

a

con-

e

não “ou”,

uma

boa

portanto

história

E

você precisa GOSTAR de contá-la.

Existem coisas que você adora contar, mas não são boas

histórias. Por exemplo, eu adoraria contar pra todo mundo certas

coisas que

mas, além de não serem boas

histórias

com quem eu sou atualmente, podem não ser apropriadas em todos os ambientes.

ver

fiz

na

adolescência,

a

e

não terem nada

Existem

pessoas

que

AMAM

contar a mesma piada centenas de

16

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

vezes, mas as pessoas a sua volta não agüentam mais ouvir nem mais uma vezinha.

Por outro lado existem ótimas histórias que não gostamos de contar. Há várias histórias engra- çadíssimas e divertidas sobre o período em que eu era professor.

Mas muitas delas me trazem à mente lembranças que não são sempre agradáveis, portanto eu não gosto muito de contar.

se

divertindo ao contar a história, no

nível subconsciente esse desa- grado é transmitido a quem está ouvindo e você perde um pouco do carisma do narrador.

Quando

você

não

está

Então você precisa encontrar uma boa história e que você goste de contar.

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

17

Programa de Treinamento Habilidade Social

Onde achar uma boa história?

qualquer

história, tirada de um livro, um filme, algo que te contaram, mas as melhores narrativas são sempre de coisas que aconteceram com você ou próximas a você.

Na

verdade

pode

ser

E isso acontece porque você pode dar mais detalhes interessantes e pode contar a mesma história de diferentes maneiras e pontos de vista porque você estava lá.

Eu gosto muito de contar histórias sobre fatos importantes ocorridos no mundo e com personalidades famo- sas, mas as histórias pessoais são SEMPRE melhores.

Procure falar sobre coisas que sejam interessantes para quem está ouvindo e não só para você.

18

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Histórias que nitidamente servem unicamente para contar vantagem são muito chatas de se ouvir e acabam fazendo você parecer uma pessoa insegura.

Exercício 4

Procure se lembrar das fábulas

que você mais gosta ou gostava de

ouvir na infância estrutura.

e

analise sua

Vou usar como exemplo “A galinha dos ovos de ouro” de Esopo:

Um camponês e sua esposa possuíam uma galinha, que todo dia sem falta, botava um ovo de ouro.

Supondo que dentro dela deveria haver uma grande quantidade de ouro, eles então a sacrificaram, para enfim pegar tudo de uma vez.

19

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Então, para surpresa dos dois, viram que a ave em nada era diferente das outras galinhas.

Assim, o casal de tolos, desejando enriquecer de uma só vez, acaba por perder o ganho diário que já tinham assegurado.

Moral da história:

Quem tudo quer, tudo perde.

Como você contaria (ou contou) essa fábula para seu filho? Seria uma simples leitura do texto ou você demoraria mais tempo explicando os detalhes e valorizando a história? Como seria isso?

Atualmente qualquer pessoa co- nhece essa fábula, não há novidade nenhuma em contá-la. O que você faria para tornar a história do casal de tolos e da galinha dos ovos de ouro mais interessante?

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

20

Programa de Treinamento Habilidade Social

Escreva

novamente

essa

fábula

com mais detalhes e, sem inventar

nada que não estivesse na história

original,

atraente e gostosa de ouvir.

mais

mas

fazendo

ficar

21

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Capítulo 4 Estrutura de uma boa história

Se você está fazendo os exer-

cícios na ordem direitinho, algu- mas coisas que vou explicar agora

você

conta própria.

começou

a

concluir

por

Uma boa história tem uma ação clara acontecendo, tem perso- nagens fortes e bem definidos (de preferência você é um deles) e tem uma estrutura simples e fácil de entender.

Nada

de

complicação,

perso-

nagens sofisticados e complexos, com comportamentos esquisitos que você precisa explicar de novo toda hora.

Você

precisa

introduzir

corre-

tamente

Imagine a situação: estão todos

a

história

no

contexto.

22

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

falando sobre a copa do mundo e de repente você começa a contar a lenda do cavaleiro sem cabeça.

Vai todo mundo te achar uma

pessoa desequilibrada e sem noção

um

motivo ou, pelo menos uma des- culpa, para contar sua história.

de nada!

Você

precisa

ter

haver uma ligação

entre o que estava sendo falado e

a história que você conta.

Normalmente eu uso “Hummmm Isso me fez lembrar quando ”

É

preciso

Logo depois de você ter conse- guido introduzir a história que pretende contar no assunto que estava sendo conversado, você precisa lançar sua isca.

Uma isca é uma frase de efeito ou uma afirmação sobre a história

23

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

que visa deixar as pessoas com vontade de ouvi-la.

“Vou contar pra vocês o que re- almente está acontecendo com o clima na Terra. Não essa conversa fiada de aquecimento global.”

Essa frase é ousada, mas,

no

mínimo,

vontade

de

saber

o

que essa

pessoa tem em mente!

Desperta curiosidade.

Depois de usar a isca, quando

as

pessoas

demonstrarem

 

inte-

saber

mais, vem

a

his-

resse em tória em

si,

que

precisa

ser

contada de modo que as pessoas possam entender.

Primeiro você apresenta os per- sonagens principais, conta um pouco de como eles são ou eram na época.

24

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Depois você apresenta o obje- tivo que os personagens queriam atingir ou o problema que eles precisavam resolver.

Em terceiro lugar vêm os anta- gonistas, as dificuldades, as bar- reiras, ou seja, tudo que fazia com que esse objetivo não fosse atin- gido ou esse problema não fosse resolvido.

Nesse momento vem a ação que levou ao resultado final que é a conclusão da história.

Deixe

bem

claro

quando

a

história acabar, porque senão as pessoas vão continuar esperando

você contar mais alguma coisa.

Além disso, encerre com uma moral da história ou um aprendi- zado especial tirado dessa situ- ação.

25

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Algumas regras:

1. História positiva

Não

conte

histórias

de

des-

graças, acidentes, perdas terríveis,

mortes horrorosas

Isso

nós já

vemos

o

tempo

todo

nos

noticiários.

2. Detalhes divertidos emocio-

nantes Ao invés dos detalhes técnicos e chatos, conte detalhes que con-

tenham emoção, que falem de medo, de dúvida, de coragem, de amor

3. Conclusão/Objetivo

Sua história tem que ter uma conclusão e um objetivo. Já vi gente terminar de contar alguma coisa e todo mundo perguntar por que aquela pessoa tinha contado

aquilo.

26

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

4. Cronologia

A não ser que você tenha MUI- TA prática nisso, mantenha sempre

a história na ordem certa. Não fi-

que

indo

pro futuro e voltando

para

o

passado

toda

hora.

Mantenha

clara.

uma linha do tempo

5. Repetição

Alguns detalhes-chave (como o nome das pessoas) precisam ser repetidos umas 3 vezes para que o

pessoal guarde. Se certifique de repetir o que você quer que fique na memória das pessoas.

6. Variedade de voz

no

mesmo tom de voz. Varie o tom, a

velocidade, o ritmo e o volume da sua voz. De preferência de acordo

sendo

com a história contada.

Não

fale

o

tempo

todo

que

está

27

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

7. Gestos

Sempre gesticule para demons- trar melhor os detalhes e mostrar

posições.

8. Início e final fortes

Inicie sua história com a força de uma boa isca e termine com uma frase poderosa, do tipo “e ela nunca mais foi vista naquele lugar ”

9. Represente a história

Como um ator ou atriz, repre- sente as partes mais importantes do que você está contando. Torne sua história viva!

10.Fale COM as pessoas, não tenha medo de ser inter- rompido Tem gente que decora a história e só consegue contar de uma vez e sem interrupções. Lembre-se que você está aprendendo essa habili-

28

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

dade como parte de um pacote de competências ligadas à sua capa- cidade de conversar. Por isso se as pessoas interromperem para parti- cipar, deixe acontecer.

Exercício 4

sua

vida que você gostaria de trans- formar em uma ótima história.

Pode ser uma

conseguir um emprego, uma dieta

que você fez, uma vez que acampou, como conheceu a pessoa que ama, como seus pais se conhecerem etc

de

Pense em algum

fato da

tentativa

É sempre uma boa opção contar algo que envolva ação, alcançar objetivos e problemas. Mas esco- lha livremente.

Tendo isso em mente, monte uma linha de raciocínio, uma nar-

29

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

rativa bem simples com começo, meio e fim, mais ou menos como a fábula da galinha dos ovos de ouro.

Nessa

primeira

fase

do

exercício,

é

pra

deixar

bem

simples

mesmo,

sem

muita

explicação.

Por exemplo, o livro “O Senhor dos Anéis” mostra como um rapa- zinho baixinho e simples conseguiu ajudar a salvar o mundo das gar- ras do mal.

Observe que deixei poucas li- nhas pra você fazer isso. É propor- sital.

Primeiro vamos montar o es- queleto básico da sua história, a idéia central da narrativa sem mui- tas firulas.

30

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Coloque aqui o resumo básico da história que você quer contar:

Com a estrutura básica criada,

vamos

emocionantes.

adicionar

os

detalhes

Por exemplo, o livro “O Senhor dos Anéis” tem uma boa parte do início dedicada a descrever os personagens do “lado bom” e como eles moravam, viviam etc “Guerra nas Estrelas” começa mos- trando a vida normal e a perso- nalidade de Luke Skywalker.

31

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Melhore a descrição dos perso- nagens principais. Se é uma histó- ria que aconteceu com você, conte como você era ou estava na época do acontecimento. Use qualidades que inspirem emoções.

32

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Adicione mais detalhes aos obstá- culos, as dificuldades e os problemas que impediam que o objetivo do per- sonagem principal fosse alcançado.

dos

Anéis” conta todos os detalhes sobre

o vilão, personificação do mal e

Por

exemplo,

“O

Senhor

“Guerra

tempão mostrando o malvado Impé-

rio Intergalático.

nas Estrelas” gasta um

mais

detalhes

emocionantes

sobre

enfrentados na sua história.

os

obstáculos

e

dificuldades

33

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

Conclusão Juntando tudo

Dedique os próximos 21 dias a desenvolver as qualidades e habili- dades de contar histórias.

Faça uma programação para to- dos os dias você repetir o exercício 4 com uma fábula diferente.

Você pode encontrar boas fábu- las para esse trabalho procurando no Google por “fábulas de Esopo” ou “fábulas de La Fontaine”.

Você vai notar que todas elas têm a mesma estrutura básica que nos mantém interessados do início ao fim, todas têm o formato que você estudou no capítulo anterior.

Se você quiser, pode gravar em mp3 sua própria voz contando uma

34

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br

Programa de Treinamento Habilidade Social

história para eu analisar pra você. Fique a vontade.

Anotações

35

Mauro Pennafort www.sejaexcelente.com.br