Вы находитесь на странице: 1из 7

1

REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE FUTEBOL


“TORNEIO DA AMIZADE 2010 AESJ”
A Diretoria da Associação Esportiva São José, por
seus Diretores Presidente, Diretor de Esportes e
Recreação e o Presidente da COF, no uso de suas
atribuições estatutárias, FAZ SABER:

Que o Regulamento Geral do TORNEIO DA AMIZADE 2010 obedecerá as seguintes


normas:
I- DOS OBJETIVOS
ARTIGO 1º - O Campeonato de futebol “TORNEIO DA AMIZADE” da Associação
Esportiva São José terá inicio em 27/02/2010, tendo como principal objetivo o lazer do
associado por meio da prática esportiva.

II- DA ORGANIZAÇÃO

ARTIGO 2º - O Campeonato será organizado e dirigido pela Comissão Organizadora de


Futebol (COF) e Clube:
Item I – Serão os membros da COF, assim distribuídos:

Presidente – Ibis Videira Pereira Júnior


Membros – Fernando, Fernando
Parágrafo Único – Caberá à C.O.F:

a.Elaborar o regulamento do campeonato;


b.Coordenar a inscrição dos atletas;
c.Efetuar o sorteio das equipes, bem como dos atletas inscritos;
d.Elaborar a tabela dos jogos com datas e horários das partidas;
e.Nomear representantes das equipes, previamente escolhidos por essas; quando as mesmas
não o fizerem.
f. Providenciar arbitragem para as rodadas programadas;
g. Divulgar os resultados dos jogos;
h. Alterar datas dos jogos caso necessário;
i. Liberar ou interditar os campos do clube;
j. Convocar atletas, árbitros, representantes ou outras pessoas envolvidas com o
evento para esclarecimentos, no interesse da COF ou a pedido da Diretoria;

III- DA PARTICIPAÇÃO
2

ARTIGO 3º - Todos os atletas poderão participar do Campeonato, desde que não estejam
cumprindo penalidade imposta pela Diretoria ou Comissão de Justiça Desportiva.
Parágrafo primeiro – Os menores de idade, de 15 a 18 anos, deverão apresentar autorização
dos pais ou responsáveis para participarem, em impresso padrão do Clube. Caso não apresente
serão impossibilitados de participar do Campeonato.
Parágrafo segundo - Para que o atleta possa jogar o campeonato na categoria JOVEM, é
necessário que o mesmo tenha 15 anos no ano que o Campeonato se realizará.
Parágrafo terceiro - Para que o atleta possa jogar o campeonato na categoria MASTER, é
necessário que o mesmo tenha 35 anos no ano que o Campeonato se realizará.

IV- DAS INSCRIÇÕES


ARTIGO 4º - As inscrições, por equipe na Copa da Amizade, deverão ser feitas,
obrigatoriamente, na secretaria do Clube de Campo Santa Rita, cabendo o preenchimento da
planilha de inscrição até a data estipulada pela COF, no horário de expediente normal do Clube.
Parágrafo único – A taxa de inscrição no valor de R$ 1.000,00800,00 por equipe, será
destinada a cobrir parcialmente os custos para realização do campeonato. Deve ser paga no ato
da inscrição, podendo ser na forma de cheque pré-datado para ser resgatado na data de
encerramento das inscrições.
V- DAS CATEGORIAS

ARTIGO 5º - O campeonato será composto de duas categorias, de acordo com o ano de


nascimento do participante, sendo:

CATEGORIA JOVEM: os atletas com 15 anos no ano que se realizara a competição.


CATEGORIA MÁSTER: os atletas com 35 anos no ano que se realizara a competição.
ARTIGO 6º - O campeonato será composto de 098 (noveoito) equipes da categoria Máster e
045 (quatrocinco) equipes da categoria Jovem.
ARTIGO 7º - As equipes, serão constituídas de 20 (vinte) atletas cada (incluindo o goleiro).
ARTIGO 8º - Um Jogador da categoria Jovem poderá atuar na categoria Máster somente como
goleiro, já um jogador Máster poderá atuar como jogador de linha tanto em sua categoria como
na Jovem., sendo obrigatório o pagamento das inscrições das duas categorias.
VI- DAS SUBSTITUIÇÕES DURANTE O CAMPEONATO

ARTIGO 9º - As equipes devem, obrigatoriamente, indicar um atleta, goleiro ou jogador de


linha de outra categoria, que atuará na ausência do goleiro titular como goleiro reserva.
Somente o goleiro reserva ou jogador de linha da própria equipe, poderão substituir o goleiro
titular em caso de ausência do mesmo.
3

ARTIGO 10º – Os goleiros, titulares ou reservas, somente poderáão atuar somente por uma
equipe de cada categoria.

Parágrafo único – A equipe só poderá substituir seu goleiro por outro atleta não inscrito em
sua equipe, até o final do 1º tempo e não no início do 2º tempo. Depois disso, a equipe só
poderá se utilizar de atletas inscritos para a partida, mesmo sendo em casos de expulsão ou
contusão.
VII- DAS PENALIDADES E RECURSOS

ARTIGO 11º - Os participantes do campeonato, no ato da inscrição, comprometem-se a


cumprir integralmente as normas presentes neste regulamento, bem como as determinações da
COF, estatuto do Clube e o regulamento Disciplinar da CJD.
ARTIGO 12º - Caberá aos atletas ou às equipes encaminhar os recursos ao COFJD, ficando
sob a responsabilidade dao COFJD o encaminhamento ou não para ao diretoriaCJD e do CJD o
encaminhamento ou não para a Diretoria.
ARTIGO 13º - A COF e a CJD teráão plenoss poderes para convocar atletas, árbitros,
representantes e outras pessoas envolvidas para fins de esclarecimentos e então, a critério,
convocar a CJD para julgamento ocasional e/ou especial..
ARTIGO 14º - O goleiro sob suspensão poderá ser substituído por outro conforme o Art.10.
VIII- DO TEMPO DE JOGO
ARTIGO 15º - As partidas terão duração de quarenta minutos em cada tempo, com cinco
minutos de intervalo, para todas as categorias.
Parágrafo único - Será concedido um prazo de quinze minutos de tolerância para inicio do
jogo, apenas para a primeira partida da rodada, de cada categoria. Não serão tolerados atrasos e
será aplicado o W.O.
IX- DO MATERIAL ESPORTIVO
ARTIGO 16º - As equipes deverão apresentar-se devidamente uniformizadas para as partidas,
é de inteira responsabilidade das equipes no “TORNEIO DA AMIZADE” providenciar o
uniforme completo.
Parágrafo primeiro - Não será permitida equipe desuniformizada. O atleta fora desta
determinação não poderá entrar em campo, a equipe perderá os pontos da partida em caso de
utilização do atleta. Entende-se como uniforme obrigatório, chuteiras, caneleiras, meiãoões,
calçãoões e camisetas, de cor padronizada, com numeração diferente para cada atleta.
Parágrafo segundo - É proibido jogar sem caneleira, bem como a utilização de chuteiras com
trava de alumínio, sendo punido com cartão amarelo o atleta que for flagrado irregular. O atleta
flagrado sem a caneleira ou com chuteira de trava de alumínio deverá sair da partida,
regularizar a situação, caso não regularizado, será punido com cartão vermelho.
Parágrafo terceiro – Fica liberada a utilização de calça de agasalho no lugar do calção,
somente para goleiros.
4

Parágrafo quarto – Somente o goleiro substituto, poderá jogar sem a camisa oficial do time,
ou por solicitação do árbitro.
ARTIGO 17º - Em caso de semelhança nas cores dos uniformes, o mandante do jogo ficará
com o uniforme oficial e a outra equipe usará uniforme alternativo, fornecido pelo Clube.
X - DO SISTEMA DE DISPUTA – Todos contra todos

Parágrafo primeiro - Jogarão entre si, todas as 045 equipes Jovens e as 098 equipes Master,
avançando para a fase Semifinal, as 4 equipes mais bem classificadas; e para a Final, as duas
equipes vencedoras das Semifinais.

Parágrafo segundo – Para efeito desta classificação, serão utilizados os seguintes critérios de
desempate:

a) Número de vitórias;
b) Confronto direto;
c) Saldo de gols;
d) Maior número de gols marcados;
e) Menor número de gols sofridos;
f) Menor número de cartão vermelho.
g) Menor número de cartão amarelo.
h) Confronto Direto
i) Sorteio.

ARTIGO 18º - A disputa da semifinal se dará, sem prorrogação, entre 1º colocado do turno
versus 4º colocado e 2º colocado versus 3º colocado, sendo que o 1º e o 2º colocado jogam
pelo empate, classificando-se os dois vencedores para a final.

ARTIGO 19º - Na disputa da final, serão realizadas 2 (duas) partidas com somatório dos
resultados e, caso ocorra empate no tempo normal, serão cobradas cinco penalidades por
equipe, de forma alternada. Caso ainda persista o empate, as cobranças continuarão a ser
alternadas, uma por equipe, até se chegar ao vencedor.

Parágrafo primeiro - As penalidades serão cobradas somente pelos jogadores que terminarem
o jogo. Caso alguma equipe termine a partida com jogador a menos, a outra equipe deverá
retirar algum jogador para ficar com a mesma quantidade da outra equipe.

Parágrafo segundo - Um determinado jogador poderá cobrar um outro pênalti somente se


todos os outros jogadores de sua equipe tiverem cobrado.

XI – DA PREPARAÇÃO DA EQUIPE PARA ENTRAR EM CAMPO

Parágrafo Primeiro – As equipes que forem iniciar uma partida deverá proceder da seguinte
forma:
5

1) Seu representante, técnico ou atleta determinado pela equipe deverá recolher as


carteiras de sócios, ou documento substituto aceito pelo clube, dos participantes e
encaminhar ao mesário com antecedência de 10 minutos do seu início;

2) O mesário procederá as alterações e marcações necessárias na súmula e no fim do


primeiro tempo devolverá a carteira ou documento substituto a quem inicialmente
lhe entregou ou àlguém préviamente definido.

Parágrafo Segundo – A numeração da camisa deverá ser definida para cada atleta e,
preferencialmente, não mais alterada, ou seja o atleta iniciará e terminará o campeonato com a
mesma numeração.

XII - DAS SUBSTITUIÇÕES DURANTE AS PARTIDAS

ARTIGO 20º – Cada equipe da categoria JOVEM, poderá fazer quantas substituições quiser
até o 25º minuto do segundo tempo, a partir do 26 º cada equipe poderá fazer no máximo 5
(cinco) substituições por jogo. Na categoria MASTER será adotado o mesmo critério.

Parágrafo único – Será reconhecida a presença de um técnico da equipe, no banco de reservas


ou na área demarcada para tal, que será responsável pela organização da equipe, substituição de
atletas, e sujeito às punições do regulamento Disciplinar na condição de treinador.

XIII – DAS REGRAS DO JOGO

ARTIGO 21º - Todos os jogos serão realizados de acordo com este regulamento e os casos
omissos serão apreciados pela COF e CJD.

Parágrafo único: O goleiro JOVEM atuando por equipe Máster não poderá ultrapassar a linha
do meio campo para participar de qualquer jogada, incluído jogadas de bola parada. O atleta
que infringir esta regra será punido com falta técnica contra sua equipe.

XIV- DA CONTAGEM DE PONTOS

ARTIGO 22º - A pontuação usada no campeonato será a seguinte:

VITÓRIA 3 PONTOS

EMPATE 1 PONTO

DERROTA 0 PONTO

XV- CONSIDERAÇÕES GERAIS

ARTIGO 23º - As reuniões da COF serão às segundasterças-feiras, às 19:300 horas no Clube


de Campo Santa Rita.
6

ARTIGO 24º - Se porventura alguma rodada for adiada devido às chuvas, a realização dos
jogos será submetida ao julgamento da COF e será determinada a sua realização tão logo
possível., e seguirão, obrigatoriamente, da seguinte forma:

A primeira rodada adiada será transferida e acontecerá, obrigatoriamente, no dia 28/03. A


segunda rodada adiada será transferida e acontecerá, obrigatoriamente, no dia 09/05. Caso mais
alguma rodada seja adiada, ela acontecerá, obrigatoriamente, durante a semana seguinte à data,
sábado, da rodada cancelada, seguindo o cronograma dos jogos, o 1º (8h30) e o 2º (10h) jogo
acontecerão na terça-feira, o 3º (13h30) e o 4º (15h) jogo acontecerão na quarta-feira, o 5º
(16h30) e o 6º (18h) acontecerão na quinta-feira.

Parágrafo primeiro – Todos os jogos a serem realizados durante a semana respeitarão os


horários, o 1º jogo começando as 19 horas e o segundo jogo as 20:30 horas, quando houver.

Parágrafo segundo - Também há a possibilidade de alguns jogos acontecerem aos domingos,


no período da tarde, caso seja necessário.

ARTIGO 25º - O sistema disciplinar obedecerá ao elaborado pela CJD, bem como ao código
disciplinar dos rachões, evitando-se palavrões, jogadas desleais, brigas entre atletas, tumultos
generalizados, etc. Todos serão julgados, inclusive jogadores que não estejam participando do
jogo, pois trabalhamos para o bem estar e lazer dos associados, objetivando a união, a
confraternização, a lealdade e a amizade nas dependências de nosso clube.

Parágrafo único – os associados que não estejam participando do Campeonato, e envolverem-


se em ocorrências de indisciplina, serão encaminhados diretamente para a diretoria executiva
do clube.

ARTIGO 26º - Os casos omissos ao presente regulamento serão decididos pela COF e
comunicados por meio de adendo ao presente regulamento.

Este regulamento entra em vigor nesta data, revogando disposições que lhe sejam contrárias.

São José dos Campos, 26 de fevereiro de 2009

_________________________ ___________________________________

ALDARI R. FIGUEIREDO
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXSEBASTIÃO CLAUDIO BLANCH
Presidente Diretor de Esportes

______________________________

IBIS VIDEIRA PEREIRA JUNIORJOSÉ BENEDITO MACHADO VENDRAMINI

Presidente COF
7