Вы находитесь на странице: 1из 43

Davi e o Pão Sacerdotal

Dan Duke

Davi e o Pão Sacerdotal

Todos os direitos desta edição reservados por Shubert Publishing

Revisão: Lucimara Zanini Soares Rita Moura

Diagramação: Rita Moura

Capa: Luciano do Nascimento

A menos que haja outra indicação, as citações bíblicas são provenientes da Versão Almeida Revista e Atualizada (ARA) da Bíblia, © Sociedade Bíblica do Brasil.

Introducão

Sumário

7

Capítulo 1 - A Casa de Saul e a Casa de Davi 11

Capítulo 2 - A Rejeição e a Expulsão de Davi

19

Capítulo 3 - Davi e Nobe

27

Capítulo 4 – Davi e a Espada de Golias

31

Este

livro

é

Apresentação

resultado

de

uma

mensagem

pregada

pelo

missionário

Dan Duke.

Você verá quanto a Palavra de Deus é atual ao ler na vida do rei Davi, o que vemos hoje bem diante de nossos olhos naquilo que Dan Duke descreve como um sistema religioso que rejeita aqueles que desejam Jesus mais do que tudo.

Dan Duke descreve, de forma eloquente enquanto simples, a diferença entre a unção divina e a humana; o homem que busca suas próprias ambições e o homem que busca e ama Jesus sobre todas as coisas; e nos encoraja a olhar os benefícios que recebemos dessa rejeição, ao invés de lamentar nossas perdas.

Shubert Publishing

Introdução

Vamos abrir nossas Bíblias e nossos corações para aprender o que Jesus tem a nos ensinar.

Eu desejo começar declarando que amo a minha Bíblia, ela tem sido minha companheira constante. Na verdade, devo toda a minha vida a Jesus. Mas, fui muito feliz por ter encontrado Jesus através da Bíblia.

Eu encontrei o Senhor Jesus aos vinte e sete anos. Antes disso, nunca havia ouvido o Evangelho. Não sabia nada a respeito de Deus, ou Seu Filho Jesus, não tinha qualquer formação cristã, nunca conhecera um cristão antes, o que vejo como uma enorme vantagem em minha vida, pois eu também não conhecia teologia, não conhecia doutrinas, não tinha qualquer perspectiva denominacional das coisas.

7

Assim, quando comecei a ler a Bíblia, eu achava que ela queria dizer exatamente o que diz. Eu não tinha quaisquer conflitos teológicos, eu só via Jesus. Eu só O via curando pessoas, só O via amando pessoas. E eu lia que Ele é o mesmo todos os dias. Para mim aquilo era muito simples, não havia nada complicado.

Eu e a minha esposa tínhamos sido um tanto quanto radicais, anos antes de nossa conversão, e parte desse estilo de vida radical nos acompanhou como cristãos. Levou tempo para nos libertarmos. Contudo, devido ao nosso estilo radical, do nosso fogo, não nos dávamos bem com algumas igrejas. Não que não tentássemos, pois nós tentávamos. Mas, se tínhamos alguma dúvida, nós perguntávamos. Se víamos algo errado, nós dizíamos. Entretanto, frequentemente, isso era entendido como falta de respeito. Porém eu admito:

o que lia na Bíblia e o que via em muitas

8

igrejas era bastante diferente, e isso era incompreensível para mim.

Mas Deus é muito bom, e tem nos levado a estudar as Escrituras através dos anos, assim como eu creio que tem levado você. E somos gratos e abençoados pela Presença e pela unção de Deus.

Agora gostaria de falar um pouco sobre o rei Davi e mostrar um grande princípio das Escrituras existente na vida deste rei. Em 2 Samuel 3:1, a Bíblia diz que “durou muito tempo a guerra entre a casa de Saul e a casa de Davi. Davi se ia fortalecendo, porém os da casa de Saul se iam enfraquecendo”. Na verdade, essa guerra existe ainda hoje; havia uma grande diferença entre Saul e Davi, e é sobre essa diferença que quero falar.

9

Capítulo 1

A Casa de Saul e a Casa de Davi

Durou muito tempo a guerra entre a casa de Saul e a casa de Davi; Davi se ia fortalecendo, porém os da casa de Saul se iam enfraquecendo.

2 Samuel 3:1

Havia então uma diferença entre a casa de Davi e a casa de Saul, e tal diferença realmente gerou uma guerra, uma divisão, uma separação, e trouxe grande rejeição à vida de Davi. Mas veremos que essa rejeição e essa experiência tão dolorosa na vida de Davi, na verdade, se transformou em algo bom.

11

Davi e o Pão Sacerdotal

A mesma guerra continua hoje. Trata-se de uma guerra de perspectivas, uma guerra de níveis de compreensão. É uma guerra entre sistemas de igrejas, contra aqueles que simplesmente têm um coração que deseja Deus.

Observamos esse mesmo conflito quando Jesus veio ao mundo. Jesus veio iniciar um Reino. Não um reino deste mundo, não um reino político, mas um Reino do Espírito, porém, Ele não foi aceito. Ele foi rejeitado porque os líderes queriam um reino político. Eles queriam um rei, queriam uma nação soberana. Eles queriam que Jesus liderasse a nação, expulsasse os romanos e trouxesse autonomia para Israel, contudo, Ele deixou claro: “O meu reino não é deste mundo” (João 18:36). Assim, sua perspectiva era diferente.

A Bíblia registra que Davi entrou em cena, quando Samuel foi até sua casa, e o ungiu como rei em Israel. Naquele

12

Davi e o Pão Sacerdotal

tempo, Saul já era o rei, porém Deus havia rejeitado Saul, porque ele não tinha um coração disposto a obedecer, não tinha um coração de adorador.

Há outro detalhe a destacar também:

Deus falou a Samuel para encher seu vaso com azeite e ungir Saul como rei (1 Samuel 10:1), mas quanto a Davi, Deus disse a Samuel: “Enche um chifre de azeite” (1 Samuel 16:1) para ungir Davi como rei.

Essa é uma diferença importante: Saul foi ungido com algo feito pelas mãos do homem um vaso. Davi foi ungido por algo feito por Deus um chifre. Somente Deus pode fazer um chifre. Então, essa era a diferença entre suas unções. Saul era a escolha do povo. Davi era a escolha de Deus. E existem muitos, hoje, que são ungidos pelos homens, enquanto outros são ungidos por Deus.

13

Davi e o Pão Sacerdotal

Quando Jesus entrou na sinagoga, depois de quarenta dias no deserto, Ele disse: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu” (Lucas 4:18). Podemos ler isso sem perceber a profundidade, porque naquela cultura, a única forma de alguém ser ungido seria se o sumo sacerdote derramasse azeite sobre sua cabeça. Em outras palavras, era a unção do sistema. Mas Jesus veio, e era como se dissesse: – Foi Deus que me ungiu. Não estou sendo ungido por nenhum sistema. E eles o rejeitaram por causa disso.

Há outra diferença que se percebe entre Saul e Davi. A Bíblia diz que durante os quarenta anos do reinado de Saul, ele nunca buscou a arca da Aliança. Em outras palavras, ele nunca foi a Deus. O reinado de Saul representava uma perspectiva política das coisas.

Entretanto, Davi estava sempre buscando a presença de Deus. Quando

14

Davi e o Pão Sacerdotal

Davi finalmente se tornou rei de Israel e Judá, a primeira coisa que ele quis fazer foi trazer a arca da Aliança para Jerusalém. Porém ele não a trouxe para o Tabernáculo de Moisés, mas para uma tenda no Monte Sião, onde Deus podia ser adorado 24 horas por dia. Contudo, o que a maioria das pessoas não compreende é que, enquanto o tabernáculo de Davi estava no Monte Sião (2 Samuel 6:17; 1 Crônicas 16:1), o tabernáculo de Moisés ainda estava em Gibeão (1 Crônicas 21:29).

Portanto, havia dois sistemas religiosos operando ao mesmo tempo: havia a antiga ordem que fora estabelecida por Deus e havia uma nova ordem, também estabelecida por Deus, e as duas funcionavam simultaneamente.

Penso que essa mesma situação se aplica hoje. Ainda existem formas bem tradicionais de se aproximar de Deus, mas obviamente existe algo novo que

15

Davi e o Pão Sacerdotal

Deus está fazendo. E, é claro, você pode escolher como deseja se aproximar de Deus, como deseja viver sua vida de adoração. E quer gostemos disso ou não, as duas formas não podem coexistir.

A Bíblia diz que Davi tinha um coração reto para com Saul. A Palavra de Deus diz que Davi amava a Saul, porém Saul odiava a Davi, porque tudo na vida de Davi era uma ameaça ao sistema de Saul. A unção de Davi era uma ameaça. Sua pureza era uma ameaça. Sua popularidade era uma ameaça. Mas nenhuma dessas coisas era culpa de Davi. Ele era apenas um homem. Ele tinha um coração de adorador, um coração apaixonado por Jesus.

Quando lemos os Salmos que Davi escreveu, podemos ver que se tratava de um homem comum. Quando vemos seu testemunho, notamos que ele não era um homem perfeito. Davi tinha falhas

16

Davi e o Pão Sacerdotal

morais, ele cometeu erros, todavia, o que o justificava era o seu coração. Ele era um homem segundo o coração de Deus.

17

Capítulo 2

A Rejeição e a Expulsão de Davi

Entretanto, iniciou-se o conflito. Quando olhamos para 1 Samuel 21, encontramos

a situação em que Davi foi mandado

embora da casa de Saul, e ele não fizera

nada de errado, senão ser um homem de Deus.

O problema dele era o seu coração. O

problema de Davi era que ele amava a Deus. Seu problema era que ele não queria ser um político, mas apenas um adorador e um homem de Deus.

Existem muitos assim hoje. Porém isso deu início a um conflito.

19

Davi e o Pão Sacerdotal

Davi tentou, de todas as formas possíveis, permanecer na casa de Saul. Ele nunca desejou ser expulso dali, e, quando foi rejeitado, estou certo de que seu coração estava partido. Não obstante, através dessa experiência, Davi encontrou algo que nunca poderia ter encontrado na casa de Saul.

Vamos observar algumas coisas, de forma mais profunda, em 1 Samuel 21. Esses são alguns daqueles versículos que só compreendemos se conseguirmos ver algo mais profundo do que apenas palavras no papel.

O quadro é o seguinte: Davi tinha o coração segundo Deus; Saul, então estava obcecado com a ideia de matá-lo. Davi tentou permanecer fiel na casa de Saul, mas foi rejeitado e mandado embora.

20

Davi e o Pão Sacerdotal

Em 1 Samuel 21:1-6 é dito:

1 Então, veio Davi a Nobe,

ao sacerdote Aimeleque; Aimeleque, tremendo, saiu ao encontro de Davi e disse- lhe: Por que vens só, e ninguém, contigo?

2 Respondeu Davi ao

sacerdote Aimeleque: O rei deu-me uma ordem e me disse: Ninguém saiba por que te envio e de que te

incumbo; quanto aos meus homens, combinei que me encontrassem em tal e tal lugar.

3

Dá-me cinco pães ou o que

Agora, que tens à mão?

se achar.

4 Respondendo o sacerdote

a Davi, disse-lhe: Não tenho pão comum à mão; há,

21

Davi e o Pão Sacerdotal

porém, pão sagrado, se ao menos os teus homens se abstiveram das mulheres.

5 Respondeu Davi ao

sacerdote e lhe disse: Sim, como sempre, quando saio à campanha, foram-nos vedadas as mulheres, e os

corpos dos homens não estão imundos. Se tal se dá em viagem comum, quanto mais serão puros hoje!

6 Deu-lhe, pois, o sacerdote

o pão sagrado, porquanto não havia ali outro, senão os pães da proposição, que se tiraram de diante do SENHOR, quando trocados,

no devido dia, por pão quente.

22

Davi e o Pão Sacerdotal

Agora, voltemos ao versículo 1 e vejamos o quadro profético do texto e a mensagem que Deus deseja nos dar através desses versículos.

Lembre-se que Davi havia sido mandado embora da casa de Saul. A casa de Saul representa um sistema religioso, que nunca buscou a arca de Deus. Em outras palavras, trata-se de um sistema que não possui um coração de adoração, que não vê necessidade da unção, que não valoriza a intimidade com Deus. Trata-se, meramente, de um sistema religioso.

Entenda, quando estou dizendo isto, não tenho qualquer grupo em mente. Não estou falando especificamente sobre nenhuma denominação. Estou falando de um sistema religioso, que funciona sem a presença de Deus. Em outras palavras, se o Espírito Santo não estiver ali, não fará qualquer diferença, porque

23

Davi e o Pão Sacerdotal

eles já têm seu sistema, eles já têm os seus programas.

Certamente essa não é a minha preferência. Se o Espírito Santo não está em algo, não vejo propósito; não é nada além do que cantar, falar, nada além de um evento social. Recolhem-se as ofertas, e cada um vai viver sua vida do jeito que quiser.

Eu não tenho interesse nisso, e quanto a você?

Como alguém já disse: “O sistema deles é tão rígido, que se o Espírito Santo for removido da igreja, eles não vão sequer perceber”.

Repito, não estou falando especificamente de ninguém, estou falando de um sistema. E esse é um sistema no qual Davi tentou se encaixar. Ele tentou se adaptar a esse sistema porque era o que ele conhecia. Davi não conhecia nada melhor.

24

Davi e o Pão Sacerdotal

Existem pessoas lendo este livro agora, que tentaram se encaixar. Você tentou fluir com o sistema, mas por alguma razão, não conseguiu. Você não fez nada, senão ser faminto por Deus, querer adorar a Deus, porém a sua paixão tornou-se uma ameaça. Sua unção se tornou uma ameaça. Você não fez nada a não ser amar Jesus, desejar adorá-Lo, cair no chão e ter toda a intimidade que pudesse ter com Jesus. E você não está interessado num sistema religioso, só está interessado em Jesus.

Há alguma diferença nisso? Sim, há uma grande diferença.

Foi o sistema religioso que odiou Jesus. Eles o mataram. Por quê? Porque Ele saiu fazendo o bem, curando a todos os oprimidos pelo diabo (Atos 10:38). Eles o odiavam porque Ele era ungido, porque Ele dizia que Deus era Seu Pai.

Ora, quem

fazendo tudo o que Jesus fazia, e, ainda

Pai? Você está

é

o

seu

25

Davi e o Pão Sacerdotal

assim, o sistema não abre espaço para você?

Essa era a história de Davi. Quando ele veio da casa de Saul, rejeitado, desapontado, talvez com o coração partido, foi até uma cidade chamada Nobe.

26

Capítulo 3 Davi e Nobe

Esse é um nome estranho para uma cidade: Nobe! “Ei, de onde você é? Eu sou de Nobe!”. Que nome estranho!

Mas o nome Nobe, em hebraico, significa “Lugar Alto”. Então, quando Davi foi expulso da casa de Saul, ele foi para um lugar mais alto. Aleluia!

Ele não compreendia tudo que estava acontecendo. É por isso que está escrito na Bíblia. Está escrito por nossa causa, como diz as Escrituras: “Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança.” (Romanos 15:4).

27

Davi e o Pão Sacerdotal

Assim, Davi veio para Nobe. Da casa de Saul para um lugar alto. Ele nunca teria vindo a esse lugar mais alto, a menos que tivesse sido mandado embora da casa de Saul.

E Davi foi até à casa de Aimeleque.

Aimeleque é um nome hebraico que significa “Meu irmão é rei”. Aleluia! Você está percebendo? Davi saiu do sistema religioso, foi levado a um lugar mais alto, onde Seu irmão, o Senhor Jesus Cristo, é Rei. Aleluia! Então, as coisas não estavam tão ruins afinal de contas.

Foi necessária a rejeição; foi necessário que ele fosse mandado embora para poder subir a um lugar mais alto.

Você já foi rejeitado? Você já foi “jogado fora”? Essa é uma pergunta importante! Se você nunca foi jogado para fora de algum lugar, você não se saiu muito bem. Se você nunca foi jogado para fora de algum lugar, você não tem fogo o

28

bastante.

qualificação.

Isso

Davi e o Pão Sacerdotal

faz

parte

de

sua

Você é salvo? Sim. Você recebeu o batismo no Espírito Santo? Sim. Você já foi “jogado fora”? Sim. Bom, então você está qualificado! Você foi atirado para fora do sistema, Aleluia! Foi a melhor coisa que podia ter lhe acontecido, mas foi dolorosa! Foi a melhor coisa, contudo doeu muito!

Desta maneira, Davi foi para um lugar mais alto, onde seu irmão era rei. Então, ele perguntou ao sacerdote Aimeleque:

“Você tem algum pão?”. Aimeleque respondeu: “Não tenho pão comum, eu só tenho o pão sacerdotal”.

Agora, o problema é que aquele pão era apenas para o sacerdote, não era para pessoas comuns, mesmo que fosse um rei. Mas quando Aimeleque lhe disse, parafraseando: “Não tenho pão comum, apenas os pães dos sacerdotes, mas não é bom que você o coma porque

29

Davi e o Pão Sacerdotal

você não é um sacerdote”. Davi lhe disse: “Dê-me o pão”.

E pela primeira vez na história de Israel,

e pela primeira vez na vida de Davi, ele estava num lugar alto, onde seu irmão é Rei, e ele estava prestes a experimentar algo que nunca experimentara antes. Toda sua vida ele só comera pão comum, entretanto, agora experimentaria o pão sacerdotal, o pão da proposição, que em hebraico significa

o pão das Faces, o pão da Face de Deus.

Essa é uma lição fundamental para nós.

30

Capítulo 4 Davi e a Espada de Golias

Então, o que aconteceu com Davi? Vimos que ele veio a um lugar alto, onde seu irmão é Rei, e ele perguntou se havia ali algum pão. E foi-lhe dito que havia ali somente o pão sacerdotal. Quando o sacerdote comia desse pão, ele o comia na mesa dos pães da proposição, e esse era um lugar em que os sacerdotes mantinham comunhão uns com os outros, mas era também quando estavam diante da Face de Deus. Isto, por si só, já é outra mensagem importante.

Davi perguntou a Aimeleque: “Não tens aqui à mão lança ou espada alguma?” (1 Samuel 21:8), e Aimeleque respondeu-

31

Davi e o Pão Sacerdotal

lhe que tinha ali apenas uma espada, a espada de Golias (1 Samuel 21:9). Era a maior espada na terra, a espada de um gigante.

Assim, esse era um quadro tremendamente profético daqueles que não se encaixam num sistema religioso e que chegaram a um lugar alto.

Não estou falando de pessoas especiais ou privilegiadas, de pessoas melhores que outras. Mas nós sabemos que as pessoas têm paixões, desejos e motivações diferentes.

Portanto, a mensagem aqui é simples, e é a seguinte: Davi não conseguiu se encaixar no sistema de Saul e foi rejeitado por esse sistema. E essa rejeição o levou a um lugar mais alto, onde seu Irmão é Rei, e, pela primeira vez em sua vida, ele experimentou o pão sacerdotal. Antes disso, ele só havia provado o pão comum.

32

Davi e o Pão Sacerdotal

Existem milhões de cristãos que têm vivido toda sua vida comendo pão comum, pão que tem sido requentado vez após vez. Nada além de uma pregação aos domingos.

Todavia, existe algo mais alto, é o pão sacerdotal. Eu posso afirmar, que quando Davi provou daquele pão, ele perdeu o apetite pelo pão comum. Uma vez que você experimenta o pão sacerdotal, uma vez que você experimenta que o Senhor é bom, você nunca mais consegue voltar ao pão comum da religião. Uma vez que você é marcado pelo pão sacerdotal, pelo pão das faces, uma vez que você está diante da face de Deus, você não pode voltar ao sistema religioso. O próprio sistema irá lhe rejeitar. Você não terá lugar ali. E essa foi a situação que Davi enfrentou.

Há algum tempo atrás, conversei com um pastor que tinha sido “jogado fora” de sua igreja, e ele lamentava pelo

33

Davi e o Pão Sacerdotal

seguinte: ele tinha sido o pastor dos jovens, e ocorrera um avivamento entre aqueles jovens, e, assim, eles estavam adorando, evangelizando, cheios do fogo de Deus, e os líderes da igreja não aprovaram isso, porque não podiam controlar o que estava ocorrendo, e eles o “jogaram fora”; o sistema o “jogou fora”. Mas, o que realmente estava acontecendo? Ele foi chamado a um lugar mais alto para comer o pão da face de Deus.

Portanto, se hoje você foi rejeitado pelo sistema, se percebe que não se encaixa (talvez você faça parte de uma denominação ou de um sistema religioso, já há muitos anos, e você fez tudo que podia para ser fiel, mas, por mais que se esforce, chegou à conclusão que não se encaixa mais ali), não se culpe. Se o sistema o empurra para fora, saia com o coração feliz. Não fique zangado, nem critique ninguém. Apenas deixe Deus lhe levar para um

34

Davi e o Pão Sacerdotal

lugar mais alto. Deixe-O lhe levar para onde seu Irmão é Rei. Deixe Deus lhe dar o pão que você nunca experimentou.

Deus colocou uma espada na mão de Davi. Perceba que Davi ganhara aquela espada quando ele matou Golias. Ele merecia aquela espada, porém, ele não estava preparado para tê-la, porque ele não podia ter uma grande espada num lugar baixo. Deus reservou a espada de Golias para quando Davi chegasse naquele lugar alto.

Creio que você pode ver o que aconteceu nesse exemplo, e como isso se aplica à sua vida: Um dia Davi foi rejeitado, perdeu seus amigos, foi criticado, foi rotulado como rebelde, viveu como um fugitivo, e teve que se esconder para salvar sua vida, mas isso tudo segundo a ótica dos homens.

Contudo, na ótica de Deus, Davi teve um encontro num lugar alto, comeu o pão do sacerdote, e recebeu uma espada. Mas

35

Davi e o Pão Sacerdotal

antes

deste

tempo,

 

ele

não

estava

preparado

para

ter

a

posse

daquela

espada.

Então, Deus está preparando você, Ele vai colocar uma espada em sua mão, a mesma espada que pertenceu ao gigante que você matou em sua vida. E você nunca poderia ter esta espada fazendo parte de um sistema religioso.

Portanto, seja encorajado hoje. Se estiver sendo posto para fora, é apenas para você entrar em algo, provar algo, para fazê-lo sentir o gosto de alguma coisa que você nunca experimentou antes, e que muitas pessoas jamais experimentaram: o pão da face de Deus, a espada do Espírito e a vida num lugar mais alto.

Portanto, anime-se, não amaldiçoe o sistema, não mate Saul. Apenas vá para um lugar alto e coma o pão do sacerdote. Permaneça diante da face de Deus, até Ele lhe dar a espada.

36

Davi e o Pão Sacerdotal

E foi Davi, e não Saul, que libertou a Israel dos filisteus. E foi Davi, e não Saul, que trouxe a arca da aliança para Jerusalém. E foi Davi, e não Saul, que unificou o povo de Judá e Israel. E, até hoje, o reinado de Davi é chamado de “os anos dourados” da história de Israel. Foram os anos dourados da história daquela nação, mas tudo começou quando um jovem, apaixonado por Deus, sem qualquer ambição espiritual, sem nenhuma ambição política, foi “jogado para fora” da casa e sofreu rejeição, assim como Jesus.

Jesus foi rejeitado para que você pudesse ser aceito; Ele foi rejeitado, para que você fosse qualificado. Existe um Sacerdote no Novo Testamento que o leva a comer o pão da Face, o pão sacerdotal. Ele o leva a ter a Espada do Sacerdote e a viver num lugar mais alto.

Portanto, anime-se, hoje, porque Jesus está tocando sua vida.

37

Davi e o Pão Sacerdotal

Seja bem-vindo à cidade de Nobe. Seja bem-vindo à casa de Aimeleque. Nós lhe convidamos a juntar-se a nós à mesa e comer todo o pão sacerdotal que você quiser. E eu lhe garanto que, quando você experimentar do pão sacerdotal, perderá o apetite pelo pão comum, você não desejará voltar atrás.

Que Deus o abençoe!

38

Outros Títulos Publicados por Shubert Publishing

Trazendo Luz à Lei – Mark Shubert

No Cristianismo, hoje, muito tem sido falado sobre voltarmos às nossas “raízes judaicas.” Aqueles que desejam agradar ao Senhor ficam geralmente confusos com o assunto. Quantos exatamente dos costumes mosaicos nós deveríamos realmente guardar? Devemos observar o Sábado? E quanto ao dízimo, será que é algo para hoje? Para dividir a Palavra da Verdade corretamente (2 Tm 2:15), o Cristão de hoje precisa ter um claro entendimento das diferenças ente o Velho e Novo Testamento.

– Mark

Shubert

A salvação bíblica vai muito além de apenas receber Jesus como Salvador. A salvação do espírito, alma e corpo compreende a completa salvação. Depois da conversão inicial, segue-se um processo contínuo de conversão, e o propósito deste é nossa

Uma

Completa

Salvação

completa salvação, ou seja, nos transformar completamente até termos a imagem e semelhança do Filho de Deus.

Autoridade no Reino de Deus – Mark Shubert

Através do sacrifício de Jesus, o Reino de Deus está sendo estabelecido na terra novamente. Para aqueles que aceitam o governo de Deus, Sua ordem e Sua autoridade, justiça, paz e alegria estão novamente disponíveis. Deus reina e escolheu nos revelar Sua autoridade usando autoridades por Ele estabelecidas. Sujeitar- se a Deus, ao Seu Reino, ao Seu Governo envolve sujeição às autoridades outorgadas por Deus. É essencial que cada Cristão saiba identificar a esfera de autoridade que Deus lhe delegou.

Nomes e Números – Dan Duke

Os nomes de pessoas e lugares têm um significado todo especial, bem como os números descritos nos relatos bíblicos. Este livro nos faz mergulhar na Palavra de Deus e desfrutar das profundas riquezas escondidas

no significado dos nomes, e nas revelações trazidas nos episódios onde certos números aparecem.

Ungindo o Profano – Mark Hanby

Perguntas como o que é a unção e de onde ela vem? Como posso obtê-la? Como posso quebrar os jugos sobre minha vida? O que é santificação? Como posso experimentar avivamento? São respondidas neste livro, enquanto Mark Hanby nos ajuda a remover o véu para compreendermos a autoridade espiritual e a unção.

Desenvolvendo Seu Sacerdócio - Dr. Sam Sasser & Dr. Judson Cornwall

Um livro profundo e envolvente, Desenvolvendo Seu Sacerdócio nos faz rever nossos conceitos sobre louvor e adoração e mais ainda sobre nosso lugar na adoração, seja você o pastor de uma igreja grande ou pequena, um líder de louvor, um membro no meio da congregação, uma

ocupada dona-de-casa, um empresário bem- sucedido ou um estudante.

Cada cristão é chamado para oferecer ao Senhor o seu sacrifício de louvor. Este é nosso alto e santo chamado.

Shubert Publishing é parceira do ministério Cristão Up Church www.upchurch.com.br.

Confira este e outros produtos em nossa loja virtual através do www.shubert.com.br.